Recicla Tudo

493 visualizações

Publicada em

Titulo: Recicla Tudo
Alunos:Bruno Zago Gomes,Silvio Benito Martini Filho,Matheus Vinicius Laranja,sidney luiz de miranda,Claudio Franceschi Junior,
Cidade: S.J do Rio Preto
Disciplina: Escopo
Turma: GP07
Data:26-04-2013
Hora:10:44
Comentarios:
Publico até ápos a correção

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Comentários
    Introdução: ok;
    TAP: ok;
    ISH: faltaram os campos dos requisitos superficiais e plano de ação do GP;
    DReq Produto e Projeto: sugere-se que o campo 'entrega onde se manifesta' deve identificar a fase ou pacote de trabalho onde o requisito se materializará;
    DE: ok;
    WBS: cada fase deve contemplar ao menos 2 pacotes de trabalho;
    D-WBS: ok;
    LVQ: ok;
    Verificar e Controlar Escopo: ok.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
493
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Recicla Tudo

  1. 1. PROJETOS 7SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
  2. 2. RECICLA TUDOÁrea 17A Área 17 é uma das mais completasusinas de processamento e reciclagemde resíduos do Brasil. Será instalada emSão José do Rio Preto, próxima aoDistrito Industrial, a usina terácapacidade para processar 80 toneladasde entulho por hora.Viabilizando o descarte adequado dosresíduos gerados pela construção civil econtribuindo efetivamente com apreservação do meio ambiente,gerando agregados reciclados de altaqualidade a preços substancialmenteinferiores aos produtos naturais.
  3. 3. DIRETORESMatheus Vinícius LaranjaBruno Zago GomesClaudio Franceschi JuniorSidney Luiz de MirandaSílvio Benito Martini Filho
  4. 4. TERMO DE ABERTURA DO PROJETOProjeto Recicla TudoDescrição: Produzir e comercializar insumos provenientes de resíduos da construção civil.Objetivo: Operar uma usina de reciclagem de entulhos provenientes da construção civil, para que em um período de 2 anos aproveitarmos odesperdício de 30% dos insumos no setor, na produção de materiais reciclados, fornecidos ao consumidor a um custo pelo menos 20% menorque o material novo, assim transformando passivos ambientais e operacionais em resultados positivosS na produção de materiais recicladosM aproveitarmos o desperdício de 30% dos insumos no setor / fornecidos ao consumidor a um custo pelo menos 20% menor que omaterial novoA Operar uma usina de reciclagem de entulhos provenientes da construção civilR assim transformando passivos ambientais e operacionais em resultados positivosT para que em um período de 2 anosJustificativaExplorar um mercado que oferece uma matéria prima desperdiçada, produzindo para construção civil insumos (tijolos, blocos, telhas, entreoutros materiais) de baixo custo e ecologicamente viáveis.RequisitosProdutos ecologicamente viáveis obtidos a partir da reciclagem de resíduos e entulhos provenientes da construção civil , fornecidos a umcusto menor e qualidade certificadaDesignaçãoEng. Sílvio da Área 17 fica designado como gestor do Projeto Recicla TudoResponsabilidadesCoordenar a equipe de projetos.Administrar recursos financeiros.Coordenar a elaboração do plano de gerenciamento do projeto.Coordenar a equipe para implementar, acompanhar e verificar os resultados do projeto.Implementar alterações quando necessário.AutoridadeO GP terá autoridade total para deliberar sobre todos os processos do projeto, exceto alterações que impliquem no aumento do orçamentototal do projeto.
  5. 5. Lista de MilestonesAté 01 de Maio de 2013 - Levantamento da legislação e obrigações legais;Até 10 de Maio de 2013 - Coleta de requisitos a partir da identificação dos Stakeholders;Até 10 de Junho de 2013 - Estudo de viabilidade do empreendimento;Até 30 de Junho de 2013 - Aquisição da área para construção;Até 20 de Agosto de 2013 - Entrega de projetos;Até 10 de Setembro de 2013 - Licenças de implantação;Até 30 de Outubro de 2013 - Obtenção de financiamento;Até 15 de Novembro de 2013 - Início da construção da usina;Até 20 de Fevereiro de 2014 - Cadastro de fornecedores, revendedores e parcerias;Até 15 de Maio de 2014 - Obra da usina pronta;Até 15 de Junho de 2014 - Contratação e treinamento de mão-de-obra;Até 01 de Julho de 2014 - Início de operação;Até 30 de Dezembro de 2014 - 1ª Avaliação de resultados;Até 01 de Maio de 2015 - Avaliação do objetivo do projeto.OrçamentoO orçamento máximo do projeto será de R$ 2.000.000,00RiscosImpacto ambientalRejeição dos materiais pelos possíveis consumidoresMovimento social da vizinhança contra a construção da usinaEstouro de orçamentoDificuldade para encontrar Mão de obra especializadaSponsor: Sidney Luiz de MirandaSão José do Rio Preto, 23 de abril de 2013
  6. 6. CADASTRO QUALIDADESTAKEHOLDER POSIÇÃOPAPEL NOPROJETOPODER INTERESSE INFLUENCIA CLASSIFICAÇÃOOUTRASCARACTERÍSTICASPrefeituraPoderPúblicoLicençasDiversas eAlvarásAlto Baixo Negativa Manter SatisfeitoManter fiscalizaçãoperiódicaCorpo deBombeirosÓrgãoReguladorInspecionar eaprovarcondições desegurançaAlto Baixo Negativa Manter SatisfeitoVerificaçãoperiódica davalidade dos laudose aprovaçõesConstrutorasNaSociedadeFornecedor/ConsumidorAlto Alto PositivaGerenciar dePertoAtuar comofornecedora deinsumos,construtora dausina de reciclageme/ou utilizadorados produtosLojas demateriais deconstruçãoNaSociedadeRevendedor Baixo Alto PositivaManterInformadoPode construirestoque própriodos produtosrecicladosCooperativasderemovedoresde entulhoNaSociedadeFornecedor Baixo Alto PositivaManterInformadoPode fornecerequipamentos pararetirada dosentulhosISH – IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDERS
  7. 7. CADASTRO QUALIDADESTAKEHOLDER POSIÇÃOPAPEL NOPROJETOPODER INTERESSE INFLUENCIA CLASSIFICAÇÃOOUTRASCARACTERÍSTICASUsuárioNaSociedadeConsumidor Alto Alto PositivoGerenciar dePertoExige menos preçoe qualidade nosprodutosTransportadorasNaSociedadeFornecedor Baixo Alto PositivaManterInformadoAtuar fornecendoveículos eequipamentosalugadoFornecedor demáquinas eequipamentosNaIndustriaFornecedor Alto Alto PositivaGerenciar dePertoTreinamento paraoperação dosequipamentos dausinaManutenção dasmáquinas eequipamentosNaIndustriaFornecedor Alto Alto PositivaGerenciar dePertoTreinamento paraoperação dosequipamentos dausinaConcessionáriasde águaServiçoPúblicoFornecedor Alto Baixo Positiva Manter SatisfeitoGarante ofornecimentonecessário mínimopara o corretofuncionamento dausinaISH – IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDERS
  8. 8. CADASTRO QUALIDADESTAKEHOLDER POSIÇÃOPAPEL NOPROJETOPODER INTERESSE INFLUENCIA CLASSIFICAÇÃOOUTRASCARACTERÍSTICASConcessionáriade energiaelétricaServiçoPublicoFornecedor Alto Baixo PositivoManterSatisfeitoInstalação detransformador deenergia exclusivo prausinaVizinhançaNaComunidadeDiretamenteatingidoAlto Alto NegativoGerenciar dePertoPotencial forte deconflitos exposta aofuncionamento dausinaVendedoresexternosNaSociedadeRevendedores Baixo Alto PositivoManterInformadoNecessidade detrabalhar comgerenciamento deestoque integrado àusinaEmpresasconcorrentesNo Mercado Dificultador Alto Alto NegativaGerenciar dePertoPolítica predatória depreçosMão de ObraNaComunidadeColaborador Alto Alto PositivaGerenciar dePertoNecessita detreinamento específicoISH – IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDERS
  9. 9. CADASTRO QUALIDADESTAKEHOLDER POSIÇÃOPAPEL NOPROJETOPODER INTERESSE INFLUENCIA CLASSIFICAÇÃOOUTRASCARACTERÍSTICASProjetista Na Sociedade Fornecedor Baixo Alto PositivaManterInformadoAtécnico e periódicodas obras deconstrução da usinaEmpresas deRecrutamento(RH)Na Sociedade Fornecedor Baixo Alto PositivaManterInformadoVerificam aqualificação exigidapara cada perfil defunçãoDiretoriaNoOrganogramada EmpresaDireção eadministraçãoAlto Alto PositivaGerenciar dePertoEspecialista nasdiversas funções daadministraçãoempresarialConcessionáriade telefoniaServiçoPúblicoFornecedor Alto Baixo PositivaManterSatisfeitoGarantem acomunicação e redede internet emfuncionamentoImprensa Na Sociedade Divulgadora Alto Baixo PositivoManterSatisfeitoDesenvolve um planode marketing paraevidenciar o produtoISH – IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDERS
  10. 10. CADASTRO QUALIDADESTAKEHOLDER POSIÇÃOPAPEL NOPROJETOPODER INTERESSE INFLUENCIA CLASSIFICAÇÃOOUTRASCARACTERÍSTICASEmpresasimobiliáriasNaComunidadeFornecedor Baixo Alto PositivaManterInformadoDetém cadastro edisponibilidade dasáreas que podemcomportar aconstrução da usinaBNDESPoderPúblicoFinanciadora Alto Baixo Positiva Manter SatisfeitoExige projeto deinvestimento, estudode viabilidade egarantias reais paraconcessão dofinanciamentoLaboratório decontrole dequalidadeNa EmpresaControle daqualidade dosprodutosBaixo Alto PositivaManterInformadaEmitir laudos decompatibilidade dosprodutos da usinaAcionistasComposiçãoAcionáriaInvestidor Alto Alto PositivaGerenciar dePertoManter estudo deviabilidade e retornodo investimentoÓrgãosambientaisPoderPublicoLicençasambientaisAlto Baixo NegativaManterSatisfeitoManter fiscalizaçãoperiódicaISH – IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDERS
  11. 11. REQUISITOS DO PRODUTO RASTREABILIDADE DO PRODUTOSTAKEHOLDERREQUISITODETALHADOCLASSIFICAÇÃO PRIORIDADECOMPONENTERELACIONADOENTREGA ONDE SE MANIFESTA OKPrefeituraMateriais para obraspúblicasManter Satisfeito 2 S, MEntrega de materiais nas obras daprefeituraokPrefeituraImpostos incidentessobre os produtosManter Satisfeito 2 S, M, A, R Guia de recolhimento okConstrutorasFornecem osresíduos daconstrução semcusto de retiradaGerenciar dePerto1 M, R Retirada dos resíduos okConstrutorasVantagens de preçopara usar produtosrecicladosGerenciar dePerto1 APreço de fornecimento dasconstrutorasokLojas demateriais deconstruçãoParcerias paradivulgação dosprodutosManterInformado3 S, A Contratos de divulgação okDreq – DECLARAÇÃO DE REQUISITOS
  12. 12. REQUISITOS DO PRODUTO RASTREABILIDADE DO PRODUTOSTAKEHOLDERREQUISITODETALHADOCLASSIFICAÇÃO PRIORIDADECOMPONENTERELACIONADOENTREGA ONDE SE MANIFESTA OKLojas demateriais deconstruçãoLucro na revendados produtosManterInformado3 M Preço de venda okCooperativas deremoção deentulhosContrapartidafinanceira pararetirar os resíduose entulhos dasconstruçõesManterInformado3 S, M Pagamento à cooperativa okUsuário Menor custoGerenciar dePerto1 M, A, R Venda do produto okUsuárioMaior qualidadedos produtosGerenciar dePerto1 A, R Certificado de qualidade okTransportadorasPagamento pelalocação deveículos e pelotransporte dosprodutosManterInformado3 S, M Pagamentos okDreq – DECLARAÇÃO DE REQUISITOS
  13. 13. REQUISITOS DO PRODUTO RASTREABILIDADE DO PRODUTOSTAKEHOLDERREQUISITODETALHADOCLASSIFICAÇÃO PRIORIDADECOMPONENTERELACIONADOENTREGA ONDE SE MANIFESTA OKFornecedoras demáquinas eequipamentosPagamento pelosequipamentosGerenciar dePerto1 S, M, A, R Pagamentos okVizinhançaValorização daComunidadeGerenciar dePerto1 A, R Ao redor da empresa okVendedoresExternosComissão sobrevendasManterInformado3 S, M Na venda dos produtos okVendedoresExternosGerenciamentointegrado deestoqueManterInformado3 S, T Nos pedidos de compra okMão-de-ObraPreferência damão de obra decomunidadespróxima a usinaGerenciar dePerto1 M, A, R Nas contratações okDreq – DECLARAÇÃO DE REQUISITOS
  14. 14. REQUISITOS DO PRODUTO RASTREABILIDADE DO PRODUTOSTAKEHOLDERREQUISITODETALHADOCLASSIFICAÇÃO PRIORIDADECOMPONENTERELACIONADOENTREGA ONDE SE MANIFESTA OKMão-de-ObraQualificaçãoproporcionadapela empresaGerenciar dePerto1 S, A, R Nos workshops e treinamentos okAcionistasRetornofinanceiroprevisto sobreinvestimento ematé 2 anosGerenciar dePerto1 S, M, A, R, T Na avaliação final do projeto okProjetistasUtilização denossos produtosnos projetos deoutros clientesManterInformado3 S Nos projetos okDiretoriaAdministraçãorentável daempresaGerenciar dePerto1 M, A, R Na verificação final do projeto okConcessionáriade telefoniaLinhas telefônicase canal de acesso ainternetManter Satisfeito 2 A Linhas instaladas okDreq – DECLARAÇÃO DE REQUISITOS
  15. 15. REQUISITOS DO PRODUTO RASTREABILIDADE DO PRODUTOSTAKEHOLDERREQUISITODETALHADOCLASSIFICAÇÃO PRIORIDADECOMPONENTERELACIONADOENTREGA ONDE SE MANIFESTA OKImprensaMarketing devendas daempresaManter Satisfeito 2 S, A, R Contrato de Marketing okÓrgãosAmbientaisProdutosecologicamentecorretosManter Satisfeito 2 S, A, R Certificado dos produtos okEmpresasimobiliáriasInteresse nadivulgação deconstruções queutilizam nossosprodutosManterInformado3 S, M, A Marketing okBNDESRecursos paraimplantação doprojetoManter Satisfeito 2 S, M, A, R Liberação de financiamento okLaboratório decontrole dequalidadeGarantia dequalidade dosprodutosManterInformado3 S, A, R Certificados okDreq – DECLARAÇÃO DE REQUISITOS
  16. 16. REQUISITOS DO PROJETO RASTREABILIDADE DO PROJETOSTAKEHOLDERREQUISITODETALHADOCLASSIFICAÇÃO PRIORIDADECOMPONENTERELACIONADOENTREGA ONDE SE MANIFESTA OKPrefeituraApresentação deárea de 5000 m²para construção dausinaManterSatisfeito2 S, MCertidão ou contrato de aquisiçãodo terrenookPrefeituraEmissão do Alvaráde funcionamentoapós a análise dadocumentação eprojetos da usinaManterSatisfeito2 S, A, R Alvará emitido okCorpo deBombeirosAprovação dosprojetos deInstalação deproteção decombate a incêndiosManterSatisfeito2 S, A, R Projetos aprovados okCorpo deBombeirosAprovação dasinstalações deproteção decombate a incêndiosManterSatisfeito2 S,A,RLaudo de Aprovação do Corpo deBombeirosConstrutorasColocaçãogratuita decaçambas econtêineresapropriados pararetirada dosresíduos da obraGerenciar dePerto1 M, R Nas obras das construtoras okDreq – DECLARAÇÃO DE REQUISITOS
  17. 17. REQUISITOS DO PROJETO RASTREABILIDADE DO PROJETOSTAKEHOLDERREQUISITODETALHADOCLASSIFICAÇÃO PRIORIDADECOMPONENTERELACIONADOENTREGA ONDE SE MANIFESTA OKLojas demateriais deconstruçãoDefinição dedescontos para lojasde revenda dosmateriais recicladosproduzidosManterInformado3 MNa revenda dos materiais pelaslojas de materiais de construçãookCooperativas deremoção deentulhosDefinição do valor aser pago peloserviço prestadopelas cooperativasManterInformado3 S, MNa aceitação do valor por parte dascooperativasokUsuárioDefinir o custo devenda dos materiaisao públicoconsumidorGerenciar dePerto1 M, A, RNa tabela dos preços de venda aconsumidores.okFornecedoras demáquinas eequipamentosInstalação demáquinas eequipamentos comprados e testes defuncionamentoGerenciar dePerto1 S, A, TNo funcionamento experimental dausina em fase de teste.okManutenção demaquinas eequipamentosElaboraçãodo Plano deManutenção dausinaGerenciar dePerto1 RNa aprovação conjunta do Plano demanutençãookDreq – DECLARAÇÃO DE REQUISITOS
  18. 18. REQUISITOS DO PROJETO RASTREABILIDADE DO PROJETOSTAKEHOLDERREQUISITODETALHADOCLASSIFICAÇÃO PRIORIDADECOMPONENTERELACIONADOENTREGA ONDE SE MANIFESTA OKConcessionáriasde água eenergia elétricaContratos defornecimento deágua e energiaelétricaManterSatisfeito2 S, RNa interligação da usina nas redespúblicas de água e energia elétricaokTransportadorasElaboração decontratos, locaçãode veículos etransporte dosprodutosManterInformado3 S, MNos contratos assinados pelastransportadorasokFornecedoras demáquinas eequipamentosCompra dasmáquinas eequipamentos dausinaGerenciar dePerto1 S, M, A, RNa entrega dos equipamentos pelofornecedorokVizinhançaPlano de Mitigaçãode ruídos e poluiçãoambientalGerenciar dePerto1 A, RNo Plano de Mitigação aprovadopela direção da usinaokVendedoresExternosDefinição do valorda Comissão sobrevendas a serrepassado aosvendedoresexternosManterInformado3 S, MNa tabela de comissões aceita pelosinteressadosokDreq – DECLARAÇÃO DE REQUISITOS
  19. 19. REQUISITOS DO PROJETO RASTREABILIDADE DO PROJETOSTAKEHOLDERREQUISITODETALHADOCLASSIFICAÇÃO PRIORIDADECOMPONENTERELACIONADOENTREGA ONDE SE MANIFESTA OKVendedoresExternosPlano deGerenciamentointegrado deestoqueManterInformado3 S, TLista atualizada do estoque da usinadisponibilizada em intranet daempresaokMão-de-ObraParticipação nasmetase resultados daempresaGerenciar dePerto1 M, A, Rassinatura conjunta no contrato detrabalho das regras de participaçãodos resultados de acordo com asmetas de produçãookMão-de-ObraRecebertreinamentoespecífico para cadafunçãoGerenciar dePerto1 S, A, RNo comparecimento aos workshopsa serem disponibilizados pelaempresaokAcionistasPrevisão de Retornofinanceirosobre investimentoem até 2 anosGerenciar dePerto1 S, M, A, R, TNo estudo de viabilidade e noorçamento detalhado do projetoaprovadookProjetistasProjetos estruturais,elétricos, hidráulicos, arquitetônicos emecânicosManterInformado3 SNa entrega dos projetosdevidamente aprovados pelosórgãos competentes okDreq – DECLARAÇÃO DE REQUISITOS
  20. 20. REQUISITOS DO PROJETO RASTREABILIDADE DO PROJETOSTAKEHOLDERREQUISITODETALHADOCLASSIFICAÇÃO PRIORIDADECOMPONENTERELACIONADOENTREGA ONDE SE MANIFESTA OKEmpresas deRecrutamento(RH)Recrutamento e treinamento dosfuncionários dausinaManterInformado3 S, A, RNos funcionários contratados etreinados trabalhando na usinaokDiretoriaAdministrar aempresaGerenciar dePerto1 M, A, RNa realização aferida das metas eobjetivos da empresaokConcessionáriade telefoniaContratos de linhastelefônicas e canalde acesso a internetManterSatisfeito2 ANo funcionamento da telefonia eacesso a internet conectadookImprensaDivulgação domarketing devendas da empresaManterSatisfeito2 S, A, RContrato de divulgação assinadocom empresa de marketingokÓrgãosAmbientaisObtenção deLicenças ambientaisde funcionamentoManterSatisfeito2 S, A, R Licenças obtidas okDreq – DECLARAÇÃO DE REQUISITOS
  21. 21. REQUISITOS DO PROJETO RASTREABILIDADE DO PROJETOSTAKEHOLDERREQUISITODETALHADOCLASSIFICAÇÃO PRIORIDADECOMPONENTERELACIONADOENTREGA ONDE SE MANIFESTA OKEmpresasimobiliáriasCompra pelaempresa do terrenopara implantação dausinaManterInformado3 S, M, Acontrato de compra e venda deterreno com a empresa imobiliáriaokBNDESPlano de utilizaçãodos recursosfinanceirosManterSatisfeito2 S, M, A, RRecurso disponibilizado em contada empresaokBNDESAnálise deviabilidadeManterSatisfeito2 S,M,A,R Viabilidade do projeto okLaboratório decontrole dequalidadeAnalisarperiodicamente ecertificar acompatibilidade dosprodutos daempresaManterInformado3 S, A, RCertificados emitidos para os lotesde materiais produzidos pela usinaokDreq – DECLARAÇÃO DE REQUISITOS
  22. 22. DECLARAÇÃO DE ESCOPOPremissas• Plano de segurança contra incêndios e riscos contra produtosinflamáveis.• Contratar empresa de projetos e consultoria• Estrutura de coleta de entulho• Empresa de alimentação para funcionários• Liberação para o trabalho em turno de 24Hrs• O tempo de construção não poderá passar de 12 meses.Restrições• Terreno com mais de 5.000m².• Custo total do projeto não excederá 2 milhões de reais.• Alvará de funcionamento fornecido pela prefeitura aotérmino da construção.• A usina trabalhará somente com resíduos de alvenaria econcreto, sendo proibido o trabalho com restos de madeira.• A usina deverá forçosamente ter laboratório de controle dequalidade.
  23. 23. WBS
  24. 24. CONTA DECONTROLEPACOTE DE TRABALHO ESPECIFICAÇÃO DA ENTREGA PT CRITÉRIO DE ACEITAÇÃO OK1.1.1 Levantamento de CustosEstudo que conste os custos gerais doprojeto baseado em índices pré-definidos e conhecimento do mercadolocalAssinatura de aprovação do GP OK1.1.2 Levantamento de RecursosEstudo que levante a lista de recursosnecessários para implantação do projetoAssinatura de aprovação do GPOK1.1.3 Levantamento de DemandaEstudo que levante a demanda dosinsumos fornecidos ao mercado daconstrução civilAssinatura de aprovação do GPOK1.1.4 Preço de VendaFormação do preço de venda baseadonos custos operacionais e de matériaprima do produtoAssinatura de aprovação do GPOKDICIONÁRIO WBSFASE: ESTUDO DE VIABILIDADE ENTREGA: VIABILIDADE DO PROJETO
  25. 25. CONTA DECONTROLEPACOTE DE TRABALHO ESPECIFICAÇÃO DA ENTREGA PT CRITÉRIO DE ACEITAÇÃO OK1.2.1 Pesquisa de Leis e NormasPesquisa das exigências estabelecidaspor leis e normas para regulamentar onegócioLista de leis e normasOK1.2.2 Agências ReguladorasDar entrada nas solicitações deregulamentação junto as agênciasresponsáveis por regulamentar onegócioProtocolo de Solicitação de Licençase AlvarásOK1.2.3 Documentação ExigidaDar entrada em toda a documentaçãoexigida pelas agências reguladorasDocumentação aceita pelaprefeitura e corpo de bombeirosOK1.2.4Concessionárias de Água eEnergia e TelefoniaPesquisa e implantação das exigênciasestabelecidas pelas concessionáriasLaudo de Aprovação dasConcessionáriasOKDICIONÁRIO WBSFASE: LEGISLAÇÃO ENTREGA: ALVARÁS E LICENÇAS
  26. 26. CONTA DECONTROLEPACOTE DE TRABALHO ESPECIFICAÇÃO DA ENTREGA PT CRITÉRIO DE ACEITAÇÃO OK1.3.1 Pesquisa de Preço Relação de preços de terreno Assinatura de aprovação do GP OK1.3.2 Compra de terreno Terreno comprado Contrato de Compra do Terreno OK1.3.3 Compra de EquipamentosPesquisa de preço e liberação paracompra de equipamentosContrato de fornecimento dosequipamentosOKDICIONÁRIO WBSFASE: AQUISIÇÃO ENTREGA: COMPRA DE TERRENOS E EQUIPAMENTOS
  27. 27. CONTA DECONTROLEPACOTE DE TRABALHO ESPECIFICAÇÃO DA ENTREGA PT CRITÉRIO DE ACEITAÇÃO OK1.4.1 ElétricosProjeto de elétrica assinado peloEngenheiro Eletricista e aprovado pelaconcessionária de energia.Assinatura de aprovação doEngenheiro ResponsávelOK1.4.2 IndustrialProjeto industrial assinado peloEngenheiro de Produção ou EngenheiroMecânico.Assinatura de aprovação doEngenheiro ResponsávelOK1.4.3 EstruturalProjeto estrutural assinado peloEngenheiro Civil.Assinatura de aprovação doEngenheiro ResponsávelOK1.4.4 MecânicoProjeto mecânico assinado peloEngenheiro Mecânico.Assinatura de aprovação doEngenheiro ResponsávelOK1.4.5 ArquitetônicoProjeto arquitetônico assinado peloArquiteto.Assinatura de aprovação doEngenheiro ResponsávelokDICIONÁRIO WBSFASE: PROJETOS ENTREGA: PROJETOS APROVADOS
  28. 28. CONTA DECONTROLEPACOTE DE TRABALHO ESPECIFICAÇÃO DA ENTREGA PT CRITÉRIO DE ACEITAÇÃO OK1.5.1 Fundações Implantação da fundação da construção Laudo do Engenheiro Civil OK1.5.2 InfraestruturaImplantação da infraestrutura daconstruçãoLaudo do Engenheiro Civil OK1.5.3 SuperestruturaImplantação da superestrutura daconstruçãoLaudo do Engenheiro Civil OK1.5.4 Instalações hidros sanitáriasImplantação das instalações hidrossanitáriasLaudo do Engenheiro Civil OK1.5.5 Instalações elétricas Implantação das instalações elétricas Laudo do Engenheiro Eletricista OK1.5.6 Instalações Mecânicas Implantação das instalações mecânicas Laudo do Engenheiro Mecânico OKDICIONÁRIO WBSFASE: CONSTRUÇÃO ENTREGA: USINA CONSTRUÍDA
  29. 29. CONTA DECONTROLEPACOTE DE TRABALHO ESPECIFICAÇÃO DA ENTREGA PT CRITÉRIO DE ACEITAÇÃO OK1.6.1Certificação de qualidade dosprodutosCertificados dos ensaios de verificaçãoda qualidade dos produtosCertificados aceitos pelas normasda ABNT e assinados peloResponsável TécnicoOKDICIONÁRIO WBSFASE: CONTROLE DE QUALIDADE ENTREGA: CERTIFICADO DE QUALIDADE DO PRODUTO
  30. 30. CONTA DECONTROLEPACOTE DE TRABALHO ESPECIFICAÇÃO DA ENTREGA PT CRITÉRIO DE ACEITAÇÃO OK1.7.1 Plano de MarketingProjeto voltado ao Marketing ePropaganda da EmpresaProjeto assinado e aprovado peloGPOK1.7.2 Fornecimento p/ construtorasFornecer produtos para as construtorasinteressadasContrato de fornecimento assinado OK1.7.3Fornecimento p/ vendedoresexternosRevendedores que possam expandir osprodutos em outras regiõesContrato de representaçãoassinadoOK1.7.4Fornecimento p/ loja demateriais p/ construçãoLojas de materiais de construçãointeressadas nos produtosContrato de fornecimento assinado OKDICIONÁRIO WBSFASE: COMERCIALIZAÇÃO ENTREGA: PRODUTOS COMERCIALIZADOS
  31. 31. CONTA DECONTROLEPACOTE DE TRABALHO ESPECIFICAÇÃO DA ENTREGA PT CRITÉRIO DE VALIDAÇÃO OK1.2.1 Pesquisa de Leis e NormasPesquisa das exigências estabelecidaspor leis e normas para regulamentar onegócioLegislação e normas vigentes OK1.2.2 Agências ReguladorasDar entrada nas solicitações deregulamentação junto as agênciasresponsáveis por regulamentar onegócioLiberação de Alvarás e Licençaspelas agências reguladorasenvolvidasOKLVQ – LISTA DE VERIFICAÇÃO DA QUALIDADEFASE: LEGISLAÇÃO ENTREGA: ALVARÁS E LICENÇAS
  32. 32. CONTA DECONTROLEPACOTE DE TRABALHO ESPECIFICAÇÃO DA ENTREGA PT CRITÉRIO DE VALIDAÇÃO OK1.3.1 Pesquisa de Preço Relação de preços de terrenoRelação de terrenos viáveis aceitospelo GPOK1.3.2 Compra de terreno Terreno compradoContrato de compra do terrenoassinadoOK1.3.3 Compra de EquipamentosPesquisa de preço e liberação paracompra de equipamentosOrçamento dos fornecedoresaprovados pelo GPOKLVQ – LISTA DE VERIFICAÇÃO DA QUALIDADEFASE: AQUISIÇÃO ENTREGA: COMPRA DE TERRENOS E EQUIPAMENTOS
  33. 33. CONTA DECONTROLEPACOTE DE TRABALHO ESPECIFICAÇÃO DA ENTREGA PT CRITÉRIO DE VALIDAÇÃO OK1.4.1 ElétricosProjeto de elétrica assinado peloEngenheiro Eletricista e aprovado pelaconcessionária de energia.Normas técnicas da ABNT OK1.4.2 IndustrialProjeto industrial assinado peloEngenheiro de Produção ou EngenheiroMecânico.Normas técnicas da ABNT OK1.4.3 EstruturalProjeto estrutural assinado peloEngenheiro Civil.Normas técnicas da ABNT OK1.4.4 MecânicoProjeto mecânico assinado peloEngenheiro Mecânico.Normas técnicas da ABNT OK1.4.5 ArquitetônicoProjeto arquitetônico assinado peloArquiteto.Normas técnicas da ABNTokLVQ – LISTA DE VERIFICAÇÃO DA QUALIDADEFASE: PROJETOS ENTREGA: PROJETOS APROVADOS
  34. 34. CONTA DECONTROLEPACOTE DE TRABALHO ESPECIFICAÇÃO DA ENTREGA PT CRITÉRIO DE VALIDAÇÃO OK1.5.1 Fundações Implantação da fundação da construçãoExecução de acordo com osprojetos aprovadosOK1.5.2 InfraestruturaImplantação da infraestrutura daconstruçãoExecução de acordo com osprojetos aprovadosOK1.5.3 SuperestruturaImplantação da superestrutura daconstruçãoExecução de acordo com osprojetos aprovadosOK1.5.4 Instalações hidros sanitáriasImplantação das instalações hidrossanitáriasExecução de acordo com osprojetos aprovadosOK1.5.5 Instalações elétricas Implantação das instalações elétricasExecução de acordo com osprojetos aprovadosOK1.5.6 Instalações Mecânicas Implantação das instalações mecânicasExecução de acordo com osprojetos aprovadosOKLVQ – LISTA DE VERIFICAÇÃO DA QUALIDADEFASE: CONSTRUÇÃO ENTREGA: USINA CONSTRUÍDA
  35. 35. CONTA DECONTROLEPACOTE DE TRABALHO ESPECIFICAÇÃO DA ENTREGA PT CRITÉRIO DE VALIDAÇÃO OK1.6.1Certificação de qualidade dosprodutosCertificados dos ensaios de verificaçãoda qualidade dos produtosCertificados aceitos pelas normasda ABNT e assinados peloResponsável Técnico do laboratórioOKLVQ – LISTA DE VERIFICAÇÃO DA QUALIDADEFASE: CONTROLE DE QUALIDADE ENTREGA: CERTIFICADO DE QUALIDADE DO PRODUTO
  36. 36. CONTA DECONTROLEPACOTE DE TRABALHO ESPECIFICAÇÃO DA ENTREGA PT CRITÉRIO DE VALIDAÇÃO OK1.7.1 Plano de MarketingProjeto voltado ao Marketing ePropaganda da EmpresaProjeto validado pelo GP OK1.7.2 Fornecimento p/ construtorasFornecer produtos para as construtorasinteressadasContrato de fornecimento OK1.7.3Fornecimento p/ vendedoresexternosRevendedores que possam expandir osprodutos em outras regiõesContrato de fornecimento OK1.7.4Fornecimento p/ loja demateriais p/ construçãoLojas de materiais de construçãointeressadas nos produtosContrato de fornecimento OKLVQ – LISTA DE VERIFICAÇÃO DA QUALIDADEFASE: COMERCIALIZAÇÃO ENTREGA: PRODUTOS COMERCIALIZADOS
  37. 37. FLUXOGRAMA DE VERIFICAÇÃO DO TRABALHO
  38. 38. FLUXOGRAMA DE CONTROLE DE MUDANÇAS

×