O dicipulo e a lei do reconhecimento

2.345 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.345
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
103
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
59
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O dicipulo e a lei do reconhecimento

  1. 1. O Dicipulo e a Lei do Reconhecimento<br />Lucas 19:1 E, quando ia chegando, vendo a cidade, chorou sobre ela,<br />42 Dizendo: Ah! se tu conhecesses também, ao menos neste teu dia, o que à tua paz pertence! Mas agora isto está encoberto aos teus olhos.<br />43 Porque dias virão sobre ti, em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras, e te sitiarão, e te estreitarão de todos os lados;<br />44 E te derrubarão, a ti e aos teus filhos que dentro de ti estiverem, e não deixarão em ti pedra sobre pedra, pois que não conheceste o tempo da tua visitação.<br />
  2. 2. Introdução.<br />Queridos, creio que o maior desafio nos nossos dias, seja realmente o dicipulado.<br />A grande verdade, é que muitos até falam, e querem, mas acabam se enrroscando em algumas coisas.<br />Há uma passagem na biblia muito interessante.<br />
  3. 3. Lucas 9:57 E aconteceu que, indo eles pelo caminho, lhe disse um: Senhor, seguir-te-ei para onde quer que fores.<br />58 E disse-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu, ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça.<br />59 E disse a outro: Segue-me. Mas ele respondeu: SENHOR, deixa que primeiro eu vá a enterrar meu pai.<br />60 Mas Jesus lhe observou: Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; porém tu vai e anuncia o reino de Deus.<br />61 Disse também outro: Senhor, eu te seguirei, mas deixa-me despedir primeiro dos que estão em minha casa.<br />62 E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus.<br />
  4. 4. Queridos, ser dicipulo exige de nós renuncia. A verdade, é que muitos querem ser dicipulos mas não querem perder nada.<br />Quando trabalharmos, visando o dicipulado não podemos estar pressos as coisas como.<br />Questão material. ( casa)<br /> Questão emocional. ( enterrar pai)<br />Questão sentimental. ( despedir dos meus)<br />
  5. 5. Creio meus amados, que o dicipulado é uma benção, porém, ele exige tempo e principalmente reconhecimento da nossa parte.<br />O que se observa, no texto que lemos de Lucas, o que estava acontecendo, era a falta de reconhecimento por parte do povo de Israel.<br />... pois que não conheceste o tempo da tua visitação.<br />
  6. 6. No dicipulado, a Lei do Reconhecimento é indispensável. É o pilar central, a mola mestra.<br />4- Atitudes para o dicipulado eficaz.<br />1 – Reconhecer o valor do dicipulado.<br />Amados, o dicipulado precisa estar correndo em nossas veias, assim como o sangue corre.<br />O dicipulado, não deve ser mais um programa, ou, algo que se faça de vez em quando.<br />
  7. 7. Mateus 28:9 Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;<br />20 Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.<br />Amados, essa lei do dicipulado para mim é a mais importante, vou dizer porque.<br />
  8. 8. 2 Corintios 4:13 E temos, portanto, o mesmo espírito de fé, como está escrito: Cri, por isso falei; nós cremos também, por isso também falamos.<br />Quando nós falamos, daquilo que conhecemos e principalmente reconhecemos, falamos com autoridade.<br />Atos 4:13 Então eles, vendo a ousadia de Pedro e João, e informados de que eram homens sem letras e indoutos, maravilharam-se e reconheceram que eles haviam estado com Jesus.<br />20 Porque não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido.<br />
  9. 9. Queridos, nesta lei do dicipulado, fica claro que quem primeiro crê somos nós e não as pessoas que estamos discipulando.<br />2 – Reconhecer e Valorizar o Discipulador.<br />Queridos, ao meu ver aqui esta um ponto critico do dicipulado. Vou dizer o porque.<br />Nós temos a tendencia, de valorizar o que é feito e não quem esta fazendo.<br />
  10. 10. Efésios 6:1 VÓS, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo.<br />2 Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa;<br />Quero fazer uma pergunta basica. Se o seu pai não é crente, você precisa obedecer ele?<br />Acredito meus queridos que a lei do dicipulado gera em nós essa responssabilidade. O principio da honra.<br />
  11. 11. Amados, o povo judeu mesmo os que não creram em Jesus como o enviado, mesmo nos dias de hoje lamentam todos os dias no muro.<br />Infelizmente, a lei da procura é muito grande, por isso, para muitos é mais facil trocar de discipulador pois as oferta é grande.<br />3 – Reconhecer o manto ( unção) que esta sobre o dicipulador.<br />Queridos é muito importante que você entenda essa verdade.<br />
  12. 12. Queridos, sentar para aprender é algo que muitos deixaram de fazer.<br />2 Reis 2:1 SUCEDEU que, quando o SENHOR estava para elevar a Elias num redemoinho ao céu, Elias partiu de Gilgal com Eliseu.<br />9 Sucedeu que, havendo eles passado, Elias disse a Eliseu: Pede-me o que queres que te faça, antes que seja tomado de ti. E disse Eliseu: Peço-te que haja porção dobrada de teu espírito sobre mim.<br />10 E disse: Coisa difícil pediste; se me vires quando for tomado de ti, assim se te fará, porém, se não, não se fará.<br />
  13. 13. Queridos, Deus tem ministrado algo muito forte no meu espirito nesses dias sobre isso.<br />Elizeu, demostrou o desejo de ser mais que Elias. O interessante, é que Elias reconhece que ele poderia ser, com uma condição. Se ele o visse subir.<br />Amados a nossa promoção esta na honra ao nosso dicipulador.<br />Quero dizer algo muito importante para você. A diferença entre o dicipulador e o dicipulo esta no manto que esta sobre ele.<br />
  14. 14. João 1:45 Filipe achou Natanael, e disse-lhe: Havemos achado aquele de quem Moisés escreveu na lei, e os profetas: Jesus de Nazaré, filho de José.<br />46 Disse-lhe Natanael: Pode vir alguma coisa boa de Nazaré? Disse-lhe Filipe: Vem, e vê.<br />47 Jesus viu Natanael vir ter com ele, e disse dele: Eis aqui um verdadeiro israelita, em quem não há dolo.<br />48 Disse-lhe Natanael: De onde me conheces tu? Jesus respondeu, e disse-lhe: Antes que Filipe te chamasse, te vi eu, estando tu debaixo da figueira.<br />49 Natanael respondeu, e disse-lhe: Rabi, tu és o Filho de Deus; tu és o Rei de Israel.<br />50 Jesus respondeu, e disse-lhe: Porque te disse: Vi-te debaixo da figueira, crês? Coisas maiores do que estas verás.<br />51 E disse-lhe: Na verdade, na verdade vos digo que daqui em diante vereis o céu aberto, e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem.<br />
  15. 15. 4 – Reconhecer o propósito de Deus para o dicipulado.<br />Amados, ouvi uma frase muito interessante. Nem todos nós, temos o dicipulador que queremos, mas o que precisamos.<br />Atos 15:36 E alguns dias depois, disse Paulo a Barnabé: Tornemos a visitar nossos irmãos por todas as cidades em que já anunciamos a palavra do Senhor, para ver como estão.<br />37 E Barnabé aconselhava que tomassem consigo a João, chamado Marcos.<br />38 Mas a Paulo parecia razoável que não tomassem consigo aquele que desde a Panfília se tinha apartado deles e não os acompanhou naquela obra.<br />39 E tal contenda houve entre eles, que se apartaram um do outro. Barnabé, levando consigo a Marcos, navegou para Chipre.<br />40 E Paulo, tendo escolhido a Silas, partiu, encomendado pelos irmãos à graça de Deus.<br />
  16. 16. Queridos, sabe o que mais me impressiona nessa lei do dicipulado, em especial nesse caso citado pela biblia.<br />Paulo separa de Barnabé por causa de João Marcos. Mas tarde olha o que acontece.<br />2 Timoteo 4:11 Só Lucas está comigo. Toma Marcos, e traze-o contigo, porque me é muito útil para o ministério.<br />
  17. 17. Queridos, deixa eu te fazer uma pergunta nesta noite.<br />Se isso acontecesse com você como fosse reagiria?<br />Eu creio que João Marcos era um dicipulo de mente sarada, ele não guardou magoa, sabia o propósito de Deus para sua vida.<br />Quando reconhecemos o propósito estamos sempre prontos como dicipulos.<br />

×