SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 55
Gerenciamento do Escopo de Projetos
Turma: PROJ 26_São José dos Campos
Micro cervejaria
Santo Gole
Fundação Getúlio Vargas_Maio 2013
Empresa: Micro cervejaria Vale do Paraíba
Slogan do Projeto:
“A Melhor Cerveja
do Vale do
Paraíba”
Projeto: Santo Gole
Logotipo da Empresa
Produto: Micro cervejaria Vale do Paraíba em produção
Logotipo do Projeto: Plano de Fundo ppt
Objetivo do Projeto
Implantação de uma Micro cervejaria
“Implantar uma micro cervejaria no Vale do Paraíba, capaz de produzir
10.000 litros de cerveja artesanal por mês, utilizando matéria prima de
qualidade, com investimento de R$ 1,5MM no período de um ano.”
Equipe do Projeto
Marcos Roberto dos Santos, Evelyn Soares, Bruno Garcia, Cristiano Diniz,
Joice Toledo, Patrícia Giannini e Cássia Barros
Diretoria
Bruno Elias Garcia - Gerente do Projeto
Cássia Ciléia da Cruz Vieira de Barros - Diretora Executiva
Cristiano Camargo Viana de Diniz - Diretor de Marketing
Evelyn de Siqueira Soares - Diretora Financeira
Joice Hermenegildo de Toledo - Diretora de Recursos Humanos
Marcos Roberto dos Santos - Diretor de Segurança e Qualidade
Patricia Pimentel Pinto Giannini - Diretora de Planejamento
TAP - Termo de Abertura do Projeto
Projeto: Santo Gole
Produto: Micro cervejaria no Vale do Paraíba em operação.
Descrição: Construção de uma micro cervejaria no Vale do Paraíba, que
produza cervejas artesanais de qualidade e com preços acessíveis.
Justificativa: De acordo com a Associação Brasileira de Micro cervejarias
(ABMIC) desde 1996 as receitas caseiras de cerveja, que dão origem as
cervejas artesanais, estão em alto crescimento. Apostando em um nicho de
mercado, com um público-alvo mais sofisticado, essas empresas não atuam
na concorrência direta com as grande marcas, mas buscam seu espaço. Uma
grande oportunidade uma vez que este novo mercado ainda não foi muito
explorado no Vale do Paraíba
TAP - Termo de Abertura do Projeto
Objetivo: Construção de uma micro cervejaria no Vale do Paraíba, capaz de
produzir 10.000 litros de cerveja artesanal por mês, utilizando matéria
prima de qualidade, com investimento de R$1,5MM, no período de um ano.
Orçamento: R$1,5MM
Requisitos:
 O projeto terá duração de 1 ano, deverá ser concluído em outubro/2014;
 A capacidade inicial de produção deverá ser de 10.000 litros de cerveja
artesanal, 480 litros por dia e 800 garrafas de 600 ml;
 Todas as licenças e autorização deverão ser obtidas antes do início da
obra;
 Mão de obra e fornecedores qualificados;
 Horário restrito de permissão da obra, estipulado pela prefeitura.
TAP - Termo de Abertura do Projeto
Designação: O Sr. Bruno Garcia foi nomeado como gerente do projeto Santo
Gole. Com isto, tem autorização e responsabilidade para contratar mão de
obra e fornecedores necessários para realização do projeto, utilizar recursos
financeiros da empresa conforme orçamento previsto e fluxo de caixa da
empresa, monitorar e controlar todas as entregas previstas, comunicar o
status de cada fase aos stakeholders.
Riscos:
 Atraso em licenças e autorizações
 Falta de mão de obra especializada
 Atraso/ problemas na entrega do maquinário
 Problemas com a comunidade local
TAP - Termo de Abertura do Projeto
Milestones:
 01/10/2013: Garantir que todas as licenças e autorizações tenham sido
obtidas e estejam válidas;
 01/11/2013: Recrutamento e seleção de mão de obra qualificada;
 01/02/2013: Acompanhamento do status da obra;
 01/04/2013: Acompanhamento do recebimento das máquinas para
produção das cervejas;
 01/05/2013: Acompanhamento do status final da obra;
 01/06/2013: Acompanhamento das instalações das máquinas;
 01/07/2013: Acompanhamento das acabamentos;
 01/08/2013: Acompanhamento da entregas de mesas, copos, decoração
local;
 01/09/2013: Organização e preparação da inauguração
Escopo do Projeto
Custo:
 O valor de investimento previsto disponível para o Projeto é de R$ 1,5 MM
Tempo:
 Prazo para a conclusão do projeto – 12 meses
Qualidade:
 Lesão zero - Nenhum incidente com perda de tempo na etapa de
construção e produção da cerveja
RH:
 Contratação de consultoria especializada na construção e implantação de
micro-cervejaria
 Contratação de Mão de Obra local
Comunicação:
 Registros através de Atas de Reunião
 E-mails padrões a serem definidos através de um plano de
comunicação
Escopo do Projeto
Ameaças/Riscos:
 Licenças ambientais
 Lei do silêncio
 Valor de equipamentos com cotação em dólar
Aquisições:
 Matérias prima de alta qualidade
 Sistema de contratação Take or Pay
Escopo do Produto
Características Técnicas:
 Ter equipamentos adequados para a produção de cerveja
 Ter uma equipe qualificada e um mestre cervejeiro capacitado
 Possuir todas as autorizações, licenças e laudos ambientais
Especificações:
 Moinho de Malte
 Painel de comando
 Plataforma
 Tanque de brassagem
 Cozimento
Funcionalidades:
 Produzir três linhas de produção super Top, Premium e Padrão
Desempenho:
 Produção de 10.000 litros de cervejas por mês
Eficiência:
 Mínimo de desperdício de matéria prima
Escopo do Produto
 Contratação de um Mestre cervejeiro
 Contratação de consultoria especializada para aferição da qualidade do
lote inicial
 Obtenção das licenças e autorizações necessárias para construção e
funcionamento da cervejaria
 Registro formais (atas, emails) de todas as reuniões, entregas, aceites e
alterações de escopo do projeto
ISH - Identificação dos Stakeholders
 Clientes
 Gerente de Projetos
 Fornecedores de Matéria Prima
 Fornecedores de Equipamentos
 Fornecedores de Produtos de Limpeza
 Fornecedores de Encartelados
 Fornecedores de Produtos de Higiene
 Funcionários Contratados para Construção Civil
 Funcionários da Administração
 Funcionários Atendentes
ISH - Identificação dos Stakeholders
 Funcionários da Fabricação da Cerveja
 Funcionários da Empresa Gráfica
 Funcionários Empresa Marketing
 Funcionários da Limpeza
 Seguranças do Local
 Investidores
 Órgãos Reguladores
 Prefeitura Municipal
 PROCON
 Presidente Associação de Amigos de Bairro
ISH - Identificação dos Stakeholders
 Policia Militar
 Agentes de Transito
 Propagandistas Contratados
 Moradores da Região (Vizinhança)
 Vigilância Sanitária
 Pedestres que circulam pelo local
 Vendedores Ambulantes
 Frequentadores de bares da região
 Hospitais da Região
 Corpo de Bombeiros da Região
ISH - Identificação dos Stakeholders
 Clubes da Região
 Frequentadores de Associações de Classe da Região
 Estudantes da Região
 Políticos da Região
 Empresa Limpeza Urbana
 Empresas Fornecedora de Água e Esgoto
 Empresas Fornecedora de Energia Elétrica
 Empresas de Reciclagem
Declaração de requisitos do Produto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Clientes Saborear uma cerveja
artesanal a um preço
justo
10 -10 Alta Relatório de satisfação
com no mínimo 80%
dos clientes satisfeitos
Funcionários de
Hospitais da
região
Fornecer um produto
de boa qualidade que
respeite os órgãos de
saúde
8-10 Média Relatório com histórico
de atendimentos por
intoxicação
Presidente da
Associação
Amigos do Bairro
Fornecer
oportunidades de
emprego a moradores
da região
7-10 Médio Folha de Funcionários
registrado pela
empresa
Fornecedores de
Matéria Prima
Fornecer a matéria
prima da fabricação da
cerveja artesanal com
custo aceitável e
produtos de qualidade
8-10 Média Matéria prima para
fabricação da cerveja
Declaração de requisitos do Produto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Fornecedores de
Equipamentos
Fornecer
equipamentos que
seja capaz de
produzir 10mil litros
de cerveja
8-10 Média Equipamentos com
alta performance
para fabricação de
cervejas artesanais
Fornecedores de
Produtos de
Limpeza
Fornecer produtos de
limpeza das melhores
marcas do mercado
dentro de preços
atrativos
7-10 Média Produtos de limpeza
para higiene da loja
e fabrica
Fornecedores de
Encartelados
Ter uma quantidade
mínima definida por
mês para a produção
dos encartelados.
6-10 Média Fornecedores
Declaração de requisitos do Produto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Presidente da
Assoc.Amigos do
Bairro
Respeitar a leio do
silêncio do município
6-10 Médio Nº de ocorrências
registradas em
delegacias próximaso
Órgãos
reguladores
Atender a todas as
normas exigidas pelos
orgãos reguladores.
10 -10 Alta Planta Operacional -
Autorização emitida.
Prefeitura
Municipal
Solicitar licença para
funcionamento na
prefeitura do municipio.
10-10 Alta Planta Operacional -
Licenças Concedidas.
Procon Garantir que haja
nenhuma ação aberta
no Procon
8 - 10 Alta Lote Piloto - Nenhum
direito do
consumidor
desrespeitado.
Declaração de requisitos do Produto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito
detalhado
Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Funcionários da
Administração
Efetuar a
administração da
cervejaria na fase de
projeto
8-10 Alta RH - Administração
fase de projeto e
operação
Funcionários
Atendentes
Atender os clientes
com cortesia e
prioridade
9-10 Alta RH - Contratação de
Pessoal
Funcionários da
fabricação da
cerveja
Fabricar a Cerveja
dentro dos padrões
e receita estabelecida
9-10 Alta Rh- Contratação de
Pessoal
Funcionários da
empresa gráfica
Ter uma quantidade
mínima definida por
mês para a produção
gráfica.
6-10 Média Fornecedores
Declaração de requisitos do Produto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito
detalhado
Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Fornecedores de
Encartelados
Ter uma quantidade
mínima definida por
mês para a produção
dos encartelados.
6-10 Média Fornecedores
Funcionários
contratados para
construção civil
Fazer a obra de
alvenaria com índice
de acidente zero
9-10 Alta Aquisições -
Contratação da
Empreiteira
Funcionários da
Administração
Efetuar a
administração da
cervejaria na fase de
projeto
8-10 Alta RH - Administração
fase de projeto e
operação
Funcionários
Atendentes
Atender os clientes
com cortesia e
prioridade
9-10 Alta RH - Contratação de
Pessoal
Declaração de requisitos do Produto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Funcionários da
limpeza
Garantir a limpeza e
higiene, de todos os
ambientes da
cervejaria.
10 -10 Alta RH - Contratação de
empresa
especializada.
Seguranças do
local
Garantir que todas as
normas de segurança
serão respeitadas,
além de realizar a
segurança patrimonial.
7 -10 Alta RH - Contratação de
técnico de Segurança
do Trabalho e
Segurança
Patrimonial.
Investidores Captar investimentos e
remunerá-lo
adequadamente acima
da taxa de atratividade
do mercado ou TIR
15%
10-10 Alta Viabilidade do Projeto
Declaração de requisitos do Produto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Agentes de
trânsito
Orientar o fluxo de
veículos no entorno da
obra nos horários de
"rush"., e durante
processo operacional Às
segundas-feiras pela
manhã.
8 - 10 Média Fase de construção
da planta operacional
e durante a operação
da fábrica nas datas
de entrega de
matéria-prima,
insumos..
Propagandistas
contratados
Divulgar o produto em
pontos comerciais da
região
9-10 Alta Pré Evento de
diculgação e durante
o período de operação
Vigilância
sanitária
Atender as normas de
fabricação e envase de
líquidos.
8 - 10 Alta Processos de
fabricação e envase
do produto
Declaração de requisitos do Produto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Turistas Captar turismo da
região
7 - 10 Média Festa Inauguração –
1º Lote da Série
Emitido
Aprendizes de
Mestre
Cervejeiro
Captar M.O. em
formação e aproveitá-la
5 - 10 Média Lote Piloto – Lote
Piloto Emitido
Empresas de
Reciclagem de
Alumínio
Reciclar latas utilizadas
no armazenamento do
produto
8 - 10 Alta Festa Inauguração –
1º Lote da Série
Emitido
Faculdades da
Região
Incentivar criação de
cursos para formação
de M.O especializada
7 - 10 Média Relatório de
Viabilidade – Relatório
Finalizado
Guias de
Ranking de
Cervejas
Avaliar bem o produto
frente aos concorrentes
9 - 10 Alta Festa de Inauguração
– Campanha de
Marketing do Produto
Iniciada
Declaração de requisitos do Produto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito
detalhado
Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Corpo de Bombeiro Plano de
atendimento de
emergências
7 – 10 Média Alta Plano de Mitigação de
Riscos
Associação de
Classe da região
Apoio na divulgação
do produto nos
comércios da região
8 – 10 Alta Plano de Comunicação
e divulgação da
marca.
Clubes da região Distribuição e
promoção do produto
em eventos
7 – 10 Média Alta Plano de
Comunicação e
divulgação da marca.
Empresa de
reciclagem
Coleta e
processamento de
latas de alumínio
6 – 10 Média Plano de
sustentabilidade do
negócio
Funcionários
empresa Marketing
Conhecimento do
segmento a ser
trabalhado
9 – 10 Alta Plano de Marketing &
Vendas
Declaração de requisitos do Projeto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito
detalhado
Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Gerente de
Projetos
Tornar viável o
projeto dentro do a
TIR de 15% bem
com fazer o controle
e acompanhamento
de todas as etapas
do projeto
9-10 Alta Planejamento
Estratégico do Projeto,
Estudo de Viabilidade
dos Projeto entrega do
produto final
Investidores Entregar um projeto
que atenda todas as
normas e legislações
do município
8-10 Alto Avaliação do Projeto
executivo e toadas as
autorizações
Investidores Atender ao prazo de
execução e
implantação do
projeto (1 ano)
8-10 Alto Avaliação do
cronograma executivo
do projeto
Declaração de requisitos do Projeto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito
detalhado
Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Funcionários
contratados para
construção civil
Receber do
contratante todos os
EPI´s necessário
para construção e
implantação da Micro
cervejaria
10-10 Alto Relatório de entrega
de EPI´s
Corpo de
bombeiros da
região
Atender todas as
Normas de instalação
prevista pelo Corpo
de Bombeiros
9-10 Alto Aprovação/ Licença de
Instalação do corpo de
Bombeiros
Fornecedores de
Equipamentos
Fornecer
maquinários para
implantação da micro
cervejaria
8-10 Média Equipamentos com
alta performance para
fabricação de cervejas
artesanais.
Funcionários
contratados para
construção civil
Fazer a obra de
alvenaria com índice
de acidente zero
9-10 Alta Aquisições -
Contratação da
Empreiteira
Declaração de requisitos do Projeto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito
detalhado
Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Prefeitura Municipal Solicitar licença para
construção da micro
cervejaria.
10-10 Alta Planta Operacional -
Licenças Concedidas.
Investidores Prazo máximo para
execução do projeto
de um ano
8 - 10 Alta Festa Inauguração –
1º Lote da Série
Emitido
Fornecedores de
Equipamentos
Maquinários 70%
nacional
6 - 10 Média Plano Executivo– Lista
de Materiais
Empresas de
Reciclagem de
Alumínio
Mão de obra
contratada com no
mínimo um ano de
experiência
8 - 10 Alta Planta Operacional –
Contratação de M.O.
Pedestres Sinalização e
isolamento de áreas
com risco de queda
de objetos
9 – 10 Alta Plano de mitigação de
Risco
Declaração de requisitos do Projeto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito
detalhado
Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Orgãos de Transito Autorização e auxilio
na sinalização das
vias
10-10 Alta Plano de desvio de
transito com rotas
auternativas.
Fornecedores de
materiais
Insumos utilizados
aprovados pelos
orgãos competentes
8 - 10 Alta Certificação/aprovação
Inmetros dos materiais
utilizados na
construção
Sponsor Suporte e apoio ao
gerente de projeto
nas decisões que
fogem da alçada.
9 – 10 Alta Reuniões e Comitê de
acompanhamento do
projeto.
Fornecedores de
mobiliário
Garantia de prazo de
entrega
8 – 10 Média Alta Plano de compras
Declaração de requisitos do Projeto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito
detalhado
Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Empresa de
limpeza de obra
Especialização em
limpeza de pesada
(obra)
9 – 10 Alta Plano de Aquisições
Empresa de coleta
de resíduos da obra
Reciclagem dos
resíduos para novas
aplicações
8 – 10 Alta Plano de
sustentabilidade da
obra.
Projetista Capacidade técnica
comprovada.
9 -10 Alta Projeto Executivo
Equipe do projeto Conhecimento
Técnico comprovado
8 – 10 Alta Acompanhamento das
atividades
Declaração de requisitos do Projeto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito
detalhado
Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Engenheiro Civil Conhecimento do
tipo de
empreendimento
5 – 10 Média Memorial descritivo
para um bom nível de
execução
Engenheiro Elétrico Conhecimento do
tipo de
empreendimento
5 – 10 Média Memorial descritivo
para um bom nível de
execução
Funcionários da
Obra
Plano de segurança
adequado as
atividades
8 – 10 Alto Plano de Segurança &
participação em
treinamentos.
Funcionários da
Obra
Utilização de EPI’s 8 – 10 Alto Plano de Segurança &
participação em
treinamentos
Declaração de requisitos do Projeto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito
detalhado
Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Engenheiro de
Segurança do
Trabalho
Conhecimento do
tipo de
empreendimento
7 – 10 Média Alta Plano de Segurança &
participação em
treinamentos
CREA ART da Obra 9 – 10 Alto Apresentar a ART na
entrega da obra
BNDES Planilha Financeira
com o fluxo de caixa
dos empréstimo
8 – 10 Alto Assinatura do contrato
de Financiamento
Prefeitura Municipal Liberação do Habite-
se
10 -10 Alto Apresentação do
Habite-se antes da
inauguração.
Declaração de requisitos do Projeto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito
detalhado
Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Prefeitura Municipal Placa de identificação
da obra
9 – 10 Alta Por meio da placa
instalada no canteiro
de obra.
Prefeitura Municipal Taxas municipais
diversas
9 – 10 Alta Guias de recolhimento
pagas
Empresa de
Marketing
Plano de Evento de
Lançamento
6 – 10 Média Plano do Evento
Empresa de
Marketing
Lista de convidados
do Evento
8 – 10 Média Alta Lista de convidados
Aprovada
Declaração de requisitos do Projeto
Requisitos Matriz de
Rastreabilidade
Stakeholder Requisito
detalhado
Classificação Prioridade Entrega onde se
manifesta
Funcionários da
Obra
Limpeza e
organização do
canteiro
9 – 10 Alta Vistoria do
encarregado da obra
Funcionários Organização do
alojamento
8 – 10 Média Alta Vistoria do
encarregado da obra
Governo Federal Pagamento de Taxas
relativas à obra
10 – 10 Alta Guias de
Recolhimentos da
União.
Premissas
• Ter no mínimo 02 mestres cervejeiros;
• Produzir 10.000litros por mês;
• Ter um efetivo mínimo 15 funcionários;
• Financiamento BNDES aprovado num prazo máximo de um ano antes do
início do projeto.
• Contratação de Mão de Obra local.
Restrições
• Prazo máximo para execução do projeto de um ano;
• Orçamento máximo de R$1,5MM;
• Maquinários 70% nacional;
• Mão de obra contratada com no mínimo um ano de experiência;
• Horário comercial de trabalho, ou seja, deverá ser adotado de segunda a
sexta das 8:00 as 17:00, no período de construção da micro cervejaria;
• Ter infra estrutura (água, esgoto, telefone, energia elétrica, etc) no local
onde será implantado a micro cervejaria.
SANTO GOLE
1. ESTUDO
PRELIMINAR
2. PLANEJAMENTO 3. DESENVOLVIMENTO 5. ABERTURA4. PRÉ OPERAÇÃO
3.1 Construção
Civil
FESTA DE
INAUGURAÇÃO
LOTE PILOTO
PLANTA
OPERACIONAL
2.1 Llista de
materiais
2.2 Cron Físico
Financeiro
2.3 Plano de
Contratação
2.4 Plano de
marekting
3.2 Montagem
Equipamentos
3.3 Aquisição
de Materiais
3.4 Licenças e
Autorizações
3.5
Contratação
Mão Obra
4.1 Teste
Qualidade
4.2
Treinamento
4.3 Teste
Operacional
5.1 Marketing
5.2 1º Lote da
série
1.1 Mercado
1.2 Custo
1.3.Local
PLANO
EXECUTIVO
RELATORIO DE
VIABILIDADE
WBS
Dicionário WBS Fase: Estudo Preliminar
Entrega: Relatório de Viabilidade
Conta de
Controle
Pacote de
Trabalho
Descrição Entrega PT
Critério de
Validação
Critério de
Aceitação
1.1 Estudo de
Mercado
Estudo dos clientes
potenciais em toda
região do Vale do
Paraíba
Relatório de
Pesquisa de
Mercado
Validação do
Diretor de
Marketing
Estudo de
mercado com
a assinaturas
do investidor
1.2 Estudo de
Custos
Estudo Financeiro
envolvendo desde o
custo de implantação
até a inauguração
Relatório de
Custos
Validação pelo
diretor
financeiro
Estudo de
custo com a
assinaturas do
investidor
1.3 Estudo do
Local
Levantamento do local
mais adequado para a
construção da Micro
cervejaria, levando-se
em consideração
fatores de segurança,
logística, água, luz,
entre outros.
Relatório de
Pesquisa de
Local de
instalação
Aprovação dos
investidores e
diretores
Estudo do
local com a
assinaturas do
investidor
Dicionário WBS Fase: Planejamento
Entrega:Plano Executivo
Conta de
Controle
Pacote de
Trabalho
Descrição Entrega PT
Critério de
Validação
Critério de
Aceitação
2.1 Materiais Listar todos os materiais
necessários para a obra.
Lista de
Materiais
Validação pelo
engenheiro
considerando as
normas
vigentes e
necessidades do
projeto.
Assinaturas
do
investidor
2.2 Dispêndio Relacionar custo e prazo
de todas as atividades
necessárias para
execução do projeto.
Cronograma
Físico e
Financeiro
Validação pelo
Diretor
Financeiro
Assinatura
do Diretor
Financeiro
2.3 Contratação Relacionar toda mão-de-
obra necessária para o
projeto, custos e formas
de contratação.
Plano de
Contratação
Validado com
Diretor do RH
de acordo com
a CLT
Assinatura
do Diretor
de RH
2.4 Marketing Definição das estratégias
de marketing e mídias.
Plano de
Marketing
Validação do
Diretor de
Marketing
Assinatura
do diretor
de
Marketing
Conta
de
Controle
Pacote de
Trabalho
Descrição Entrega PT
Critério de
Validação
Critério de
Aceitação
3.1 Construção Execução da
obra civil.
Construção da
Planta da
Fabrica/Loja
Medição
semanais de
acordo com a
evolução da obra
Evolução de
acordo com
o
programado
3.2 Montagem Montagem de
todos os
equipamentos.
Equipamentos em
funcionamento
Medição
semanais de
acordo com a
evolução da
montagem
Evolução de
acordo com
o
programado
3.3 Aquisição de
Equipamento
Relacionar os
equipamentos
necessários e
fazer licitações.
Compra dos
equipamentos
Apresentação de
licitação com
três orçamento
validado com
diretor financeiro
Assinatura
do diretor
financeiro
Dicionário WBS Fase: Desenvolvimento
Entrega: Planta Operacional
Conta
de
Controle
Pacote de
Trabalho
Descrição Entrega PT
Critério de
Validação
Critério de
Aceitação
3.4 Licenças e
Autorizações
Levantar todas
as licenças,
autorizações e
documentos
necessários
para execução
da obra e
funcionamento
da
Microcervejaria
Obtenção de
todas as licenças
e autorizações
Obter as licenças
e autorizações
nos prazos
Licenças e
autorizações
devidament
e liberadas
3.5 Mão de Obra Contratação de
uma empresa
de construção
civil para a
execução da
obra.
Contratação de
MO especializada
Pessoal
qualificado, com
comprovação de
cursos ou
experiências
Empresa
idônea, com
boa
reputação
no mercado
Dicionário WBS Fase: Desenvolvimento
Entrega: Planta Operacional
Dicionário WBS Fase: Pré Operação
Entrega: Lote Piloto
Conta de
Controle
Pacote de
Trabalho
Descrição Entrega PT
Critério de
Validação
Critério de
Aceitação
4.1 Teste de qualidade Testar a
qualidade dos
insumos
utilizados e do
produto final.
Relatório de
Teste de
qualidade
Aprovação
pelo mestre
cervejeiro
Qualidade de
acordo com
os critérios
previamente
estabelecido
s
4.2 Treinamento Treinar e
capacitar a
equipe de
atendimento
conforme
padrões pré-
definidos.
Plano de
Treinamento
equipe de
atendimento
Validação da
área de
Recursos
Humanos
Atendimento
dentro dos
padrões
previamente
definidos
4.3 Teste Operacional Avaliar a
Microcervejaria
em operação.
Relatório de
Teste de
Operacional
Validação
pelo
Gestores do
processo
produtivo
Operação de
acordo com
os padrões
definidos
para o
projeto.
Dicionário WBS Fase: Abertura
Entrega: Festa de Inauguração
Conta de
Controle
Pacote de
Trabalho
Descrição Entrega PT
Critério de
Validação
Critério de
Aceitação
5.1 Divulgação Elaborar um
plano de
marketing
específico para a
abertura da Micro
cervejaria ao
público.
Plano de
Marketing de
inauguração da
fabrica/Loja
Aprovação da
direção com
aval da
assessoria de
impressa
contratada
Aceite da
diretoria e da
assessoria de
imprensa
5.2 Primeiro Lote
da Série
Primeiro lote
fabricado da
série destinado a
inauguração da
Micro cervejaria
Primeiro Lote de
série para a
inauguração
Avaliação dos
degustadores
convidados
através de
analise
sensorial
Aceitação de
85% dos
degustadores e
convidados
escolhidos
para avaliar o
lote.
LVQ - Lista de Verificação da Qualidade
Conta de
Controle
Pacote de
Trabalho
Descrição Entrega PT
Critério de
Validação
Critério de
Aceitação
Fluxograma:
Verificação do pacote de trabalho
Fluxograma:
Verificação da FASE
Controlar o Escopo –
Cronograma Simplificado
Cronograma Simplificado do Projeto por Entregáveis
Estabelecer um "gate" para reavaliação do Escopo baseado no número de
entregas do trimestre
Controlar o Escopo
Trimestre
Controlar o Escopo
SOLICITAÇÃO DE MUDANÇA
A mudança identificada deve ser
formalmente solicitada através de
Formulário de Solicitação de Mudança
Controlar o Escopo
ANÁLISE DA SOLICITAÇÃO DE MUDANÇA
Verificações:
- Ações Necessárias
- Recursos Necessários
- Impactos em outras áreas
Impactos identificados – Escopo do projeto
Impactos identificados – Tempo do projeto
Impactos identificados – Custo do projeto
Impactos identificados – Qualidade do projeto
Impactos identificados – Recursos Humanos do projeto
Impactos identificados – Comunicações do projeto
Impactos identificados – Riscos do projeto
Impactos identificados – Aquisições do projeto
- Benefícios da Mudança-
Controlar o Escopo
APROVAÇÃO DA SOLICITAÇÃO DE MUDANÇA
A aprovação da Solicitação de Mudança é de responsabilidade exclusiva do GP.
EXECUÇÃO
Planejamento da execução, documentação e finalização da mudança
Controlar o Escopo
Simulação de Solicitação de uma Mudança no Projeto:
Número de
Entregas
Est. reliminar
Mai/13
Mai/14
Planejamento Desenvolvimento Pré Operação Abertura
03 04 05 03 02
• Total de Entregas =17
•Entregas Prevista 1º Semestre = 9
•Entregas Aceitas = 7
9 122 Tempo (meses)
Entregas (qtd)
9
7
Linha Base
Real
Plano Estratégico da Mudança
• Itens do WBS que apresentaram Problemas:
3.1. Contratação de Mão de Obra
3.2. Licenças e Autorizações
Plano 1:
Descrição: Falta de Mão de Obra
Soluções Propostas:
1. Contratação de mão de obra fora do municipio de São José
dos Campos;
2. Custo adicional previstos de R$ 30.000,00
3. Utilização de Verba de Contingência do Projeto.
Plano 2:
Descrição: Atraso nas obtenções de Licenças e Autorizações
Soluções Propostas:
1. Contratação de uma empresa especializada em serviços de
obtenção de licenças juntos aos órgãos competentes
Termo de Aceite - Parte 1
Lições Aprendidas
Será realizada após a implantação do projeto, neste documento iremos
todo o conhecimento adquirido durante a realização do
projeto, e portanto, faz parte de um processo de aprendizagem.
Podem ser identificadas ao longo de todo o ciclo de vida do projeto,
principalmente nos finais
de fase e na entrega dos sub-produtos do projeto. Devem contemplar tanto
as
experiências bem sucedidas, bem como aquelas passíveis de
aperfeiçoamento.
Envolve a participação da equipe do projeto e também outros stakeholders.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação do desempenho de mono e policultivos orgânicos no rendimento das cu...
Avaliação do desempenho de mono e policultivos orgânicos no rendimento das cu...Avaliação do desempenho de mono e policultivos orgânicos no rendimento das cu...
Avaliação do desempenho de mono e policultivos orgânicos no rendimento das cu...ProjetoBr
 
Churrasco PROJETOS 56
Churrasco PROJETOS 56Churrasco PROJETOS 56
Churrasco PROJETOS 56Marco Coghi
 
Palestra de fertiirrigação do cafeiro adolfo moura - fenicafé 2015
Palestra de fertiirrigação do cafeiro   adolfo moura  - fenicafé 2015Palestra de fertiirrigação do cafeiro   adolfo moura  - fenicafé 2015
Palestra de fertiirrigação do cafeiro adolfo moura - fenicafé 2015Revista Cafeicultura
 
Hortofrutícolas Minimamente Processadas
Hortofrutícolas Minimamente ProcessadasHortofrutícolas Minimamente Processadas
Hortofrutícolas Minimamente ProcessadasTiago Faisca
 
Cereais E Seus Sub Produtos ACA
Cereais E Seus Sub Produtos ACACereais E Seus Sub Produtos ACA
Cereais E Seus Sub Produtos ACADavid Quintino
 
Aula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e CronogramaAula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e CronogramaDaniela Brauner
 
Sistema De Alimentação Saudavel
Sistema De Alimentação SaudavelSistema De Alimentação Saudavel
Sistema De Alimentação SaudavelMarco Coghi
 
MANUAL DO CAFÉ - EMATER MG - Manejo de Cafezais Em Produção
MANUAL DO CAFÉ - EMATER MG - Manejo de Cafezais Em ProduçãoMANUAL DO CAFÉ - EMATER MG - Manejo de Cafezais Em Produção
MANUAL DO CAFÉ - EMATER MG - Manejo de Cafezais Em ProduçãoLuiz Valeriano
 
Gestão de Stakeholders em Projetos, segundo o Guia PMBOK 5a ed
Gestão de Stakeholders em Projetos, segundo o Guia PMBOK 5a edGestão de Stakeholders em Projetos, segundo o Guia PMBOK 5a ed
Gestão de Stakeholders em Projetos, segundo o Guia PMBOK 5a edDimitri Campana, PMP
 
Gerência de Projetos - Caso do Reino Perdido
Gerência de Projetos - Caso do Reino PerdidoGerência de Projetos - Caso do Reino Perdido
Gerência de Projetos - Caso do Reino PerdidoAnderson Zardo
 
Cm tecnologia de produção de frutas liofilizadas
Cm   tecnologia de produção de frutas liofilizadasCm   tecnologia de produção de frutas liofilizadas
Cm tecnologia de produção de frutas liofilizadasCamila Moresco
 
Processo de produção do vinho
Processo de produção do vinhoProcesso de produção do vinho
Processo de produção do vinhoJoão Rocha
 
Fluxo de Processos do Guia PMBOK® – 6ª Edição (Versão simplificada)
Fluxo de Processos do Guia PMBOK® – 6ª Edição (Versão simplificada)Fluxo de Processos do Guia PMBOK® – 6ª Edição (Versão simplificada)
Fluxo de Processos do Guia PMBOK® – 6ª Edição (Versão simplificada)Ricardo Viana Vargas
 
Project Model Canvas (PM Canvas)
Project Model Canvas (PM Canvas)Project Model Canvas (PM Canvas)
Project Model Canvas (PM Canvas)Evandro Paes
 
Fabricacaode cerveja apresentacao
Fabricacaode cerveja apresentacaoFabricacaode cerveja apresentacao
Fabricacaode cerveja apresentacaoMarli Correa
 
Producao e comercializacao de frutas
Producao e comercializacao de frutasProducao e comercializacao de frutas
Producao e comercializacao de frutasgustavo_ruffeil
 
Manual TRB ufcd 8336 - Serviço de vinhos - preparação e execução.docx
Manual TRB ufcd 8336 - Serviço de vinhos - preparação e execução.docxManual TRB ufcd 8336 - Serviço de vinhos - preparação e execução.docx
Manual TRB ufcd 8336 - Serviço de vinhos - preparação e execução.docxMartaOliveira959293
 

Mais procurados (20)

Avaliação do desempenho de mono e policultivos orgânicos no rendimento das cu...
Avaliação do desempenho de mono e policultivos orgânicos no rendimento das cu...Avaliação do desempenho de mono e policultivos orgânicos no rendimento das cu...
Avaliação do desempenho de mono e policultivos orgânicos no rendimento das cu...
 
Churrasco PROJETOS 56
Churrasco PROJETOS 56Churrasco PROJETOS 56
Churrasco PROJETOS 56
 
Palestra de fertiirrigação do cafeiro adolfo moura - fenicafé 2015
Palestra de fertiirrigação do cafeiro   adolfo moura  - fenicafé 2015Palestra de fertiirrigação do cafeiro   adolfo moura  - fenicafé 2015
Palestra de fertiirrigação do cafeiro adolfo moura - fenicafé 2015
 
Hortofrutícolas Minimamente Processadas
Hortofrutícolas Minimamente ProcessadasHortofrutícolas Minimamente Processadas
Hortofrutícolas Minimamente Processadas
 
Cereais E Seus Sub Produtos ACA
Cereais E Seus Sub Produtos ACACereais E Seus Sub Produtos ACA
Cereais E Seus Sub Produtos ACA
 
Aula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e CronogramaAula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e Cronograma
 
Adm. rural 3
Adm. rural 3Adm. rural 3
Adm. rural 3
 
Sistema De Alimentação Saudavel
Sistema De Alimentação SaudavelSistema De Alimentação Saudavel
Sistema De Alimentação Saudavel
 
MANUAL DO CAFÉ - EMATER MG - Manejo de Cafezais Em Produção
MANUAL DO CAFÉ - EMATER MG - Manejo de Cafezais Em ProduçãoMANUAL DO CAFÉ - EMATER MG - Manejo de Cafezais Em Produção
MANUAL DO CAFÉ - EMATER MG - Manejo de Cafezais Em Produção
 
Gestão de Stakeholders em Projetos, segundo o Guia PMBOK 5a ed
Gestão de Stakeholders em Projetos, segundo o Guia PMBOK 5a edGestão de Stakeholders em Projetos, segundo o Guia PMBOK 5a ed
Gestão de Stakeholders em Projetos, segundo o Guia PMBOK 5a ed
 
Gerência de Projetos - Caso do Reino Perdido
Gerência de Projetos - Caso do Reino PerdidoGerência de Projetos - Caso do Reino Perdido
Gerência de Projetos - Caso do Reino Perdido
 
Cm tecnologia de produção de frutas liofilizadas
Cm   tecnologia de produção de frutas liofilizadasCm   tecnologia de produção de frutas liofilizadas
Cm tecnologia de produção de frutas liofilizadas
 
Processo de produção do vinho
Processo de produção do vinhoProcesso de produção do vinho
Processo de produção do vinho
 
Fluxo de Processos do Guia PMBOK® – 6ª Edição (Versão simplificada)
Fluxo de Processos do Guia PMBOK® – 6ª Edição (Versão simplificada)Fluxo de Processos do Guia PMBOK® – 6ª Edição (Versão simplificada)
Fluxo de Processos do Guia PMBOK® – 6ª Edição (Versão simplificada)
 
Pmbok 5a edição
Pmbok 5a ediçãoPmbok 5a edição
Pmbok 5a edição
 
Project Model Canvas (PM Canvas)
Project Model Canvas (PM Canvas)Project Model Canvas (PM Canvas)
Project Model Canvas (PM Canvas)
 
Abacaxi aula prática
Abacaxi aula práticaAbacaxi aula prática
Abacaxi aula prática
 
Fabricacaode cerveja apresentacao
Fabricacaode cerveja apresentacaoFabricacaode cerveja apresentacao
Fabricacaode cerveja apresentacao
 
Producao e comercializacao de frutas
Producao e comercializacao de frutasProducao e comercializacao de frutas
Producao e comercializacao de frutas
 
Manual TRB ufcd 8336 - Serviço de vinhos - preparação e execução.docx
Manual TRB ufcd 8336 - Serviço de vinhos - preparação e execução.docxManual TRB ufcd 8336 - Serviço de vinhos - preparação e execução.docx
Manual TRB ufcd 8336 - Serviço de vinhos - preparação e execução.docx
 

Semelhante a Santo Gole

PROJETO IMPLANTAÇÃO DA FÁBRICA DA ATS LUBRIFICANTES
PROJETO IMPLANTAÇÃO DA FÁBRICA DA ATS LUBRIFICANTESPROJETO IMPLANTAÇÃO DA FÁBRICA DA ATS LUBRIFICANTES
PROJETO IMPLANTAÇÃO DA FÁBRICA DA ATS LUBRIFICANTESMarco Coghi
 
BAURU-FGV GPJ11-GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES EM PROJETO-PROJETO IMPLANTAÇÃO DA...
BAURU-FGV GPJ11-GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES EM PROJETO-PROJETO IMPLANTAÇÃO DA...BAURU-FGV GPJ11-GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES EM PROJETO-PROJETO IMPLANTAÇÃO DA...
BAURU-FGV GPJ11-GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES EM PROJETO-PROJETO IMPLANTAÇÃO DA...Marco Coghi
 
50 perguntas e respostas em eventos
50 perguntas e respostas em eventos50 perguntas e respostas em eventos
50 perguntas e respostas em eventosBruno Santos
 
Biergarten Cervejas Especiais
Biergarten Cervejas EspeciaisBiergarten Cervejas Especiais
Biergarten Cervejas EspeciaisMarco Coghi
 
Biergarten Cervejas Especiais S.A.
Biergarten Cervejas Especiais S.A.Biergarten Cervejas Especiais S.A.
Biergarten Cervejas Especiais S.A.Marco Coghi
 
50 perguntas e respostas em eventos
50 perguntas e respostas em eventos50 perguntas e respostas em eventos
50 perguntas e respostas em eventosBruno Santos
 
Cervejaria Gran Malte®
Cervejaria Gran Malte®Cervejaria Gran Malte®
Cervejaria Gran Malte®Marco Coghi
 
Água Nova Proj32 Campinas
Água Nova Proj32 CampinasÁgua Nova Proj32 Campinas
Água Nova Proj32 CampinasMarco Coghi
 
APRESENTAÇÃO CONGREVAP
APRESENTAÇÃO CONGREVAPAPRESENTAÇÃO CONGREVAP
APRESENTAÇÃO CONGREVAPÂngela W. Lima
 
Rock in Rio - Draft Project
Rock in Rio - Draft ProjectRock in Rio - Draft Project
Rock in Rio - Draft ProjectMariana Pita
 

Semelhante a Santo Gole (20)

Café Gourmet
Café GourmetCafé Gourmet
Café Gourmet
 
PROJETO IMPLANTAÇÃO DA FÁBRICA DA ATS LUBRIFICANTES
PROJETO IMPLANTAÇÃO DA FÁBRICA DA ATS LUBRIFICANTESPROJETO IMPLANTAÇÃO DA FÁBRICA DA ATS LUBRIFICANTES
PROJETO IMPLANTAÇÃO DA FÁBRICA DA ATS LUBRIFICANTES
 
BAURU-FGV GPJ11-GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES EM PROJETO-PROJETO IMPLANTAÇÃO DA...
BAURU-FGV GPJ11-GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES EM PROJETO-PROJETO IMPLANTAÇÃO DA...BAURU-FGV GPJ11-GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES EM PROJETO-PROJETO IMPLANTAÇÃO DA...
BAURU-FGV GPJ11-GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES EM PROJETO-PROJETO IMPLANTAÇÃO DA...
 
Golen Bier
Golen BierGolen Bier
Golen Bier
 
50 perguntas e respostas em eventos
50 perguntas e respostas em eventos50 perguntas e respostas em eventos
50 perguntas e respostas em eventos
 
Biergarten Cervejas Especiais
Biergarten Cervejas EspeciaisBiergarten Cervejas Especiais
Biergarten Cervejas Especiais
 
Biergarten Cervejas Especiais S.A.
Biergarten Cervejas Especiais S.A.Biergarten Cervejas Especiais S.A.
Biergarten Cervejas Especiais S.A.
 
50 perguntas e respostas em eventos
50 perguntas e respostas em eventos50 perguntas e respostas em eventos
50 perguntas e respostas em eventos
 
Recicla Tudo
Recicla TudoRecicla Tudo
Recicla Tudo
 
Manual de funcoes-ed1-rev0-eco
Manual de funcoes-ed1-rev0-ecoManual de funcoes-ed1-rev0-eco
Manual de funcoes-ed1-rev0-eco
 
Cervejaria Gran Malte®
Cervejaria Gran Malte®Cervejaria Gran Malte®
Cervejaria Gran Malte®
 
Água Nova Proj32 Campinas
Água Nova Proj32 CampinasÁgua Nova Proj32 Campinas
Água Nova Proj32 Campinas
 
APRESENTAÇÃO CONGREVAP
APRESENTAÇÃO CONGREVAPAPRESENTAÇÃO CONGREVAP
APRESENTAÇÃO CONGREVAP
 
Cervejaria resumo c z
Cervejaria resumo c zCervejaria resumo c z
Cervejaria resumo c z
 
Clipping cnc 06032018
Clipping cnc 06032018Clipping cnc 06032018
Clipping cnc 06032018
 
Sanserato Institucional rev01
Sanserato Institucional rev01Sanserato Institucional rev01
Sanserato Institucional rev01
 
Bier Godiva
Bier GodivaBier Godiva
Bier Godiva
 
ppt-200112115703.pdf
ppt-200112115703.pdfppt-200112115703.pdf
ppt-200112115703.pdf
 
Rock in Rio - Draft Project
Rock in Rio - Draft ProjectRock in Rio - Draft Project
Rock in Rio - Draft Project
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 

Mais de Marco Coghi (20)

Projeto Caixa Forte
Projeto Caixa ForteProjeto Caixa Forte
Projeto Caixa Forte
 
EZ Pass
EZ PassEZ Pass
EZ Pass
 
Sai Zika
Sai ZikaSai Zika
Sai Zika
 
Acertando suas Contas
Acertando suas ContasAcertando suas Contas
Acertando suas Contas
 
EcoTelhado
EcoTelhadoEcoTelhado
EcoTelhado
 
Volume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca MaisVolume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca Mais
 
Projeto Iemanjá
Projeto IemanjáProjeto Iemanjá
Projeto Iemanjá
 
Viva Mariana
Viva MarianaViva Mariana
Viva Mariana
 
Projeto Help
Projeto HelpProjeto Help
Projeto Help
 
Princes Forever
Princes ForeverPrinces Forever
Princes Forever
 
Aquaman
AquamanAquaman
Aquaman
 
Projeto +Cana
Projeto +CanaProjeto +Cana
Projeto +Cana
 
Princess Forever
Princess ForeverPrincess Forever
Princess Forever
 
Ecobuilding
EcobuildingEcobuilding
Ecobuilding
 
Sanca GreenHouse
Sanca GreenHouseSanca GreenHouse
Sanca GreenHouse
 
Teto Amigo
Teto AmigoTeto Amigo
Teto Amigo
 
Projeto Lampião
Projeto LampiãoProjeto Lampião
Projeto Lampião
 
CONSEGS
CONSEGSCONSEGS
CONSEGS
 
Projeto Gestar
Projeto GestarProjeto Gestar
Projeto Gestar
 
Zika
ZikaZika
Zika
 

Santo Gole

  • 1. Gerenciamento do Escopo de Projetos Turma: PROJ 26_São José dos Campos Micro cervejaria Santo Gole Fundação Getúlio Vargas_Maio 2013
  • 2. Empresa: Micro cervejaria Vale do Paraíba Slogan do Projeto: “A Melhor Cerveja do Vale do Paraíba” Projeto: Santo Gole Logotipo da Empresa Produto: Micro cervejaria Vale do Paraíba em produção Logotipo do Projeto: Plano de Fundo ppt
  • 3. Objetivo do Projeto Implantação de uma Micro cervejaria “Implantar uma micro cervejaria no Vale do Paraíba, capaz de produzir 10.000 litros de cerveja artesanal por mês, utilizando matéria prima de qualidade, com investimento de R$ 1,5MM no período de um ano.”
  • 4. Equipe do Projeto Marcos Roberto dos Santos, Evelyn Soares, Bruno Garcia, Cristiano Diniz, Joice Toledo, Patrícia Giannini e Cássia Barros
  • 5. Diretoria Bruno Elias Garcia - Gerente do Projeto Cássia Ciléia da Cruz Vieira de Barros - Diretora Executiva Cristiano Camargo Viana de Diniz - Diretor de Marketing Evelyn de Siqueira Soares - Diretora Financeira Joice Hermenegildo de Toledo - Diretora de Recursos Humanos Marcos Roberto dos Santos - Diretor de Segurança e Qualidade Patricia Pimentel Pinto Giannini - Diretora de Planejamento
  • 6. TAP - Termo de Abertura do Projeto Projeto: Santo Gole Produto: Micro cervejaria no Vale do Paraíba em operação. Descrição: Construção de uma micro cervejaria no Vale do Paraíba, que produza cervejas artesanais de qualidade e com preços acessíveis. Justificativa: De acordo com a Associação Brasileira de Micro cervejarias (ABMIC) desde 1996 as receitas caseiras de cerveja, que dão origem as cervejas artesanais, estão em alto crescimento. Apostando em um nicho de mercado, com um público-alvo mais sofisticado, essas empresas não atuam na concorrência direta com as grande marcas, mas buscam seu espaço. Uma grande oportunidade uma vez que este novo mercado ainda não foi muito explorado no Vale do Paraíba
  • 7. TAP - Termo de Abertura do Projeto Objetivo: Construção de uma micro cervejaria no Vale do Paraíba, capaz de produzir 10.000 litros de cerveja artesanal por mês, utilizando matéria prima de qualidade, com investimento de R$1,5MM, no período de um ano. Orçamento: R$1,5MM Requisitos:  O projeto terá duração de 1 ano, deverá ser concluído em outubro/2014;  A capacidade inicial de produção deverá ser de 10.000 litros de cerveja artesanal, 480 litros por dia e 800 garrafas de 600 ml;  Todas as licenças e autorização deverão ser obtidas antes do início da obra;  Mão de obra e fornecedores qualificados;  Horário restrito de permissão da obra, estipulado pela prefeitura.
  • 8. TAP - Termo de Abertura do Projeto Designação: O Sr. Bruno Garcia foi nomeado como gerente do projeto Santo Gole. Com isto, tem autorização e responsabilidade para contratar mão de obra e fornecedores necessários para realização do projeto, utilizar recursos financeiros da empresa conforme orçamento previsto e fluxo de caixa da empresa, monitorar e controlar todas as entregas previstas, comunicar o status de cada fase aos stakeholders. Riscos:  Atraso em licenças e autorizações  Falta de mão de obra especializada  Atraso/ problemas na entrega do maquinário  Problemas com a comunidade local
  • 9. TAP - Termo de Abertura do Projeto Milestones:  01/10/2013: Garantir que todas as licenças e autorizações tenham sido obtidas e estejam válidas;  01/11/2013: Recrutamento e seleção de mão de obra qualificada;  01/02/2013: Acompanhamento do status da obra;  01/04/2013: Acompanhamento do recebimento das máquinas para produção das cervejas;  01/05/2013: Acompanhamento do status final da obra;  01/06/2013: Acompanhamento das instalações das máquinas;  01/07/2013: Acompanhamento das acabamentos;  01/08/2013: Acompanhamento da entregas de mesas, copos, decoração local;  01/09/2013: Organização e preparação da inauguração
  • 10. Escopo do Projeto Custo:  O valor de investimento previsto disponível para o Projeto é de R$ 1,5 MM Tempo:  Prazo para a conclusão do projeto – 12 meses Qualidade:  Lesão zero - Nenhum incidente com perda de tempo na etapa de construção e produção da cerveja RH:  Contratação de consultoria especializada na construção e implantação de micro-cervejaria  Contratação de Mão de Obra local Comunicação:  Registros através de Atas de Reunião  E-mails padrões a serem definidos através de um plano de comunicação
  • 11. Escopo do Projeto Ameaças/Riscos:  Licenças ambientais  Lei do silêncio  Valor de equipamentos com cotação em dólar Aquisições:  Matérias prima de alta qualidade  Sistema de contratação Take or Pay
  • 12. Escopo do Produto Características Técnicas:  Ter equipamentos adequados para a produção de cerveja  Ter uma equipe qualificada e um mestre cervejeiro capacitado  Possuir todas as autorizações, licenças e laudos ambientais Especificações:  Moinho de Malte  Painel de comando  Plataforma  Tanque de brassagem  Cozimento Funcionalidades:  Produzir três linhas de produção super Top, Premium e Padrão Desempenho:  Produção de 10.000 litros de cervejas por mês Eficiência:  Mínimo de desperdício de matéria prima
  • 13. Escopo do Produto  Contratação de um Mestre cervejeiro  Contratação de consultoria especializada para aferição da qualidade do lote inicial  Obtenção das licenças e autorizações necessárias para construção e funcionamento da cervejaria  Registro formais (atas, emails) de todas as reuniões, entregas, aceites e alterações de escopo do projeto
  • 14. ISH - Identificação dos Stakeholders  Clientes  Gerente de Projetos  Fornecedores de Matéria Prima  Fornecedores de Equipamentos  Fornecedores de Produtos de Limpeza  Fornecedores de Encartelados  Fornecedores de Produtos de Higiene  Funcionários Contratados para Construção Civil  Funcionários da Administração  Funcionários Atendentes
  • 15. ISH - Identificação dos Stakeholders  Funcionários da Fabricação da Cerveja  Funcionários da Empresa Gráfica  Funcionários Empresa Marketing  Funcionários da Limpeza  Seguranças do Local  Investidores  Órgãos Reguladores  Prefeitura Municipal  PROCON  Presidente Associação de Amigos de Bairro
  • 16. ISH - Identificação dos Stakeholders  Policia Militar  Agentes de Transito  Propagandistas Contratados  Moradores da Região (Vizinhança)  Vigilância Sanitária  Pedestres que circulam pelo local  Vendedores Ambulantes  Frequentadores de bares da região  Hospitais da Região  Corpo de Bombeiros da Região
  • 17. ISH - Identificação dos Stakeholders  Clubes da Região  Frequentadores de Associações de Classe da Região  Estudantes da Região  Políticos da Região  Empresa Limpeza Urbana  Empresas Fornecedora de Água e Esgoto  Empresas Fornecedora de Energia Elétrica  Empresas de Reciclagem
  • 18. Declaração de requisitos do Produto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Clientes Saborear uma cerveja artesanal a um preço justo 10 -10 Alta Relatório de satisfação com no mínimo 80% dos clientes satisfeitos Funcionários de Hospitais da região Fornecer um produto de boa qualidade que respeite os órgãos de saúde 8-10 Média Relatório com histórico de atendimentos por intoxicação Presidente da Associação Amigos do Bairro Fornecer oportunidades de emprego a moradores da região 7-10 Médio Folha de Funcionários registrado pela empresa Fornecedores de Matéria Prima Fornecer a matéria prima da fabricação da cerveja artesanal com custo aceitável e produtos de qualidade 8-10 Média Matéria prima para fabricação da cerveja
  • 19. Declaração de requisitos do Produto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Fornecedores de Equipamentos Fornecer equipamentos que seja capaz de produzir 10mil litros de cerveja 8-10 Média Equipamentos com alta performance para fabricação de cervejas artesanais Fornecedores de Produtos de Limpeza Fornecer produtos de limpeza das melhores marcas do mercado dentro de preços atrativos 7-10 Média Produtos de limpeza para higiene da loja e fabrica Fornecedores de Encartelados Ter uma quantidade mínima definida por mês para a produção dos encartelados. 6-10 Média Fornecedores
  • 20. Declaração de requisitos do Produto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Presidente da Assoc.Amigos do Bairro Respeitar a leio do silêncio do município 6-10 Médio Nº de ocorrências registradas em delegacias próximaso Órgãos reguladores Atender a todas as normas exigidas pelos orgãos reguladores. 10 -10 Alta Planta Operacional - Autorização emitida. Prefeitura Municipal Solicitar licença para funcionamento na prefeitura do municipio. 10-10 Alta Planta Operacional - Licenças Concedidas. Procon Garantir que haja nenhuma ação aberta no Procon 8 - 10 Alta Lote Piloto - Nenhum direito do consumidor desrespeitado.
  • 21. Declaração de requisitos do Produto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Funcionários da Administração Efetuar a administração da cervejaria na fase de projeto 8-10 Alta RH - Administração fase de projeto e operação Funcionários Atendentes Atender os clientes com cortesia e prioridade 9-10 Alta RH - Contratação de Pessoal Funcionários da fabricação da cerveja Fabricar a Cerveja dentro dos padrões e receita estabelecida 9-10 Alta Rh- Contratação de Pessoal Funcionários da empresa gráfica Ter uma quantidade mínima definida por mês para a produção gráfica. 6-10 Média Fornecedores
  • 22. Declaração de requisitos do Produto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Fornecedores de Encartelados Ter uma quantidade mínima definida por mês para a produção dos encartelados. 6-10 Média Fornecedores Funcionários contratados para construção civil Fazer a obra de alvenaria com índice de acidente zero 9-10 Alta Aquisições - Contratação da Empreiteira Funcionários da Administração Efetuar a administração da cervejaria na fase de projeto 8-10 Alta RH - Administração fase de projeto e operação Funcionários Atendentes Atender os clientes com cortesia e prioridade 9-10 Alta RH - Contratação de Pessoal
  • 23. Declaração de requisitos do Produto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Funcionários da limpeza Garantir a limpeza e higiene, de todos os ambientes da cervejaria. 10 -10 Alta RH - Contratação de empresa especializada. Seguranças do local Garantir que todas as normas de segurança serão respeitadas, além de realizar a segurança patrimonial. 7 -10 Alta RH - Contratação de técnico de Segurança do Trabalho e Segurança Patrimonial. Investidores Captar investimentos e remunerá-lo adequadamente acima da taxa de atratividade do mercado ou TIR 15% 10-10 Alta Viabilidade do Projeto
  • 24. Declaração de requisitos do Produto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Agentes de trânsito Orientar o fluxo de veículos no entorno da obra nos horários de "rush"., e durante processo operacional Às segundas-feiras pela manhã. 8 - 10 Média Fase de construção da planta operacional e durante a operação da fábrica nas datas de entrega de matéria-prima, insumos.. Propagandistas contratados Divulgar o produto em pontos comerciais da região 9-10 Alta Pré Evento de diculgação e durante o período de operação Vigilância sanitária Atender as normas de fabricação e envase de líquidos. 8 - 10 Alta Processos de fabricação e envase do produto
  • 25. Declaração de requisitos do Produto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Turistas Captar turismo da região 7 - 10 Média Festa Inauguração – 1º Lote da Série Emitido Aprendizes de Mestre Cervejeiro Captar M.O. em formação e aproveitá-la 5 - 10 Média Lote Piloto – Lote Piloto Emitido Empresas de Reciclagem de Alumínio Reciclar latas utilizadas no armazenamento do produto 8 - 10 Alta Festa Inauguração – 1º Lote da Série Emitido Faculdades da Região Incentivar criação de cursos para formação de M.O especializada 7 - 10 Média Relatório de Viabilidade – Relatório Finalizado Guias de Ranking de Cervejas Avaliar bem o produto frente aos concorrentes 9 - 10 Alta Festa de Inauguração – Campanha de Marketing do Produto Iniciada
  • 26. Declaração de requisitos do Produto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Corpo de Bombeiro Plano de atendimento de emergências 7 – 10 Média Alta Plano de Mitigação de Riscos Associação de Classe da região Apoio na divulgação do produto nos comércios da região 8 – 10 Alta Plano de Comunicação e divulgação da marca. Clubes da região Distribuição e promoção do produto em eventos 7 – 10 Média Alta Plano de Comunicação e divulgação da marca. Empresa de reciclagem Coleta e processamento de latas de alumínio 6 – 10 Média Plano de sustentabilidade do negócio Funcionários empresa Marketing Conhecimento do segmento a ser trabalhado 9 – 10 Alta Plano de Marketing & Vendas
  • 27. Declaração de requisitos do Projeto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Gerente de Projetos Tornar viável o projeto dentro do a TIR de 15% bem com fazer o controle e acompanhamento de todas as etapas do projeto 9-10 Alta Planejamento Estratégico do Projeto, Estudo de Viabilidade dos Projeto entrega do produto final Investidores Entregar um projeto que atenda todas as normas e legislações do município 8-10 Alto Avaliação do Projeto executivo e toadas as autorizações Investidores Atender ao prazo de execução e implantação do projeto (1 ano) 8-10 Alto Avaliação do cronograma executivo do projeto
  • 28. Declaração de requisitos do Projeto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Funcionários contratados para construção civil Receber do contratante todos os EPI´s necessário para construção e implantação da Micro cervejaria 10-10 Alto Relatório de entrega de EPI´s Corpo de bombeiros da região Atender todas as Normas de instalação prevista pelo Corpo de Bombeiros 9-10 Alto Aprovação/ Licença de Instalação do corpo de Bombeiros Fornecedores de Equipamentos Fornecer maquinários para implantação da micro cervejaria 8-10 Média Equipamentos com alta performance para fabricação de cervejas artesanais. Funcionários contratados para construção civil Fazer a obra de alvenaria com índice de acidente zero 9-10 Alta Aquisições - Contratação da Empreiteira
  • 29. Declaração de requisitos do Projeto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Prefeitura Municipal Solicitar licença para construção da micro cervejaria. 10-10 Alta Planta Operacional - Licenças Concedidas. Investidores Prazo máximo para execução do projeto de um ano 8 - 10 Alta Festa Inauguração – 1º Lote da Série Emitido Fornecedores de Equipamentos Maquinários 70% nacional 6 - 10 Média Plano Executivo– Lista de Materiais Empresas de Reciclagem de Alumínio Mão de obra contratada com no mínimo um ano de experiência 8 - 10 Alta Planta Operacional – Contratação de M.O. Pedestres Sinalização e isolamento de áreas com risco de queda de objetos 9 – 10 Alta Plano de mitigação de Risco
  • 30. Declaração de requisitos do Projeto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Orgãos de Transito Autorização e auxilio na sinalização das vias 10-10 Alta Plano de desvio de transito com rotas auternativas. Fornecedores de materiais Insumos utilizados aprovados pelos orgãos competentes 8 - 10 Alta Certificação/aprovação Inmetros dos materiais utilizados na construção Sponsor Suporte e apoio ao gerente de projeto nas decisões que fogem da alçada. 9 – 10 Alta Reuniões e Comitê de acompanhamento do projeto. Fornecedores de mobiliário Garantia de prazo de entrega 8 – 10 Média Alta Plano de compras
  • 31. Declaração de requisitos do Projeto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Empresa de limpeza de obra Especialização em limpeza de pesada (obra) 9 – 10 Alta Plano de Aquisições Empresa de coleta de resíduos da obra Reciclagem dos resíduos para novas aplicações 8 – 10 Alta Plano de sustentabilidade da obra. Projetista Capacidade técnica comprovada. 9 -10 Alta Projeto Executivo Equipe do projeto Conhecimento Técnico comprovado 8 – 10 Alta Acompanhamento das atividades
  • 32. Declaração de requisitos do Projeto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Engenheiro Civil Conhecimento do tipo de empreendimento 5 – 10 Média Memorial descritivo para um bom nível de execução Engenheiro Elétrico Conhecimento do tipo de empreendimento 5 – 10 Média Memorial descritivo para um bom nível de execução Funcionários da Obra Plano de segurança adequado as atividades 8 – 10 Alto Plano de Segurança & participação em treinamentos. Funcionários da Obra Utilização de EPI’s 8 – 10 Alto Plano de Segurança & participação em treinamentos
  • 33. Declaração de requisitos do Projeto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Engenheiro de Segurança do Trabalho Conhecimento do tipo de empreendimento 7 – 10 Média Alta Plano de Segurança & participação em treinamentos CREA ART da Obra 9 – 10 Alto Apresentar a ART na entrega da obra BNDES Planilha Financeira com o fluxo de caixa dos empréstimo 8 – 10 Alto Assinatura do contrato de Financiamento Prefeitura Municipal Liberação do Habite- se 10 -10 Alto Apresentação do Habite-se antes da inauguração.
  • 34. Declaração de requisitos do Projeto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Prefeitura Municipal Placa de identificação da obra 9 – 10 Alta Por meio da placa instalada no canteiro de obra. Prefeitura Municipal Taxas municipais diversas 9 – 10 Alta Guias de recolhimento pagas Empresa de Marketing Plano de Evento de Lançamento 6 – 10 Média Plano do Evento Empresa de Marketing Lista de convidados do Evento 8 – 10 Média Alta Lista de convidados Aprovada
  • 35. Declaração de requisitos do Projeto Requisitos Matriz de Rastreabilidade Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta Funcionários da Obra Limpeza e organização do canteiro 9 – 10 Alta Vistoria do encarregado da obra Funcionários Organização do alojamento 8 – 10 Média Alta Vistoria do encarregado da obra Governo Federal Pagamento de Taxas relativas à obra 10 – 10 Alta Guias de Recolhimentos da União.
  • 36. Premissas • Ter no mínimo 02 mestres cervejeiros; • Produzir 10.000litros por mês; • Ter um efetivo mínimo 15 funcionários; • Financiamento BNDES aprovado num prazo máximo de um ano antes do início do projeto. • Contratação de Mão de Obra local.
  • 37. Restrições • Prazo máximo para execução do projeto de um ano; • Orçamento máximo de R$1,5MM; • Maquinários 70% nacional; • Mão de obra contratada com no mínimo um ano de experiência; • Horário comercial de trabalho, ou seja, deverá ser adotado de segunda a sexta das 8:00 as 17:00, no período de construção da micro cervejaria; • Ter infra estrutura (água, esgoto, telefone, energia elétrica, etc) no local onde será implantado a micro cervejaria.
  • 38. SANTO GOLE 1. ESTUDO PRELIMINAR 2. PLANEJAMENTO 3. DESENVOLVIMENTO 5. ABERTURA4. PRÉ OPERAÇÃO 3.1 Construção Civil FESTA DE INAUGURAÇÃO LOTE PILOTO PLANTA OPERACIONAL 2.1 Llista de materiais 2.2 Cron Físico Financeiro 2.3 Plano de Contratação 2.4 Plano de marekting 3.2 Montagem Equipamentos 3.3 Aquisição de Materiais 3.4 Licenças e Autorizações 3.5 Contratação Mão Obra 4.1 Teste Qualidade 4.2 Treinamento 4.3 Teste Operacional 5.1 Marketing 5.2 1º Lote da série 1.1 Mercado 1.2 Custo 1.3.Local PLANO EXECUTIVO RELATORIO DE VIABILIDADE WBS
  • 39. Dicionário WBS Fase: Estudo Preliminar Entrega: Relatório de Viabilidade Conta de Controle Pacote de Trabalho Descrição Entrega PT Critério de Validação Critério de Aceitação 1.1 Estudo de Mercado Estudo dos clientes potenciais em toda região do Vale do Paraíba Relatório de Pesquisa de Mercado Validação do Diretor de Marketing Estudo de mercado com a assinaturas do investidor 1.2 Estudo de Custos Estudo Financeiro envolvendo desde o custo de implantação até a inauguração Relatório de Custos Validação pelo diretor financeiro Estudo de custo com a assinaturas do investidor 1.3 Estudo do Local Levantamento do local mais adequado para a construção da Micro cervejaria, levando-se em consideração fatores de segurança, logística, água, luz, entre outros. Relatório de Pesquisa de Local de instalação Aprovação dos investidores e diretores Estudo do local com a assinaturas do investidor
  • 40. Dicionário WBS Fase: Planejamento Entrega:Plano Executivo Conta de Controle Pacote de Trabalho Descrição Entrega PT Critério de Validação Critério de Aceitação 2.1 Materiais Listar todos os materiais necessários para a obra. Lista de Materiais Validação pelo engenheiro considerando as normas vigentes e necessidades do projeto. Assinaturas do investidor 2.2 Dispêndio Relacionar custo e prazo de todas as atividades necessárias para execução do projeto. Cronograma Físico e Financeiro Validação pelo Diretor Financeiro Assinatura do Diretor Financeiro 2.3 Contratação Relacionar toda mão-de- obra necessária para o projeto, custos e formas de contratação. Plano de Contratação Validado com Diretor do RH de acordo com a CLT Assinatura do Diretor de RH 2.4 Marketing Definição das estratégias de marketing e mídias. Plano de Marketing Validação do Diretor de Marketing Assinatura do diretor de Marketing
  • 41. Conta de Controle Pacote de Trabalho Descrição Entrega PT Critério de Validação Critério de Aceitação 3.1 Construção Execução da obra civil. Construção da Planta da Fabrica/Loja Medição semanais de acordo com a evolução da obra Evolução de acordo com o programado 3.2 Montagem Montagem de todos os equipamentos. Equipamentos em funcionamento Medição semanais de acordo com a evolução da montagem Evolução de acordo com o programado 3.3 Aquisição de Equipamento Relacionar os equipamentos necessários e fazer licitações. Compra dos equipamentos Apresentação de licitação com três orçamento validado com diretor financeiro Assinatura do diretor financeiro Dicionário WBS Fase: Desenvolvimento Entrega: Planta Operacional
  • 42. Conta de Controle Pacote de Trabalho Descrição Entrega PT Critério de Validação Critério de Aceitação 3.4 Licenças e Autorizações Levantar todas as licenças, autorizações e documentos necessários para execução da obra e funcionamento da Microcervejaria Obtenção de todas as licenças e autorizações Obter as licenças e autorizações nos prazos Licenças e autorizações devidament e liberadas 3.5 Mão de Obra Contratação de uma empresa de construção civil para a execução da obra. Contratação de MO especializada Pessoal qualificado, com comprovação de cursos ou experiências Empresa idônea, com boa reputação no mercado Dicionário WBS Fase: Desenvolvimento Entrega: Planta Operacional
  • 43. Dicionário WBS Fase: Pré Operação Entrega: Lote Piloto Conta de Controle Pacote de Trabalho Descrição Entrega PT Critério de Validação Critério de Aceitação 4.1 Teste de qualidade Testar a qualidade dos insumos utilizados e do produto final. Relatório de Teste de qualidade Aprovação pelo mestre cervejeiro Qualidade de acordo com os critérios previamente estabelecido s 4.2 Treinamento Treinar e capacitar a equipe de atendimento conforme padrões pré- definidos. Plano de Treinamento equipe de atendimento Validação da área de Recursos Humanos Atendimento dentro dos padrões previamente definidos 4.3 Teste Operacional Avaliar a Microcervejaria em operação. Relatório de Teste de Operacional Validação pelo Gestores do processo produtivo Operação de acordo com os padrões definidos para o projeto.
  • 44. Dicionário WBS Fase: Abertura Entrega: Festa de Inauguração Conta de Controle Pacote de Trabalho Descrição Entrega PT Critério de Validação Critério de Aceitação 5.1 Divulgação Elaborar um plano de marketing específico para a abertura da Micro cervejaria ao público. Plano de Marketing de inauguração da fabrica/Loja Aprovação da direção com aval da assessoria de impressa contratada Aceite da diretoria e da assessoria de imprensa 5.2 Primeiro Lote da Série Primeiro lote fabricado da série destinado a inauguração da Micro cervejaria Primeiro Lote de série para a inauguração Avaliação dos degustadores convidados através de analise sensorial Aceitação de 85% dos degustadores e convidados escolhidos para avaliar o lote.
  • 45. LVQ - Lista de Verificação da Qualidade Conta de Controle Pacote de Trabalho Descrição Entrega PT Critério de Validação Critério de Aceitação
  • 48. Controlar o Escopo – Cronograma Simplificado Cronograma Simplificado do Projeto por Entregáveis Estabelecer um "gate" para reavaliação do Escopo baseado no número de entregas do trimestre
  • 50. Controlar o Escopo SOLICITAÇÃO DE MUDANÇA A mudança identificada deve ser formalmente solicitada através de Formulário de Solicitação de Mudança
  • 51. Controlar o Escopo ANÁLISE DA SOLICITAÇÃO DE MUDANÇA Verificações: - Ações Necessárias - Recursos Necessários - Impactos em outras áreas Impactos identificados – Escopo do projeto Impactos identificados – Tempo do projeto Impactos identificados – Custo do projeto Impactos identificados – Qualidade do projeto Impactos identificados – Recursos Humanos do projeto Impactos identificados – Comunicações do projeto Impactos identificados – Riscos do projeto Impactos identificados – Aquisições do projeto - Benefícios da Mudança-
  • 52. Controlar o Escopo APROVAÇÃO DA SOLICITAÇÃO DE MUDANÇA A aprovação da Solicitação de Mudança é de responsabilidade exclusiva do GP. EXECUÇÃO Planejamento da execução, documentação e finalização da mudança
  • 53. Controlar o Escopo Simulação de Solicitação de uma Mudança no Projeto: Número de Entregas Est. reliminar Mai/13 Mai/14 Planejamento Desenvolvimento Pré Operação Abertura 03 04 05 03 02 • Total de Entregas =17 •Entregas Prevista 1º Semestre = 9 •Entregas Aceitas = 7 9 122 Tempo (meses) Entregas (qtd) 9 7 Linha Base Real Plano Estratégico da Mudança • Itens do WBS que apresentaram Problemas: 3.1. Contratação de Mão de Obra 3.2. Licenças e Autorizações Plano 1: Descrição: Falta de Mão de Obra Soluções Propostas: 1. Contratação de mão de obra fora do municipio de São José dos Campos; 2. Custo adicional previstos de R$ 30.000,00 3. Utilização de Verba de Contingência do Projeto. Plano 2: Descrição: Atraso nas obtenções de Licenças e Autorizações Soluções Propostas: 1. Contratação de uma empresa especializada em serviços de obtenção de licenças juntos aos órgãos competentes
  • 54. Termo de Aceite - Parte 1
  • 55. Lições Aprendidas Será realizada após a implantação do projeto, neste documento iremos todo o conhecimento adquirido durante a realização do projeto, e portanto, faz parte de um processo de aprendizagem. Podem ser identificadas ao longo de todo o ciclo de vida do projeto, principalmente nos finais de fase e na entrega dos sub-produtos do projeto. Devem contemplar tanto as experiências bem sucedidas, bem como aquelas passíveis de aperfeiçoamento. Envolve a participação da equipe do projeto e também outros stakeholders.