Palestra vbg liceu

502 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Palestra vbg liceu

  1. 1. VBG E SAÚDE MENTAL Vanda Oliveira Psicóloga Clinica e Hospitalar DSSC
  2. 2.  Violência é um termo derivado do latim violentia , significando vis, força e vigor. Em sentido amplo, é qualquer comportamento ou conjunto de comportamentos que visem causar dano a outra pessoa, ser vivo ou objeto. Nega-se autonomia, integridade física ou psicológica, e mesmo a vida do outro.Conceito de Violência
  3. 3.  Aparece como forma de produção e reprodução de relações de poder desiguais entre homens e mulheres e reforça a desigualdade social. Contempla as demais situações de violência como: VIOLÊNCIA FÍSICA: quando o agressor bate, deixando marcas, hematomas, cortes, arranhões, man chas, fraturas.Violência baseada no gênero
  4. 4.  VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA: Está presente em todos os tipos de violència. qualquer conduta que cause algum dano emocinal a vitima e cause rebaixamento da auto estima, ou seja, quando o agressor insinua a existência de amantes, ofende , insulta, ameaça, rebaixa a autoestima, humilha, manipula , isola, e chategeia, pesrsegue a vitima ou seus familiares com freqüência, etc. ASSÉDIO SEXUAL
  5. 5. VIOLÊNCIA SEXUAL: quando força relações sexuais com o seu parceiro, obrigando-o a praticar atos sexuais que não lhe agradam, critica seu desempenho sexual e pratica sexo com sadismo. VIOLÊNCIA PATRIMONIAL: quando o agressor quebra utensílios pessoais, rasga suas roupas, destrói ou esconde seus documentos pessoais, profissionais ou mesmo fotos e objeto de valor sentimental.
  6. 6.  Esta violência expressa uma forma particular da violência global mediada pela ordem patriarcal, e abrange também a violência contra crianças e adolescentes. É uma categoria mais geral para a descrição do fenômeno, que também pode ocorrer entre homem contra homem, mulher contra mulher, mas o mais difundido é o homem contra a mulher.
  7. 7.  A violência doméstica tem uma importante característica: a rotinização. A transformação do comportamento violento em um fenômeno quase que cotidiano contribui para que o casal construa uma relação de co- dependência, o que por fim, termina por promover a fixidez da relação.Violência domestica(particularidade)
  8. 8.  As mulheres são maiores vitimas por diversas razões. A violência de gênero é considerada a principal causa de morte e invaliz, a seguir ao cancro , acidentes automobilisticos e guerra, de mulheres entre 16 e 44 anos. OMS
  9. 9.  As formas de resistência encontradas pelas mulheres não podem ser caracterizadas como cumplicidade, pois só pode se avaliar o consentimento de alguém numa relação quando há igual poder entre ambos.Mulheres resistêntes a denuncia.
  10. 10. 1. Tensão Essa fase se caracteriza por agressões verbais, crise de ciúmes, destruição de objetos e ameaças. A vitima procura acalmar o agressor, evitando discussões, assim a mulher vai tornando- se mais submissa e amedrontada. Em diversos momentos a vitima sente culpa e se acha responsável pela situação de violência em que vive, quando não procura relacionar a atitude violenta do parceiro com o cansaço, uso de drogas e álcool.Ciclos da violência
  11. 11. 2. Explosão Essa fase é marcada por agressões verbais e físicas graves e constantes, provocando ansiedade e medo crescente. Essa etapa é mais aguda e costuma ser mais rápida que a primeira etapa.
  12. 12. 3. Lua de Mel Depois da violência física, o agressor costuma se mostrar arrependido, sentindo culpa e remorso. O agressor jura nunca mais agir de forma violenta e se mostra muito apaixonado, fazendo a vitima acreditar que aquilo não vai mais acontecer.
  13. 13. É muito comum que esse ciclose repita, cada vez com maior violência e menor intervalo entre as fases. A experiênciamostra que esse ciclo se repete indefinitivamente ou termina em uma lesão física grave ou homicídio
  14. 14. Como a VBG e a saúde mentalconstroem o mesmo cenário?
  15. 15.  Desigualdades de poder entre homens e mulheres implicam em forte impacto nas condições de saúde das pessoas, sendo as questões de gênero um dos determinantes de saúde a ser considerado na formulação de políticas públicas. Enquanto a mortalidade por violência afeta os homens em grandes proporções, a morbidade, especialmente provocada pela VBG, atinge prioritariamente a população feminina.
  16. 16. Em resultado da violência de gênero, diversas sintomatologias e transtornos do desenvolvimento podem se manifestar, como: doenças psicossomáticas, depressão Ansiedade As mulheres que sofrem abuso de seus parceiros apresentam mais casos de depressão, ansiedade e fobia do que mulheres que não sofreram abusos, de acordo com estudos realizados na Austrália, Nicarágua, Paquistão e EUA
  17. 17.  Ideação suicida ou suicídio consumado. Consumo abusivo de álcool e outras drogas. Abuso de BZD Transtornos do sono, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT): 50% a 95% caracterizado pelo tipo de ansiedade aguda que pode ocorrer quando uma pessoa passa por ou testemunha um evento traumático, durante o qual ela se sente indefesa, oprimida ou ameaçada de morte ou ferimento
  18. 18.  Ela pode também tentar evitar tudo e todos que a façam lembrar-se do trauma; entrar em um estado de apatia emocional; ter dificuldades para adormecer ou para se concentrar; e assustar-se ou alarmar-se com muita facilidade
  19. 19. Risco mais elevado de ter problemas emocionais e de comportamento tais como: ansiedade, depressão, desempenho escolar medíocre, baixa auto-estima, desobediência, pesadelos e problemas de saúde. Maior propensão a agir agressivamente durante a infância e a adolescênciaPara os filhos…
  20. 20.  OBRIGADA !

×