RECURSOS HUMANOS I                            AULAS                            14 e 15    RECURSOS HUMANOS I           Rad...
RECURSOS HUMANOS I Sumário Resumido Parte I:    Os Novos Desafios da Gestão de Pessoas Parte II:    Agregando Pessoas Part...
RECURSOS HUMANOS IIII.1. Os Processos de Gestão Pessoas.              RECURSOS HUMANOS IIII.2. Que nota você daria?Que not...
RECURSOS HUMANOS I                          Orientação das Pessoas    A Cultura Organizacional    Componentes da Cultura O...
RECURSOS HUMANOS I6.1. O iceberg da cultura organizacional.               RECURSOS HUMANOS I6.2. Os três níveis da cultura...
RECURSOS HUMANOS I                  E o que é Cultura Organizacional?         A cultura representa a maneira como a organi...
RECURSOS HUMANOS I6.4. Adaptação, estabilidade e sobrevivência organizacional.                RECURSOS HUMANOS I6.5. Os do...
RECURSOS HUMANOS I    Aprendizagem da Cultura Organizacional            Os colaboradores aprendem a cultura organizacional...
RECURSOS HUMANOS I6.6. Métodos de socialização organizacional              RECURSOS HUMANOS I6.7. Principais itens de um p...
RECURSOS HUMANOS I6.8. Manual do colaborador de uma organização.              RECURSOS HUMANOS I6.9. Impacto da cultura or...
RECURSOS HUMANOS I                      Você sabe o que é Empowerment?            Para distribuir níveis adequados de auto...
RECURSOS HUMANOS Iwww.profradames.blogspot.com radamesdantas@gmail.com         84 88344112                               12
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aulas 14 e 15 orientação das pessoas

1.727 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.727
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
70
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aulas 14 e 15 orientação das pessoas

  1. 1. RECURSOS HUMANOS I AULAS 14 e 15 RECURSOS HUMANOS I Radamés Dantas RECURSOS HUMANOS IPor favor ajustem seus celulares no modo silencioso. silencioso. 1
  2. 2. RECURSOS HUMANOS I Sumário Resumido Parte I: Os Novos Desafios da Gestão de Pessoas Parte II: Agregando Pessoas Parte III: Aplicando Pessoas Parte IV: Recompensando Pessoas Parte V: Desenvolvendo Pessoas Parte VI: Mantendo Pessoas Parte VII: Monitorando Pessoas Parte VIII: O Futuro da Gestão de Pessoas RECURSOS HUMANOS I Aplicando PessoasCapítulo 6: Orientação de Pessoas.Capítulo 7: Modelagem do TrabalhoCapítulo 8: Avaliação do Desempenho Humano 2
  3. 3. RECURSOS HUMANOS IIII.1. Os Processos de Gestão Pessoas. RECURSOS HUMANOS IIII.2. Que nota você daria?Que nota você daria para os processos de aplicar pessoas em sua organização? 3
  4. 4. RECURSOS HUMANOS I Orientação das Pessoas A Cultura Organizacional Componentes da Cultura Organizacional Socialização Organizacional Métodos de Socialização Organizacional Vantagens do Programa de Socialização RECURSOS HUMANOS I Algumas Definições de Cultura Organizacional Cultura organizacional é um padrão de assuntos básicos compartilhados que um grupoaprendeu como maneira de resolver seus problemas de adaptação externa e integraçãointerna, e que funciona bem a ponto de ser considerado válido e desejável para sertransmitido aos novos membros como a maneira correta de perceber, pensar e sentir emrelação aos seus problemas. Cultura organizacional é a maneira costumeira ou tradicional de pensar e fazer as coisas,que são compartidas por todos os membros da organização e que os novos membros devemaprender e aceitar para serem aceitos no serviço da organização. Cultura organizacional refere-se a um sistema de significados compartilhados pelosmembros e que distinguem a organização das demais organizações. A essência da cultura de uma organização provém da maneira como a organização faznegócios, a maneira como ela trata clientes e empregados e o grau de autonomia ouliberdade que existe nos departamentos ou escritórios, de lealdade expressado pelosempregados a respeito da organização. 4
  5. 5. RECURSOS HUMANOS I6.1. O iceberg da cultura organizacional. RECURSOS HUMANOS I6.2. Os três níveis da cultura organizacional. 5
  6. 6. RECURSOS HUMANOS I E o que é Cultura Organizacional? A cultura representa a maneira como a organização visualiza a si própria e seuambiente. Os principais elementos da cultura organizacional são: 1. O cotidiano do comportamento observável. Como as pessoas interagem, a linguagem e gestos utilizados, os rituais, rotinas e procedimentos comuns. 2. As normas. Ou regras que envolvem os grupos e seus comportamentos, como nos momentos de lazer, nas refeições, nos dias informais. 3. Os valores dominantes. Defendidos por uma organização, como a ética, o respeito pelas pessoas, a qualidade de seus produtos ou preços baixos. 4. A filosofia administrativa. Que guia e orienta as políticas da organização quanto aos funcionários, clientes e acionistas. 5. As regras do jogo. Como as coisas funcionam, o que um novo funcionário deve aprender para sair-se bem e ser aceito como membro de um grupo. 6. O clima organizacional. Os sentimentos das pessoas e a maneira como elas interagem entre si, com os clientes ou elementos externos. RECURSOS HUMANOS I 6.3. Culturas adaptativas e não-adaptativas. 6
  7. 7. RECURSOS HUMANOS I6.4. Adaptação, estabilidade e sobrevivência organizacional. RECURSOS HUMANOS I6.5. Os dois lados da adaptação mútua entre pessoas e organizações. 7
  8. 8. RECURSOS HUMANOS I Aprendizagem da Cultura Organizacional Os colaboradores aprendem a cultura organizacional de várias formas, como histórias,rituais, símbolos materiais e linguagem: 1. Histórias. Contos e passagens sobre o fundador da empresa, lembranças sobre dificuldades oueventos especiais, regras de conduta, corte e relocação de funcionários, acertos e erros anterioresgeralmente ancoram o presente no passado e explicam a legitimação das práticas atuais. 2. Rituais e cerimônias. São seqüências repetitivas de atividades que expressam e reforçam osvalores principais da organização. As cerimônias de fim de ano e as comemorações do aniversário daorganização são rituais que reúnem e aproximam a totalidade dos funcionários para motivar e reforçaraspectos da cultura da organização, bem como reduzir os conflitos. 3. Símbolos materiais. A arquitetura do edifício, as salas e mesas, o tamanho e arranjo físico dosescritórios constituem símbolos materiais que definem o grau de igualdade ou diferenciação entre aspessoas e o tipo de comportamento (como assumir riscos ou seguir a rotina, autoritarismo ou espíritodemocrático, estilo participativo ou individualismo, atitude conservadora ou inovadora) desejado pelaorganização. Os símbolos materiais constituem aspectos da comunicação não-verbal. 4. Linguagem. Muitas organizações e mesmo unidades dentro das organizações utilizam a linguagemcomo um meio de identificar membros de uma cultura ou subcultura. Ao aprender a linguagem, omembro confirma a aceitação da cultura e ajuda a preservá-la. As organizações desenvolvem termossingulares para descrever equipamentos, escritórios, pessoas-chave, fornecedores, clientes ouprodutos. Também a maneira como as pessoas se vestem, os documentos utilizados constituemformas de expressar a cultura organizacional. A cultura organizacional se caracteriza pela aceitação implícita de seus membros. Étambém reforçada pelo próprio processo de seleção que elimina as pessoas com característicasdiscrepantes aos padrões estabelecidos o que ajuda a preservar a cultura. RECURSOS HUMANOS I Opções de Socialização de Novos Colaboradores O programa de integração pode ter as seguintes alternativas: 1. Formal ou informal. Quando o novo colaborador é segregado e diferenciado para tornar explícito o seu papel de ingressante, tanto mais a socialização é formalizada. É o caso de programas específicos de integração e orientação. A socialização informal coloca o novo colaborador imediatamente em seu cargo com pouca ou nenhuma atenção especial. 2. Individual ou coletivo. Os novos membros podem ser socializados individualmente ou agrupados e a socialização é processada por um conjunto idêntico de experiências, como no serviço militar. 3. Uniforme ou variável. O programa fixo estabelece estágios padronizados de transição da etapa de entrante para a etapa de funcionário. O programa variável não prevê nenhum programa da empresa quanto aos passos da integração. 4. Seriado ou randômico. A socialização seriada utiliza papéis que treinam e encorajam o novo funcionário, como nos programas de aprendizagem e de tutoração. A socialização randômica não utiliza papéis e os novos funcionários ficam à vontade para atuar por sua própria conta. 5. Reforço ou eliminação. A socialização por reforço confirma e apóia certas qualidades e qualificações do novo funcionário como ingredientes necessários para o sucesso no cargo. A socialização por eliminação tenta eliminar ou neutralizar certas características indesejáveis do recruta e adaptá-lo ao novo papel a ser desempenhado. 8
  9. 9. RECURSOS HUMANOS I6.6. Métodos de socialização organizacional RECURSOS HUMANOS I6.7. Principais itens de um programa de socialização. 9
  10. 10. RECURSOS HUMANOS I6.8. Manual do colaborador de uma organização. RECURSOS HUMANOS I6.9. Impacto da cultura organizacional no novo colaborador. 10
  11. 11. RECURSOS HUMANOS I Você sabe o que é Empowerment? Para distribuir níveis adequados de autoridade e responsabilidade por toda a organização, torna-senecessário fortalecer todos os seus membros. Isso proporciona melhor controle. O elemento essencial docontrole é a auto-estima das pessoas. O grau de controle manifestado pelas pessoas com elevada auto- estimaé muito grande, enquanto o manifestado pelas pessoas com baixa auto-estima é mínimo. O empowerment –ou “empoderamento” das pessoas – aumenta o controle, incrementa a auto-estima e impulsiona a qualidadedentro da organização. Empowerment é um conceito do qual muito se fala e pouco se pratica. Oempowerment busca a energia, esforço e dedicação de todos – lamentavelmente características difíceis deencontrar nas nossas empresas – e tirar do gerente o antigo monopólio do poder, informações edesenvolvimento. Empoderar é dar poder e autonomia aos funcionários para aproveitar ao máximo o seutalento coletivo.29 Existem alguns princípios para fazer o empowerment das pessoas: 1. Dar às pessoas um trabalho em que elas se sintam importantes. 2. Dar às pessoas plena autoridade e responsabilidade, independência e autonomia em suas tarefas erecursos. 3. Permitir que as pessoas tomem decisões a respeito de seu trabalho. 4. Dar visibilidade às pessoas e proporcionar reconhecimento pelos seus esforços e resultados. 5. Construir relacionamentos entre as pessoas, ligando-as com pessoas mais importantes e apoiando-asatravés de líderes e impulsionadores. 6. Mover a informação em todos os níveis. Informação poder e habilita as pessoas a pensar e a agir melhor. 7. Pedir a opinião das pessoas a respeito dos assuntos de trabalho. Fazer com que elas se sintam as donasdos processos de trabalho. Fazer com que elas tenham orgulho de pertencer à organização. 8. Acentuar a colaboração e o espírito de equipe. Empoderar pessoas e empoderar equipes. 9. Ajudar as pessoas empoderadas a empoderarem as demais. Estenda o empowerment a todos os níveis eáreas da organização. Transforme as velhas regras e regulamentos em meios para divulgar a informação,opiniões e idéias por toda a organização. Dar autoridade e recursos às pessoas e deixá-las agir. RECURSOS HUMANOS I 6.10. A s bases para o empowerment. 11
  12. 12. RECURSOS HUMANOS Iwww.profradames.blogspot.com radamesdantas@gmail.com 84 88344112 12

×