Sjc gp22-fgp-hidro trans

1.228 visualizações

Publicada em

Daniel de Araújo Silva, Eduardo Santos, Lincoln Rogério Angelo, Talita de Oliveira

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Introdução: ok; Objetivo: ok; Fonte do Projeto: item não contemplado claramente no trabalho; Produto do Projeto: ok; Stakeholders: ok; Restrições: ok; Requisitos: ok; Estrutura Organizacional: ok; Posição do PMO: ok; Função do PMO: ok; FAEs: ok; WBS: ok; Como: ok; Lista de Atividades: ok; Orçamento: item não contemplado claramente no trabalho, sugere-se utilizar o template de orçamento; APO: ok;
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.228
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
375
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sjc gp22-fgp-hidro trans

  1. 1. Fundamentos de Gerenciamento de Projetos São José dos CamposTurma: CONEXAO1/TMBAGPJ*0623-22 (PROJ 22) Professor Marco Coghi
  2. 2. Daniel de Araújo Silva Lincoln Rogério AngeloDiretor de Logística Diretor FinanceiroEduardo Santos Talita de OliveiraDiretor de Engenharia Diretora Comercial
  3. 3. Sobre o projeto Durante o planejamento estratégico realizado na TransRio seus gestores observaram a oportunidade de desenvolver novas embarcações para atender a demanda de transporte fluvial em geral, aumentando assim seu faturamento anual.
  4. 4. Objetivo a ser atingido Produzir uma embarcação adequada para o transporte de carga e pessoas a fim de atender a demanda do comércio e da população.
  5. 5. Stakeholders População; Prefeituras; Ambientalistas; Comercio (em geral); Marinha; Fornecedores (matéria prima para embarcações); Multinacionais; Empresas de logística.
  6. 6. Restrições População: número máximo de passageiros; Prefeituras: limitação de distância percorrida; Ambientalistas: utilização de motores padrão no mercado; Comércio (em geral): limitação de peso e volume de carga; Multinacionais: limitação de modelos de embarcação; Fornecedores: fornecimento da matéria prima em até 40 dias; Marinha: limitar o número de botes e coletes salva vidas.
  7. 7. Requisitos População: proporcionar uma viagem segura e rápida; Prefeituras: atender a população com uma solução de transporte eficiente; Ambientalistas: criar uma embarcação que atenda os requisitos ambientais; Comércio (em geral): entregas just in time; Marinha: atender a legislação vigente; Fornecedores: pagamentos de faturas em dia; Empresas de logística: informações precisas para entrega.
  8. 8. Estrutura organizacional adotada Estrutura matricial balanceada forte. Diretoria Gerente de Gerente de Gerente GerenteGP Logística Engenharia Comercial FinanceiroGP 1 Suprimentos Montagem Pós Contas a Contas a Conta- Vendas MKT venda pagar receber bilidadeGP 2GP 3 PMO
  9. 9. Função do PMO Guardião da metodologia: para crescimento contínuo da empresa é primordial o seguimento da metodologia implementada de acordo com o PMBOK.
  10. 10. FAE Os FAE mapeados para o projeto foram os equipamentos, padrão de qualidade, mão de obra e materiais necessários para a execução do projeto dentro do cronograma e, do ponto de vista ambiental, a utilização de motores movidos a biocombustível e com emissão mínima de resíduos nos rios.
  11. 11. Fase Entrega da fase WBS Pacote de trabalho Embarcações Atividade do pacote de trabalho TransRio Desenvol- TesteLayout Montagem Entrega vimento Piloto Teste Velocidade Elétrica Elétrica Operacional cliente Relatório Desenhos Instalação Relatório de Relatório de velocidade elétricos elétrica aprovação aceitação Interiores Estrutural Mecânica Mecânico Logística Desenhos Montagem Relatório de Plano de Design estruturais mecânica aprovação entrega Capacidade Mecânica Estrutural Funcional Passageiros Desenhos Estrutura Relatório de mecânicos embarcação aprovação Autonomia Elétrico Quilometragem Relatório de aprovação
  12. 12. Framework/metodologiaDe uma forma prática é possível avaliar os processos deste projetodentro do conceito conhecido por PDCA: Entrega: Entrega: Produto final TAP Entrega: Entrega: Validação/ PGP Aceitação
  13. 13. Metodologia Como iniciar: - Receber TAP; - Nomear GP; - Identificar e classificar stakeholders; - Levantar requisitos; - Definir restrições;
  14. 14. Metodologia Como planejar: - Desenvolver o PGP; - Definir escopo; - Criar a WBS/EAP; - Definir atividades; - Sequenciar as atividades; - Estimar recursos; - Estimar a duração das atividades; - Estimar custo; - Determinar o orçamento; - Determinar cronograma; - Desenvolver plano de gerenciamento de riscos; - Planejar aquisições; - Entregar PGP.
  15. 15. Metodologia Como executar: – Gerenciar o projeto; – Mobilizar, capacitar e gerenciar a equipe; – Garantir a qualidade da montagem das embarcações; – Gerenciar as expectativas dos stakeholders; – Realizar aquisições planejadas; – Distribuir informações.
  16. 16. Metodologia Como monitorar e controlar: – Monitorar e controlar o trabalho; – Realizar mudanças quando necessário; – Verificar e controlar escopo; – Controlar o cronograma; – Controlar custos; – Realizar o controle de qualidade; – Reportar desempenho aos stakeholders; – Monitorar e controlar riscos; – Administrar as aquisições.
  17. 17. Metodologia Como encerrar: – Encerrar o projeto; – Encerrar as aquisições; – Documentar encerramento do projeto; – Emitir relatório de lições aprendidas ao APO.
  18. 18. Lista de atividades x Orçamento
  19. 19. Lista de atividades x Orçamento
  20. 20. Lista de atividades x Orçamento
  21. 21. Lista de atividades x Orçamento
  22. 22. APO O PMO atuará também como guardião de APO, fazendo o registro das lições aprendidas e informações de projetos passados criando um banco de dados e disponibilizando essas informações aos colaboradores em futuros projetos.

×