DEZEMBRO 2010 ANO II N° 15 DIREÇÃO NELSON PRADO 153  DISTRIBUIÇÃO SERGIO ONISHI 78 <br />FOTOS RAFAELA PRADO E GRAÇA PRADO...
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Jornal 15
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal 15

404 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
404
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal 15

  1. 1. DEZEMBRO 2010 ANO II N° 15 DIREÇÃO NELSON PRADO 153 DISTRIBUIÇÃO SERGIO ONISHI 78 <br />FOTOS RAFAELA PRADO E GRAÇA PRADO 153 <br />CASO NÃO QUEIRA RECEBER O JORECOTÔ REENVIE COM O ASSUNTO REMOVER<br />Se quiser, escreva para o papai Noel, selecionaremos as melhores cartas<br />E-MAIL DO PAPAI NOEL: NELSONPRADOS@GMAIL.COM<br />“Papai Noel” estará 20 as 22 na sacada da 153<br />cantando e dançando para as crianças de qualquer idade<br /> SUGESTÃO<br />E AS PLACAS DE RUA ?????<br />Ter o dinheiro e não executar é incrível.<br />O simples orçamento demorou meses para ser feito “mama mia”<br />Parece a SANASA ou outro órgão público desleixado, ONDE NINGUEM MANDA .<br />OU SERIA FALTA DE RESPEITO PARA COM OS MORADORES?<br />NOSSO CONDOMÍNIO ESTÁ CADA DIA MAIS PARA SINDICALISMO DOENTIO<br />A INEFICIÊNCIA É PREMIADA O CAPANGUISMO INCENTIVADO<br />E AGORA QUE FAÇO COM ISSO? <br />NINGUÉM É FELIZ COM DOR<br />Dr. Ricardo do Vale Fisioterapeuta CREFITO 3/36296-F<br />FONE 19 3327 7105 Av. D. Nery 510 Valinhos / Clínica Rossi<br />ACUPUNTURA / R.P.G. / COLUNA / DORES / ANSIEDADE /STRESS /DEPRESSÃO / ARTROSE<br />CÃES & GATOS<br />SÓ O DONO FINGE QUE NÃO SABE “OLHE OS DOIS BICHANOS NA RODA” <br />OLHE O BICHANO DORMINDO NO CARRO DO VIZINHO<br />Se um dia alguém atropelar um gato será um alarde total <br /> <br />OLHE O CÃO FAZENDO COCÔ NO JARDIM DO VIZINHO<br />O DONO “FINGE” QUE NADA ESTÁ ACONTECENDO <br />DESAGRADÁVEL NÃO????????????????????????<br />O JORECOTÔ detesta ter que publicar este tipo de foto, <br />Mas... assim como a do “ETERNO SUB” pescando no criadouro <br />sabemos que vai dar o que falar. A sujeira é a mesma.<br />***********************************************<br />E AS PLACAS DE RUA??? <br />QUEREMOS FOTOGRAFÁ-LAS esperamos que não seja esquecida a indicação da numeração das casas que é absurdamente confusa <br />A pergunta é: Novembro de que ano?<br />QUE VEXAME °° ° ° °<br />JÁ QUE O “ETERNO SUB”<br /> QUIZ SER “ENTÃO SEJA”<br />ATÉ AGORA NÃO ENTENDI, PARA QUE, O ETERNO SE CANDIDATOU<br />COM OU SEM CAPANGA <br />E o lixo ?<br />Continuará sendo manuseado desnecessariamente pelos nossos funcionários ( insalubridade inútil )<br />OLÁ FAMILIONA! (CONVITE ESPECIAL)<br />Esta é uma carta muito especial, que pediria a vocês, a lessem e refletissem com muita paz e calma, algumas coisas estão acontecendo e é importante que entendamos o lado positivo destes acontecimentos.<br />É o seguinte: Nestes últimos tempos, tivemos a oportunidade de conhecer algumas pessoas maravilhosas e entre elas, conhecemos um senhor de certa idade que convidamos para vir ao Brasil, que se viesse, o receberíamos em nossa casa, mas, para ser bastante franco, nunca imaginávamos que aceitaria.<br />Acontece que para surpresa nossa uns dias atrás o homem aparece por aqui, de “mala e cuia” como costumamos dizer, avisando que veio para ficar até Janeiro, pois, está doido para vivenciar um “fim de ano tropical”, bem típico, brasileiríssimo.<br />Não preciso dizer que ficamos um pouco desconcertados, pois realmente, sem nos apercebemos, passamos a ser, um tipo de embaixador de nossos usos e costumes, e a ficha ainda está caindo, acomodamos o homem do melhor modo possível, e começamos a curtir desde já, um NATAL um pouco antecipado, neste ano. (legal isso não acham?)<br />Para sermos bem francos a coisa está dando certo, alguns visinhos, obviamente ficaram sabendo de nosso visitante ilustre, e tem vindo até nossa casa, só para ver e escutar o papo do senhor estrangeiro, que é claro, se comunica em Inglês, mas canta e dança que é uma beleza, afinal ele é muito alegre e comunicativo.<br /> <br />Porém, agora que a ficha tá caindo, surgiram algumas perguntas:<br />Temos uma família tão pequena, como dar a ele, uma amostra de um NATAL tipicamente familiar brasileiro.<br />Em casa somos somente em três pessoas mais a cunhada solteirona “Zeca” que é uma agregada definitiva, mas que anda desaparecida em seu AP.<br />As filhas casadas têm lá seus compromissos sociais, os quais temos que respeitar. <br />Como moramos num condomínio, o hábito aqui, é cada um na sua e poucos se manifestam nestas datas pelo menos assim foi até ano passado.<br />Que faremos neste NATAL?<br />Nossa conversa virou pra cá, pra lá, finalmente para o lado de vocês e das iniciativas que felizmente tomaram, de nos aproximamos uns dos outros. Na realidade, do fundo de nossos corações, apesar de tanta gente por perto, estamos nos sentindo muito sós nos últimos tempos, acreditamos que vocês também, aliás, que todos têm se sentido pelo menos um pouco de solidão. A reaproximação acalentou nossas vidas de um modo sadio e gostoso, dá até para dizer como é bom ter vizinhos, como é bom ter uma familiona. Como é bom comemorar.<br />Preocupamo-nos com os mais velhos, pela idade e saúde, mas temos um bom e sossegado coração, onde poderemos acomodá-los, do melhor modo que pudermos e para sermos francos, poderão fazer amizade com o visitante e quem sabe°°° algo de mágico, aconteça por aqui°°°<br />Ontem, ainda conversamos com umas pessoas falando de nossa idéia, de fazermos um NATAL “PORTA ABERTA”, ou seja, durante a ceia da noite natalina visitaremos e seremos visitados por algumas pessoas, que também sintam que este é o espírito natalino, que reina entre as pessoas entre as famílias que querem derramar felicidade contagiante para todos os lados.<br />Resumindo tudo isso, estamos convidando a todos, que lerem este e-mail, para passarem o natal conosco, em nossa casa em nossa rua e que será “JUNTO E MISTURADO” com nossos vizinhos com os quais estamos aprendendo ainda a conviver.<br />Combinemos mais uma coisinha, na presença e no abraço de vocês, brindemos a felicidade de estarmos vivos e com saúde, brindemos o espírito natalino que existe em todos nós.<br />Contamos com todos vocês.<br />Nelson e familinha convidando a familiona<br />SOATI MÓVEIS PLANEJADOS COM INTELIGÊNCIA<br />SALAS<br />PLANEJADOS / SOATI <br />38497068 OU 92726914 FALE COM O CASSIO<br />COZINHAS NO SEU MODO DE SER <br />PREÇO E QUALIDADE <br />CAMARÃO EMPANADO<br />É NO D. NERY <br />COM O DITO<br />ENCOMENDE ANTES FONE 19 3871 4044 DIGA QUE SR. NELSON RECOMENDOU<br />Boa notícia! Lei aprovada! Vitória Enfim a Lei do estacionamento em shopping!! A lei do estacionamento em Shoppings, já está vigorando. 'Lei Gratuidade de Estacionamento' - Lei Estadual nº 1209 os caixas das lojas sabe, porém, só fazem se vc pedir. É necessário que o valor da compra no shopping onde vc estacionou seja 10 vezes maior que o valor do estacionamento.Exemplo: Se o valor do estacionamento é de R$3,00 e vc gastou R$ 30,00 no shopping, com qualquer coisa, alimentação, roupa, ... Peça o cupom fiscal e apresente ao caixa do estacionamento. Eles terão que carimbar e validar o ticket, sem você precisar gastar nada mais, é Lei. Claro que os shoppings não farão propaganda disso! Avise<br />Colaboração do Vlad 65 i65gos!!! <br />PORQUE NÃO FACILITAR?<br />Medida simples sem custos, a portaria poderia assinalar na placa que já é entregue aos visitantes e entregadores o local do número onde ele deverá ir , veja o mapa abaixo: com as “Maravilhosas placas de rua” que serão colocadas em novembro,SIC rsrsrs, tudo então ficará mais fácil. <br /> SEQ Figura * ARABIC 1PAPAI NOEL JA ESTÁ NA CASA 153<br />A água, continua vazando?<br />A nova ligação alta, quando sairá?<br />Precisamos e devemos ser informados.<br />De Rodrigo Trevisan para mim (e-mail recebido sobre a insatisfação de muitos no condomínio)Bom dia!!! Gostaria de saber quando teremos as placas de ruas no condomínio?Já não foi aprovado?O que está faltando para a instalação? Gostaria de sugerir que fizéssemos uma academia de ginástica no salão de festas.Poderíamos fazer um levantamento de quanto este salão é utilizado para festas e fazer uma votação entre os condôminos. Aliás onde está o síndico?Nunca vejo este sr.!!!O que ele fez desde que foi eleito? Aguardo.<br />HUMMMMMM QUE DELÍCIA...<br />PADARIA ASAHY<br /> PÃO DOCE vários sabores <br />PÃO FRANCÊS crocante e quentinho com ou sem queijo<br />FRIOS E QUEIJOS fatiados na hora <br />PANETONES especiais de qualidade superior <br />ENCOMENDE ANTES PELO FONE= 3871 5886<br />CONDOMÍNIO CHAMADO FAVELA<br />N<br />o Rio de Janeiro os capangas, traficantes, vagabundos, finalmente estão tendo o destino que merecem e que a população sempre quis. Torçamos que tudo acabe bem e que os condôminos desta grande comunidade, possam viver em paz e que nós possamos passear por lá, sem risco ou medo de sermos usados pelo tráfico e capanguismo.<br />Que sirva de exemplo aos que por aqui exercem o poder, empregando os NÃO CAPACITADOS também conhecidos como “capangas” esquecendo-se dos que se esforçam, estudam e trabalham para serem reconhecidos.<br /> <br />TIM<br />GAGA, SURDA E MUDA<br />ANATEL É CONIVENTE <br />Os clientes da TIM estão revoltados por não conseguirem realizar chamadas desde as primeiras horas desta sexta-feira (26). Os poucos que conseguem fazê-lo encontram o serviço de baixa qualidade, uma vez que a ligação fica com linha cruzada.<br />As reclamações foco de vários comentários na rede social Twitter uma delas afirma categoricamente que a <br />Segundo os usuários, quando discavam, a ligação era redirecionada para outros usuários, fazendo-os gastar dinheiro ou créditos sem conseguirem fazer as chamadas que necessitavam.<br />A TIM disse que o sistema está indisponível desde a madrugada de hoje, e existe uma previsão ATÉ 30/11 (como as placas de rua do condomínio) por parte da operadora que o serviço se normalize até o final da manhã.<br />O JORECOTÔ descobriu que tudo vem sendo causando por um prédio em construção, à frente da antena distribuidora dos sinais em Valinhos.<br />Quem tem TIM Danou-se e eu tenho.<br />TELHADOS BRANCOS A NOVIDADE <br />É que a cor branca absorve os raios solares em menor quantidade, combatendo as chamadas “ilhas de calor” – fenômeno climático comum em concentração de asfalto e concreto – e minimizando as altas temperaturas também dentro das casas.A adesão pode ser constatada com um simples passeio pela cidade, repleta de casas, principalmente as novas construções, com telhados brancos ou demais tonalidades claras. A idéia ganhou ainda mais força nesta semana, na capital do Estado.<br />“Vai muito da questão do gosto também, o importante o aprofundamento dos estudos”.Além do impermeabilizante claro, telhados de marfim ou de cerâmica branca, produzidos no Estado de Santa Catarina, também são procurados.<br />SEGURANÇA<br />Que pena: a segurança continua perdendo os bons funcionários, trocados por outros ilustres desconhecidos, pedi como conselheiro fiscal, a ficha de um funcionário do condomínio, nunca fui atendido, fingem que esquecem enrrolaram, enrrolaram, enrrolaram...querem que eu só confira notinhas, atitude típica de quem não tem responsabilidade para com os condôminos <br />Resumindo: Não sabemos quem trabalha por aqui e concertina nunca resolverá isso.<br />UM DIA... CONSIGO VIVER SEM ESPOSA!!!! <br />O marido e a mulher não se falavam há uns três dias.Entretanto, o homem se lembrou que no dia seguinte teria uma reunião  muito cedo no escritório. Como precisava levantar cedo, resolveu pedir à mulher para  acordá-lo. Mas para não dar o braço a torcer, escreveu num papel:'Me acorde às 6 horas da manhã'.No outro dia, ele levantou e quando olhou no relógio eram 9h30. O  homem teve um ataque e pensou: - Que drogaaa! Mas que absurdo! Que falta de consideração, ela  não me acordou... Nisto, olhou para a mesa de cabeceira e reparou um papel no qual  estava escrito: -... São seis horas, levanta!!! Moral da História:Não fique sem conversar com as mulheres, elas  ganham sempre, estão certas sempre e são simplesmente geniais na  vingança!!!!!! O casamento é a relação entre duas pessoas, onde uma pessoa está sempre certa e a outra, é o marido! <br />Dr. Alberto<br />ÁGUA E ESGOTO<br />Fosse tu o síndico, eu iria te SUGERIR para entrar na justiça contra o D.A.E.V. e requerer a devolução de tudo o que já foi pago indevidamente a este órgão. Mas ... como o “ETERNO SUB” nunca se importou com isso, dirijo-me ao de presidente do conselho fiscal, pedindo seu parecer, afinal estamos sendo lesados e já faz tempo.<br />Acredito que as redes de esgoto e água devam ser de responsabilidade deles (ESTADO OU DE QUEM RECEBA PARA EFETUAR ISSO) e portanto os vazamentos também. <br />Baseado nos princípios de isonomia e em nossa constituição, acredito que TODOS tem o direito a água e esgoto à frente de sua casa.<br />O D.A.E.V. se enriquece às custas de vazamentos, não interessando a este órgão solucionar os problemas, TRANSFERINDO, INCONSTITUCIONALMENTE PORTANTO, PARA OS CONDOMÍNIOS SUA RESPONSABILIDADE. <br />Numa conta rápida diria que:<br /> Jogamos fora mais de R$ 4 mil mês. Absurdamente o D.A.E.V. ganha com nosso desperdício (quanto mais vazar melhor para eles)<br />Desperdiçamos milhões de litros de água, jogados literalmente fora, num desrespeito à natureza e a economia dos moradores.<br />5. O art. 11 da Lei nº 2.312/94 (Código Nacional de Saúde) determina: "É obrigatória a ligação de toda construção considerada habitável à rede de canalização de esgoto, cujo afluente terá destino fixado pela autoridade competente". ACHO NOSSAS CASAS HABITÁVEIS E VOCÊS? <br />6. Obrigatoriedade do serviço de água e esgoto. Atividade pública (serviço) essencial posta à disposição da coletividade para o seu bem-estar e proteção à saúde.<br />7. "A remuneração dos serviços de água e esgoto normalmente é feita por taxa, em face da obrigatoriedade da ligação domiciliar à rede pública" (Hely Lopes Meirelles, in "Direito Municipal Brasileiro", 3ª ed., RT -1977, pág. 492). <br />8. "Se a ordem jurídica obriga a utilização de determinado serviço, não permitindo o atendimento da respectiva necessidade por outro meio, então é justo que a remuneração correspondente, cobrada pelo Poder Público, sofra as limitações próprias de tributo". (Hugo de Brito Machado, in "Regime <br />ACRESCENTARIA, estamos pagando duas vezes pelo consumo de água, uma em nosso hidrômetro e outro no hidrômetro máster (vazamentos) Tributário da Venda de Água", Rev. Juríd. da Procuradoria-Geral da Fazenda Estadual/Minas Gerais, nº 05, pág. 11).<br />9. Adoção da tese, na situação específica examinada, de que a contribuição pelo fornecimento de água e coleta de esgoto é taxa. 10. Precedentes das egrégias 1ª e 2ª Turmas desta Corte Superior. 11. Recurso especial não-provido<br />AÇÃO CIVIL PÚBLICA. MEIO IDÔNEO PARA COMPELIR O PODER PÚBLICO TRATAMENTO DE ÁGUA E ESGOTO. ARBITRAMENTO DE PRAZO PARA CUMPRIMENTO DA OBRIGAÇÃO DETERMINADO NA SENTENÇA À LUZ DE PROVA TÉCNICA. PROVIDÊNCIA SENSATA, TENDO EM VISTA A FORÇA ORÇAMENTÁRIA DO MUNICÍPIO. <br />  <br />Se, até agora, na condição de sujeitos passivos de obrigação de ordem pública, as litisconsortes não contrataram sequer serviços para estudo de elaboração de projeto, ou projetos, de sistemas de tratamento de esgotos, a que tende a pretensão cominatória, é óbvio subsistir necessidade do recurso jurisdicional para obtê-lo de modo forçoso. E, nisso, está o interesse de agir. <br />...Nem devem arrecear-se de que lhes imponha ônus financeiro incompatível com sua força orçamentária. Não foi por outra razão, senão para adequar os projetos e cronogramas às disponibilidades dos orçamentos das devedoras que, com sensatez, a r. sentença submeteu a arbitramento prévio, à luz de prova técnica ampla, o prazo de cumprimento da obrigação declarada. ( Ementa CAO ) <br /> <br />ESCREVA PARA: JORECOTO@GMAIL.COM E RECEBA NOSSO JORNAL ELETRÔNICO <br />.....Texto discorrido pela filósofa e física quântica Danah Zohar:<br />.....Aqui estou eu, meu corpo feito de elementos que algum dia foram poeiras de estrelas, vindos de longe, dos cantos do Universo para encarnar, mesmo que brevemente, o padrão que é unicamente eu, minha alma, algo que pode respirar na enormidade de tão assombrada origem. Mas quem ou o que é este “eu” que penso que sou?<br />QUEM SOU EU?<br />.Neste momento, se dirijo minha atenção para mim mesmo, sinto claramente que existo como pessoa, que existe algo que é legítimo chamar de “eu”. Esse algo tem seu próprio ponto de vista, seus planos, seus relacionamentos. Mas estarei enganado ao ter tal certeza? Estarei sendo vítima de uma ilusão, daquilo que os budistas denominam “a ilusão do ser?” Existirá realmente este mundo esta coisas a que chamo de “eu”?<br />.....E, se de fato existo, que porção de mim é correto chamar de “eu”? Onde é que começo e onde é que termino?<br />.....Serei a mesma pessoa quando era um bebê nos braços de minha mãe uns quarenta anos atrás? Ou a desajeitada adolescente que corava cada vez que alguém pronunciava meu nome? Sou o jovem que se casou há muitos anos, que sabia tão pouco sobre compromisso e intimidade e não fazia a menor idéia de como seria ter filhos? E, de fato, serei a mesma pessoa que adormeceu ontem à noite, entregando minha consciência e tudo quanto sou ao mundo noturno do sono?<br />.....A maioria de nós se pergunta coisas assim sobre si mesmo ou sobre pessoas conhecidas, normalmente em momentos de transição quando deixamos a casa de nossos pais, nos formamos na universidade ou nos casamos. Respondemos a estas questões da melhor maneira possível, mas com um arsenal de frases contraditórias que traem uma identificação subjacente à sabedoria popular das pessoas.<br />.....Por um lado dizemos coisas como: “Não sou a mesma pessoa que costumava fazer isso e aquilo, gostava disso e daquilo, falava de e tal jeito etc.”, ou então “ele não é nem sombra do que foi no passado”. Mas por outro lado dizemos “no fundo, no fundo eu não mudei, ainda sou a mesma pessoa que você conheceu”.<br />.....Os filósofos também se fazem tais perguntas, mas seu trabalho é confrontar as frases contraditórias das pessoas comuns e, ao fazê-lo, torna-se muito claro que a existência de uma identidade pessoal é uma enorme questão. Segundo a ciência oficial de nossos tempos, não deveria existir tal coisa.<br />.....Por exemplo, se as pessoas são reais, o que as mantém coesas? Cada um de nós é composto por bilhões de células, e cada célula tem vida própria, num certo sentido. Só em nosso cérebro milhares de milhões de neurônios contribuem para a riqueza e nossa vida mental. Outros tantos milhares de milhões mantêm nosso coração em funcionamento, a mesma quantidade vai nos dar um fígado e assim por diante. Como, dada toda esta complexidade, conseguimos ser uma coisa só no final das contas? Ou, de fato, como têm se perguntado alguns filósofos, será que na verdade existimos?<br />A FESTA MAIS BONITA DO ANO<br />AS CRIANÇAS SE DESLUMBRAM COM A MULTIPLICAÇÃO DAS LUZES POR NOSSAS ALAMEDAS<br />O ESPIRITO DE NATAL JÁ ILUMINA O CONDOMÍNIO. VIZINHOS AJUDAM VIZINHOS A DECORAR SUAS CASAS. NATAL DE LÂMPADAS E CORAÇÕES ACESOS. <br />Chegou a hora de celebrar o Natal. Organizar o evento de final de ano traz felicidade para as crianças e confraternização para os adultos, o gostoso da vida em condomínio, aparece melhor.Integrar os moradores, estimular a boa convivência e o uso das áreas de lazer, reunindo os vizinhos para confraternizar. Com esse propósito, já se tornou tradição, em muitos condomínios, a realização da festa de final de ano. Alguns passos são fundamentais para garantir o brilho do evento e evitar contratempos.O evento costuma reunir muitas das famílias que ali residem. Antes da festa e já demonstrando a convivência harmônica entre os moradores, as famílias se organizam e adquirem os presentes das crianças que, na data, é distribuído pelo Papai Noel que já está morando na casa 153 O evento cria uma oportunidade para os vizinhos se conhecerem e fortalecerem laços de amizade, tão importantes para minimizar os conflitos que eventualmente podem aparecer no dia a dia do condomínio.<br />QUE O ESPÍRITO DE NATAL PREVALEÇA SEMPRE <br />em todas as casas em todos os lugares ° ° ° EXIGE TRANSPARÊNCIA RESPEITO, TRABALHO <br />Contra o laconismo existente, não se faz, não se diz, omite-se informações, ignora-se a ociosidade<br />O corredor de segurança foi fechado pela construção do vestiário ou seja não é mais possível fazer a Honda de carro pelo perímetro <br />As válvulas de escape de ar da rede precisam ficar antes do medidor máster para não pagarmos por ar.<br />As mesmas válvulas, precisam de manutenção e o encarregado que nem sabia onde ficavam, foi avisado disso mas com a proteção do “eterno sub” nada fez)<br />Os hidrantes também precisam de manutenção e podem de servir de socorro nas faltas de água e ou incêndio. (é fácil facílimo fazer isso)<br />Condomínio precisa de um ENCARREGADO OPERACIONAL que faça e não que telefone para fazerem.(mandar fazer é função de síndico) <br />Todo condômino tem direito a informação, do que se fez e do que não se fez e porque (simples não é?)<br />A segunda ligação de água pela parte alta como está?aprontaram o projeto?<br />E o problema com o MEIO AMBIENTE?(merecemos ser informados)<br />E o salão de eventos apodrecendo por falta de uso? <br />E...?<br />E...?<br />E assim por diante. Continuamos abertos às realizações em prol dos moradores, dizemos, o que muitos gostariam de dizer mas que não querem se expor. Percebendo que os antigos se sentem mais donos que os novatos, defendemos o direito geral à igualdade e sabemos que isso atinge os costumes, sabemos que este tipo de atitude a longo prazo, gera a indiferença e ou isolamento de cada um em sua unidade. Cada um na sua, porém cada um ao lado dos seus vizinhos de condomínio, somos individualistas, mas precisamos entender que mesmo assim fazemos parte de um todo (veja o artigo sobre “quem somos nós” )<br />ÚLTIMA HORA<br /> ATRASAMOS O DISPARO DESTA EDIÇÃO PARA INCLUIR O ASSUNTO ABAIXO <br />Obs: Em vermelho, nossos argumentos, propostas e respostas <br />Senhores.<br />Boa tarde.<br />Em que peses as considerações do Paulo, a respeito de documento público e sigiloso, concordo que sempre deve haver total transparência dos gastos do condomínio, até porque o dinheiro é nosso.Daí a ênfase que o JORECOTÔ tem dado<br /> <br />Temos uma equipe fiscal e competente, principalmente o Sr. Arquimedes, imparcial e responsável, que corretamente solicitou autorização do condomínio, que somos todos nós, a fim de publicar a planilha no “jerocoto”.<br />Exatamente por sermos competentes acredito que só fiscalisar notas não é suficiente e já disse isso. <br /> Em minha opinião, a planilha em questão deve ser exposta no site do condomínio, que a principio é o canal oficial de comunicação do condomínio e pode até mesmo ser enviada aos condôminos para mostrar transparência, lembrando, em que momento esse “jornal” colaborou? Não vi nenhuma nota a respeito da festa convidando ou incentivando a participação dos condôminos, se o lema do “jornal” é a integração da comunidade, por que não faz a sua parte ajudando a comissão de festas.<br />Realmente o JORECOTÔ é independente, nos orgulhamos disso. Para haver transparência, é preciso haver comunicação e não laconismo. Pessoalmente estive na casa dos organizadores (já faz tempo) e me ofereci para ajudar e divulgar (nunca tive retorno).Estivemos pessoalmente fazendo algumas atividades construtivas que sistematicamente foram boicotadas, culminando quando fomos ameaçados pelo "encarregado" e solicitamos sua demissão e o assunto nunca foi resolvido (Somos expressivamente contra o cabide de empregos e ociosidade na secretaria do condomínio) (somos sim, pela eficiência treinamento e responsabilidade)Sugerimos algumas medidas administrativas que aliviariam serviços e finanças mas foram ignoradasFesta dia das crianças é só pegar o interfone ou email (melhor ainda)e passar os dados e etc. Idem para a Festa Tropical.<br />Lembro que tivemos a festa das crianças e nada foi mostrado, por que? Será porque deu certo e isso incomoda! Por que publicar gastos e lucro, e nada sobre a festa? <br />o JORECOTÔ deste mês já sendo disparado(conseguimos adiar) mas o  de Dezembro estará as ordens para divulgar os próximos eventos como sempre esteve.Publicar gastos e lucros é apenas uma das arestas a serem abordadas para que os moradores tirem suas conclusões.<br />Percebi que a festa do dia das bruxas foi muito legal e foi publicada (inclusive com a foto dos meus filhos), pois não teve a participação da administração do condomínio, talvez, se tivesse a participação não seria publicada, e por que isso?Se recebermos as informações em tempo sem dúvida seriam <br /> Aproveito a oportunidade para sugerir que as atividades natalinas sejam urgentemente divulgadas para não se repetir os fatos e ainda mais imbuidos do espirito natalino poderiamos fazer uma <br />EDIÇÃO EXTRA, com uma linda festa para todos <br />O JORECOTÔ DESEJA A TODOS: UM FELIZ NATAL <br />VOCÊ QUE NÃO GOSTA DE LER... ESCUTE<br />http://www.audioteca.org.br/catalogo.htme veja os nomes dos livros falados disponíveis.<br />

×