Répteis 3B

404 visualizações

Publicada em

Trabalho de biologia
Profª Maria Teresa iannaco Grego

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
404
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Répteis 3B

  1. 1. E.E.PROF.LUIZ GONZAGA RIGHINI RÉPTEIS Professora: Maria Teresa Ano: 3° ano B setembro de 2015
  2. 2. O que são os répteis?  O nome réptil vem do latim reptare, rastejar. A característica mais comum dos répteis é a locomoção por meio do rastejamento, roçando o ventre no solo.  Considerados popularmente animais de sangue frio, os répteis são, na verdade, animais ectotérmicos (que dependem do calor do ambiente externo para regular a temperatura do seu corpo).
  3. 3. Classificação científica:  Reino: Animalia  Filo: Chordata  Classe: Reptilia  Ordem: Squamata
  4. 4. Répteis apresentam algumas características em comum:  Membros locomotores situados no mesmo plano do corpo (justificando assim, o rastejamento do ventre no solo);  O sistema digestório é completo, com glândulas bem desenvolvidas, como fígado e pâncreas, terminando em cloaca;  A circulação é fechada, dupla e completa;
  5. 5. Alimentação  A alimentação dos répteis varia. Alguns se alimentam de insetos, outros são vegetarianos e se alimentam de flores. Tem os que comem ovos, peixes e outros animais, há também os que comem algas e sementes. Ou seja, cada espécie têm a sua própria alimentação e ela varia de acordo com o habitat em que vive. Inserir um mosaico de imagens com as possibilidades dos alimentos listados acima que os répteis comem.
  6. 6. Fecundação  Fecundação interna, geralmente por órgãos copuladores; Algumas espécies botam ovos grandes (ovíparas), com grandes vitelos, em cascas córneas ou calcárias, como os jacarés, as tartarugas e algumas cobras e lagartos. Outras espécies são vivíparas, ou seja, os ovos são retidos pela fêmea para o desenvolvimento dos filhotes (ex. algumas cobras e lagartos).
  7. 7. Ovos  Os ovos dos répteis têm as suas cascas e membranas (camadas) grossas, evitando a perda de umidade dentro do ovo. Os embriões ficam protegidos e os répteis podem viver longe da água.
  8. 8. A pele dos répteis  A pele do réptil é seca e escamosa. As cobras e os lagartos têm uma camada de escamas sobrepostas (como um telhado de uma casa).  Já as escamas da pele dos quelônios, crocodilos e tuataras são em placas.  Os crocodilos e alguns tipos de lagartos têm umas peças osseas chamadas “osteodermos” dentro de suas escamas. Essas peças têm a função de um escudo protetor.  Algumas espécies de répteis trocam de pele várias vezes ao ano.
  9. 9. Hibernação  Os répteis não suportam lugares de temperatura muito baixa e nem muito alta. Durante o inverno algumas espécies hibernam. Ficam num estado de dormência. Essa é a forma que encontraram de manter a temperatura necessária para sobreviverem ao frio do inverno. Antes de hibernar, os répteis comem uma grande quantidade de alimentos para formar uma camada grossa de gordura no corpo. Para hibernar os répteis se enterram nos solos ou deslizam dentro de fendas nas rochas.
  10. 10. Répteis pré-historicos  O primeiro réptil que apareceu na Terra foi cerca de 340 milhões de anos atrás. Seu ancestral era anfíbio, mas já o primeiro réptil podia respirar sem a necessidade de retornar a água.  O período Mesozoico foi o tempo em que a Terra era dominada pelos répteis. Esse período é também chamado “A era dos répteis”. Durante milhões de anos eles foram evoluindo e se adaptando conforme as possibilidades de sobrevivência e alimentação. Alguns aprenderam a voar e outros retornaram a viver nos oceanos.
  11. 11. Grupo de répteis Hoje há quatro principais grupos de répteis que ainda permanecem na Terra:  ordem Chelonia (tartarugas, cágados e jabutis) com 225 espécies;  ordem Squamata (cobras e lagartos) com 5.800 espécies;  ordem Crocodilia ( crocodilos e jacarés) com 21 espécies  ordem Rhynchocephalia (as tuataras) com 2 espécies.
  12. 12. Chelonia  Esses animais, também chamados de quelônios, possuem uma carapaça em volta de seu corpo. Além disso, possuem cauda e quatro patas. Podem ser encontrados em ambientes terrestres ou aquáticos, de água doce ou salgada.
  13. 13. Squamata  São animais que fazem parte da classe dos répteis (Reptilia) que apresentam como principal característica a presença de escamas no corpo. Fazem parte desta ordem os anfisbenas, serpentes e lacertílios.
  14. 14. Serpentes  Animais de corpo longo, cilíndrico, com cauda comprida. São típicos de ambiente terrestre, podendo ser encontrados também em buracos, embaixo de troncos de árvores e, em alguns casos, em ambiente aquático.
  15. 15. Crocodilia  Também chamados de crocodilianos, esses animais possuem corpo grande, com quatro patas e cauda. Podem ser encontrados em ambiente terrestre ou aquático.
  16. 16. Rhynchocephalia  Esses animais são encontrados somente na Nova Zelândia. São muito parecidos com os lagartos, mas apresentam um "terceiro olho" no alto da cabeça, coberto por uma membrana.
  17. 17. Curiosidades  O guizo das cascavéis é formado pelo acúmulo da parte externa da epiderme, que vai se acumulando na parte final da cauda. Pela quantidade de botões presentes no guizo do animal é possível saber por quantas mudas de pele ele já passou.  O único réptil lacertílio, pertencente a ordem Squamata, peçonhento (possuidor de veneno) é o monstro-de-gila.
  18. 18.  A lagartixa e algumas espécies de lagartos e iguanas possuem um importante recurso para fugirem de seus predadores. Estes animais escamados, no momento de ataque do predador, soltam a parte da cauda (que fica em movimento durante certo tempo), atraindo assim a atenção do predador. Enquanto isso ocorre, a presa consegue fugir. Com o tempo, ocorre a regeneração da parte da cauda perdida.
  19. 19. Trabalho de Biologia Répteis  Nomes: Beatriz Castro, Carolina Pina, Carolina Previtalli, Caroline Cruz, Joyce Nascimento, Kimberlly Justino, Thaina Mota Veronica Bernardino; setembro /2015
  20. 20. FIM

×