FGV ManagementMBA em Gerenciamento de ProjetosMódulo Gerenciamento de Escopo – Turma PROJ24São José dos CamposPROJETO BUFF...
ÍNDICE         • Equipe Dirigente do Projeto         • TAP         • ISH         • DReq do Produto         • DReq do Proje...
ÍNDICE         • Equipe Dirigente do Projeto         • TAP         • ISH         • DReq do Produto         • DReq do Proje...
EQUIPE DIRIGENTE DO PROJETO Rodrigo dos Santos Lima Jéssica Maegi Bragion Marcelo Simões Orlando de Vaz Júnior Ronaldo Ser...
EQUIPE DIRIGENTE DO PROJETO
ÍNDICE         • Equipe Dirigente do Projeto         • TAP         • ISH         • DReq do Produto         • DReq do Proje...
TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETOProjeto: Pote de MelDescrição:Unidade de recreação infantil, com capacidade para até 200...
TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETORequisitos:      Causar baixo impacto ao trânsito local;      Possuir isoloção acústica ...
TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETODesignação:   O Eng. Rodrigo dos Santos Lima fica designado como gerente de      projeto...
TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETOLista de Milestones:       Setembro/2012 - Inicio do Projeto;       Setembro/2012 – Kick...
TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETOOrçamento:     Deverá ser gerenciado o Orçamento total de R$ 800.000,00,     divididos d...
TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETORiscos:      Fornecedores para operação não aceitarem a condição de      pagamento;     ...
ÍNDICE         • Equipe Dirigente do Projeto         • TAP         • ISH         • DReq do Produto         • DReq do Proje...
ISH – IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDES                                                     Cadastro                           ...
ISH – IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDES                                       Requisitos superficiais                          ...
ÍNDICE         • Equipe Dirigente do Projeto         • TAP         • ISH         • DReq do Produto         • DReq do Proje...
DREQ – DECLARAÇÃO DE REQUISITO                                       Requisitos do Produto                                ...
ÍNDICE         • Equipe Dirigente do Projeto         • TAP         • ISH         • DReq do Produto         • DReq do Proje...
DREQ – DECLARAÇÃO DE REQUISITO                                       Requisitos do Projeto                                ...
ÍNDICE         •Equipe Dirigente do Projeto         •TAP         •ISH         •DReq do Produto         •DReq do Projeto   ...
DE– DECLARAÇÃO DE ESCOPOPremissas     Admite-se a compra do terreno ocorrerá até outubro de 2012;     Admite-se obtenção d...
DE– DECLARAÇÃO DE ESCOPORestrições      Atendimento ao orçamento proposto;      Cumprimento do prazo estabelecido em confo...
ÍNDICE         • Equipe Dirigente do Projeto         • TAP         • ISH         • DReq do Produto         • DReq do Proje...
WBS      1.              2.                 3.                4.                5.                 6.                7.   ...
ÍNDICE         • Equipe Dirigente do Projeto         • TAP         • ISH         • DReq do Produto         • DReq do Proje...
D-WBS – DICIONÁRIO WBS                       FASE: CONSTRUÇÃO                                                    ENTREGA: ...
ÍNDICE         • Equipe Dirigente do Projeto         • TAP         • ISH         • DReq do Produto         • DReq do Proje...
LVQ – LISTA DE VERIFICAÇÃO DA QUALIDADE                                                 LISTA DE VERIFICAÇÃO DA QUALIDADE ...
ÍNDICE         • Equipe Dirigente do Projeto         • TAP         • ISH         • DReq do Produto         • DReq do Proje...
SM – SOLICITAÇÃO DE MUDANÇA                 Numero da SM                                    Data da Abertura              ...
SM – SOLICITAÇÃO DE MUDANÇA                                                                  Parecer do GP                ...
SM – SOLICITAÇÃO DE MUDANÇA                                                       Impactos Identificados - Riscos do proje...
OBRIGADO!                                        FGV Management                       MBA em Gerenciamento de Projetos    ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pote de Mel

1.409 visualizações

Publicada em

Titulo: Pote de Mel
Alunos:Rodrigo dos Santos Lima,Ronaldo Serpa Ferreira,Jessica Maegi Bragion,Marcelo Simões,Orlando da Silva Vaz júnior,Vanessa simonato de souza,
Cidade: S.J. dos Campos
Disciplina: Escopo
Turma: GP24
Data:25-09-2012
Hora:23:46
Comentarios:Estou tentando pela segunda vez, pois o arquivo anterior enviado não consegue ser processado pelo site.
Publico até ápos a correção

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.409
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
289
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pote de Mel

  1. 1. FGV ManagementMBA em Gerenciamento de ProjetosMódulo Gerenciamento de Escopo – Turma PROJ24São José dos CamposPROJETO BUFFET INFANTILUNIDADE POTE DE MEL
  2. 2. ÍNDICE • Equipe Dirigente do Projeto • TAP • ISH • DReq do Produto • DReq do Projeto • DE • WBS • D-WBS • LVQ • SM
  3. 3. ÍNDICE • Equipe Dirigente do Projeto • TAP • ISH • DReq do Produto • DReq do Projeto • DE • WBS • D-WBS • LVQ • SM
  4. 4. EQUIPE DIRIGENTE DO PROJETO Rodrigo dos Santos Lima Jéssica Maegi Bragion Marcelo Simões Orlando de Vaz Júnior Ronaldo Serpa Ferreira Vanessa Simonato de Souza
  5. 5. EQUIPE DIRIGENTE DO PROJETO
  6. 6. ÍNDICE • Equipe Dirigente do Projeto • TAP • ISH • DReq do Produto • DReq do Projeto • DE • WBS • D-WBS • LVQ • SM
  7. 7. TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETOProjeto: Pote de MelDescrição:Unidade de recreação infantil, com capacidade para até 200 pessoas na cidade de São José dos Campos.Justificativa:Carência de prestadores de serviço integrado de recreação infantil, hoje a cidade de São José dos Campos/SP tem uma capacidade instalada de 120 Festas/Mês para atender à uma demanda de 300 Festas/Mês.Objetivo: Construção, estruturação e implantação de um Buffet Infantil, com capacidade para até 200 pessoas, na cidade de São José dos Campos/SP, até junho 2014, ao custo máximo de R$ 800.000,00.
  8. 8. TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETORequisitos: Causar baixo impacto ao trânsito local; Possuir isoloção acústica que atenda a legislação local; Comportar confortavelmente até no máximo 200 pessoas; Utilizar 100% da mão de obra local (São José dos Campos); Mão de obra para Operação deverá ser no mínimo de 80% oriunda da imediações; Fornecedores para Operação deverão respeitar a condição de pagamento (30% - A vista/70% - 20 ddl)
  9. 9. TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETODesignação: O Eng. Rodrigo dos Santos Lima fica designado como gerente de projeto Unidade Pote de Mel, tendo para tanto: Autonomia para: Mobilizar e contratar equipe de coordenação do projeto; Aprovar pedidos de compra de até R$ 10.000,00; Deliberar assuntos de interesse do projeto junto à Pessoas Físicas e Jurídicas. Dever de: Fazer cumprir os prazos e orçamentos acordados; Reportar-se quinzenalmente aos patrocinadores dados de avanço físico- financeiro do Projeto; Conduzir o projeto em conformidades com as boas práticas apresentadas pelo PMI.
  10. 10. TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETOLista de Milestones: Setembro/2012 - Inicio do Projeto; Setembro/2012 – Kick-off com Prefeitura e Comunidade; Dezembro/2012 - Inicio da Fase de Engenharia; Abril/2013 - Inicio da Fase de Aquisições; Maio/2013 - Inicio da Fase de Construção; Maio/2014 - Consolidação das Parcerias de Fornecedores e Concorrentes; Junho/2014 - Inauguração.
  11. 11. TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETOOrçamento: Deverá ser gerenciado o Orçamento total de R$ 800.000,00, divididos da seguinte forma: Engenharia: R$ 50.000,00 Suprimento: R$ 150.000,00 Construção: R$ 475.000,00 Divulgação: R$ 25.000,00 Operação Assistida: R$ 25.000,00 Gerenciamento do Escopo e Projeto: R$ 75.000,00
  12. 12. TAP – TERMO DE ABERTURA DO PROJETORiscos: Fornecedores para operação não aceitarem a condição de pagamento; Atraso no fornecimento dos equipamentos de recreação infantil; Atraso na construção das edificações; Atraso no liberação do alvará de funcionamento; Falha no recolhimento das taxas de contribuições para prefeitura; Movimento paredista na comunidade local; Dificuldade para encontrar fornecedores / parceiros / prestadores de serviços.Data, Assinatura do Sponsor: Sponsor: Natanael Silva Diretor-Presidente da Buffet Floresta 26/09/2012
  13. 13. ÍNDICE • Equipe Dirigente do Projeto • TAP • ISH • DReq do Produto • DReq do Projeto • DE • WBS • D-WBS • LVQ • SM
  14. 14. ISH – IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDES Cadastro Qualificação Influência Interesse Telefone e-mail Poder Outras DDD Stakeholder Posição Papel no Projeto Classificação Características Comunidade Gerenciar com Influenciador em Representante de Bairro na sociedade facilitador 12 39394000 joao@yahoo.com.br A A + Atenção futuros Clientes Sr. João Batista da Silva Participante e Prefeitura de S.J.C. facilitador de Secretario de marco.santos@prefeitura construção de na sociedade facilitador 12 30424000 A B + Manter Satisfeito desenvolvimento sjcampos.com.br parcerias e manter Sr. Marco Aurélio Santos negócio regulamentado Tem interesse em se tornar parceiroFornecedor de Brinquedos concorrente / contato@mundo no negócio 12 39423000 B A + Manter Informado para suprir a Mundo Encantado parceiro encantado.com.br grande demanda atual Construtora HSTressoldi no projeto fornecedor 12 39847000 m.franco@hstressoldi.com.br B A + Manter Informado N/A Eng. Moacir Franco Fornecedor também de Vigilância Sanitária alinepaula@prefeitura Gerenciar com no negócio fiscalizador 12 3917000 A A + conhecimento Diretora Aline de Paula sjcampos.com.br Atenção devido a expertise no assunto Divulgador - Cliente Priscila Mattos no negócio cliente 12 39217899 priscila_sjc@hotmail.com A B + Manter Satisfeito marketing através de indicaçãoProprietário da Rede Buffets natanael.silva@buffet Gerenciar com Floresta no projeto sponsor 11 40358976 A A + N/A floresta.com.br Atenção Sr. Natanael Silva
  15. 15. ISH – IDENTIFICAÇÃO DE STAKEHOLDES Requisitos superficiais Plano de Ação do G.P. Stakeholder Expectativa, Necessidade, Anseio Estratégia (o que fazer) Quando - Viabilizar estacionamento com capacidade de atendimento do - No escopo do Comunidade Baixo impacto no fluxo de transito local. evento como um todo (200 projeto pessoas) - Na fase final do Expectativa de uso de mão de obra local (cidade de - Dar preferência a mão de obra Prefeitura projeto, na parte São José dos Campos) de 80%. local de contratações - Fazer parceria para locação de Fazer parcerias com concorrente na locação de - Na fase de Concorrente equipamento com preços pré- equipamentos. divulgação definidos - Passar necessidades de forma Fornecedor - No escopo do Ter o projeto congelado no mínimo 30 dias do início. clara ao projetista para evitar (Construtora) projeto atrasos - Fazer reunião com responsável - Conf. plano de Órgão Fiscalizador Atender os requisitos mínimos da legislação atual. pela vigilância sanitária para riscos entender os requisitos mínimos - Entrevistar possíveis clientes Cliente Receber a empresa pronta para funcionamento. - No TAP para entender as expectativas - Planejar reuniões periódicas para Sponsor Atender as expectativas do escopo. passar informações do - No TAP andamento do projeto
  16. 16. ÍNDICE • Equipe Dirigente do Projeto • TAP • ISH • DReq do Produto • DReq do Projeto • DE • WBS • D-WBS • LVQ • SM
  17. 17. DREQ – DECLARAÇÃO DE REQUISITO Requisitos do Produto Rastreabilidade do Produto Componente Entrega onde se Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade ok Relacionado manifesta Prever estacionamento com capacidade para S - Específico Gerenciar com 4.2 - Projeto Comunidade acolher os automóveis relativos à lotação 4 A - Atingível Atenção Executivo maxima de 200 pessoas T - Tempo 80% da mão de obra terceirizada para S - Específico operação deverá ser de São José dos 8.2 - Serviços Prefeitura Manter Satisfeito 7 A - Atingível Campos/SP, oriundo do programa municipal Terceirizados C - Custo de capacitação de mão de obra. Fazer parceria para reacomodação da S - Específico Concorrente Manter Informado 6 9.2 - Lançamento demanda em caso falta de agenda C - Custo S - Específico Projeto congelado 30 dias antes do inicio da M - Mensurável Fornecedor contrução para sustentar a margem de 4.7 - Memorial Manter Informado 5 A - Atingível (Construtora) variação de 2% do valor no que tange a layout Descritivo T - Tempo contratado C - Custo S - Específico M - Mensurável Seguir as normas pré estabelecidas e Gerenciar com 10.1 - Operação Órgão Fiscalizador 2 A - Atingível legislação vigente. Atenção Assitida T - Tempo C - Custo S - Específico Respeitar o acordado em contrato. M - Mensurável Cumprir o horário pre-estabelecido da festa. 10.2 - Cliente Manter Satisfeito 3 A - Atingível Guarantir qualidade e perfeito funcionamento Transferência T - Tempo dos brinquedos. C - Custo Respeitar contratos e diretrizes da rede Buffet S - Específico 1.1 - Gerenciar com Sponsor Floresta, apresentação dos relatórios de 1 A - Atingível Monitoramento e Atenção avanço fisio-financeiro C - Custo Controle
  18. 18. ÍNDICE • Equipe Dirigente do Projeto • TAP • ISH • DReq do Produto • DReq do Projeto • DE • WBS • D-WBS • LVQ • SM
  19. 19. DREQ – DECLARAÇÃO DE REQUISITO Requisitos do Projeto Rastreabilidade do Projeto Componente Entrega onde se Stakeholder Requisito Detalhado Classificação Prioridade ok relacionado manifesta Atender as necessidades, expectativas e S - Específico anseios em relação ao horário de silêncio Gerenciar com M - Mensurável Comunidade 4 5.2 - Edificação exigido pela legislação durante a construção. Atenção A - Atingível R - Risco Atender as necessidades, expectativas e S - Específico Prefeitura anseios em relação a coleta seletiva durante a Manter Satisfeito 7 M - Mensurável 5.2 - Edificação construção. A - Atingível Ter um espaço que supra a demanda S - Específico Concorrente cumprimida com inovação sempre buscando Manter Informado 6 M - Mensurável 9.1 - Marketing parcerias e relação ganha-ganha. A - Atingível S - Específico Atender as necessidades, expectativas e M - Mensurável Fornecedor 6.10 - Serviços de anseios em relação as aquisições, honrando Manter Informado 5 A - Atingível (Construtora) Construção com os pagamentos e prazos. T - Tempo C - Custo S - Específico Estruturar o espaço físico de forma a atender M - Mensurável necessidades, expectativas e anseios para Gerenciar com A - Atingível Órgão Fiscalizador regulamentação da atividade e atendimento 2 4.3 - Projeto Legal Atenção R - Risco às Normas estabelecidas para a obtenção de T - Tempo avará de funcionamento. C - Custo S - Específico M - Mensurável Atender as necessidades, expectativas e A - Atingível Cliente anseios em relação a qualidade das Manter Satisfeito 3 6.2 - Briinquedos R - Risco aquisições dos Brinquedos T - Tempo C - Custo S - Específico M - Mensurável Atender as necessidades, expectativas e 1.1 - Gerenciar com A - Atingível Sponsor anseios em relação à gestão dos aportes 1 Monitoramento e Atenção R - Risco realizado ao lonfo do projeto Controle T - Tempo C - Custo
  20. 20. ÍNDICE •Equipe Dirigente do Projeto •TAP •ISH •DReq do Produto •DReq do Projeto •DE •WBS •D-WBS •SM
  21. 21. DE– DECLARAÇÃO DE ESCOPOPremissas Admite-se a compra do terreno ocorrerá até outubro de 2012; Admite-se obtenção da Alvará de Funcionamento até Junho de 2014; Admite-se utilizar cadeia de fornecedores (Salgados, Doces e Bebidas) locais; Admite-se que não haverá paralisação no decorrer da fase Construção; Assume-se a identificação da equipe própria até maio/2014 com salários estabelecidos conforme categoria da classe.
  22. 22. DE– DECLARAÇÃO DE ESCOPORestrições Atendimento ao orçamento proposto; Cumprimento do prazo estabelecido em conformidade com escopo e qualidade acordados; Utilizar brinquedos aprovados pelo INMETRO; Início das atividades após Alvará de Funcionamento; Contratação de seguradora em até um 30 dias contados da assinatura do TAP; O salão de festas deverá comportar o número de 200 pessoas sentadas.
  23. 23. ÍNDICE • Equipe Dirigente do Projeto • TAP • ISH • DReq do Produto • DReq do Projeto • DE • WBS • D-WBS • LVQ • SM
  24. 24. WBS 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10.Gerenciamento Viabilidade Constituição Engenharia Construção Suprimentos Instalação Operação Lançamento Handover 1.1 Plano de 3.1 4.1 Projeto 5.1 6.1 7.1 8.1 Equipe 10.1 Operação 2.1 Demanda 9.1 Marketing Gerenciamento Contabilidade Básico Terraplanagem Climatização Climatização Própria Assistida 1.2 2.2 3.2 4.2 Projeto 6.2 Brinquedos 8.2 Serviços de 9.2 10.2 Monitoramento 5.2 Edificação 7.2 Brinquedos Concorrência Regularização Executivo Terceiros Comunicação Transferência e Controle 2.3 Público 3.3 Conta 4.3 Projeto 5.3 6.3 Mobiliário 8.3 Alvo Bancária Legal Acabamento 7.3 Mobiliário Fornecedores 6.4 Som e 4.4 Iluminação 2.4 Localização Cronograma 5.4 Paisagismo 7.4 Som e Master Iluminação 6.5 Cozinha e 4.5 EAP da Utensílios 2.5 Anteprojeto 7.5 Cozinha e Construção Utensílios 6.6 4.6 Estimativa Equipamentos 2.6 Milestones de Segurança 7.6 de Custo Equipamentos de Segurança 6.7 Decoração 4.7 Memorial 2.7 Financeiro Descritivo 7.7 Decoração 6.8 Recursos de TIC 2.8 Relatório 7.8 Recursos de TIC 6.9 Serviços de Engenharia 6.10 Serviços de Construção 6.11 Serviços de Instalação
  25. 25. ÍNDICE • Equipe Dirigente do Projeto • TAP • ISH • DReq do Produto • DReq do Projeto • DE • WBS • D-WBS • LVQ • SM
  26. 26. D-WBS – DICIONÁRIO WBS FASE: CONSTRUÇÃO ENTREGA: EDIFICAÇÃOC.C PACOTE DE TRABALHO DESCRIÇÃO ENTREGA DO PT CRITÉRIO DE ACEITAÇÃO OK MOVIMENTAÇÃO DE TERRAS RELATÓRIO DE VERIFICAÇÃO ASSINADO5.1 TERRA PLANAGEM PERMITINDO O REFORÇO DO SOLO E O TERRENO NIVELADO PELO ENEGNHEIRO CIVIL REPONSÁVEL NIVELAMENTO DO TERRENO. PELA OBRA DE SOLO. RELATÓRIO DE VERIFICAÇÃO COM TODOS CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIO EM OS ITENS DO MEMORIAL DESCRITIVO5.2 OBRAS CIVIS E ELÉTRICA CONCRETO PRÉ MOLDADO, COM REDE EDIFICAÇÃO SEM ACABAMENTO APROVADO PELO ENGENHEIRO HIDRÁULICA E ELÉTRICA. RESIDENTE DA OBRA RELATÓRIO DE VERIFICAÇÃO COM TODOS INSTALAÇÃO DE PISOS, SANITÁRIOS E5.3 ACABAMENTO ACABAMENTO INTERIOR OS ITENS DO MEMORIAL DESCRITIVO PIAS. APROVADO PELO CLIENTE. IMPLANTAÇÃO DO JARDIM EXTERNO A RELATÓRIO DE VERIFICAÇÃO APROVADO5.4 PAISAGISMO AREA VERDE LIBERADA. EDIFICAÇÃO. PELO CLIENTE.
  27. 27. ÍNDICE • Equipe Dirigente do Projeto • TAP • ISH • DReq do Produto • DReq do Projeto • DE • WBS • D-WBS • LVQ • SM
  28. 28. LVQ – LISTA DE VERIFICAÇÃO DA QUALIDADE LISTA DE VERIFICAÇÃO DA QUALIDADE FASE: CONSTRUÇÃO ENTREGA: EDIFICAÇÃOC.C PACOTE DE TRABALHO DESCRIÇÃO ENTREGA DO PT CRITÉRIO DE VALIDAÇÃO OK MOVIMENTAÇÃO DE TERRAS PERMITINDO CONFORME NORMA5.1 TERRA PLANAGEM O REFORÇO DO SOLO E O NIVELAMENTO TERRENO NIVELADO REGULAMENTADORA DO TERRENO. CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIO EM CONCRETO CONFORME NORMA EDIFICAÇÃO SEM5.2 OBRAS CIVIS E ELÉTRICA PRÉ MOLDADO, COM REDE HIDRÁULICA E REGULAMENTADORA E CHECK LIST DO ACABAMENTO ELÉTRICA. MEMORIAL DESCRITIVO CONFORME NORMA INSTALAÇÃO DE PISOS, SANITÁRIOS E5.3 ACABAMENTO ACABAMENTO INTERIOR REGULAMENTADORA E CHECK LIST DO PIAS. MEMORIAL DESCRITIVO CONFORME NORMA IMPLANTAÇÃO DO JARDIM EXTERNO A5.4 PAISAGISMO AREA VERDE LIBERADA. REGULAMENTADORA E CHECK LIST DO EDIFICAÇÃO. MEMORIAL DESCRITIVO
  29. 29. ÍNDICE • Equipe Dirigente do Projeto • TAP • ISH • DReq do Produto • DReq do Projeto • DE • WBS • D-WBS • LVQ • SM
  30. 30. SM – SOLICITAÇÃO DE MUDANÇA Numero da SM Data da Abertura Solicitante 001 11/09/2012 Marcelo Simões Endereço de E-mail DDD Telefone msimoes@buffetfloresta.com.br 12 3622-7070 Descrição da Mudança Solicitada No terceiro mês do Projeto verificou-se um avanço fisico de 10 % abaixo do planejado para o período. Recomenda-se providencias a partir do próximo mês para que o trabalho seja concluído na data do combinado. (365 dias). Justificativa da Solicitação Volume de chuvas acima do normal provocaram atrasos nos entregavéis Assinatura do Solicitante Marcelo Simões Gerente de Planejamento 11/09/2012
  31. 31. SM – SOLICITAÇÃO DE MUDANÇA Parecer do GP Impactos Identificados - Escopo do projetoMobilização de recursos adicionais para manutenção dos prazos da Fase de Construção, incluindo medidas de mitigação dos efeitos da chuvas a serem fornecedas pela equipe de Engenharia. Impactos Identificados - Tempo do projeto Não Aplicável Impactos Identificados - Custo do projeto Acréscimo de 5% no valor do total orçado para o Projeto Impactos Identificados - Qualidade do projeto Não Aplicável Impactos Identificados - Recursos Humanos do projeto Práticas de horas extras da equipe adiministrativa do Projeto Impactos Identificados - Comunicações do projeto Reunião de alinhamento com Projetista e Construtora para implementação do Plano de Ação
  32. 32. SM – SOLICITAÇÃO DE MUDANÇA Impactos Identificados - Riscos do projeto Solução não suficiente para novos periodos atípicos de chuva Impactos Identificados - Aquisições do projeto Aditivos ao contrato de Serviços de Construção e ao contrato de Serviço de Engenharia Impactos Identificados - outros projetos correntes Não Aplicável Data, Nome, Assinatura do GP Rodrigo dos Santos Lima Gerente do Projeto 18/09/2012 Parecer do Sponsor ou CCBCom base nos fatos elencado nos termos desta Solicitação de Mudança, o parecer para alteração é favoravel para prosseguir com as mudanças solicitadas. Data, Nome do Autorizador, Assinatura Natanael Silva Diretor-Presidente da Buffet Floresta 26/09/2012
  33. 33. OBRIGADO! FGV Management MBA em Gerenciamento de Projetos Módulo Gerenciamento de Escopo Turma PROJ24 São José dos Campos, 26 de Setembro de 2012

×