Manuel Antônio de Almeida
Memórias de
um Sargento de
Milícias
rafabebum.blogspot.com
1. Introdução
 Publicadas em folhetins (48 caps.,
de 1852 a 1853)
 extensão de romance e dinamismo
de novela
 enredo de...
Ludwig Pfandl
Suas ocupações são pedir esmola, os
baixos trabalhos de ocasião, o vagar
preguiçosamente de cidade em cidade...
Ludwig Pfandl
(...) A necessidade de viver o faz
desavergonhado e inescrupuloso mas,
apesar da fome e dos fracassos, não
d...
rafabebum.blogspot.com
Era no tempo do rei.
2. Tipos
 Leonardo Pataca: meirinho
 Maria da Hortaliça: saloia
 padrinho – compadre : barbeiro
 madrinha – comadre: p...
rafabebum.blogspot.com
Como sempre acontece a quem tem muito
onde escolher, o pequeno, a quem o padrinho
queria fazer clér...
rafabebum.blogspot.com
 Luisinha: sobrinha de D. Maria
 José Manuel: caça-dotes
 Chiquinha: nova companheira do
Pataca
 Vidinha: amada de Leo...
Vidinha era uma mulatinha de dezoito a
vinte anos, de altura regular, ombros
largos, peito alteado, cintura fina e pés
peq...
Daqui em diante aparece o reverso
da medalha. Seguiu-se a morte de D.
Maria, a do Leonardo-Pataca, e uma
enfiada de aconte...
3. Observações finais
 Presença das camadas populares
 Linguajar coloquial
 Não há tensão bem X mal (visão
maniqueísta)...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Memórias de um sargento de milícias

554 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
554
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
99
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Memórias de um sargento de milícias

  1. 1. Manuel Antônio de Almeida Memórias de um Sargento de Milícias rafabebum.blogspot.com
  2. 2. 1. Introdução  Publicadas em folhetins (48 caps., de 1852 a 1853)  extensão de romance e dinamismo de novela  enredo desenvolvido no Rio de Janeiro na época de D. João VI  protagonista: Leonardo (anti-herói, talvez pícaro) rafabebum.blogspot.com
  3. 3. Ludwig Pfandl Suas ocupações são pedir esmola, os baixos trabalhos de ocasião, o vagar preguiçosamente de cidade em cidade, o trato com caminhantes, adivinhos e ciganos, o jogar baralhos com vantagem, o exercício de toda a classe de enganos e intrigas e de brincadeiras graciosas ou de mau gosto. Mas não é de modo algum mulherengo ou beberrão, menos ainda rixento, pois lhe falta valor para isso. Pícaro: rafabebum.blogspot.com
  4. 4. Ludwig Pfandl (...) A necessidade de viver o faz desavergonhado e inescrupuloso mas, apesar da fome e dos fracassos, não desejaria ser diferente do que é, e não trocaria sua livre e despreocupada existência por uma sedentariedade honorável, por uma cama e um teto. rafabebum.blogspot.com Pícaro:
  5. 5. rafabebum.blogspot.com Era no tempo do rei.
  6. 6. 2. Tipos  Leonardo Pataca: meirinho  Maria da Hortaliça: saloia  padrinho – compadre : barbeiro  madrinha – comadre: parteira  vizinha  cigana: amante do Pataca e do mestre de cerimônias (padre)  Major Vidigal: chefe das milícias  Tenente-coronel: suposto avô  sacristão Tomás da Sé rafabebum.blogspot.com
  7. 7. rafabebum.blogspot.com Como sempre acontece a quem tem muito onde escolher, o pequeno, a quem o padrinho queria fazer clérigo mandando-o a Coimbra, a quem a madrinha queria fazer artista metendo-o na Conceição, a quem D. Maria queria fazer rábula arranjando-o em algum cartório, e a quem enfim cada conhecido ou amigo queria dar um destino que julgava mais conveniente às inclinações que nele descobria, o pequeno, dizemos, tendo tantas coisas boas, escolheu a pior possível: nem foi para Coimbra, nem para a Conceição, nem para cartório algum; não fez nenhuma destas coisas, nem também outra qualquer: constituiu-se um completo vadio, vadio- mestre, vadio-tipo.
  8. 8. rafabebum.blogspot.com
  9. 9.  Luisinha: sobrinha de D. Maria  José Manuel: caça-dotes  Chiquinha: nova companheira do Pataca  Vidinha: amada de Leonardo  Toma-largura: almoxarife  Teotônio: animador de festas  Maria Regalada : amada do Vidigal rafabebum.blogspot.com
  10. 10. Vidinha era uma mulatinha de dezoito a vinte anos, de altura regular, ombros largos, peito alteado, cintura fina e pés pequeninos; tinha os olhos muito pretos e muito vivos, os lábios grossos e úmidos, os dentes alvíssimos. a fala era um pouco descansada, doce e afinada. rafabebum.blogspot.com
  11. 11. Daqui em diante aparece o reverso da medalha. Seguiu-se a morte de D. Maria, a do Leonardo-Pataca, e uma enfiada de acontecimentos tristes que pouparemos aos leitores, fazendo aqui ponto-final. rafabebum.blogspot.com
  12. 12. 3. Observações finais  Presença das camadas populares  Linguajar coloquial  Não há tensão bem X mal (visão maniqueísta)  Obra romântica de antecipação realista  Narrador debochado (foco de 3.ª pessoa) que conversa com o leitor – caracteríctica herdada por Machado de Assis rafabebum.blogspot.com

×