A Criação do Liceu Maranhense  “ Instruir é, pois, o primeiro e mais categórico dever de cada nação”                      ...
   Lei Provincial de n°. 77 de 24 de julho de 1838:   "VICENTE TOMÁS PIRES DE FIGUEIREDO DE CAMARGO, Presidente da    P...
 Professores deveriam forma uma  Congregação que organizaria estatutos; O estatuto teria como base: 1ª.) Aula uma só  ve...
 Para reger qualquer das cadeiras da  Província o cidadão brasileiro passaria por  um concurso; Ainda segundo a Lei, a C...
   1° Matemática Elementar – João Nepomuceno    Xavier de Brito;   2° Geografia – Cândido Mendes de Almeida;   3° Gramá...
Convento do Carmo
Convento do Carmo antes da         reforma
Liceu em 1838   Atualmente
A Criação do liceu maranhense
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Criação do liceu maranhense

1.247 visualizações

Publicada em

Trabalho Científico sobre a criação do Liceu Maranhense.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.247
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
186
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Criação do liceu maranhense

  1. 1. A Criação do Liceu Maranhense “ Instruir é, pois, o primeiro e mais categórico dever de cada nação” Licino Cardoso
  2. 2.  Lei Provincial de n°. 77 de 24 de julho de 1838: "VICENTE TOMÁS PIRES DE FIGUEIREDO DE CAMARGO, Presidente da Província do Maranhão, faço saber a todos os seus habitantes que a Assembléia Legislativa Provincial decretou, e eu sancionei a Lei seguinte: Art. 1°. Formar-se-á um Liceu na Capital da província com a reunião das seguintes cadeiras: 1ª. Filosofia Racional e Moral 2ª. Retórica e Poética 3ª. Geografia e História 4ª. Gramática Filosófica da Língua, e análise dos nossos clássicos 5ª. Língua Latina 6ª. Língua Grega 7ª. Língua Francesa 8ª. Língua Inglesa 9ª. Desenho 10ª. Aritmética, primeira parte de Álgebra, Geometria, e Trigonometria Plana 11ª. Segunda. Parte de Álgebra, Cálculo, e Mecânica 12ª. Navegação, Trigonometria Esférica, e Observações Astronômicas 13ª. Cálculo Mercantil, e Escrituração por Partidas Dobradas, formando Cadeira com a 10ª. o Curso de Comércio, e as 10ª., 11ª. 12ª Marinha.
  3. 3.  Professores deveriam forma uma Congregação que organizaria estatutos; O estatuto teria como base: 1ª.) Aula uma só vez no dia; 2ª.) Feriados às quintas-feiras, quando não houverem Dias Santos na semana; 3ª.) Ferias pelo Natal, Semana Santa, e no fim do ano letivo, contanto que estas não excedam a dois meses em cada ano; O Liceu teria um diretor, um secretário e um porteiro;
  4. 4.  Para reger qualquer das cadeiras da Província o cidadão brasileiro passaria por um concurso; Ainda segundo a Lei, a Congregação do Liceu deveria apresentar todos os anos à Assembléia Legislativa Provincial, por intermédio do Governo, um Relatório; E o Governo providenciaria um edifício para o Liceu, assim como os utensílios, e quaisquer despesas necessárias a este estabelecimento.
  5. 5.  1° Matemática Elementar – João Nepomuceno Xavier de Brito; 2° Geografia – Cândido Mendes de Almeida; 3° Gramática Filosófica (Português) – Padre Antônio da Costa Duarte; 4° Latim -– Francisco Sotero dos Reis; 5° Retórica – Dr. Encarnação e Silva; 6° Francês – Francisco Raimundo Quadros; 7° Inglês – Antônio Jansen dos Passos; 8° História Universal – Cândido Mendes; 9° Comércio – Estevão Rafael de Carvalho; 10° Filosofia Racional e Moral – Frederico Magno de Abranches.
  6. 6. Convento do Carmo
  7. 7. Convento do Carmo antes da reforma
  8. 8. Liceu em 1838 Atualmente

×