PMO em LISARB

335 visualizações

Publicada em

Titulo: PMO em LISARB
Alunos:Nazaré Maria Teixeira,Osvaldo Antonio Fonseca,PAULINO DIAVANGA PINTO JOAO,Paulo Adalberto Alexandre Gaspar da Silva,
Cidade: BBS SP
Disciplina: PMO
Turma: Turma IV
Data:20-09-2014
Hora:15:41
Comentarios:Fazem parte também dos grupo os colegas:
- Nelson RAMOS
- Adilson TEIXEIRA
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
335
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PMO em LISARB

  1. 1. MBA em Gerenciamento de Projectos 21/ago/2014 em LISARB 2014 Prof. Marco Coghi
  2. 2. 21/ago/2014 Nazaré TEIXEIRA Paulo SILVA Adilson TEIXEIRA Paulinho JOÃO Osvaldo FONSECA Nelson RAMOS 2014 QUEM SOMOS A Nazaré Company, Lda., tem mais de 7 anos de história na rede em consultoria e criação de PMO no sector Angolano. Tem a qualidade de serviço como seu principal diferencial no mercado. Tal reconhecimento só pode se concretizar graças a visão empreendedora de seus fundadores, que sempre zelaram pela constante actualização de seus produtos e serviços, bem como a capacitação de seus profissionais. O crescimento da empresa não aconteceu ao acaso. A Nazaré Company vem provando ao longo dos tempos de sua existência que é possível realizar uma expansão e implementação de PMO com qualidade e robusta solidez. Prof. Marco Coghi
  3. 3. 21/ago/2014 2014 OBJECTIVOS A Nazaré Company, Lda., pretende fornecer ao Governo de LISARB uma consultoria na Implementação de um Plano de Gerenciamento de Portefólio, alinhado ao seu Panejamento Estratégico, proporcionando a população melhor qualidade de vida e desenvolvimento sustentável. Prof. Marco Coghi
  4. 4. NÍVEL DE MATURIDADE Acima de 160 pontos Nível 5 Entre 121 e 160 pontos: Nível 4 Entre 81 e 120 pontos : Nível 3 Entre 41 e 80 pontos Nível 2 Entre 10 e 41 pontos : Nível 1 21/ago/2014 2014 Prof. Marco Coghi 1 100% 60% Sucesso Maturidade 2 3 4 5 Feita a análise pelo método de maturidade de GP MMGP do Prof. Darcy Prado, ao inquérito fornecido pela LISARB, obtivemos uma contagem de 69 pontos, logo o nível de maturidade é 2 conforme classificação: Os projectos em desenvolvimento em LISARB não têm performance de tempo, escopo, custos e qualidade, baseados em alguma metodologia.
  5. 5. Padronização de Metodologias e Ferramentas tendo como guia o PMBoK Melhoria na gestão dos stakeholders Melhores resultados: na duração, qualidade e custo Melhoria na monitorização e controlo Nivelamento e optimização global de Recursos Alinhamento dos projectos com o Plano Estratégia Desenvolvimento da política de qualidade Redução de riscos dos projectos Melhoria dos activos organizacionais Maior retorno nos investimentos 21/ago/2014 2014 Prof. Marco Coghi BENEFÍCIOS Com a implementação de um PMO em LISARB, ter-se-á os seguintes benefícios:
  6. 6. NÍVEL HIERÁRQUICO ADOPTADO Pela análise efectuada, adoptaremos Nível 2 – foco em processos e optimização de recursos, como o mais apropriado. 21/ago/2014 Visando a criação de processos de acompanhamento dos projectos Nivelamento de recursos no portfolio Melhoria contínua pela adopção de metodologia em Gestão de Projecto. 2014 Prof. Marco Coghi
  7. 7. Avaliação de uso de metodologia e sua performance; O desenvolvimento, implementação e manutenção de metodologia de gerência de projecto; Implementação da metodologia com o sistema informático de GP e incorporação de melhores práticas. 21/ago/2014 2014 Prof. Marco Coghi FUNÇÃO Com base na pesquisa da maturidade constatou-se que é necessária a padronização dos processos em LISARB, desta forma aconselha-se a adopção da função Método e Procedimentos. Permitindo assim:
  8. 8. 21/ago/2014 2014 Prof. Marco Coghi MODELO ADOPTADO Baseados na pesquisa da maturidade adoptaremos o modelo de Estação Metrológica. Sendo necessário nesta fase inicial de implementação da metodologia, exigirá treinamento, coaching e aperfeiçoamento dos Recursos Humanos. Passado esta fase progredir-se-á para Torre de Controlo, como uma pool de recursos e recolha dos rates das estações já implementadas.
  9. 9. MÉTRICAS DE SUCESSO ADOPTADAS As métricas consideradas são: Projecto e Boa Governação BOA GOVERNAÇÃO 21/ago/2014 Tempo: Avaliar o tempo planejado em relação ao realizado; Escopo: Avaliar os KPI (quantidade de entregáveis, quantidade de alterações, etc…); Custo: Avaliar o custo planejado em relação ao realizado; percentagem de projectos entregues com dentro do orçamento previsto Qualidade: Cumprimento da legislação, normas e procedimentos, 2014 Prof. Marco Coghi PROJECTOS Cumprimento dos objectivos do Planeamento Estratégico Melhoramento do IDH – Índice de Desenvolvimento Humano
  10. 10. FACTORES CRÍTICOS DE SUCESSO 21/ago/2014 Patrocínio do Executivo: Envolvimento e comprometimento da alta direcção da LISARB, facilitando o acesso aos recursos necessários para o desenvolvimento e implementação de estratégias de investimento; Infraestrutura disponível: Facilidade ao acesso à informação por parte dos Ministérios; Estratégia de Comunicação com à Comunidade: Gestão das expectativas da população, divulgando e convencendo das mudanças necessárias para materialização da estratégia para o sucesso almejado. 2014 Prof. Marco Coghi
  11. 11. 21/ago/2014 2014 ETAPAS DA IMPLEMENTAÇÃO Go no Go Análise e interpretação de inquérito Análise de viabilidade Estratégico Identificação dos Stakeholderes Elaboração da WBS Elaboração da Matriz RACI Elaboração do Cronograma Elaboração do Orçamento Elaboração do Plano de Comunicação Técnicos Definição dos Níveis Hierárquicos Identificação da Função Identificação do Modelo Definição de métricas de sucesso Factores Críticos de Sucesso - Definição Aprovação do Plano de Implementação Implementação
  12. 12. 21/ago/2014 2014 PORTFOLIO DE PROJETOS EM LISARB: A definição do Portfólio de Projectos seguirá os seguintes processos: Identificação Categorização Avaliação Selecção Priorização Balanceamento Prof. Marco Coghi
  13. 13. 21/ago/2014 2014 IDENTIFICAÇÃO DOS PROJECTOS: N° PROJECTOS ORÇAMENTO (Em USD - Milhões) P1 A volta da fogueira 5 P2 Resgate dos valores morais e cívicos 3 P3 Jovens parceiros das TI´s 3 P4 Energia limpa 2 P5 Merenda escolar 4 P6 Água para todos 3 P7 Qualidade de vida 10 P8 Formação do homem novo 2 P9 Ambiente saudável 2 P10 Pensamento diferente 4 P11 O meu médico 2 Prof. Marco Coghi
  14. 14. 21/ago/2014 Prof. Marco Coghi 2014 IDENTIFICAÇÃO DOS PROJECTOS (CONTINUAÇÃO): N° PROJECTOS ORÇAMENTO (Em USD - Milhões) P12 Minha escola minha casa 1 P13 Eco-cultura 1 P14 Bom dia LISARB 5 P15 Lei para todos 10 P16 Saúde para todos 2 P17 Abrace o teu irmão 5 P18 Criança futuro 5 P19 Espera cunhado 7 P20 O meu médico 10 P21 Formação de quadros 12 P22 Ciência e Tecnologia 3
  15. 15. 21/ago/2014 2014 IDENTIFICAÇÃO DOS PROJECTOS (CONTINUAÇÃO): N° PROJECTOS ORÇAMENTO (Em USD - Milhões) 23 Quero conviver com a natureza 4 24 Hora da lei 5 25 Unificação dos Impostos 7 26 Consultório médico 3 27 Fenacult 3 28 Pomba branca 3 29 Não à droga 6 Prof. Marco Coghi
  16. 16. CATEGORIZAÇÃO DOS PROJECTOS (JUSTIFICATIVA): Projectos de carácter ambiental, cujo foco principal será o de proporcionar um aumento contínuo da qualidade de vida para os “Lisarbianos”. 21/ago/2014 2014 Prof. Marco Coghi Ambientais. Educacionais. O baluarte de qualquer sociedade, os quais pretendem aumentar a qualidade da educação, responsável pela formação de cidadãos comprometidos com uma vida social demandante de informação e conhecimento.
  17. 17. CATEGORIZAÇÃO DOS PROJETOS (JUSTIFICATIVA) Com intuito de instituir a ordem, a moral, e disciplina de valores sociais que promovam o bem-estar para todos os “Lisarbianos”, e o extermínio de qualquer prática ou acto ilícito de corrupção e por uma educação geral assente nos direitos e deveres do cidadão. Saúde. Promover a saúde e a eficiência física e mental mediante o esforço organizado da comunidade, abrangendo o saneamento do meio, o controle das infeções, educação dos indivíduos - nos princípios de higiene pessoal e comunitária, a organização de serviços médicos e de enfermagem para o diagnóstico precoce e pronto tratamento das doenças a partir das localidades. 21/ago/2014 e igualdade de oportunidades na sociedade, promovendo uma justiça pública mais ágil 2014 Prof. Marco Coghi Jurídicos
  18. 18. CATEGORIZAÇÃO DOS PROJECTOS (JUSTIFICATIVA): A sua implementação é um dos principais meios de acelerar o desenvolvimento económico dos países em desenvolvimento, ao mesmo tempo que criar possibilidades cada vez maiores de melhorar as condições de vida dos povos e das nações. 21/ago/2014 2014 Prof. Marco Coghi Científico e Tecnológicos
  19. 19. N/O PROJECTOS CATEGORIA P1 A volta da fogueira Económico Sócio Cultural e Desporto P2 Resgate dos valores morais e cívicos Educacional P3 Jovens parceiros das TI´s Tecnológico e Científicos P4 Energia limpa Tecnológico e Ciêntíficos P5 Merenda escolar Educacional P6 Água para todos Saúde P7 Qualidade de vida Tecnológico e Científicos P8 Formação do homem novo Educacional P9 Ambiente saudável Ambiente P10 Pensamento diferente Económico Sócio Cultural e Desporto P11 O meu médico Saúde 21/ago/2014 2014 CATEGORIZAÇÃO DOS PROJECTOS Prof. Marco Coghi
  20. 20. N/O PROJECTOS CATEGORIA P12 Minha escola minha casa Educacional P13 Eco-cultura Económico Sócio Cultural e Desporto P14 Bom dia LISARB Educacional P15 Lei para todos Jurídico P16 Saúde para todos Saúde P17 Abrace o teu irmão Económico Sócio Cultural e Desporto P18 Criança futuro Educacional P19 Espera cunhado Económico Sócio Cultural e Desporto P20 O meu médico Saúde P21 Formação de quadros Educacional P22 Ciência e Tecnologia Tecnológico e Científicos 21/ago/2014 2014 CATEGORIZAÇÃO DOS PROJECTOS (CONTINUAÇÃO) Prof. Marco Coghi
  21. 21. N° PROJECTOS CATEGORIA P23 Quero conviver com a natureza Ambiente P24 Hora da lei Jurídico P25 Unificação dos Impostos Jurídico P26 Consultório médico Saúde P27 Fenacult (Festival Nacional de Cultura) Económico Sócio Cultural e Desporto P28 Pomba branca Económico Sócio Cultural e Desporto P29 Não à droga Educacional 21/ago/2014 2014 CATEGORIZAÇÃO DOS PROJECTOS (CONTINUAÇÃO) Prof. Marco Coghi
  22. 22. MBA em Gerência de Projetos – BBS Business School Classe de Luanda, Angola CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO (JUSTIFICATIVA) Para garantir a eficiência dos projectos candidatos ao portfólio, foram adoptados os seguintes critérios e pesos de avaliação: Duração. Custo. Consideramos que os projectos com menor duração (< 3 anos), serão mais viáveis reduzindo o risco impostos pelas mudanças administrativas públicas. 21/ago/2014 2014 Quanto maior for o público alvo, maior serão os benefícios. Os projectos de menor custo serão mais vantajosos pelo facto de permitirem o maior quantidade destes com a qualidade exigível. População Abrangente TIR Os projectos com a maior TIR serão mais vantajoso, pois permitiram um rápido returno do Investimento. Prof. Marco Coghi
  23. 23. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO (JUSTIFICATIVA) Payback IDH. Consideramos que os projectos com menor período de retorno do capital investido (< 3 aos), serão mais viáveis. 21/ago/2014 2014 Quanto maior for a população abrangida e beneficiária. Maior satisfação e abertura a novos projectos. Os projectos, que promovem o crescimento do IDH, devem ser executas prioritariamente, pois com crescimento deste os restantes e mais complexos, terão mais chances de sucesso. Inquérito de Satisfação Aprovação Aprovação dos projectos terá com base todos os critério anteriores e cabe ao Sponsor a última avaliação. N.º de Impactos negativos Quanto menor impacto negativo, maior a possibilidade dos projectos serem aprovados Prof. Marco Coghi
  24. 24. Para garantir a eficiência dos projetos candidatos ao portfólio foram adoptados os seguintes critérios e pesos: 21/ago/2014 2014 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Prof. Marco Coghi CRITÉRIO LEGENDA DA NOTA Peso Min (0) Med (5) Max (10) Duração >4 anos Entre 3 e 4 < 3anos Custo > 20M Entre 10M e 20M <10M 7 População Abrangente < 5% Entre 5% e 90% >90% TIR <10% 10%+1% >12% 3 Payback >10 anos Entre 5 e 10 anos < 5 anos
  25. 25. AVALIAÇÃO N.º Tempo Custo Pop. Abrang Peso Média TIR Payback Peso Nota Geral Duração N1 Custo (M) N2 Pop.Abrang N3 Σ (N1,N2,N3)xP TIR N1 Payback N2 Σ (N1,N2)xP P1 4 0 5 10 40% 5 7 105 9% 5 5 5 3 30 P2 3 5 3 10 90% 5 7 140 10% 0 6 5 3 15 P3 3 5 3 10 40% 5 7 140 7% 0 5 5 3 15 P4 2 10 2 10 90% 5 7 175 12% 10 4 10 3 60 P5 2 10 4 10 30% 5 7 175 11% 5 8 5 3 30 P6 2 10 3 10 90% 5 7 175 13% 10 3 10 3 60 P7 3 5 10 5 95% 5 7 105 11% 5 7 5 3 30 P8 2 10 2 10 40% 5 7 175 7% 0 6 5 3 15 P9 1 10 2 10 90% 5 7 175 12% 10 3 10 3 60 P10 2 10 4 10 95% 5 7 175 7% 0 8 5 3 15 P11 3 5 2 10 40% 5 7 140 6% 0 7 5 3 15 P12 1 10 1 10 35% 5 7 175 11% 5 5 5 3 30 P13 1 10 1 10 40% 5 7 175 11% 5 6 5 3 30 P14 2 10 5 10 90% 5 7 175 13% 10 2 10 3 60 P15 3 5 10 5 90% 5 7 105 11% 5 5 5 3 30 21/ago/2014 Prof. Marco Coghi
  26. 26. AVALIAÇÃO N.º Tempo Custo Pop. Abrang Peso Média TIR Payback Peso Nota Geral Duração N1 Custo (M) N2 Pop.Abrang N3 Σ (N1,N2,N3)xP TIR N1 Payback N2 Σ (N1,N2)xP P16 1 10 2 10 50% 5 7 175 11% 5 6 5 3 30 P17 2 10 5 10 40% 5 7 175 5% 0 7 5 3 15 P18 1 10 5 10 25% 5 7 175 11% 10 3 10 3 60 P19 2 10 7 10 40% 5 7 175 8% 0 5 5 3 15 P20 3 5 10 5 40% 5 7 105 11% 5 6 5 3 30 P21 2 10 7 10 25% 5 7 175 12% 10 4 10 3 60 P22 2 5 3 10 30% 5 7 140 11% 5 5 5 3 30 P23 1 10 4 10 90% 5 7 175 12% 10 4 10 3 60 P24 1 10 5 10 70% 5 7 175 12% 10 3 10 3 60 P25 2 10 7 10 85% 5 7 175 11% 5 5 5 3 30 P26 1 10 3 10 78% 5 7 175 11% 10 4 10 3 60 P27 1 10 3 10 45% 5 7 175 11% 5 5 5 3 30 P28 2 10 3 10 45% 5 7 175 11% 5 5 5 3 30 P29 2 10 6 10 85% 5 7 175 11% 10 2 10 3 60 21/ago/2014 Prof. Marco Coghi
  27. 27. SELEÇÃO 21/ago/2014 N.º PROJECTOS NOTA TOTAL STATUS P1 A volta da fogueira 135 Reprovado P2 Resgate dos valores morais e cívicos 161 Reprovado P3 Jovens parceiros das TI´s 156 Reprovado P4 Energia limpa 200 Aprovado P5 Merenda escolar 197 Reprovado P6 Água para todos 196 Aprovado P7 Qualidade de vida 133 Reprovado P8 Formação do homem novo 195 Reprovado P9 Ambiente saudável 195 Aprovado P10 Pensamento diferente 192 Reprovado P11 O meu médico 165 Reprovado P12 Minha escola minha casa 189 Reprovado P13 Eco-cultura 189 Reprovado P14 Bom dia LISARB 198 Aprovado P15 Lei para todos 133 Reprovado Prof. Marco Coghi
  28. 28. SELEÇÃO 21/ago/2014 N.º PROJECTOS NOTA TOTAL STATUS P16 Saúde para todos 195 Reprovado P17 Abrace o teu irmão 198 Reprovado P18 Criança futuro 203 Aprovado P19 Espera cunhado 195 Reprovado P20 O meu médico 138 Reprovado P21 Formação de quadros 205 Aprovado P22 Ciência e Tecnologia 166 Reprovado P23 Quero conviver com a natureza 197 Aprovado P24 Hora da lei 203 Aprovado P25 Unificação dos Impostos 190 Reprovado P26 Consultorio médico 201 Aprovado P27 Fenacult 191 Reprovado P28 Pomba branca 196 Reprovado P29 Não a droga 199 Aprovado Prof. Marco Coghi
  29. 29. 21/ago/2014 2014 PROJECTOS APROVADOS N.º PROJECTOS CATEGORIA PONTUAÇÃO P4 Energia limpa Tecnológico e Ciêntíficos 200 P6 Água para todos Saúde 196 P9 Ambiente saudável Ambiente 195 P14 Bom dia LISARB Educacional 198 P18 Criança futuro Educacional 203 P21 Formação de quadros Educacional 205 P23 Quero conviver com a natureza Ambiente 197 P24 Hora da lei Jurídico 203 P26 Consultorio médico Saúde 201 P29 Não a droga Educacional 199 Prof. Marco Coghi
  30. 30. O balanceamento do portfolio foi construído num gráfico de bolhas: 21/ago/2014 2014 BALANCEAMENTO DOS PROJETOS Prof. Marco Coghi

×