O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
formigas no mapa
Teoria Ator-Rede aplicada às mídias locativas
IV Simpósio da ABCiber
Paulo Victor Sousa
PPG Comunicação e...
Objetivo
• ANT para análise social a
partir das mídias locativas.
• Revelação e apreensão de
traços sociais
Questões inici...
O mapa como objeto da Comunicação
• O mapa tem autoria, mensagem
e processo de codificação
• Mídias locativas: lentes de
a...
Sobre o conceito de escala
• Analogia entre o objeto e sua
representação
• Formas de abordagem:
• Dimensional
• Fenomenal
...
Por uma escala das associações
• ANT: observar a sociedade pela hibridação
de agentes humanos e não-humanos.
• Observar as...
ANT na prática
(dis)location
• Geografias locais a partir dos locais
• Ganham relevo histórias de outras formas camufladas...
ANT na prática
Foursquare e Gowalla
• Redes sociais + anotação espacial
• Dinâmica da microescala
Foursquare
http://foursq...
ANT na prática
Weeplaces
• Visualização dos deslocamentos: o cotidiano narrado.
• Existência a partir de associações: acta...
Considerações finais
• A dinâmica líquida/híbrida atual exige novas formas de abordar a
vida humana
• Mapas usados e recri...
Paulo Victor Sousa
ciberalgo.com
pvbsousa@gmail.com
@pvbsousa
{
Formigas no mapa - Abciber 2010
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Formigas no mapa - Abciber 2010

657 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado no IV Simpósio da ABCiber

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

Formigas no mapa - Abciber 2010

  1. 1. formigas no mapa Teoria Ator-Rede aplicada às mídias locativas IV Simpósio da ABCiber Paulo Victor Sousa PPG Comunicação e Cultura Contemporâneas - UFBA
  2. 2. Objetivo • ANT para análise social a partir das mídias locativas. • Revelação e apreensão de traços sociais Questões iniciais • Apreensão do fenômeno é feita a partir do recorte • Pensar a autoria e seus propósitos • Generalização: fenômenos fora da análise • O mapa e o espaço como objetos da comunicação
  3. 3. O mapa como objeto da Comunicação • O mapa tem autoria, mensagem e processo de codificação • Mídias locativas: lentes de aumento • Mapas tradicionais: preocupações racionais • Mapas abertos: sinalizações ordinárias Eleitor 2010 www. eleitor2010.com
  4. 4. Sobre o conceito de escala • Analogia entre o objeto e sua representação • Formas de abordagem: • Dimensional • Fenomenal • Totalidade impossível: seleção e recorte
  5. 5. Por uma escala das associações • ANT: observar a sociedade pela hibridação de agentes humanos e não-humanos. • Observar as associações: os objetos não possuem valor a priori. • Tradução: fazer conexão ou atribuir papel • Traduções entre actantes: apreensão a partir de laços • Sociologia das associações ou associology. ACTANTE 1 ACTANTE 2 ASSOCIAÇÃO DESVIOS TRADUÇÕES ENROLMENT
  6. 6. ANT na prática (dis)location • Geografias locais a partir dos locais • Ganham relevo histórias de outras formas camufladas. (dis)location www.dislocation.br.com
  7. 7. ANT na prática Foursquare e Gowalla • Redes sociais + anotação espacial • Dinâmica da microescala Foursquare http://foursquare.com Gowalla http://gowalla.com LUGAR MARCAÇÃO DIVULGAÇÃO
  8. 8. ANT na prática Weeplaces • Visualização dos deslocamentos: o cotidiano narrado. • Existência a partir de associações: actantes interligados Weeplaces www.weeplaces.com
  9. 9. Considerações finais • A dinâmica líquida/híbrida atual exige novas formas de abordar a vida humana • Mapas usados e recriados > fala dos actantes > presença > possibilidade de estudo • Mídia locativa como instrumento: análise a partir da escala Desafios • Popularização • Quais actantes são vistos? • Rastros são índices, não o todo.
  10. 10. Paulo Victor Sousa ciberalgo.com pvbsousa@gmail.com @pvbsousa {

×