Lisard

417 visualizações

Publicada em

Titulo: Lisard
Alunos:Andre Rodrigues de Barros Silva,Vivian Casarin Bosso,Alexandre In Chun Chang,Lais Gasparini,Marcio,Patricia Alessandra Bonets,
Cidade: Campinas
Disciplina: PMO
Turma: GP36
Data:17-03-2014
Hora:09:54
Comentarios:Olá Professor!

Segue nosso trabalho em pdf. para avaliação!

Obrigado.

Alexandre Chang
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
417
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
39
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lisard

  1. 1. Project Office e Nível de Maturidade Campinas :PROJ 36
  2. 2. Ideas Consulting - Consultoria em PMO A Ideas Consulting é uma consultoria empresarial especializada em soluções para mercados competitivos, fundada em 2014. Conta com uma equipe multidisciplinar de especialistas próprios e tem, como diferencial, ser formada por profissionais que, além de anos de experiência com vários segmentos de mercado, estão entre os melhores alunos da Fundação GetúlioVargas. Nosso Diferencial  Potencializar lucros dos clientes  Assessorar clientes na tomada de decisões estratégicas de alto impacto
  3. 3. O Projeto A Ideas Consulting disponibilizará ao presidente de Lisarb, senhor Marco Antonio Coghi, uma lista com propostas de projetos e programas para o país ter em sua carteira de investimentos.
  4. 4. A Equipe do Projeto  Lais Gasparini André Rodrigues Alexandre Chang  Vivian Casarin Patrícia Bonets Márcio Imoto
  5. 5. Objetivo doTrabalho Metas de crescimento de Lisarb  Aliança por um pais mais justo  Política cidadã baseada em princípios e valores  Educação para a sociedade do conhecimento  Economia para uma sociedade sustentável  Proteção social  Qualidade de vida e segurança para todos os Lisarbeanos  Cultura e fortalecimento da diversidade  Politica externa para o século 21  Combate a corrupção Desenvolver e implantar um escritório de projetos (PMO) para gerenciar os portfólios de projetos da República Federativa Lisarb, objetivando o aumento da maturidade e sinergia entre os projetos para o país.
  6. 6. Identificação - Projetos Propostos  Sustentável Lisarb  Água Limpa  Lixo no Lixo  Amigos da Árvore  Educação nota 10  Passos para o futuro  Tecno-Evolução  Canal Aberto  Política transparente  Xo Preconceito  Cultura Inteligente  Leitura para todos  Mais Cultura  Corrupção Zero  Justiça Justa  Cadeia Vazia  Polícia Ativa  Armas do Bem  Cão de guarda  BBL  Salva Vidas Através dos objetivos do planejamento estratégico de LISARB, foram identificados os projetos listados abaixo pelo método de Brainstorming:
  7. 7. Categorização de Projetos Sustentabilidade  Sustentável Lisarb  Amigos daÁrvore  Água Limpa  Lixo no Lixo Segurança  CadeiaVazia  Polícia Ativa  Armas do Bem  Cão de guarda Educação  Educação nota 10  Passos para o futuro  TecnoEvolução  Leitura para todos Política  Política transparente  Canal Aberto  Xo Preconceito Cultura  Cultura Inteligente  Mais Cultura Justiça  Corrupção Zero  Justiça Justa Os projetos foram agrupados e categorizados de acordo com a área de atuação e objetivo de crescimento de LISARB
  8. 8. Avaliação Critério Justificativa Peso Retorno Financeiro Retorno do investimento para o país para um desenvolvimento sustentável 15% Tempo Tempo para implantação do projeto 10% Custo Valor monetário para a conclusão do projeto 20% Risco Risco de impacto social, econômico, ecológico e saúde 8% Número de beneficiados Quantidade de pessoas beneficiadas pelo projeto 20% Aceitação do governo Projetos que aumentam a aprovação do governo perante à população 7% Número de prejudicados Quantidade de pessoas que podem ser prejudicadas devido à implantação do projeto 20% Para a definição dos critérios de avaliação, considerou-se que o Custo, Número de beneficiários e Número de prejudicados teriam um peso maior em relação aos demais critérios, pois LISARB estaria em ano eleitoral.
  9. 9. Pesos dos Critérios de Avaliação Critério Peso Notas 0 5 10 Retorno Financeiro (%) 15% < 0 0 ≤ 𝑥 <3 > 3 Tempo (anos) 10% ≥3 1 <𝑥<3 ≤ 1 Custo (R$ bilhões) 20% ≥5 1 <𝑥 <5 ≤ 1 Risco (%) 8% ≥10 5 <𝑥 <10 <5 Número de beneficiados (%) 20% ≤ 10 10 <𝑥 <40 ≥40 Aceitação do governo (%) 7% ≤ 20 20 <𝑥 <40 ≥40 Número de prejudicados (%) 20% ≥40 10 <𝑥 <40 ≤ 10 Cada projeto proposto recebeu notas entre zero, cinco e dez de acordo com os critérios definidos. Dessa forma, obtemos a média de cada projeto que, posteriormente, ajudará no processo de seleção.
  10. 10. Seleção EDUCAÇÃO Critério Educação Nota 10 Passos p futuro Tecno Evolução Leitura paraTodos Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Retorno Financeiro (%) 10 1,5 10 1,5 5 0,75 10 1,5 Tempo (anos) 0 0 0 0 0 0 5 0,5 Custo (R$ bilhões) 0 0 0 0 0 0 5 1 Risco (%) 10 0,8 5 0,4 0 0 5 0,4 Número de beneficiados (%) 10 2 10 2 5 1 10 2 Aceitação do governo (%) 5 0,35 5 0,35 5 0,35 5 0,35 Número de prejudicados (%) 10 2 10 2 5 1 5 1 Média 6,65 6,25 3,1 6,75
  11. 11. Seleção POLÍTICA Critério Canal Aberto Política Transparente Xo Preconceito Nota Média Nota Média Nota Média Retorno Financeiro (%) 0 0 5 0,75 0 0 Tempo (anos) 5 0,5 5 0,5 10 1 Custo (R$ bilhões) 5 1 5 1 10 2 Risco (%) 5 0,4 5 0,4 10 0,8 Número de beneficiados (%) 5 1 10 2 5 1 Aceitação do governo (%) 5 0,35 5 0,35 5 0,35 Número de prejudicados (%) 5 1 10 2 5 1 Média 4,25 7 6,15
  12. 12. Seleção CULTURA Critério Cultura Inteligente Mais Cultura Nota Média Nota Média Retorno Financeiro (%) 10 1,5 10 1,5 Tempo (anos) 0 0 5 0,5 Custo (R$ bilhões) 0 0 5 1 Risco (%) 5 0,4 10 0,8 Número de beneficiados (%) 5 1 10 2 Aceitação do governo (%) 5 0,35 5 0,35 Número de prejudicados (%) 5 1 5 1 Média 4,25 7,15
  13. 13. Seleção JUSTIÇA Critério Corrupção Zero Justiça Justa Nota Média Nota Média Retorno Financeiro (%) 5 0,75 5 0,75 Tempo (anos) 5 0,5 5 0,5 Custo (R$ bilhões) 5 1 5 1 Risco (%) 5 0,4 10 0,8 Número de beneficiados (%) 10 2 10 2 Aceitação do governo (%) 5 0,35 5 0,35 Número de prejudicados (%) 10 2 10 2 Média 7 7,4
  14. 14. Seleção SEGURANÇA Critério CadeiaVazia PolíciaAtiva Armas do Bem Cão de Guarda Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Retorno Financeiro (%) 10 1,5 10 1,5 5 0,75 5 0,75 Tempo (anos) 0 0 5 0,5 0 0 0 0 Custo (R$ bilhões) 0 0 5 1 5 1 5 1 Risco (%) 5 0,4 5 0,4 5 0,4 5 0,4 Número de beneficiados (%) 10 2 10 2 10 2 10 2 Aceitação do governo (%) 10 0,7 10 0,7 10 0,7 10 0,7 Número de prejudicados (%) 10 2 10 2 10 2 10 2 Média 6,6 8,1 6,85 6,85
  15. 15. Priorização Assim, através dos critérios de avaliação e da seleção, foi possível definir os projetos prioritários de cada categoria: SUSTENTABILIDADE EDUCAÇÃO POLÍTICA CULTURA JUSTIÇA SEGURANÇA Critério Sustentável Lisarb Leitura para Todos Política Transparente Mais Cultura Justiça Justa PolíciaAtiva Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Nota Média Retorno Financeiro (%) 10 1,5 10 1,5 5 0,75 10 1,5 5 0,75 10 1,5 Tempo (anos) 5 0,5 5 0,5 5 0,5 5 0,5 5 0,5 5 0,5 Custo (R$ bilhões) 5 1 5 1 5 1 5 1 5 1 5 1 Risco (%) 5 0,4 5 0,4 5 0,4 10 0,8 10 0,8 5 0,4 Número de beneficiados (%) 10 2 10 2 10 2 10 2 10 2 10 2 Aceitação do governo (%) 5 0,35 5 0,35 5 0,35 5 0,35 5 0,35 10 0,7 Número de prejudicados (%) 10 2 5 1 10 2 5 1 10 2 10 2 Média 7,75 6,75 7 7,15 7,4 8,1
  16. 16. Balanceamento O processo de balanceamento foi adotado para organizar os projetos no portifólio de Lisarb.
  17. 17. Balanceamento  EixoY: custo do projeto em R$ bilhões  Eixo X: categoria  Tamanho da bolha: número de beneficiados pelo projeto (%)  Cor da bolha: prazo para finalização do projeto Verde: finalização em até 1 ano Amarela: finalização no período de 1 a 3 anos Vermelha: finalização em mais de 3 anos  Observação: Conforme o resultado do gráfico, a equipe de gerenciamento do portfólio deve avaliar se devemos ou não concentrar esforços em determinada faixa de critérios ou diversificar. No nosso caso, o resultado do gráfico de bolhas mostrou-se satisfatório com as expectativas dos stakeholders. Assim, neste caso não há necessidade de balancear o gráfico pois o mesmo já está em equilibrio. As seguintes variáveis foram utilizadas para o balanceamento:
  18. 18. Nível de Maturidade A identificação do nível de maturidade foi feita através da aplicação do questionário contendo 40 questões sobre o gerenciamento de projetos em LISARB, e pontuação variando entre 1 e 5. Classificação do nível de maturidade:  Acima de 160 pontos: Nível 5  Entre 121 e 160 pontos: Nível 4  Entre 81 e 120 pontos: Nível 3  Entre 41 e 80 pontos: Nível 2  Entre 10 e 41 pontos: Nível 1
  19. 19. Nível de Maturidade  Pontuação obtida no questionário: 69 pontos  Nível de Maturidade: 2  Este nível de maturidade indica:  Início do reconhecimento da importância do GP;  GP é apoiado por todos os níveis de orçamento;  Há necessidade da criação de processos e metodologias para repetir o sucesso alcançado em outro projetos;  Há necessidade de se efetuar planejamento e controle padronizados.
  20. 20. Benefícios do PMO A implementação de um PMO em LISARB irá melhorar:  a performance dos projetos;  a consolidação dos dados;  a transferência do conhecimento.  do aumento da complexidade e volume do projetos;  da escassez de recursos X pressão;  das expectativas dos stakeholders;  da desconexão dos projetos e a estratégia organizacional;  da falta de critérios para categorizar projetos, aprovar ou modificar prioridades. Auxílio no gerenciamento adequado:  Guardião do histórico dos projetos;  Dar visibilidade do andamento dos projetos;  Antecipar problemas nos projetos, análise de riscos. Outros benefícios:
  21. 21. Nível Hierárquico  Optou-se por começar a implementação do PMO em LISARB pelo nível hierárquico 1;  A decisão pelo nível hierárquico 1 se dá pela facilidade na identificação do problemas, iniciando-se pelo funcionários que tocam os projetos no dia a dia.
  22. 22. Foco  Haverá uma maior concentração de esforços na equipe de gerenciamento de projetos, no que tange a definição das responsabilidades de cada integrante, enfatizando as prioridades, áreas de atuação, e o desenvolvimento das metodologias que deverão ser utilizadas por toda a equipe.A equipe está em processo de formação e amadurecimento, desta forma carece de instrução e orientação.  Por meio de dados estatísticos de projetos que contaram com PMO e obtiveram sucesso, será realizado um forte trabalho de conscientização junto a liderança do governo de LISARB, de modo a mostrar a importância do PMO no sucesso dos projetos, e em prol do governo. Com o intuito de se obter o apoio da alta liderança do governo.
  23. 23. Função  Para iniciar a implementação do PMO em LISARB selecionamos a função: Métodos e Procedimentos (1°Etapa).  Esse método foi escolhido pois temos como principal objetivo neste momento a criação de processos e metodologias bem como uma base para estruturar o PMO.  Com o crescimento do nível de maturidade em LISARB, podemos seguir com as seguintes etapas:
  24. 24. Modelo  O Modelo selecionado para LISARB foi o “Modelo deTorre de Controle” combinado com o “Modelo Estação Meteorológica”.  Esse Modelo foi escolhido pois os principais objetivos são estabelecer padrões de gerência; auditar projetos e promover a melhoria contínua.  Outra razão é porque foi identificada, durante análise do questionário de nível de maturidade, a necessidade de um processo de negócio que deve ser nutrido e protegido.
  25. 25. Profissionais Envolvidos Como funcionários dedicados integralmente na implementação do PMO teremos:  Diretor executivo  Coordenador de Custos  Experts de infra estrutura  Gestor de Midías Sociais  Coordenador de Riscos  Administrador
  26. 26. Etapas de Implementação-  Diagnóstico inicial de LISARB ( nível de maturidade, prioridades pontos estratégicos)  Criar Estrutura do PMO  Definir o escopo inicial  Obter o suporte e o apoio do sponsor.  Identificar os stakeholders  Verificar custos e prazos  Determinar as funções de cada equipe e suas competências
  27. 27. Etapas de Implementação-  Elaborar um plano de comunicação  Treinamentos  Realizar parcerias com os principais fornecedores  Fechar as licitações  Catalogar os projetos  Planejamento dos riscos do projeto em execução  Planejamento dos recursos humanos  Realizar processo de monitoramento e controle ( respostas aos riscos)
  28. 28. Métricas de Sucesso  Indice de popularidade do governo – percepção popular medida, por pesquisas realizadas pelo IBOPE.  Índice de cumprimento de prazos.  Índice de cumprimento de custos  Quantidade de projetos excutados Foram levantadas as seguintes métricas:
  29. 29. Fatores Críticos de Sucesso  Para o sucesso do projeto será necessário o apoio do patrocinador que precisa estar a frente do projeto e fornecer recursos e autoridade.  Comunicação e divulgação para a população aumentando assim a percepção para a sociedade.  Especificação detalhada dos passos e ações para a implantação do projeto  Comunicação com eficiência entre os participantes do projeto  Seriedade na administração pública de contratos

×