VIRASANTOS

1.196 visualizações

Publicada em

Titulo: VIRASANTOS
Alunos:Wellington Galhardi,Alessandro Massaji Konta,Kleber Moises Sanches,giovanna svizzero Beneti,Rafael Marcos de Freitas,Mirian Tsui Arasaki Doimo,
Cidade: Campinas
Disciplina: Escopo
Turma: GP32
Data:24-08-2012
Hora:19:12
Comentarios:Projeto Virasantos da Flow - PROJ32 - Campinas-SP
Publico até ápos a correção

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.196
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
363
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

VIRASANTOS

  1. 1. MBA em Gerenciamento de ProjetosGerenciamento de Escopo em Projetos CAMPINAS/SP – Turma 32
  2. 2. Projeto ViraSantos Construção de uma FerroviaCampinas - São Paulo - Santos pela FLOW
  3. 3. Equipe Flow (da esquerda para a direita)Alessandro , Mirian, Wellington, Rafael, Giovanna e Kleber
  4. 4. Equipe Flow Gerente do Projeto = Wellington Galhardi da Silva Gerente de Finanças = Mirian Tsui Arasaki DoimoGerente de Controladoria = Giovanna Suizzero Beneti Gerente de Obras = Rafael Marcos de Freitas Gerente de Aquisições = Kleber Moisés Sanches Gerente de Logística = Alessandro Massaji Konta
  5. 5. Termo de Abertura do Projeto• Projeto: Projeto ViraSantos - Construção de uma Ferrovia que ligue Campinas - São Paulo - Santos pela FLOW.• Descrição: O projeto ViraSantos foi criado para desafogar o transporte rodoviário de cargas no eixo Campinas - São Paulo - Santos.
  6. 6. Termo de Abertura do Projeto JustificativaGrandes congestionamentos que ocorrem no eixo Campinas - São Paulo - Santos(principalmente nas Rodovias Bandeirantes, Anhanguera, Anchieta, Imigrantes e TodaGrande São Paulo);Elevado custo logístico para a movimentação de cargas em função do problema decongestionamentos;Grande movimentação de Cargas nos aeroportos e portos do estado de São Paulo;Diminuição da emissão de gases poluentes em função do transporte ferroviário sermenos poluente do que o rodoviário;Novas oportunidades de empregos na construção da Ferrovia; ObjetivoO objetivo SMART do projeto consiste na construção da ferrovia para diminuir o tráfegorodoviário de cargas em até 30%, e o custo logístico de transporte de cargas em até35% no eixo Campinas - São Paulo - Santos, sem afetar e impactar as áreas deproteção permanente e as áreas de reserva legal. A construção da ferrovia deve serconcluída em 5 anos.
  7. 7. Termo de Abertura do Projeto RequisitosRequisitos Básicos do Produto:Velocidade máxima de até 80 km/h;Dormentes serem de concreto protendido;Estações a cada 50 km;Ferrovia suporte vagoes com Peso Bruto total de 130 toneladas e Capacidade decarga de 100 toneladas por vagão.Requisitos Básicos do Projeto:Prazo máximo para a construção da ferrovia é de 5 anos;Valor do projeto não deverá ultrapassar 15 bilhões de reais;O projeto atenderá todas as exigências ambientais, trabalhistas, construtivas bemcomoas exigências legais de uma ferrovia.
  8. 8. Termo de Abertura do Projeto DesignaçãoGerente do Projeto será o Engenheiro Wellington Galhardi da Silva. Sendo eleresponsável pelo Projeto ViraSantos onde irão trabalhar em equipe com os demaisGerentes, aplicando as práticas de conhecimento do Gerenciamento de Projetos.Responsabilidades do Gerente de Projeto:1- Elaborar o plano de projeto;2- Integração entre as áreas;3- Determinação do escopo principal do projeto ( Prazo, custo e qualidade).4- Manter todos os envolvidos informados pelo projeto;5- Tomar ações que garantam o cumprimento do projeto;6 – Responsável pela contratação de terceiros.Autoridades do Gerente de Projeto:1 - Gerir recursos envolvidos no projeto;2 - Delegar funções e necessidades envolvidas no projeto
  9. 9. Termo de Abertura do Projeto Lista de MilestonesEstudo de Viabilidade economica e ambiental;Geoprocessamento do trecho da Ferrovia;Construção da Ferrovia e suas Estações;Entregas dos trechos e testes operacionais OrçamentoOrçamento total de R$15.000.000.000,00 (Quinze Bilhões de Reais).
  10. 10. Termo de Abertura do Projeto RiscosAtraso na liberação de licenças ambientas para a construção da Ferrovia (cadacidade,licenças diferentes);Problemas com desapropriação de terras e da população por onde a Ferrovia irápassar;Resistência à construção da Ferrovia de moradores ao entorno da linha férrea;Em dias de chuva não irá ocorrer construção da Ferrovia;Atraso no recebimento dos materiais para a construção da Ferrovia;Envolvimento de algum integrante da equipe de projetos em possível acidente detrabalho necessitando afastamento temporário do mesmo.
  11. 11. Identificação dos Stakeholders ISH - Identificação de Stakeholder ISH - Identificação de Stakeholder Cadastro Qualificação Requisitos superficiais Plano de Ação do G.P. Influência Interesse Telefone e-mail Poder DDD Papel no Classificaçã Outras Estratégia (o queStakeholder Posição Expectativa, Necessidade, Anseio Quando projeto o características fazer) Potencial fonte deISH 1 - Carlos conflitos e acordos Geração de empregos e Mostrar relatorios, Positiva Ministro do Inicial ao Start do de Lauro Foco de quanto a acessibilidade de locomoção de possibilidade de Alto Alto Transporte Sponsor Projeto e ao final Ministerio de atenção implemtanção do cargas , melhoria na qualidade de vida ganhos, marketing (Govermo) de casa fase Transporte projeto ou até mesmo da população e do meio ambiente positivo da ferróvia vedação. Criação de um plano de realocação de moradia SH 2 - João Lider da e oportunidades de Toda as fases População Negativo oposição - trabalho/renda. Convidar que antecede o Baixoafetada com Causador de Manter Fonte de conflito por Alto movimento da Não aceita a despropriação para uma reunião de Inicio da a problemas informado ser contra o projeto Comunidade da clarificação sobre o Construção (fasedespropriaçã região do projeto projeto e impactos e Construção) o mantê-los informados ao longo do projeto Criação de um plano de realocação de moradia SH 3 - Ana e oportunidades de Toda as fases População Lider do a favor - Identificou boas trabalho/renda. Convidar que antecede o Positivo Baixoafetada com movimento da Manter Alto Apoiador oportunidades para o Expectativa em oportunidades de para uma reunião de Inicio da a Comunidade da informado projeto melhoria de vida clarificação sobre o Construção (fasedespropriaçã região do projeto projeto e impactos e Construção) o mantê-los informados ao longo do projeto Envolvê-lo nas reuniões SH 4 - Luiz Identificou boas Inicial ao Start do Positiva Diretor geral do Facilitador Foco de da equipe, projeto Alto AltoAeroporto de oportunidades para o Maximizar demanda Projeto e ao final dpto de cargas Beneficiado atenção nessecita da integração Viracopos projeto de casa fase deste SH
  12. 12. Identificação dos Stakeholders ISH - Identificação de Stakeholder ISH - Identificação de Stakeholder Cadastro Qualificação Requisitos superficiais Plano de Ação do G.P. Influência Interesse Telefone e-mail Poder DDD Papel no Classificaçã Outras Estratégia (o queStakeholder Posição Expectativa, Necessidade, Anseio Quando projeto o características fazer) Envolvê-lo nas reuniões PositivaSH 5 - Paulo Identificou boas Inicial ao Start do Gerente de Facilitador Foco de da equipe, projeto Alto Alto Porto de oportunidades para o Maximizar demanda Projeto e ao final logistica Beneficiado atenção nessecita da integração Santos projeto de casa fase deste SH Representante PositivaSH 6 - Fabio dos veiculos de Identificou boas Inicial ao Start do Baixo Manter Melhoria nos meios de locomoção, Manter marketing AltoUsuários da passeio que Apoiador oportunidades para o Projeto e na fase informado maior acessibilidade positivo Rodovia passam pela projeto de Encerramento região Lider da Fonte de conflito por SH 7 - oposição ao ser contra o projeto e Negativo Preocupação com a perda de Não há estrategia, Inicial ao Start do Baixo Baixo Caroline projeto da ANTT Causador de Manter Poder marketing mercado proprio SH deverá entrar Projeto e na faseTransportado Agência Nacional problemas informado negativo à meios. de Encerramento ras de Transportes implementação da Terrestres ferróvia Lider a favor aoSH 8 - Diego projeto da ANTT Identificou boas Não há estrategia, Inicial ao Start do Positivo Baixo Manter Oportunidades em novos nichos de AltoTransportado Agência Nacional Apoiador oportunidades para o proprio SH deverá entrar Projeto e na fase informado transporte pouco explorados ras de Transportes projeto meios. de Encerramento Terrestres SH 9 - Potencial fonte de Mostrar relatorios Negativo Luciano conflitos quanto Cumprimento das normas, das Ministro do Meio Foco de continuos dos step by Inicial ao Start do Alto AltoMinistério do Regulador regularização atividades instruidas e minimizar os ambiente atenção step na quesião do meio Projeto Meio Ambiental da Area males da ferróvia. ambiente Ambiente afetada
  13. 13. Declaração de Requisitos do Produto DReq - Declaração de Requisitos Requisitos do Produto Rastreabilidade do Produto Componente Entrega onde seStakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade OK relacionado manifesta Segurança requerida:ISH 1 - Carlos Trilho paralelo para área de descanso e Foco de Ministerio de estações de carga e descarga a cada 50 km 1 S, M, A 1.5.3 Estação atenção Transporte Cancela antes de estaçõesSH 9 - Luciano Material dos trilhos não deve ser agressivo ao Foco de 1.1.1 Impacto Ministério do 1 S,M,R meio ambiente atenção AmbientalMeio Ambiente SH 10 - Construções de reforços em concreto e Wellington - Foco de 1.5.2 Implementação fundações em áreas arenosas e de com 1 S,M,A,R Gerente de atenção dos Trilhos dificuldades de instalação dos dormentes Projeto
  14. 14. Declaração de Requisitos do Produto DReq - Declaração de Requisitos Requisitos do Produto Rastreabilidade do Produto Componente Entrega onde seStakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade OK relacionado manifesta Característica técnica requerida: Dormente de concreto protendido com espaçamente de 62 cm Trilho de ferro fundido Lastro de pedra britada, com altura de 30 cmISH 1 - Carlos sob o dormente , ombro de 35cm, volume Foco de 1.5.2 Implementação Ministerio de 1 S, M, A geométrico de 2,1663 metros cúbicos e atenção dos Trilhos Transporte volume empolado de 2,6 metros cúbicos Sub lastro: solo laterítico, altura de 10 cm, volume geométrico de 0.93,3 metros cúbicos e volume empolado de 0,85 metros cúbicos Bitolas de 1,60 m Desempenho requerido:ISH 1 - Carlos Capacidade máxima de 30 toneladas por Foco de Ministerio de 1 S, M, A, T 1.6.1 Teste Final vagão atenção Transporte Velocidade máxima de 80 km em plena carga
  15. 15. Declaração de Requisitos do Projeto DReq - Declaração de Requisitos Requisitos do Projeto Rastreabilidade do Projeto Componente Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta OK relacionado ISH 1 - Carlos Custo deve ser no máximo de 15 Foco de Ministerio de 1 S, M, A 1.6.4 - Entrega bilhões de reais atenção Transporte ISH 1 - Carlos Obra deve ser completada dentro Foco de Ministerio de 1 S, M, A, T 1.6.4 - Entrega de 5 anos. atenção Transporte Comunicações sobre futuras SH 2 - João intervenções sobre rodovias, Manter 1.2.2 - Impcato Socio- População afetada ferrovias, rios, cidades e terrenos 1 M,R,T Informado econômicocom a despropriação durante a construção do caminho férreo e impacto social Comunicações sobre futuras SH 3 - Ana intervenções sobre rodovias, Manter 1.2.2 - Impcato Socio- População afetada ferrovias, rios, cidades e terrenos 1 M,R,T Informado econômicocom a despropriação durante a construção do caminho férreo e impacto social
  16. 16. Declaração de Requisitos do Projeto DReq - Declaração de Requisitos Requisitos do Projeto Rastreabilidade do Projeto Componente Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta OK relacionado Estação da Ferrovia estará SH 4 - Luiz localizada há uma distância Foco de Aeroporto de 3 S,A 1.5.3 Civil máxima de 5 km da área de carga atenção Viracopos de armanezagem do Aeroporto Estação da Ferrovia estará SH 5 - Paulo localizada há uma distância Foco de 3 S,A 1.5.3 Civil Porto de Santos máxima de 5 km da área de carga atenção de armanezagem do Porto Condições para transito de veicúlos SH 6 - Fabio Manter não deve ser impactados 3 S,M 1.5.4 EntregaUsuários da Rodovia negativamente pelo projeto Informado SH 7 - Caroline Caminhões de cargas devem ser Manter 3 S,M 1.5.4 Entrega Transportadoras permetidos transitar nas rodovias Informado
  17. 17. Declaração de Requisitos do Projeto DReq - Declaração de Requisitos Requisitos do Projeto Rastreabilidade do Projeto Componente Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta OK relacionado SH 8 - Diego Caminhões de cargas devem ser Manter 3 S,M 1.6.4 Entrega Transportadoras permetidos transitar nas rodovias Informado APA devem ser preservadas de SH 9 - Luciano acordo com Sistema Nacional de Foco deMinistério do Meio Unidades de Conservação, 1 S,M,R 1.1.1 Impacto Ambiental atenção Ambiente regulado pela Lei 9.985 de 18 de julho de 2000. Será subcontratada empresaSH 10 - Wellington - alemã com know-how em Foco de 1 S,M,A,R 1.4 ComprasGerente de Projeto construção de ferrovias pelo atenção método "Werktrein in Overpelt".SH 10 - Wellington - Será contratada empresa que Foco de 2 S, M, R 1.4 ComprasGerente de Projeto fornecerá 400km de trilhos de aço. atenção Será contratada empresa queSH 10 - Wellington - Foco de fornecerá mais de 800.000 2 S, M, R 1.4 ComprasGerente de Projeto atenção dormentes
  18. 18. Declaração do Escopo - Premissas• Jornada de trabalho de 8 horas por dia e 5 dias por semana;• Não haver processos judiciais;• Faturamento mensal (sem risco de parar a obra);• Materiais entregues dentro do prazo;• Durante escavações não encontrar falhas geológicas.
  19. 19. Declaração do Escopo - Restrições• Custo do projeto;• Prazo;• Trabalho em dias de chuva não serão considerados;• Quem vai assinar solicitações de mudança;• Solicitações de Mudança acima de 1 milhão de reais contactar sponsor.
  20. 20. Estrutura de Decomposição de Trabalho
  21. 21. Dicionário da WBSD-WBS Dicionário WBS Fase: Construção Entrega: Solo C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK Implantação de túneis sob a Preparação do solo ao ferrovia a cada 2 km em locais de1.5.1 Solo longo da rota definida no Passagens de fauna mata. Com termo de conclusão item 1.1.3 carimbado e assinado. Preparação do solo ao Checklist de terraplanagem1.5.1 Solo longo da rota definida no Terraplanagem carimbado e assinado pelo item 1.1.3 engenheiro especialista em solo
  22. 22. Dicionário da WBSD-WBS Dicionário WBS Fase: Construção Entrega: Trilhos C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK Relatório de aprovação do Fixação dos trilhos ao longo Aparelho de aparelho de mudança de via A1.5.2 Trilhos da rota definida no item mudança de via A aprovado, carimbado e assinado 1.1.3 pelo engenheiro responsável. Relatório dimensional de amostra Fixação dos trilhos ao longo do perfil do trilho aprovado,1.5.2 Trilhos da rota definida no item Perfil dos trilhos carimbado e assinado pelo 1.1.3 engenheiro responsável. Fixação dos trilhos ao longo Material de Relatório metalográfico do trilho1.5.2 Trilhos da rota definida no item fabricação dos aprovado, carimbado e assinado 1.1.3 trilhos pelo engenheiro responsável.
  23. 23. Dicionário da WBSD-WBS Dicionário WBS Fase: Construção Entrega: Civil C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK Fixação dos trilhos ao longo Check list de aprovação dos1.5.3 Civil da rota definida no item Viadutos viadutos aprovado, carimbado e 1.1.3 assinado pelo engenheiro civil. Relatório de aprovação do Fixação dos trilhos ao longo terminal intermodal aprovado,1.5.3 Civil da rota definida no item Terminal intermodal carimbado e assinado pelo 1.1.3 engenheiro civil. Check list de aprovação de todas Fixação dos trilhos ao longo as estações de paradas1.5.3 Civil da rota definida no item Estação de parada aprovado, carimbado e assinado 1.1.3 pelo engenheiro civil responsável. Check list de aprovação das Fixação dos trilhos ao longo cancelas contendo todas as Cancelas nas1.5.3 Civil da rota definida no item recomendações de segurança travessias em nível 1.1.3 aprovado, assinado e carimbado pelo engenheiro civil responsável.
  24. 24. Dicionário da WBSD-WBS Dicionário WBS Fase: Construção Entrega: Elétrica C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK Relatório de validação do sistema Instalação elétrica em toda Sistema de de sonorização aprovado,1.5.4 Elétrica via férrea e estações Sonorização assinado e carimbado pelo engenheiro responsável. Relatório de validação da fiação Instalação elétrica em toda Fio de contato e aprovado, assinado e carimbado1.5.4 Elétrica via férrea e estações cabo mensageiro pelo engenheiro elétrico responsável. Relatório de validação de Instalação elétrica em toda travessia elétrica aprovado,1.5.4 Elétrica Travessia elétrica via férrea e estações assinado e carimbado pelo engenheiro elétrico responsável.
  25. 25. Lista de Verificação da QualidadeLVQ - Lista de Verificação da Qualidade Fase:Concepção Entrega:Design Básico C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK Fixação dos trilhos ao longo Conforme RESOLUÇÃO Nº 349, DE 161.5.1 Solo da rota definida no item Passagens de fauna DE AGOSTO DE 2004 (CONAMA) 1.1.3 Fixação dos trilhos ao longo Aparelho de1.5.2 Trilhos da rota definida no item Requisitos conforme ABNT NBR 14036 mudança de via A 1.1.3 Fixação dos trilhos ao longo Requisitos conforme ABNT NBR 12320 PB-1.5.2 Trilhos da rota definida no item Perfil dos trilhos 12. 1.1.3 O aço para fabricação dos trilhos deverá Fixação dos trilhos ao longo Material de ter composição química, limite de1.5.2 Trilhos da rota definida no item fabricação dos resistência e alongamento de acordo com 1.1.3 trilhos a NBR 7590 CB23 da ABNT. Fixação dos trilhos ao longo1.5.3 Civil da rota definida no item Viadutos Requisitos conforme ABNT NBR 14036 1.1.3
  26. 26. Lista de Verificação da QualidadeLVQ - Lista de Verificação da Qualidade Fase:Concepção Entrega:Design Básico C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK Fixação dos trilhos ao longo Requisitos conforme ABNT NBR 12320 PB-1.5.3 Civil da rota definida no item Perfil dos trilhos 12. 1.1.3 O aço para fabricação dos trilhos deverá Fixação dos trilhos ao longo Material de ter composição química, limite de1.5.3 Civil da rota definida no item fabricação dos resistência e alongamento de acordo com 1.1.3 trilhos a NBR 7590 CB23 da ABNT. Instalação elétrica em toda Sistema de1.5.4 Elétrica Requisitos conforme ABNT NBR 14170 via férrea e estações Sonorização Instalação elétrica em toda Fio de contato e1.5.4 Elétrica Requisitos conforme ABNT NBR 8941 via férrea e estações cabo mensageiro Instalação elétrica em toda1.5.4 Elétrica Travessia elétrica Requisitos conforme ABNT NBR 14165 via férrea e estações
  27. 27. Solicitação de Mudança SM - Solicitação de Mudança Número da SM Data da abertura Solicitante Mirian Tsui A3429 10/agosto/2012 Endereço de E-mail DDD Telefone Descrição da Mudança Solicitada Parte do trajeto estipulado para implementação da ferróvia não teve autorização paraimplementação dos trilhos. A prefeitura do municipio de Jundiai não condeceu a licença para implementação dos trilhos por meio da cidade. Como conseguencia, será necessário desviar o trajeto, o que aumentará em 30 km a rota total. Justificativa da solicitação Continuidade a implementação dos trilhos no trecho proposto . Assinatura do Solicitante Mirian Tsui
  28. 28. Solicitação de Mudança Parecer do GP Impactos identificados – Escopo do projetoTodos estudos relacionados aquela nova rota, se aplicavél nova estação. Impactos identificados – Tempo do projeto Atraso de um (01) mês na implementação dos trilhos. Impactos identificados – Custo do projeto Aumento do custo em 4% Impactos identificados – Qualidade do projeto Aumento do tempo de percurso da rota total. Impactos identificados – Recursos Humanos do projeto Renovação/ Recontratação de mão de obra Impactos identificados – Comunicações do projeto Niveís de SH informados de acordo com a sua prioridade,preferencialmente Ministerio do Transporte e Ministerio do Meio Ambiente
  29. 29. Solicitação de Mudança Impactos identificados – Riscos do projeto Riscos identificados na Declaração de Escopo Impactos identificados – Aquisições do projeto Contratação de Empreteira para nova area designada (estudo do solo, terra-planagem) Impactos identificados – outros projetos correntes Trem Bala; avaliar liberação do trem Bal,Projeto de Saneamento de Aguá e Esgoto, Projeto de descarte do lixo. Data, Nome, Assinatura do GP Wellington Galhardi da Silva - 16 de agosto de 2012 Parecer do Sponsor ou CCB De acordo Data, Nome do Autorizador, Assinatura Carlos de Lauro - Ministro do transporte

×