SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Tomada de Decisão

 Profª Shirley da Rocha Afonso
OBJETIVOS DA APRENDIZAGEM
Reconhecer     a importância da gestão na
 organização dos serviços e na valorização do
 trabalhador de saúde.

Analisar o processo de gestão em saúde com base
 em teorias administrativas.
O que é Tomada de Decisão?
Elementos da tomada de decisão
1.    Critério = o que eu quero
      Ordenação de preferências = prioridade
      Avaliação dos resultados possíveis de cada ação = avaliação
       das consequências
      Limites da racionalidade
          Indiferença às opções de escolha (impossível ordenar as preferências)
          Evidências insuficiente = julgamento das consequências prejudicado
1. Conjunto oportunidades = o que eu posso
2. Ação = melhor reflete
3. Decisão racional = escolho a que melhor atenda meus
   critérios
Segundo Marquis e Huston (2005)
“É um processo cognitivo complexo, frequentemente definido
  como a escolha de determinada linha de ação”




            Mas, o quê significa isto?
Para Ciampone (Kurcgant, 1991)
“Decidir significa necessariamente escolher entre
 uma ou mais alternativas ou opções, com vistas a
 alcançar um resultado desejado”.




      Mas, o quê escolher?
 Como saber que a escolha é certa?
Aprender a tomar decisões
É fundamental no gerenciamento.


É utilizar uma metodologia para entender e analisar uma
  situação  conseguir boas respostas e resultados = no final do
  processo.




               QUAL PROCESSO?
Etapas do Processo Gerencial

P   LANEJAR    Definir objetivos e caminhos para alcançá-los




O   RGANIZAR   Estabelecer meios e recursos necessários para alcançar objetivos




D   IRIGIR     Orientar as atividades




C   ONTROLAR   Acompanhar e avaliar o desempenho
Tomada de Decisão


          Toda ação pressupõe uma ação

          Toda ação tem consequências




DECISÃO             AÇÃO                 CONSEQUÊNCIAS
Etapas do processo decisório
PERCEPÇÃO DO PROBLEMA = perceber algo fora da
 normalidade que pode estar ocorrendo, descrever a situação-
 problema para poder analisá-la racionalmente.

DEFINIÇÃO DO PROBLEMA = diferenciar o que é causa
 e o que é sintoma; fase de poucas informações, delimitar o
 problema apenas nas informações descritas.
Continuação

 COLETA DE DADOS = obter todas as informações sobre a
   origem da situação e ouvir todas as pessoas envolvidas.

    As informações colhidas de forma detalhada devem ser
       registradas para posterior análise.

 ANÁLISE DOS DADOS = destacar as informações relevantes ao
   problema, tentando “chegar às causas e aos fatores
   envolvidos na situação-problema”.

    Pode ser necessária a redefinição do problema segundo as
       novas informações.
Continuação – etapas do processo decisório

 PROCURA DE SOLUÇÕES ALTERNATIVAS = deve-se
 elaborar quais seriam as várias propostas de solução disponíveis e
 quais as possíveis consequências de cada uma delas.

 São aspectos importantes que devem ser considerados
   nessa fase:

    Experiências passadas
    Hábitos
    Rotinas já existentes
    Levantamento bibliográfico
    Consulta à especialistas
    Dinâmicas de grupo com os envolvidos no problema
Continuação


ESCOLHA OU DECISÃO = é a escolha da alternativa e
   precede a implementação da decisão propriamente dita.

IMPLEMENTAÇÃO E AVALIAÇÃO = colocar a decisão
   em prática e avaliá-la.
Complementando
Algumas ações auxiliam e facilitam decisões acertadas:


  Ter objetivo claramente definido
  Realizar cuidadosa coleta de dados
  Gerar muitas alternativas
  Pensar logicamente em busca de resolução


Após conhecer essas etapas do processo decisório, é possível
  fazer uma comparação com os PROCESSOS DE
  ENFERMAGEM E ADMINISTRAÇÃO.
Tabela: comparação do Processo de Tomada de
Decisão com os processo de Administração e de
Enfermagem
                               PROCESSO DE         PROCESSO
PROCESSO DECISÓRIO
                               ENFERMAGEM        ADMINISTRATIVO

Identificação e definição do
          problema
                               Coleta de dados     Planejamento
     Coleta de dados

    Análise dos dados

   Procura de soluções
                                Planejamento        Organização
                               Implementação         Direção
    Escolha da solução

      Implementação

         Avaliação                Avaliação          Controle
Administrar as Dimensões do cuidar

1. Objeto de trabalho  missão, visão e valor
2. Meios de trabalho  observação, levantamento de dados,
   planejamento, evolução, avaliação, sistema de assistência,
   procedimentos técnicos, comunicação e interação = força de
   trabalho, material e métodos de administração
3. Finalidade  prevenção, promoção e recuperação da saúde
      Imediata (organizar o trabalho)
      Mediata (desenvolver condições de realizar as dimensões do
         cuidar)
Objetivos da Administração
Eficiência  fazer as coisas corretamente
Eficiente  preocupação com os afins


   Você será eficiente a medida que souber dirigir, executar
      comandos necessários sem cometer barbeiragens ou
                            excessos.

  Você será eficaz quando souber chegar ao seu destino pelo
                    melhor percurso possível.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do ConhecimentoAula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do ConhecimentoFilipo Mór
 
Planejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
Planejamento e Organização no Ambiente de TrabalhoPlanejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
Planejamento e Organização no Ambiente de TrabalhoBenjamim Garcia Netto
 
Ciclo pdca
Ciclo pdcaCiclo pdca
Ciclo pdcaCarci
 
Ferramentas da Qualidade
Ferramentas da QualidadeFerramentas da Qualidade
Ferramentas da QualidadeMayra de Souza
 
Aula 3 noções de ética profissional
Aula 3   noções de ética profissionalAula 3   noções de ética profissional
Aula 3 noções de ética profissionalLuiz Siles
 
Processo decisório e resolução de problemas.
Processo decisório e resolução de problemas.Processo decisório e resolução de problemas.
Processo decisório e resolução de problemas.Henrique Ferreira
 
Ferramentas da qualidade
Ferramentas da qualidadeFerramentas da qualidade
Ferramentas da qualidadeSergio Dias
 
Aula 5 estrutura organizacional
Aula 5   estrutura organizacionalAula 5   estrutura organizacional
Aula 5 estrutura organizacionalCorreios
 
Fundamentos de administração 1
Fundamentos de administração 1Fundamentos de administração 1
Fundamentos de administração 1Andrey Martins
 

Mais procurados (20)

Ética e Responsabilidade Social
Ética e Responsabilidade SocialÉtica e Responsabilidade Social
Ética e Responsabilidade Social
 
Aula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do ConhecimentoAula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do Conhecimento
 
Gestão de Pessoas
 Gestão de Pessoas Gestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
 
Eficiência e eficácia
Eficiência e eficáciaEficiência e eficácia
Eficiência e eficácia
 
Planejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
Planejamento e Organização no Ambiente de TrabalhoPlanejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
Planejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
 
Ciclo pdca
Ciclo pdcaCiclo pdca
Ciclo pdca
 
Ferramentas da Qualidade
Ferramentas da QualidadeFerramentas da Qualidade
Ferramentas da Qualidade
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
 
Os 4P's do Marketing
Os 4P's do MarketingOs 4P's do Marketing
Os 4P's do Marketing
 
Gestão Estratégica
Gestão EstratégicaGestão Estratégica
Gestão Estratégica
 
Escolas De Administracao Aula 2
Escolas De Administracao   Aula 2Escolas De Administracao   Aula 2
Escolas De Administracao Aula 2
 
Aula 3 noções de ética profissional
Aula 3   noções de ética profissionalAula 3   noções de ética profissional
Aula 3 noções de ética profissional
 
Processo decisório e resolução de problemas.
Processo decisório e resolução de problemas.Processo decisório e resolução de problemas.
Processo decisório e resolução de problemas.
 
Ferramentas da qualidade
Ferramentas da qualidadeFerramentas da qualidade
Ferramentas da qualidade
 
Aula 5 estrutura organizacional
Aula 5   estrutura organizacionalAula 5   estrutura organizacional
Aula 5 estrutura organizacional
 
Curso Gestão de Conflitos
Curso Gestão de ConflitosCurso Gestão de Conflitos
Curso Gestão de Conflitos
 
Ferramentas da qualidade
Ferramentas da qualidadeFerramentas da qualidade
Ferramentas da qualidade
 
Tecnicas de negociação
Tecnicas de negociação Tecnicas de negociação
Tecnicas de negociação
 
Fundamentos de administração 1
Fundamentos de administração 1Fundamentos de administração 1
Fundamentos de administração 1
 

Semelhante a Tomada de decisão

PSI - Apoio a tomada de decisão
PSI - Apoio a tomada de decisãoPSI - Apoio a tomada de decisão
PSI - Apoio a tomada de decisãoClaudio Barbosa
 
Aula 1 - Diagnóstico Organizacional
Aula 1 - Diagnóstico OrganizacionalAula 1 - Diagnóstico Organizacional
Aula 1 - Diagnóstico OrganizacionalProf. Leonardo Rocha
 
Transformar Pesquisa de Clima em Plano de Ação
Transformar Pesquisa de Clima em Plano de AçãoTransformar Pesquisa de Clima em Plano de Ação
Transformar Pesquisa de Clima em Plano de AçãoAlvaro Mello
 
Gerenciamento de enfermagem: tomada de decisão
Gerenciamento de enfermagem: tomada de decisãoGerenciamento de enfermagem: tomada de decisão
Gerenciamento de enfermagem: tomada de decisãoAroldo Gavioli
 
Tomada DecisãO Ok
Tomada DecisãO OkTomada DecisãO Ok
Tomada DecisãO OkMarcelrh2009
 
Gestão da qualidade na logística
Gestão da qualidade na logísticaGestão da qualidade na logística
Gestão da qualidade na logísticadeividp9
 
Gestao baseada processos
Gestao baseada processosGestao baseada processos
Gestao baseada processosReinalvo Orecic
 
Aoi aula8 tomada_de_decisao_gerencial
Aoi aula8 tomada_de_decisao_gerencialAoi aula8 tomada_de_decisao_gerencial
Aoi aula8 tomada_de_decisao_gerencialAnderson Coelho
 
Apostila recursoshumanos01 (1)
Apostila recursoshumanos01 (1)Apostila recursoshumanos01 (1)
Apostila recursoshumanos01 (1)anA byanA
 
analise critica do desempenho e identificacao de causa raiz.pptx
analise critica do desempenho e identificacao de causa raiz.pptxanalise critica do desempenho e identificacao de causa raiz.pptx
analise critica do desempenho e identificacao de causa raiz.pptxRonaldoAlves153492
 
Aula SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO.pdf
Aula SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO.pdfAula SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO.pdf
Aula SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO.pdfEtieneClavico
 

Semelhante a Tomada de decisão (20)

Processo_decisório
Processo_decisórioProcesso_decisório
Processo_decisório
 
Tomada de Decisão
Tomada de DecisãoTomada de Decisão
Tomada de Decisão
 
PSI - Apoio a tomada de decisão
PSI - Apoio a tomada de decisãoPSI - Apoio a tomada de decisão
PSI - Apoio a tomada de decisão
 
Aula 1 - Diagnóstico Organizacional
Aula 1 - Diagnóstico OrganizacionalAula 1 - Diagnóstico Organizacional
Aula 1 - Diagnóstico Organizacional
 
Tomada de Decisao
Tomada de DecisaoTomada de Decisao
Tomada de Decisao
 
Transformar Pesquisa de Clima em Plano de Ação
Transformar Pesquisa de Clima em Plano de AçãoTransformar Pesquisa de Clima em Plano de Ação
Transformar Pesquisa de Clima em Plano de Ação
 
Técnica de brainstorm
Técnica de brainstormTécnica de brainstorm
Técnica de brainstorm
 
Gerenciamento de enfermagem: tomada de decisão
Gerenciamento de enfermagem: tomada de decisãoGerenciamento de enfermagem: tomada de decisão
Gerenciamento de enfermagem: tomada de decisão
 
Tomada DecisãO Ok
Tomada DecisãO OkTomada DecisãO Ok
Tomada DecisãO Ok
 
Uma análise sobre o ciclo pdca como um método para solução de problemas da qu...
Uma análise sobre o ciclo pdca como um método para solução de problemas da qu...Uma análise sobre o ciclo pdca como um método para solução de problemas da qu...
Uma análise sobre o ciclo pdca como um método para solução de problemas da qu...
 
Gestão da qualidade na logística
Gestão da qualidade na logísticaGestão da qualidade na logística
Gestão da qualidade na logística
 
Gestao baseada processos
Gestao baseada processosGestao baseada processos
Gestao baseada processos
 
Avaliação Psicológica.pptx
Avaliação Psicológica.pptxAvaliação Psicológica.pptx
Avaliação Psicológica.pptx
 
Aoi aula8 tomada_de_decisao_gerencial
Aoi aula8 tomada_de_decisao_gerencialAoi aula8 tomada_de_decisao_gerencial
Aoi aula8 tomada_de_decisao_gerencial
 
Apostila recursoshumanos01 (1)
Apostila recursoshumanos01 (1)Apostila recursoshumanos01 (1)
Apostila recursoshumanos01 (1)
 
PROCESSO DE PLANEJAMENTO EM ENFERMAGEM
PROCESSO DE PLANEJAMENTO EM ENFERMAGEMPROCESSO DE PLANEJAMENTO EM ENFERMAGEM
PROCESSO DE PLANEJAMENTO EM ENFERMAGEM
 
Masp
MaspMasp
Masp
 
analise critica do desempenho e identificacao de causa raiz.pptx
analise critica do desempenho e identificacao de causa raiz.pptxanalise critica do desempenho e identificacao de causa raiz.pptx
analise critica do desempenho e identificacao de causa raiz.pptx
 
Apresentação análise de decisão
Apresentação análise de decisãoApresentação análise de decisão
Apresentação análise de decisão
 
Aula SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO.pdf
Aula SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO.pdfAula SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO.pdf
Aula SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO.pdf
 

Último

Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persafelipescherner
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfAntonio Barros
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdfAntonio Barros
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaIlda Bicacro
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxpatriciapedroso82
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 

Tomada de decisão

  • 1. Tomada de Decisão Profª Shirley da Rocha Afonso
  • 2. OBJETIVOS DA APRENDIZAGEM Reconhecer a importância da gestão na organização dos serviços e na valorização do trabalhador de saúde. Analisar o processo de gestão em saúde com base em teorias administrativas.
  • 3. O que é Tomada de Decisão?
  • 4. Elementos da tomada de decisão 1. Critério = o que eu quero  Ordenação de preferências = prioridade  Avaliação dos resultados possíveis de cada ação = avaliação das consequências  Limites da racionalidade  Indiferença às opções de escolha (impossível ordenar as preferências)  Evidências insuficiente = julgamento das consequências prejudicado 1. Conjunto oportunidades = o que eu posso 2. Ação = melhor reflete 3. Decisão racional = escolho a que melhor atenda meus critérios
  • 5. Segundo Marquis e Huston (2005) “É um processo cognitivo complexo, frequentemente definido como a escolha de determinada linha de ação” Mas, o quê significa isto?
  • 6. Para Ciampone (Kurcgant, 1991) “Decidir significa necessariamente escolher entre uma ou mais alternativas ou opções, com vistas a alcançar um resultado desejado”. Mas, o quê escolher? Como saber que a escolha é certa?
  • 7. Aprender a tomar decisões É fundamental no gerenciamento. É utilizar uma metodologia para entender e analisar uma situação  conseguir boas respostas e resultados = no final do processo. QUAL PROCESSO?
  • 8. Etapas do Processo Gerencial P LANEJAR Definir objetivos e caminhos para alcançá-los O RGANIZAR Estabelecer meios e recursos necessários para alcançar objetivos D IRIGIR Orientar as atividades C ONTROLAR Acompanhar e avaliar o desempenho
  • 9. Tomada de Decisão Toda ação pressupõe uma ação Toda ação tem consequências DECISÃO AÇÃO CONSEQUÊNCIAS
  • 10. Etapas do processo decisório PERCEPÇÃO DO PROBLEMA = perceber algo fora da normalidade que pode estar ocorrendo, descrever a situação- problema para poder analisá-la racionalmente. DEFINIÇÃO DO PROBLEMA = diferenciar o que é causa e o que é sintoma; fase de poucas informações, delimitar o problema apenas nas informações descritas.
  • 11. Continuação  COLETA DE DADOS = obter todas as informações sobre a origem da situação e ouvir todas as pessoas envolvidas. As informações colhidas de forma detalhada devem ser registradas para posterior análise.  ANÁLISE DOS DADOS = destacar as informações relevantes ao problema, tentando “chegar às causas e aos fatores envolvidos na situação-problema”. Pode ser necessária a redefinição do problema segundo as novas informações.
  • 12. Continuação – etapas do processo decisório  PROCURA DE SOLUÇÕES ALTERNATIVAS = deve-se elaborar quais seriam as várias propostas de solução disponíveis e quais as possíveis consequências de cada uma delas. São aspectos importantes que devem ser considerados nessa fase:  Experiências passadas  Hábitos  Rotinas já existentes  Levantamento bibliográfico  Consulta à especialistas  Dinâmicas de grupo com os envolvidos no problema
  • 13. Continuação ESCOLHA OU DECISÃO = é a escolha da alternativa e precede a implementação da decisão propriamente dita. IMPLEMENTAÇÃO E AVALIAÇÃO = colocar a decisão em prática e avaliá-la.
  • 14. Complementando Algumas ações auxiliam e facilitam decisões acertadas: Ter objetivo claramente definido Realizar cuidadosa coleta de dados Gerar muitas alternativas Pensar logicamente em busca de resolução Após conhecer essas etapas do processo decisório, é possível fazer uma comparação com os PROCESSOS DE ENFERMAGEM E ADMINISTRAÇÃO.
  • 15. Tabela: comparação do Processo de Tomada de Decisão com os processo de Administração e de Enfermagem PROCESSO DE PROCESSO PROCESSO DECISÓRIO ENFERMAGEM ADMINISTRATIVO Identificação e definição do problema Coleta de dados Planejamento Coleta de dados Análise dos dados Procura de soluções Planejamento Organização Implementação Direção Escolha da solução Implementação Avaliação Avaliação Controle
  • 16. Administrar as Dimensões do cuidar 1. Objeto de trabalho  missão, visão e valor 2. Meios de trabalho  observação, levantamento de dados, planejamento, evolução, avaliação, sistema de assistência, procedimentos técnicos, comunicação e interação = força de trabalho, material e métodos de administração 3. Finalidade  prevenção, promoção e recuperação da saúde  Imediata (organizar o trabalho)  Mediata (desenvolver condições de realizar as dimensões do cuidar)
  • 17. Objetivos da Administração Eficiência  fazer as coisas corretamente Eficiente  preocupação com os afins Você será eficiente a medida que souber dirigir, executar comandos necessários sem cometer barbeiragens ou excessos. Você será eficaz quando souber chegar ao seu destino pelo melhor percurso possível.