ARQUITETURA DO ESPAÇO SAGRADO Catedral de São Mateus - ES - 1988
<ul><li>“ Arquitetura é coisa para ser exposta à intempérie;  </li></ul><ul><li>Arquitetura é coisa para ser concebida  co...
<ul><li>Para celebrar a Eucaristia o povo de Deus se reúne geralmente na igreja ou, na falta ou insuficiência desta, em ou...
<ul><li>“ ... tenha-se presente que a finalidade da arquitetura sacra é oferecer à Igreja, que celebra os mistérios da fé,...
LITURGIA E ESPAÇO <ul><li>1. Na liturgia falamos por Deus – leituras e homilias  </li></ul><ul><li>2. Na liturgia falamos ...
 
 
 
 
AS IGREJAS TÊM CENTROS LITÚRGICOS <ul><li>1.  O ALTAR </li></ul><ul><li>2. O AMBÃO </li></ul><ul><li>3. A CADEIRA ou CÁTED...
AS IGREJAS TÊM ESPAÇOS LITÚRGICOS E ESPAÇOS DEVOCIONAIS <ul><li>Espaço de acolhimento e dispersão – átrio </li></ul><ul><l...
AS IGREJAS TÊM ESPAÇOS DE SERVIÇO <ul><li>Secretaria </li></ul><ul><li>Loja </li></ul><ul><li>Salão </li></ul><ul><li>Sala...
CRITÉRIOS PARA UMA BOA ARQUITETURA ECLESIAL <ul><li>Ofusca ou destaca o essencial </li></ul><ul><li>Funcionalidade </li></...
CONCLUSÕES <ul><li>O clero está no meio dos fiéis e junto a ele como um fermento na massa, para lhes unir progressivamente...
<ul><li>Para chegarmos a um culto vivo não podemos pegar nada isoladamente. Nenhum detalhe nos salvará.  </li></ul><ul><li...
<ul><li>A busca do todo orgânico, da integridade, a busca da unidade dentro do espaço é a busca do centro, do eixo ao redo...
<ul><li>“ A beleza é o resplendor da verdade;  </li></ul><ul><li>como a arte é beleza,  </li></ul><ul><li>sem verdade não ...
Expo Católica 2010  Grupo Paulista de Arquitetura e Arte Sacra
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Arquitetura Religiosa 3

1.341 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.341
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
61
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arquitetura Religiosa 3

  1. 1. ARQUITETURA DO ESPAÇO SAGRADO Catedral de São Mateus - ES - 1988
  2. 2. <ul><li>“ Arquitetura é coisa para ser exposta à intempérie; </li></ul><ul><li>Arquitetura é coisa para ser concebida como um todo orgânico e funcional ; </li></ul><ul><li>Arquitetura é coisa para ser encarada na medida das idéias e do corpo do homem ; </li></ul><ul><li>Arquitetura é coisa para ser sentida em termos de espaço e volume; </li></ul><ul><li>Arquitetura é coisa para ser vivida .” </li></ul><ul><li>Arquiteto Lúcio Costa </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Para celebrar a Eucaristia o povo de Deus se reúne geralmente na igreja ou, na falta ou insuficiência desta, em outro lugar conveniente, digno de tão grande mistério. As igrejas e os demais lugares devem prestar-se à execução das ações sagradas e à ativa participação dos fiéis. </li></ul><ul><li>O povo de Deus, que se reúne para a Missa, constitui uma assembléia orgânica e hierárquica... </li></ul><ul><li>...além de exprimir a ordenação hierárquica e a diversidade das funções, deve constituir uma unidade íntima e coerente pela qual se manifeste com evidência a unidade de todo o povo de Deus . </li></ul><ul><li>Instrução Geral sobre o Missal Romano </li></ul>
  4. 4. <ul><li>“ ... tenha-se presente que a finalidade da arquitetura sacra é oferecer à Igreja, que celebra os mistérios da fé, especialmente a Eucaristia, o espaço mais idôneo para uma condigna realização da sua ação litúrgica; a natureza do templo cristão define-se precisamente pela ação litúrgica , a qual implica a reunião dos fiéis (ecclesia), que são as pedras vivas do templo.” </li></ul><ul><li>Bento XVI </li></ul>
  5. 5. LITURGIA E ESPAÇO <ul><li>1. Na liturgia falamos por Deus – leituras e homilias </li></ul><ul><li>2. Na liturgia falamos a Deus – orações e meditações </li></ul><ul><li>3. Na liturgia falamos uns aos outros – acolhida, comunhão, abraço </li></ul>
  6. 10. AS IGREJAS TÊM CENTROS LITÚRGICOS <ul><li>1. O ALTAR </li></ul><ul><li>2. O AMBÃO </li></ul><ul><li>3. A CADEIRA ou CÁTEDRA – </li></ul><ul><li>PRESIDÊNCIA </li></ul><ul><li>4. A FONTE BATISMAL </li></ul>
  7. 11. AS IGREJAS TÊM ESPAÇOS LITÚRGICOS E ESPAÇOS DEVOCIONAIS <ul><li>Espaço de acolhimento e dispersão – átrio </li></ul><ul><li>Espaço da assembléia </li></ul><ul><li>Espaço do batismo </li></ul><ul><li>Espaço da comunhão </li></ul><ul><li>Espaço da reconciliação </li></ul><ul><li>Espaço dos animadores de canto </li></ul><ul><li>Sacristia </li></ul><ul><li>Capela do Santíssimo </li></ul><ul><li>Capela do padroeiro/a </li></ul><ul><li>Capela de Nossa Senhora </li></ul>
  8. 12. AS IGREJAS TÊM ESPAÇOS DE SERVIÇO <ul><li>Secretaria </li></ul><ul><li>Loja </li></ul><ul><li>Salão </li></ul><ul><li>Salas </li></ul><ul><li>Banheiros </li></ul><ul><li>Lanchonete </li></ul>
  9. 13. CRITÉRIOS PARA UMA BOA ARQUITETURA ECLESIAL <ul><li>Ofusca ou destaca o essencial </li></ul><ul><li>Funcionalidade </li></ul><ul><li>Simplicidade </li></ul><ul><li>Aconchego e comunhão </li></ul><ul><li>Harmonia e beleza </li></ul><ul><li>Conformidade contextual </li></ul>
  10. 14. CONCLUSÕES <ul><li>O clero está no meio dos fiéis e junto a ele como um fermento na massa, para lhes unir progressivamente, antes pela Palavra e a oração comum, em seguida conduzindo seu povo para a mesa santa. </li></ul><ul><li>Este é o dinamismo do culto cristão para o qual a disposição dos espaços deveria trabalhar. </li></ul><ul><li>Tudo na igreja deve se harmonizar com vistas a este modelo e estar a serviço de sua realização. </li></ul><ul><li>Tudo que possa dividir a assembléia em blocos separados deve ser evitado. </li></ul>
  11. 15. <ul><li>Para chegarmos a um culto vivo não podemos pegar nada isoladamente. Nenhum detalhe nos salvará. </li></ul><ul><li>Trata-se de uma renovação completa do espírito. Falar de um espírito cristão não tem sentido se não compreendemos que ele deve se encarnar para ser verdadeiro. </li></ul><ul><li>A encarnação do espírito do culto se dá num espaço cristão digno desse nome. </li></ul><ul><li>As possibilidades são ilimitadas, dentro dos limites dados pela Tradição, pela liturgia, pela técnica - fontes infinitas de criatividade. </li></ul>
  12. 16. <ul><li>A busca do todo orgânico, da integridade, a busca da unidade dentro do espaço é a busca do centro, do eixo ao redor do qual tudo acontece. </li></ul><ul><li>O sentido da vida é o centro da vida – devemos fazer tudo a partir desse centro. </li></ul><ul><li>O sentido da liturgia é o centro da liturgia, seu espírito. </li></ul><ul><li>O sentido do espaço é o centro do espaço, tudo deve girar ao seu redor. </li></ul><ul><li>O centro é o Cristo e sua Páscoa. </li></ul>
  13. 17. <ul><li>“ A beleza é o resplendor da verdade; </li></ul><ul><li>como a arte é beleza, </li></ul><ul><li>sem verdade não existe a arte”. </li></ul><ul><li>Antoni Gaudi </li></ul>
  14. 18. Expo Católica 2010 Grupo Paulista de Arquitetura e Arte Sacra

×