Módulo ii (2)

554 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
554
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Módulo ii (2)

  1. 1. ESTADO DA BAHIAMUNICÍPIO DEANGUERAPrefeitura MunicipalSECRETARIA DEEDUCAÇÃO
  2. 2.  O maior desafio encontrado hoje na sociedade e nas escolas é a de construir e aperfeiçoar as ações que favoreçam a inclusão das pessoas na gestão da escola pública. Desta forma, a Gestão Democrática surge como a possibilidade gerir uma instituição de forma que priorize a participação, transparência e a democracia dos sujeitos envolvidos no processo. Para Vieira (2005), esse modelo de gestão representa um importante desafio na operacionalização das políticas de educação e no cotidiano da escola.
  3. 3. Um ótimo exemplo de sinergia, trabalho em equipe, motivação e união
  4. 4.  Para uma gestão democrática efetiva é necessário a participação de pais, alunos e outros membros da comunidade local nas escolas.
  5. 5. Segmentos Repercussões das ações Interação da escola com pesquisados da escola na a comunidade comunidade Questões 1 a 7 Questão 8 e 9 N º de Respostas N º de Respostas N º de Respostas N º de Respostas Desconhecem a Desconhecem a N º dos que N º dos que afirmativas afirmativas negativas negativas situação situaçãoProfessores 06 18 16 13 31 08Pais ou 08 23 09 06 15 31alunosFuncionários 15 01 24 07 31 14Outros XXXXX XXXXX XXXXX XXXXX XXXXX XXXXX
  6. 6.  PARA OS SUJEITOS DA PESQUISA: O Conselho Escolar ainda é uma ação desconhecida pela comunidade, quando este não aparece como um papel e conceito muito vago pelos sujeitos. Ainda é insuficiente a participação das pessoas da comunidade na realização das atividades regulares da escola. Muitos não sabem responder e/ou negam a escola enquanto espaço de realização das atividades de interesse de alunos, pais, moradores, entidades e/ou associações representativas da comunidade.
  7. 7.  Os sujeitos da pesquisa em sua maioria afirmam que não há entidades presentes na comunidade local, e que, há dificuldades em realizar atividades a partir da integração entre escola e entidades e/ou associações. Não acontece! Os membros da equipe gestora tem divulgado informações nas escolas sobre concursos, competições, seleções, eventos entre outros, contudo, a efetiva participação para os públicos direcionados é que pouco tem acontecido.
  8. 8.  PROJETO: ESCOLA SEM MURALHA ATIVIDADES: Palestra de motivação com Nelson Navarro Oficinas de sensibilização Momentos culturais para descontrair e interagir
  9. 9.  JUSTIFICATIVA Todos os profissionais que estão inseridos no contexto escolar precisam perceber o quanto a sua presença é importante no espaço, os quais, necessitam se sentirem valorizados tanto profissionalmente quanto pessoalmente para continuarem motivados no processo da prática educativa.
  10. 10.  MOTIVADORES Mensagens Lembrancinhas Apresentações Culturais Oficinas de sensibilização
  11. 11.  RECURSOS NECESSÁRIOS Vídeo Papéis diversos Profissionais na área de: psicologia, recursos humanos, pedagogia. Data show Microfone Computador
  12. 12.  TEMPODuas vezes ao ano, sendo realizado noinício de cada semestre.Carga horária: 16 horas dividido emdois semestres.
  13. 13. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASPENIN, Sônia Teresinha de Souza. Progestão: como articular a funçãosocial da escola com as especificidades e as demandas dacomunidade?, módulo II / Sônia Teresinha de Souza Penin, SofiaLerche Vieira; coordenação geral Maria Aglaê de Medeiros Machado. –Brasília: CONSED – Conselho Nacional de Secretários deEducação, 2001.VIEIRA, Sofia Lerche. Educação e gestão: extraindo significados da baselegal. In. CEARÁ. SEDUC. Novos Paradigmas de gestão escolar. Fortaleza:Edições SEDUC, 2005, p. 7 – 20.

×