Barros, Rafael Akira Yoshika   Yume no Tamashi : o espírito do sonho / Rafael Akira YoshikaBarros. – São Paulo, 2011.   13...
Dedicatória
Joy e Danielle Nunes, pessoas es-     dindo que eu desistisse, em momen-senciais na orientação deste projeto,    tos em qu...
Jessica “Pandy”, campeã do World Cosplay Summit 2008, com a personagem Jo, de            Bakuretsu Tenshi.
Agradecimentos
À Thales de Andrade, Á Su Stato-       mente palpáveis, e que devemos lutar    phoulos, á Paula e Elaine Medeiros,       p...
onde não achamos que exista, sua         profissão que ela.amizade é muito especial para mim.                             ...
Lâmpadas tradicionais japonesas.
Pelúcia de Majin Boo, personagem de Dragon Ball Z.
Epígrafe“É preciso esquecer-se, esquecer a máquina... estar vivo e olhar. É o único meio deexpressão do instante. E para m...
Sumário     As Canções Brasileiras - Burajiru No Uta                     29     As Músicas Próprias - Dokuji No Ongaku    ...
Parte do Caminho do Imperador, onde o Imperador japonês passou em sua visita ao Brasil em 2008,        centenário da imigr...
Cantores amadores competindo no Animeke Show 2011, e  membros de bandas tocando no Anime Friends 2011.
Lucas Chimura, Cosplayer de BloodDupre, personagem de Heart no Kuni no                Alice.
Prefácio
A               nimes e mangás. Estes dois     dos anos 2000 - houve, obviamente,       fael Akira nos apresenta por meio ...
Julia, adepta do estilo Gothic Lolita.
Grupo de Taiko, instrumento tradicional japonês usado comomotivação à soldados, no Parque do Carmo.
Introdução
O                                                        que é e quem são otakus?           Mais de 25 anos após o lança- ...
Rodrigo Rossi, intérprete de Saint Seiya e  Dragon Ball Kai, no Anime Teen 2010.
Vinícius Lessa, guitarrista da Banda Ryokan, no                            Anime Friends 2011.
IAs Canções Brasileiras       Burajiru no Uta
N             o Brasil, em 1994, no dia 1º            recheada de referencias á diferentes             de Setembro, atravé...
Rodrigo Takei, vocalista da                                                                                               ...
Vocalistas Rodrigo Takei e Bruna Higashi da banda       Animadness, no Anime Friends 2011.
seu timbre muito suave e ao mesmo            Hoje ela trabalha com um segmen-     tempo potente. A Sony decidiu, então,   ...
Rodrigo sempre foi fã da série, pois   para ser executada em português, e,                                            cres...
Alisson Martinho, guitarrista da banda  Onigattai, no Anime Friends 2011.
Rodrigo Takei, vocalista da banda Animadness,           no Anime Friends 2011.
Akemi, vocalista da banda NouHaw e seguidora do                             estilo Gothic Lolita.
IIAs Músicas Próprias        Dokuji no Ongaku
Larissa Tassi, intérprete das versões brasileiras de                   Saint Seiya, no Anime Teen 2010.        O40        ...
banda precursora do cenário do J-ro-       ção, finalmente conseguiu lançar seu                                           ...
Grupo de Taiko no Bairro da Liberdade.
Eduardo Martinez, guitarrista convidado daGaijin Sentai no Tanabata Matsuri.
principais vertentes da música japo-                                                    nesa, do metal pesado, passando   ...
A banda J-Squad, de músicos re-nomados como Eduardo Costa e Ve-rônica Huang, tocou com o já lendá-rio Akira Kushida, sendo...
Vocalista Rodrigo Takei e baixista Paulo Wirth,da banda Animadness, no Anime Friends 2011.
Cosplayer interpretando Inu Yasha, de anime                                homônimo.
IIIO Documentário         Daan Daan
E             ste documentário foi um dos    entre os anos 70 e 80, ao contrário             13 vídeos selecionados pelo  ...
Somenzari, interpretando Alexiel e        foram veiculadas matérias que dene-                                     Rosiel, ...
Cosplayer de Tohru Honda, do anime Fruits Basket
Cosplayer de Agnimon, de Digimon Frontier.
Dupla de cosplayers como Romeo e Julieta.
IVA Canção da Força        Tsuyosa No Uta
M               udando da água pro vinho, o     versões das músicas em tamanho               Japão também é um cenário    ...
(Caixa de Pandora). A banda tem uma       o que eles estavam querendo, uma                                                ...
Anza, vocalista da banda Head Phones President, no                                Anime Teen 2010.
Paulo Wirth baixista da banda Animadness.
como, por exemplo, tocar na Europa,      da Liberdade, um deles, é o Tanaba-                                              ...
Arranjos com flautas também são       quais a mais cultuada é o tema douma característica que marcam e tor-     robô do pe...
Takayoshi Tanimoto, intérprete em Dragon Ball Kai se       apresentando no Super Friends Spirits 2011.
Nobuo Yamada se apresentando no Super Friends Spirits2011.
do fãs em todo o Brasil, prova disso é    turnal Sorrow, fizeram muito sucesso,    ressante, mas que em 2006 teve de     s...
e em seu lugar ingressa a banda a                                                musicista Bruna Higashi, uma jovem       ...
Nobuo Yamada, no SFS 2011.
próprio, Hide morre, e até hoje esteé um caso que intriga a policia japo-nesa, pois ela não consegue explicara morte do gu...
Diógenes Lima, tecladista da banda Onigattai, no Anime Friends 2011.
Fah, vocalista da banda Hero Heart, junto a cosplayer deChange Dragon de Dengeki Sentai Changeman, no AnimeFriends 2011.
Rafael Ryuji, campeão do Animeke                      Show 2011.
VCanção da Coragem       Yuuki no Uta
U                                                   ma marca registrada desde       Recordes) por ter feito um show com   ...
Cha-la, abertura de um dos animes        aki Endoh, antigo backingvocal e ami-mais queridos no Brasil, Dragon Ball     go ...
YOFFY cantando no SFS 2011.
A dupla Psychic Lover, intérprete em diferentesTokusatsus e Trading Card Games, no SFS 2011.
época ele assinava sob o pseudôni-                                                                                        ...
JAM Project. E Ricardo ganhou, parti-    Rica Matsumoto, cada vez mais ocu-     da para KI.ZU.NA ~10th anniversarycipando ...
Como um último presente para os                                  fãs, a gravadora preparou uma gran-                      ...
geyama é um mundo sem fronteiras.Este é um sonho que parece estar seaproximando. No início de 2011, acantora Utada Hikaru ...
Ricardo Lima, guitarrista da banda Hero         Heart, no Anime Friends 2011.
Rafael Azevedo, vocalista da bandaRyokan, no Anime Friends 2011.
Mynna Obara, vocalista da bandaAcid Shot, no Anime Friends 2011.
VICantores   Amadores
C             ultuado de uma forma gran-          Os animekeiros, como gostam de             O animekê é um ramo que ganha...
esta música no mercado.                                                                                   Dois anos após a...
maiores nomes do estilo do país, no      com um carro e o direito de represen-                                            ...
Em 2010, Josimar cantou como          nunca antes vista, competidores es-poucos um encerramento de Saint           tavam e...
Thatah, no Animeke Show 2011.
Thays Misato, no Animeke Show 2011.
Jefferson Amorim, tecladista da Gaijin         Sentai, no Tanabata Matsuri.
Festival do Bairro da Liberdade   Jiyú no Kinjo no Matsuri
Festival       Datas                Descrição     O               s festivais da liberdade são               um importante...
R          afael Akira Yoshioka, de          23 anos, é estudante de          jornalismo e fotógrafo. Fã decultura e músic...
Cantores amadores se reunindo no      Animeke Show 2011.
Yume no tamashii   o espírito do sonho - rafael akira
Yume no tamashii   o espírito do sonho - rafael akira
Yume no tamashii   o espírito do sonho - rafael akira
Yume no tamashii   o espírito do sonho - rafael akira
Yume no tamashii   o espírito do sonho - rafael akira
Yume no tamashii   o espírito do sonho - rafael akira
Yume no tamashii   o espírito do sonho - rafael akira
Yume no tamashii   o espírito do sonho - rafael akira
Yume no tamashii   o espírito do sonho - rafael akira
Yume no tamashii   o espírito do sonho - rafael akira
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Yume no tamashii o espírito do sonho - rafael akira

1.597 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.597
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Yume no tamashii o espírito do sonho - rafael akira

  1. 1. Barros, Rafael Akira Yoshika Yume no Tamashi : o espírito do sonho / Rafael Akira YoshikaBarros. – São Paulo, 2011. 136 f.: il. Color. Trabalho de Conclusão de Curso (graduação) – Apresentado aoInstituto de Ciências Sociais e Comunicação da Universidade Paulista,São Paulo, 2011. Área de Concentração: Fotografia “Orientação : Prof.ª Su Stathopoulos” “Coorientação : Prof.º Gabriel Hashimoto Agueiros” 1. Fotografia. 2. Japão. 3. Música. I. Título.
  2. 2. Dedicatória
  3. 3. Joy e Danielle Nunes, pessoas es- dindo que eu desistisse, em momen-senciais na orientação deste projeto, tos em que pensei jogar a toalha.dando- me diretrizes á seguir em di-reção á elucidação de meu conheci- Amanda Rinhel, uma amiga damento, que contribuíram demais para época de escola, sem a qual o sonhoo projeto com suas orientações. de me tornar jornalista não teria ga- nhado uma proporção tão grande, Eduardo Pina e Paulo Dariva, mem- uma pessoa que sempre me apoioubros essenciais na concepção do quando necessitei, e me incentivouprojeto gráfico do trabalho, idealiza- nos momentos que não tinha motiva-dores de um projeto ambiciosos sem ção.os quais a idéia não sairia do papele o projeto não teria nada especial. Á professora Gabriela Hashimoto,A contribuição deles tornou não só a por todo o apoio teórico e argüiçõesidéia possível, mas também, tornou-a e pelo apoio motivacional prestado 5uma idéia fantástica. ao trabalho, uma pessoa fantástica, que usa de seu dom de ensinar para Á minha família por ser parte es- não só motivar os alunos a aprender,sencial em minha formação enquan- e sim para fazer seus alunos busca-to indivíduo, transmitindo-me valores rem além do que é transmitido eméticos e morais, pertinentes não só sala. Me fez enxergar o quão fantás-a formação de um jornalista, como tico pode ser o pensamento humano,também na formação de qualquer ci- dando-me bases para que eu aprimo-dadão. rasse minha forma de pensar, vendo o mundo através de um prisma dife- Este projeto não teria chegado ao rente, mais lúcido, contribuindo deponto que está sem o apoio de uma uma maneira muito importante paragrande amiga, Melissa de Marchi que num futuro próximo, minhas pa-Martinez, que me apoiou quando pre- lavras possam mudar o mundo e tor-cisei, ouvindo meus prantos e impe- ná-lo menos cruel, de alguma forma.
  4. 4. Jessica “Pandy”, campeã do World Cosplay Summit 2008, com a personagem Jo, de Bakuretsu Tenshi.
  5. 5. Agradecimentos
  6. 6. À Thales de Andrade, Á Su Stato- mente palpáveis, e que devemos lutar phoulos, á Paula e Elaine Medeiros, por eles, não importa o tamanho das Á Thamiris Alves, Á Jéssica Pires, À barreiras que surjam. Graças á elas o Graciele Nunes.Á Isabella Neirouz, À que antes era o meu grande sonho, Tabita Said, À Miriam Castro.À Marce- hoje transformasse em realidade. la Ferreira,.À Juliana Mel, Á Su Stato- phoulos, pois foi peça fundamental Á Thamiris Alves, pelo companhei- para que se despertasse o interesse rismo e pelas opiniões prestadas du- sobre o tema central deste trabalho. rante a elaboração textual do projeto. À Ana Moitinho, uma grande ami- Á Jéssica Pires, uma grande ami- ga que sempre me apoiou, e me des- ga, que construiu uma amizade muito pertou para a verdadeira essência do forte comigo, á qual devo agradecer que é transpor em imagens o coração, sempre.8 Ana me mostrou o que é por a alma naquilo que realmente se gosta, uma À Graciele Nunes, peça chave na garota muito especial, com a qual tive revisão do projeto, pois sem ela, a a oportunidade de partilhar momen- porta que agora se abre para um tos muito felizes de minha vida. mundo totalmente novo diante dos olhos da grande massa, ainda estaria Á Roberta Jaciane, uma grande fechada, e eu responsável por abri-la, amiga, companheira de projetos an- não teria a oportunidade de abrir a teriores, por todo o incentivo pres- fechadura e mostrar para a mídia, o tado, e por todo o companheirismo, quão fascinante é este universo que uma pessoa sem dúvida importante vou demonstrar através deste livro. para a composição do projeto. Á Isabella Neirouz, uma grande e Á Paula e Elaine Medeiros, amigas valiosa amiga, companheira de len- muito importantes, que me fizeram tes, seu olhar único sobre as coisas perceber que sonhos são coisas total- me mostrou que existe beleza até
  7. 7. onde não achamos que exista, sua profissão que ela.amizade é muito especial para mim. À Marcela Ferreira, uma pessoa À Tabita Said, uma mucisista de ta- pela qual tenho enorme carinho, umalento incrível e que me inspirou desde jovem sonhadora, assim como eu, eo início a escrever sobre o tema, uma que acredita sempre na forca de suasamiga de muito talento e uma jor- palavras, e que amo muito,com umnalista dona de exímia competência potencial brilhante, companheira decom as palavras, fez com que eu me parcerias anteriores, e que em breveapaixonasse pela profissão, e conse- sei que poderei chamar de amiga deguisse enxergar no jornalismo a pos- profissão, pois é uma pessoa extre-sibilidade que sempre vislumbrei em mamente cativante e cheia de talen-meus sonhos, de transformar a vida to.das pessoas que me cercam, pelasimagens e palavras. Uma amiga a À Juliana Mel, uma antiga compa- 9quem tenho profunda admiração,que nheira, pela qual tenho enorme ca-é muito importante em minha vida, rinho, que me ajudou muito em mo-mesmo sem saber. mentos difíceis de minha vida, e que serviu como mola encorajadora de À Miriam Castro, uma jornalista de meu trabalho.talento inigualável com as palavras,fazendo-me acreditar no potencial doprojeto,e na qual sempre tive confian-ça plena de seu sucesso, companhei-ra de profissão,mais que uma grandeamiga, e que sei que algum dia po-derá mudar o mundo com seu jeitosutil e ao mesmo tempo muito bemarticulado de escrever, tenho profun-do orgulho por ter escolhido a mesma
  8. 8. Lâmpadas tradicionais japonesas.
  9. 9. Pelúcia de Majin Boo, personagem de Dragon Ball Z.
  10. 10. Epígrafe“É preciso esquecer-se, esquecer a máquina... estar vivo e olhar. É o único meio deexpressão do instante. E para mim só o instante importa... e é por isto que adoro, nãodiria a fotografia....mas a reportagem fotográfica, ou seja, estar presente, participar,testemunhar, com a alegria da composição e evitar a anedota. Ao mesmo tempo, não 13podemos ficar esperando pela grande fotografia. Há muito o que descascar. É um pre-sente que lhe é oferecido, mas é uma ação do acaso e é preciso tirar proveito dele...ele existe. É a vida, e ao mesmo tempo, a morte... porque desaparece, acaba. Há algode mórbido na fotografia. Não é raro uma foto que possamos olhar por mais de um instante que passe uma emoção.’’ (Henri Cartier Bresson)
  11. 11. Sumário As Canções Brasileiras - Burajiru No Uta 29 As Músicas Próprias - Dokuji No Ongaku 39 O Documentário - Daan Daan 4914 A Canção Da Força - Tsuyosa No Uta 55 Canção Da Coragem - Yuuki No Uta 71 Cantores Amadores 83 Festival Do Bairro Da Liberdade - Jiyú No Kinjo No Matsuri 91
  12. 12. Parte do Caminho do Imperador, onde o Imperador japonês passou em sua visita ao Brasil em 2008, centenário da imigração japonesa.
  13. 13. Cantores amadores competindo no Animeke Show 2011, e membros de bandas tocando no Anime Friends 2011.
  14. 14. Lucas Chimura, Cosplayer de BloodDupre, personagem de Heart no Kuni no Alice.
  15. 15. Prefácio
  16. 16. A nimes e mangás. Estes dois dos anos 2000 - houve, obviamente, fael Akira nos apresenta por meio de tipos de entretenimento e, mudanças de comportamentos dos um livro fotográfico. Todas as pecu- por que não, arte, são tal- jovens. Tudo aliado ao surgimento da liaridades destes grupos em seu am- vez a mais forte influência da cultura internet e barateamento tecnológico. biente de atuação. Para isto, Rafael pop japonesa em nosso país. Apesar Mas, todas as mudanças ocorreram fez um trabalho de campo, tanto a de existir no Brasil há muito tempo, já com a inclusão da cultura japonesa tiras as fotografias como em entrevis- os animes tiverem seu auge na me- a nossa. Muitos jovens incorporaram tas o público. tade dos anos 90, com o advento da hábitos, falas e costumes das tribos animação Cavaleiros do Zodíaco em nipônicas. Vide em nossa moda jo- Acreditamos que é importante nossa televisão. vem o estilo “visual kei”. haver um trabalho acadêmico sobre bandas nacionais, suas influências Naquele momento, este anime fez Outro item incorporado foi a músi- e a cultura pop japonesa no Brasil. surgir - ou melhor - manifestar-se, um ca. J-rock e j-pop são os dois estilos Assim, podemos compreender quem grupo que até então era renegado pe- do Japão mais comuns ouvidos por são, onde estão, como atuam e seus20 los meios de comunicação: os nerds, nossos jovens. Sua influência alcan- os motivos para apreciarem a cultura jovens que gostam de produtos ou si- çou níveis interessantes, ao ponto nipônica, deste público tão específico tuações fora da grande massa. de haver bandas brasileiras a tocar e e ainda tão pouco estudado no Brasil, cantar músicas dos artistas de lá, fa- o público otaku. Na metade dos anos 90, além do zendo o que se chama de cover. anime na TV havia a revista Herói, que abarcava tudo aquilo que os nerds O tempo mostrou-nos também que Sandra Monte curtiam: quadrinhos, games, cinema, estas mesmas bandas passariam animação, etc. Já naquele período de covers a fazer suas próprias mú- Jornalista, autora do livro “A começaram os primeiros eventos de sicas. E as apresentações ocorrem Presença do Animê na TV animes, todos ainda muito tímidos. E, em locais com seu nicho: os eventos Brasileira”. por serem iniciais, com poucas pes- de animes. Ali, tanto há espaço para soas. Ouvia-se música japonesa e estas bandas, quando público para Atualmente aluna do curso esboçava-se cantar em karaokês. ouvi-las. “Mídia, Informação e Cultura” do CELACC da Escola de Com o passar do tempo – início E é justamente este nicho que Ra- Comunicações e Artes da USP.
  17. 17. Julia, adepta do estilo Gothic Lolita.
  18. 18. Grupo de Taiko, instrumento tradicional japonês usado comomotivação à soldados, no Parque do Carmo.
  19. 19. Introdução
  20. 20. O que é e quem são otakus? Mais de 25 anos após o lança- Estes jovens admiram uma mento de Saint Seiya – e de Pegasus cultura que sofre um certo Fantasy, Saint Seiya criou um marco preconceito no Brasil, a japonesa, e no Brasil como um dos animes mais que é relacionada a “loucura”. Este importantes já transmitidos. E o es- trabalho visa clarear os mitos criados tilo de música de Pegasus Fantasy sobre esta tribo, enquanto passeia acabou criando uma grande base de pelo cenário musical que estes jo- fãs, que por várias vezes, apaixona- 25 vens freqüentam. dos pela música como são, decidem interpretá-la por si. Durante os anos 80, o rock ociden- tal começou a influenciar fortemente Normalmente, as bandas deste o mundo inteiro, e nesta mesma épo- estilo se iniciam como uma reunião ca, a indústria de animação japone- de amigos, como qualquer outra, po- sa continuaria a fervilhar. Nesta épo- rém a busca do sonho de se torna- ca, nasceria Saint Seiya, de Masami rem bandas influentes neste micro- Kurumada, um mangá que recebeu -cenário musical leva estes amigos a tanto sucesso que logo foi adaptado se dedicarem de uma forma tão ex- para anime (nome que é dado às ani- trema, que faz com que o sonho se mações japonesas), onde recebeu a aproxime cada vez mais de se tornar lendária Pegasus Fantasy, música as- realidade. E então, depois de vinte e sinada por Nobuo Yamada e sua ban- cinco anos... da MAKE-UP.Lâmpada no Restaurante McDonalds, no Bairro da Liberdade.
  21. 21. Rodrigo Rossi, intérprete de Saint Seiya e Dragon Ball Kai, no Anime Teen 2010.
  22. 22. Vinícius Lessa, guitarrista da Banda Ryokan, no Anime Friends 2011.
  23. 23. IAs Canções Brasileiras Burajiru no Uta
  24. 24. N o Brasil, em 1994, no dia 1º recheada de referencias á diferentes de Setembro, através da ex- mitologias, contando lendas de todas tinta Rede Manchete, come- as partes do mundo, o que atraiu a ça a ser exibido o anime “Os Cavalei- curiosidade de muitos e rapidamente ros do Zodíaco”, nome dado a Saint transformou a história em quadrinhos Seiya no Brasil. Este é considerado em animação. o estopim para o início da “cultura Otaku” no Brasil. Um ponto muito cultuado e até certo ponto criticado pelo público bra- Saint Seiya é um mangá para jo- sileiro é a questão das animesongs vens garotos onde a história gira em cantadas em português. É uma área torno de um grupo de jovens que mo- de extremos, onde existem coisas ex- ram em um orfanato e foram envia- tremamente bem feitas, e outras que dos á diferentes lugares do globo para parecem ter sido feitas ao mais puro30 se tornarem cavaleiros. A narrativa é desleixo. Guitarrista Evandro Zeva e baixista Zé Luís, da Rafael Azevedo, vocalista da Banda Ryokan, no banda Ryokan, no Anime Friends 2011. Anime Friends 2011.
  25. 25. Rodrigo Takei, vocalista da banda Animadness. O marco inicial das animesongs ao outro, do mais puro heavy metal 31 em português é Pegasus Fantasy, ao romantismo de uma balada de unanimidade entre o público otaku piano, foram muito bem adaptadas e brasileiro, por sua letra muito bem em sua maioria cantadas por Edu Fa- adaptada, por Fernando Jason, e can- laschi, que ganhou uma repercussão tada por um dos ícones do cenário muito boa por parte dos fãs, e os trou- heavy metal do Brasil, Eduardo Falas- xe para a Angra, sua banda principal. chi, vocalista da banda Angra, que em todos os seus shows, é ovacionado Em 1994, a Sony Music, estava por um coro de milhares de fãs que selecionando novos integrantes para pedem para que Edu cante a música a nova formação do Trem da Alegria, que virou uma espécie de “hino na- e entre as meninas que participavam cional” otaku. de uma seleção pesada, que envolvia cerca de 250 crianças, estava Larissa A trilha de Saint Seiya, recheada Tassi, uma menina loira e muito caris- de músicas, que vão de um extremo mática, que encantava a todos comTakayoshi Tanimoto, intérprete de Dragon Ball Kai, no Super Friends Spirits 2011.
  26. 26. Vocalistas Rodrigo Takei e Bruna Higashi da banda Animadness, no Anime Friends 2011.
  27. 27. seu timbre muito suave e ao mesmo Hoje ela trabalha com um segmen- tempo potente. A Sony decidiu, então, to musical totalmente distinto. Ao separar Larissa da seleção do Trem lado de seu namorado, Rafael, forma da Alegria, e colocá-la para encabe- uma dupla de sertanejo universitário, çar um projeto que até então não gênero atualmente em alta. Larissa significava muito para a gravadora, a se sente muito honrada em ser lem- Trilha Sonora em português do anime brada por fãs como Rafael Akira, que “Os Cavaleiros do Zodíaco”. em um show realizado como atração principal do evento Anime Teen, ocor- Ao lado do hoje sumido William, rido em abril de 2010, foi ás lágrimas Larissa cantou letras inspiradas em ao assistir um belíssimo tributo ao cada personagem principal da histó- anime, feito por ela, Alexandre Toma ria, porém letras que eram muito in- e Rodrigo Rossi, cantor da nova ge- fantis, tendo em vista que era a trilha ração das anime songs brasileiras,34 sonora de uma animação. O sucesso acompanhados pela grandiosa ban- do CD foi tão estrondoso, que surpre- da Tatsu. endeu muito a gravadora, que inves- tia cada vez mais na divulgação do O Anime Teen, ocorrido em Abril de CD, fazendo Larissa cantar em pro- 2010, reuniu o “velho e o novo” de gramas de TV de grande audiência na Cavaleiros do Zodíaco, Larissa Tassi, época, como o Raul Gil e o Faustão, e responsável pela trilha da série clás- estabeleceu um recorde do qual ela sica, lançada sob o selo da gravadora se orgulha muito, que foi conseguir Sony/BMG, e que bateu recordes de ganhar um Disco de Platina Duplo, venda na época de seu lançamento, e em homenagem ás mais de 250 mil o mais novo integrante deste univer- cópias vendidas. Hoje, Larissa é con- so musical, Rodrigo Rossi, responsá- siderada a cantora oficial da trilha no vel pela trilha da nova animação da Brasil, ganhando grandiosos shows série, que conta uma fase antes da em sua homenagem e em homena- fase clássica, chamada “Saint Seiya - gem á trilha. Lost Canvas”. Rafael Ryuji, vocalista da Banda Hero Heart, no Anime Friends 2011.
  28. 28. Rodrigo sempre foi fã da série, pois para ser executada em português, e, cresceu assistindo-a, como qualquer em parceria com o site, Rodrigo criou fã comum, porém, começou a estu- a letra, que para muitos fãs supera dar música muito cedo, e logo iniciou muito a original, e desde então ele é sua carreira como cantor profissional, convidado para fazer apresentações cantando em casas de shows do ce- nos eventos. nário do rock underground carioca, junto com a banda “Thorn”. A banda responsável pelo acompa- nhamento do show do Anime Teen foi Certa vez, brincando com a trilha a Tatsu. Um fato curioso foi o tempo da fase Hades da série, sua gravação hábil que a banda teve para se prepa- foi parar na Internet, e logo começou rar para o show, pois até uma semana a correr atrás de uma oportunidade antes, a banda de apoio seria outra, de ingressar neste micro-universo, a banda “Trash”, que ficou conhecida que tanto crescia e lhe despertava durante sua trajetória liderada por 35 curiosidade. Foi quando o site oficial Rafael “Frouxo” por tocar músicas da série no Brasil, cavzodiaco.com. denominadas Trash, como Mamonas br, desmentiu uma notícia que dizia Assassinas, e saudosistas, como “He- que no Japão, a trilha de abertura -man” do grupo Trem Da Alegria. da série, intitulada “The Realm of Athena”, cantada originalmente em Com a negativa da banda Trash, inglês pela banda EUROX, teria sido a banda que iria substituí-la, a ban- exibida em português, fato este que da Tatsu teve cerca de uma semana não fazia sentido algum, pois sequer para se preparar, coisa que deixou os havia na época um contato para que fãs meio apreensivos, porém de certa a série fosse exibida no Brasil. Ao ver forma tranqüilos, pois sabiam que a esta notícia, Rodrigo entrou em con- Tatsu faria seu trabalho de maneira tato com o estúdio responsável pela impecável. Dito e feito. dublagem da série, o estúdio Dubra- sil, que conseguiu licenciar a músicaThatah, vocalista da banda Hero Heart, no Anime Friends 2011.
  29. 29. Alisson Martinho, guitarrista da banda Onigattai, no Anime Friends 2011.
  30. 30. Rodrigo Takei, vocalista da banda Animadness, no Anime Friends 2011.
  31. 31. Akemi, vocalista da banda NouHaw e seguidora do estilo Gothic Lolita.
  32. 32. IIAs Músicas Próprias Dokuji no Ongaku
  33. 33. Larissa Tassi, intérprete das versões brasileiras de Saint Seiya, no Anime Teen 2010. O40 cenário já está num ponto tal progressivo ocidental, linha que onde já não se basta tocar caracteriza o gênero de trabalho da os maiores sucessos dos banda, com um arranjo pesado de animes da época para se destacar e guitarra e uma bateria muito técni- sim, mostrar um trabalho de compo- ca. Já o lado B do single, “Nocturnal sição autoral, uma forma de destacar Sorrow”, tem um arranjo muito carac- o talento dos músicos das bandas, e terístico do metal japonês, cheia de de destacar a criatividade dos voca- teclado e charme mostrando todo o listas, em sua maioria letristas das talento dos músicos. Essas duas mú- composições. sicas sintetizam o talento de uma das primeiras bandas e responsável pelo A banda que tomou a iniciativa de crescimento de um micro-cenário mu- arriscar e compor as primeiras músi- sical. cas foi a banda Animadness, com o single Labyrinth, de 2005. A música Caminhando quase que simulta- veio carregada de influencia do me- neamente com a Animadness, está a Diógenes Lima, tecladista da banda Tatsu, no Anime Storm.
  34. 34. banda precursora do cenário do J-ro- ção, finalmente conseguiu lançar seu ck no litoral brasileiro, Gaijin Sentai, primeiro single, Yume to Yami, numa que também começou a investir em tradução livre, Sonhos e Trevas, li- músicas próprias, das quais a primei- derada por Strider, o vocalista. Em ra foi o tema do tokusatsu de produ- 2008, Eizo Sakamoto iria se apresen- ção independente nacional, “Defen- tar num evento chamado “Playbands der-Unidade Zero”, e em seguida veio Music Festival”, e pensando nisso a J o EP, do álbum totalmente autoral, e no Kami começou a trabalhar pesado que rendeu um grande prestígio para nos ensaios, ensaiando uma versão a banda, levando-a alcançar a possi- mais curta do repertório de Eizo, para bilidade de fazer shows até em outros fazer uma homenagem a ele, porém países, como Portugal e Argentina, in- em um ensaio rotineiro, a canção “Ju- clusive rendendo uma merecida ho- ppongattana” foi executada em sua menagem da banda para os fãs por- versão completa, algo que nunca os tugueses, cantando a abertura de um integrantes da banda haviam conse- 41 desenho muito cultuado, Dragon Ball, guido fazer, isso surpreendeu a to- com a letra do país. dos, e no momento de sua execução no show, até a esposa de Eizo se sur- O litoral paulista é a morada de preendeu, tamanha foi a qualidade grandes nomes do cenário, e ao con- da execução. trario do que muitos otakus pensam, é uma parte muito intensa e influente A banda que mais tem se destaca- perante as outras regiões do país do no litoral paulista, é com certeza a banda Tatsu, que foi a primeira banda A banda J no Kami foi a primeira a gravar um CD de maneira profissio- banda de J-Music das cidades do li- nal. Este álbum conseguiu através da toral paulista,sediada em Santos, impressionante habilidade e criativi- marcando o início de um cenário dade de Cláudio Passamani, guitar- muito promissor, e no ano de 2010, rista, auxiliado por Diógenes Lima, depois de grandes ajustes na forma- tecladista e produtor,de sintetizar asNando Nespoli, guitarrista da banda Gaijin Sentai, no Tanabata Matsuri 2010.
  35. 35. Grupo de Taiko no Bairro da Liberdade.
  36. 36. Eduardo Martinez, guitarrista convidado daGaijin Sentai no Tanabata Matsuri.
  37. 37. principais vertentes da música japo- nesa, do metal pesado, passando pelo pop, até chegar ao tradicional, como poucas bandas conseguiriam. Santa Catarina é a sede de ou- tra banda grandiosa da região sul, Ryokan, liderada por Thiago Che- vallier. É uma banda que mescla em seu repertório clássicos das anime- songs e músicas que nem todo mun- do conhece, fazendo com que seu repertório ficasse bastante completo, e através dele seu espaço foi se con- solidando, até que em 2010, fosse convidada para o Anime Friends, e em 2011 fosse a banda de apoio de Rodrigo Rossi em sua passagem pe- los eventos da região.Cláudio Passamini, guitarrista da banda Tatsu, no Anime Teen 2010.
  38. 38. A banda J-Squad, de músicos re-nomados como Eduardo Costa e Ve-rônica Huang, tocou com o já lendá-rio Akira Kushida, sendo por vezes,a banda que ele pedia para que oacompanhasse em sua estadia noBrasil, e lançou em 2009 os singles,Beyond e Scarlet Fades. Em 2007 começou a ser filmadoum documentário sobre cultura popjaponesa, no Brasil, intitulado “DaanDaan”, de autoria de Laura Faerman,que aborda a paixão dos jovens bra-sileiros pela cultura do país asiático. Josimar, vocalista da banda Urusai, no Anime Fantasy 2011.
  39. 39. Vocalista Rodrigo Takei e baixista Paulo Wirth,da banda Animadness, no Anime Friends 2011.
  40. 40. Cosplayer interpretando Inu Yasha, de anime homônimo.
  41. 41. IIIO Documentário Daan Daan
  42. 42. E ste documentário foi um dos entre os anos 70 e 80, ao contrário 13 vídeos selecionados pelo do que muitos pensam, nos Estados Governo do Estado em um Unidos, em eventos de séries como edital, via Secretaria do Estado da Star Trek e Star Wars, altamente acla- Cultura, em parceria com o SESCTV madas por lá. e a Fundação Padre Anchieta, como parte de um projeto chamado Janela O Cosplay consiste, basicamente, Brasil. em criar uma roupa ou fantasia simi- lar a de um personagem de diferen- O vídeo de 45 minutos, desvenda tes tipos de séries, como Tokusatsus, o mistério e os preconceitos que en- Mangás, Filmes e principalmente de volvem a cultura japonesa no Brasil, animes, porém, o Cosplay evoluiu, e mas com um detalhe, a trilha sonora se tornou agora uma competição que dele, foi toda produzida por bandas envolve não só a demonstração da50 nacionais, com suas músicas auto- técnica e perfeição na confecção da rais. fantasia, mas também altos níveis de interpretação do personagem, onde Exibido em um horário legal por os competidores são em grande par- se tratar de um documentário, ás te atores. Essas competições existem 22h10min na TV Cultura o documen- em cada simples evento de anime, tário mostra que nem só de diversão sendo certas vezes mais esperados vivem os admiradores da cultura ni- que as próprias bandas. E o evento pônica no Brasil, há quem dê muito mais importante é o “World Cosplay duro para estar no patamar de status Summit”, campeonato mundial reali- que está. zado anualmente no Japão. Um dos principais segmentos da O Brasil é uma das forças impor- cultura japonesa, se não o mais fa- tantes no Cosplay mundial, pois nos- moso, é o Cosplay. A contração das so país já faturou o título duas vezes, palavras “Costume” e “Play”, nasceu com os irmãos Mônica e Maurício Julia, adepta do estilo Gothic Lolita.
  43. 43. Somenzari, interpretando Alexiel e foram veiculadas matérias que dene- Rosiel, de Angel Sanctuary, que são griam a imagem destas pessoas, que peças chaves do documentário exibi- nada mais são do que fãs apaixona- do pela TV Cultura. O Brasil ganhou dos por seus artistas e por este uni- o WCS uma terceira por Jéssica “Pan- verso tão peculiar. dy”, interpretando ao lado de Gabriel Niemitz personagens do anime Burst No Fantástico, foi veiculada uma Angel (originalmente, Bakuretsu matéria que dizia que jovens otakus Tenshi). fugiam de casa única e exclusivamen- te por serem membros do universo O documentário aborda de manei- otaku. ra extremamente clara, e de maneira muito atraente, diversos aspectos da Thales Alves de Andrade, estudan- cultura deste universo, ajudando a te de 17 anos e membro deste uni- desmistificá-lo, pois muitos leigos no verso, acha que o caso foi apenas um 51 assunto, acreditavam numa matéria erro isolado por parte da emissora, exibida pela revista dominical da TV pois na mesma época foram exibidas Globo, o Fantástico, que associava matérias em outros telejornais com pessoas deste universo à pessoas uma conotação mais positiva. alienadas, tentando ligar o otaku bra- sileiro ao conceito de otaku japonês, já ultrapassado e obsoleto no Brasil. Com uma fotografia muito dinâmi- ca e uma linguagem muito próxima da cinematográfica, busca-se de uma maneira que nunca antes havia se tentado, desmistificar este universo tão inexplorado, e por vezes até injus- tiçado, pois em programas de TV, já Criança como Sakura Haruno, deJulia e Saii, como Gothic Lolitas. Naruto.
  44. 44. Cosplayer de Tohru Honda, do anime Fruits Basket
  45. 45. Cosplayer de Agnimon, de Digimon Frontier.
  46. 46. Dupla de cosplayers como Romeo e Julieta.
  47. 47. IVA Canção da Força Tsuyosa No Uta
  48. 48. M udando da água pro vinho, o versões das músicas em tamanho Japão também é um cenário TV, isto é, um trecho de no máximo que absorve muitas influên- um minuto e meio, e de maneira se- cias. E destas influências nascia um qüencial, sem intervalos, ou bate estilo novo, diferente de tudo o que papo com o público, os chamados havia no cenário mundial. Um estilo MC (mestre de cerimônias), dando embora semelhante a outros, ímpar uma dinâmica incomparável ao show, em sua essência. transformando-os, literalmente em Maratonas, com mais de 40 músicas O Heavy Metal japonês começava por show. a dar seus primeiros passos na déca- da de 80, e influenciado pelo Glam Este formato dá nome aos álbuns Rock que tomava conta do mundo, da banda, intitulados Marathons, e nascia o Visual Kei, uma espécie de numerados de um a sete, porém um56 Glam Rock japonês. Mas como tudo álbum de despedida da banda, antes na terra do sol nascente ganha pro- de seu fim foi lançado apenas como porções absurdas e exageradas, com presente para o fã-clube oficial, em o rock não poderia ser diferente: o vi- comemoração também ao aniversá- sual das bandas ficou carregado de rio de dez anos da banda, o CD De- maquiagem e seus riffs ganharam cade Of Bravehearts, que continha um peso muito próprio e característi- algumas das animesongs de maior co. sucesso, em versão completa (full). Uma banda muito emblemática no Existem diversas bandas que fa- Japão é a Animetal, criada pelo ex- zem parte do cenário brasileiro, e que -integrante do JAM Project, Eizo Saka- merecem destaque, inclusive em par- moto, que visava dar mais peso às tes do Brasil que culturalmente não músicas, e tocar num ritmo muito pró- tem tradição neste tipo de música, ximo do ocidental. Para incrementar como Natal, capital do Rio Grande do a proposta, decidiram tocar apenas Norte, lar da banda Pandora No Hako Nordan Manz, vocalista da banda Gaijin Sentai, no Tanabata Matsuri.
  49. 49. (Caixa de Pandora). A banda tem uma o que eles estavam querendo, uma característica única, de tocar canções banda de j-music. já consagradas, mas com um peso característico do metal melódico tra- O Metal sempre foi um estilo pre- dicional. A origem da banda já a tor- sente na vida da Pandora, pois seus na peculiar: oriunda de Natal, capital integrantes tocavam em bandas co- do Rio Grande do Norte, local do país vers da banda Angra, um forte nome com quase nenhuma tradição neste mundial, antes de ingressarem na tipo de música; fato este que já a tor- Pandora. A j-music executada no nor- na um marco no cenário, mostrando deste sempre foi muito pautada pelo que a J-Music não envolveu apenas som pesado, a grande maioria das centros urbanos como São Paulo bandas oriundas do nordeste sem- e Rio de Janeiro, e sim se espalhou pre se rotulavam como bandas de j- pelo país inteiro. -metal, inspiradas em bandas como Sex MachineGuns, X-Japan, Make-UP, 57 A Pandora é a banda mais antiga entre outras. neste segmento musical do país, ten- do sido criada em maio de 1999, e se Mas não é só o nordeste que vive lançado à estrada desde então, é a sob os acordes de uma grande ban- primeira banda deste estilo, em todo da de metal, o sudeste também está o nordeste, influenciando diversas muito bem servido. Em Caraguatatu- bandas que vieram depois, o que é ba nasceu a Gaijin Sentai, uma refe- motivo de orgulho para a banda. rencia no estilo, não só no sudeste, mas como em todo o Brasil. Composta Na época em que a Pandora foi por músicos extremamente técnicos, criada, o público otaku do nordeste a Gaijin é uma das pioneiras do cená- estava carente: não haviam bandas rio j-metal no Brasil, e logo se tornou que tocassem musicas japonesas no uma banda que pode ser considera- nordeste, e a Pandora veio justamen- da Major, pois alcançou feitos gran- te para revolucionar, e dar ao público diosos para uma banda deste estilo,Nando Nespoli, guitarrista da Gaijin Sentai, no Tanabata Matsuri.
  50. 50. Anza, vocalista da banda Head Phones President, no Anime Teen 2010.
  51. 51. Paulo Wirth baixista da banda Animadness.
  52. 52. como, por exemplo, tocar na Europa, da Liberdade, um deles, é o Tanaba- mais especificamente em Portugal, ta Matsuri (Festival das Estrelas), um inclusive gravando uma homenagem festival para homenagear uma lenda para os fãs portugueses, uma versão japonesa que diz que um casal de heavy metal da aberturada da fase príncipes, foi separado e só pode se GT do desenho Dragon Ball, em seu reencontrar, numa determinada pas- idioma. sagem do sistema solar, que ocorre sempre no mês de julho. Em virtude Foi a primeira banda de anime- dessas apresentações, onde quem songs brasileira a ir tocar na Argen- assiste ao show, não é somente o pú- tina, sendo banda de apoio de um blico das animesongs, mas sim, fre- dos mais emblemáticos nomes do qüentadores e moradores do bairro, cenário heavy metal do Japão, Eizo que é a morada da maior colônia ja- Sakamoto, chegando até a contar ponesa fora do Japão, a Gaijin come- com uma participação especial dele, çou a pensar em tocar músicas tra- em um EP intitulado Jaguatimen VS dicionais, que fazem parte da vasta Sunrider, uma música que conta em gama de influência dos integrantes, japonês, a história de um herói brasi- em especial, do vocalista, Nordan leiro que é embalado pelo tradicional Manz. ritmo do Maracatu Pernambucano e um herói japonês, através de sons O estilo Enka, executado pela Gai- característicos de cada país, como jin, é um estilo muito peculiar, de ca- o Maracatu e o Taiko, sem deixar de racterísticas únicas, trazidas por um lado a essência de ambos, o heavy instrumento característico do estilo, a metal, com riffs muito dinâmicos e Fue, flauta de bambu. Tocar esse es- técnicos, e ritmo acelerado. tilo trouxe as pessoas mais saudosas para mais perto da banda, dando a A Gaijin é uma banda que se apre- esta uma característica ímpar dentro senta em muitos eventos realizados do cenário. pela comunidade japonesa, do bairroNobuo Yamada, intérprete da abertura de Saint Seiya, Pegasus Fantasy.
  53. 53. Arranjos com flautas também são quais a mais cultuada é o tema douma característica que marcam e tor- robô do personagem principal, o “Gi-nam único o som da Gaijin Sentai, em gante Guerreiro Daileon”, que ganhouseu primeiro trabalho próprio, intitu- uma característica ainda mais atra-lado Defender-Unidade Zero, criado ente ao ser executada pela banda,para ser a abertura de um tokusatsu com pesados arranjos do estilo heavynacional homônimo, existe um traba- metal tradicional.lho de flauta muito marcante executa-do por Felipe Manz. A J-Music é um estilo de som que ganha cada vez mais fãs em todo o A Gaijin foi a primeira banda no país, e no sul não poderia ser diferen-cenário a fazer um show só com mú- te. Em Porto Alegre, existem muitossicas próprias, em um cenário onde fãs carentes para ouvir este tipo deos shows são baseados em covers de som, e para suprir esta carência, ummúsicas famosas, o que garantiu um jovem músico chamdo Matheus Ly-grande reconhecimento por parte dos nar, cria junto com alunos e amigosfãs. Outro ponto interessante sobre dele, a banda “The Kira Justice”, umaa Gaijin foi em 2007, quando houve banda que investe em arranjos muitouma grande perda para a música ja- pesados e guitarras virtuosas e linhaponesa, morria aos 60 anos, Ai Taka- melódica muito agressiva, com umno, cantor de renomada história das teclado muito incisivo, e um contraséries adaptadas, responsável pela baixo que não só marca o tempo dastrilha sonora de um dos mais cultua- musicas, mas dá uma linha melódicados seriados no Brasil, Jaspion. muito própria da banda, de maneira muito criativa. Um fato curioso sobre Em sua homenagem, a banda, já a banda é justamente o fato de teremconsolidada, preparou para o Anime duas musicistas na nela, no baixo eDreams 07, outro evento de grande no vocal.porte da Yamato, um repertório so-mente com músicas da série, das A The Kira Justice está conquistan- Nobuo Yamada, no Super Friends Spirits 2011.
  54. 54. Takayoshi Tanimoto, intérprete em Dragon Ball Kai se apresentando no Super Friends Spirits 2011.
  55. 55. Nobuo Yamada se apresentando no Super Friends Spirits2011.
  56. 56. do fãs em todo o Brasil, prova disso é turnal Sorrow, fizeram muito sucesso, ressante, mas que em 2006 teve de sua participação nas Redes Sociais. reunindo uma carga melódica muito sair para ir para o Japão trabalhar, e Sua comunidade no Orkut conta com peculiar, e recheada de influências em seu lugar, um músico de peculiar mais de quatro mil membros, a pri- muito presentes na banda, como Iron talento e carisma entrou na banda, meira em todo o cenário a alcançar Maiden e Ozzy Osbourne. Rodrigo Takei, que condensa todas tal margem de fãs, e, atualmente, a as características de um músico com- maior. Outro feito da The Kira Justice A banda passou por diversas mu- pleto e trouxe para a banda arranjos foi se tornar o assunto mais comenta- danças na formação, tendo um dos de bongô, o que davam para a banda do do Twitter do Brasil na madrugada maiores tecladistas que já passou um novo leque de possibilidades de de 28 de dezembro de 2010, e man- pelo cenário, Felipe Kamakura, com arranjos a serem explorados nas can- ter-se lá por aproximadamente sete influências da banda Sonata Arctica, ções próprias e nos covers, além de horas. que vão desde o posicionamento de tocar baixo e guitarra. Em especial a seu instrumento, que é totalmen- guitarra, que trazia um peso a mais Em 2005 surge na cidade de São te deitado, inclinado em relação ao para a banda que ao executarem mú-64 Paulo uma banda com característi- chão, até a virtuosidade nas compo- sicas inseridas no jogo Guitar Hero, cas semelhantes às da Gaijin Sentai, sições, arranjos de teclados extrema- se aproximavam mais dos arranjos chamada Animadness, mais voltada mente técnicos e precisos, que são originais, como músicas do Iron Mai- a um segmento de heavy metal mais sua marca registrada, que por moti- den, que são executadas com três melódico, enquanto a Gaijin se volta vos profissionais deixou a banda e guitarras. à agressividade dos arranjos. após um longo período, foi substituído por Felipe Muler, que em suas primei- O vocal feminino, característica A Animadness surgiu em 2005, e ras aparições ao vivo, já demonstrou quase que obrigatória para bandas logo de cara lançou seu primeiro sin- que é do mesmo nível técnico de seu deste estilo, era feito por uma musi- gle, intitulado Labyrinth, com uma le- antecessor, com muita virtuosidade cista muito carismática, Terumi Ku- tra em japonês, que fala sobre o labi- ao tocar rata, que cantava de uma maneira rinto que é a vida dos jovens. O single muito parecida com as de vocalistas foi muito baixado na internet, o que Os vocais da banda eram feitos de bandas propriamente japonesas, causou um crescimento até então es- por Diogo Miyahara, um grande voca- como KuroNeko, a vocalista do grupo pantoso para a banda. Tanto Labyrin- lista, com um timbre grave, conferia Onmyouza, porém ela deixou a ban- th, quanto o lado B do mesmo, Noc- ás músicas uma levada muito inte- da após alguns problemas pessoais
  57. 57. e em seu lugar ingressa a banda a musicista Bruna Higashi, uma jovem animekeira, e que tem um talento ex- tremamente raro, e vencedora do ani- meke show 2009, o que lhe rendeu uma viagem ao Japão. O mainstream do cenário metal ja- ponês é muito denso e difícil de ser igualado a qualquer outro no mundo, é um estilo único, onde as bandas Gaijin Sentai, Animadness e Kira Jus- tice buscaram sua influência em no- mes como Onmyouza, X-Japan, Gal- neryus, entre outras. 65 Em particular, a banda X-Japan tem uma história curiosa, pois uma das figuras mais emblemáticas do ce- nário, Hide, o guitarrista da banda foi encontrado morto em sua casa, com o pescoço enrolado em uma toalha, sob indícios de suicídio, apesar de todas as evidências apontarem para acidente, pois Hide estava bêbado no dia em que foi encontrado, e ele praticava uma técnica de massagem um tanto quanto perigosa, e que ne- cessitava de alguém que a aplicasse. Numa tentativa de massagear a siAkira Kushida, intérprete de diversas músicasde Tokusatsu, no Super Friends Spirits 2011.
  58. 58. Nobuo Yamada, no SFS 2011.
  59. 59. próprio, Hide morre, e até hoje esteé um caso que intriga a policia japo-nesa, pois ela não consegue explicara morte do guitarrista, que estava noauge de sua carreira, com riffs mar-cantes, extremamente criativos e queaparentemente não tinha nenhummotivo que motivasse o suicídio. Hide se tornou uma grandiosa len-da no cenário japonês, e até hoje élembrado pela própria banda X-Japanem shows, pois sua imagem é mos- Takayoshi Tanimoto, no SFS 2011.trada em telões gigantescos, atravésde hologramas, e seus solos são to- escola de onde muitos músicos do balhadas e peculiares. O teclado, nacados através de playbacks durante cenário atual, são oriundos, dentre estética japonesa de se fazer Rock ‘n’a música, dando a entender que em- os quais Sugizo,da banda Luna Sea, Roll, é um instrumento fundamental,bora seu corpo físico não esteja mais atual guitarrista do X-Japan, que en- pois é ele que traz o charme da mú-vivo, sua música e seu espírito ainda trou na banda para “tapar o buraco” sica. Os efeitos que o teclado trans-estão bem presentes no coração e na deixado por Hide, na volta da banda mite, transformam a melodia em umamente de todos os fãs e membros da à ativa. cadeia de sons muto particular e ca-banda. tivante, e sem ele, o repertório das A cozinha das bandas japonesas, bandas fica muito restrito, pois 90% Os guitarristas japoneses são tidos isto é, o contra baixo e a bateria, com- das músicas têm vários efeitos e mui-pela crítica mundial como guitarristas põe um dos setores mais dinâmicos tas vezes mais de um teclado.com um nível técnico absurdo, e ex- das bandas, dando a cada uma de-tremamente criativos, com solos em- las um som peculiar e característico, A técnica apurada de seus músi-blemáticos e marcantes. O rock no Ja- tornando-as únicas e incomparáveis, cos serve como espelho para os mú-pão tem influência dos mais diversos além de dar suporte á linha melódica sicos do Brasil, que almejam se tor-estilos, incluindo a música clássica, executadas por guitarras muito tra- nam músicos tão habilidosos quanto.
  60. 60. Diógenes Lima, tecladista da banda Onigattai, no Anime Friends 2011.
  61. 61. Fah, vocalista da banda Hero Heart, junto a cosplayer deChange Dragon de Dengeki Sentai Changeman, no AnimeFriends 2011.
  62. 62. Rafael Ryuji, campeão do Animeke Show 2011.
  63. 63. VCanção da Coragem Yuuki no Uta
  64. 64. U ma marca registrada desde Recordes) por ter feito um show com os primórdios das animações mais de 24 horas, de maneira quase é um vídeo com uma música ininterrupta. Outro exemplo de artista cantada que falasse sobre o anime. influente é Isao Sasaki, ator e cantor, Esse é um “costume” que vem desde responsável pela abertura da série antes do início da década de 70, com Uchuu Senkan Yamato (no Brasil, Tetsuwan Atom (Astro Boy), série que Patrulha Estelar Yamato) e Himitsu é considerada a precursora das ani- Sentai Goranger, primeira série da mações, criada por Osamu Tezuka, grandiosa franquia anual Super Sen- que é o desenhista reconhecido como tai, que hoje já passa das 30 séries o “pai dos animes”. e é adaptada no ocidente para Power Rangers, pela empresa Saban/Dis- Este tipo de música não estava ney, e que anualmente adapta a série limitado somente a animes: Tokusat- do ano anterior para o universo oci- sus também eram marcados por tais dental. Mais um nome importante é o canções. E assim grandes ícones res- da outra intérprete de Goranger, Mit- peitadíssimos desse gênero, chama- suko Horie, esposa de Ichiro Mizuki do “animesong”, decolaram e ganha- (ou Aniki, um jogo de palavras que ram respeito por todo Japão, respeito significa “grande irmão” e uma con- este que mais tarde se estenderia tração para Animesong King, como é pelo mundo inteiro. chamado pelos fãs), é, por ser espo- sa do “rei”, considerada a Rainha das Alguns exemplos desses artistas Animesongs. são Ichiro Mizuki, conhecido como Rei das Animesongs, por ter canta- O exemplo mais conhecido para os do a abertura de séries que poste- brasileiros é Hironobu Kageyama, au- riormente alcançariam um profundo tor de clássicos como Dengeki Sentai sucesso, como Mazinger Z e Jikuu Changeman (no Brasil, Esquadrão Senshi Spielvan, e também por ter Relâmpago Changeman), abertura da entrado no Guiness Book (Livro dos série de mesmo nome e Cha-la HeadYOFFY, vocalista da dupla Psychic Lover.
  65. 65. Cha-la, abertura de um dos animes aki Endoh, antigo backingvocal e ami-mais queridos no Brasil, Dragon Ball go de Kageyama, responsável pelaZ. Um fato notório é sua participação abertura do anime Cybuster (Senshina trilha deste anime: São mais de 60 yo, Tachiagare!) formam a primeiracanções com sua participação. formação do JAM Project, que busca- va reviver o espírito que as músicas ti- Estes são alguns dos motivos nham antes. Esse espírito é visto nasque fazem Kageyama ser reconheci- primeiras músicas do grupo, aindado como o Príncipe das Animesongs, muito cultuadas: Kaze ni Nare! Soul-“fechando” a chamada “Tríade Real” taker, e Hagane no Messiah.com Mizuki e Horie. Até meados dosanos 90, as animesongs “domina- Nascido como uma “unity” (junçãovam” o mercado de “músicas que de artistas) simples, sem pretensõesvieram de séries”. Porém este espaço muito altas, o JAM Project conseguiuacabou sendo “invadido” por produto- reunir o que por muitos fãs é conside-res que buscavam apenas alavancar rado uma espécie de Dream-Team daa carreira de artistas de outros gêne- música japonesa.ros musicais no Japão, deixando delado o espírito que as músicas tinham Os primeiros DVDs da banda mos-antes, pensando apenas no lado co- tram como as apresentações erammercial das músicas. um tanto modestas e singelas, con- trastando com as grandes produções Como forma de protesto contra atuais. Mas o projeto cresceu de talessa “invasão”, Hironobu Kageyama modo, que por não poderem maise Ichiro Mizuki, junto com o influente manter o trabalho tanto na bandaícone do cenário Heavy Metal japonês, quanto na Carreira Solo, Mizuki eEizo Sakamoto e as recentes estrelas Sakamoto tiveram que deixar o grupoRica Matsumoto, famosa dubladora em 2002 e 2003, respectivamentee intérprete da abertura de Pokémon para se dedicarem às elas.(Mezase! Pokémon Master!) e Masa- IMAJO, guitarrista da dupla Psychic Lover.
  66. 66. YOFFY cantando no SFS 2011.
  67. 67. A dupla Psychic Lover, intérprete em diferentesTokusatsus e Trading Card Games, no SFS 2011.
  68. 68. época ele assinava sob o pseudôni- mo “Fire Bomber”. O Single de estréia de Okui e Fukuyama na banda, SKILL, é con- siderado o mais importante de toda história do JAM até hoje, sendo um dos principais símbolos da trajetória do grupo e um dos momentos mais esperados do show, a canção é inter- pretada desde o primeiro DVD, Return to the Chaos, em 2003.Rafael Azevedo, vocalista da banda Ryokan, no Anime Friends 2011. Em meados de 2004, na segunda edição do Anime Friends, Kageyama, Masaaki Endoh e Masami Okui (estes Após a saída de Ichiro Mizuki, po- as partes que anteriormente eram dois já integrantes do JAM Project) fo- rém antes da de Eizo Sakamoto, a executadas por ele. A primeira é res- ram convidados a se apresentarem banda recebeu o acréscimo de Hi- ponsável pela segunda abertura de em palcos brasileiros pela primeira roshi Kitadani, vocalista da banda Yu-Gi-Oh! Duel Monsters (no Brasil, vez, porém, uma doença impediu Lapis Lazulli, artista em alta por ter conhecido apenas como Yu-Gi-Oh!), Okui ensaiar e cantar no evento. gravado a importante abertura de Shuffle, e pela abertura de Kakumei One Piece, que é sucesso absoluto no Shoujo Utena (No ocidente, Revolu- O curioso, é que o jornalista e can- mundo inteiro. tionary Girl Utena, ou simplesmente tor Ricardo Cruz substituiu Okui nos Utena). Fukuyama, dublador assim ensaios, e Kageyama gostou tanto Após a saída de Eizo, a banda aco- como Rica, é responsável pela aber- da voz de Ricardo que acabou pedin- lheu a promissora Masami Okui e o tura de Macross Seven, Planet Dance do uma fita demo para ele. Sem que potente timbre de Yoshiki Fukuya- e o também pelo tema do filme, My Ricardo soubesse, Kageyama usou ma, que se assemelha ao de Eizo, e Soul for You, além de ser a voz do per- sua fita para inscrevê-lo num concur- que a partir daquele momento faria sonagem principal, Basara Nekki. Na so que definiria o novo integrante do
  69. 69. JAM Project. E Ricardo ganhou, parti- Rica Matsumoto, cada vez mais ocu- da para KI.ZU.NA ~10th anniversarycipando pela primeira vez com a ban- pada pela dublagem de Ash Ketchum edition~. Apesar da grande festa doda no single GONG, lançado no início (no Japão, Satoshi), em Pokémon, sobre esse novo CD, os fãs se decep-de 2005, que se tornou um dos maio- assim como a entrada de uma nova cionaram por três motivos: O discores sucessos da banda. banda de apoio, totalmente reformu- não continha nenhuma faixa com a lada. participação dos antigos membros; GONG, junto com SKILL, é uma a turnê, que recebeu o nome de MA-das músicas mais famosas do grupo, Em 2010, a banda comemorou XIMIZER ~ Decade of Evolution~ nãoe é uma das poucas canções em que dez anos. E para isso, foi gravado o saiu do Japão; e, por último, Rica nãoo público japonês, que é, ao contrário CD Maximizer, que continha apenas pôde participar do último show dado brasileiro, normalmente comporta- músicas novas originais; à exceção turnê, Reunion, que teve as partici-do e que pouco se manifesta, acom- da reedição da música KI.ZU.NA, lado pações de Eizo Sakamoto e Ichiro Mi-panhando a letra junto com a banda. B do Single de Soultaker e renomea- zuki. 2008 foi um dos anos mais impor-tantes para o JAM. A banda lançouo single No Border, que deu nome aturnê mundial, passando inclusiveno Brasil, num show que possuiu osegundo maior público da turnê, per-dendo apenas para o próprio Japão. Amúsica é um grito de protesto contrao período de guerras da época, e foilevada pelo mundo inteiro pelos sho-ws e por uma adaptação para o inglêsdisponível para download pago, juntocom Hero, lado B do Single. O DVD foi importantíssimo, poismarcou a emocionante despedida de Vinícius Lessa, guitarrista da banda Ryokan, no Anime Friends 2011.
  70. 70. Como um último presente para os fãs, a gravadora preparou uma gran- de Box contendo todos os sete álbuns “Greatest Hits” gravados até então, quatro DVDs contendo todos os víde- os promocionais feitos pela banda e vídeos de suas apresentações, um li- vro de 200 páginas contando toda a história do grupo e um CD extra que continha as músicas que não tinham sido lançadas em mídia física, sen- do elas as versões em inglês de No Border e Hero, lançadas antes como especiais de natal na rede iTunes, Only One em chinês e a nova Hero em português, anunciada em meados de 2009 porém lançada apenas nes- ta ocasião. Esta versão teve a letra escrita por Ricardo, que interpretou as partes que correspondiam às de Rica, e a tornou uma grandíssima e emocionante homenagem aos seria- dos de Tokusatsu. Um dos lemas do JAM Project, assim como um dos sonhos de Ka-Nobuo Yamada, no Super Friends Spirits 2011.
  71. 71. geyama é um mundo sem fronteiras.Este é um sonho que parece estar seaproximando. No início de 2011, acantora Utada Hikaru prestou solida-riedade às vítimas de uma trágica en-chente que atingiu a Região Serranado Rio de Janeiro, deixando centenasde mortos e desabrigados. E o pró-prio JAM parece avançar nesse ide-al: as fãs Sarah Rangel, criadora dogrupo JAM-Freaks e sua amiga Brunativeram a oportunidade de dar umabreve entrevista para um documentá-rio acerca da história da banda, quefoi levado ao ar no fim de 2010. Estamesma Bruna já havia quebrado bar-reiras antes, por ter encontrado IMA-JO e YOFFY, da dupla Psychic Lover,caminhando normalmente pelas ruasdo Bairro da Liberdade, em São Pau-lo, onde fariam uma apresentação,com quem teve a chance de se foto-grafar. Cantora popular Utada Hikaru presta solidariedade à vítimas de enchente no Rio de Janeiro no início de 2011.
  72. 72. Ricardo Lima, guitarrista da banda Hero Heart, no Anime Friends 2011.
  73. 73. Rafael Azevedo, vocalista da bandaRyokan, no Anime Friends 2011.
  74. 74. Mynna Obara, vocalista da bandaAcid Shot, no Anime Friends 2011.
  75. 75. VICantores Amadores
  76. 76. C ultuado de uma forma gran- Os animekeiros, como gostam de O animekê é um ramo que ganha diosa no Japão, o karaokê ser chamados, são um grupo muito cada vez mais popularidade. Através também é uma forma de unido, amigos dentro e fora dos pal- de campeonatos realizados pelo Bra- aproximar a música dos animes dos cos, combinando passeios e até aju- sil pode se conquistar uma viagem seus fãs, e no Brasil não poderia ser dando entidades sociais, como os para o Japão, ou para a Argentina. diferente. Aqui, porém, ganhou outro Correios e a campanha de fim de ano Por isso, pelo país inteiro, cantores nome, o animekê. relacionada às cartas do Papai Noel, talentosos e fãs de animes batalham presenteando de forma anônima pelo direito de estar no mais gran- O animekê tem o mesmo conceito crianças carentes, algo que os trás dioso palco dos eventos, o do Anime que o karaokê comum. Porém, no ani- muito orgulho e que alegra também Friends, e fazer sua voz ecoar aos mekê, só se cantam músicas relacio- a empresa que organiza os principais quatro ventos, para milhares de pes- nadas ao universo otaku, como aber- eventos de anime no Brasil, como o soas, numa apresentação que chega turas e encerramentos de desenhos, próprio Anime Friends: a Yamato Corp. a ser minuciosamente ensaiada e tra- além de músicas de vídeo games.84 Formado por um grupo crescente de jovens e pessoas não tão jovens, na faixa dos 30 anos de idade, o ani- mekê é a menina dos olhos da em- presa que organiza o maior evento de animes na América latina, o Anime Friends. Cantores talentosos formam o gru- po dos participantes do Anime Frien- ds, que é dividido em três categorias: Iniciante, A e Star-Special, onde para avançar de uma categoria para outra, é preciso ser premiado com o primei- ro lugar. Bruna Higashi, vocalista da banda Animadness, no Anime Friends 2011.
  77. 77. esta música no mercado. Dois anos após a composição da letra, a mãe de Joe adoeceu e veio a falecer, mas isso não foi um obs- táculo para Joe, que após 10 anos, conseguiu lançar a música, intitulada Lembranças, e assim cumprir a pro- messa que havia feito para sua mãe, que é sempre homenageada em seus shows. Bruna Higashi, vocalista da banda Animadness, no Anime Friends 2011. A maior conquista de Joe foi, sem dúvida, o título do concurso amador de karaoke “NHK Nodojiman”, orga- 85 nizado pela rede de TV estatal NHK,balhada, com coreografias, e efeitos Joe Hirata, um decasségui, isto é, concorrendo com mais de oitenta milgráficos. um descendente oriental que saiu do pessoas. Joe se tornou o primeiro Brasil para trabalhar no Japão, tra- estrangeiro a vencer o concurso na O Anime Friends, como já citado, balhou no arquipélago durante seis história do Japão, cantando a mú-maior evento da América Latina, foi anos, mas nunca deixou de buscar a sica “Shining On Kimi ga Kanashii”,criado pela Yamato Corp. com a pro- realização de sonho, ser um cantor, este mesmo concurso foi vencido emposta de se tornar um ponto para que sempre incentivado pela família e por 2010, pelo brasileiro Robertinho Ca-todos os fãs de animes, e mais tarde, seus amigos. sanova, o primeiro afro-descendentecultura oriental no geral, pudessem a ser premiado.se encontrar. E para isso apostou Durante este período, enquantotudo nos cosplays, ramo ainda em trabalhava na linha de produção, es- Em seu retorno ao Brasil em 2003,crescimento, e nas músicas, abrindo creveu uma letra para a música tradi- Joe participou da 48ª Festa de Peãoespaços para animekeiros e impor- cional “Saigo no Iiwake”, e prometeu de Barretos, o maior palco sertanejotantes cantores japoneses. para sua mãe, que um dia lançaria do Brasil, onde cantou ao lado dos
  78. 78. maiores nomes do estilo do país, no com um carro e o direito de represen- CD “As melhores de Barretos- Em rit- tar o Brasil em um concurso no Japão. mo de sucesso” e desde então vem fazendo turnês pelo Brasil e pelo Ja- A imigração sempre teve lugar pão cantando o estilo sertanejo. especial no coração de Karen, pois quando foram comemorados os 80 Outro nome que merece destaque anos, ela foi convidada a cantar no é sem dúvida Karen Ito, uma cantora estádio do Pacaembú, e em 1990 ela com uma carreira já consolidada, po- se sagrou cantora profissional no Ja- rém de muita garra. pão. Karen é uma nikkei (descendente) A inspiração de Karen, a cantora nascida no Brasil, mas como ela pró- Misora Hibari, é para o Japão, o que pria costuma dizer, de coração total- Elis Regina é para o Brasil, e influen- mente japonês, desde cedo sonhava cia não só Karen, mas muitos can- em ser cantora, e lutou por isso. tores do animeke, como Thata, uma cantora de técnica muito peculiar, e O estilo que Karen adotou, o Enka, que dentre sua vasta coleção de tí- é caracterizado no Japão, como um tulos no animeke, está a categoria estilo muito patriótico e de cantores Enka do maior concurso de karaokê com timbres muito graves e potentes, da América, o Anime Friends, edição de melodia muito peculiar e intimista. de 2008, cantando uma música de Hibari,”Kawa no nagare no You ni” 1986 foi um ano muito especial para Karen, segundo ela, o ano onde Josimar Conceição, um afro-des- atingiu o auge de sua carreira, quan- cendente, que caiu no animekê sim- do se sagrou campeã nacional de mú- plesmente por amor à música, foi o sica japonesa e ganhou um concurso protagonista de um momento extre- em um programa de TV chamado mamente marcante e único na histó- “Imagens do Japão”, sendo premiada ria do animeke.Rodrigo Takei, vocalista da banda Animadness, no Anime Friends 2011.
  79. 79. Em 2010, Josimar cantou como nunca antes vista, competidores es-poucos um encerramento de Saint tavam em prantos, torcendo por seuSeiya, Blue Dream, e emocionou toda amigo e um clima misto de tensão ea platéia, levando todos aos prantos. alegria tomava conta do ambiente, quando... Durante a convocação dos canto-res que seriam premiados, a torcida O nome de Josimar foi anunciadopor Josimar foi algo que nunca antes como o primeiro colocado, e quasehavia se visto no animekê, em coro o que instantaneamente uma multi-público pedia incessantemente por dão de amigos subiu ao palco parasua presença entre os campeões, abraçá-lo, como recompensa pela be-mas o melhor ainda estava por vir. líssima apresentação de sua música, num momento muito especial e que Vendo a empolgação do público, nunca antes havia acontecido no ani-o apresentador Bruno Kenji, que já mekê.sabia que Josimar estaria presenteentre os premiados, aguardou até o O animekê do Anime Friends tam-ultimo instante para anunciar o nome bém é um espaço para romantismo.dele, o fazendo por último, deixando Um dos participantes, durante suatoda a platéia e até o próprio Josimar, apresentação da música Forevercom uma certa decepção, seguida de Love da banda X-Japan, aproveitou oeuforia extrema. espaço instrumental da música e dei- xou de cantar. Após uma longa decla- Ao anunciar dos classificados, ração, ele pede à mão de sua entãoa tensão foi aumentando cada vez namorada, que conhecera naquelemais, pois o nome de Josimar não mesmo palco meses antes, em casa-saía, e então a platéia começou em mento.coro a cantar seu nome, e quando adecisão estava entre primeiro e se-gundo lugar, o coro tomou uma forma Mariana Amendola, no Animeke Show 2011.
  80. 80. Thatah, no Animeke Show 2011.
  81. 81. Thays Misato, no Animeke Show 2011.
  82. 82. Jefferson Amorim, tecladista da Gaijin Sentai, no Tanabata Matsuri.
  83. 83. Festival do Bairro da Liberdade Jiyú no Kinjo no Matsuri
  84. 84. Festival Datas Descrição O s festivais da liberdade são um importante traço da liga- Festival das Flores, em conjunto com ção cultural existente entre a Federação das Seitas Budistas. O o povo brasileiro e japonês. Recente- Hanamatsuri Abril desfile do grande elefante branco mente, após as tragédias naturais no carregando o pequeno Buda Japão, o bairro sempre se mobilizou acontece no sábado. para ajudar as vítimas, mobilizando ainda mais os moradores do bairro, Grande campeonato com atletas numa forte corrente espiritual em de todo o país. Realiza-se aqui prol das vítimas. Campeonato de a seleção dos atletas juvenis Sumô Junho que representarão o Brasil no O calendário do bairro é sem dúvi- da Liberdade Campeonato Mundial de Sumô. A da, um dos mais festivos da cidade, arena (dohyo) e as arquibancadas periodicamente acontecem festivais são montadas em plena praça da92 que celebram datas comemorativas Liberdade. e emblemáticas do Japão. Festival das Estrelas, em conjunto A força dos admiradores da cultu- com a Associação Miyagui Kenjinkai. ra pop japonesa e das anisongs, pode As principais ruas do bairro são ser assim resumida: Tanabata Matsuri Julho enfeitadas com bambu e grandes enfeites de papel simbolizando as São um dos maiores traços da cor- estrelas. Os visitantes colocam um rente que une o povo japonês e o bra- pedaço de papel com pedidos. sileiro. “São culturas diferentes, mas de muitas tradições, de virtudes evi- Festival Oriental. Apresentação de dentes. São 100 anos de história,do Toyo Matsuri Dezembro várias manifestações culturais do oriente ao ocidente, dois povos uni- oriente. O bairro recebe o Nobori, dos num só coração coloridas bandeiras verticais.
  85. 85. R afael Akira Yoshioka, de 23 anos, é estudante de jornalismo e fotógrafo. Fã decultura e música popular japonesa,é o responsável pelo livro “Yume noTamashii ~ Espírito dos sonhos”, quemostra o Cenário Fonográfico japonêse sua influência no Brasil. Atualmentetrabalha como fotógrafo em eventosde anime.
  86. 86. Cantores amadores se reunindo no Animeke Show 2011.

×