Mário de andrade

3.710 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.710
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
211
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
248
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mário de andrade

  1. 1. Mário de Andrade Modernismo no Brasil, postura da iconoclastia Retrato de Mário de Andrade, LASAR SEGALL
  2. 2. “Na rua Aurora eu nasci Na aurora de minha vida E numa aurora cresci.” “Nesta rua Lopes Chaves Envelheço, e envergonhado Nem sei quem foi Lopes Chaves.” MÁRIO DE ANDRADE São Paulo - 1893 / 1945
  3. 3. PREFÁCIO INTERESSANTÍSSIMO Pauliceia Desvairada - 1922 Mário de Andrade O Papa do Modernismo “Leitor: Está fundado o Desvairismo. (...) Este prefácio, apesar de interessante, inútil.”
  4. 4. CARACTERÍSTICAS DO AUTOR Aproveitamento de recursos musicais; Linguagem próxima da oralidade; subversão da gramática convencional; Enfoque de situações urbanas; Impulso lírico + reelaboração; Irreverência. Retrato de Mário de Andrade II, ROSSI OSIR
  5. 5. INSPIRAÇÃO São Paulo! comoção de minha vida... Os meus amores são flores feitas de original... Arlequinal!... Traje de losangos... Cinza e Ouro... Luz e bruma... Forno e inverno morno... Elegâncias sutis sem escândalos, sem ciúmes... Perfumes de Paris... Arys! Bofetadas líricas no Trianon... Algodoal! São Paulo! comoção de minha vida... Galicismo a berrar nos desertos da América!
  6. 6. Muiraquitã
  7. 7. Rapsódia: justaposição de melodias populares e temas conhecidos Rapsódia, em Macunaíma: coletânea de lendas folclóricas
  8. 8. - Macunaíma (tapanhumas) - Maanape e Jiguê (manos) - Ci, a mãe do mato (amada) - muiraquitã (amuleto) Macunaíma “o herói sem nenhum caráter”
  9. 9. - Macunaíma (tapanhumas) - Maanape e Jiguê (manos) - Ci, a mãe do mato (amada) - muiraquitã (amuleto) - Venceslau Pietro Pietra (Gigante Piaimã) Macunaíma “o herói sem nenhum caráter”
  10. 10. Trecho de Carta de Mário de Andrade a Raimundo Moraes: “Quer saber mesmo? Não só copiei os etnógrafos e os textos ameríndios, mais ainda, na “Carta pras Icamiabas”, pus frases inteiras de Rui Barbosa, de Mário Barreto, dos cronistas portugueses coloniais, e devastei a tão preciosa quão solene língua dos colaboradores da Revista de Língua Portuguesa.”
  11. 11. MÁRIO POR ELE MESMO “ Ora depois de pelejar muito verifiquei uma coisa me parece que certa: o brasileiro não tem caráter. ... E com a palavra caráter não determino apenas uma realidade moral não, em vez entendo a entidade psíquica permanente, se manifestando por tudo, nos costumes, na ação exterior, no sentimento, na língua, na História, na andadura, tanto no bem como no mal.” Caráter, mais do que conotação moral, tem sentido cultural. O homem brasileiro, como seu herói/anti-herói protótipo, não possui personalidade, psicologia própria.
  12. 12. PRINCIPAIS OBRAS DE MÁRIO DE ANDRADE Poesia: Há uma Gota de Sangue em Cada Poema - 1917 Pauliceia Desvairada - 1922 Lira Paulistana - 1946 Projeto para capa, DI CAVALCANTI Poesia, conto, romance, ensaios, crítica literária, epístolas, música. Contos: Primeiro Andar - 1926 Contos Novos - 1946
  13. 13. Romances: Amar, Verbo Intransitivo - 1927 Macunaíma (quase “romance”) - 1928 Retrato de Mário de Andrade, Anita Malfatti PRINCIPAIS OBRAS DE MÁRIO DE ANDRADE “A rapsódia de Mário de Andrade, hoje traduzida em cinco línguas, multiplicada na tinta, no traço, na tela, na música, vai impondo um texto não só na literatura como na vida brasileira.” (Telê Porto Ancona Lopez)
  14. 14. MACUNAÍMA “Ser Macunaíma, o herói de nossa gente, a meu juízo, só pode ser porque ele veste a carne que nos veste; porque é a carapuça que nos cabe.” (Darcy Ribeiro) O HERÓI SEM NENHUM CARÁTER Mário na Rede, Lasar Segall
  15. 15. ROMANCE FOLCLÓRICO FÁBULA MÍTICA NOVELA DE CAVALARIA CARNAVALIZADA RAPSÓDIA: Modalidade poético-musical cultivada pelos gregos antigos, composta por fragmentos de poemas épicos e melodias extraídas dos cantos tradicionais ou populares. CARACTERÍSTICAS

×