PROJETO POÇO MINHA CASA MINHA VIDA 
Água para todos! 
Disciplina: Integração Professor: Marco Antônio Cogli, Doutor.
SÃO LUIS - GP20 
EQUIPE 
Mª Bethânia P. C. Santana 
Karina P. Toscano 
Fernando Gandra
PROCESSO DE INICIAÇÃO DO PROJETO 
O Projeto de perfuração de um poço minha casa minha vida inicia-se com o termo de abertu...
FLUXOGRAMA DE INICIAÇÃO
TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO 
Nome: Projeto Poço Minha Casa Minha Vida. 
Descrição: Projeto de perfuração de um poço...
TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO 
Objetivo S.M.A.R.T.: 
-Definir dentro da gleba onde será construído o poço. O melhor l...
TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO 
Objetivo S.M.A.R.T.: 
-Alugar os equipamentos necessários para perfuração no tempo cer...
Requisitos: 
-Produzir água de boa qualidade para o consumo humano; 
-Alcançar na perfuração vazão que atenda a demanda da...
Designação: Nomeada a gerente de projeto (GP) Karina Toscano; 
Responsabilidades do GP: 
-Planejar, gerenciar e controlar ...
Milestones: 
-Definir a localização do poço - 15 dias; 
-Obtenção da viabilidade físico e financeira do projeto - 15 dias;...
Orçamento: 
- A estimativa de custo prevista para a realização do projeto é R$ 100.000,00 (cem mil reais) e tempo de execu...
Riscos: 
-Que os estudos de viabilidade contratados não reflitam a realidade local implicando em um poço de baixa vazão e ...
TAP APROVADO 
TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO 
São Luís, 13.10.14 
Mª Bethânia P. C. Santana 
Sponsor
PROCESSO DE PLANEJAMENTO DO PROJETO 
O Planejamento do projeto de perfuração do poço inicia-se com o TAP aprovado, a parti...
FLUXOGRAMA DE PLANEJAMENTO
IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDERS - ISH 
REGISTRO DE STAKEHOLDERS 
STAKEHOLDERPOSIÇÃOPAPEL NO PROJETOEMAILTELEFONECELULAR1Mª B...
REGISTRO DE STAKEHOLDERS – Particularidades: 
IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDERS - ISH 
CLASSIFICAÇÃOOUTRAS CARACTERISTICASREQU...
WBS 
PT MAKE 
C.C. Fase / Pacote de Trabalho Análise Make or Buy1VIABILIDADE1.1LEVANTAMENTO PLANIALTIMÉTRICOPT Buy1.2LOCAL...
PROCESSO DE EXECUÇÃO DO PROJETO 
A Fase de execução do projeto de perfuração do poço inicia-se com aquisições no momento q...
FLUXOGRAMA DE EXECUÇÃO
PROCESSO DE MONITORAMENTO E CONTROLE DO PROJETO 
A Fase de monitoramento do projeto de perfuração do poço inicia-se a part...
FLUXOGRAMA DE MONITORAMENTO E CONTROLE DO PROJETO
PROCESSO DE ENCERRAMENTO DO PROJETO 
A Fase de encerramento do projeto de perfuração do poço inicia-se a partir da entrega...
FLUXOGRAMA DE ENCERRAMENTO DA FASE OU DO PROJETO
AGRADECIMENTOS 
A BFK consultoria a agradece a todos os seus colaboradores pelo sucesso de mais um projeto e espera, num f...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto Poço Minha Casa Minha Vida

677 visualizações

Publicada em

Titulo: Projeto Poço Minha Casa Minha Vida
Alunos:Fernando Jaime Gandra de Carvalho,karina porpino maia toscano,MARIA BETHANIA PAIVA CAVALCANTE SANTANA,
Cidade: São Luiz
Disciplina: Integração
Turma: GP20
Data:13-10-2014
Hora:08:26
Comentarios:
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
677
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto Poço Minha Casa Minha Vida

  1. 1. PROJETO POÇO MINHA CASA MINHA VIDA Água para todos! Disciplina: Integração Professor: Marco Antônio Cogli, Doutor.
  2. 2. SÃO LUIS - GP20 EQUIPE Mª Bethânia P. C. Santana Karina P. Toscano Fernando Gandra
  3. 3. PROCESSO DE INICIAÇÃO DO PROJETO O Projeto de perfuração de um poço minha casa minha vida inicia-se com o termo de abertura do projeto aprovado. A necessidade surge a partir do planejamento estratégico de perfurar poços com qualidade para suprir a demanda de consumo de água da população. O TAP é iniciado pelo sponsor que descreve os objetivos e justificativas e em seguida faz a designação e cadastro dos stakeholders que nesse caso são o sponsor, o gerente do projeto, o gerente técnico, consultor ambiental, o geológo, a concessionária de SAAE, o empreiteiro e a secretaria de meio ambiente do município. Após classificar os envolvidos o GP especifica os requisitos de tempo, custo, riscos e complementa o TAP com o orçamento e o risco sumário. Caso o TAP seja aprovado o projeto está pronto para ser planejado.
  4. 4. FLUXOGRAMA DE INICIAÇÃO
  5. 5. TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO Nome: Projeto Poço Minha Casa Minha Vida. Descrição: Projeto de perfuração de um poço profundo para suprir a demanda de consumo de água da população que residirá no empreendimento Residencial Minha Casa Minha Vida. Justificativa: A água é um recurso natural indispensável a vida no planta terra. Possui um enorme valor econômico ambiental e social fundamental a sobrevivência do homem e dos ecossistemas no nosso planeta. Após a constatação de que a concessionária, responsável pelo abastecimento de água no município, não atenderá satisfatoriamente a região onde se instalará o empreendimento (Condomínio residencial do programa de interesse social Minha Casa Minha Vida) apuramos que a perfuração do poço em questão é essencial para o sucesso do empreendimento.
  6. 6. TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO Objetivo S.M.A.R.T.: -Definir dentro da gleba onde será construído o poço. O melhor local para sua perfuração será definido após a consulta ao geólogo e da elaboração do Laudo hidrogeológico da região; -Obter autorização de pefuração através da aquisição das cartas de viabilidade da concessionária de abastecimento de água e da secretaria de meio ambiente; -Construir o poço com empresa licenciada que ofereça melhor custo x benefício na execução do serviço;
  7. 7. TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO Objetivo S.M.A.R.T.: -Alugar os equipamentos necessários para perfuração no tempo certo e conforme planejado na execução; -Regularizar o poço perfurado através da obtenção dos Laudos de análise fisico-química e bacteriológica da água, da obtenção do relatório de perfuração, da outorga do meio ambiente e da aceitação provisória da concessionária; -Realizar a doação do sistema de abastecimento de água para o empreendimento residencial de interesse social MCMV de forma definitiva para a concessionária de abastecimento do município, assumindo esta a sua manutenção;
  8. 8. Requisitos: -Produzir água de boa qualidade para o consumo humano; -Alcançar na perfuração vazão que atenda a demanda da população residente; -Executar a obra no tempo previsto e com o custo planejado; TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO
  9. 9. Designação: Nomeada a gerente de projeto (GP) Karina Toscano; Responsabilidades do GP: -Planejar, gerenciar e controlar os custos, cronogramas, orçamento e variações técnicas dentro das margens estabelecidas no projeto; -Assegurar que os membros da equipe do projeto estejam cientes de suas responsabilidades; -Cumprir todos os compromissos assumidos pelo sponsor e garantir que sejam realizados com primazia; -Intermediar relacionamentos, ou seja, atuar como ponto central de contato para toda comunicação formal relacionada ao projeto; -Aceitar as entregas e encerrar o projeto registrando as lições aprendidas; TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO
  10. 10. Milestones: -Definir a localização do poço - 15 dias; -Obtenção da viabilidade físico e financeira do projeto - 15 dias; -Recebimento das licenças ambientais - 30 dias; -Construção do poço - 8 dias; -Regularização o poço frente aos órgãos competentes 15 dias; -Doação do poço - 7 dias; TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO
  11. 11. Orçamento: - A estimativa de custo prevista para a realização do projeto é R$ 100.000,00 (cem mil reais) e tempo de execução está estimado em 90 dias. TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO
  12. 12. Riscos: -Que os estudos de viabilidade contratados não reflitam a realidade local implicando em um poço de baixa vazão e água de má qualidade; -Que os custos previstos no orçamento extrapolem a margem de segurança do projeto; -Que os 90 dias previstos para a conclusão do projeto sejam insuficientes; TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO
  13. 13. TAP APROVADO TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETO São Luís, 13.10.14 Mª Bethânia P. C. Santana Sponsor
  14. 14. PROCESSO DE PLANEJAMENTO DO PROJETO O Planejamento do projeto de perfuração do poço inicia-se com o TAP aprovado, a partir deste documento é feito o plano de Gerenciamento do Projeto onde é criada a WBS, é feito o planejamento das aquisições(contratação de fornecedores), o plano de gerenciamento dos stakeholders (sponsor, o gerente do projeto, o gerente técnico, consultor ambiental a concessionária, o consultor, empreiteiro, geólogo, etc.), o planejamento do gerenciamento dos riscos e o gerenciamento da comunicação(através de relatórios, reuniões, e-mails).
  15. 15. FLUXOGRAMA DE PLANEJAMENTO
  16. 16. IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDERS - ISH REGISTRO DE STAKEHOLDERS STAKEHOLDERPOSIÇÃOPAPEL NO PROJETOEMAILTELEFONECELULAR1Mª Bethania P.C. SantanaDiretor FinanceiroSponsor do Projetombetharq@gmail.com98-8847525798-884752572Karina ToscanoGerente de ProjetoMembro da equipekarinamaiatoscano@gmail.com98-8116006798-811600673Fernando GandraGerente de TécnicoGerente de Técnicofjgandra@gmail.com98-8116389198-811638914Alex Silva SauroEmpreiteiroMembro da equipe de projetoalexsilva@mail.com.br98-123456798-76543215Luis Augusto MedeirosConsultor ambientalMembro da equipe de projetoluisaugusto@mail.com.br98-123456798-76543216Roberto Carlos MatosGeólogoMembro da equipe de projetorobertocarlos@mail.com.br98-123456798-76543217Secretario de Meio AmbienteSecretário Muncipaloutrosemma@mail.org.br98-123456798-76543218Diretor SAAEDiretoroutrosaae@mail.org.br98-123456798-7654321
  17. 17. REGISTRO DE STAKEHOLDERS – Particularidades: IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDERS - ISH CLASSIFICAÇÃOOUTRAS CARACTERISTICASREQUISITOS SUPERFICIAISESTRATÉGIA1Gerenciar com atençãoAutoritário, exigente, provedorAspira por retorno financeiro do investimento; espera cumprimento do orçamento e do cronograma; Deseja lucro acima do previsto. Manter-sebeminformadodetodasasfasesdoprojetoesuas respectivas entregas; 2Gerenciar com atençãolíder, agil, comunicativo, proativo, eficienteCumprimento de metas; Ser reconhecido profissionalmente; Aperfeiçoar-se na profissão. Estabelece-locomooprincipalarticuladordenegociaçãoes no projeto; Motivar os membros da rede. 3Manter informadoAnalitico, organizado, direcionadoGrande conhecimento tecnológico; Compreensivo com as aplicações do mercado; Quer agradar o patrocinador. Executarplanodetranferenciadeconhecimentoparaosdemaismembrosdaequipeparaqueestaamadureçamultidisciplinamente. 4Mínimo esforçoAstuto, bom negociador, bem humorado. Obter novos clientes; Aumentar a empresa; Firmar-se no ramo. Monittorar de perto as ações; Controlar seus gasto de perto. 5Mínimo esforçocomunicativo, proativo, eficazSer sempre elogiado; Anseia melhores remunerações; Ser lembrando quando o assunto é meio ambiente. Alimentar seu ego para que esteja sempre motivado6Mínimo esforçoTimido, racional, pessimistaDe ser lembrado; Tornar-se parceiro da empresa; Obter maiores recompensas; Provê-lodeferramentas,equipamentoseprofissionaisaptosaampara-lodeformaqueseusresultadostranspareçam a realidade. 7Manter satisfeitoAtender todas suas demandas com brevidade, estabelecer elo de parceria8Manter satisfeitoAtender todas suas demandas com brevidade, estabelecer elo de parceria
  18. 18. WBS PT MAKE C.C. Fase / Pacote de Trabalho Análise Make or Buy1VIABILIDADE1.1LEVANTAMENTO PLANIALTIMÉTRICOPT Buy1.2LOCALIZAÇÃO DO POÇOPT Buy1.3LAUDO HIDROGEOLÓGICOPT Buy1.4CONSULTA À CONCESSIONÁRIAPT Make2CONSTRUÇÃO2.1SOLICITAÇÃO DE AUTORIZAÇÃOPT Make2.2CONTRATAÇÃO DE EMPRESA LICENCIADAPT Buy2.3LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOSPT Make2.4PERFURAÇÃO DO POÇOPT Buy3REGULARIZAÇÃO3.1ANÁLISE FISICOQUÍMICA E MICROBIOLÓGICAPT Buy3.2RELATÓRIO CONSTRUTIVO DO POÇOPT Buy3.3OUTORGA DO USO DA ÁGUAPT Buy3.4RECEBIMENTO PROVISÓRIO DA CONCESSIONÁRIA PT Make4DOAÇÃO4.1DESMEMBRAMENTO DO TERRENOPT Make4.2REGISTRO DO IMÓVELPT Make4.3JUNTADA DE DOCUMENTOSPT Make4.4RECEBIMENTO DEFINITIVO DA CONCESSIONÁRIAPT MakeWBS
  19. 19. PROCESSO DE EXECUÇÃO DO PROJETO A Fase de execução do projeto de perfuração do poço inicia-se com aquisições no momento que é enviada a proposta dos fornecedores. Também contempla as atividades de gerenciar o envolvimento dos stakeholders e o gerenciamento das comunicações. Após a execução do poço ele será validado, ou seja, se o mesmo foi feito de acordo com o que está descrito no escopo. Se for validado, a entrega está aceita.
  20. 20. FLUXOGRAMA DE EXECUÇÃO
  21. 21. PROCESSO DE MONITORAMENTO E CONTROLE DO PROJETO A Fase de monitoramento do projeto de perfuração do poço inicia-se a partir da entrega terminada que parte para a validação do escopo, ou seja, se o poço foi feito conforme o que foi especificado. A partir disso é feito o controle da qualidade, ou seja, se o mesmo atende a sua finalidade, o controle da comunicação, dos riscos e das aquisições.
  22. 22. FLUXOGRAMA DE MONITORAMENTO E CONTROLE DO PROJETO
  23. 23. PROCESSO DE ENCERRAMENTO DO PROJETO A Fase de encerramento do projeto de perfuração do poço inicia-se a partir da entrega aceita. Caso afirmativo é assinado o termo de encerramento da fase ou do projeto como todo, onde todas as entregas são aceitas, todos os pagamentos estarão efetuados e é gerado um TRD – termo de recebimento definitivo.
  24. 24. FLUXOGRAMA DE ENCERRAMENTO DA FASE OU DO PROJETO
  25. 25. AGRADECIMENTOS A BFK consultoria a agradece a todos os seus colaboradores pelo sucesso de mais um projeto e espera, num futuro próximo, poder compartilhar a sua experiência em novos mercados. Contamos com a sua indicação! Obrigado.

×