SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Moderna PLUS                             GEOGRAFIA                                                               LYGIA TERRA
                                                                                                                                                  REGINA ARAUJO
                                                                                                                                         RAUL BORGES GUIMARÃES    1
                                                                            CONEXÕES
                         Parte I Sociedade e espaço
                         Unidade D A nação brasileira                       Volume único




                            CAPÍTULO 15 - POPULAÇÃO E DIVERSIDADE CULTURAL NO BRASIL
                           Abertura do capítulo                               197        Itália e Alemanha, o que demonstra os laços dos emigrantes
                                                                                         com seus antecedentes familiares. O volume de recursos
                           Espera-se que os alunos percebam a diversidade étnico-
                         cultural. Nas pinturas, podem ser observados homens e           enviados ao Brasil em 2004 foi de aproximadamente 6
                         mulheres brancos, negros, mamelucos, mulatos e tupis.           bilhões de dólares. Quase metade desse dinheiro foi usada
                                                                                         nos gastos diários dos familiares dos migrantes. Outros 13%
                           Conexões visuais                                   200        foram usados com educação, 10% investidos em negócios,
                                                                                         9% aplicados em poupança, 7% na compra de propriedades
                           De acordo com os dados, mesmo com o aumento da es-
                                                                                         e 15% tiveram outros destinos.
                         colarização, não se verifica uma diminuição da desigualdade
                         da remuneração entre brancos e negros no Brasil.                   Conexões visuais                                               207
                                                                                           A reserva é a sexta parte do total das áreas indígenas no
                         Eixos transversais Diversidade étnico-cultural
                                                                                         estado e 1/13 do total da área do estado. Para o cálculo,
                           Estudo de caso                                     201        basta dividir os valores por 17 mil.
                             a) O texto 1 é favorável às cotas, utilizando os
                                                                                            Conexões visuais                                               208
                                seguintes argumentos: apenas 2% das vagas
                                nas universidades públicas são ocupadas
                                por afrodescendentes; inúmeros talentos da                Situação jurídica das Terras Indígenas (TIs) no Brasil
                                comunidade negra não têm oportunidades
                                por causa de um sistema de seleção                                                       16,11%
                                inadequado, insuficiente e excludente; os                    Em identificação
                                                                                                                0,10%
                                alunos cotistas apresentam rendimento
                                                                                               Com restrição    0,49%
                                escolar igual ou acima da média dos demais e                    de uso a não
                                                                                                                0,42%
                                evasão escolar menor que os demais.                                indígenas
                                                                                                                  4,28%
                             b) O primeiro texto admite que o sistema                            Identificada
                                                                                                                1,92%
                                de cotas não é o único mecanismo para a
                                                                                                                    8,39%
                                superação das desigualdades raciais no Brasil.                    Declarada
                                                                                                                    9,27%
                                O segundo texto afirma que esse sistema
                                é apenas uma indicação dos sintomas de                                           3,13%
                                                                                                  Reservada
                                nossas enfermidades sociais, mas dificilmente                                   0,13%

                                será o remédio. Nesse aspecto os dois textos                                     3,95%
                                                                                                Homologada
                                desenvolvem uma ideia em comum.                                                 1,41%

                                                                                              Registrada no                                    63,65%
                           Conexões visuais                                   202            RI e/ou no SPU                                             86,75%

                           No Paraná, a comunidade eslava é mais expressiva.
                           Conexões visuais                                   203                                   Nº de TIs
                                                                                                                   Extensão (hectares)

                           O processo de povoamento da região foi dominado pela
                         implantação de núcleos de imigrantes, que praticavam a             As Terras Indígenas registradas no Cartório de Registro
                         agricultura familiar em pequenas propriedades. Até hoje esse    de Imóveis e/ou Serviço de Patrimônio da União estão em
                         modelo de agricultura predomina na região de Bento Gon-         primeiro lugar tanto em número quanto em extensão. Em
                         çalves, ainda que tenha sido integrado à produção industrial.   segundo lugar, em extensão, vêm as Terras Indígenas decla-
                           Conexões visuais                                   204        radas e, em número, as Terras em identificação. Esclarecer
                                                                                         para os alunos que o processo de regularização das Terras
                           Uma parcela significativa dos imigrantes italianos chegou
                                                                                         Indígenas inclui a identificação, a delimitação (reconhecimento
                         na segunda metade do século XIX para trabalhar nas fazen-
                                                                                         dos limites), a demarcação das fronteiras em campo, a homo-
                         das de café. Mais tarde seus descendentes se estabeleceram
www.modernaplus.com.br




                                                                                         logação e o registro em cartório.
                         na capital paulista.
                           Conexões visuais                                   204           Novos rumos                                                    208

                            No início do século XX, com a chegada dos imigrantes            Trata-se de famílias que, miscigenadas, reencontram,
                         japoneses.                                                      no presente, contextos políticos e históricos favoráveis à
                                                                                         retomada da identidade indígena. Embora muitos desses
                           Conexões visuais                                   205        indígenas estejam aculturados, isto é, frequentam escola,
                           Conforme pode ser observado no mapa, as principais            vestem roupas, falam português e utilizam objetos indus-
                         portas de entrada de brasileiros na Europa são Portugal,        trializados e tecnológicos, não deixam de ser índios, pois
Moderna PLUS                        GEOGRAFIA                                              LYGIA TERRA
                                                                                                                             REGINA ARAUJO
                                                                                                                    RAUL BORGES GUIMARÃES    2
                                                                         CONEXÕES
                         Parte I Sociedade e espaço
                         Unidade D A nação brasileira                    Volume único




                         apresentam um modo característico de vida, uma história,       populações humanas não tem fundamento
                         uma identidade e preservam muitas tradições e costumes.        científico, pois, em termos biológicos,
                                                                                        as diferenças individuais superam as eventuais
                              Mãos à obra                                 209           diferenças entre os grupos.
                          1    Na Região Norte, porque nela ainda existem           4 a) No texto, o termo “preto” designa os escravos
                               grandes extensões de terra marcadas pelas baixas           obedientes e leais, enquanto o termo “negro”
                               densidades demográficas, nas quais o processo              refere-se aos revoltados e foragidos.
                               de expulsão das comunidades indígenas é                  b) No texto analisado, os termos “preto” e “negro”
                               historicamente mais recente.                                não estão relacionados a características
                          2    O gráfico mostra que os pardos e pretos compõem             biológicas, mas à condição de inserção de
                               a grande maioria entre os 10% mais pobres da                determinados grupos na ordem escravocrata.
                               população e representam a minoria entre o 1%                Assim, o conceito de raça sobrevive mesmo
                               mais rico. A desigualdade retratada no gráfico é,           desprovido de qualquer fundamento
                               antes de tudo, uma herança da escravidão.                   biológico, transformado em um instrumento
                          3 De acordo com essa afirmação, a aplicação                      de classificação das pessoas de acordo com
                               do conceito de raça para classificar                        determinadas realidades sociais.
www.modernaplus.com.br

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Conexões - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol3 - slides complementa...
Conexões - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol3 - slides complementa...Conexões - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol3 - slides complementa...
Conexões - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol3 - slides complementa...Editora Moderna
 
Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol1 - slides complementa...
Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol1 - slides complementa...Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol1 - slides complementa...
Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol1 - slides complementa...Editora Moderna
 
Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol2 - slides complementa...
Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol2 - slides complementa...Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol2 - slides complementa...
Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol2 - slides complementa...Editora Moderna
 
Gabarito geo-capítulo1
Gabarito geo-capítulo1Gabarito geo-capítulo1
Gabarito geo-capítulo1edudeoliv
 
Matrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesMatrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesPrivada
 
Cap17 pro resp_ee_vol.01
Cap17 pro resp_ee_vol.01Cap17 pro resp_ee_vol.01
Cap17 pro resp_ee_vol.01Luciane Soares
 
Respostas das questões do livro texto
Respostas das questões do livro textoRespostas das questões do livro texto
Respostas das questões do livro textomarioferreiraneto
 
Correção das atividades do capítulo 3
Correção das atividades do capítulo 3Correção das atividades do capítulo 3
Correção das atividades do capítulo 3Colégio Parthenon
 
Análise de literatura de dois gumes
Análise de literatura de dois gumesAnálise de literatura de dois gumes
Análise de literatura de dois gumesma.no.el.ne.ves
 

Destaque (20)

Conexões - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol3 - slides complementa...
Conexões - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol3 - slides complementa...Conexões - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol3 - slides complementa...
Conexões - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol3 - slides complementa...
 
Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol1 - slides complementa...
Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol1 - slides complementa...Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol1 - slides complementa...
Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol1 - slides complementa...
 
14 2
14 214 2
14 2
 
Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol2 - slides complementa...
Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol2 - slides complementa...Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol2 - slides complementa...
Conexoes - Estudos de Geografia Geral e do Brasil - vol2 - slides complementa...
 
Gabarito geo-capítulo1
Gabarito geo-capítulo1Gabarito geo-capítulo1
Gabarito geo-capítulo1
 
Gabarito cap.19
Gabarito cap.19Gabarito cap.19
Gabarito cap.19
 
Orient coment cap01 (1)
Orient coment cap01 (1)Orient coment cap01 (1)
Orient coment cap01 (1)
 
Correção – caderno do estudante
Correção – caderno do estudanteCorreção – caderno do estudante
Correção – caderno do estudante
 
Matrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesMatrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidades
 
Cap17 pro resp_ee_vol.01
Cap17 pro resp_ee_vol.01Cap17 pro resp_ee_vol.01
Cap17 pro resp_ee_vol.01
 
Geografia cap 1 a 18
Geografia cap 1 a 18Geografia cap 1 a 18
Geografia cap 1 a 18
 
Respostas das questões do livro texto
Respostas das questões do livro textoRespostas das questões do livro texto
Respostas das questões do livro texto
 
Quadro si..
Quadro si..Quadro si..
Quadro si..
 
14 3
14 314 3
14 3
 
14 1
14 114 1
14 1
 
Capitulo17
Capitulo17Capitulo17
Capitulo17
 
Aval parc 1º
Aval parc 1ºAval parc 1º
Aval parc 1º
 
Correção das atividades do capítulo 3
Correção das atividades do capítulo 3Correção das atividades do capítulo 3
Correção das atividades do capítulo 3
 
Capítulo1
Capítulo1Capítulo1
Capítulo1
 
Análise de literatura de dois gumes
Análise de literatura de dois gumesAnálise de literatura de dois gumes
Análise de literatura de dois gumes
 

Mais de Antonio Carlos da Silva (20)

Cartografia - revisao - material UNOi
Cartografia - revisao - material UNOiCartografia - revisao - material UNOi
Cartografia - revisao - material UNOi
 
Relevo i
Relevo iRelevo i
Relevo i
 
Desconcentração espacial da indústria
Desconcentração espacial da indústriaDesconcentração espacial da indústria
Desconcentração espacial da indústria
 
O espaço industrial ii
O espaço industrial iiO espaço industrial ii
O espaço industrial ii
 
O espaço industrial
O espaço industrialO espaço industrial
O espaço industrial
 
Correcao 3ª
Correcao 3ªCorrecao 3ª
Correcao 3ª
 
O espaço industrial
O espaço industrialO espaço industrial
O espaço industrial
 
Formigueiros humanos
Formigueiros humanosFormigueiros humanos
Formigueiros humanos
 
Desgualdade e exclusão
Desgualdade e exclusãoDesgualdade e exclusão
Desgualdade e exclusão
 
Aval parc 2ª_2ºtri
Aval parc 2ª_2ºtriAval parc 2ª_2ºtri
Aval parc 2ª_2ºtri
 
Aval parc 1ª_2ºtri
 Aval parc 1ª_2ºtri Aval parc 1ª_2ºtri
Aval parc 1ª_2ºtri
 
Políticas territoriais
Políticas territoriaisPolíticas territoriais
Políticas territoriais
 
União européia
União européiaUnião européia
União européia
 
Formação territorial e povoamento
Formação territorial e povoamentoFormação territorial e povoamento
Formação territorial e povoamento
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
O fim da urss desdobr
O fim da urss desdobrO fim da urss desdobr
O fim da urss desdobr
 
O fim da urss desdobramentos
O fim da urss desdobramentosO fim da urss desdobramentos
O fim da urss desdobramentos
 
O fim da urss
O fim da urssO fim da urss
O fim da urss
 
Formação da sociedade
Formação da sociedadeFormação da sociedade
Formação da sociedade
 
Os fluxos e o sistema de transportes
Os fluxos e o sistema de transportesOs fluxos e o sistema de transportes
Os fluxos e o sistema de transportes
 

Último

A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 

Último (20)

A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 

Capítulo 15 repostas exercícios

  • 1. Moderna PLUS GEOGRAFIA LYGIA TERRA REGINA ARAUJO RAUL BORGES GUIMARÃES 1 CONEXÕES Parte I Sociedade e espaço Unidade D A nação brasileira Volume único CAPÍTULO 15 - POPULAÇÃO E DIVERSIDADE CULTURAL NO BRASIL Abertura do capítulo 197 Itália e Alemanha, o que demonstra os laços dos emigrantes com seus antecedentes familiares. O volume de recursos Espera-se que os alunos percebam a diversidade étnico- cultural. Nas pinturas, podem ser observados homens e enviados ao Brasil em 2004 foi de aproximadamente 6 mulheres brancos, negros, mamelucos, mulatos e tupis. bilhões de dólares. Quase metade desse dinheiro foi usada nos gastos diários dos familiares dos migrantes. Outros 13% Conexões visuais 200 foram usados com educação, 10% investidos em negócios, 9% aplicados em poupança, 7% na compra de propriedades De acordo com os dados, mesmo com o aumento da es- e 15% tiveram outros destinos. colarização, não se verifica uma diminuição da desigualdade da remuneração entre brancos e negros no Brasil. Conexões visuais 207 A reserva é a sexta parte do total das áreas indígenas no Eixos transversais Diversidade étnico-cultural estado e 1/13 do total da área do estado. Para o cálculo, Estudo de caso 201 basta dividir os valores por 17 mil. a) O texto 1 é favorável às cotas, utilizando os Conexões visuais 208 seguintes argumentos: apenas 2% das vagas nas universidades públicas são ocupadas por afrodescendentes; inúmeros talentos da Situação jurídica das Terras Indígenas (TIs) no Brasil comunidade negra não têm oportunidades por causa de um sistema de seleção 16,11% inadequado, insuficiente e excludente; os Em identificação 0,10% alunos cotistas apresentam rendimento Com restrição 0,49% escolar igual ou acima da média dos demais e de uso a não 0,42% evasão escolar menor que os demais. indígenas 4,28% b) O primeiro texto admite que o sistema Identificada 1,92% de cotas não é o único mecanismo para a 8,39% superação das desigualdades raciais no Brasil. Declarada 9,27% O segundo texto afirma que esse sistema é apenas uma indicação dos sintomas de 3,13% Reservada nossas enfermidades sociais, mas dificilmente 0,13% será o remédio. Nesse aspecto os dois textos 3,95% Homologada desenvolvem uma ideia em comum. 1,41% Registrada no 63,65% Conexões visuais 202 RI e/ou no SPU 86,75% No Paraná, a comunidade eslava é mais expressiva. Conexões visuais 203 Nº de TIs Extensão (hectares) O processo de povoamento da região foi dominado pela implantação de núcleos de imigrantes, que praticavam a As Terras Indígenas registradas no Cartório de Registro agricultura familiar em pequenas propriedades. Até hoje esse de Imóveis e/ou Serviço de Patrimônio da União estão em modelo de agricultura predomina na região de Bento Gon- primeiro lugar tanto em número quanto em extensão. Em çalves, ainda que tenha sido integrado à produção industrial. segundo lugar, em extensão, vêm as Terras Indígenas decla- Conexões visuais 204 radas e, em número, as Terras em identificação. Esclarecer para os alunos que o processo de regularização das Terras Uma parcela significativa dos imigrantes italianos chegou Indígenas inclui a identificação, a delimitação (reconhecimento na segunda metade do século XIX para trabalhar nas fazen- dos limites), a demarcação das fronteiras em campo, a homo- das de café. Mais tarde seus descendentes se estabeleceram www.modernaplus.com.br logação e o registro em cartório. na capital paulista. Conexões visuais 204 Novos rumos 208 No início do século XX, com a chegada dos imigrantes Trata-se de famílias que, miscigenadas, reencontram, japoneses. no presente, contextos políticos e históricos favoráveis à retomada da identidade indígena. Embora muitos desses Conexões visuais 205 indígenas estejam aculturados, isto é, frequentam escola, Conforme pode ser observado no mapa, as principais vestem roupas, falam português e utilizam objetos indus- portas de entrada de brasileiros na Europa são Portugal, trializados e tecnológicos, não deixam de ser índios, pois
  • 2. Moderna PLUS GEOGRAFIA LYGIA TERRA REGINA ARAUJO RAUL BORGES GUIMARÃES 2 CONEXÕES Parte I Sociedade e espaço Unidade D A nação brasileira Volume único apresentam um modo característico de vida, uma história, populações humanas não tem fundamento uma identidade e preservam muitas tradições e costumes. científico, pois, em termos biológicos, as diferenças individuais superam as eventuais Mãos à obra 209 diferenças entre os grupos. 1 Na Região Norte, porque nela ainda existem 4 a) No texto, o termo “preto” designa os escravos grandes extensões de terra marcadas pelas baixas obedientes e leais, enquanto o termo “negro” densidades demográficas, nas quais o processo refere-se aos revoltados e foragidos. de expulsão das comunidades indígenas é b) No texto analisado, os termos “preto” e “negro” historicamente mais recente. não estão relacionados a características 2 O gráfico mostra que os pardos e pretos compõem biológicas, mas à condição de inserção de a grande maioria entre os 10% mais pobres da determinados grupos na ordem escravocrata. população e representam a minoria entre o 1% Assim, o conceito de raça sobrevive mesmo mais rico. A desigualdade retratada no gráfico é, desprovido de qualquer fundamento antes de tudo, uma herança da escravidão. biológico, transformado em um instrumento 3 De acordo com essa afirmação, a aplicação de classificação das pessoas de acordo com do conceito de raça para classificar determinadas realidades sociais. www.modernaplus.com.br