População, cidades globais e cultura urbana

282 visualizações

Publicada em

Projeto E-PROINFO

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
282
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

População, cidades globais e cultura urbana

  1. 1. POPULAÇÃO, CIDADESGLOBAIS E CULTURA URBANA
  2. 2. SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE SÃO PAULO DIRETORIA REGIONAL DE ENSINO – REGIÃO ITUESCOLA ESTADUAL PROF. PERY GUARANY BLACKMAN PROJETO DIDÁTICO PEDAGÓGICO EM GEOGRAFIA PROJETO GEOGRAFIA E TECNOLOGIA4º. CICLO ENSINO FUNDAMENTAL - 9º. ANO E-PROINFOElaboração de Projetos - NTE Itu PROF. MSC. RAFAEL F. DE OLIVEIRA
  3. 3. • INTRODUÇÃO A Geografia ao longo de sua institucionalização como campo do conhecimento, da ciência, que analisa e estuda a organização do espaço, que interpreta as relações entre sociedade e natureza, teve no trabalho de campo um dos seus mais importantes métodos empíricos de apreender o mundo. Não desconsiderando a percepção que o indivíduo tem do espaço geográfico, das suas relações com o lugar, com a natureza, busca-se ir além, o conduzindo para uma análise do espaço, sobre a ação da sociedade no meio e do seu papel nesse contexto enquanto ser social. A importância da excursão didática, em proporcionar ao aluno e professor o contato direto com esses processos, ilustra de forma mais precisa como a paisagem se estruturou histórica e geograficamente, revelando amplas possibilidades de aprendizagem dos conteúdos escolares. Afinal, entende-se como Vygotsky (1996) que “(...) a mediação presente em toda a vida humana se dá pelos instrumentos técnicos e os sistemas de signos construídos historicamente, que fazem a mediação dos seres humanos entre si e deles com o mundo. A linguagem é um signo mediador por excelência, pois ela carrega em si os conceitos generalizados e elaborados pela cultura humana”.
  4. 4. • OBJETIVOS Realizar trabalho de campo em Geografia na forma de excursão didática à cidade de São Paulo com 2 turmas do 9º Ano Ensino Fundamental II. Visitar centros importantes da cidade a fim de propiciar uma sólida formação cultural e conhecimentos dos aspectos históricos, geográficos e culturais da maior cidade da América do Sul. Atuar com diversos conteúdos, de forma multidisciplinar, ao visitar o Memorial da América Latina, o Museu da Língua Portuguesa e o Museu do Futebol. Incentivar e promover o uso da tecnologia por meio da criação de blogs e páginas da internet com relatos e conteúdos desenvolvidos em campo.
  5. 5. • METODOLOGIA Trabalhar em conformidade com as diretrizes curriculares, antecedendo o projeto com conteúdos temáticos desenvolvidos em aula (REDES, SISTEMAS DE CIDADES, CENTRALIDADE URBANA, FRAGMENTAÇÃO E PERIFERIA, PROBLEMAS AMBIENTAIS, METRÓPOLE). Prática de aprofundamento dos conteúdos desenvolvidos em campo por meio das atividades de fixação correlatas ao tema. Criação de blogs e páginas na internet apoiados na experiência de campo para avaliação como forma de trabalho final da disciplina no quarto bimestre.• JUSTIFICATIVA Em conexão entre os temas do terceiro e quarto bimestres, da última série do segundo ciclo do Ensino Fundamental II, a cidade de São Paulo apresenta uma das mais ricas possibilidades de trabalho empírico: (a) população; (b) cidade global; (c) redes, conexão e fragmentação das cidades atuais; (d) turismo e consumo dos lugares; (e) paisagens urbanas. Entre outros temas numa perspectiva multidisciplinar. Trata-se, portanto, de uma possibilidade única de unir teoria e prática na maior cidade da América do Sul, por meio de visitas a pontos de ampla relevância educacional e cultural.
  6. 6. • TAREFA Em viagem a São Paulo observar e descrever os processos urbanos identificados, associando-os às vistas aos museus, com conteúdos multidisciplinares. Como a formação da língua portuguesa e sua atualidade no Brasil, o Memorial enquanto centralidade na organização territorial entre os países latino-americanos e o Museu do Futebol como retrato da indústria cultural e a massificação do esporte no país. Com base nesses conteúdos elaborar um trabalho com imagens, informações e descrições dos processos em forma digital, por blogs e páginas na internet. Estes elementos podem variar, sendo possível, inclusive, a produção de grupos em sites de relacionamento, que acaba tendo ampla repercussão entre esses atores.
  7. 7. • PROCESSO 1ª. ETAPA Aulas expositivas pelo professor, mobilizando os alunos pelo tema, organizando a atividade e orientando os trabalhos. Pesquisa em livros, revistas e internet sobre geografia urbana, sobre grandes cidades que falam língua portuguesa e temas correlatos. Viagem em excursão didática, com observação e reflexão dos fenômenos abordados empiricamente. 2ª. ETAPA Aula dialógica, com relato e debate dos conteúdos observados em campo. Planejamento do blog ou site a ser construído em sala de aula e no Acessa Escola. Produção inicial dos materiais na sala Acessa Escola. Apresentação dos trabalhos pelos alunos, divulgação na rede mundial e avaliação pelos docentes.
  8. 8. • RECURSOS: Livros e sites a serem visitados Atlas Geográfico e Enciclopédias Materiais de Geografia, Língua Portuguesa, História do Esporte na biblioteca da Escola Livros Didáticos nas salas de Geografia, Língua Portuguesa e Educação Física Sites especializados nos conteúdos e museus visitados Blog dos Professores Figuras dos lugares no Google Imagens
  9. 9. • DESAFIO: Exercícios a serem resolvidos Observação de fenômenos, fatos e situações na prática Organização e sistematização de informações e dados dos lugares Interpretação e análise de textos, mapas e gráficos informativos Representação dos conteúdos em linguagem textual e gráfica (digital)
  10. 10. CONCLUSÃO Espera-se que os objetivos iniciais sejam atingidos, com a apreensão do conhecimento de forma multidisciplinar, ao mesmo tempo unindo o trabalho com tecnologias e a prática empírica de campo, rumo a uma educação verdadeiramente qualitativa e compassada com a realidade contemporânea.
  11. 11. • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BRASIL, Secretaria de Educação Fundamental. PCN: história, geografia. Brasilia: MEC/SEF, 1997. BRASIL, Secretaria de Educação Fundamental. PCN: geografia. Brasilia: MEC/SEF, 2000. VYGOTSKY, Lev Semenovich. Texto original. In: REGO, Teresa Cristina. Vygotsky: uma perspectiva histórico- cultural da educação. Petrópolis: Vozes, 1996.
  12. 12. MEMORIAL DA AMÉRICA LATINASÃO PAULO - 09/11/2012GEOGRAFIA, TECNOLOGIA E CULTURA

×