Apresentação Saberes da Terra MEC

8.367 visualizações

Publicada em

Apresentação do Saberes da Terra pelo Ministério da Educação (MEC).

Publicada em: Educação
0 comentários
14 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.367
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
132
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
14
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação Saberes da Terra MEC

  1. 1. PROJOVEM CAMPO SABERES DA TERRA s SECRETARIA DE EDUCAÇAO CONTINUADA ,ALFABETIZAÇAO E DIVERSIDADE
  2. 2. Histórico <ul><li>I Edital - Novembro de 2005 </li></ul><ul><li>Parceria MEC-MDA-MTE </li></ul><ul><li>Síntese de experiências de movimentos sociais do campo </li></ul><ul><li>12 Estados </li></ul><ul><li>2007 – Integração à Política de Juventude </li></ul>Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade
  3. 3. Objetivo Geral <ul><li>Possibilitar a jovens agricultores(as) familiares excluídos do sistema formal de ensino, a oportunidade de escolarização na modalidade de EJA integrando elevação de escolaridade e qualificação social e profissional. </li></ul>Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade
  4. 4. Objetivos Específicos <ul><li>Elevar a escolaridade e proporcionar a qualificação profissional inicial de agricultores (as) familiares </li></ul><ul><li>Estimular o desenvolvimento sustentável e solidário como possibilidade de vida e constituição de sujeitos cidadãos. </li></ul><ul><li>Fortalecer o desenvolvimento de propostas pedagógicas e metodologias adequadas à EJA no campo. </li></ul>Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade
  5. 5. Objetivos Específicos <ul><li>Realizar formação continuada em metodologias e princípios políticos pedagógicos voltados às especificidades do campo para os educadores(as) envolvidos(as) no programa. </li></ul><ul><li>Fornecer e publicar materiais pedagógicos que sejam apropriados para o desenvolvimento da proposta pedagógica. </li></ul><ul><li>Estimular a permanência dos jovens na escola por meio da concessão de auxílio financeiro. </li></ul>Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade
  6. 6. Beneficiários <ul><li>Jovens de 18 a 29, residentes no campo; </li></ul><ul><li>que saibam ler e escrever; </li></ul><ul><li>que não tenham concluído o ensino fundamental </li></ul><ul><li>que cumpram aos requisitos do art. 3 o da Lei da Agricultura Familiar n o 11.326, de 24 de julho de 2006. </li></ul>
  7. 7. Organização das turmas <ul><li>25 a 35 educandos </li></ul><ul><li>A carga horária obrigatória é de, no mínimo, 2400 horas em 2 anos. Sendo, 1800 (mil e oitocentas) horas serão tempo/escola, e 600 (seiscentas) horas tempo/comunidade. </li></ul><ul><li>3 educadores Formação Geral (1 Ciencias Sociais, 1 Ciências da Natureza e Matematica e 1 Linguagens, Códigos) e 1 Ciências Agrárias para acompanhar até 2 turmas. </li></ul>
  8. 8. Proponentes <ul><li>Secretarias Estaduais de Educação </li></ul><ul><li>Municípios Territórios da Cidadania (2009) </li></ul>
  9. 9. Apoio Financeiro do MEC para o proponente Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade <ul><li>Caráter suplementar – itens não financiados pelo Fundeb ou de financiamento insufuciente </li></ul><ul><li>Transferência automática </li></ul><ul><li>1200 Reais aluno/Ano + FUNDEB </li></ul>
  10. 10. Apoio Financeiro do MEC para o proponente Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade Itens Financiáveis: a – Auxílio financeiro para deslocamento dos educadores e coordenadores locais para as formações realizadas pela rede de formação; b - Contratação de educador da formação profissional; c - Aquisição de material de qualificação social e profissional; d - Aquisição de gêneros alimentícios para o período tempo-escola; e – Acompanhamento técnico e pedagógico dos educandos no tempo comunidade; f - Transporte de educandos; g – Certificação dos educandos h – Coordenador de turmas (2009)
  11. 11. Eixos do Currículo Agricultura Familiar: identidade, cultura, Gênero e etnia Sistemas de Produção e Processo de Trabalho no Campo Agricultura Familiar e Sustentabilidade Cidadania, Organização Social e Políticas Públicas Economia Solidária Desenvolvimento Sustentável e Solidário com Enfoque Territorial
  12. 12. Qualificação Profissional O arco produção rural deverá contemplar de modo transversal estudos em meio ambiente , gestão e administração. 5. Aqüicultura 4. Agroindústria 3. Extrativismo 2. Sistemas de Criação 1. Sistemas de cultivo Produção Rural Familiar Ocupações Arco Ocupacional
  13. 13. Estrutura do currículo PLANO DE PESQUISA SOCIALIZAÇÃO E PROBLEMATIZAÇÃO CÍRCULOS DE DIÁLOGOS: INTEGRAÇÃO DOS SABERES: FORMAÇÃO PROFISSIONAL, ESCOLARIZAÇÃO, VIVÊNCIAS PARTILHA DE SABERES AVALIAÇÃO NO PROCESSO SISTEMATIZAÇÃO TEMPO COMUNIDADE TEMPO ESCOLA TEMPO COMUNIDADE TEMPO ECOLA REALIZAÇÃO DA PESQUISA TEMPO ESCOLA
  14. 14. Formação dos Profissionais Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade <ul><li>Rede Nacional de Formação dos Educadores do ProJovem Campo - ST </li></ul><ul><li>Articulação Universidade e Rede de Educação Profissional </li></ul><ul><li>Carga horária mínima de 360 horas. Possibilita a especialização em 2 anos </li></ul><ul><li>Convênios das Instituições com o MEC </li></ul>
  15. 15. Material Pedagógico Nacional <ul><li>Elaborados e 4 primeiros impressos </li></ul><ul><li>Consórcio entre a UFPE/NUPEP e UFPA </li></ul><ul><li>Sistematização da produção dos 12 Estados (Relatórios, materiais, instrumentos pedagógicos, fotos, cadernos educandos, planejamentos pedagógicos, etc) </li></ul><ul><li>Construção de Cadernos do Educando e do Educador por Eixos Temáticos </li></ul>
  16. 16. Material Pedagógico Nacional <ul><li>O Caderno do Educando material de leitura capaz de viabilizar a compreensão geral da temática a ser trabalhada no eixo temático, possibilitando ao educando conhecer a diversidade da Agricultura Familiar no Brasil e como o Eixo temático dialoga com a Agricultura Familiar e Sustentabilidade. </li></ul><ul><li>O Caderno do Educador orientação para o planejamento do percurso formativo do Saberes: construção da ementa; plano de pesquisa; círculos de diálogos e partilha de saberes. Esse material proverá diretrizes gerais, indicações de como abordar os conteúdos mínimos do ensino fundamental, possibilidades de estratégias pedagógicas e exemplos de experiências desenvolvidas por educadores . </li></ul>
  17. 17. Auxílio Financeiro ao Educando <ul><li>A título de bolsa será pago, a cada dois meses, aos educandos cadastrados no Programa o valor de R$ 100,00 (cem reais); </li></ul><ul><li>É vedado, ao educando, o acúmulo de bolsa-auxílio com as demais modalidades do Projovem previstas em Lei; </li></ul><ul><li>Para recebimento do valor referente à bolsa será exigida do educando a freqüência mínima a 75% das aulas; </li></ul><ul><li>Para recebimento da bolsa o educando deverá apresentar a documentação requerida. </li></ul>
  18. 18. Certificação <ul><li>Instituição indicada pela proponente ou </li></ul><ul><li>Agrotécnicas </li></ul>Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade
  19. 19. Metas <ul><li>Meta I (2005) = 5.060 educandos (as) </li></ul><ul><li>Meta II (2008) = 35.000 </li></ul><ul><li>Meta III (2009) = 48.377 </li></ul><ul><li>Meta IV (2010) = 85.000 </li></ul><ul><li>Meta V (2011)= 85.000 </li></ul>
  20. 20. Meta por Estado em 2008 Atendimento de pelo menos 42% no Território da Cidadania.
  21. 21. Início da Implementação <ul><li>Resolução 21 – Transferência Automática aos Estados – publicada em 26 de maio de 2008 </li></ul><ul><li>Resolução 25 – Transferência de Recursos às Instituições de Ensino Superior – publicada em 04 de julho de 2008 </li></ul><ul><li>I Seminário Nacional de Formação de Formadores – Setembro de 2008 </li></ul><ul><li>Etapa estadual inicial de formação dos educadores </li></ul><ul><li>Início das aulas – mar 2009 </li></ul>
  22. 22. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade Contato <ul><ul><ul><li>SECAD/DEDC/CGEC </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Endereço: SGAS 607 Edifício CNE sala 104 </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Telefone: (61) 2104-6263 </li></ul></ul></ul>

×