PMO

378 visualizações

Publicada em

Titulo: PMO
Alunos:Giovanni,Rodrigo de Melo Germano da Silva,Angela Delfino,Fernando Maximiano Lucena de Aquino,Carlos Antonio Gurgel Junior,
Cidade: Natal
Disciplina: Integração
Turma: GP04
Data:27-12-2012
Hora:23:44
Comentarios:
Publico até ápos a correção

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Comentários
    Introdução: ok;
    Objetivo do trabalho: ok;
    Identificação: ok;
    Categorização: ok;
    Avaliação: ok;
    Seleção: ok;
    Priorização: item não apresentado claramente no trabalho;
    Balanceamento: item não apresentado claramente no trabalho;
    Rebalanceamento: item não contemplado claramente no trabalho;
    Nível de maturidade: ok;
    Benefícios do PMO: ok;
    Nível hierárquico: sugere-se identificar em qual nível hierárquico o PMO será implantado e justificar;
    Função do PMO: item não contemplado claramente no trabalho;
    Modelo de PMO: item não contemplado claramente no trabalho;
    Etapas de implementação: item não contemplado claramente no trabalho;
    Métricas: item não contemplado claramente no trabalho;
    Fatores críticos de sucesso: item não contemplado claramente no trabalho;
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
378
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
41
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PMO

  1. 1. Natal – GP04 – PMO - RaX
  2. 2. O Negócio:A RaX Consultoria é uma empresa voltada para implantação dePMO com experiência internacional no gerenciamento de projetose portfolio. Foi criada em 2012 com o objetivo de oferecer soluçõesna implantação e maturidade de projetos buscando superar asexpectativas dos seus clientes.
  3. 3. Integrantes: 2. 1. 3. 1. Ângela Pereira S. Barreto Delfino2. Calos A Gurgel Junior3. Fernando Maximiano L de Aquino 4. Giovanni Maciel de Araújo Silva 5. 4. 5. Rodrigo de Melo G da Silva
  4. 4. Objetivo do Trabalho: Apresentar um portfolio de projetos para o desenvolvimento de Lisarb, visando o crescimento sustentável do pais.
  5. 5. Identificação: Energia Água Lizarb Mão de para para Solidária ferro Lizarb todos Lizarb Lizarb Lizarb Contra Continent Saneada Infra Corrupçã e Unido o Lizarb Teatro Lizarb Ensino Contra para Segura técnico Drogas todos Lizarb Arma Esporte e 3ª Idade econômi Zero saúde co Lizarb Lizarb Lizarb Sem Sustentá Exportaçõ Fome vel es
  6. 6. Categorização: As categorias foram definidas baseado nos objetivos do planejamento estratégico para Lisarb. CATEGORIAS JUSTIFICATIVAInfraestrutura Garantir investimento em estrutura para o crescimento do país.Segurança Promover ações que garantam a segurança da sociedade e de Lisarb. Gerar oportunidades a todos os cidadãos de Lisarb diminuindo as diferençasBenefício Social sócias.Sustentabilidade Promover o desenvolvimento sustentável a fim de garantir o futuro das gerações.Justiça Ser justo em todos os setores e instancias do país.Educação e Cultura Promover ações que estimulem o conhecimento e formação cultural de Lisarb.Comércio Externo Preparar Lisarb para firmar posições estratégicas no cenário mundial.
  7. 7. Avaliação:• Identificação de critérios de avaliação: • Custo: recursos financeiros de Lisarb são limitados e precisão ser direcionados para os projetos melhor custo/beneficio; • Duração: o Sponsor – Presidente de Lisarb – deseja que os projetos comtemplados sejam concretizados em sua maioria dentro do período de vigência do seu mandato que será de cinco anos; • Recursos: Lisarb esta em pleno desenvolvimento, no entanto, sua mão de obra disponível para realização dos projetos é escassa e não especializada, sendo necessário uma maior preocupação com este critério; • Econômico: a economia de Lisarb vem crescendo de forma ordenada e necessita de projetos que garantam seu desenvolvimento continuo e sustentável de forma a favorecer o crescimento do mercado interno; • Impacto Social: o governo deseja realizar um mandato focado no desenvolvimento social do país, sendo este critério o de maior relevância para as tomadas de decisões
  8. 8. Avaliação:• Definição de Peso dos Critérios: CRITERIOS PESO JUSTIFICATIVA Necessidade de maior visibilidade das ações do Impacto Social 40% governo, ações que gerem uma maior aceitação; Custo 30% Projetos que possuam baixo custo Econômico 15% Manter a economia solida Realização dos projetos dentro do período de Duração 10% governo Recursos 5% Necessidade de mão de obra especializada
  9. 9. Avaliação: Proj. Energia para Lizarb Lizarb Contra Corrupção Proj. Água para Todos Lizarb Contra Drogas Lizarb Exportações Lizarb Sustentável Esportes e Saúde Lizarb Econômico Lizarb Sem Fome Teatro para todos Continente Unido Lizarb Saneada Lizarb Solidária Ensino Técnico Lizarb Segura PROJETOS Mão de Ferro Lizarb Infra Arma Zero 3ª IdadeCRITERIOS PESO NOTACustos 30% 1 3 1 2 3 4 1 3 1 5 4 1 3 4 4 4 4 4 5Duração 10% 2 2 1 2 3 3 5 3 2 4 4 3 3 4 2 3 4 2 5Econômico 15% 4 4 3 3 2 3 3 3 1 2 3 4 5 2 4 4 2 3 4ImpactoSocial 40% 5 5 4 3 4 2 4 2 2 2 5 5 2 2 5 5 2 1 5Recursos 5% 4 3 4 4 1 1 3 2 3 1 2 1 2 1 2 2 3 5 3 Media 3,3 3,85 2,65 2,65 3,15 2,8 3 2,55 1,6 3,05 4,15 3,25 2,85 2,75 4,1 4,2 2,85 2,5 4,75 Notas Conceito 1 Péssimo 2 Ruim 3 Regular 4 Bom 5 Ótimo
  10. 10. Seleção: Após o processo de avaliação foram selecionados os projetos que obtiveram media superior a três. PROJETOS MEDIALizarb Exportações 4,75Teatro para todos 4,2Lizarb Solidária 4,15Ensino Técnico 4,1Água para todos 3,85Energia para Lizarb 3,3Mão de Ferro 3,25Lizarb Segura 3,15Lizarb Sustentável 3,05Arma Zero 3,0Lizarb Contra Corrupção 2,85Lizarb Econômico 2,85Lizarb Contra Drogas 2,8Continente Unido 2,75Lizarb Saneada 2,65Lizarb Infra 2,653ª Idade 2,55Esportes e Saúde 2,5Lizarb Sem Fome 1,6
  11. 11. Priorização:
  12. 12. Balanceamento:
  13. 13. Nível de Maturidade:Após realização de pesquisa de maturidade identificou-se o nível 2 dematuridade no projeto Lisarb.Nível 1: Inicial – Inexistência de planejamento e controle, não existeprocedimentos padronizados. A empresa sente necessidade de adotaruma formalização na maneira de como gerenciar os projetos;Nível 2: Conhecido – Percebe-se melhor a necessidade de se efetuarplanejamento e controle padronizados, ocorre a existência de iniciativasisoladas de padronização de procedimentos. A empresa sentenecessidade de repetir o sucesso alcançado em outros projetos;Nível 3: Padronizado – Existe uma metodologia de GP e é praticada portodos e parte dela é informatizada. Ocorre troca de informações entre seusprojetos dentro de uma única metodologia;
  14. 14. Nível de Maturidade:Nível 4: Gerenciado – Existe um alinhamento dos projetos com os negóciosda organização;Nível 5: Otimizado – Existe uma otimização na execução de projetos combase na larga experiência e também nos conhecimentos e atitudespessoais. A organização tem alta confiança em seus profissionais e aceitadesafios de alto risco.
  15. 15. Benefícios:Melhorar... • performance dos projetos • consolidação dos dados (saber o quê “está realmente acontecendo”); • transferência de conhecimento;Gerenciar adequadamente... • o aumento da complexidade e/ou volume de projetos; • escassez de recursos x pressão crescente sobre os GP; • expectativas dos stakeholders; • desconexão dos projetos e a estratégia organizacional; • proliferação de aplicativos de suporte desarticulados; • falta de critérios para categorizar projetos, aprovar ou modificar suas prioridades
  16. 16. Nível Hierárquico:Nível 1 – PMO estratégico visando a organização como um todo – FOCOESTRATEGICO;Nível 2 – Visa processos e otimização de recursos em projetos diferentes –FOCO EM GESTÃO;Nível 3 – Visa projetos e/ou programas individuais – FOCOOPERACIONAL.

×