Til, romance (em folhetins)
regionalista de 1871-1872, 62
capítulos (posteriormente, em 2
volumes), Romantismo no Brasil
r...
rafabebum.blogspot.com
Berta
Inhá
Til
rafabebum.blogspot.com
rafabebum.blogspot.com
Casa em que nasceu José de Alencar
Teatro José de Alencar
Poeta popular Patativa do Assaré
 Quando passaram os dois irmãos, a um sinal
da cabeça de eito, os pretos fizeram um floreio
de enxadas, suspendendo-as ao...
rafabebum.blogspot.com
- Será mesmo o durão que dizem?
- É conforme. Eu cá não conto com ele.
- Hum!...
- O senhor bem pod...
rafabebum.blogspot.com
Fazenda das Palmas
rio Atibaia com o rio Piracicaba
Província de Santa
Bárbara, próxima de
Campinas
rafabebum.blogspot.com
Berta e Miguel
Jão Fera
rafabebum.blogspot.com
flor da til (tília)
Árvore Til (Tília)
rafabebum.blogspot.com
 Linda e Afonso
 Luís Galvão e D. Ermelinda
 Barroso
rafabebum.blogspot.com
rafabebum.blogspot.com
- Sangue de gente, ou sangue de
onça, todo é um; tem a mesma
cor, e a mesma maldade. (cap.
XV, 1.º ...
 Linda e Afonso
 Luís Galvão e D. Ermelinda
 Barroso (Ribeiro)
 Filipe e Gonçalo
 Monjolo e Faustino
 Zana
 Brás
 ...
 Ribeiro / Barroso mata Besita
 Jão Fera vai matar Luís Galvão
 Filipe e Gonçalo vão matar Jão Fera
 Gonçalo, Faustino...
Nesse prisma da lindeza de Inhá reflete-se a
sua índole. Aquela alma tem facetas como o
diamante; iria-se e acende uma cor...
Como as flores que nascem nos
despenhadeiros e algares, onde não
penetram os esplendores da natureza, a
alma de Berta fora...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Til

481 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
481
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
86
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Til

  1. 1. Til, romance (em folhetins) regionalista de 1871-1872, 62 capítulos (posteriormente, em 2 volumes), Romantismo no Brasil rafabebum.blogspot.com
  2. 2. rafabebum.blogspot.com Berta Inhá Til
  3. 3. rafabebum.blogspot.com
  4. 4. rafabebum.blogspot.com Casa em que nasceu José de Alencar Teatro José de Alencar Poeta popular Patativa do Assaré
  5. 5.  Quando passaram os dois irmãos, a um sinal da cabeça de eito, os pretos fizeram um floreio de enxadas, suspendendo-as ao ar com a mão esquerda, e com a direita pediram a benção. (cap. XIII, 1.º vol)  Reparando naquele espasmo doloroso, quase arrependeu-se Berta de haver quebrado ao pobre idiota o encanto em que o tinha. (cap. XXIV, 1.º vol.) rafabebum.blogspot.com
  6. 6. rafabebum.blogspot.com - Será mesmo o durão que dizem? - É conforme. Eu cá não conto com ele. - Hum!... - O senhor bem podia nos dar alguma inculca do bicho? - Cá o amigo Chico é quem há de saber por onde anda o cujo. Oh! psiu!...
  7. 7. rafabebum.blogspot.com Fazenda das Palmas rio Atibaia com o rio Piracicaba Província de Santa Bárbara, próxima de Campinas
  8. 8. rafabebum.blogspot.com Berta e Miguel Jão Fera
  9. 9. rafabebum.blogspot.com flor da til (tília) Árvore Til (Tília)
  10. 10. rafabebum.blogspot.com
  11. 11.  Linda e Afonso  Luís Galvão e D. Ermelinda  Barroso rafabebum.blogspot.com
  12. 12. rafabebum.blogspot.com - Sangue de gente, ou sangue de onça, todo é um; tem a mesma cor, e a mesma maldade. (cap. XV, 1.º vol.) - Ah! és um homem de honra! Pois então vai, corre! Aquele que escapaste de assassinar te dará de esmola o preço por que ajustaste sua morte, como te deu outrora o pão com que matavas a fome! (cap. XV, 1.º vol.)
  13. 13.  Linda e Afonso  Luís Galvão e D. Ermelinda  Barroso (Ribeiro)  Filipe e Gonçalo  Monjolo e Faustino  Zana  Brás  Besita  Nhá Tudinha (mãe de Miguel) rafabebum.blogspot.com Til, Berta Jão Fera
  14. 14.  Ribeiro / Barroso mata Besita  Jão Fera vai matar Luís Galvão  Filipe e Gonçalo vão matar Jão Fera  Gonçalo, Faustino e Monjolo vão matar Luís Galvão  Gonçalo, Faustino e Monjolo vão matar Jão Fera  Jão Fera mata Ribeiro / Barroso rafabebum.blogspot.com
  15. 15. Nesse prisma da lindeza de Inhá reflete-se a sua índole. Aquela alma tem facetas como o diamante; iria-se e acende uma cor ou outra, conforme o raio de luz que a fere. Contradição viva, seu gênio é o ser e o não ser. Busquem nela a graça da moça e encontrarão o estouvamento do menino; porém mal se apercebam da ilusão, que já a imagem da mulher despontará em toda sua esplêndida fascinação. A antítese banal do anjo-demônio torna-se realidade nela, em quem se cambiam no sorriso ou no olhar a serenidade celeste com os fulvos lampejos da paixão, à semelhança do firmamento onde ao radiante matiz da aurora sucedem os fulgores sinistros da procela.
  16. 16. Como as flores que nascem nos despenhadeiros e algares, onde não penetram os esplendores da natureza, a alma de Berta fora criada para perfumar os abismos da miséria, que se cavam nas almas, subvertidas pela desgraça. Era a flor da caridade, alma sóror. rafabebum.blogspot.com - Eu sou Til!... Til só!...

×