PMO EM LISARB ATLANTIDA CONSULTING

204 visualizações

Publicada em

Titulo: PMO EM LISARB ATLANTIDA CONSULTING
Alunos:Lucas Almeida Andrade,
Cidade: Ipatinga
Disciplina: PMO
Turma: GP04
Data:17-05-2013
Hora:17:06
Comentarios:Caro Marco, estou tendo grande dificuldade para cadastro de meus colegas de equipe, segue o trabalho em anexo.
Publico até a correção

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Comentários
    Introdução: ok;
    Objetivo do trabalho: ok;
    Identificação: ok;
    Categorização: ok;
    Avaliação: ok;
    Seleção: sugere-se que a seleção seja feita para os projetos e não para as áreas;
    Priorização: item não contemplado claramente no trabalho;
    Balanceamento: sugere-se apresentar 4 variáveis para o gráfico de bolhas;
    Rebalanceamento: ok;
    Nível de maturidade: ok;
    Benefícios do PMO: ok;
    Nível hierárquico: ok;
    Função do PMO: ok;
    Modelo de PMO: ok;
    Etapas de implementação: ok;
    Métricas: item não contemplado claramente no trabalho;
    Fatores críticos de sucesso: sugere-se justificar.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
204
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PMO EM LISARB ATLANTIDA CONSULTING

  1. 1. GP 04 – IPATINGA-MG
  2. 2.  A Atlântida Consulting é uma empresa com mais de20 anos de mercado que fornece a estrutura, gerenciae suporta o adequado relacionamento e alinhamentoentre as iniciativas estratégicas e os programas eprojetos com objetivo de garantir os retornosplanejados e esperados por organizações, comoeconômicos, por exemplo. Com a existência deprocessos claros e transparentes de organização doportfólio é possível que organizações possamacompanhar os principais eventos dos programas edos projetos, especialmente suas interdependências,detecção antecipada e a melhor gestão dos riscos,comunicações regulares às partes, bem como osresultados alcançados ao longo dos projetos
  3. 3.  Diego Canez Fernandes Lucas Almeida Andrade Márcio Rodrigues Assunção Nadimar Soares Vaz Olier Pantuza Torres Reginaldo Ferreira Rosa
  4. 4.  O presente trabalho tem como objetivoselecionar, categorizar e balancear diversosprojetos de forma que possam estar alinhadoscom as diretrizes estratégicas de LISARB epossam conseguir a aprovação do Presidente.
  5. 5.  Foram separadas 7 áreas estratégicas alinhadasao planejamento estratégico e através destas foirealizados um brainstorming de forma aidentifcar os diversos projetos possíveis. Asáreas escolhidas foram infra-estrutura, meio-ambiente, saúde, educação, energia, cultura epolíticas públicas.
  6. 6.  1. Infra-Estrutura 1.1 Internet gratuita 1.2 Transporte ferroviário Auto-pista Portos Aeroportos Informatização do Judiciário
  7. 7.  2. Meio-Ambiente 2.1 ETE/ETA Limpeza pública Coleta seletiva Controle de poluentes LISARB + Verde Redução da poluição
  8. 8.  3.Saúde 3.1 LISARB + Saúde 3.2 LISARB + Esportes 4. Educação 4.1 Formação profissional 4.2 Educação para todos 4.3 Universidades públicas
  9. 9.  5.Energia 5.1 Energia das marés 5.2 Veículos híbridos 5.3 Energia solar 6. Cultura 6.1 Oficina de teatro 6.2 Biblioteca itinerante 6.3 Cinema nacional 6.4 Incentivo ao turismo
  10. 10.  7.Políticas públicas 7.1 A voz do cidadão 7.2 Previdência pública 7.3 Segurança pública 7.4 Cesta básica 7.5 Reabilitação social 7.6 Corrupção Zero 7.7 Acordos internacionais
  11. 11. Os critérios para avaliação dos projetos assim comoseus respectivos pesos são:Critérios Peso• Popularidade do governo 25• Qualidade de vida 20• Desenvolvimento econômico 17• Prazo de implantação 16• Visibilidade internacional 14• Aumento de receitas 8
  12. 12. Após definir os critérios de avaliação, foi feita umaavaliação entre as áreas relacionadas aos projetos demodo a definir quais portfólios de projetos seriampriorizados em função do planejamento estratégico,os portfólios selecionados foram destacados emnegrito.
  13. 13. ÁREA*INFRA-ESTRUTURA X 1 1 0 1 1 0 4MEIO AMBIENTE 0 X 0 1 1 1 0 3*SAÚDE 1 1 X 1 1 1 1 6EDUCAÇÃO 1 1 0 X 0 1 0 3ENERGIA 1 0 0 0 X 1 0 2CULTURA 0 0 0 0 0 X 0 0*POLITICAS PUBLICAS 1 1 1 1 0 1 X 5
  14. 14. 7.Políticas públicas7.1 A voz do cidadão7.2 Previdência pública7.3 Segurança pública7.4 Cesta básica7.5 Reabilitação social7.6 Corrupção Zero7.7 Acordos internacionais3.Saúde3.1 LISARB + Saúde3.2 LISARB + Esportes1. Infra-Estrutura1.1 Internet gratuita1.2 Transporte ferroviárioAuto-pistaPortosAeroportosInformatização do Judiciário
  15. 15. PopularidadeQualidade de vidaDesenv. EconomicoPrazo de implantaçãoVisibilidadeAumento de receitasInfra-Estr. Politicas Pub. SaúdeDESBALANCEADOObjetivo
  16. 16. PopularidadeQualidade de vidaDesenv. EconomicoPrazo de implantaçãoVisibilidadeAumento de receitasInfra-Estr. Politicas Pub. SaúdeBALANCEADO
  17. 17. Após verificado que os projetos selecionados,categorizados e priorizados não estavambalanceados, foi realizada uma nova análise nacarteira de projetos de forma que a distribuição deprojetos entre as área de infra-estrutura, saúde epolíticas públicas estivesse uniforme, pois naprimeira análise estava havendo o foco somente emprojetos de infra-estrutura.
  18. 18. Após a pesquisa realizada foi verificado que apontuação obtida por LISARB é de 69 que conformea escala abaixo classifica LISARB como Nível 2 dematuridade. Nível 5 – Acima de 160 pts. Nível 4 – Entre 121 e 160 pts. Nível 3 – Entre 81 e 120 pts. Nível 2 – Entre 41 e 80 pts. Nível 1 –Entre 10 e 41 pts.
  19. 19. Através de nossa consultoria realizada verificou-se anecessidade de implantação do PMO em LISARBcom o objetivo de alcançar os seguintes benefícios:• Aumento da performance e rentabilidade dosprojetos.• Centro de suporte a projetos• Seleção de projetos adequados ao planejamentoestratégico.• Aplicação eficaz de recursos.• Disseminar as diretrizes de gerenciamento deprojetos a todos os gerentes de projetos.
  20. 20. Nível – 3PMO Estratégico –Presidente de LISARBNível – 2Otimização de recursos –Governo federal e estadual.Nível – 1Execução de projetosespecíficos – Secretárias emunicípios
  21. 21. GERÊNCIA DE RECURSOSRecomendamos um PMO para lidar com:Contratação;Treinamento;Desenvolvimento de Carreira;Avaliação de Performance;Contratação de Terceiros e Parceiros;
  22. 22. GERÊNCIA DE RECURSOSRecomendamos um PMO com estas funçõespara LISARB, com um currículo completo detreinamento, incluindo:Fundamentos e Cursos Avançados;Ferramentas específicas;Treinamento na Metodologia;Processos e procedimentos;Preparação para Certificações;
  23. 23. POOL DE RECURSOS (RESOUCE POOL)Modelo com responsabilidades para a contratação,desenvolvimento e retenção de gerentes de projetosque as empresas normalmente apresentam;Com responsabilidades em manter um histórico deexperiências e habilidades dos gerentes de projetos;Indicar qual o gerente deve ser designado a qualtipo de projeto;
  24. 24. 1.Buscar recursos finaceiros federal e apoio político paraimplementação do projeto2.Montar uma equipe PMO, treina-la alinhada a estratégiado governo;3.Divulgar os programas à população através de canais detelevisão, rádios e internet.
  25. 25. 4.Acompanhar a liberação de recursos e aplicação dosmesmos.5.Eleger para cada projeto um representante do governojunto a equipe PMO responsabilizando pela implantação eacompanhamento(controle).6.Em seguida acho que precisa ser criada uma EAP,representando as atividades ou entregáveis.
  26. 26. 1.Envolvimento do governo2. Estabelecimento de metas3. Projetos corretamente selecionados4. Alinhamento com o planejamentoestratégico.5. Correta comunicação entre todosos stakeholders.

×