I-Social

343 visualizações

Publicada em

Titulo: I-Social
Alunos:Fabiana da Mota Almeida Peroni,Juliana Tibério Checon,Sérgio Iesca Rodrigues,Talita Morales,Vivian Leao Macedo,
Cidade: Paulista
Disciplina: Fundamentos
Turma: GEEP48
Data:03-12-2015
Hora:13:06
Comentarios:
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
343
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
26
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

I-Social

  1. 1. Disciplina: Fundamentos de Gerenciamento de Projetos São Paulo Turma 48 - Paulista
  2. 2. Alto Solimões -Social
  3. 3.  O I-Social é uma organização brasileira com a missão de desenvolver comunidades de maneira sustentável, proteger o meio ambiente, e respeitar a individualidades das culturas locais.  Nossos projetos desenvolvem comunidades extrativistas, pesqueira e de agricultura familiar.  Com sede em São Paulo e escritórios em Belém, estamos presentes em 11 estados brasileiros e contamos com o apoio de mais de 40 empresas parceiras, 5 colaboradores e 12 voluntários. -Social
  4. 4. Juliana Tibério Checon Sponsor Talita Morales Gestora de Projetos Sérgio Iesca Rodrigues Coordenador de EAD Vivian Leão Macedo Assessoria Jurídica Fabiana da M. A. Peroni Coordenadora de Educação -Social
  5. 5.  Programa- Placas Solares  Projeto - Redes Amigas  Projeto - Agricultura Legal  Projeto - Nova Terra  Projeto - Poda Consciente  Projeto- Itanhaém Produtivo  Programa - Poconé Educador  Projeto - Alto Solimões -Social
  6. 6. -Social Alto Solimões Produto Final: Material didático e instrumentos técnicos para capacitação e habilitação da Comunidade Alto Solimões para comercialização legal de matérias-primas vegetais objeto de extração sustentável.
  7. 7.  O projeto contribuirá para o desenvolvimento sustentável e bem-estar da comunidade extrativista Alto Solimões por meio da conscientização, conservação da cultura local e formação técnica, possibilitando autonomia financeira com impacto positivo no âmbito social e ambiental da comunidade.  As ações previstas no projeto visam promover a melhoria na comercialização da matéria prima vegetal com intuito de agregar valor na produção da comunidade, o que pode impactar na condição e qualidade de vida dos moradores, além de possibilitar maior contato com parcerias públicas e privadas.  Por outro lado haverá aumento de exposição da imagem da ONG, o que pode estimular novas parcerias públicas ou privadas, resultando em melhor sustentabilidade financeira da Organização. -Social
  8. 8. Desenvolver mecanismos e instrumentos técnicos para capacitar e habilitar os fornecedores de matéria prima vegetal da comunidade extrativista Alto Solimões para comercialização da produção, visando atingir 95% dos fornecedores no prazo de 12 meses, desde que forneçam ou tenham interesse em fornecer matéria prima para as empresas do setor de cosméticos. -Social S - Spescific M - Measurable A - Attinable R - Realist T - Timely
  9. 9. Comunidade Extrativista  Comunidade Alto Solimões  Comunidade Beira Xingu Empresas  Fabricantes de insumos cosméticos Governo  Prefeitura de Tabatinga (AM)  Prefeitura de Atalaia do Norte (AM)  Governo do estado Pará Fornecedores (Meios e Capacitação)  Fornecedor de Educação a Distância ONG  Sponsor  Coordenador de Projetos  Coordenador de EAD  Coordenador Jurídico  Coordenador de Educação -Social
  10. 10. 1. Garantir a comercialização de matéria prima vegetal com qualidade e preço adequado (custo). 2. Promover o desenvolvimento sustentável e a autonomia financeira da comunidade extrativista Alto Solimões (custo). 3. Projeto de baixo custo e alto impacto social e ambiental (custo e risco). 4. O projeto deve ocorrer no período máximo de 18 meses (tempo). 5. O material didático e demais instrumentos técnicos devem ser apresentados em linguagem simples e prática (risco). 6. Identificar as necessidades da comunidade para atender as empresas (risco). 7. Expectativa de que o projeto possa impactar no IDH da comunidade (risco). -Social
  11. 11. -Social -Social
  12. 12. i-Social Alto Solimões Projeto Diagnóstico Fase 1 Mapeamento Pacote de trabalho Levantamento de Informações Pacote de trabalho Avaliação Pacote de trabalho Relatório com diagnóstico Pacote de trabalho Seleção Fase 2 Definição do escopo do curso Pacote de trabalho Avaliação da viabilidade financeira Pacote de trabalho Seleção dos fornecedores Pacote de trabalho Seleção da equipe interna Pacote de trabalho Realizar Aquisições Pacote de trabalho Desenvolvimento Fase 3 Proposta Pedagógica Pacote de trabalho Infra de Hardware Pacote de trabalho Infra de Software Pacote de trabalho Identidade Visual Pacote de trabalho Conteúdo Pacote de trabalho Implementação Fase 4 Definição dos instrututores Pacote de trabalho Aula piloto - Homologação Pacote de trabalho Realização do treinamento Pacote de trablaho Avaliação do sucesso do Projeto Fase 5 Definir método Pacote de trabalho Aplicar avaliação Pacote de trabalho -Social
  13. 13. i-Social Alto Solimões Projeto Diagnóstico Relatório de diagnóstico Seleção Contratos das aquisições Desenvolvimento Material didático (software e hardware Implementação Certificado de conclusão Avaliação de Impacto do Projeto % de fornecedores habilitados C.A.*: Relatório deverá conter todos os critérios recomendados pelo PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento *C.A.: Critérios de Aceitação C.A.*: Os fornecedores e equipes contratados deverão ter formação técnica adequada C.A.*: Certificado de conclusão entregue aos participantes que apresentarem no mínimo 90% de frequência e 70% de aproveitamento C.A.*: O material didático deverá estar 100% aderente às necessidades identificadas na Fase 1 C.A.*: % de fornecedores habilitados para fornecimento de matéria prima -Social
  14. 14. -Social Diagnóstico Fase 1 Mapeamento Mapa geográfico e social da comunidade a ser atendida Levantamento de Informações Relatório Avaliação Discussão técnica sobre as informações coletadas Relatório Final Relatório C.A.*: Mapa com coordenadas de GPS, contendo informações socioeconômicas da comunidade C.A.*: Conter informações número de pessoas, organização social, infraestrutura e ambientais. C.A.*: Discussão com participação de todo corpo técnico da ONG envolvido C.A.*: Relatório contento todas as informações coletadas e com as discussões realizadas
  15. 15. -Social C.A.*: Estar de acordo com as necessidades apontadas no diagnóstico C.A.*: Ser viável financeiramente C.A.*: Contratos de acordo com o regulamento jurídico interno da ONG C.A.*: Equipe deverá ter as qualificações necessárias às demandas Seleção Fase 2 Escopo do curso Escopo do curso Custo Viabilidade financeira aprovada Seleção dos fornecedores Contratos fornecedores Seleção da equipe interna Equipe interna definida Realizar Aquisições Aquisições realizadas C.A.*: Realizar aquisições de acordo com o regulamento interno da ONG
  16. 16. C.A.*: Proposta pedagógica segundo padrão XXXX C.A.*: Hardware conforme padrão XXXX C.A.*: Software conforme padrão XXXX C.A.*: Identidade visual com os itens: Cor, desenhos, fontes e padrões definidos Desenvolvimento Fase 3 Proposta Pedagógica Proposta pedagógica aceita Infra de Hardware Hardware definido Infra de Software Software definido Identidade Visual Identidade visual aprovada Conteúdo Conteúdo aprovado C.A.*: Conteúdo atendendo as necessidades definidas no diagnóstico
  17. 17. -Social C.A.*: Qualificação técnica e habilidade em oratória C.A.*: Aula objetiva, clara e com alto índice de aproveitamento pelos participantes (>80%) C.A.*: Treinamento realizado no período combinado, em ambiente adequado, com frequência de alunos acima de 95% e aproveitamento acima de 80%. Implementação Fase 4 Definição dos instrutores Instrutores aprovados Aula piloto - Homologação Aula piloto aprovada Realização do treinamento Treinamento realizado
  18. 18. -Social C.A.*: Método deverá ser coerente com treinamento realizado, considerando os objetivos do projeto. C.A.*: Ter nível de aprovação maior que 95% e 50% de fornecedores habilitados para fornecimento de matéria prima . Avaliação de Impacto Projeto Fase 5 Definir método Método aprovado Aplicar avaliação Avaliação realizada
  19. 19. i-Social Alto Solimões Projeto Diagnóstico Fase 1 Mapeamento MAKE Levantamento de Informações MAKE Avaliação MAKE Relatório com diagnóstico MAKE Seleção Fase 2 Definição do escopo do curso MAKE Avaliação da viabilidade financeira MAKE Seleção dos fornecedores MAKE Seleção da equipe interna MAKE Realizar Aquisições MAKE Desenvolvimento Fase 3 Proposta Pedagógica BUY Infra de Hardware BUY Infra de Software BUY Identidade Visual BUY Conteúdo BUY Implementação Fase 4 Definição dos instrututores MAKE Aula piloto - Homologação BUY Realização do treinamento BUY Avaliação do sucesso do Projeto Fase 5 Definir método MAKE Aplicar avaliação MAKE -Social
  20. 20. ID Risco Identificado Qualitativo/ Probabilidade Qualitativo/ Impacto Resposta 01 Prazo – Estourar Cronograma Provável Grande Reavaliar duração das atividades 02 Custo – Estourar Custo Média Grande Reavaliar aquisições 03 Estrutura – Queda de energia Provável Muito Grande Avaliar custo de locação de gerador 04 Estrutura – Falhas de conexão com internet Provável Muito Grande Reavaliar suporte de rede 05 Estrutura – Inscrições ultrapassarem as vagas Média Médio Reavaliar espaço físico ou inclusão de nova turma 06 Baixa adesão da comunidade Baixa Muito grande Reavaliar plano de marketing na comunidade 07 Baixa adesão das empresas Baixa Muito grande Reavaliar plano de marketing na comunidade 08 Não localizar mão de obra especializada em determinada áreas de conhecimento de necessidade da comunidade Baixa Grande Contratar empresa especializada para suporte 09 Aderência e compreensão do conteúdo do treinamento Média Grande Proporcionar reciclagem periódica de treinamentos sobre o mesmo tema 10 Perda da base de treinamento online Baixa Grande Criar backups na nuvem para preservar o acervo online dos materiais de treinamento
  21. 21. -Social
  22. 22. -Social
  23. 23. -Social
  24. 24. -Social

×