Cinema na Ásia<br />História Universal da Infâmia<br />
WongKarWai<br />
Chinês, radicado em Hong Kong;<br />Nunca ingressou em uma escola de cinema;<br />Tem no currículo um Cannes, um BAFTA e m...
No filme, uma secretária e um jornalista se aproximam depois de descobrir que o marido dela e a esposa dele estão tendo um...
AbbasKiarostami<br />
Considerado, junto com MohsenMakmalbaf, um dos maiores cineastas do cinema novo iraniano;<br />Ganhou a Palma de Ouro no F...
O filme é formado por dez seqüências que se passam dentro de um carro, com a câmera estática, atores não profissionais e c...
ApichatpongWeerasethakul<br />
Nasceu na Tailândia;<br />Tem um prêmio do júri em Cannes e um Leão de Ouro no festival de Veneza<br />Seus temas preferid...
Esse filme foi feito com recursos de um edital austríaco sobre o aniversário de 250 anos do nascimento de Mozart. Entretan...
HouHsiao-Hsien<br />
Chinês, radicado em Taiwan;<br />Seis de seus filmes ganharam a Palma de Ouro em Cannes, bem como foram amplamente admirad...
Lançado no auge da discussão sobre música eletrônica, o filme obedece a estética dessa produção: cheio de lopping, desenca...
Naomi Kawase<br />
Japonesa, conhecida também como Naomi Sento;<br />Iniciou a carreira em 1992, ganhando o Caméra d’Or – prêmio de Cannes pa...
Em Shara, um desaparecimento marca o início da trama e não será mais retomado. O novo cinema asiático surge em oposição ao...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cinema na Ásia

494 visualizações

Publicada em

História Universal da Infâmia
TPJME - Online

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
494
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
104
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cinema na Ásia

  1. 1. Cinema na Ásia<br />História Universal da Infâmia<br />
  2. 2. WongKarWai<br />
  3. 3. Chinês, radicado em Hong Kong;<br />Nunca ingressou em uma escola de cinema;<br />Tem no currículo um Cannes, um BAFTA e mais outros seis prêmios;<br />Sua temática preferida: o tempo e a memória.<br />Principais filmes: Amor à Flor da Pele, Felizes Juntos, Dias Selvagens, 2046<br />
  4. 4. No filme, uma secretária e um jornalista se aproximam depois de descobrir que o marido dela e a esposa dele estão tendo um caso. Nos filmes de Kar-Wai, o amor não se concretiza facilmente e tem como maior adversário o tempo – que insiste em não parar.<br />Amor à Flor da Pele (2000), com Tony Leung e Meg Cheung<br />
  5. 5. AbbasKiarostami<br />
  6. 6. Considerado, junto com MohsenMakmalbaf, um dos maiores cineastas do cinema novo iraniano;<br />Ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes e um Leão de Ouro em Veneza;<br />Seus filmes são imersos em metalinguagem, jogos de espelho entre a realidade e ficção, bem como dotados de um intimismo e por uma discussão filosófica;<br />Principais filmes: Dez, O Gosto de Cereja, O Vento nos Levará<br />
  7. 7. O filme é formado por dez seqüências que se passam dentro de um carro, com a câmera estática, atores não profissionais e com uma base de improviso. Kiarostami se inspira nas câmeras de vigilância para falar da condição da mulher no Irã;<br />Dez (2002), com Mania Akbari<br />
  8. 8. ApichatpongWeerasethakul<br />
  9. 9. Nasceu na Tailândia;<br />Tem um prêmio do júri em Cannes e um Leão de Ouro no festival de Veneza<br />Seus temas preferidos: sonhos, natureza, homossexualidade;<br />Devido a seu nome impronunciável, é conhecido pelo apelido de Joe;<br />Outros filmes: Mal dos Trópicos, Síndromes e um Século, Eternamente Sua;<br />
  10. 10. Esse filme foi feito com recursos de um edital austríaco sobre o aniversário de 250 anos do nascimento de Mozart. Entretanto não há uma citação sobre o autor – segundo Apichatpong o filme, na verdade, representa as sensações de quem ouve Mozart;<br />Síndromes e um Século (2006), com Nu Nimsomboon<br />
  11. 11. HouHsiao-Hsien<br />
  12. 12. Chinês, radicado em Taiwan;<br />Seis de seus filmes ganharam a Palma de Ouro em Cannes, bem como foram amplamente admirados nos festivais de Berlim e Veneza<br />Seus filmes não são narrativos, mas sensoriais.<br />Millenium Mambo é um de seus filmes com mais divulgação devido a temática: música eletrônica.<br />Outros filmes: Adeus ao Sul, A Viagem do Balão Vermelho, Café Lumière;<br />
  13. 13. Lançado no auge da discussão sobre música eletrônica, o filme obedece a estética dessa produção: cheio de lopping, desencadeando as mais diversas sensações no espectador;<br />Millenium Mambo (2001), tem QiShu no papel de Vicky. É, por acaso, a atriz preferida de Jackie Chan;<br />
  14. 14. Naomi Kawase<br />
  15. 15. Japonesa, conhecida também como Naomi Sento;<br />Iniciou a carreira em 1992, ganhando o Caméra d’Or – prêmio de Cannes para o melhor cineasta estreante;<br />Seu tema preferido: desencontro, afonia;<br />Na filmografia: Shara, A Floresta dos Lamentos<br />
  16. 16. Em Shara, um desaparecimento marca o início da trama e não será mais retomado. O novo cinema asiático surge em oposição aos inúmeros porquês do cinema hollywoodiano.<br />Shara (2003), com KoheiFukungaga e YukaHyyoudo<br />

×