SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
GRUPO DE ESTUDOS EM CONCILIAÇÃO, MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM
GECMA – UNIVALI
AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO
OU DE MEDIAÇÃO NO
NOVO CPC
Prof. MSc. Queila J. N. Martins
Advogada | Attorney, OAB/SC n. 15.626
Doutoranda em Direito UNIVALI, Mestre em Gestão de Políticas Públicas UNIVALI
Professora Graduação Direito e Pós Graduação Especialização Direito Empresarial e
dos Negócios UNIVALI
Coordenadora Escola da Magistratura Convênio ESMESC/UNIVALI
Juíza Leiga Juizados Especiais Cíveis Balneário Camboriú/SC
1
CONCILIAÇÃO OU MEDIAÇÃO
ANTES DA RESPOSTA DO RÉU
Art. 334. Se a petição inicial preencher os requisitos
essenciais e não for o caso de improcedência liminar do
pedido, o juiz designará audiência de conciliação ou de
mediação com antecedência mínima de 30 (trinta) dias,
devendo ser citado o réu com pelo menos 20 (vinte) dias
de antecedência.
§ 1o
O conciliador ou mediador, onde houver, atuará
necessariamente na audiência de conciliação ou de
mediação, observando o disposto neste Código, bem
como as disposições da lei de organização judiciária.
2
A AUDIÊNCIA É OBRIGATÓRIA?
§ 4o
A audiência não será realizada:
I - se ambas as partes manifestarem, expressamente,
desinteresse na composição consensual;
II - quando não se admitir a autocomposição.
§ 5o
O autor deverá indicar, na petição inicial, seu
desinteresse na autocomposição, e o réu deverá fazê-lo,
por petição, apresentada com 10 (dez) dias de
antecedência, contados da data da audiência.
§ 6o
Havendo litisconsórcio, o desinteresse na realização da
audiência deve ser manifestado por todos os
litisconsortes.
§ 7o
A audiência de conciliação ou de mediação pode
realizar-se por meio eletrônico, nos termos da lei.
3
MAIS DE UMA SESSÃO PARA
CONCILIAÇÃO OU MEDIAÇÃO
§ 2o
Poderá haver mais de uma sessão
destinada à conciliação e à mediação, não
podendo exceder a 2 (dois) meses da data
de realização da primeira sessão, desde
que necessárias à composição das partes.
§ 3o
A intimação do autor para a audiência
será feita na pessoa de seu advogado.
4
ATOS DA AUDIÊNCIA
• § 8o
O não comparecimento injustificado do autor ou do réu à
audiência de conciliação é considerado ato atentatório à dignidade
da justiça e será sancionado com multa de até dois por cento da
vantagem econômica pretendida ou do valor da causa, revertida em
favor da União ou do Estado.
• § 9o
As partes devem estar acompanhadas por seus advogados ou
defensores públicos.
• § 10. A parte poderá constituir representante, por meio de
procuração específica, com poderes para negociar e transigir.
• § 11. A autocomposição obtida será reduzida a termo e
homologada por sentença.
• § 12. A pauta das audiências de conciliação ou de mediação será
organizada de modo a respeitar o intervalo mínimo de 20 (vinte)
minutos entre o início de uma e o início da seguinte.
5
ATOS DA AUDIÊNCIA
• § 8o
O não comparecimento injustificado do autor ou do réu à
audiência de conciliação é considerado ato atentatório à dignidade
da justiça e será sancionado com multa de até dois por cento da
vantagem econômica pretendida ou do valor da causa, revertida em
favor da União ou do Estado.
• § 9o
As partes devem estar acompanhadas por seus advogados ou
defensores públicos.
• § 10. A parte poderá constituir representante, por meio de
procuração específica, com poderes para negociar e transigir.
• § 11. A autocomposição obtida será reduzida a termo e
homologada por sentença.
• § 12. A pauta das audiências de conciliação ou de mediação será
organizada de modo a respeitar o intervalo mínimo de 20 (vinte)
minutos entre o início de uma e o início da seguinte.
5

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Recursos no processo civil
Recursos no processo civilRecursos no processo civil
Recursos no processo civil
Ramires Martins
 
Coletânea de exercícios teoria geral do processo (1)
Coletânea de exercícios teoria geral do processo  (1)Coletânea de exercícios teoria geral do processo  (1)
Coletânea de exercícios teoria geral do processo (1)
Leonardo Chagas
 
Direito processual civil aula 1
Direito processual civil   aula 1Direito processual civil   aula 1
Direito processual civil aula 1
Fabiano Manquevich
 
Direito processual civil i aula 1 (1)
Direito processual civil i   aula 1 (1)Direito processual civil i   aula 1 (1)
Direito processual civil i aula 1 (1)
Caco Calaça
 
Foca no resumo pressupostos processuais - ncpc
Foca no resumo   pressupostos processuais - ncpcFoca no resumo   pressupostos processuais - ncpc
Foca no resumo pressupostos processuais - ncpc
EsdrasArthurPessoa
 
2012.1 semana 12 invalidade dos negócios jurídicos
2012.1 semana 12    invalidade dos negócios jurídicos2012.1 semana 12    invalidade dos negócios jurídicos
2012.1 semana 12 invalidade dos negócios jurídicos
jacsf_direito
 
Petição inicial
Petição inicialPetição inicial
Petição inicial
maribarr
 
21 Recurso Extraordinario
21 Recurso Extraordinario21 Recurso Extraordinario
21 Recurso Extraordinario
DeSordi
 

Mais procurados (20)

2012.1 semana 9 negocio juridico
2012.1 semana 9   negocio juridico2012.1 semana 9   negocio juridico
2012.1 semana 9 negocio juridico
 
Recursos no processo civil
Recursos no processo civilRecursos no processo civil
Recursos no processo civil
 
Recursos no novo código de processo civil
Recursos no novo código de processo civilRecursos no novo código de processo civil
Recursos no novo código de processo civil
 
Faceli - Direito - 2° Período - Teoria Geral do Processo - Unidade I - Estado...
Faceli - Direito - 2° Período - Teoria Geral do Processo - Unidade I - Estado...Faceli - Direito - 2° Período - Teoria Geral do Processo - Unidade I - Estado...
Faceli - Direito - 2° Período - Teoria Geral do Processo - Unidade I - Estado...
 
Coletânea de exercícios teoria geral do processo (1)
Coletânea de exercícios teoria geral do processo  (1)Coletânea de exercícios teoria geral do processo  (1)
Coletânea de exercícios teoria geral do processo (1)
 
Direito processual civil aula 1
Direito processual civil   aula 1Direito processual civil   aula 1
Direito processual civil aula 1
 
Direito processual civil i aula 1 (1)
Direito processual civil i   aula 1 (1)Direito processual civil i   aula 1 (1)
Direito processual civil i aula 1 (1)
 
fontes+do+direito
 fontes+do+direito fontes+do+direito
fontes+do+direito
 
Foca no resumo pressupostos processuais - ncpc
Foca no resumo   pressupostos processuais - ncpcFoca no resumo   pressupostos processuais - ncpc
Foca no resumo pressupostos processuais - ncpc
 
Elemen da ação
Elemen da açãoElemen da ação
Elemen da ação
 
2012.1 semana 12 invalidade dos negócios jurídicos
2012.1 semana 12    invalidade dos negócios jurídicos2012.1 semana 12    invalidade dos negócios jurídicos
2012.1 semana 12 invalidade dos negócios jurídicos
 
Teoria dos recursos novo cpc
Teoria dos recursos   novo cpcTeoria dos recursos   novo cpc
Teoria dos recursos novo cpc
 
Competencia
CompetenciaCompetencia
Competencia
 
Processo penal 03 procedimentos
Processo penal 03   procedimentosProcesso penal 03   procedimentos
Processo penal 03 procedimentos
 
Quadro de recursos no processo civil
Quadro de recursos no processo civilQuadro de recursos no processo civil
Quadro de recursos no processo civil
 
Processo do trabalho
Processo do trabalhoProcesso do trabalho
Processo do trabalho
 
Petição inicial
Petição inicialPetição inicial
Petição inicial
 
21 Recurso Extraordinario
21 Recurso Extraordinario21 Recurso Extraordinario
21 Recurso Extraordinario
 
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
Arbitragem: onde estamos e para onde vamos?
 
Poder Executivo
Poder ExecutivoPoder Executivo
Poder Executivo
 

Destaque

Microsoft word fluxogramas intervencao-de_terceiros_w3
Microsoft word   fluxogramas intervencao-de_terceiros_w3Microsoft word   fluxogramas intervencao-de_terceiros_w3
Microsoft word fluxogramas intervencao-de_terceiros_w3
Vitoria Queija Alvar
 
Slide modal aéreo
Slide modal aéreoSlide modal aéreo
Slide modal aéreo
Silvinhaa
 
Liderança de alta performance
Liderança de alta performanceLiderança de alta performance
Liderança de alta performance
action_coach
 

Destaque (20)

Reinaldo Polito
Reinaldo PolitoReinaldo Polito
Reinaldo Polito
 
Negociação e Administração de Conflitos
Negociação e Administração de ConflitosNegociação e Administração de Conflitos
Negociação e Administração de Conflitos
 
ContestaçãO
ContestaçãOContestaçãO
ContestaçãO
 
Univali mec flu_manual_lab_2
Univali mec flu_manual_lab_2Univali mec flu_manual_lab_2
Univali mec flu_manual_lab_2
 
Desenvolvimento de Novos Líderes - Paidéia Educação
Desenvolvimento de Novos Líderes - Paidéia EducaçãoDesenvolvimento de Novos Líderes - Paidéia Educação
Desenvolvimento de Novos Líderes - Paidéia Educação
 
Intercon Android 2014 - Google Play In App Billing
Intercon Android 2014 - Google Play In App BillingIntercon Android 2014 - Google Play In App Billing
Intercon Android 2014 - Google Play In App Billing
 
Apresentação de mediação conciliação e arbitragem
Apresentação de mediação conciliação e arbitragemApresentação de mediação conciliação e arbitragem
Apresentação de mediação conciliação e arbitragem
 
Formando Líderes de Alto Desempenho
Formando Líderes de Alto DesempenhoFormando Líderes de Alto Desempenho
Formando Líderes de Alto Desempenho
 
Resenha homens de honra.
Resenha homens de honra.Resenha homens de honra.
Resenha homens de honra.
 
10 Praticas para Trabalho em Equipes de Alta Performance
10 Praticas para Trabalho em Equipes de Alta Performance10 Praticas para Trabalho em Equipes de Alta Performance
10 Praticas para Trabalho em Equipes de Alta Performance
 
Power Point Mediação
Power Point MediaçãoPower Point Mediação
Power Point Mediação
 
Microsoft word fluxogramas intervencao-de_terceiros_w3
Microsoft word   fluxogramas intervencao-de_terceiros_w3Microsoft word   fluxogramas intervencao-de_terceiros_w3
Microsoft word fluxogramas intervencao-de_terceiros_w3
 
Modal Aereo
Modal AereoModal Aereo
Modal Aereo
 
Palestra Negociação - Brascobra
Palestra Negociação - BrascobraPalestra Negociação - Brascobra
Palestra Negociação - Brascobra
 
Como Formar Uma Equipe de Alto Desempenho
Como Formar Uma Equipe de Alto DesempenhoComo Formar Uma Equipe de Alto Desempenho
Como Formar Uma Equipe de Alto Desempenho
 
Programa de formação de lideranças
Programa de formação de liderançasPrograma de formação de lideranças
Programa de formação de lideranças
 
Slide modal aéreo
Slide modal aéreoSlide modal aéreo
Slide modal aéreo
 
Programa de Desenvolvimento de Líderes
Programa de Desenvolvimento de LíderesPrograma de Desenvolvimento de Líderes
Programa de Desenvolvimento de Líderes
 
Equipes de Alta Performance
Equipes de Alta PerformanceEquipes de Alta Performance
Equipes de Alta Performance
 
Liderança de alta performance
Liderança de alta performanceLiderança de alta performance
Liderança de alta performance
 

Semelhante a Audiência de conciliação e mediação no novo CPC - GECMA UNIVALI

Direito sao bernardo curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - post
Direito sao bernardo   curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - postDireito sao bernardo   curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - post
Direito sao bernardo curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - post
Pedro Kurbhi
 
Direito sao bernardo curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - cap 1...
Direito sao bernardo   curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - cap 1...Direito sao bernardo   curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - cap 1...
Direito sao bernardo curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - cap 1...
Pedro Kurbhi
 
Direito sao bernardo curso de férias - tutelas de urgência - 100716 - blog
Direito sao bernardo   curso de férias - tutelas de urgência - 100716 - blogDireito sao bernardo   curso de férias - tutelas de urgência - 100716 - blog
Direito sao bernardo curso de férias - tutelas de urgência - 100716 - blog
Pedro Kurbhi
 
Foca no resumo impedimento e suspeicao - ncpc
Foca no resumo   impedimento e suspeicao - ncpcFoca no resumo   impedimento e suspeicao - ncpc
Foca no resumo impedimento e suspeicao - ncpc
EsdrasArthurPessoa
 
Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011
Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011
Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011
camilavergueirocatunda
 

Semelhante a Audiência de conciliação e mediação no novo CPC - GECMA UNIVALI (20)

Palestra Asdrubal
Palestra AsdrubalPalestra Asdrubal
Palestra Asdrubal
 
Direito sao bernardo curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - post
Direito sao bernardo   curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - postDireito sao bernardo   curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - post
Direito sao bernardo curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - post
 
Direito sao bernardo curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - cap 1...
Direito sao bernardo   curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - cap 1...Direito sao bernardo   curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - cap 1...
Direito sao bernardo curso de férias - tutelas de urgencia - 110110 - cap 1...
 
Direito sao bernardo curso de férias - tutelas de urgência - 100716 - blog
Direito sao bernardo   curso de férias - tutelas de urgência - 100716 - blogDireito sao bernardo   curso de férias - tutelas de urgência - 100716 - blog
Direito sao bernardo curso de férias - tutelas de urgência - 100716 - blog
 
Prova Comentada - Direito Processual Civil - TRT20ºR
Prova Comentada - Direito Processual Civil - TRT20ºRProva Comentada - Direito Processual Civil - TRT20ºR
Prova Comentada - Direito Processual Civil - TRT20ºR
 
novo_codigo_de_processo_civil_emab
novo_codigo_de_processo_civil_emabnovo_codigo_de_processo_civil_emab
novo_codigo_de_processo_civil_emab
 
DPP - juizados especiais criminais
DPP -  juizados especiais criminaisDPP -  juizados especiais criminais
DPP - juizados especiais criminais
 
AULA 08 OAB XX PRODESSO CIVIL ESTRATÉGIA
AULA 08 OAB XX PRODESSO CIVIL ESTRATÉGIAAULA 08 OAB XX PRODESSO CIVIL ESTRATÉGIA
AULA 08 OAB XX PRODESSO CIVIL ESTRATÉGIA
 
Curso intensivo de processo civil - Aula 01
Curso intensivo de processo civil - Aula 01Curso intensivo de processo civil - Aula 01
Curso intensivo de processo civil - Aula 01
 
Novo Rito do Tribunal do Juri Idecrim
Novo Rito do Tribunal do Juri IdecrimNovo Rito do Tribunal do Juri Idecrim
Novo Rito do Tribunal do Juri Idecrim
 
A Capacitação do Administrador para atuar no Poder Judiciário
A Capacitação do Administrador para atuar no Poder JudiciárioA Capacitação do Administrador para atuar no Poder Judiciário
A Capacitação do Administrador para atuar no Poder Judiciário
 
Revisão de Direito Processual Civil para OAB
Revisão de Direito Processual Civil para OABRevisão de Direito Processual Civil para OAB
Revisão de Direito Processual Civil para OAB
 
Foca no resumo impedimento e suspeicao - ncpc
Foca no resumo   impedimento e suspeicao - ncpcFoca no resumo   impedimento e suspeicao - ncpc
Foca no resumo impedimento e suspeicao - ncpc
 
Manual2
Manual2Manual2
Manual2
 
Embargos infringentes
Embargos infringentesEmbargos infringentes
Embargos infringentes
 
Principios processo do trabalho
Principios processo do trabalhoPrincipios processo do trabalho
Principios processo do trabalho
 
Seminario v segurança juridica e processo
Seminario v   segurança juridica e processoSeminario v   segurança juridica e processo
Seminario v segurança juridica e processo
 
Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011
Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011
Aula - Central Prática - Tutelas de Urgência - 02/03/2011
 
Unidade 7
Unidade 7Unidade 7
Unidade 7
 
ACORDO DE NÃO PERSECUÇÃO PENAL - ANPP.pptx
ACORDO DE NÃO PERSECUÇÃO PENAL - ANPP.pptxACORDO DE NÃO PERSECUÇÃO PENAL - ANPP.pptx
ACORDO DE NÃO PERSECUÇÃO PENAL - ANPP.pptx
 

Último

Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 

Último (20)

Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxSão Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 

Audiência de conciliação e mediação no novo CPC - GECMA UNIVALI

  • 1. GRUPO DE ESTUDOS EM CONCILIAÇÃO, MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM GECMA – UNIVALI AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO OU DE MEDIAÇÃO NO NOVO CPC Prof. MSc. Queila J. N. Martins Advogada | Attorney, OAB/SC n. 15.626 Doutoranda em Direito UNIVALI, Mestre em Gestão de Políticas Públicas UNIVALI Professora Graduação Direito e Pós Graduação Especialização Direito Empresarial e dos Negócios UNIVALI Coordenadora Escola da Magistratura Convênio ESMESC/UNIVALI Juíza Leiga Juizados Especiais Cíveis Balneário Camboriú/SC 1
  • 2. CONCILIAÇÃO OU MEDIAÇÃO ANTES DA RESPOSTA DO RÉU Art. 334. Se a petição inicial preencher os requisitos essenciais e não for o caso de improcedência liminar do pedido, o juiz designará audiência de conciliação ou de mediação com antecedência mínima de 30 (trinta) dias, devendo ser citado o réu com pelo menos 20 (vinte) dias de antecedência. § 1o O conciliador ou mediador, onde houver, atuará necessariamente na audiência de conciliação ou de mediação, observando o disposto neste Código, bem como as disposições da lei de organização judiciária. 2
  • 3. A AUDIÊNCIA É OBRIGATÓRIA? § 4o A audiência não será realizada: I - se ambas as partes manifestarem, expressamente, desinteresse na composição consensual; II - quando não se admitir a autocomposição. § 5o O autor deverá indicar, na petição inicial, seu desinteresse na autocomposição, e o réu deverá fazê-lo, por petição, apresentada com 10 (dez) dias de antecedência, contados da data da audiência. § 6o Havendo litisconsórcio, o desinteresse na realização da audiência deve ser manifestado por todos os litisconsortes. § 7o A audiência de conciliação ou de mediação pode realizar-se por meio eletrônico, nos termos da lei. 3
  • 4. MAIS DE UMA SESSÃO PARA CONCILIAÇÃO OU MEDIAÇÃO § 2o Poderá haver mais de uma sessão destinada à conciliação e à mediação, não podendo exceder a 2 (dois) meses da data de realização da primeira sessão, desde que necessárias à composição das partes. § 3o A intimação do autor para a audiência será feita na pessoa de seu advogado. 4
  • 5. ATOS DA AUDIÊNCIA • § 8o O não comparecimento injustificado do autor ou do réu à audiência de conciliação é considerado ato atentatório à dignidade da justiça e será sancionado com multa de até dois por cento da vantagem econômica pretendida ou do valor da causa, revertida em favor da União ou do Estado. • § 9o As partes devem estar acompanhadas por seus advogados ou defensores públicos. • § 10. A parte poderá constituir representante, por meio de procuração específica, com poderes para negociar e transigir. • § 11. A autocomposição obtida será reduzida a termo e homologada por sentença. • § 12. A pauta das audiências de conciliação ou de mediação será organizada de modo a respeitar o intervalo mínimo de 20 (vinte) minutos entre o início de uma e o início da seguinte. 5
  • 6. ATOS DA AUDIÊNCIA • § 8o O não comparecimento injustificado do autor ou do réu à audiência de conciliação é considerado ato atentatório à dignidade da justiça e será sancionado com multa de até dois por cento da vantagem econômica pretendida ou do valor da causa, revertida em favor da União ou do Estado. • § 9o As partes devem estar acompanhadas por seus advogados ou defensores públicos. • § 10. A parte poderá constituir representante, por meio de procuração específica, com poderes para negociar e transigir. • § 11. A autocomposição obtida será reduzida a termo e homologada por sentença. • § 12. A pauta das audiências de conciliação ou de mediação será organizada de modo a respeitar o intervalo mínimo de 20 (vinte) minutos entre o início de uma e o início da seguinte. 5