Project Office e Nível deMaturidadeTURMA GEEPT10 – SÃO PAULOBERRINI
A empresa tem como objetivo, auxiliar empresas a planejar,gerenciar e elaborar projetos de qualquer área de atuação.A empr...
INTEGRANTES DO GRUPOParticipantes:Ana Paula RochaEliana da Silva PinheiroJefferson Agiani VicenteVitor SiqueiraVladas Laza...
Implementar um PMO para gerenciar oportifólio para o País de Lisarb conformeobjetivos abaixo:•Aliança por um Lisarb mais j...
Informatização Processual, processo sem fronteira, revisãolegislativa, CSL – Constituição Social Liberiana, Mobilidade éco...
Devido a necessidade de estruturar o País achamos prudente a criação deministérios cujo os projetos devem atender as neces...
CRITÉRIOS E SELEÇÃO DOS PROJETOSOs critérios foram devidos com base na premissa de implentaçõesrápidas do País do Lisarb.F...
PRIORIZAÇÃOLista de Projetos Priorizados1. Vigilância Liberiana Nacional2. Liber Minas de Energia3. Constituição Social Li...
Gráfico de BolhasBALANCEAMENTO-505101520253035-1 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9Constituição Social LiberianaVigilância Liberiana Naci...
BALANCEAMENTONo inicio eliminamos alguns projetos através dos maiores e menores pesosestabelecido nos critérios.A diretori...
MATURIDADE E PMO DO LISARBNível de MaturidadeFoi identificado que o Lisarb encontra-se no nível 2, após o checklistaplicad...
PROJETO LISARBNível Hierárquico do PMO em LisarbSugerimos ao presidente de Lisarb a implementação do nível 2, ou sejaonde ...
ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃOFase I – Viabilidade do ProjetoÉ definido a viabilidade do projeto e seu alinhamento com a estratég...
ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃOFase II – Planejamento• Identificação dos StakeHolders• Listagens dos processos• Elaboração de proc...
MÉTRICAS• Quantidade de projetos atuais no PMO no mês• Quantidade de projetos iniciados/concluidos no mês• Número de probl...
FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO• Para garantir o sucesso da implementação do PMO em Lisarb éfundamental o apoio do presidente ...
FIM
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Implantacao do PMO em Lisarb

374 visualizações

Publicada em

Titulo: Implantacao do PMO em Lisarb
Alunos:Jefferson Agiani Vicente,Ana Paula Rocha,Eliana da Silva Pinheiro,Vladas,Vitor da Cruz Caminha de Siqueira,
Cidade: Berrini
Disciplina: PMO
Turma: GEEP 10
Data:09-06-2013
Hora:16:33
Comentarios:
Publico até ápos a correção

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Comentários
    Introdução: ok;
    Objetivo do trabalho: ok;
    Identificação: ok;
    Categorização: ok;
    Avaliação: ok;
    Seleção: sugere-se identificar claramente a pontuação dos projetos;
    Priorização: ok;
    Balanceamento: sugere-se observar mais atentamente as variáveis do gráfico de bolhas. Cada bolha deve representar um único projeto;
    Rebalanceamento: ok;
    Nível de maturidade: ok;
    Benefícios do PMO: ok;
    Nível hierárquico: não ficou exatamente claro o nível hierárquico do PMO;
    Função do PMO: ok;
    Modelo de PMO: ok;
    Etapas de implementação: ok;
    Métricas: ok;
    Fatores críticos de sucesso: ok;
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
374
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
128
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Implantacao do PMO em Lisarb

  1. 1. Project Office e Nível deMaturidadeTURMA GEEPT10 – SÃO PAULOBERRINI
  2. 2. A empresa tem como objetivo, auxiliar empresas a planejar,gerenciar e elaborar projetos de qualquer área de atuação.A empresa é conhecida por ter consultores em diversas áreas deatuação, desta forma atendendo sempre a necessidade docliente.Temos também especialistas em gestão de portfólio de projeto,onde o cliente será sempre informado do andamento do projetode acordo com os marcos, sem precisar se preocupar com oplanejamento, execução e controle do projeto.
  3. 3. INTEGRANTES DO GRUPOParticipantes:Ana Paula RochaEliana da Silva PinheiroJefferson Agiani VicenteVitor SiqueiraVladas Lazarevicius NetoHeitor Francisco G. CandisoRepresentante do Grupo: Jefferson Agiani VicenteE-mail: jeffersonagiani@hotmail.com – Tel.: 98272-8971
  4. 4. Implementar um PMO para gerenciar oportifólio para o País de Lisarb conformeobjetivos abaixo:•Aliança por um Lisarb mais justo;•Política cidadã baseada em princípios e valores;•Educação para a sociedade do conhecimento;•Economia para a sociedade do conhecimento;•Economia para uma sociedade sustentável;•Proteção social;•Qualidade de vida a segurança para todos os Lisarbeanos;•Cultura e fortalecimento da diversidade;•Política externa para o século 21;•Combate a corrupção.OBJETIVO
  5. 5. Informatização Processual, processo sem fronteira, revisãolegislativa, CSL – Constituição Social Liberiana, Mobilidade éconforto, Incentivo cultural, Abertura cultural, Educação areciclagem, Musica para todos, dia do livro, ULC – UniversidadeLisarbiana cibernética, escola show de bola, futuro preservado,ILGE – Instituto Lisardiano geográfico estatistico, Liber minasenergia, Reciclagem de produtos de T.I., Carro eletrico, ProjectLibert, Lixo só no lixo de casa, Atende em casa, Saúde já, VLN -Vigilância Liberiana Nacional, Segurança é Educação, Apavora Gerale DPIL – Departamento Política Internacional Liberiana.Resultado do Braintorming:IDENTIFICAÇÃO DOS PROJETOS
  6. 6. Devido a necessidade de estruturar o País achamos prudente a criação deministérios cujo os projetos devem atender as necessidades conforme ascategorias definidas, onde cada Gerente será responsável por sua área• Ministério da Justiça:– Informatização Processual, processo sem fronteira, revisão legislativa, CSL –Constituição Social Liberiana• Ministério do Transporte:– Mobilidade é conforto• Ministério da Educação e Cultura:– Incentivo cultural, Abertura cultural, Educação a reciclagem, Musica para todos, dia dolivro, ULC – Universidade Lisariana cibernética, escola show de bola, futuro preservado,ILGE – Instituto Lisariano geográfico estatístico; Cultural Sustentável• Ministério de Minas e Energia:– Liber minas energia• Ministério do Meio Ambiente e Sustentabilidade:– Reciclagem de produtos de T.I., Carro elétrico, Project Libert, Lixo só no lixo de casa;• Ministério da Saúde:– Atende em casa, Saúde já;• Ministério da Segurança:– VLN - Vigilância Liberiana Nacional, Segurança é Educação e Apavora Geral;• Ministério das Relações Exteriores e Interiores:– DPIL – Departamento Política Internacional Liberiana.PROJETOS POR CATEGORIA
  7. 7. CRITÉRIOS E SELEÇÃO DOS PROJETOSOs critérios foram devidos com base na premissa de implentaçõesrápidas do País do Lisarb.Foram listados e classificados os seguintes projetos:ConstituiçãoSocial Liberiana -AvaliaçãoConstituiçãoSocialLiberiana -TotalVigilânciaLiberianaNacional-AvaliaçãoVigilânciaLiberianaNacional - TotalIncentivoCultural -AvaliaçãoIncentivoCultural -TotalLiber Minasde Energia -AvaliaçãoLiber Minasde Energia -TotalDPIL –DepartamentoPolíticaInternacionalDPIL –DepartamentoPolíticaInternacional3 Tempo 30 90 24 72 9 27 15 45 9 274 Custo 20 80 28 112 16 64 28 112 20 802 Risco 16 32 8 16 2 4 16 32 4 83 Market Share 6 18 21 63 6 18 15 45 15 452 VPL 10 20 12 24 4 8 18 36 8 161 Complexidade 7 7 5 5 3 3 5 5 1 11 Recursos 4 4 7 7 4 4 5 5 1 1PROJETOSCritérioPeso
  8. 8. PRIORIZAÇÃOLista de Projetos Priorizados1. Vigilância Liberiana Nacional2. Liber Minas de Energia3. Constituição Social Liberiana4. DPIL – Departamento Política Internacional Liberiana5. Incentivo CulturalConstituiçãoSocial Liberiana -AvaliaçãoConstituiçãoSocialLiberiana -TotalVigilânciaLiberianaNacional-AvaliaçãoVigilânciaLiberianaNacional - TotalIncentivoCultural -AvaliaçãoIncentivoCultural -TotalLiber Minasde Energia -AvaliaçãoLiber Minasde Energia -TotalDPIL –DepartamentoPolíticaInternacionalDPIL –DepartamentoPolíticaInternacional3 Tempo 30 90 24 72 9 27 15 45 9 274 Custo 20 80 28 112 16 64 28 112 20 802 Risco 16 32 8 16 2 4 16 32 4 83 Market Share 6 18 21 63 6 18 15 45 15 452 VPL 10 20 12 24 4 8 18 36 8 161 Complexidade 7 7 5 5 3 3 5 5 1 11 Recursos 4 4 7 7 4 4 5 5 1 1Ranking 251 299 128 280 178PROJETOSCritérioPeso
  9. 9. Gráfico de BolhasBALANCEAMENTO-505101520253035-1 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9Constituição Social LiberianaVigilância Liberiana NacionalIncentivo CulturalLiber Minas de EnergiaDPIL – Departamento Política Internacional LiberianaTempo Custo Risco MarketShareVPL RecursosComplexidadePesoO tamanho da bolha éreferente ao orçamento doprojeto
  10. 10. BALANCEAMENTONo inicio eliminamos alguns projetos através dos maiores e menores pesosestabelecido nos critérios.A diretoria da CMP decidiu manter o balanceamento apresentado, pois foicompatível aos itens definidos os critérios.A maioria dos projetos estão a esquerda com o custo maior porém éessencial para atingir os objetivos e a estratégia definida pelo presidenteda Lisarb
  11. 11. MATURIDADE E PMO DO LISARBNível de MaturidadeFoi identificado que o Lisarb encontra-se no nível 2, após o checklistaplicado na pesquisa de maturidade, ou seja, onde os processos sãocomuns e reconhecem a necessidade de processos e metodologiasBenefícios para implementação do PMO em Lisarb• Maior visibilidade e previsibilidade dos projetos• Alinhamento dos projetos e gerenciamento do protifófio garantindo aalinhamento com a estratégia definida pelo Lisarb• Oferecer ferramentas e treinamentos de gestão de projetos• Identificar e implementar ações corretivas• Rastrear e gerar informações dos progressos dos projetos
  12. 12. PROJETO LISARBNível Hierárquico do PMO em LisarbSugerimos ao presidente de Lisarb a implementação do nível 2, ou sejaonde o PMO deve reportar diretamente ao presidente pelo fato estar nonivel 2 na maturidadeFunção AdotadaApós a implementação do PMO no 2º nível a função adotada é a deintegração com o negócio, uma vez que primeiramente deve ser devida aspolíticas, gerência de portifólio e gerência de clientesModelo AdotadoSerá adotado o modelo de estação metereológica e torre de controle umavez que o PMO irá reportar os projetos diretamente ao presitente do Lisarbe será o centralizador das informações e responsável de implementarprocessos, padrões e auditoria a serem seguidos.
  13. 13. ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃOFase I – Viabilidade do ProjetoÉ definido a viabilidade do projeto e seu alinhamento com a estratégia daempresa
  14. 14. ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃOFase II – Planejamento• Identificação dos StakeHolders• Listagens dos processos• Elaboração de processos e padrõesFase III – Implementação• Listagem dos processos atuais• Adequação e implementação dos processos aprovados• Implementar projeto piloto• Implementação para os demais projetosFase VI – Melhoria Continua• Manter e melhorar os processos existentes
  15. 15. MÉTRICAS• Quantidade de projetos atuais no PMO no mês• Quantidade de projetos iniciados/concluidos no mês• Número de problemas antes e depois da implantação do PMO• Indice de projetos entregues no prazo• Indice de projetos finalizados acima do custo previsto• Quantidade de não aderencias encontradas na inspeção de qualidaderealizada• Quantidade de riscos encontrados
  16. 16. FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO• Para garantir o sucesso da implementação do PMO em Lisarb éfundamental o apoio do presidente e a aprovação do fluxo do processo oqual está descrito o fluxo de implementação.• Alinhamento do portifólio com a estratégia da empresa• Alimentar e utilizar a base de conhecimento das lições aprendidas• Ter recursos disponíveis para a implementação do PMO
  17. 17. FIM

×