SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Anne Frank
Marta Cortez
5ºB Nº19
Índice
• Introdução
• História
Introdução
Olá a todos, vou falar-vos de um
livro que a maioria deve
conhecer. Este, é o livro de
“Anne Frank”. O que eu li, neste
caso, é a adaptação.
História
Esta história passou-se na realidade, no séc. XX. Anne Frank era uma menina
que vivia na Alemanha em Frankfurt, ela tinha sorte, porque naquela altura
a Alemanha não era um país forte e rico como era antes. E o pai de Anne
tinha uma pequena empresa, a família Frank vivia bem, tinham uma boa
casa e tudo o que necessitavam. 
História
Anne ainda não tinha noção das
coisas por que era pequena, e foi
por isso que levou algum tempo a
perceber esta ameaça. Ora esta
ameaça era o quê? Adolf Hitler,
um homem que tinha resposta
para tudo, e quando lhe
perguntavam quem tinha a culpa
pela pobreza, ele dizia: OS
JUDEUS!!!
E prometia destruir os judeus,
ora Anne era judia, e não
imaginava o perigo que corria?!
História
Ora naquela altura de pobreza já havia muita gente a votar no partido
Nazi, (o partido de Hitler) então já os judeus sofriam, o Sr. Frank e a
sua família decidiram partir para a Holanda. Mas nem aí estavam
seguros. Uns anos depois, Hitler chega á Holanda, e Margot, a irmã de
Anne, fez 16 anos e acontece que recebe uma carta para se apresentar
á ordem de serviço de trabalho obrigatório. E então após se
aperceberem que corriam riscos, a família Frank decidiu prevenir-se.
História
Havia também uma senhora muito simpática a Miep , ela trabalhava para e
com o Sr. Frank ,e era principalmente muito apegada á sua família.
Apercebendo-se depois da carta de Margot, que a família corria riscos, o
Sr. Frank teve um plano, por cima do seu escritório existia um anexo
secreto abandonado, mas com casa de banho, canalização e energia.
O seu objetivo era passar com a sua família para o anexo e deixar a
guerra terminar.
História
E assim aconteceu, ao longo dos dias encaixotaram tudo.
Estavam prontos, deixaram uma morada falsa na casa, para os
vizinhos bisbilhoteiros, e foram-se embora.
A família Frank subiu para o anexo e instalou-se, ao correr dos
dias a Anne e o seu pai iam desencaixotando as coisas,
arrumando as mobílias etc.. A única pessoa que sabia era a Miep,
que lhes ia trazendo mantimentos e as novidades.
História
Chegaram ao anexo mais uns quantos judeus: um casal
com um filho (Pete), e um senhor. E já eram oito, portanto
qualquer discussão entre eles tinha de ser em silêncio,
passar os dias todos calados, pois algum barulho e podiam
ser denunciados. Passar o dia sem falar, era uma coisa
complicada para a Anne.
História
Mas um dia Anne lembrou-se do diário
que lhe tinham oferecido no seu
aniversário. Tinha começado a
escrever todos os dias, os
sentimentos, o que acontecia, e a vida
que levava. Por uma inexplicável razão
tudo o que escrevia era como uma
carta para uma rapariga que conheceu
em tempos (Kitty), e sabia que ela não
as iria ler.
Em tempos Anne que achara Pete
mimado, agora o compreendia, até
que ambos chegaram a se
apaixonarem um pelo outro.
História
Mas a sua relação de poucas palavras era cada vez mais
séria e trágica, ambos, juntos iam para ao pé da janela
do anexo, sentavam-se lado a lado e olhavam para o
céu. Era aquilo que lhes dava esperança.
Já quase no fim da guerra, o natural, foi as pessoas do
anexo talvez já não terem tanto cuidado com o barulho.
E de certeza que ouve alguém que os ouviu…
Certo dia, começaram a ouvir passos que vinham dar ao
anexo, em pânico sem se poderem esconder, ficaram
parados e apareceram as tropas de Hitler.
Todos foram levados…
História
No final da guerra apenas o Sr. Frank voltara a casa.
Ele sabia que a mulher tinha morrido e rezava para ter
boas notícias das filhas, mas infelizmente ambas tinham
morrido de tifo num campo de concentração alemão.
Otto Frank, pai da Anne, foi ao seu escritório e sentou-se,
estava completamente só, Miep vendo-o assim, lembrou-
se do diário de Anne, correu e trouxe-o e deu-o lhe.
Anne Frank era uma rapariga muito nova e sua curta vida
tinha chegado ao fim, mas a sua história tinha agora
começado.
THE END

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ficha de leitura O Diario de Anne Frank
Ficha de leitura  O Diario de Anne FrankFicha de leitura  O Diario de Anne Frank
Ficha de leitura O Diario de Anne Frank
BeatrizMarques25
 
Textos autobiográficos
Textos autobiográficosTextos autobiográficos
Textos autobiográficos
Vanda Marques
 
Os filhos da_droga
Os filhos da_drogaOs filhos da_droga
Os filhos da_droga
Msaude
 

Mais procurados (20)

Anne Frank
Anne FrankAnne Frank
Anne Frank
 
Ficha de leitura O Diario de Anne Frank
Ficha de leitura  O Diario de Anne FrankFicha de leitura  O Diario de Anne Frank
Ficha de leitura O Diario de Anne Frank
 
Anne frank
Anne frankAnne frank
Anne frank
 
Anne Frank
Anne FrankAnne Frank
Anne Frank
 
Diário de anne frank
Diário de anne frankDiário de anne frank
Diário de anne frank
 
Ficha de leitura sobre o livro "O Diário de Anne Frank".
Ficha de leitura sobre o livro "O Diário de Anne Frank".Ficha de leitura sobre o livro "O Diário de Anne Frank".
Ficha de leitura sobre o livro "O Diário de Anne Frank".
 
Anne frank
Anne frankAnne frank
Anne frank
 
Diario de anne frank quadrinhos
Diario de anne frank quadrinhosDiario de anne frank quadrinhos
Diario de anne frank quadrinhos
 
Biografia de anne frank
Biografia de anne frankBiografia de anne frank
Biografia de anne frank
 
Ficha de leitura- O Diário de Anne Frank.
Ficha de leitura- O Diário de Anne Frank.Ficha de leitura- O Diário de Anne Frank.
Ficha de leitura- O Diário de Anne Frank.
 
O Diário de Anne Frank
O Diário de Anne FrankO Diário de Anne Frank
O Diário de Anne Frank
 
Ficha de Leitura- O Diário de Anne Frank
Ficha de Leitura- O Diário de Anne FrankFicha de Leitura- O Diário de Anne Frank
Ficha de Leitura- O Diário de Anne Frank
 
Anne Frank
Anne FrankAnne Frank
Anne Frank
 
Intertextualidade em Harry Potter.pdf
Intertextualidade em Harry Potter.pdfIntertextualidade em Harry Potter.pdf
Intertextualidade em Harry Potter.pdf
 
Visita virtual A Casa de Anne Frank
Visita virtual  A Casa de Anne FrankVisita virtual  A Casa de Anne Frank
Visita virtual A Casa de Anne Frank
 
Ficha de leitura : Diário de Anne Frank
Ficha de leitura : Diário de Anne FrankFicha de leitura : Diário de Anne Frank
Ficha de leitura : Diário de Anne Frank
 
Diario de anne frank
Diario de anne frankDiario de anne frank
Diario de anne frank
 
Textos autobiográficos
Textos autobiográficosTextos autobiográficos
Textos autobiográficos
 
Ficha de Leitura " 1984"
Ficha de Leitura " 1984"Ficha de Leitura " 1984"
Ficha de Leitura " 1984"
 
Os filhos da_droga
Os filhos da_drogaOs filhos da_droga
Os filhos da_droga
 

Semelhante a Anne frank

resumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkld
resumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkldresumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkld
resumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkld
CicleideMaciel
 
dtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdf
dtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdfdtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdf
dtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdf
Lucas84223
 
Narrativas Autobiográficas e Identidade e Cultura I.pptx
Narrativas Autobiográficas e Identidade e Cultura I.pptxNarrativas Autobiográficas e Identidade e Cultura I.pptx
Narrativas Autobiográficas e Identidade e Cultura I.pptx
AnonymousOMPRrii
 

Semelhante a Anne frank (20)

Caderno de leitura
Caderno de leituraCaderno de leitura
Caderno de leitura
 
resumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkld
resumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkldresumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkld
resumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkld
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
dtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdf
dtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdfdtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdf
dtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdf
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Anne frank - Prof. Altair Aguilar
Anne frank - Prof. Altair AguilarAnne frank - Prof. Altair Aguilar
Anne frank - Prof. Altair Aguilar
 
O diário de Anne Frank.pdf
O diário de Anne Frank.pdfO diário de Anne Frank.pdf
O diário de Anne Frank.pdf
 
Jornal ho..
Jornal ho..Jornal ho..
Jornal ho..
 
Anne frank
Anne frankAnne frank
Anne frank
 
Anne frank
Anne frankAnne frank
Anne frank
 
Anne Frank
Anne FrankAnne Frank
Anne Frank
 
AnneFrank
AnneFrankAnneFrank
AnneFrank
 
Anne Frank1
Anne Frank1Anne Frank1
Anne Frank1
 
Sugestões de leitura
Sugestões de leituraSugestões de leitura
Sugestões de leitura
 
Narrativas Autobiográficas e Identidade e Cultura I.pptx
Narrativas Autobiográficas e Identidade e Cultura I.pptxNarrativas Autobiográficas e Identidade e Cultura I.pptx
Narrativas Autobiográficas e Identidade e Cultura I.pptx
 
«A ler+ o holocausto» ebook 9.º f
«A ler+ o holocausto»  ebook 9.º f«A ler+ o holocausto»  ebook 9.º f
«A ler+ o holocausto» ebook 9.º f
 
O amor de anne frank
O amor de anne frank O amor de anne frank
O amor de anne frank
 
Anne Frank
 Anne Frank Anne Frank
Anne Frank
 
Asa nl port8_teste 1
Asa nl port8_teste 1Asa nl port8_teste 1
Asa nl port8_teste 1
 

Mais de profmoralebicc

O meu papel na família
O meu papel na família O meu papel na família
O meu papel na família
profmoralebicc
 
O meu papel na familia
O meu papel na familiaO meu papel na familia
O meu papel na familia
profmoralebicc
 
O meu papel na família
O meu papel na famíliaO meu papel na família
O meu papel na família
profmoralebicc
 
O meu papel na família
O meu papel na famíliaO meu papel na família
O meu papel na família
profmoralebicc
 
As tradições da páscoa
As tradições da páscoa As tradições da páscoa
As tradições da páscoa
profmoralebicc
 

Mais de profmoralebicc (20)

sou pessoa - mafalda
sou pessoa - mafalda sou pessoa - mafalda
sou pessoa - mafalda
 
Religião moral (amizade) gaspar fonseca
Religião moral (amizade)  gaspar fonsecaReligião moral (amizade)  gaspar fonseca
Religião moral (amizade) gaspar fonseca
 
O abecedário da amizade francisco
O abecedário da amizade   franciscoO abecedário da amizade   francisco
O abecedário da amizade francisco
 
Abecedário da amizade gonçalo e guilherme 6ºano
Abecedário da amizade gonçalo e guilherme 6ºanoAbecedário da amizade gonçalo e guilherme 6ºano
Abecedário da amizade gonçalo e guilherme 6ºano
 
Abecedário da amizade matilde e mafalda
Abecedário da amizade matilde e mafaldaAbecedário da amizade matilde e mafalda
Abecedário da amizade matilde e mafalda
 
O meu papel na família
O meu papel na família O meu papel na família
O meu papel na família
 
A fome
A fome   A fome
A fome
 
O meu papel na familia
O meu papel na familiaO meu papel na familia
O meu papel na familia
 
A família
A família  A família
A família
 
O meu papel na família
O meu papel na famíliaO meu papel na família
O meu papel na família
 
O meu papel na família
O meu papel na famíliaO meu papel na família
O meu papel na família
 
As tradições da páscoa
As tradições da páscoa As tradições da páscoa
As tradições da páscoa
 
A familia
A familiaA familia
A familia
 
A familia
A familiaA familia
A familia
 
a origem dos anos bissextos ricardo
a origem dos anos bissextos ricardoa origem dos anos bissextos ricardo
a origem dos anos bissextos ricardo
 
A origem dos anos bissextos - Marta
A origem dos anos bissextos - Marta A origem dos anos bissextos - Marta
A origem dos anos bissextos - Marta
 
A origem dos anos bissestos - Carolina
A origem dos anos bissestos - CarolinaA origem dos anos bissestos - Carolina
A origem dos anos bissestos - Carolina
 
promover a concórdia
promover a concórdiapromover a concórdia
promover a concórdia
 
Sentimentos
SentimentosSentimentos
Sentimentos
 
As gemeas
As gemeasAs gemeas
As gemeas
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 

Último (20)

Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 

Anne frank

  • 3. Introdução Olá a todos, vou falar-vos de um livro que a maioria deve conhecer. Este, é o livro de “Anne Frank”. O que eu li, neste caso, é a adaptação.
  • 4. História Esta história passou-se na realidade, no séc. XX. Anne Frank era uma menina que vivia na Alemanha em Frankfurt, ela tinha sorte, porque naquela altura a Alemanha não era um país forte e rico como era antes. E o pai de Anne tinha uma pequena empresa, a família Frank vivia bem, tinham uma boa casa e tudo o que necessitavam. 
  • 5. História Anne ainda não tinha noção das coisas por que era pequena, e foi por isso que levou algum tempo a perceber esta ameaça. Ora esta ameaça era o quê? Adolf Hitler, um homem que tinha resposta para tudo, e quando lhe perguntavam quem tinha a culpa pela pobreza, ele dizia: OS JUDEUS!!! E prometia destruir os judeus, ora Anne era judia, e não imaginava o perigo que corria?!
  • 6. História Ora naquela altura de pobreza já havia muita gente a votar no partido Nazi, (o partido de Hitler) então já os judeus sofriam, o Sr. Frank e a sua família decidiram partir para a Holanda. Mas nem aí estavam seguros. Uns anos depois, Hitler chega á Holanda, e Margot, a irmã de Anne, fez 16 anos e acontece que recebe uma carta para se apresentar á ordem de serviço de trabalho obrigatório. E então após se aperceberem que corriam riscos, a família Frank decidiu prevenir-se.
  • 7. História Havia também uma senhora muito simpática a Miep , ela trabalhava para e com o Sr. Frank ,e era principalmente muito apegada á sua família. Apercebendo-se depois da carta de Margot, que a família corria riscos, o Sr. Frank teve um plano, por cima do seu escritório existia um anexo secreto abandonado, mas com casa de banho, canalização e energia. O seu objetivo era passar com a sua família para o anexo e deixar a guerra terminar.
  • 8. História E assim aconteceu, ao longo dos dias encaixotaram tudo. Estavam prontos, deixaram uma morada falsa na casa, para os vizinhos bisbilhoteiros, e foram-se embora. A família Frank subiu para o anexo e instalou-se, ao correr dos dias a Anne e o seu pai iam desencaixotando as coisas, arrumando as mobílias etc.. A única pessoa que sabia era a Miep, que lhes ia trazendo mantimentos e as novidades.
  • 9. História Chegaram ao anexo mais uns quantos judeus: um casal com um filho (Pete), e um senhor. E já eram oito, portanto qualquer discussão entre eles tinha de ser em silêncio, passar os dias todos calados, pois algum barulho e podiam ser denunciados. Passar o dia sem falar, era uma coisa complicada para a Anne.
  • 10. História Mas um dia Anne lembrou-se do diário que lhe tinham oferecido no seu aniversário. Tinha começado a escrever todos os dias, os sentimentos, o que acontecia, e a vida que levava. Por uma inexplicável razão tudo o que escrevia era como uma carta para uma rapariga que conheceu em tempos (Kitty), e sabia que ela não as iria ler. Em tempos Anne que achara Pete mimado, agora o compreendia, até que ambos chegaram a se apaixonarem um pelo outro.
  • 11. História Mas a sua relação de poucas palavras era cada vez mais séria e trágica, ambos, juntos iam para ao pé da janela do anexo, sentavam-se lado a lado e olhavam para o céu. Era aquilo que lhes dava esperança. Já quase no fim da guerra, o natural, foi as pessoas do anexo talvez já não terem tanto cuidado com o barulho. E de certeza que ouve alguém que os ouviu… Certo dia, começaram a ouvir passos que vinham dar ao anexo, em pânico sem se poderem esconder, ficaram parados e apareceram as tropas de Hitler. Todos foram levados…
  • 12. História No final da guerra apenas o Sr. Frank voltara a casa. Ele sabia que a mulher tinha morrido e rezava para ter boas notícias das filhas, mas infelizmente ambas tinham morrido de tifo num campo de concentração alemão. Otto Frank, pai da Anne, foi ao seu escritório e sentou-se, estava completamente só, Miep vendo-o assim, lembrou- se do diário de Anne, correu e trouxe-o e deu-o lhe. Anne Frank era uma rapariga muito nova e sua curta vida tinha chegado ao fim, mas a sua história tinha agora começado.