Didática aula 01 01 10 2013

2.041 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.041
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
56
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
90
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Didática aula 01 01 10 2013

  1. 1. DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR Profª Rosinéia Oliveira Especialista em psicologia organizacional Blog: metodologiaeciencia.wordpress.com Professora.andreucci@gmail.com 1
  2. 2. DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR 2
  3. 3. A atual conformação legal (LDB 9394/96) admite uma variedade de tipos de instituições de ensino superior. UNIVERSIDADE Se caracteriza pela autonomia didática, administrativa e financeira, por desenvolver ensino, extensão e pesquisa, portanto, conta com número expressivo de mestres e doutores. 3
  4. 4. CENTRO UNIVERSITÁRIO Se caracteriza por atuar em uma ou mais áreas, com autonomia para abrir e fechar cursos e vagas de graduação e ensino de excelência. 4
  5. 5. FACULDADES INTEGRADAS Que reúnem instituições de diferentes áreas do conhecimento e oferecem ensino e, as vezes, extensão e pesquisa; 5
  6. 6. INSTITUTOS OU ESCOLAS SUPERIORES Atuam em área específica do conhecimento e podem ou não fazer pesquisa, além do ensino,mas, dependem do Conselho Nacional de Educação para criação de novos cursos. 6
  7. 7. No que se refere à exigência de titulação, o Decreto 2.207/97 determina que, no segundo ano de sua vigência, as instituições de ensino superior deverão contar com 15% de seus docentes titulados na pós-graduação strictu sensu, dos quais, 5% de doutores, pelo menos; 7
  8. 8. No quinto ano de vigência, com 25% dos quais 10% de doutores, pelo menos; e no oitavo ano de vigência, com um terço, dos quais 15% de doutores, pelo menos. 8
  9. 9. DIDÁTICA – BREVE GÊNESE HISTÓRICA Os cursos de licenciatura foram instituídos no Brasil em 1934, na Universidade de São Paulo (USP), com a finalidade explicita de oferecer aos bacharéis das várias áreas, os conhecimentos pedagógicos necessários às atividades de ensinar. A área da Pedagogia que tem por objetivo de estudo o ensino é a Didática. 9
  10. 10. MARCOS HISTÓRICOS DA DIDÁTICA O termo didática é conhecido desde à Grécia, representando uma ação de ensinar, presente nas diversas relações humanas. No século XVII, entre 1627 e 1657 João Amós Comênio escreve a obra Didática Magna – Tratado da arte universal de ensinar tudo a todos. 10
  11. 11. No século XVIII, Rousseau será o autor da segunda revolução didática. Sua obra dá origem a um novo conceito de infância, pondo em relevo sua natureza e transformando o método de ensinar em um procedimento natural, “exercido sem pressa e sem livros” (Castro, 1990, p. 19). 11
  12. 12. Século XIX: Herbart erige as bases da pedagogia científica e os passos formais da aprendizagem. 12
  13. 13. Século XX: Movimento escolanovista, que enfatiza o aprendiz como agente ativo da aprendizagem e a valorização dos métodos que respeitassem a natureza da criança, que a motivassem e estimulassem a aprender. 13
  14. 14. PROFESSOR REFLEXIVO Saberes da docência: saberes conceituais, integradores e pedagógicos; A importância da reflexão na ação; 14
  15. 15. A formação contínua: como processo de articulação entre o trabalho docente, o conhecimento e o desenvolvimento profissional do professor, enquanto possibilidade de postura reflexiva dinamizada pela práxis (Lima, 2001,p. 45). 15
  16. 16. ENSINO SUPERIOR: FINALIDADES Propiciar um conjunto de conhecimentos, métodos e técnicas científicas, que assegurem o domínio científico e profissional do campo específico e devem ser ensinados criticamente; Conduzir o aluno a uma progressiva autonomia; 16
  17. 17. Considerar o processo de ensinar e aprender como atividade integrada à investigação; Desenvolver a capacidade de reflexão; Substituir a simples transmissão de conteúdos por um processo de investigação do conhecimento; 17
  18. 18. Integrar, vertical e horizontalmente, a atividade de investigação à atividade de ensinar do professor, o que supõe trabalho em equipe; Criar e recriar situações de aprendizagem; Valorizar a avaliação diagnóstica; 18
  19. 19. Conhecer o universo cultural e de conhecimentos dos alunos e desenvolver, com base nele, processos de ensino e aprendizagem interativos e participativos. 19
  20. 20. A escola e o conhecimento: fundamentos epistemológicos e políticos; Pensamento sistêmico – A instituição do ensino como organização; Organização e Planejamento – Gestão da sala de aula; Docência universitária com profissionalismo. 20
  21. 21. MODELO EDUCACIONAL EDUCAÇÃO: processo global complexo. PEDAGOGIA: subsistema – campo teórico da prática educacional que não se restringe à sala de aula de espaços escolares. DIDÁTICA – MÉTODOS E TÉCNICAS DE ENSINO. (estratégias) 21
  22. 22. DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR CONCEITOS BÁSICOS 22
  23. 23. EDUCAÇÃO: Ato ou efeito de educar, processo de desenvolvimento das pessoas; PEDAGOGIA: teoria e ciência da educação e do ensino, conjunto de doutrinas, princípios e métodos de educação e instrução que tendem a um objetivo prático. 23
  24. 24. DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR CONCEITOS BÁSICOS DIDÁTICA: A técnica de dirigir e orientar a aprendizagem. Técnicas de ensino. O estudo de técnicas de ensino. 24
  25. 25. ENSINO: Transmissão de conhecimentos, informações ou esclarecimentos úteis e indispensáveis à educação ou fim determinado. APRENDIZAGEM: Processo pelo qual o indivíduo aprende algo tanto teórico como prático, e dentro das suas necessidades. 25
  26. 26. HISTÓRICO DA DIDÁTICA Entre os anos 20 e 50 – supera o tradicionalismo, e busca os princípios de individualidade e liberdade - aprender fazendo. 26
  27. 27. Nos 60 a 80 – trata o processo de ensino-aprendizagem como uma má ação intencional e sistêmica – ênfase na produtividade, eficiência, racionalização, operatividade e controle. 27
  28. 28. Momento atual: na atualidade as perspectiva da didática é assumir a multifuncionalidade do processo de ensino-aprendizagem e articular suas três dimensões: técnica, humana e política no centro configurador de sua temática. 28
  29. 29. CARACTERÍSTICA ATUAIS DA DIDÁTICA Trabalhar sempre contextualizando teoria x prática; Trabalhar as dimensões técnicas e humanas; Análise de diferentes metodologias, buscando adequar a visão do homem, da sociedade e do conhecimento; 29
  30. 30. Assumir o compromisso com a transformação social, buscando tornar o ensino eficaz para a maior parte da população; Romper com a prática profissional individualista, promovendo trabalhos multidisciplinar. 30
  31. 31. EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI Antes: Professor, professor. Depois: Professor, profissional. 31
  32. 32. CONSIDERAÇÕES FINAIS Apesar de desempenhar também um papel político e social, o docente tem seu foco no processo de ensino-aprendizagem, e para lidar com a diversidade de indivíduos que constituem o cenário universitário. 32
  33. 33. CONSIDERAÇÕES FINAIS O docente deverá possuir não apenas o domínio específico da área, mas também o domínio das áreas pedagógicas/andragógicas e o desenvolvimento das habilidades essenciais para o exercício docente, portanto, o docente do ensino superior deve, acima de tudo, ser um profissional da educação. 33
  34. 34. "Sem a curiosidade que me move, que me inquieta, que me insere na busca, não aprendo nem ensino". (Paulo Freire) Profª Rosinéia Oliveira Especialista em psicologia organizacional Blog: metodologiaeciencia.wordpress.com Professora.andreucci@gmail.com 34

×