IMPLANTAÇÃO DE PMO
EM LISARB
GRUPO 03:
Ana Paula Nalini
Daniela Roberta Ferreira
Évelin Rodrigues Pereira
Fabiana C. Rodri...
BREVE HISTÓRICO DA EMPRESA
A CONNECTION CONSULTING fundada em 1980 tem como foco simplificar e garantir a comunicação
abra...
CONTEXTO
Para atingir as metas pré-determinadas para sua gestão o presidente de Lisarb precisa ser assertivo
com os invest...
OBJETIVOS DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
A administração pública vem sofrendo constantes pressões por parte da sociedade. O q...
NÍVEL DE MATURIDADE DE LISARB
Conforme questionário aplicado, LISARB possui apenas 69 pontos, ficando no nível de maturida...
JUSTIFICATIVA PARA IMPLANTAÇÃO DE PMO EM LISARB
Após criteriosa análise dos objetivos do planejamento estratégico apresent...
METODOLOGIA DE TRABALHO UTILIZADO PELA CONSULTORIA EM LISARB
*Se necessário
Rebalanceamento*
Priorização
Identificação
Cat...
IMPLANTAÇÃO
P.M.O
- Melhor integração das
politicas publicas;
- - Melhoria continua dos
processo de gestão.
- Aquisição da...
HIERARQUIA
Devido o grau de maturidade de LISARB no gerenciamento de projetos, nossa empresa trabalhará
inicialmente com a...
FUNÇÃO DO PMO
Dentre as funções do PMO, nosso primeiro foco (inicialmente) será a Gerência de Recursos, com as
seguintes a...
MODELO DE PMO
Devido nossa função, optaremos por um Modelo Pool de Recursos, ligado as seguintes atuações:
• Captação e av...
MODELO DE PMO
Optou-se pela Gerência de Recursos como modelo de Pool de recursos ligado a Torre de Controle e
Estação Mete...
MÉTRICAS
Escopo
- Quantidade de solicitações de mudança de escopo;
- Motivadores para alteração de escopo (custo, prazo, e...
ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃO
FASE 1 – Preparar o
terreno
FASE 2 – Começar
com metas de curto
prazo
FASE 3 – Seguir com
soluções...
ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃO
*Se necessário
Rebalancear*Priorizar Balancear
Priorização de
projetos com
Implementação
dos proje...
FOCO DE IMPLEMENTAÇÃO
Com base na pesquisa de maturidade de Lisarb, foram obtidos 69 pontos
indicando um nível de maturida...
PROFISSIONAIS
Para a implantação do PMO em Lisarb a equipe será formada por 37 profissionais
experientes, sendo eles:
-Um ...
IDENTIFICAÇÃO - BRAINSTORMING
Pessoal o foco
da reunião é
apresentar os
projetos para
o portfólio da
Lisarb.
# JUSTIÇA
DIV...
CATEGORIZAÇÃO
Vamos lá
teremos
projetos:
Infraestrutura
Saúde
Politica Interna
Politica Externa
Segurança
Educação
Justiça...
CATEGORIZAR
CORRIGINDO O RUMO DESENVOLVIMENTO INTERNO EXPANDINDO OS HORIZONTES
FINANCEIRO
SUSTENTALISARB
(P4 OE4 e OE6)
EX...
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E PESO
Forma escolhidos 5 critérios e seus respectivos pesos:
LEGENDA PARA NOTAS
CRITÉRIO PESO
CRIT...
SELECIONAR OS PROJETOS
Pessoal agora
vamos selecionar
os projetos que
serão
contemplados no
Portfólio
# JUSTIÇADIVERSIFICA...
CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E PRIORIZAÇÃO
P1- OE2 P2-OE1 P3- OE4 e OE9 P4 - OE4 e OE6 P5 - OE7 P6 - OE3 P7 -OE8 P8 - OE5 P9 OE3 P...
CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E PRIORIZAÇÃO
Com base na etapa anterior foi gerado um ranking de pontuação e destacaram-se os projet...
BALANCEAMENTO
CORRIGINDO O RUMO DESENVOLVIMENTO INTERNO EXPANDINDO OS HORIZONTES
OE9 – Combate a corrupção
OE8 – Política ...
REBALANCEAMENTO :
O balanceamento adequado de projetos para Lisarb, passou por uma fase de revisão dos
objetivos estratégi...
REBALANCEAMENTO:
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING

295 visualizações

Publicada em

Titulo: PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING
Alunos:ANA PAULA NALINI,Daniela Ferreira,Évelin Rodrigues Pereira,JORGE LUIS NERY GARCIA,Wagner Pereira Vogado,
Cidade: Paulista
Disciplina: PMO
Turma: GEEP38
Data:20-02-2015
Hora:19:45
Comentarios:
Publico até ápos a correção

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

PMO EM LISARB - CONNECTION CONSULTING

  1. 1. IMPLANTAÇÃO DE PMO EM LISARB GRUPO 03: Ana Paula Nalini Daniela Roberta Ferreira Évelin Rodrigues Pereira Fabiana C. Rodrigues Jorge Luís Nery Garcia Wagner Pereira Vogado São Paulo -Turma Paulista GEEP 38
  2. 2. BREVE HISTÓRICO DA EMPRESA A CONNECTION CONSULTING fundada em 1980 tem como foco simplificar e garantir a comunicação abrangente e eficaz em projetos, assim, promovendo a informações através do gerenciamento adequado de projetos. Para as empresas é uma excelente oportunidade de otimizar os resultados de seus projetos. Connection Consulting dispõe de profissionais qualificados com certificação PMI e larga experiência de mercado em gerenciamento de projetos de diverso segmentos da indústria, financeiro e bens de consumo. MISSÃO Prover soluções simples e inteligentes em gerenciamento de projetos, afim de facilitar o dia-a-dia dos nossos clientes. VISÃO Ser referência em soluções de gerenciamento de projetos reconhecida por sua eficácia.
  3. 3. CONTEXTO Para atingir as metas pré-determinadas para sua gestão o presidente de Lisarb precisa ser assertivo com os investimentos do país. O país possui 9 objetivos estratégicos e devem ser desenvolvidos programas que atendam estes objetivos. O presidente definiu por abrir uma licitação para contratação de uma empresa de Gestão de Projetos e com este suporte definir quais projetos serão realizados. Todas as empresas participantes terão acesso a : - Pesquisa sobre o nível de maturidade dos Gerentes de Projetos no país; - 9 objetivos estratégicos.
  4. 4. OBJETIVOS DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO A administração pública vem sofrendo constantes pressões por parte da sociedade. O que vem gerando uma necessidade cada vez maior de aprimorar sua gestão para facilitar sua apresentação aos a sociedade de forma que transmitam confiança. O planejamento estratégico visa atender as questões: 1- Aliança por um Lisarb mais Justo 2- politica cidadã baseada em princípios e valores 3- Educação para a sociedade do conhecimento 5.Proteção social 6.Qualidade de vida e segurança para todos os Lisarbeanos 8. Política externa para o século 21
  5. 5. NÍVEL DE MATURIDADE DE LISARB Conforme questionário aplicado, LISARB possui apenas 69 pontos, ficando no nível de maturidade 2*, cuja as principais características são: • Faz investimentos em gerenciamento de projetos (softwares, treinamentos, etc); • Existem iniciativas, porém não padronizadas; • Foco do gerenciamento mantem-se na tríplice: Escopo x custo x tempo; • Deve-se melhorar o planejamento e controle, visando a padronização; • Reconhece os benefícios do GP, bem como metodologia e processos; • Tem grande índice de fracasso. * Segundo PMMM – Kerzner e MMGP - Prado
  6. 6. JUSTIFICATIVA PARA IMPLANTAÇÃO DE PMO EM LISARB Após criteriosa análise dos objetivos do planejamento estratégico apresentado pela administração pública a Connection Consulting apresenta o principais pontos que justificam a implantação de PMO em Lisarb e as soluções e projetos para atingir a meta do governo através de um portfólio de projetos. Objetivo especifico do PMO: - Assertividade na tomada de decisão; - Correta aplicação de recursos; - Melhor atendimento a população; - Cumprimento das metas determinadas pelo governo.
  7. 7. METODOLOGIA DE TRABALHO UTILIZADO PELA CONSULTORIA EM LISARB *Se necessário Rebalanceamento* Priorização Identificação Categorização Avaliação Seleção Balanceamento
  8. 8. IMPLANTAÇÃO P.M.O - Melhor integração das politicas publicas; - - Melhoria continua dos processo de gestão. - Aquisição da confiança da sociedade. - Aperfeiçoamento nas técnicas de gestão (GP); - Melhor performance na obtenção de resultados; - Otimização de recursos; - Melhor performance na implantação dos projetos - Melhora de históricos de projetos: governamentais. - Define o portifólio de projetos alinhados obj estratégicos da Lisarb de maneira assertiva. - Melhoria na qualidade de vida; - Projetos com bom gerenciamento resultado: melhoria na distribuição de renda; - Bom aproveitamento dos recursos públicos; - Prestação de conta: acompanhamento dos investimentos com recursos público. - Melhor visão dos projetos: aumenta o poder de tomada de decisão; - Melhor monitoramento e controle dos projetos; - Alocação de recursos de forma racionalizada; - Agente facilitador para atingir as metas PRESIDENCIA / ALTA GERÊNCIA GERENCIAMENTO DOS PROJETOS SOCIEDADE Organização: GOVERNO BENEFÍCIOS DO PMO
  9. 9. HIERARQUIA Devido o grau de maturidade de LISARB no gerenciamento de projetos, nossa empresa trabalhará inicialmente com a Hierarquia 1, visando os projetos e/ou programas individualmente, conforme gráfico abaixo: PMO 1 Projeto 1 PMO 3 Projeto 3 PMO 2 Projeto 2 PMO 5 Projeto 5 PMO 4 Projeto 4
  10. 10. FUNÇÃO DO PMO Dentre as funções do PMO, nosso primeiro foco (inicialmente) será a Gerência de Recursos, com as seguintes atribuições: • Seleção; • Contratação; • Treinamento; • Avaliação de Performance; • Dimensionamento das equipes; • Remanejamento de mão de obra; • Contratação de terceiros e parceiros.
  11. 11. MODELO DE PMO Devido nossa função, optaremos por um Modelo Pool de Recursos, ligado as seguintes atuações: • Captação e avaliação de recursos internos ou no mercado; • Contratações; • Desenvolvimento; • Retenção de talentos; • Banco de dados de habilidades/competências dos participantes dos projetos; • Designação dos melhores recursos para cada projeto.
  12. 12. MODELO DE PMO Optou-se pela Gerência de Recursos como modelo de Pool de recursos ligado a Torre de Controle e Estação Meteorológica. Este modelo foi escolhido em função do nível de maturidade do país em gerenciamento de projetos e da necessidade de: - Determinar/Contratar responsáveis por cada projeto; - Treinamento para que todos estejam aptos a desenvolverem suas funções; - Estabelecer e reforçar procedimentos e metodologia para gerência de projetos; - Reportar para presidência o andamento dos projetos. Pool de Recursos Torre de Controle Torre de Controle Torre de Controle Torre de Controle Estação Meteorológica
  13. 13. MÉTRICAS Escopo - Quantidade de solicitações de mudança de escopo; - Motivadores para alteração de escopo (custo, prazo, etc) x qtde de solicitações. Tempo - Duração média dos projetos; - % Projetos entregues em atraso. Custo - Índice de cumprimento do custo; - Quantidade de projetos que ultrapassem o orçamento. Qualidade - Quantidade de aceites efetuados x Quantidade de entregáveis; - Quantidade de ocorrências posteriores a implantação do projeto. Recursos Humanos - Índice de satisfação dos recursos alocados; - Índice de turn over. Comunicação - Quantidade de comunicados ; - Quantidade de ocorrências atreladas a ruídos e falhas de comunicação. Genéricas - Quantidade de Projetos acompanhados pelo PMO; - Quantidade de Projetos Iniciados x Concluídos; - Pesquisa de satisfação.
  14. 14. ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃO FASE 1 – Preparar o terreno FASE 2 – Começar com metas de curto prazo FASE 3 – Seguir com soluções de longo prazo FASE 4 – Manter e aprimorar Identificar e definir expectativas/ objetivos a serem atingidos Categorizar projetos de acordo com objetivos Desenvolver fluxo contínuo de processos Monitoramento dos projetos Alinhamento das metas Nivelamento da equipe Treinamento da equipe Definição de metodologia e processos Elaborar de relatórios Implementar ferramentas Gerenciar recursos Avaliação dos procedimentos e métricas Melhoria contínua Estudar a organização e identificar o nível de maturidade
  15. 15. ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃO *Se necessário Rebalancear*Priorizar Balancear Priorização de projetos com Implementação dos projetos Identificar e definir expectativas/ objetivos a serem atingidos Identificar e definir expectativas/ objetivos a serem atingidos
  16. 16. FOCO DE IMPLEMENTAÇÃO Com base na pesquisa de maturidade de Lisarb, foram obtidos 69 pontos indicando um nível de maturidade 02 (Nível 02). O nível 02 é caracterizado por principalmente por: • Reconhecimento de necessidades de metodologia e processos; • Reconhecimento dos benefícios de gestão de projetos; • Gerenciamento de Escopo, Prazo e Custos; A Connetion Consulting tem como foco, diante deste diagnóstico de maturidade, elaborar projetos específico para cada objetivo estratégico visando resultados sustentáveis com gerenciamento de projetos.
  17. 17. PROFISSIONAIS Para a implantação do PMO em Lisarb a equipe será formada por 37 profissionais experientes, sendo eles: -Um Diretor Executivo; -Um Gerente de Contratos; -Oito Gerentes – quatro PM’s; -Oito Coordenadores; -Dezesseis Analistas; -Um especialista em metodologia; -Dois especialistas em treinamento;
  18. 18. IDENTIFICAÇÃO - BRAINSTORMING Pessoal o foco da reunião é apresentar os projetos para o portfólio da Lisarb. # JUSTIÇA DIVERSIFICA EXPORTAR PARA A CHINA EDUCA LISARB SUSTENTALISARB Quarenta em Quatro DEMOCRACIA EM FOCO NOVA DINAMARCA Lisarb sem miséria Lisarb para todos
  19. 19. CATEGORIZAÇÃO Vamos lá teremos projetos: Infraestrutura Saúde Politica Interna Politica Externa Segurança Educação Justiça Sustentabilidade Social
  20. 20. CATEGORIZAR CORRIGINDO O RUMO DESENVOLVIMENTO INTERNO EXPANDINDO OS HORIZONTES FINANCEIRO SUSTENTALISARB (P4 OE4 e OE6) EXPORTAR PARA A CHINA (P7 OE8) QUARENTA EM QUATRO (P8 OE5) LISARB SEM MISÉRIA (P10 OE4) PROCESSOS INTERNOS DEMOCRACIA EM FOCO (P1 OE2) # JUSTIÇA (P2 OE1) PESSOAS DIVERSIFICA (P5 OE7) EDUCA LISARB (P6 OE3) LISARB PARA TODOS ( P9 OE3) CLIENTE NOVA DINAMARCA (P3 OE4 e OE9)
  21. 21. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E PESO Forma escolhidos 5 critérios e seus respectivos pesos: LEGENDA PARA NOTAS CRITÉRIO PESO CRITÉRIO DE ELIMINAÇÃO ZERO 5 10 CUSTO 15% CUSTO MAIOR 40% DO ORÇAMENTO > 30% DO ORÇAMENTO 10 < X < 30% DO ORÇAMENTO < 10% DO ORÇAMENTO PRAZO 30% MAIOR 8 ANOS > 4 ANOS 2 < X < 4 ANOS < 2 ANOS APROVEITAMENTO DE RECURSOS INTERNOS 10% 100% EXTERNO MISTO 100% INTERNO POLITICO - IMPACTO NO AMBIENTE (ECÔNOMICO E SOCIAL) 20% ATINGIR MENOS DE 20% DE REGIÕES DE PERIFERIAS ATINGIR MENOS 25% DE REGIÕES DE PERIFÉRIAS ATINGIR MENOS 35% DE REGIÕES DE PERIFÉRIAS ATINGIR MENOS 45% DE REGIÕES DE PERIFÉRIAS INDICE DE APROVAÇÃO ( POPULAR) 25% APROVAÇÃO CRESCEU MENOS 20% CRESCIMENTO 20 A 30% AUMENTO DE 30 A 50% AUMENTO DE 50%
  22. 22. SELECIONAR OS PROJETOS Pessoal agora vamos selecionar os projetos que serão contemplados no Portfólio # JUSTIÇADIVERSIFICA EXPORTAR PARA A CHINA EDUCA LISARB SUSTENTALISARB Quarenta em Quatro DEMOCRACIA EM FOCO NOVA DINAMARCA Lisarb sem miséria Lisarb para todos SUSTENTALISARB NOVA DINAMARCA DEMOCRACIA EM FOCO DIVERSIFICA # JUSTIÇA Quarenta em Quatro EDUCA LISARB EXPORTAR PARA A CHINA
  23. 23. CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E PRIORIZAÇÃO P1- OE2 P2-OE1 P3- OE4 e OE9 P4 - OE4 e OE6 P5 - OE7 P6 - OE3 P7 -OE8 P8 - OE5 P9 OE3 P10- OE10 CRITÉRIO PESO NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA CUSTO 15 5 75 0 - 5 75 5 75 10 150 0 - 10 150 10 150 10 150 10 150 PRAZO ( CURTO PRAZO) 30 0 - 5 150 0 - 0 - 10 300 5 150 10 300 0 - 5 150 10 300 RECURSOS (INTERNO/EXTERNO) 10 10 100 10 100 5 50 5 50 10 100 5 50 5 50 10 100 10 100 10 100 IMPACTO NO AMBIENTE ( SOCIAL E RENDA) 20 0 - 10 200 10 200 5 100 5 100 10 200 5 100 10 200 10 200 5 100 INDICE DE APROVAÇÃO ( POPULAR) 25 10 250 10 250 5 125 5 125 5 125 10 250 10 250 5 125 5 125 10 250 TOTAL 25 425 35 700 25 450 20 350 40 775 30 650 40 850 35 575 40 725 45 900
  24. 24. CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E PRIORIZAÇÃO Com base na etapa anterior foi gerado um ranking de pontuação e destacaram-se os projetos P5, P7 e P10 devido à sua relevância em relação aos critérios de seleção de menor custo, menor prazo e alocação de recursos internos/externos. Pontuação Final Priorização Priorização pós balanceamento P1- OE2 425 9 7 P2-OE1 700 5 9 P3- OE4 e OE9 450 8 6 P4 - OE4 e OE6 350 10 8 P5 - OE7 775 3 3 P6 - OE3 650 6 10 P7 -OE8 850 2 2 P8 - OE5 575 7 5 P9 - OE3 725 4 4 P10 - OE10 900 1 1
  25. 25. BALANCEAMENTO CORRIGINDO O RUMO DESENVOLVIMENTO INTERNO EXPANDINDO OS HORIZONTES OE9 – Combate a corrupção OE8 – Política externa para o século 21 OE7 – Cultura e Fortalecimento da diversidade OE6 – Qualidade de Vida e segurança para todos os Lisarbeanos OE5 – Proteção Social OE4 – Economia para uma sociedade sustentável OE3 – Educação para a sociedade do conhecimento OE2 – Política cidadã baseada em princípios e valores OE1 – Aliança por um Lisarb mais justo TAMANHO = ORÇAMENTO (Grande: > 30% PIB // Média: 10 < X < 30% PIB // Pequena: < 10% PIB) X = CATEGORIAS Y = OBJ PE COR = DURAÇÃO (Azul: Maior que 4 ANOS // Amarelo: 2 < X < 4 ANOS // Laranja: < 2 ANOS) PE = PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO P3 P7 P5 P4 P8 P3 P6 P4 P6 P1 P2
  26. 26. REBALANCEAMENTO : O balanceamento adequado de projetos para Lisarb, passou por uma fase de revisão dos objetivos estratégicos que devem ser atingidos para uma governo sustentável. Governo sustentável tem como pilares:  Política transparente e ética;  Estabilidade econômica e desenvolvimento interno;  Melhoria dos indicadores sócio ambientais;  Uma justiça atuante e uniforme;  Educação de bom nível para a população. Com base neste pilares, o plano de trabalho da Connection Consulting foi revisado com o presidente da Lisarb visando preparar o país para atendimento das demandas internas da população. As categorias foram revisadas e os projetos devem estar focados em:  Corrigindo o Rumo  Desenvolvimento Interno A categoria Expandindo o Futuro necessita das anteriores para ter sucesso. O prazo de implantação e custo podem ser alterados se estas anteriores não estiverem consolidadas.
  27. 27. REBALANCEAMENTO:

×