Concretismo

457 visualizações

Publicada em

Concretismo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
457
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
35
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Concretismo

  1. 1. (Brasil, 1956) rafabebum.blogspot.com
  2. 2. O CONCRETISMO: O POEMA-ÍCONE; POESIA-IDEOGRAMA. rafabebum.blogspot.com
  3. 3. CONCRETISMO CARACTERÍSTICA Entre a vanguarda e a escola literária rafabebum.blogspot.com
  4. 4. – fim do verso linear rafabebum.blogspot.com
  5. 5. CONCRETISMO Abolição do verbo (palavra); Aproveitamento do espaço em branco do papel como fator significado para o poema ; Aproveitamento das potencialidades do significante (expressão verbivocovisual), ou seja: a) De seu conteúdo sonoro; b) De seu conteúdo visual; rafabebum.blogspot.com
  6. 6. casa Significante: /kaza/ Significado: rafabebum.blogspot.com
  7. 7. CONCRETISMO Abolição do verbo (palavra); Aproveitamento do espaço em branco do papel como fator significado para o poema ; Aproveitamento das potencialidades do significante (expressão verbivocovisual), ou seja: a) De seu conteúdo sonoro; b) De seu conteúdo visual; A desintegração da palavra; o trocadilho; A ruptura com a sintaxe tradicional e a ausência de sinais de pontuação; Usa a cor e a forma da letra . rafabebum.blogspot.com
  8. 8. Ronaldo Azeredo rafabebum.blogspot.com
  9. 9. Augusto de Campos
  10. 10. Revista Noigandres • Integrantes: Augusto de Campos, Haroldo de Campos, Décio Pignatari rafabebum.blogspot.com
  11. 11. AUGUSTO DE CAMPOS "pós-tudo" - Augusto de Campos rafabebum.blogspot.com
  12. 12. HAROLDO DE CAMPOS rafabebum.blogspot.com
  13. 13. DÉCIO PIGNATARI rafabebum.blogspot.com
  14. 14. EPITÁFIO PARA UM BANQUEIRO José Paulo Paes rafabebum.blogspot.com
  15. 15. “Epitlamium II”, de Pedro Xisto rafabebum.blogspot.com
  16. 16. 1. (ITA) Decretando o fim do verso e abolindo (a)(o) ________________, esses vanguardistas procuram elaborar novas formas de comunicação poética em que predomine o aspecto material do signo, de acordo com as transformações ocorridas na vida moderna. Neste sentido, (a)(o) _____________ explora basicamente (a)(o) ______________, jogando com formas, cores, decomposição e montagem das palavras, etc., criando estruturas que se relacionam visualmente. a) sintaxe tradicional - Concretismo - significante. b) metrificação - Poesia-práxis - significado. c) lirismo - Poema-processo - concreto. d) versificação - Neoconcretismo - sonoridade. e) sintaxe - Bossa-nova - ritmo.
  17. 17. 2. (Unirio) O que expressa, semanticamente, a forma do poema? rafabebum.blogspot.com
  18. 18. 3. (ESPM) O texto revela uma preocupação em relacionar o tema com a visualização, ou seja, o formato do poema está em acordo com a idéia que ele quer expressar. Essa característica será retomada no Concretismo (1956). Assinale a opção em que ocorra também a correlação imagem-tema:
  19. 19. a) De como não fui ministro d’Estado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . (Machado de Assis) rafabebum.blogspot.com
  20. 20. b) ruaruaruasol ruaruasolrua ruasolruarua solruaruarua ruaruaruas (Ronaldo Azeredo) c) Desce do espaço imenso, ó águia do oceano! Desce mais ... inda mais ... não pode o olhar humano Como o teu mergulhar no brigue voador! (Castro Alves)
  21. 21. d) Mire veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas – mas que elas vão sempre mudando. (Guimarães Rosa) e) Repara: ermas de melodia e conceito elas se refugiaram na noite, as palavras. (Carlos Drummond de Andrade)
  22. 22. 4. (Unifesp 2003) A questão seguinte baseia-se no poema concreto "Epithalamium II", de Pedro Xisto (1901- 1987). Pressupostos teóricos da Poesia Concreta propõem a realização de um poema-objeto, isto é, uma obra que informa por meio de sua própria estrutura (estrutura = conteúdo); valoriza, entre outros elementos, o espaço em branco da página, como produtor de sentidos, e a utilização de formas visuais. Em várias edições de "Epithalamium II" (epitalâmio = canto ou poema nupcial), aparecem as seguintes indicações: "he" = ele; "&" = e; "S" = serpens; "h" = homo;"e" = Eva.
  23. 23. Observe o poema, e, mediante as indicações do autor, aponte, dentre as alternativas, aquela que mais se aproxima da mensagem da obra. a) As três letras, dispostas de modo a produzir uma imagem visual, denotam que o homem e a mulher, representados pelos pronomes pessoais, em inglês, foram coisificados e, após, separados um do outro, pelo pecado original (Adão e Eva). b) A letra "S", que desenha e escreve "She", ao mesmo tempo que compõe as formas sinuosas de uma serpente (=pecado), parece que enlaça o "he". Poderia evocar, por um lado, que os gêneros humanos se completam, um no outro, e, por outro, a supremacia da feminilidade sobre a masculinidade, já que "he" (=ele) é configurado no interior de "She" (=ela).
  24. 24. c) O "&", que se desenha no poema, revela, por um lado, a desintegração mulher/homem (representados em inglês) e, por outro, a situação dos seres humanos no mundo capitalista. Isto se justifica pelo fato de "&" lembrar a forma com que se designa a razão social das empresas. d) O significado do poema se esgota na simples contemplação do mesmo, como se fosse o logotipo de uma empresa. O "She" e o "he" comparecem como artifícios provocativos que disfarçam os significados de si próprios. Neste sentido, masculinidade e feminilidade se anulam. e) Não há hierarquia entre "She" (=ela) e "he" (=ele), uma vez que esses pronomes pessoais estão desenhados em forma vertical no espaço branco da página, e não horizontalmente, como seria comum na poesia tradicional. rafabebum.blogspot.com
  25. 25. CONCRETISMO CARACTERÍSTICA O Concretismo é o primeiro "produto de exportação" da poesia brasileira, para usar a expressão de Oswald de Andrade, pois foi concebido como movimento internacional e surgiu, se não antes, pelo menos ao mesmo tempo em que se manifestava em outros países.

×