Implementação de um PMO em Lisarb

194 visualizações

Publicada em

Titulo: Implementação de um PMO em Lisarb
Alunos:Aristoteles Clington Fonseca de Almeida,Jorge Manuel,Josefa Mateus,
Cidade: BBS
Disciplina: PMO
Turma: Turma V
Data:10-07-2015
Hora:15:51
Comentarios:
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
194
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Implementação de um PMO em Lisarb

  1. 1. Implementação de um PMO Gestao de Conhecimento e Project Office Professor Marco Coghi Aristóteles Almeida Jorge Manuel Josefa Mateus Implementação de um PMO
  2. 2. Implementação de um PMO Apresentação A AJ&J Consultoria, actua no mercado Angolano a 10 anos, com um capital social na ordem de Kz2,000,000.00, conta com 3 sócios. A empresa possui uma vasta experiencia na área de criação e gestão de Portfolio, analise e gestão de projectos bem como formação on job e a particulares. Ao candidatar-se para este projecto a AJ&J não só aceita o desafio acreditando no enriquecimento do seu currículo, mas também porque acredita numa LISARB mais justa e abrangente para os seus habitantes. Acreditamos que com a nossa experiencia teremos condições de conduzir sob vossa orientação a melhor estratégia para responder as necessidades de LISARB.
  3. 3. Implementação de um PMO  Nível de Maturidade – Com um total de 69 pontos na pesquisa de maturidade aplicada pela nossa empresa referente a gerenciamento de portfolio/projectos, LISARB ficou colocada no nível 2.  Levando em consideração este baixo nível de maturidade em LISARB adoptamos um PMO função Integração com o negocio.  Assim sendo, propomos os seguinte: MATURIDADE
  4. 4. Implementação de um PMO Empresa Hierarquia Função Modelos Métricas de sucessos (indicadores) AJ&J Consultoria H 3 - “ESTRATÉGICO” Visando a organização como um todo. È nosso objectivo ajudar a criar um plano macro aonde as questões gerais e comum a varias áreas estejam contempladas, antes de traçar objectivos estratégicos específicos para cada área de actuação. Integração com o negocio Visa as politicas, o gerenciamento do portfolio interfaces funcionas entre outros, que permitem um boa gerência de conflitos, facilita a tomada de decisões, permite ter-se uma visão comum dos projectos, influencia a probabilidade de atingir objectivos corporativos. Torre de controlo – A AJ&J escolheu iniciar a partir de uma visão macro de LISARB atraves do establecimento de padroes de gerenciamento de projectos, guia de como seguir estes padroes e reforçar os padroes definidos e pomover melhoria continua dos mesmos. Elaborar spreadsheets para ajudar a medir o nível de aderência as normas e procedimento s de gerenciament o de projectos. Divulgação/pa rtilha de informação e revisao sistematica dos processos.
  5. 5. Implementação de um PMO EAP – Implementação de um PMO Imp. PMO Ger. Projectos Admin. escopo mudança Definição de modelos Definição de conteudo Planej de Projecto/cronograma Recursos tecnicos Preparação de contratos Ferramentas Gerenciamento Projectos Serviços Admin E Financeiros Audittoria de Projectos Politicas Metodologia Recursos Humanos Gabinete Juridico Objectivos Recursos Tecnologicos Normas e procedimentos Admin Nrmas e Procedimentos Recursos Materiais Normas e Procedimentos Financeiros Criterios de Avaliação Normas e Procedimentos Sistemas de comunicação Tecnologias de informação Metodos e Procedimentos
  6. 6. Implementação de um PMO OBJETIVOS DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO:  ALIANÇA POR UM LISARB MAIS JUSTO;  POLÍTICA CIDADÃ BASEADA EM PRINCÍPIOS E VALORES;  EDUCAÇÃO PARA A SOCIEDADE DO CONHECIMENTO;  ECONOMIA PARA UMA SOCIEDADE SUSTENTÁVEL;  PROTEÇÃO SOCIAL;  QUALIDADE DE VIDA E SEGURANÇA PARA TODOS OS LISARBEANOS;  CULTURA E FORTALECIMENTO DA DIVERSIDADE;  POLÍTICA EXTERNA PARA O SÉCULO 21;  COMBATE A CORRUPÇÃO.
  7. 7. Implementação de um PMO CATEGORIZAÇÃO:  Para a efectivação da estratégia proposta os projectos foram distribuídos da seguinte forma:  Pirâmide  Welwítchia  Alice  Batman  Apollo  Tribunal de Contas  Abaixo, a justificativa para cada projecto e seu enquadramento nos objectivos estratégicos de LISARB.
  8. 8. Implementação de um PMO IMPLEMENTAÇÂO:  FASE I - INICIAÇÂO Reunir stakeholders/Sponsor Determinar as funções de cada membro da equipa Definir as estratégias a curto e longo prazo Determinar as atribuições dos membros da equipa  FASE II – CURTO PRAZO Elaboração de novos modelos para gerenciamento De portfolio/projectos Identificação e implementação de novas tecnologias e processos de informação  FASE III – LONGO PRAZO Gerenciamento do portfolio Desenvolvimento continuo dos processos Implementação das ferramentas ora desenvolvidas  FASE IV - METAS Melhoria continua das estratégias de LISARB
  9. 9. Implementação de um PMO Implementação – projectos propostos Projecto Área Descrição Justificativa Pirâmides Informação O projecto visa possibilitar aos cidadãos a partilha de informação e de conhecimento em geral Objectivo Estratégico 3 Welwitchia Agropecuária e Industria Apoiar o produção agrícola e a industria transformadora Objectivo Estratégico 4 Alice Educação e Cultura Permitir acesso das populações a educação de qualidade e incentivo a cultura visando o conhecimento de suas raízes históricas. Objectivo Estratégico 3 Batman Social Projecto para traçar políticas de promoção da paz, reconciliação nacional e melhoramento das condições de vida do cidadão. Objectivo Estratégico 6 Apollo Social – Construção civil Modernizar as infra-estruturas de LISARB Objectivo Estratégico 6 Tribunal de contas Democracia e boa governação Promover a prestação de contas das instituições publico-Privadas. Promover a transparência no uso de recursos públicos Objectivo Estratégico 3
  10. 10. Implementação de um PMO CRITÉRIO DE SELEÇÃO DOS PROJETOS: Os critérios de selecção usados para a selecção dos projectos foram (e respectivas notas): Criter ios Peso % Nota Media N M N M N M N M N M N M Sust enta bilida de 30 5 150 5 150 10 300 10 300 5 150 5 150 10 300 Imp Amb 15 5 75 5 75 0 0 0 0 0 0 5 75 10 150 Abra ngen cia 15 5 75 10 150 10 150 10 150 10 150 10 150 5 75 Com plexi dade 10 10 100 5 50 5 50 10 100 10 100 10 100 10 100 Orça ment o 30 10 300 10 300 10 300 5 150 5 150 10 300 10 300 700 805 800 700 550 775 925
  11. 11. Implementação de um PMOImplementação de um PMO Projectos propostos (gráfico) Projetos propostos Piramide Ngola Yami Welwitchia Agropecuaria e Industria Alice Batman Social Moradia Para Todos Apollo Tribunal Democracia e B Governaçao
  12. 12. Implementação de um PMOImplementação de um PMO PRÉ AVALIAÇÃO DOS PROJETOS: Projetos Priorizados 1-Pirâmide 2-Weliwítschia 3-Alice 4-Batman 5-Apollo 6-Tribunal de Contas
  13. 13. Implementação de um PMOImplementação de um PMO Critério Nota Abrangência dos resultados Geração de empregos Investimento (Orçamento) do projeto PRAZO para disponibilidade de serviço/produto Operacionalidade simples 5 Pequena (até 5% da população) < setencentos empregos > 500 mil de USD > 1 ano Baixa Execuçao e facil aprendizado da tecnica. 5 Pequena (de 5% a 20% da população) entre 2 mil empregos entre 700 mil e 1 milhão de USD entre 1 a 2 anos Baixa execuçao, dependendo de ações políticas no governo de LISARB, 5 Pequena (de 20% a 40% da população) entre 2 mil e 3 mil empregos entre 750 mil e 2 milhoes de USD entre 2 a 4 anos Facil execuçao associada a tecnologia de ponta. 10 Grande (de 40% a 70% da população) entre 4 mil e 6 mil empregos entre 700 mil e 900 mil USD entre 6 meses a 1 anos Boa facilidade, dependendo, entretanto, de tecnologia externa, mas de relativa disponibilidade no mercado 10 Grande (até 80% da população) > 6 mil empregos < 600 mil USD < 6 meses Preço um pouco acima da media, mas com bom nivel de abrangencia e com total domínio da tecnologia de ponta requerida. Pontuação
  14. 14. Implementação de um PMOImplementação de um PMO Pré avaliação dos projectos: os projectos foram analisados previamente para a redução da sua quantidade e redundância. Alem do critério orçamento, o outro que mais nos chama atenção é o da abrangência do projecto, sendo que foram eliminados projectos com nível de abrangência inferior a 15%. Priorização de alternativas
  15. 15. Implementação de um PMO PROCESSO DE BALANCEAMENTO DO PORTFOLIO: O processo de balanceamento dos projectos foi feito como base no gráfico de bolhas como se segue OE1 OE2 OE3 OE4 OE5 OE6 OE7 OE8 OE9 Informação Industria EducaçãoSocial Executivo 1º 2º 6º 3º 5º 7º 4º
  16. 16. Implementação de um PMO Balanceamento - Continuação  Legenda:  Tamanho da Bolha  pequena – Orçamento Baixo  Media – Orçamento Médio  Grande – Orçamento avultado  Cores da Bolha (tempo de projecto)  Azul – Pouca Duração  Vermelha – Media Duração  Amarela – Longa Duração
  17. 17. Implementação de um PMO Analise de Balanceamento Conclusão:  Projetos priorizados mal distribuídos em relação a categoria;  Projeto mal distribuído em relação ao custo Causas:  Critérios Estabelecidos bastante rígidos.  Reduzido número de projetos propostos. Recomendações:  Mudar o critério de pré-seleção.  Incluir mais projeto que foram previamente desqualificados.  Incluir no portfólio mais projetos para analise. Implementação de um PMO

×