SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Baixar para ler offline
M B A G E S T Ã O E S T R A T É G I C A E E C O N Ô M I C A D E P R O J E T O S
F U N D A M E N T O S D E G E R E N C I A M E N T O D E P R O J E T O S
F G V S P 0 2 - G E E P - T 4
KONSTRUTOP
Carlos Alexandre Spindola do Nascimento
Lucas Bretones Mascarenhas Apolinário
A Konstrutop nasceu de uma fusão de
ideias de dois gerentes de projeto com a
missão de elevar o nível capacitivo da
construção civil.
A idéia é revolucionar técnicas arcaicas,
aproximando-as de um moderno e tecnológico,
utilizando ferramentas eletrônicas para
beneficiar o dia-a-dia de uma sociedade
contemporânea que hoje aprecia, habita e se
desloca dentre nossos feitos.
PROGRAMAS
• Desenvolvimento urbano da cidade
de Palmas
• Integração tecnológica comércio e
habitação em Lisarb.
PROJETOS
• Projeto Kasa – Moradias universitárias
inteligentes e acessíveis.
• SustenVille – Loteamento com
autosuficiência energética.
• OpenBridge – Aplicativo informativo do
funcionamento das aberturas de pontes
em cidades com tranporte
predominantemente fluviais.
• Projeto EsKola – Construção de escolas
públicas tecnológicas para pessoas com
deficiência audio-visuais.
• Parking Elevator – Desenvolvimento de
elevadores de automóveis em prédios
de luxo.
• ICiclo – Ciclovias inteligentes para a
cidade de Palmas.
• R3ciclo – Usinas de reciclagem de
resíduos de obra
• GreenPark – Empreendimento
habitacional sustentável com
certificação Leed
KONSTRUTOP
KONSTRUTOP
O projeto escolhido para desenvolvimento do plano de gerenciamento da
empresa Konstrutop é o PROJETO KASA
O produto resultante do desenvolvimento deste projeto é um condomínio de
casas para jovens universitários da cidade de Marília que irão desfrutar de
inúmeros benefícios tecnológicos com o intento de deixar as tarefas
domésticas simples e práticas.
KONSTRUTOP
Descrição
Construção de casas para estudantes universitários com maior conforto e inteligência
para os mesmos
Justificativa
Construir moradias inteligentes para estudantes universitários que proporcionem
conforto, segurança e praticidade. Tudo isso aliado a tecnologias inovadoras.
Objetivo S.M.A.R.T.
Construir 200 moradias para estudantes universitários, com um sistema de
gerenciamento inteligente em um prazo de dois anos, que resulte em 98% de satisfação
dos estudantes durante o seu período acadêmico.
KONSTRUTOP
Stakeholders
• Investidores
• Universitários de Marília
• Universidade de Marília
• Prestadores de serviços
• Município de Marília
• Pais dos Alunos
• Gerentes de TI
• Locatários de repúblicas
• Gerentes de Projeto
• Instituição financiadora
Requisitos Tempo, Custo e Risco
• Atingir uma margem de lucro de 20% sobre o valor de venda do imóvel.
• Garantir a finalização e entrega da obra dentro do cronograma, no período de dois anos.
• Conseguir uma parceria com instituição financeira que forneça um financiamento acessível.
• Garantir que o custos de serviços tecnológicos não se tornem onerosos aos clientes no futuro.
• Concatenar o repasse de 80% das unidades ao banco durante a fase de vendas com a
oficialização do lançamento do empreendimento.
• Aliar o início das vendas com a etapa de matrícula dos alunos, no qual a procura por novos
lares é maior.
• Comercialização das unidades atinja 100% de sucesso.
KONSTRUTOP
FLUXOGRAMA DE INICIAÇÃO
Inicio
Descrição
Justificativa
Objetivo
SMART
Requisitos Tempo,
Custo, Risco
Designação
do GP
Mapear SH
Orçamento
Riscos
Lista de
Milestones
Classificar
Stakeholders
TAP Aprovado
TAP
Assinado
Sim
NãoProjeto Produto
KONSTRUTOP
PROJETO KASA
1.2 Concepção
1.2.1 Ante-
Projeto
1.2.2
Parametrização
1.2.3
Cronograma
Fisco
1.2.4
Cronograma
Financeiro
1.2.5 Estudo de
Viabilidade
1.3 Projeto
1.3.1 Projeto
Basico
1.3.2 Projeto
Executivo
1.3.3 Projeto
Adequação ERP
1.3.4 Projeto de
APPS
1.3.5 Projeto de
Vendas
1.4 Construção
1.4.1 Preparo
do Terreno
1.4.2 Stand de
Vendas
1.4.3
Infraestrutura
1.4.4
Edificações
1.4.5 Anexos
1.5 Aquisições
1.5.1 P e D
1.5.2 Aquisição
APPs
1.5.3
Adequação ERP
1.5.4 Aquisição
de RH
1.5.5 Aquisição
de Projetos
KONSTRUTOP
KONSTRUTOP
WBS – Estrutura de Decomposição do Trabalho
C.C Descomposição Analise M/B
1.1 Concepção
1.1.1 Ante-Projeto Buy
1.1.2 Parametrização Buy
1.1.3 Cronograma Físico Buy
1.1.4 Cronograma Financeiro Make
1.1.5 Estudo de Viabilidade Make
1.2 Projeto
1.2.1 Projeto Basico Buy
1.2.2 Projeto Executivo Buy
1.2.3 Projeto Adequação ERP Buy
1.2.4 Projeto APPs Buy
1.2.5 Projeto de Vendas Make
1.3 Construção
1.3.1 Preparo do Terreno Buy
1.3.2 Stand de Vendas Buy
1.3.3 Infra Estrutura Buy
1.3.4 Edificações Buy
1.3.5 Anexos Buy
1.4 Aquisições
1.4.1 P e D Buy
1.4.1 Aquisição APPs Buy
1.4.2 Adequação do ERP Buy
1.4.3 Aquisição de R.H. Make
1.4.4 Aquisição de Projetos Make
D WBS – Dicionário WBS
C.C P.T Entrega Critério de Validação Critério de Aceitação
1.1 Concepção
Processo de viabilização física e
financeira do empreendimento
Checklist dos indicadores
almejados
Documento de
aprovação da diretoria
1.1.1 Ante-Projeto
Estudo de Implantação do
Empreendimento
Check-list validado pela equipe de
parametrização
Boletim de Medição
1.1.2 Parametrização Orçamento Resumo Aprovação do Comitê de diretores Documento de Aceite
1.1.3 Cronograma Físico Gráfico de Gantt
Enquadramento no prazo pré-
estabelecido
Cronograma Aceito
1.1.4
Cronograma
Financeiro
Planilha Financeira
Dentro do orçamento do projeto Cronograma Aceito
1.1.5 Estudo de Viabilidade
Relatório Resumo de despesas e
receitas
Aprovação dos investidores em
relação as taxas de retorno pré-
estabelecias
Boletim de Aceite
1.2 Projeto
Compilado de projetos para
execução de obra
Aprovação nos órgãos responsáveis
e validação da gerência técnica
Projetos carimbados e
assinados
1.2.1 Projeto Básico
Pasta de Projetos com nível de
detalhamento básico
Validação do Engenheiro gerente de
projetos
Plantas assinadas
1.2.2 Projeto Executivo Pasta de Projetos liberados para obra
Validação da Diretoria e do
Engenheiro gerente de projetos
Plantas Disponibilizadas
para equipe de Obra
1.2.3
Projeto Adequação
ERP
Pastas com rotinas liberadas
Validação pelo Gestor da Área
responsável pelo modulo
Rotinas funcionais de
acordo com os requisitos
1.2.4 Projeto APPs
Aplicativos específicos para cada
serviço oferecido
Check-list validado pela equipe de TI Documento de aceite
1.2.5 Projeto de Vendas Portfolio de planos de ação
Validado pelo gerente de vendas Portfolio assinado pelo
gestor de vendas
KONSTRUTOP
D WBS – Dicionário WBS
C.C P.T Entrega
Critério de Validação Critério de
Aceitação
1.3 Construção Obras concluídas
Checklist técnico da gerência de
obras e diretoria
Entrega das chaves
aos clientes
1.3.1 Preparo do Terreno
Área a ser construída limpa e pronta
para receber o canteiro de obras e
stand.
Checklist validado pela equipe de
infraestutura.
Medição liberada aos
empreiteiros
1.3.2 Stand de Vendas
Construção provisória para receber
clientes em potencial para efetuar as
vendas
Validação da diretoria Avaliação visual
gerente de arquitetura
e diretoria
1.3.3 Infra Estrutura Redes subterrâneas prontas
Validação gerência de obras Checklist projetos x
executivo
1.3.4 Edificações Construção das casas finalizadas
Validação gerência de obras Checklist projetos x
executivo
1.3.5 Anexos Construção das áreas comuns
Validação gerência de obras Checklist projetos x
executivo
1.4 Aquisições Relação de aquisições gerais
Validação da gerência técnica e
financeira
Boletim de aceite e
contratações
1.4.1 P e D
Memorial de pesquisa realizadas com
os clientes em potencial
Identificação do estudo com
empreendimento e publico alvo
Boletim de aceite
1.4.1 Aquisição APPs Aplicativos de acordo com requisitos Validação pela equipe de TI Documento de aceite
1.4.2 Adequação do ERP Rotinas prontas Validação pelos gestores Documento de aceite
1.4.3 Aquisição de RH Candidatos selecionados para vagas
Entrevista com gestores de area Documento de
contratação
1.4.4 Aquisição de Projetos
Relação de projetistas contratados
para elaborar os projetos
Validação com a equipe técnica Contratação de
fornecedores
KONSTRUTOP
CLASSIFICAÇÃO DOS RISCOS
Riscos Identificados Probabilidade Impacto Semáforo
Não cumprimento do prazo de obras Média Média
Elaborar checklist com reportes mensais de
andamento físico e premiação à equpie de obra
mediante à antecipação do prazo.
Não atingir os parâmetros pré-estabelecidos para
viabilização do projeto
Alta Alta Reelaborar o estudo com novas premissas
Cronograma onerar recursos originalmente
planejados Média Alta
Realizar campanhas e eventos na faculdade
promovendo o empreendimento.
Aumentar a concorrência do mesmo tipo de
empreendimento na região
Baixa Baixa
Investir continuamente em desenvolvimento
tecnológico na fase do pós-obra
Atingir menos de 98% de satisfação dos clientes Alta Médio
Investir em pesquisas de CRM para alcançar a
satisfação dos clientes com eficácia
Terreno apresentar características de solo rochoso ou
argiloso
Baixa Alta
Realizar estudo de viabilidade. Se onerar muito o
custo, prospectar novo terreno na região.
Empreendimento se tornar alvo de assaltos Alta Alta Investir em segurança periférica do condomínio
Ferramentas tecnológicas oneram o custo do dia-a-
dia dos estudantes.
Baixa Baixa
Fazer parcerias de custo com os fornecedores de
serviço prestados nos aplicativos.
Áreas de convivência tiram o foco dos estudantes
nos estudos, prejudicando a si mesmos e à
faculdade.
Alta Baixa Criar campanhas de conscientização ao estudo.
Prefeitura exigir obras de contrapartida que
extrapolem o custo e atrasem o cronograma.
Média Alta
Negociar parceria com outros empreendedores
da região para ratear as expensas
KONSTRUTOP
TAP
Assinado
PGE
Coletar
Requisitos
Definir
Escopo
Criar WBS
PGCrono
Estimar recursos
das atividades
TAP Aprovado
PGP
Aprovado
Sim
DPDG
Definir
Atividades
Sequenciar
Atividades
PGQ
Determinar
Orçamento
Estimar Custos
PGC
Desenhar
cronograma
Estimar duração
das Atividades
Planejar respostas
ao riscos
PGRH
PGCo
PGR
Identificar Riscos
Realizar analise
Qualit. dos Riscos
Realizar analise
Quant. dos Riscos
PGA
PGSH
Não
KONSTRUTOP
FLUXOGRAMA DE PLANEJAMENTO
PGP Aprovado
Realizar Garantia
da Qualidade
Mobilizar equipe
do projeto
Gerencia equipe
do projeto
Gerencia as
comunicações
Conduzir as
aquisições
OGTP
Gerenciar
envolvimento dos SH
Necessita de
desenvolver a
equipe?
Providenciar
treinamento
Não
Sim
Entrega
Terminada
KONSTRUTOP
FLUXOGRAMA DE EXECUÇÃO
Iniciação Planejamento Execução Encerramento
Entrega
Terminada
Validar escopo Controlar escopo
Controlar
Cronograma
Controlar a
qualidade Controlar
comunicações
MCTP
Controlar riscos
Entrega Aceita?
Controlar
aquisições
Monitoramento
Efetuado
CESH
RCIM
Solicitação de
Mudanças
Analise de
mudança
Aprovação
de
Mudança?
Arquivamento de
Mudanças
Lições Aprendidas
Salvar na lista de
base
NãoSim
Não
Sim
FLUXOGRAMA DE MONITORAMENTO E CONTROLE
EFP
Revisão Final de Fase
/ Pós Projeto
Obter aceite do
Cliente / Sponsor
Final de Projeto?
Aplicar as
atualizações
apropriadas
Encerrar Projeto
Registrar impactos da
adequação de
qualquer processo
Documentar lições
aprendidas
Arquivar documentos
relevantes no SIGP
ou PMIS
Encerrar aquisiçõesEncerrar Fase Não
Sim
KONSTRUTOP
FLUXOGRAMA DE ENCERRAMENTO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

FGP, MBA Gerenciamento de Projetos, Gerenciamento de Escopo, Aula 01
FGP, MBA Gerenciamento de Projetos, Gerenciamento de Escopo, Aula 01FGP, MBA Gerenciamento de Projetos, Gerenciamento de Escopo, Aula 01
FGP, MBA Gerenciamento de Projetos, Gerenciamento de Escopo, Aula 01Aurivan
 
Gerenciamento de projetos aula 4 (escopo)
Gerenciamento de projetos   aula 4 (escopo)Gerenciamento de projetos   aula 4 (escopo)
Gerenciamento de projetos aula 4 (escopo)Paulo Junior
 
Tcc marcelo schumacher_implantação_software_er_vertical_saúde_erp_backoffice
Tcc marcelo schumacher_implantação_software_er_vertical_saúde_erp_backofficeTcc marcelo schumacher_implantação_software_er_vertical_saúde_erp_backoffice
Tcc marcelo schumacher_implantação_software_er_vertical_saúde_erp_backofficeMarcelo Schumacher
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4Alessandro Almeida
 
Gestão do Escopo de Projetos - Prof. Luis Augusto dos Santos
Gestão do Escopo de Projetos - Prof. Luis Augusto dos SantosGestão do Escopo de Projetos - Prof. Luis Augusto dos Santos
Gestão do Escopo de Projetos - Prof. Luis Augusto dos SantosSustentare Escola de Negócios
 
Construção de um motel
Construção de um motelConstrução de um motel
Construção de um motelMarco Coghi
 
Aula 2 - Gestão de Projetos
Aula 2 - Gestão de ProjetosAula 2 - Gestão de Projetos
Aula 2 - Gestão de ProjetosFernando Dantas
 
Gerenciamento de escopo em projetos
Gerenciamento de escopo em projetosGerenciamento de escopo em projetos
Gerenciamento de escopo em projetosPaulo Junior
 
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De ProjetoExemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projetolhencar
 
Gestão de escopo
Gestão de escopoGestão de escopo
Gestão de escopoTais Mirele
 
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoesGerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoesJucioliver
 

Mais procurados (20)

FGP, MBA Gerenciamento de Projetos, Gerenciamento de Escopo, Aula 01
FGP, MBA Gerenciamento de Projetos, Gerenciamento de Escopo, Aula 01FGP, MBA Gerenciamento de Projetos, Gerenciamento de Escopo, Aula 01
FGP, MBA Gerenciamento de Projetos, Gerenciamento de Escopo, Aula 01
 
Gerenciamento de projetos aula 4 (escopo)
Gerenciamento de projetos   aula 4 (escopo)Gerenciamento de projetos   aula 4 (escopo)
Gerenciamento de projetos aula 4 (escopo)
 
Gerenciamento do escopo
Gerenciamento do escopoGerenciamento do escopo
Gerenciamento do escopo
 
Gestão de Projetos - Prof. João Frederico Gonzales
Gestão de Projetos - Prof. João Frederico GonzalesGestão de Projetos - Prof. João Frederico Gonzales
Gestão de Projetos - Prof. João Frederico Gonzales
 
Tcc marcelo schumacher_implantação_software_er_vertical_saúde_erp_backoffice
Tcc marcelo schumacher_implantação_software_er_vertical_saúde_erp_backofficeTcc marcelo schumacher_implantação_software_er_vertical_saúde_erp_backoffice
Tcc marcelo schumacher_implantação_software_er_vertical_saúde_erp_backoffice
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
Planejamento, Execução e Controle de Projetos: Aula 4
 
PMBOK - Escopo
PMBOK - EscopoPMBOK - Escopo
PMBOK - Escopo
 
Gerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em ProjetosGerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em Projetos
 
Gestão do Escopo de Projetos - Prof. Luis Augusto dos Santos
Gestão do Escopo de Projetos - Prof. Luis Augusto dos SantosGestão do Escopo de Projetos - Prof. Luis Augusto dos Santos
Gestão do Escopo de Projetos - Prof. Luis Augusto dos Santos
 
Gestão do Escopo do Projeto
Gestão do Escopo do ProjetoGestão do Escopo do Projeto
Gestão do Escopo do Projeto
 
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronogramaGerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
 
Gerenciamento do escopo
Gerenciamento do escopoGerenciamento do escopo
Gerenciamento do escopo
 
WBS Supernova
WBS  SupernovaWBS  Supernova
WBS Supernova
 
Construção de um motel
Construção de um motelConstrução de um motel
Construção de um motel
 
Aula 2 - Gestão de Projetos
Aula 2 - Gestão de ProjetosAula 2 - Gestão de Projetos
Aula 2 - Gestão de Projetos
 
Gerenciamento de escopo em projetos
Gerenciamento de escopo em projetosGerenciamento de escopo em projetos
Gerenciamento de escopo em projetos
 
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De ProjetoExemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
 
Gestão de escopo
Gestão de escopoGestão de escopo
Gestão de escopo
 
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoesGerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
Gerenciamento de-projetos-exercicios-resolvidos-estudo-de-casos-e-simulacoes
 
Gerenciamento de Escopo em Projetos
Gerenciamento de Escopo em ProjetosGerenciamento de Escopo em Projetos
Gerenciamento de Escopo em Projetos
 

Semelhante a Moradias Inteligentes

Gestão de Custos em Projetos Complexos
Gestão de Custos em Projetos ComplexosGestão de Custos em Projetos Complexos
Gestão de Custos em Projetos ComplexosGUGP SUCESU-RS
 
Introdução a construtibilidade parte 1
Introdução a construtibilidade   parte 1Introdução a construtibilidade   parte 1
Introdução a construtibilidade parte 1Alexandre Lyra
 
Introdução a construtibilidade parte 1
Introdução a construtibilidade   parte 1Introdução a construtibilidade   parte 1
Introdução a construtibilidade parte 1Alexandre Lyra
 
Introdução a construtibilidade parte 1
Introdução a construtibilidade   parte 1Introdução a construtibilidade   parte 1
Introdução a construtibilidade parte 1Alexandre Lyra
 
Por um LISARB Melhor
Por um LISARB MelhorPor um LISARB Melhor
Por um LISARB MelhorMarco Coghi
 
Condomínio Virgem Maria
Condomínio Virgem MariaCondomínio Virgem Maria
Condomínio Virgem MariaMarco Coghi
 
Conceitos gerais de GP
Conceitos gerais de GPConceitos gerais de GP
Conceitos gerais de GPjoao87vidal
 
Projetos de Engenharia - Conceitos Básicos - Aragon Salvador
Projetos de Engenharia - Conceitos Básicos - Aragon SalvadorProjetos de Engenharia - Conceitos Básicos - Aragon Salvador
Projetos de Engenharia - Conceitos Básicos - Aragon SalvadorAragon Vieira
 
Aula 01 - A importância do planejamento.pptx
Aula 01  - A importância do planejamento.pptxAula 01  - A importância do planejamento.pptx
Aula 01 - A importância do planejamento.pptxCarlos664467
 
CURITIBA-GP01_2012-FGP-RECICLA_TUDO
CURITIBA-GP01_2012-FGP-RECICLA_TUDOCURITIBA-GP01_2012-FGP-RECICLA_TUDO
CURITIBA-GP01_2012-FGP-RECICLA_TUDOMarco Coghi
 
Elaboração de projetos inovadores - CGR
Elaboração de projetos inovadores - CGRElaboração de projetos inovadores - CGR
Elaboração de projetos inovadores - CGRJeovan Figueiredo
 
Como a Pré-Construção influencia o desempenho dos Data Centers. Por Anderson ...
Como a Pré-Construção influencia o desempenho dos Data Centers. Por Anderson ...Como a Pré-Construção influencia o desempenho dos Data Centers. Por Anderson ...
Como a Pré-Construção influencia o desempenho dos Data Centers. Por Anderson ...Anderson Garcia
 
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de Projetos
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de ProjetosTreinamento de Introdução ao Gerenciamento de Projetos
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de ProjetosCleiton Gomes Xavier
 
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...Projetos e TI
 

Semelhante a Moradias Inteligentes (20)

Luxor
LuxorLuxor
Luxor
 
Gestão de Custos em Projetos Complexos
Gestão de Custos em Projetos ComplexosGestão de Custos em Projetos Complexos
Gestão de Custos em Projetos Complexos
 
Introdução a construtibilidade parte 1
Introdução a construtibilidade   parte 1Introdução a construtibilidade   parte 1
Introdução a construtibilidade parte 1
 
Introdução a construtibilidade parte 1
Introdução a construtibilidade   parte 1Introdução a construtibilidade   parte 1
Introdução a construtibilidade parte 1
 
Introdução a construtibilidade parte 1
Introdução a construtibilidade   parte 1Introdução a construtibilidade   parte 1
Introdução a construtibilidade parte 1
 
Teste
TesteTeste
Teste
 
Por um LISARB Melhor
Por um LISARB MelhorPor um LISARB Melhor
Por um LISARB Melhor
 
Condomínio Virgem Maria
Condomínio Virgem MariaCondomínio Virgem Maria
Condomínio Virgem Maria
 
Conceitos gerais de GP
Conceitos gerais de GPConceitos gerais de GP
Conceitos gerais de GP
 
Projetos de Engenharia - Conceitos Básicos - Aragon Salvador
Projetos de Engenharia - Conceitos Básicos - Aragon SalvadorProjetos de Engenharia - Conceitos Básicos - Aragon Salvador
Projetos de Engenharia - Conceitos Básicos - Aragon Salvador
 
Aula 01 - A importância do planejamento.pptx
Aula 01  - A importância do planejamento.pptxAula 01  - A importância do planejamento.pptx
Aula 01 - A importância do planejamento.pptx
 
AL QAEDA
AL QAEDAAL QAEDA
AL QAEDA
 
Gestao Projetos - Aula 02
Gestao Projetos - Aula 02Gestao Projetos - Aula 02
Gestao Projetos - Aula 02
 
Introdução a gerenciamento de projetos e PMBoK®
Introdução a gerenciamento de projetos e PMBoK®Introdução a gerenciamento de projetos e PMBoK®
Introdução a gerenciamento de projetos e PMBoK®
 
CURITIBA-GP01_2012-FGP-RECICLA_TUDO
CURITIBA-GP01_2012-FGP-RECICLA_TUDOCURITIBA-GP01_2012-FGP-RECICLA_TUDO
CURITIBA-GP01_2012-FGP-RECICLA_TUDO
 
Elaboração de projetos inovadores - CGR
Elaboração de projetos inovadores - CGRElaboração de projetos inovadores - CGR
Elaboração de projetos inovadores - CGR
 
Como a Pré-Construção influencia o desempenho dos Data Centers. Por Anderson ...
Como a Pré-Construção influencia o desempenho dos Data Centers. Por Anderson ...Como a Pré-Construção influencia o desempenho dos Data Centers. Por Anderson ...
Como a Pré-Construção influencia o desempenho dos Data Centers. Por Anderson ...
 
Treinamento em gestão de projetos
Treinamento em gestão de projetosTreinamento em gestão de projetos
Treinamento em gestão de projetos
 
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de Projetos
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de ProjetosTreinamento de Introdução ao Gerenciamento de Projetos
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de Projetos
 
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
 

Mais de Marco Coghi (20)

Projeto Caixa Forte
Projeto Caixa ForteProjeto Caixa Forte
Projeto Caixa Forte
 
EZ Pass
EZ PassEZ Pass
EZ Pass
 
Sai Zika
Sai ZikaSai Zika
Sai Zika
 
Acertando suas Contas
Acertando suas ContasAcertando suas Contas
Acertando suas Contas
 
EcoTelhado
EcoTelhadoEcoTelhado
EcoTelhado
 
Volume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca MaisVolume Morto Nunca Mais
Volume Morto Nunca Mais
 
Projeto Iemanjá
Projeto IemanjáProjeto Iemanjá
Projeto Iemanjá
 
Viva Mariana
Viva MarianaViva Mariana
Viva Mariana
 
Projeto Help
Projeto HelpProjeto Help
Projeto Help
 
Princes Forever
Princes ForeverPrinces Forever
Princes Forever
 
Aquaman
AquamanAquaman
Aquaman
 
Projeto +Cana
Projeto +CanaProjeto +Cana
Projeto +Cana
 
Princess Forever
Princess ForeverPrincess Forever
Princess Forever
 
Ecobuilding
EcobuildingEcobuilding
Ecobuilding
 
Sanca GreenHouse
Sanca GreenHouseSanca GreenHouse
Sanca GreenHouse
 
Teto Amigo
Teto AmigoTeto Amigo
Teto Amigo
 
Projeto Lampião
Projeto LampiãoProjeto Lampião
Projeto Lampião
 
CONSEGS
CONSEGSCONSEGS
CONSEGS
 
Projeto Gestar
Projeto GestarProjeto Gestar
Projeto Gestar
 
Zika
ZikaZika
Zika
 

Moradias Inteligentes

  • 1. M B A G E S T Ã O E S T R A T É G I C A E E C O N Ô M I C A D E P R O J E T O S F U N D A M E N T O S D E G E R E N C I A M E N T O D E P R O J E T O S F G V S P 0 2 - G E E P - T 4
  • 2. KONSTRUTOP Carlos Alexandre Spindola do Nascimento Lucas Bretones Mascarenhas Apolinário A Konstrutop nasceu de uma fusão de ideias de dois gerentes de projeto com a missão de elevar o nível capacitivo da construção civil. A idéia é revolucionar técnicas arcaicas, aproximando-as de um moderno e tecnológico, utilizando ferramentas eletrônicas para beneficiar o dia-a-dia de uma sociedade contemporânea que hoje aprecia, habita e se desloca dentre nossos feitos.
  • 3. PROGRAMAS • Desenvolvimento urbano da cidade de Palmas • Integração tecnológica comércio e habitação em Lisarb. PROJETOS • Projeto Kasa – Moradias universitárias inteligentes e acessíveis. • SustenVille – Loteamento com autosuficiência energética. • OpenBridge – Aplicativo informativo do funcionamento das aberturas de pontes em cidades com tranporte predominantemente fluviais. • Projeto EsKola – Construção de escolas públicas tecnológicas para pessoas com deficiência audio-visuais. • Parking Elevator – Desenvolvimento de elevadores de automóveis em prédios de luxo. • ICiclo – Ciclovias inteligentes para a cidade de Palmas. • R3ciclo – Usinas de reciclagem de resíduos de obra • GreenPark – Empreendimento habitacional sustentável com certificação Leed KONSTRUTOP
  • 4. KONSTRUTOP O projeto escolhido para desenvolvimento do plano de gerenciamento da empresa Konstrutop é o PROJETO KASA O produto resultante do desenvolvimento deste projeto é um condomínio de casas para jovens universitários da cidade de Marília que irão desfrutar de inúmeros benefícios tecnológicos com o intento de deixar as tarefas domésticas simples e práticas. KONSTRUTOP
  • 5. Descrição Construção de casas para estudantes universitários com maior conforto e inteligência para os mesmos Justificativa Construir moradias inteligentes para estudantes universitários que proporcionem conforto, segurança e praticidade. Tudo isso aliado a tecnologias inovadoras. Objetivo S.M.A.R.T. Construir 200 moradias para estudantes universitários, com um sistema de gerenciamento inteligente em um prazo de dois anos, que resulte em 98% de satisfação dos estudantes durante o seu período acadêmico. KONSTRUTOP
  • 6. Stakeholders • Investidores • Universitários de Marília • Universidade de Marília • Prestadores de serviços • Município de Marília • Pais dos Alunos • Gerentes de TI • Locatários de repúblicas • Gerentes de Projeto • Instituição financiadora Requisitos Tempo, Custo e Risco • Atingir uma margem de lucro de 20% sobre o valor de venda do imóvel. • Garantir a finalização e entrega da obra dentro do cronograma, no período de dois anos. • Conseguir uma parceria com instituição financeira que forneça um financiamento acessível. • Garantir que o custos de serviços tecnológicos não se tornem onerosos aos clientes no futuro. • Concatenar o repasse de 80% das unidades ao banco durante a fase de vendas com a oficialização do lançamento do empreendimento. • Aliar o início das vendas com a etapa de matrícula dos alunos, no qual a procura por novos lares é maior. • Comercialização das unidades atinja 100% de sucesso. KONSTRUTOP
  • 7. FLUXOGRAMA DE INICIAÇÃO Inicio Descrição Justificativa Objetivo SMART Requisitos Tempo, Custo, Risco Designação do GP Mapear SH Orçamento Riscos Lista de Milestones Classificar Stakeholders TAP Aprovado TAP Assinado Sim NãoProjeto Produto KONSTRUTOP
  • 8. PROJETO KASA 1.2 Concepção 1.2.1 Ante- Projeto 1.2.2 Parametrização 1.2.3 Cronograma Fisco 1.2.4 Cronograma Financeiro 1.2.5 Estudo de Viabilidade 1.3 Projeto 1.3.1 Projeto Basico 1.3.2 Projeto Executivo 1.3.3 Projeto Adequação ERP 1.3.4 Projeto de APPS 1.3.5 Projeto de Vendas 1.4 Construção 1.4.1 Preparo do Terreno 1.4.2 Stand de Vendas 1.4.3 Infraestrutura 1.4.4 Edificações 1.4.5 Anexos 1.5 Aquisições 1.5.1 P e D 1.5.2 Aquisição APPs 1.5.3 Adequação ERP 1.5.4 Aquisição de RH 1.5.5 Aquisição de Projetos KONSTRUTOP
  • 9. KONSTRUTOP WBS – Estrutura de Decomposição do Trabalho C.C Descomposição Analise M/B 1.1 Concepção 1.1.1 Ante-Projeto Buy 1.1.2 Parametrização Buy 1.1.3 Cronograma Físico Buy 1.1.4 Cronograma Financeiro Make 1.1.5 Estudo de Viabilidade Make 1.2 Projeto 1.2.1 Projeto Basico Buy 1.2.2 Projeto Executivo Buy 1.2.3 Projeto Adequação ERP Buy 1.2.4 Projeto APPs Buy 1.2.5 Projeto de Vendas Make 1.3 Construção 1.3.1 Preparo do Terreno Buy 1.3.2 Stand de Vendas Buy 1.3.3 Infra Estrutura Buy 1.3.4 Edificações Buy 1.3.5 Anexos Buy 1.4 Aquisições 1.4.1 P e D Buy 1.4.1 Aquisição APPs Buy 1.4.2 Adequação do ERP Buy 1.4.3 Aquisição de R.H. Make 1.4.4 Aquisição de Projetos Make
  • 10. D WBS – Dicionário WBS C.C P.T Entrega Critério de Validação Critério de Aceitação 1.1 Concepção Processo de viabilização física e financeira do empreendimento Checklist dos indicadores almejados Documento de aprovação da diretoria 1.1.1 Ante-Projeto Estudo de Implantação do Empreendimento Check-list validado pela equipe de parametrização Boletim de Medição 1.1.2 Parametrização Orçamento Resumo Aprovação do Comitê de diretores Documento de Aceite 1.1.3 Cronograma Físico Gráfico de Gantt Enquadramento no prazo pré- estabelecido Cronograma Aceito 1.1.4 Cronograma Financeiro Planilha Financeira Dentro do orçamento do projeto Cronograma Aceito 1.1.5 Estudo de Viabilidade Relatório Resumo de despesas e receitas Aprovação dos investidores em relação as taxas de retorno pré- estabelecias Boletim de Aceite 1.2 Projeto Compilado de projetos para execução de obra Aprovação nos órgãos responsáveis e validação da gerência técnica Projetos carimbados e assinados 1.2.1 Projeto Básico Pasta de Projetos com nível de detalhamento básico Validação do Engenheiro gerente de projetos Plantas assinadas 1.2.2 Projeto Executivo Pasta de Projetos liberados para obra Validação da Diretoria e do Engenheiro gerente de projetos Plantas Disponibilizadas para equipe de Obra 1.2.3 Projeto Adequação ERP Pastas com rotinas liberadas Validação pelo Gestor da Área responsável pelo modulo Rotinas funcionais de acordo com os requisitos 1.2.4 Projeto APPs Aplicativos específicos para cada serviço oferecido Check-list validado pela equipe de TI Documento de aceite 1.2.5 Projeto de Vendas Portfolio de planos de ação Validado pelo gerente de vendas Portfolio assinado pelo gestor de vendas KONSTRUTOP
  • 11. D WBS – Dicionário WBS C.C P.T Entrega Critério de Validação Critério de Aceitação 1.3 Construção Obras concluídas Checklist técnico da gerência de obras e diretoria Entrega das chaves aos clientes 1.3.1 Preparo do Terreno Área a ser construída limpa e pronta para receber o canteiro de obras e stand. Checklist validado pela equipe de infraestutura. Medição liberada aos empreiteiros 1.3.2 Stand de Vendas Construção provisória para receber clientes em potencial para efetuar as vendas Validação da diretoria Avaliação visual gerente de arquitetura e diretoria 1.3.3 Infra Estrutura Redes subterrâneas prontas Validação gerência de obras Checklist projetos x executivo 1.3.4 Edificações Construção das casas finalizadas Validação gerência de obras Checklist projetos x executivo 1.3.5 Anexos Construção das áreas comuns Validação gerência de obras Checklist projetos x executivo 1.4 Aquisições Relação de aquisições gerais Validação da gerência técnica e financeira Boletim de aceite e contratações 1.4.1 P e D Memorial de pesquisa realizadas com os clientes em potencial Identificação do estudo com empreendimento e publico alvo Boletim de aceite 1.4.1 Aquisição APPs Aplicativos de acordo com requisitos Validação pela equipe de TI Documento de aceite 1.4.2 Adequação do ERP Rotinas prontas Validação pelos gestores Documento de aceite 1.4.3 Aquisição de RH Candidatos selecionados para vagas Entrevista com gestores de area Documento de contratação 1.4.4 Aquisição de Projetos Relação de projetistas contratados para elaborar os projetos Validação com a equipe técnica Contratação de fornecedores KONSTRUTOP
  • 12. CLASSIFICAÇÃO DOS RISCOS Riscos Identificados Probabilidade Impacto Semáforo Não cumprimento do prazo de obras Média Média Elaborar checklist com reportes mensais de andamento físico e premiação à equpie de obra mediante à antecipação do prazo. Não atingir os parâmetros pré-estabelecidos para viabilização do projeto Alta Alta Reelaborar o estudo com novas premissas Cronograma onerar recursos originalmente planejados Média Alta Realizar campanhas e eventos na faculdade promovendo o empreendimento. Aumentar a concorrência do mesmo tipo de empreendimento na região Baixa Baixa Investir continuamente em desenvolvimento tecnológico na fase do pós-obra Atingir menos de 98% de satisfação dos clientes Alta Médio Investir em pesquisas de CRM para alcançar a satisfação dos clientes com eficácia Terreno apresentar características de solo rochoso ou argiloso Baixa Alta Realizar estudo de viabilidade. Se onerar muito o custo, prospectar novo terreno na região. Empreendimento se tornar alvo de assaltos Alta Alta Investir em segurança periférica do condomínio Ferramentas tecnológicas oneram o custo do dia-a- dia dos estudantes. Baixa Baixa Fazer parcerias de custo com os fornecedores de serviço prestados nos aplicativos. Áreas de convivência tiram o foco dos estudantes nos estudos, prejudicando a si mesmos e à faculdade. Alta Baixa Criar campanhas de conscientização ao estudo. Prefeitura exigir obras de contrapartida que extrapolem o custo e atrasem o cronograma. Média Alta Negociar parceria com outros empreendedores da região para ratear as expensas KONSTRUTOP
  • 13. TAP Assinado PGE Coletar Requisitos Definir Escopo Criar WBS PGCrono Estimar recursos das atividades TAP Aprovado PGP Aprovado Sim DPDG Definir Atividades Sequenciar Atividades PGQ Determinar Orçamento Estimar Custos PGC Desenhar cronograma Estimar duração das Atividades Planejar respostas ao riscos PGRH PGCo PGR Identificar Riscos Realizar analise Qualit. dos Riscos Realizar analise Quant. dos Riscos PGA PGSH Não KONSTRUTOP FLUXOGRAMA DE PLANEJAMENTO
  • 14. PGP Aprovado Realizar Garantia da Qualidade Mobilizar equipe do projeto Gerencia equipe do projeto Gerencia as comunicações Conduzir as aquisições OGTP Gerenciar envolvimento dos SH Necessita de desenvolver a equipe? Providenciar treinamento Não Sim Entrega Terminada KONSTRUTOP FLUXOGRAMA DE EXECUÇÃO
  • 15. Iniciação Planejamento Execução Encerramento Entrega Terminada Validar escopo Controlar escopo Controlar Cronograma Controlar a qualidade Controlar comunicações MCTP Controlar riscos Entrega Aceita? Controlar aquisições Monitoramento Efetuado CESH RCIM Solicitação de Mudanças Analise de mudança Aprovação de Mudança? Arquivamento de Mudanças Lições Aprendidas Salvar na lista de base NãoSim Não Sim FLUXOGRAMA DE MONITORAMENTO E CONTROLE
  • 16. EFP Revisão Final de Fase / Pós Projeto Obter aceite do Cliente / Sponsor Final de Projeto? Aplicar as atualizações apropriadas Encerrar Projeto Registrar impactos da adequação de qualquer processo Documentar lições aprendidas Arquivar documentos relevantes no SIGP ou PMIS Encerrar aquisiçõesEncerrar Fase Não Sim KONSTRUTOP FLUXOGRAMA DE ENCERRAMENTO