Projeto PMO em Lisarb
Disciplina Project Office & Nível de Maturidade
Professor Marco Coghi
Turma GP06 – Natal/RN
e-GP Con...
Quem somos?
A e-GP Consultoria atua no mercado brasileiro há 3
anos prestando consultorias e treinamentos em
gerenciamento...
Consultores
Projeto Implantação do PMO de Lisarb
• Neste documento a e-GP Consultoria apresenta a
este Governo sua proposta para o Pro...
Portfólio de Projetos de Lizarb
• Conforme preconizado pelo PMI, a definição do
Portfólio de Projetos de Lisarb seguirá os...
Identificação
• De acordo com os objetivos do Planejamento
Estratégico de Lisarb, foram identificados os
seguintes projeto...
Identificação
ID PROJETOS
ORÇAMENTO
(Em R$ MM)
ID PROJETOS
ORÇAMENTO
(Em R$ MM)
ID PROJETOS
ORÇAMENTO
(Em R$ MM)
1 Central...
Categorização
• A seguir, os projetos foram agrupados em categorias,
de acordo com as pastas ministeriais de Lisarb. São
e...
Categorização
ID PROJETOS CATEGORIAS ID PROJETOS CATEGORIAS ID PROJETOS CATEGORIAS
1Central do Cidadão
Administração
Públi...
Avaliação
• Para a avaliação dos projetos candidatos ao portfólio foram adotados os
seguintes critérios e pesos:
– Contrib...
Avaliação
ID
CRITÉRIO
PROJETO
Contribuição para o
desenvolvimento do País
População
beneficiada
Interesse
(percepção) da
p...
Avaliação
ID
CRITÉRIO
PROJETO
Contribuição para o
desenvolvimento do País
População
beneficiada
Interesse
(percepção) da
p...
Avaliação
ID
CRITÉRIO
PROJETO
Contribuição para o
desenvolvimento do País
População
beneficiada
Interesse
(percepção) da
p...
Seleção e Priorização
• Afim de manter a aderência aos critérios da
Avaliação, no processo de Seleção foram
eliminados os ...
Seleção e Priorização
PRIORIDADE ID PROJETO MÉDIA
ORÇAMENTO
(Em R$ MM)
1 27Mobilidade Já 8,4 1.900
2 11Lisarb Inovador 8,3...
Balanceamento
• Para demonstração do balanceamento do
portfólio foi construído um gráfico de bolhas
relacionando os seguin...
Balanceamento
1900ral
1900ral
1900ral
1900ral
1900ral
1900ral
1900ral
1900ral
1900ral
1900ral
1900ral
1900ral
1900ral
1900...
Balanceamento
• Pelo gráfico, observa-se que o portfólio
encontra-se balanceado pois:
– Contempla 6 dos 9 objetivos estrat...
Nível de Maturidade em GP
• Afim de nortear a implantação de um PMO
em Lisarb, foi feito um levantamento do seu
nível de m...
Benefícios de um PMO
• A implantação de um PMO poderá gerar, dentre
outros, os seguintes benefícios para o país:
– Melhora...
Nível hierárquico do PMO
• A nível de Governo Federal recomenda-se a
implantação de um PMO Nível 3.
• Inicialmente seu pri...
Função do PMO
• Sendo um PMO Nível 3, este deve atuar de forma
estratégica, desenvolvendo dentre outras, as seguintes
funç...
Modelo
• O PMO de Lisarb deve basear-se no modelo
“Torre de Controle”, pois deve:
– Tratar o gerenciamento de projetos com...
Métricas de Sucesso
• Sugere-se as seguintes métricas para
acompanhamento do desempenho do PMO:
– Índice de conformidade d...
Etapas para Implementação
• A seguir apresentamos um roteiro com os próximos
passos para a implementação do PMO em Lisarb:...
Etapas para Implementação
– 3ª Fase – Soluções de longo prazo:
• Implementar desenvolvimento e customização contínua dos
p...
Agradecimentos
• Sem mais, a e-GP Consultoria agradece a
oportunidade de apresentar sua proposta de
projeto e contribuir c...
Fim
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

natal-gp06-pmo-egp

299 visualizações

Publicada em

Titulo: natal-gp06-pmo-egp
Alunos:Cássio Miguel da Silva Maia,Daniel Araújo Guilhermino,Jaques Pereira Delgado,Mathaeus de Castro bastos,Neder Regalado,Victor José Lima Duarte,
Cidade: Natal
Disciplina: Integração
Turma: GP06
Data:22-05-2014
Hora:22:32
Comentarios:Caro Professor,

Segue nosso trabalho referente à disciplina Project Office & Nível de Maturidade, ministrada para a turma GP-06 em Natal.

Saudações de toda a equipe.
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
299
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

natal-gp06-pmo-egp

  1. 1. Projeto PMO em Lisarb Disciplina Project Office & Nível de Maturidade Professor Marco Coghi Turma GP06 – Natal/RN e-GP Consultoria
  2. 2. Quem somos? A e-GP Consultoria atua no mercado brasileiro há 3 anos prestando consultorias e treinamentos em gerenciamento de projetos, programas e portfólios às mais diversas organizações. Nosso principal objetivo é difundir a cultura do gerenciamento estruturado de projetos trazendo maior profissionalismo e competitividade aos nossos clientes.
  3. 3. Consultores
  4. 4. Projeto Implantação do PMO de Lisarb • Neste documento a e-GP Consultoria apresenta a este Governo sua proposta para o Projeto Implantação do PMO de Lisarb, contendo: – Um sugestão de portfólio de projetos; – Uma avaliação do seu nível de maturidade Gerenciamento de Projetos; – Um passo a passo para implantação de um PMO.
  5. 5. Portfólio de Projetos de Lizarb • Conforme preconizado pelo PMI, a definição do Portfólio de Projetos de Lisarb seguirá os seguintes passos (processos): – Identificação – Categorização – Avaliação – Seleção – Priorização – Balanceamento
  6. 6. Identificação • De acordo com os objetivos do Planejamento Estratégico de Lisarb, foram identificados os seguintes projetos como potenciais componentes do portfólio:
  7. 7. Identificação ID PROJETOS ORÇAMENTO (Em R$ MM) ID PROJETOS ORÇAMENTO (Em R$ MM) ID PROJETOS ORÇAMENTO (Em R$ MM) 1 Central do Cidadão 2.500 11 Lisarb Inovador 900 21 Lisarb Importador 2.100 2 TI-TJ 1.200 12 AgroTec 1.300 22 Lisarb Exportador 3.000 3 Lisarb Honestidade 800 13 Lisarb ReciclaTudo 1.700 23 Legalização da Maconha 1.100 4 Lisarb Eficente 1.500 14 Educação Sem Fronteiras 2.000 24 Lisarb Melhor Idade 750 5 Reforma Política 500 15 Fome de Livro 1.000 25 Anjos da Guarda 600 6 Fora Corrupção 800 16 Universidade Lisarb 4.000 26 Lisarb Verde 400 7 Ficha Limpa 600 17 Cidadão Voluntário 700 27 Mobilidade Já 1.900 8 Teatro É Vida 800 18 Portal de Opiniões 200 28 Esporte É Vida 1.400 9 Festival de Música 400 19 Rádio Lisarb 400 29 Criminalidade Zero 2.800 10 Lisarb Criativo 300 20 Escola de Diplomatas 1.200 30 Vizinho Alerta 900
  8. 8. Categorização • A seguir, os projetos foram agrupados em categorias, de acordo com as pastas ministeriais de Lisarb. São elas: – Administração Pública; – Economia; – Educação e Cultura; – Justiça e Segurança; – Saúde e Meio Ambiente.
  9. 9. Categorização ID PROJETOS CATEGORIAS ID PROJETOS CATEGORIAS ID PROJETOS CATEGORIAS 1Central do Cidadão Administração Pública 8Teatro É Vida Educação e Cultura 2TI-TJ Justiça e Segurança 4Lisarb Eficente 9Festival de Música 3Lisarb Honestidade 5Reforma Política 10Lisarb Criativo 6Fora Corrupção 18Portal de Opiniões 14Educação Sem Fronteiras 7Ficha Limpa 19Rádio Lisarb 15Fome de Livro 25Anjos da Guarda 11Lisarb Inovador Economia 16Universidade Lisarb 29Criminalidade Zero 12AgroTec 17Cidadão Voluntário 30Vizinho Alerta 13Lisarb ReciclaTudo 20Escola de Diplomatas 23Legalização da Maconha Saúde e Meio Ambiente 21Lisarb Importador 24Lisarb Melhor Idade 22Lisarb Exportador 26Lisarb Verde 27Mobilidade Já 28Esporte É Vida
  10. 10. Avaliação • Para a avaliação dos projetos candidatos ao portfólio foram adotados os seguintes critérios e pesos: – Contribuição para o desenvolvimento do País (30%) • Com o objetivo de gerar um crescimento consistente para o País, é importante investir em projetos que tragam resultados efetivos e duradouros. Quanto maior a contribuição, maior a nota. – População beneficiada (25%) • Tendo em vista que os projetos serão financiados com dinheiro público, os mesmos devem atender, ou gerar benefícios, para a maior parcela possível dos Lisarbeanos. Quanto mais beneficiados, maior a nota. – Interesse (percepção) da população (25%) • Para manter a governabilidade e o grau de confiança da população no Governo, é necessário que os projetos atendam aos anseios do seu principal stakeholder, a população. Quanto maior o interesse, maior a nota. – Possibilidade de financiamento pelo Setor Privado (20%) • Afim de aumentar a quantidade de recursos disponíveis para investimento nos projetos publicos, deve-se dar prioridade aos que têm maior interesse da iniciativa privada em participar do financiamento. Quanto maior a possibilidade, maior a nota.
  11. 11. Avaliação ID CRITÉRIO PROJETO Contribuição para o desenvolvimento do País População beneficiada Interesse (percepção) da população Possibilidade de financiamento pelo Setor Privado MÉDIA PESO 30% 25% 25% 20% 1Central do Cidadão 5 8 8 0 5,5 4Lisarb Eficente 10 10 5 0 6,8 5Reforma Política 10 10 5 0 6,8 18Portal de Opiniões 8 5 3 0 4,4 19Rádio Lisarb 5 8 3 0 4,3 11Lisarb Inovador 10 8 5 10 8,3 12AgroTec 10 5 5 10 7,5 13Lisarb ReciclaTudo 10 8 3 8 7,4 21Lisarb Importador 5 8 8 10 7,5 22Lisarb Exportador 10 8 5 10 8,3
  12. 12. Avaliação ID CRITÉRIO PROJETO Contribuição para o desenvolvimento do País População beneficiada Interesse (percepção) da população Possibilidade de financiamento pelo Setor Privado MÉDIA PESO 30% 25% 25% 20% 8Teatro É Vida 5 8 5 5 5,8 9Festival de Música 5 3 8 8 5,9 10Lisarb Criativo 8 5 5 5 5,9 14 Educação Sem Fronteiras 8 3 5 8 6,0 15Fome de Livro 8 5 5 5 5,9 16Universidade Lisarb 10 5 8 3 6,9 17Cidadão Voluntário 5 5 5 3 4,6 20Escola de Diplomatas 5 3 3 0 3,0 2TI-TJ 8 8 8 0 6,4 3Lisarb Honestidade 8 8 8 5 7,4
  13. 13. Avaliação ID CRITÉRIO PROJETO Contribuição para o desenvolvimento do País População beneficiada Interesse (percepção) da população Possibilidade de financiamento pelo Setor Privado MÉDIA PESO 30% 25% 25% 20% 6Caça Corrupto 10 8 10 0 7,5 7Ficha Limpa 10 8 10 0 7,5 25Anjos da Guarda 10 5 5 5 6,5 29Criminalidade Zero 8 10 10 3 8,0 30Vizinho Alerta 5 5 5 3 4,6 23 Legalização da Maconha 3 8 5 8 5,8 24Lisarb Melhor Idade 8 3 5 5 5,4 26Lisarb Verde 5 8 5 8 6,4 27Mobilidade Já 8 10 10 5 8,4 28Esporte É Vida 5 3 5 3 4,1
  14. 14. Seleção e Priorização • Afim de manter a aderência aos critérios da Avaliação, no processo de Seleção foram eliminados os projetos que obtiveram média inferior a 6; • Em virtude de limitação orçamentária do Governo de Lisarb, foram eliminados também os projetos orçados acima de R$2.000.000.000,00; • Em seguida, os projetos foram priorizados em função das médias obtidas na Avaliação.
  15. 15. Seleção e Priorização PRIORIDADE ID PROJETO MÉDIA ORÇAMENTO (Em R$ MM) 1 27Mobilidade Já 8,4 1.900 2 11Lisarb Inovador 8,3 900 3 12AgroTec 7,5 1.300 4 6Caça Corrupto 7,5 800 5 7Ficha Limpa 7,5 600 6 3Lisarb Honestidade 7,4 800 7 13Lisarb ReciclaTudo 7,4 1.700 8 4Lisarb Eficente 6,8 1.500 9 5Reforma Política 6,8 500 10 25Anjos da Guarda 6,5 600 11 2TI-TJ 6,4 1.200 12 26Lisarb Verde 6,4 400 13 14Educação Sem Fronteiras 6,0 2.000
  16. 16. Balanceamento • Para demonstração do balanceamento do portfólio foi construído um gráfico de bolhas relacionando os seguintes aspectos: – Eixo Y: Nota do critério Contribuição para o Desenvolvimento do País, visto que é o de maior peso na Avaliação; – Eixo X: Objetivos Estratégicos; – Tamanho da bolha: Orçamento do projeto; – Cor da bolha: Categoria do projeto.
  17. 17. Balanceamento 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral ContribuiçãoparaoDesenvolvimento Objetivos Estratégicos Administração Pública Economia Educação e cultura Justiça e Segurança Saúde e Meio Ambiente
  18. 18. Balanceamento • Pelo gráfico, observa-se que o portfólio encontra-se balanceado pois: – Contempla 6 dos 9 objetivos estratégicos; – Contempla as 5 categorias de projetos; – Contem projetos com custos dentro dos limites aceitáveis (até R$2.000.000.000,00); – Em sua grande maioria os projetos apresentam elevado potencial de contribuição pra o desenvolvimento do país.
  19. 19. Nível de Maturidade em GP • Afim de nortear a implantação de um PMO em Lisarb, foi feito um levantamento do seu nível de maturidade em GP através da aplicação de um questionário com seus gestores. • A pesquisa apontou o seguinte resultado: – 69 pontos obtidos – Nível 2 de maturidade
  20. 20. Benefícios de um PMO • A implantação de um PMO poderá gerar, dentre outros, os seguintes benefícios para o país: – Melhorar o alinhamento do portfólio ao planejamento estratégico do país; – Facilitar o desenvolvimento de metodologia; – Identificar e difundir as melhores práticas; – Centralizar informações úteis dos projetos para políticas governamentais; – Otimizar o uso dos recursos gerando economias; – Melhorar a previsibilidade dos custos, prazos e riscos.
  21. 21. Nível hierárquico do PMO • A nível de Governo Federal recomenda-se a implantação de um PMO Nível 3. • Inicialmente seu principal papel seria fomentar a implantação de PMO’s Nível 2 a nível regional, e PMO’s Nível 1 a nível estadual.
  22. 22. Função do PMO • Sendo um PMO Nível 3, este deve atuar de forma estratégica, desenvolvendo dentre outras, as seguintes funções: – Desenvolver e manter o controle sobre o portfólio de projetos; – Rastrear e gerar informações sobre o progresso dos projetos para a alta administração; – Prestar suporte aos PMO’s Nível 2 oferecendo consultorias e treinamentos; – Criar e padronizar ferramentas de gestão de projetos; – Criar, manter e difundir uma metodologia de gestão de projetos; – Auxiliar no marketing e comunicação dos projetos.
  23. 23. Modelo • O PMO de Lisarb deve basear-se no modelo “Torre de Controle”, pois deve: – Tratar o gerenciamento de projetos como um processo de negócio a ser nutrido e protegido; – Estabelecer padrões para o gerenciamento dos projetos; – Prestar suporte de como seguir os padrões; – Fiscalizar a aderência aos padrões definidos; – Promover melhoria contínua dos processos.
  24. 24. Métricas de Sucesso • Sugere-se as seguintes métricas para acompanhamento do desempenho do PMO: – Índice de conformidade dos processos auditados; – Média mensal da quantidade de projetos em execução; – Média mensal da quantidade de projetos em concluídos; – Média mensal do índice de cumprimento de custo; – Média mensal do índice de cumprimento de prazo; – Número de projetos fracassados antes e depois do PMO; – Pesquisas de satisfação junto aos PMO’s clientes; – Quantidade de acessos na base de conhecimento.
  25. 25. Etapas para Implementação • A seguir apresentamos um roteiro com os próximos passos para a implementação do PMO em Lisarb: – 1ª Fase – Preparação do terreno: • Definir metas e objetivos; • Aprofundar o estudo do Governo em relação ao modelo de maturidade; • Coletar os requisitos das partes interessadas; • Preparar a estratégia de comunicação. – 2ª Fase – Metas de curto prazo: • Catalogar os projetos; • Treinar as equipes de projetos; • Implementar infraestrutura de apoio à GP; • Estabelecer fluxos de trabalho; • Elaborar modelos e padrões.
  26. 26. Etapas para Implementação – 3ª Fase – Soluções de longo prazo: • Implementar desenvolvimento e customização contínua dos processos; • Implementar programa contínuo de treinamento; • Desenvolver relatórios e métricas detalhadas; • Criar de planos de carreira para a área de GP; • Realizar gerenciamento estratégico do portfólio; • Implementar a cultura da gestão de mudanças organizacionais. – 4ª Fase – Manutenção e Aprimoramento: • Implementar e mantar processo de melhoria contínua alinhado às estratégias da empresa.
  27. 27. Agradecimentos • Sem mais, a e-GP Consultoria agradece a oportunidade de apresentar sua proposta de projeto e contribuir com o desenvolvimento de Lisarb. Também se coloca à disposição para apoiar este Governo com novas consultorias nos seus próximos passos rumo à excelência em Gerenciamento de Projetos.
  28. 28. Fim

×