TMC ENGENHARIA SOLUÇÕES PARA TRANSPORTE DE MASSA E CARGAS
<ul><li>Diretor Executivo  </li></ul><ul><li>Helton Alves da Costa </li></ul><ul><li>Gerente de Qualidade </li></ul><ul><l...
PROJETO <ul><li>DESLOCAMENTO RÁPIDO DE MASSA E CARGA </li></ul>
<ul><li>O projeto nasceu de uma Declaração de Trabalho assinada pelo governo de Pernambuco como solução para o deslocament...
PRODUTO DA TMC <ul><li>VRT </li></ul><ul><li>Veículo Rápido sobre Trilhos </li></ul>
STAKEHOLDERS <ul><li>GOVERNO </li></ul><ul><li>COMUNIDADE </li></ul><ul><li>ORGÃOS AMBIENTAIS </li></ul><ul><li>ORGÃOS REG...
REQUISITOS <ul><li>TREM BALA </li></ul><ul><li>DISTÂNCIA SEGURA </li></ul><ul><li>REFLORESTAMENTO </li></ul><ul><li>ATENDI...
RESTRIÇÕES <ul><li>VELOCIDADE MÁXIMA DE 100 KM POR HORA </li></ul><ul><li>DISTÂNCIA SEGURA DE 15 METROS </li></ul><ul><li>...
ORGANOGRAMA A TMC escolheu a estrutura matricial, pois é uma grande organização, moderna e pensa sempre em aumentar a efic...
<ul><li>COMUNICAÇÃO </li></ul><ul><li>AUDITORIA </li></ul><ul><li>SUPORTE/TREINAMENTO </li></ul>PMO FUNCTIONS O PMO fica j...
<ul><li>CONFIDENCIALIDADE </li></ul><ul><li>CONDUZIR OS NEGÓCIOS COM TRANSPARÊNCIA </li></ul><ul><li>PROVER CONDIÇÕES DE T...
WBS
COMO INICIAR <ul><li>ESTUDO DE VIABILIDADE </li></ul><ul><li>REUNIÃO COM SPONSOR </li></ul><ul><li>ESCOLHA DO GERENTE DE P...
COMO PLANEJAR <ul><li>COLETAR REQUESITOS </li></ul><ul><li>DEFINIR ESCOPO </li></ul><ul><li>CRIAR EAP </li></ul><ul><li>DE...
COMO EXECUTAR <ul><li>MOBILIZAR EQUIPE FINAL </li></ul><ul><li>LISTA DE VERIFICAÇÃO DE QUALIDADE </li></ul><ul><li>CONTRAT...
<ul><li>REUNIÕES PERIÓDICAS </li></ul><ul><li>CONFECÇÕES DE RELATÓRIOS (prazos e custos) </li></ul><ul><li>AUDITORIA </li>...
<ul><li>ENTREGA DE UM DATABOOK </li></ul><ul><li>ASSINATURA DO TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO (TRD) </li></ul><ul><li>ENC...
 
 
APO <ul><li>Processos e procedimentos da organização para realizar o trabalho dos Ativos de Processos Organizacionais padr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Recife gp11-pmo-grupo01

658 visualizações

Publicada em

Integrantes: Wilson Reuter Melo dos santos, Laudenice Laureana da Silva, Helton Alves da Costa, Raul Moreno Martins, Fabiano Pessoa de Lucena.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
658
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Recife gp11-pmo-grupo01

  1. 1. TMC ENGENHARIA SOLUÇÕES PARA TRANSPORTE DE MASSA E CARGAS
  2. 2. <ul><li>Diretor Executivo </li></ul><ul><li>Helton Alves da Costa </li></ul><ul><li>Gerente de Qualidade </li></ul><ul><li>Raul Moreno Martins </li></ul><ul><li>Gerente Administrativo </li></ul><ul><li>Laudenice Laureana da Silva </li></ul><ul><li>Gerente de Engenharia </li></ul><ul><li>Fabiano Pessoa de Lucena </li></ul><ul><li>Gerente de Projeto </li></ul><ul><li>Wilson Reuter Melo dos Santos </li></ul>
  3. 3. PROJETO <ul><li>DESLOCAMENTO RÁPIDO DE MASSA E CARGA </li></ul>
  4. 4. <ul><li>O projeto nasceu de uma Declaração de Trabalho assinada pelo governo de Pernambuco como solução para o deslocamento de pessoas e cargas interligando o litoral norte e sul e a via férrea Transnordestina, como forma de facilitar o transito de pessoas e melhorar o escoamento da produção dos complexos industriais do Estado de Pernambuco. </li></ul>
  5. 5. PRODUTO DA TMC <ul><li>VRT </li></ul><ul><li>Veículo Rápido sobre Trilhos </li></ul>
  6. 6. STAKEHOLDERS <ul><li>GOVERNO </li></ul><ul><li>COMUNIDADE </li></ul><ul><li>ORGÃOS AMBIENTAIS </li></ul><ul><li>ORGÃOS REGULAMENTADORES </li></ul><ul><li>CONSÓRCIOS </li></ul><ul><li>COLABORADORES </li></ul><ul><li>FORNECEDORES </li></ul>
  7. 7. REQUISITOS <ul><li>TREM BALA </li></ul><ul><li>DISTÂNCIA SEGURA </li></ul><ul><li>REFLORESTAMENTO </li></ul><ul><li>ATENDIMENTO AS NORMAS TÉCNICAS </li></ul><ul><li>VIABILIDADE ECONÔMICA </li></ul><ul><li>BOA REMUNERAÇÃO </li></ul><ul><li>PRAZO DE ENTREGA </li></ul>
  8. 8. RESTRIÇÕES <ul><li>VELOCIDADE MÁXIMA DE 100 KM POR HORA </li></ul><ul><li>DISTÂNCIA SEGURA DE 15 METROS </li></ul><ul><li>PARA CADA ÁRVORE DESMATADA DEVE-SE PLANTAR 10 NOVAS </li></ul><ul><li>SEGUIR NORMAS DA ABNT </li></ul><ul><li>TETO ORÇAMENTÁRIO DE 500 MILHÕES </li></ul><ul><li>ACORDO SINDICAL </li></ul><ul><li>PRAZO ESTIMADO PARA MAIO DE 2014 </li></ul>
  9. 9. ORGANOGRAMA A TMC escolheu a estrutura matricial, pois é uma grande organização, moderna e pensa sempre em aumentar a eficiência, descentralizar a autoridade e responsabilidade com foco nos projetos.
  10. 10. <ul><li>COMUNICAÇÃO </li></ul><ul><li>AUDITORIA </li></ul><ul><li>SUPORTE/TREINAMENTO </li></ul>PMO FUNCTIONS O PMO fica juntamente com a gerência de projeto que tem por objetivo auxiliar no gerenciamento de projeto.
  11. 11. <ul><li>CONFIDENCIALIDADE </li></ul><ul><li>CONDUZIR OS NEGÓCIOS COM TRANSPARÊNCIA </li></ul><ul><li>PROVER CONDIÇÕES DE TRABALHO APROPRIADAS </li></ul><ul><li>AGIR DE FORMA HONESTA, JUSTA E DIGNA </li></ul><ul><li>OFERECER PRODUTOS E SERVIÇOS DE QUALIDADE, COM TECNOLOGIA AVANÇADA </li></ul>FAE Tem como objetivo a Ética, definindo com clareza os princípios éticos da empresa, buscando a coerência entre o discurso e a prática.
  12. 12. WBS
  13. 13. COMO INICIAR <ul><li>ESTUDO DE VIABILIDADE </li></ul><ul><li>REUNIÃO COM SPONSOR </li></ul><ul><li>ESCOLHA DO GERENTE DE PROJETO </li></ul><ul><li>IDENTIFICAR OS PRINCIPAIS STAKEHOLDRS </li></ul><ul><li>ESCOPO DO PROJETO (inicial) </li></ul><ul><li>CUSTO DO PROJETO </li></ul><ul><li>TAP </li></ul>
  14. 14. COMO PLANEJAR <ul><li>COLETAR REQUESITOS </li></ul><ul><li>DEFINIR ESCOPO </li></ul><ul><li>CRIAR EAP </li></ul><ul><li>DEFINIR AS ATIVIDADES </li></ul><ul><li>CRONOGRAMA </li></ul><ul><li>PLANO DE QUALIDADE </li></ul><ul><li>ORÇAMENTO </li></ul><ul><li>PLANO DE RH </li></ul><ul><li>PLANO DE COMUNICAÇÃO </li></ul><ul><li>PLANO DE GERENCIAMENTO DE RISCO </li></ul><ul><li>PLANO DE AQUISIÇÃO </li></ul>
  15. 15. COMO EXECUTAR <ul><li>MOBILIZAR EQUIPE FINAL </li></ul><ul><li>LISTA DE VERIFICAÇÃO DE QUALIDADE </li></ul><ul><li>CONTRATAÇÃO DOS FORNECEDORES </li></ul><ul><li>REALIZAR REUNIÕES PARA ACOMPANHAMENTO DAS OBRAS </li></ul><ul><li>REALIZAR AQUISIÇÕES </li></ul><ul><li>CRIAR LINK DE INFORMAÇÃO ENTRE EQUIPES </li></ul>
  16. 16. <ul><li>REUNIÕES PERIÓDICAS </li></ul><ul><li>CONFECÇÕES DE RELATÓRIOS (prazos e custos) </li></ul><ul><li>AUDITORIA </li></ul><ul><li>VALIDAR A ENTREGA </li></ul><ul><li>ACEITAR A ENTREGA </li></ul><ul><li>SOLICITAÇÃO DE MUDANÇAS </li></ul>MONITORAMENTO E CONTROLE
  17. 17. <ul><li>ENTREGA DE UM DATABOOK </li></ul><ul><li>ASSINATURA DO TERMO DE RECEBIMENTO DEFINITIVO (TRD) </li></ul><ul><li>ENCERRAR AS AQUISIÇÕES </li></ul>ENCERRAMENTO
  18. 20. APO <ul><li>Processos e procedimentos da organização para realizar o trabalho dos Ativos de Processos Organizacionais padrão, como normas, políticas, ciclo de vida padrão do produto e do projeto, políticas, procedimentos de qualidade, diretrizes padronizadas, instruções de trabalho, critérios de avaliação de propostas e critérios de medição de desempenho, modelos, diretrizes e critérios. </li></ul><ul><li>Base de conhecimento corporativo da empresa para armazenar e recuperar informações dos bancos de dados de medição, banco de dados de gerenciamento de problemas e defeitos, banco de dados do financeiro, arquivos dos projetos, base de conhecimento de informações históricas e lições aprendidas. </li></ul>A APO será dividida em duas categoria:

×