Saopaulo gep88-pmo-singular

1.004 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Introdução: ok;
    Objetivo do trabalho: ok;
    Identificação: ok;
    Categorização: ok;
    Avaliação: ok;
    Seleção: sugere-se aplicar uma pontuação para os critérios estabelecidos;
    Priorização: sugere-se, com base na etapa anterior, gerar um ranking de pontuação;
    Balanceamento: ok;
    Rebalanceamento: item não contemplado claramente no trabalho;
    Benefícios do PMO: ok;
    Foco de implementação: ok;
    Função do PMO: ok;
    Modelo de PMO: ok;
    Nível hierárquico: ok;
    Profissionais: ok;
    Etapas de implementação: ok;
    Métricas: ok;
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.004
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
190
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Saopaulo gep88-pmo-singular

  1. 1. MBA em Gerenciamento de projetos Project Office e Nivel de MaturidadePMO em Lisarb Fernanda Cristina Ferreira Moura Renata Carraresi di Fonzo Renata Juliano Mateus Sandra Mara de Camargo Teixeira GEEP 08 – Berrini, SP Junho 2012 Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  2. 2. Projeto PMO em LisarbPor que Singular?Uma empresa sólida, com 15 anos de experiência no mercado e uma equipe formada porprofissionais multidisciplinares com abordagem focada na implementação e gerenciamentode projetos alinhados aos objetivos estratégicos do cliente, com serviços customizados,oferecendo soluções integradas e adequadas a cada novo desafio.A missão da Singular é ser reconhecida como a empresa referência em gerenciamento deprojetos e implementação de PMO.Sua visão é ser uma empresa extraordinária para fazer negócios e ajudar os nossos clientesalcançar seus objetivos. Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  3. 3. Projeto PMO em LisarbA Equipe Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  4. 4. Projeto PMO em LisarbObjetivos do PMO Proposta para implementar o PMO e prestar consultoria apresentando soluções e projetos que englobem os objetivos estratégicos de Lisarb, por meio de um portifólio de projetos. Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  5. 5. Projeto PMO em LisarbObjetivos Estratégicos de Lisarb Aliança por um Combate à Lisarb mais justo Economia corrupção para uma sociedade sustentável Política cidadã baseada em princípios e Proteção Social valores Educação para a sociedade do conhecimento Qualidade de vida e segurança para todos os Lisarbeanos Política Externa Cultura e para o século 21 fortalecimento da diversidade Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  6. 6. Projeto PMO em LisarbProjetos Identificados – Brainstorming LISARB LISARB LISARB LISARB LISARB LISARB TOLETANTE PROTEGE MULHER ECONOMIA SEGURA DEMOCRATIC LISARB SEM A LISAR DROGAS LISAR LISARB B LISARB B SENIOR VERDE ACESSO EDUCA LISARB EM LISARB LISARB DO MOVIMENTO LISARB SEU JEITO LISARB AGIL LISARB COM AMANHA INCLUI LISARB O MUNDO CIENCIA LISARB LISARB LISARB SEM INDÚSTRI LISARB ENERGIA LISARB LISARB MISERIA LISARB A LISARB DIVERSIFICADA CONECTADA VIVA LEGAL SAÚDE LISARB LISARB TRABALHADORE LISARB SANEAMENTO LISARB LISARB LISARBLISARB S COMÉRCIO AGRÁRIO PAZ LISARB SOCIALSERVIÇO MODERNA LISARB LISARB DEFESA LISARB LISARB BEM CIDADÃ LISARB ESTRATÉGIA VIVER SUSTENTAVEL LISARB LISARB LISARB PESCA FAMILIA PREVI LISARB INOVA LISARB INFÂNCIA LISARB LISARB TRABALHO A LISARB SEM LIMPA LISARB TRANSITO TODOS DIPLOMACIA LISARB FUTURA LISARB LISARB CULTURAL LISARB INFRA TOLERÂNCIA ZERO Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  7. 7. Projeto PMO em LisarbCategorização Social Segurança Infraestrutura Política Interna Saúde Educação Sustentabilidade Política Externa Justiça Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  8. 8. Projeto PMO em LisarbProjetos Selecionados LISARB LISARB SAÚDE SEGURA LISARB EDUCA LISARB TRABALHO LISARB A TODOS LISARB ECONOMIA SANEAMENTO Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  9. 9. Projeto PMO em LisarbCritérios de Avaliação e Pesos Foram escolhidos 7 critérios de avaliação e respectivos pesos: Urgência 25 Risco - não atingir as metas estabelecidas Risco Impacto Urgência – baseada nas necessidades 5 20 prioritárias de Lisarb; Impacto – maior capilaridade; Alavancagem Alavancagem – sinergia entre os 10 projetos; Prazo – projetos de curta, média e Prazo Investimento longa duração; RH – recursos humanos suficientes 10 20 para a consecução dos projetos; Investimento – necessidade de RH fundos necessária à elaboração dos 10 projetos. Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  10. 10. Projeto PMO em LisarbCritérios de Seleção e Priorização As categorias foram baseadas em cada ministério de Lisarb, de forma a permear todos os seus objetivos estratégicos. Em seguida foram estabelecidos critérios para a avaliação dos projetos ponderando a sua relevância com relação aos requisitos. Foram classificados e priorizados seis projetos em ordem decrescente de pontuação.  LISARB SEGURA  LISARB TRABALHO A TODOS  LISARB SANEAMENTO  LISARB EDUCA  LISARB SAÚDE  LISARB ECONOMIA Com base nos objetivos estratégicos, categorias e peso, os projetos foram selecionados, de forma a otimizar a capilaridade de atuação e necessidades de Lisarb. Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  11. 11. Projeto PMO em LisarbBalanceamento Foram estabelecidos os seguintes critérios: -Eixo “X”: Projetos - Eixo “Y”: Investimento -Tamanho da bolha: impacto -Cor da bolha: Urgência, sendo a mais escura correspondente ao projeto mais urgente. Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  12. 12. Projeto PMO em Lisarb Benefícios A implementação do PMO será um agente facilitador para atingir as metas de Lisarb; Define o portfólio de projetos alinhados aos objetivos estratégicos de Lisarb de maneira assertiva; Possibilita construir conhecimento e gerenciamento de projeto por meio de treinamentos; Coleta informações, analisa e auxilia a tomada de decisão focando seus esforços em gerenciamento de projetos. Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  13. 13. Projeto PMO em LisarbFoco de ImplementaçãoPara o PMO de Lisarb propomos a implementação de 1 foco:- Reporting: Tratando-se de PMO para um país com vários projetos a serem executadosem diferentes setores, é fundamental a existência de informações precisas, atualizadas ,honestas e coerentes sobre a situação de cada projeto ao longo do seu ciclo de vida, paramelhor tomada de decisões.Os tipos de relatórios sugeridos são: - Relatório de Projetos: Status, relatórios de Buffer e de Earned Values (valoresagregados) - Relatórios de Portfolio: Relatórios de pipeline e Relatório de Lista de prioridades dosprojetos. - Relatório de PMO: Relatórios de orçamento, de Balance Scorecard e de RH. Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  14. 14. Projeto PMO em LisarbFunçõesAnalisando a pesquisa de maturidade realizada em Lisarb observou-se que Lisarbutiliza práticas de gerenciamento de projetos como WBS, Cronograma e respectivossoftwares de apoio, apresentando atualmente o grau de maturidade de Nível 2.Entretanto, ainda é preciso estabelecer a integração entre as áreas e apresentar aconectividade entre os outros sistemas.Diante desta analise a Função do PMO será a de GERÊNCIA DE INFRAESTRUTURA. Estafunção fornece assistência à estrutura organizacional, oferece suporte aos sistemas degerenciamento e manutenção da metodologia, permitindo também o estabelecimentode métricas e padrões para facilitar análises e auxiliar na tomada de decisão. Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  15. 15. Projeto PMO em LisarbModeloO modelo que será adotado para o escritório de projetos de Lisarb será o de Torre deControle (Control Tower), pois devido a importância e as características do portfólio queserá conduzido para uma Lisarb melhor, faz-se necessário que os projetos sejamconduzidos como um processo de negócio a ser nutrido e protegido.A Torre de Controle será adotada com as seguintes funções:Orientação e controle dos gerentes e projetos (estabelecimento de padrões para agerência de projetos);Treinamento e metodologia aplicada (suporte de como seguir estes padrões);Ferramentas e processos (reforçar os padrões definidos) ;Melhoria continua (promover o aprimoramento constante dos processos).Esse tipo de PMO contribuirá para auxiliar quanto aos rumos dos projetos, entretanto,não tem força para tomada de decisões e mudar os rumos por si só. Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  16. 16. Projeto PMO em LisarbNível Hierárquico AdotadoO PMO adotará a estrutura hierárquica de Nível 3, levando-se em consideraçãoLisarb como um todo, uma visão estratégica. CEO PMO TI Operações Finanças Nível 3 PMO A B C Nível 2 Projetos Projetos PMO Projetos Nível 1 Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  17. 17. Projeto PMO em LisarbProfissionaisSerão Utilizados 36 profissionais dedicados exclusivamente para a implementação doPMO em Lisarb.Quantidade de pessoas dentro do PMO•1 Diretor Executivo do PMO;•6 Mentores (1 para cada projeto);•1 Coordenador para realizar a comunicação;•1 Coordenador Geral para analise e manipulação dos indicadores de performance;•6 Coordenadores especialistas em Metodologia (1 para cada projeto);•3 Especialistas em Treinamento;•6 Especialistas em Gestão do conhecimento;•12 Especialistas em documentação. Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  18. 18. Projeto PMO em Lisarb Etapas de Implementação Identificação Sponsor Infra & Pessoal Obtenção de RH / Diagnóstico Preparação Piloto Roll Out Financeiros ComunicaçãoColeta de dados eentendimento da cultura Nesta fase recruta-se os Nesta fase conduz-se o Nesta fase inicia-se o Plano & Orçamentode gerenciamento de recursos humanos de projeto piloto escolhido e enquadramento dosprojetos da organização. acordo com suas todos os esforços e os demais projetos a partirSão realizadas reuniões Nesta fase obtêm-se o capacidades profissionais resultados devem ser da realização da avaliaçãocom os responsáveis suporte e apoio (sponsor requeridas no plano de objetos de avaliações dos projetos pilotospelas áreas e funções – envolve as pessoas, o projeto e a obtenção de para correções e (processos, os meiosreferentes aos projetos poder e a política recursos financeiros, replanejamento materiais e equipe) eda organização, gerando organizacional na segundo o PMBOK refinos realizados nosum relatório de implantação); define-se (2000), tem origem no processos dediagnóstico com o nível o escopo do PMO, os patrocinador do projeto gerenciamento, tendode aderência das práticas recursos humanos, que pode ser uma pessoa todos os seus passosatuais comparadas com hardwares e softwares ou grupo de dentro da acompanhados eas boas práticas do levanta-se os custos, organização executora avaliadosmercado. prazos e riscos; elabora- que supre os recursos se o plano de para a execução do comunicação e a projeto. estrutura (relatórios, análises, ferramentas, templates), metodologias Estabelecer projetos reais Singular para piloto; ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  19. 19. Projeto PMO em LisarbIndicadoresSerão utilizados indicadores de performance para reportar status do projeto eauxiliar o alinhamento aos objetivos estratégicos. Eles serão coletados de maneirasimples e são de fácil interpretação.Os indicadores de performance do projeto estão associados a desvios da linha debase existente no plano do projeto, são eles:•Gerenciamento do valor agregado que analisa as linhas de base de escopo, tempo ecusto ( EV, PV ,AC, BAC ,CV, CPI, SPI, SV, SPI, ETC, EAC, VAC, TAC)•Quantidade de alteração no plano do projeto•Diagrama de Pareto para classificar os desvios/problemas das métricas descritas noplano de qualidade, o que auxilia o foco da tomada de decisão.•Alterações no plano de Gerenciamento de risco e controle dos gatilhos•Pesquisa de Clima OrganizacionalOs indicadores relacionados a adesão dos projetos aos objetivos estratégicos, devemser confiáveis, acessíveis e práticos, como por exemplo o índice de desemprego. Aestrutura ao lado, quebra os índices em níveis menores para facilitar a quantificaçãodo sucesso do portfólio. Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva
  20. 20. Singular ©2011 Deloitte Touche Tohmatsu. Todos os direitos reserva

×