IMPLANTAÇÃO DE PMO 
EM LISARB
Equipe de Trabalho: 
Gerente de Projetos: 
Gabriel Nascimento 
Equipe de Apoio: 
Gabrielle Nogueira Pires Gonçalves 
Fábio...
PMO 
PMO é um Project Management Officer, ou seja, Escritório de 
Gerenciamento de Projetos. O escritório tem como objetiv...
ANÁLISE DA ORGANIZAÇÃO 
MATURIDADE: 
Nível 2 (MMGP): Conhecido 
• Não há registro de boas práticas 
• Não possui Plano de ...
BENEFÍCIOS DE UM PMO PARA O GOVERNO DE LISARB 
• Gerar uma base de dados para o registro de boas práticas que irão orienta...
HIERARQUIA PMO: 
Nível 2: Visando Processos e otimização de recursos em projetos diferentes 
Inicialmente sugere-se o dese...
MODELO DE GERENCIAMENTO DO PMO: 
Torre de Controle: 
• Acompanhamento de perto 
• Auditoria 
• Suporte de como seguir e re...
FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO 
• Estabelecer objetivos alinhados aos objetivos do governo 
• Ter apoio e colaboração da ...
INICIAÇÃO: DESCRIÇÃO DOS PROJETOS INICIAÇÃO: DESCRIÇÃO DOS PROJETOS 
POLÍTICO VOLUNTÁRIO: 
Dar a oportunidade a alguns cid...
Categorização: Projetos segundo os objetivos estratégicos . 
OE PROJETO OE PROJETO 
01 SABER VOTAR 0 2 .A F A L A C I D A ...
Avaliação: Projetos segundo os objetivos estratégicos . 
Critérios 
AVALIAÇÃO 
AVALIAÇÃO 
AVALIAÇÃO 
AVALIAÇÃO 
AVALIAÇÃO ...
Seleção: Projetos segundo os objetivos estratégicos . 
OE PROJETO SITUAÇÃO OE PROJETO SITUAÇÃO 
01 SABER VOTAR A P R O V A...
Seleção: Projetos segundo os objetivos estratégicos . 
PROJETO GRUPO PROJETO GRUPO 
SABER VOTAR E D U C A Ç Ã O F A L A C ...
Balanceamento do Projeto segundo os objetivos estratégicos . 
BENEFICIO PARA 
SOCIEDADE 
legenda: 
obj 
estr.1 
obj 
estr....
ANÁLISE: 
• A priorização será feita pela média geral em ordem decrescente, assim, maior nota maior 
prioridade. 
• Após d...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

saoluis-gp20-pmo-upriseconsultoria

114 visualizações

Publicada em

Titulo: saoluis-gp20-pmo-upriseconsultoria
Alunos:Elton Saturnino Campos de Moura,Fabio Augusto Gomes de Matos,Gabriel Nascimento,Gabrielle Gonçalves,
Cidade: São Luiz
Disciplina: Integração
Turma: GP20
Data:13-10-2014
Hora:23:42
Comentarios:
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
114
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

saoluis-gp20-pmo-upriseconsultoria

  1. 1. IMPLANTAÇÃO DE PMO EM LISARB
  2. 2. Equipe de Trabalho: Gerente de Projetos: Gabriel Nascimento Equipe de Apoio: Gabrielle Nogueira Pires Gonçalves Fábio Augusto Gomes de Matos Elton Saturnino Campos de Moura PROJETO: Gerenciamento de Projeto para o Governo de LISABR
  3. 3. PMO PMO é um Project Management Officer, ou seja, Escritório de Gerenciamento de Projetos. O escritório tem como objetivo master orientar e dar suporte gerencial que permita à organização de desenvolver seus projetos da forma mais eficiente e eficaz com o maior índice de sucesso possível. A implantação de um PMO em uma organização proporciona uma melhor performance aos projetos, cria padrões e procedimentos facilitadores para o armazenamento e transferência de conhecimento e boas práticas. Favorece administração empresarial e analisa os riscos envolvidos em cada projeto se antecipando aos problemas e oportunidades que possam surgir. Por fim, o PMO trabalha alinhado com os objetivos estratégicos da empresa para que esta possa prosperar e chegar aos resultados esperado o mais rápido e da forma mais sustentável possível..
  4. 4. ANÁLISE DA ORGANIZAÇÃO MATURIDADE: Nível 2 (MMGP): Conhecido • Não há registro de boas práticas • Não possui Plano de Gerenciamento • Indefinição de funções e responsabilidades • Não existem padrões e procedimentos consolidados • Falha no controle e monitoramento • A equipe não está bem treinada e preparada para as atividades confiadas a elas • Sistema de gerenciamento de projetos não informatizado • Deficiência no monitoramento e controle de mudanças • Deficiência no controle de qualidade • Avaliação de stakeholders falha gerando insatisfação • Falta de análise de riscos. Perca de oportunidades e erros recorrentes
  5. 5. BENEFÍCIOS DE UM PMO PARA O GOVERNO DE LISARB • Gerar uma base de dados para o registro de boas práticas que irão orientar projetos futuros • Desenvolver Plano de Gerenciamento para melhorar o gerenciamento em situações adversas, principalmente • Revisar as funções e responsabilidades • Levantamento de Necessidades para treinar e desenvolver o gerente de projetos e sua equipe • Conhecer e se comunicar melhor com os seus stakeholders. A comunicação é uma das áreas de conhecimento do gerenciamento que mais apresenta falhas e impacto no sucesso do projeto. • Criação de modelos e metodologia que auxiliarem no gerenciamento dos projetos e das mudanças • Alinhamento dos projetos com os objetivos estratégicos • Estruturação de uma cultura de controle, monitoramento e qualidade • Desenvolvimento e padronização de análise de riscos para projetos
  6. 6. HIERARQUIA PMO: Nível 2: Visando Processos e otimização de recursos em projetos diferentes Inicialmente sugere-se o desenvolvimento e implantação de metodologia de gerenciamento de projetos visando projetos ou programas específicos e que de preferência ainda serão iniciados ou estão em fase introdutória. Seguindo posteriormente com a metodologia em projetos futuros até que cheguemos ao nível estratégico do gerenciamento Essa abordagem de implementação por projetos trará ao governo respostas mais rápidas e objetivas sobre o impacto da administração do PMO. Mudança de cultura gradativa mais fácil de ser assimilada. FUNÇÃO DO PMO: Métodos e Procedimentos Orientar os processos, desenvolver e implementar metodologia, gerenciar de perto comunicação, stakeholders e mudanças para que os projetos sejam gerenciados adequadamente.
  7. 7. MODELO DE GERENCIAMENTO DO PMO: Torre de Controle: • Acompanhamento de perto • Auditoria • Suporte de como seguir e reforçar os padrões criados • Auxiliar a melhoria contínua • Instruir as atividades para minimizar a recorrência de erros e criar oportunidades MÉTRICAS SUGERIDAS: • Quantidade de projetos iniciados/concluídos • Número de falhas de projetos antes/ depois do PMO • Pesquisa de satisfação • Índice de cumprimento de prazos • Índice de conformidade no gerenciamento da qualidade • Índice de problemas decorrentes de ruídos ou falhas de comunicação • Quantidade de riscos identificados/Respondidos • Quantidades de projetos em execução
  8. 8. FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO • Estabelecer objetivos alinhados aos objetivos do governo • Ter apoio e colaboração da alta direção • Definir papéis e responsabilidades • Praticar o controle e a monitoria dos projetos através de metas factíveis ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃO • Definir prioridades nos projetos e escolher o primeiro que o PMO irá implementar a metodologia de gerenciamento • Definir equipe e partes interessadas • Desenvolver a matriz de responsabilidades • Preparar estratégia de comunicação • Identificar necessidade de treinamentos e tecnologias a serem implementadas • Elaboração de modelos e padrões • Desenvolvimento de processos • Gerenciamento de Recursos • Acompanhamento dos indicadores conforme metodologia do PDCA • Planejamento de mudanças organizacionais e transição • Manter e aprimorar.
  9. 9. INICIAÇÃO: DESCRIÇÃO DOS PROJETOS INICIAÇÃO: DESCRIÇÃO DOS PROJETOS POLÍTICO VOLUNTÁRIO: Dar a oportunidade a alguns cidadãos eleitores de participar da rotina do legislativo por uma semana inteira, sem poder apresentar projetos mas com direito a voz nas assembleia ordinárias (sem remuneração). FALA CIDADÃO: Serviço de atendimento ao cidadão (tipo 0800) onde este pode propor projetos ou solicitar melhoria em seu bairro ou mesmo prestar alguma denuncia. SABER VOTAR: Campanha para instruir a votar com base no desempenho do politico e seu histórico pessoal (projetos, frequência, conduta, vida pregressa, posicionamento politico). SABER PARA CRESCER: Fazer uma reforma curricular nas grades escolares privilegiando os interesses e habilidades dos alunos. Oferecer disciplinas optativas. NOSSO AR: Programa de redução da emissão de poluentes nas industrias e veículos urbanos. Prevê alteração na legislação ambiental com penalidades aos que não se adequarem no prazo e prevê também redução dos impostos as empresas e veículos que passem a emitir poluentes abaixo de 90% do limite da lei. SEM BARREIRAS: Projeto de financiamento de projetos de adequação de acessos os portadores de necessidades especiais. Associado a aprovação de novos projetos pelos municípios somente se atenderem os requisitos de mobilidade urbana. DROGAS NÃO: Redes de acolhimento de pessoas que necessitam de tratamento e campanha de educação contra drogas. VOZ PARA TODOS: Fomento para produções culturais de baixo custo (pecas teatrais, eventos de conscientização, hospedagem gratuita de site), sem fins lucrativos. EM PAZ COM O MUNDO: Projeto de intercambio, cultura, profissional, acadêmico e mobilização para colaboração em rede para erradicação da fome mundial. GENTE 10 (DEZ): Inclusão na grade escolar (educação básica e média) matéria sobre ética e serviço publico. TODOS LIMPOS: Elaboração de proposta de lei que obrigue o condenado por corrupção devolver em dobro a quantia recebida, além das penalidades já existentes.
  10. 10. Categorização: Projetos segundo os objetivos estratégicos . OE PROJETO OE PROJETO 01 SABER VOTAR 0 2 .A F A L A C I D A D Ã O 02.B POLÍTICO VOLUNTÁRIO 03 SABER PARA CRESCER 04 NOSSO AR 05 DROGAS NÃO 06 SEM BARREIRAS 07 VOZ PARA TODOS 08 EM PAZ COM O MUNDO 09.A GENTE 10 (DEZ) 09.B TODOS LIMPOS OE: OBJETIVO ESTRATÉGICO
  11. 11. Avaliação: Projetos segundo os objetivos estratégicos . Critérios AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO itens NOTA PADRÃO Peso P1 P2.A P2.B P3 P4 P5 1 5 10 Notas Média Notas Média Notas Média Notas Média Notas Média Notas Média VPL/VPJ 10% Intervalo 90% 0,11 10 1,1 10 1,1 5 0,55 5 0,55 1 0,11 1 0,11 Beneficio para sociedade < 1 milhão Intervalo >10 milhões 0,4 10 4 10 4 10 4 10 4 10 4 10 4 Prazo execução > 5 anos Intervalo <1 ano 0,14 10 1,4 10 1,4 5 0,7 5 0,7 5 0,7 1 0,14 Custo total > !00 M Intervalo < 10M 0,2 10 2 5 1 5 1 1 0,2 1 0,2 1 0,2 Maior aceite da sociedade 30% Intervalo 100% 0,15 10 1,5 5 0,75 10 1,5 5 0,75 10 1,5 10 1,5 1 50 10 40 8,25 35 7,75 26 6,2 26 6,4 22 5,81 itens NOTA PADRÃO Peso P6 P7 P8 P9.A P9.B FUTURO 1 5 10 Notas Média Notas Média Notas Média Notas Média Notas Média Notas Média VPL/VPJ 10% Intervalo 90% 0,11 1 0,11 1 0,11 5 0,55 5 0,55 10 1,1 0 Beneficio para sociedade < 1 milhão Intervalo >10 milhões 0,4 10 4 10 4 1 0,4 10 4 10 4 0 Prazo execução > 5 anos Intervalo <1 ano 0,14 5 0,7 10 1,4 5 0,7 5 0,7 5 0,7 0 Custo total > !00 M Intervalo < 10M 0,2 1 0,2 5 1 5 1 1 0,2 10 2 0 Maior aceite da sociedade 30% Intervalo 100% 0,15 10 1,5 5 0,75 5 0,75 5 0,75 10 1,5 0 1 27 6,51 31 7,26 21 3,4 25 6 45 9,3 0 0
  12. 12. Seleção: Projetos segundo os objetivos estratégicos . OE PROJETO SITUAÇÃO OE PROJETO SITUAÇÃO 01 SABER VOTAR A P R O V A D O 0 2 . A F A L A C I D A D Ã O A P R O V A D O 02.B POLITICO VOLUNTÁRIO APROVADO 03 SABER PARA CRESCER APROVADO 04 NOSSO AR APROVADO 05 DROGAS NÃO REPROVADO 06 SEM BARREIRAS APROVADO 07 VOZ PARA TODOS APROVADO 08 EM PAZ COM O MUNDO REPROVADO 09.A GENTE 10 (DEZ) APROVADO 09.B TODOS LIMPOS APROVADO CRITÉRIO DE CORTE: NOTA MÉDIA MENOR QUE 6 (SEIS)
  13. 13. Seleção: Projetos segundo os objetivos estratégicos . PROJETO GRUPO PROJETO GRUPO SABER VOTAR E D U C A Ç Ã O F A L A C I D A D Ã O C I D A D A N I A POLITICO VOLUNTÁRIO POLITICA SABER PARA CRESCER EDUCAÇÃO NOSSO AR QUALIDADE DE VIDA DROGAS NÃO REPROVADO SEM BARREIRAS QUALIDADE DE VIDA VOZ PARA TODOS CIDADANIA EM PAZ COM O MUNDO REPROVADO GENTE 10 (DEZ) EDUCAÇÃO TODOS LIMPOS CIDADANIA CRITÉRIO DE CORTE: NOTA MÉDIA MENOR QUE 6 (SEIS)
  14. 14. Balanceamento do Projeto segundo os objetivos estratégicos . BENEFICIO PARA SOCIEDADE legenda: obj estr.1 obj estr.2 obj estr.3 obj estr.4 obj estr.5 obj estr.6 obj estr.7 obj estr.8 obj estr.9 CIDADANIA OE2.A; EO7; EO9.B EDUCAÇÃO OE1; OE3; OE9.A QUALIDADE DE VIDA –EO4 POLITICA EO2.B Aceite Grande Médio Pequeno 2. A 7 9.B 1 9. 4 2.B 3 A CUSTO TOTAL
  15. 15. ANÁLISE: • A priorização será feita pela média geral em ordem decrescente, assim, maior nota maior prioridade. • Após definição do processo de avaliação e corte, nove projetos foram selecionados. • Dado o grau de maturidade dos gestores de projeto e da importância recomenda-se a contratação de uma empresa de gerenciamento; • Considerando também que os projetos tem tem prazo de implantação médio deve-se paralelamente investir na formação de gerentes de projeto. • O modelo que deveria ser adotado no primeiro PMO é Modelo Estação Meteorológica (Weather Station), pois é capaz de realizar acompanhamento simples e reporte para alta administração do andamento dos projetos. • Métricas- Respeitando os principais atributos de um indicador(relevância e representatividade, fácil coleta, fácil percepção, revisão sistêmica. • IRO – Índice de realização orçamentária; • IRF – Índice de realização Física; • ICP- Índice de cumprimento de Prazo; • IPEN- Índice de Pendências;

×