Pbwiki Puerpolis ApresentaçãO

513 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
513
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pbwiki Puerpolis ApresentaçãO

  1. 1. Guimarães, Dez. 2006 a Nov. 2009
  2. 2. Entidade Promotora Co-Financiamento
  3. 3. Projecto PUERPOLIS <ul><li>Consórcio </li></ul><ul><li>Área de Intervenção </li></ul><ul><li>Destinatários </li></ul><ul><li>Problemas Identificados </li></ul><ul><li>Objectivos gerais </li></ul><ul><li>Acções </li></ul><ul><li>Resultados </li></ul>
  4. 4. Consórcio <ul><li>Associação para o Desenvolvimento das Comunidades Locais </li></ul><ul><li>Agrupamento de Escolas do Vale de S. Torcato </li></ul><ul><li>Agrupamento vertical das Escolas de Briteiros </li></ul><ul><li>Instituto de Estudos da Criança – Universidade do Minho </li></ul><ul><li>Programa para Eliminação da Exploração do Trabalho Infantil </li></ul><ul><li>Junta de Freguesia de S. Torcato </li></ul><ul><li>Junta de Freguesia de Gonça </li></ul><ul><li>Junta de Freguesia de Briteiros, Sta. Leucádia </li></ul><ul><li>Centro de Saúde Professor Arnaldo Sampaio </li></ul><ul><li>Câmara Municipal de Guimarães </li></ul><ul><li>Casa do Povo de Briteiros </li></ul><ul><li>Citânia – Associação Juvenil </li></ul><ul><li>Associação Fórum Briteiros – Sto. Estevão </li></ul><ul><li>Comissão de Protecção de Crianças e Jovens </li></ul>
  5. 5. Área de Intervenção Abarca as 16 freguesias : S.Torcato, Gonça, Rendufe, Gominhães, Selho S.Lourenço, Aldão, Arosa, Atães, Briteiros Sta.Leucádia, Gondomar, Briteiros S.Salvador, Donim, Briteiros St. Estevão, Souto-Sta.Maria, Souto S. Salvador, (+Barco) Coincidente com as comissões sociais de freguesia de S. Torcato, Castreja e Nascente Área de abrangência dos Agrupamentos de Escolas de S. Torcato e de Briteiros.
  6. 6. Destinatários <ul><li>60 familiares das </li></ul><ul><li>respectivas crianças </li></ul>600 crianças e jovens entre os 10 e os 24 anos de idade 30 agentes educativos que trabalham directamente com crianças e jovens
  7. 7. Problemas Identificados <ul><li>Desintegração das medidas/ respostas direccionadas a crianças e jovens, assentes em formas de conhecimento e diagnóstico sectoriais. </li></ul><ul><li>Baixos índices de participação dos jovens na comunidade </li></ul><ul><li>Desvalorização da participação das crianças e jovens no seu contexto familiar </li></ul><ul><li>Abandono e insucesso escolar </li></ul><ul><li>Comportamentos de risco por parte dos jovens (alcoolismo, toxicodependência, comportamentos desviantes) </li></ul><ul><li>Maus-tratos e negligência infanto-juvenil </li></ul><ul><li>Baixa mobilidade territorial e ausência de contacto com outras experiências. </li></ul><ul><li>Info-exclusão de crianças e jovens em meio rural </li></ul>
  8. 8. Objectivo geral 1 <ul><li>Desenvolver um dispositivo que promova a integração das acções e das respostas sociais existentes, de modo a potenciar uma intervenção permanente, flexível, colectivamente participada e dirigida, tendo em vista a consecução de efeitos estruturantes de promoção de bem-estar social, numa perspectiva de igualdade de oportunidades, de não-discriminação , e de promoção da cidadania activa das crianças e jovens. </li></ul>
  9. 9. Objectivo Geral 2 <ul><li>Promover a participação infanto-juvenil e a consciência cívica, numa perspectiva de intervenção participada sobre as condições de vida, promoção da mobilidade juvenil, de modo a garantir a melhoria efectiva em todos os indicadores de bem-estar social e a adopção, pelos próprios , de iniciativa de resposta aos problemas detectados. </li></ul>
  10. 10. Objectivo geral 3 <ul><li>Estabelecer mecanismos de divulgação da acção juvenil do projecto, enquanto formas de promoção da inclusão digital , da construção de conhecimento, do diálogo intergeracional e da projecção do papel juvenil na sociedade. </li></ul>
  11. 11. Acções Sinalização de situações de risco/abandono escolar Encaminhamento de jovens para cursos PIEF, CEF e Sist. Aprend. Acompanhamento e mediação familiar
  12. 12. Acções Formação para jovens mediadores da participação Formação para agentes educativos Formação parental, sob a forma de “Grupos de Partilha” <ul><li>Campos de Férias para pais e filhos. </li></ul>
  13. 13. Acções <ul><li>Formação em TIC </li></ul>Oficinas “ Escrita Criativa” “ Desenho” “ Teatro” “ Fotografia Digital” “ Produção de filmes em DVD” <ul><li>Dinamização: </li></ul><ul><li>“ Clube do Cidadão” </li></ul><ul><li>“ Clube de Comunicação e Multimédia” </li></ul>CID@NET Espaço Livre
  14. 14. Acções <ul><li>- Visitas. a locais/eventos de interesse das crianças. e jovens </li></ul><ul><li>- Organização de intercâmbio internacional </li></ul><ul><li>- Realização das “Jornadas Juvenis” </li></ul><ul><li>- Intervenção nas aulas de Formação Cívica </li></ul><ul><li>- Divulgação e apoio à participação dos jovens em acções do Programa. Juventude </li></ul>
  15. 15. Acções <ul><li>Construção de uma carta de Cidadania Infanto-Juvenil que concorra para a criação de respostas integradas e sustentadas na área de intervenção do projecto, através de uma parceria efectiva que vá de encontro às reais necessidades das crianças e dos jovens em particular e da comunidade em geral </li></ul>
  16. 16. Acções <ul><li>Construção da Carta de Cidadania Infanto-Juvenil </li></ul><ul><li>Definição de eixos estratégicos de intervenção </li></ul><ul><li>Construção de dispositivo de diagnóstico integrado sobre a situação infanto-juvenil na área do projecto </li></ul><ul><li>Construção de instrumentos de auscultação directa de crianças e jovens da comunidade, pais, entidades locais e outros. </li></ul>
  17. 17. Resultados atingidos até Novembro 2008 858 Crianças e Jovens 86 familiares 66 agentes educativos e da comunidade

×