PROPOSTA DE SERVIÇOS
LISARB
STUDENTS PARTNERS
SEU OBJETIVO É O NOSSO NEGÓCIO
Quem Somos
• Empresa de Consultoria em Gestão de
Projetos
• Fundada em 2014.
• Capital 100% Nacional.
• Sede em São Paulo ...
Nossa Visão
“Oferecer aos nossos clientes
soluções que suportem as suas
estratégias de negócio através das
melhores prátic...
Nossos Valores
LISARB
ÉTICA
FOCO EM
RESULTADOS
QUALIDADE
TOTAL
FOCO DE
CLIENTE
IMPLANTAÇÃO DE
PMO EM LISARB
STUDENTS PARTNERS
SEU OBJETIVO É O NOSSO NEGÓCIO
• Pesquisa de Maturidade
• PMO - Benefícios
• PMO - Organograma Proposto
• PMO – Funções
• PMO – Arquitetura de funcioname...
Pesquisa de Maturidade
• Critério de pontuação adotada pelos administradores da
LISARB
• 40 perguntas sobre os aspectos do...
Nível de Maturidade
Base PMBOK + CMMI
CONHECIMENTO
BÁSICO
PROCESSOS
COMUNS
METODOLOGIA
SINGULAR
BENCHMARKING
MELHORIA
CONT...
Resultado Pesquisa LISARB
Project Management Maturity Model
NÍVEL 2  PROCESSOS COMUNS
 Início do reconhecimento dos bene...
PMO - Benefícios
• Alcançar os Objetivos do Negócio com maior assertividade
(OTIFOC – On-timing, In-full and On-costs)
• D...
PMO - Organograma Proposto
CEO
FINANÇAS
&
TI
R&D PRODUÇÃO LOGÍSTICA
COMERCIAL
& MKT
PMO
ESTRATÉGICO
“DEVIDO AS NECESSIDADE...
PMO - Funções
GERÊNCIA TÉCNICA
• Coaching
• Auditoria
• Suporte
• Biblioteca e Arquivos
• Competência Técnica
INTEGRAÇÃO C...
PMO – Funções
Justificativa para implantação
 PROPOMOS DUAS CLUSTERS DE FUNÇÕES PARA O PMO DA
LISARB EM FUNÇÃO DO NÍVEL D...
PMO – Arquitetura de Funcionamento
TORRE DE
CONTROLE
ESTAÇÃO
ESTAÇÃO
PROJETOS
PMO – Arquitetura de Funcionamento
Justificativa para implantação
 NO CASO DAS ESTAÇÕES METEOROLÓGICAS, A JUSTIFICATIVA
É...
PMO – Scorecard – Ciclo Inicial
1. Número de Projetos Iniciados e Concluídos
2. Número de falhas nos Projetos (antes e dep...
PMO – Fatores Críticos de Sucesso
 Sponsor com conhecimentos adequados e
abrangentes sobre PMO
 Sponsor com autoridade n...
PMO – Fases da Implantação
FASE ATIVIDADE
1 Definir Sponsor e aprovar Proposta
2 Preparar Plano de Comunicação
3 Aprovar B...
STUDENTS PARTNERS
SEU OBJETIVO É O NOSSO NEGÓCIO
GESTÃO DE
PORTFÓLIO
(LISARB)
MACRO AMBIENTE
MICRO AMBIENTE
AMBIENTE
ORGANIZACIONAL
ESTRATÉGIA
COMPETITIVA
INICIATIVAS
ESTRATÉGICAS
INICIATIVAS
FUNCIONA...
Objetivos Estratégicos
LISARB
ALIANÇA POR UM
LISARB MAIS JUSTO
POLÍTICA CIDADÃ BASEADA
EM PRINCÍPIOS E VALORES
EDUCAÇÃO PA...
• Identificação de Projetos
• Categorização de Projetos
• Avaliação de Projetos
• Seleção de Projetos
• Priorização
• Bala...
O QUE É NECESSÁRIO
PARA ALCANÇAR OS
OBJETIVOS
ESTRATÉGICOS?
O QUE NÓS JÁ TEMOS?
O QUE TEMOS QUE
FAZER?
COMO FAREMOS E
PARA...
PARA RESPONDER AS QUESTÕES ANTERIORES E
IDENTIFICAR OS PROJETOS NECESSÁRIOS PARA
ATENDER OS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS, UTILIZ...
Categorização de Projetos
Melhoria da
Educação e da
Cultura
Crescimento
Econômico e
Sustentável
Requerimentos
de Política
...
 Justiça 10: O Objetivo deste projeto é implementar as ações necessárias
que possibilitem que 100% de todos os processos ...
 Prisões do BEM: O Objetivo deste projeto é terceirizar todo o sistema
carcerário, com metas e padrões para serem cumprid...
 LISARB Popular: Projeto para criação de ouvidoria popular, com o
objetivo de reunir opiniões das entidades de classe, de...
 Integra LISARB: Projeto visa a criação de Grupo Político responsável
pelo acompanhamento e controle das relações interna...
 A Volta dos Contos: Projeto implantado em todas as escolas, com o objetivo de
estimular a criatividade, imaginação e o l...
 Professor do Ano: Projeto implantado em todas as escolas com o
objetivo de estimular os professores. No fim de cada ano ...
 Carro só para passear: Projeto visa desenvolver um programa de incentivo
aos cidadãos trabalhadores que optarem por deix...
 Nazaré: Este projeto tem como objetivo maior, proporcionar aos idosos das Casas de
Apoio, manhãs educativas e recreativa...
 Doe vida!: Projeto que cria uma campanha com o objetivo de
aumentar o número de doadores de sangue na população e aument...
 Prêmio LISARB Sustentável: O Objetivo deste projeto é premiar as
empresas que investirem em tecnologias limpas e consegu...
Categorização X Projetos Identificados
Quadro Resumo
CATEGORIA OBJETIVOS ESTRATÉGICOS Nº DE
PROJETOS
Melhoria da eficiênci...
 NA MAIORIA DAS ORGANIZAÇÕES EXISTEM MAIS PROJETOS QUE A
SUA CAPACIDADE EM EXECUTÁ-LOS E IMPLEMENTÁ-LOS (FALTA DE
RECURSO...
Nº LISTA DE CRITÉRIOS – ESTRATÉGICOS PESO NOTA TOTAL
1 MELHORIA DA IMAGEM DO GOVERNO 20
2 CRESCIMENTO ECONÔMICO 10
3 IDH 1...
Nº PESO NOTA
P1
TOTAL
P1
NOTA
P2
TOTAL
P2
NOTA
P3
TOTAL
P3
NOTA
P4
TOTAL
P4
1 20 8 160 10 200 5 100 10 200
2 10 2 20 5 50 ...
Priorização de Projetos - I
Prioridade NOME DO PROJETO SCORE TOTAL
1 REFORMA FISCAL 640
2 LEI DO CORRUPTO 590
3 LINHAS DE ...
Priorização de Projetos - II
Prioridade NOME DO PROJETO SCORE TOTAL
25 PROGRAMA LEGAL 355
26 ESCOLAS DE TEATRO 350
27 WORL...
 PARA ESTE PRIMEIRO CICLO, UTILIZAMOS O SCORE MODEL,
BASEADO EM CRITÉRIOS ESTRATÉGICOS, PARA GARANTIR QUE O
OS OBJETIVOS ...
Priorização de Projetos - Resultado
PROJETOS
CICLO II CICLO I
22 PROJETOS
18 PROJETOS – PRIORITÁRIOS
Balanceamento de Portfólio
Categorias
Obj. Estrat.
Melhoria
Educação e
Cultura
Requerimentos
de Política
Interna e
Externa...
 NESTE PRIMEIRO CICLO, FORAM SELECIONADOS 18 PROJETOS,
SEGUNDO OS CRITÉRIOS ESTRATÉGICOS E TAMBÉM, PELA
NECESSIDADE DE AT...
 Alyson Rodrigues
 Felipe Cury
 Fernando Kreidoro
 Maria Giselle Cabrerizo
 Ronaldi Carassini
FGV - GESTÃO DE PROJETO...
OBRIGADO!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

GPT39-PMO-Proposta de Serviços

432 visualizações

Publicada em

Titulo: GPT39-PMO-Proposta de Serviços
Alunos:Alyson rodrigues de carvalho,Felipe,Fernando Kreidloro Camargo,Maria Giselle Cabrerizo,Ronaldi Carassini,
Cidade: Paulista
Disciplina: PMO
Turma: GEEP39
Data:16-12-2014
Hora:16:17
Comentarios:
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
432
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
32
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

GPT39-PMO-Proposta de Serviços

  1. 1. PROPOSTA DE SERVIÇOS LISARB STUDENTS PARTNERS SEU OBJETIVO É O NOSSO NEGÓCIO
  2. 2. Quem Somos • Empresa de Consultoria em Gestão de Projetos • Fundada em 2014. • Capital 100% Nacional. • Sede em São Paulo - Tatuapé. • Escritório no Rio de Janeiro. • 20 Colaboradores. • Mais de 10 Clientes Ativos • Consultores PMP – certificados
  3. 3. Nossa Visão “Oferecer aos nossos clientes soluções que suportem as suas estratégias de negócio através das melhores práticas de Gestão de Projetos”
  4. 4. Nossos Valores LISARB ÉTICA FOCO EM RESULTADOS QUALIDADE TOTAL FOCO DE CLIENTE
  5. 5. IMPLANTAÇÃO DE PMO EM LISARB STUDENTS PARTNERS SEU OBJETIVO É O NOSSO NEGÓCIO
  6. 6. • Pesquisa de Maturidade • PMO - Benefícios • PMO - Organograma Proposto • PMO – Funções • PMO – Arquitetura de funcionamento • PMO - Scorecard • PMO – Fatores Críticos de Sucesso • PMO – Fases da Implantação Processo de Definiçao - PMO
  7. 7. Pesquisa de Maturidade • Critério de pontuação adotada pelos administradores da LISARB • 40 perguntas sobre os aspectos do Gerenciamento de Projetos na LISARB • Critério de Pontuação adotado: • 0  Questão sem marcação(Não aplicável) • 1  Quase Nunca(aplicável para até 10%) • 2  às vezes(aplicável p/ >10% - <50%) • 3  Aplicável para 50% dos Projetos • 4  A Maioria (Aplicável p/ >50% - <80%) • 5  Quase sempre (aplicável p/ >80% - 100%)
  8. 8. Nível de Maturidade Base PMBOK + CMMI CONHECIMENTO BÁSICO PROCESSOS COMUNS METODOLOGIA SINGULAR BENCHMARKING MELHORIA CONTÍNUA PROCESSOS APRIMORADOS PROCESSOS CONTROLADOS CONHECIMENTO BÁSICO PROCESSOS DEFINIDOS FONTE: Adaptado de Kerzner, 2001
  9. 9. Resultado Pesquisa LISARB Project Management Maturity Model NÍVEL 2  PROCESSOS COMUNS  Início do reconhecimento dos benefícios tangíveis do GP  GP apoiado por todos os níveis de orçamento  Gerenciamento de escopo, prazos e custos  Grade de conhecimentos em GP “A EMPRESA COMEÇA A PERCEBER OS BENEFÍCIOS DOS PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E TEM VONTADE DE REPETIR O SUCESSO DE OUTROS PROJETOS” CARACTERÍSTICAS
  10. 10. PMO - Benefícios • Alcançar os Objetivos do Negócio com maior assertividade (OTIFOC – On-timing, In-full and On-costs) • Disseminar as melhores práticas de Gerenciamento de Projetos na Organização • Obter informações padronizados e confiáveis sobre os projetos, facilitando a tomada de decisão • Auditar a execução dos projetos para garantir os objetivos da Organização • Maior balanceamento dos recursos disponíveis • Maior qualidade na Gestão de Projetos • Suportar as equipes de projetos durante a vida útil dos projetos e também em programas de treinamento, visando uma melhor performance das equipes • Vantagem Competitiva • Redução de problemas e de retrabalho, reduzindo custos e otimizando recursos
  11. 11. PMO - Organograma Proposto CEO FINANÇAS & TI R&D PRODUÇÃO LOGÍSTICA COMERCIAL & MKT PMO ESTRATÉGICO “DEVIDO AS NECESSIDADES IDENTIFICADAS NA ANÁLISE EFETUADA NA PESQUISA DE MATURIDADE, RESPONDIDA PELOS ADMINISTRADORES DA LISARB, ACREDITAMOS QUE AS NECESSIDADES DA LISARB SÃO BASTANTE DESAFIADORAS E PORTANTO, PROPOMOS UM PMO ESTRATÉGICO – NÍVEL 3, PARA DAR O PESO ADEQUADO NA ORGANIZAÇÃO E DESTA FORMA, FORTALECER SUA IMPORTÂNCIA, DERRUBAR BARREIRAS E QUEBRAR RESISTÊNCIAS, ALCANÇANDO OS BENEFÍCIOS AQUI IDENTIFICADOS DE FORMA COMPLETA PARA A ORGANIZAÇÃO”.
  12. 12. PMO - Funções GERÊNCIA TÉCNICA • Coaching • Auditoria • Suporte • Biblioteca e Arquivos • Competência Técnica INTEGRAÇÃO COM O NEGÓCIO • Políticas • Gerência de Portfólio • Interfaces Funcionais • Gerência de Clientes • Melhoria Contínua
  13. 13. PMO – Funções Justificativa para implantação  PROPOMOS DUAS CLUSTERS DE FUNÇÕES PARA O PMO DA LISARB EM FUNÇÃO DO NÍVEL DO PMO (PMO ESTRATÉGICO – NÍVEL 3), O QUAL PERMITE TRABALHAR COM DIFERENTES PAPÉIS E RESPONSABILIDADES, COM ATRIBUIÇÕES MAIS COMPLEXAS, BEM COMO TAMBÉM, PARA DAR MAIS VELOCIDADE À IMPLANTAÇÃO E COM ISTO, OBTER OS BENEFÍCIOS EM UM CURTO ESPAÇO DE TEMPO.  ADICIONALMENTE TAMBÉM, PELA NECESSIDADE DE ATENDER VÁRIAS FUNCIONALIDADES IDENTIFICADAS NA ANÁLISE EFETUADA NA PESQUISA DE MATURIDADE NA LISARD QUE FACILITARÃO O ALCANCE DOS OBJETIVOS DE NEGÓCIO, GERANDO VALOR PARA SEUS CIDADÃOS.
  14. 14. PMO – Arquitetura de Funcionamento TORRE DE CONTROLE ESTAÇÃO ESTAÇÃO PROJETOS
  15. 15. PMO – Arquitetura de Funcionamento Justificativa para implantação  NO CASO DAS ESTAÇÕES METEOROLÓGICAS, A JUSTIFICATIVA É PORQUE QUANDO TEMOS O MODELO DE TORRE DE CONTROLE, ESTA DEVE TER SUAS FUNÇÕES COMBINADAS (OU ABASTECIDAS) PELAS ESTAÇÕES METEOROLÓGICAS.  A QUANTIDADE DE ESTAÇÕES METEOROLÓGICAS DEVE SER ADEQUADA AS NECESSIDADES E DE ACORDO COM O NÚMERO DE PROJETOS EXISTENTES NA ORGANIZAÇÃO, BEM COMO TAMBÉM, A COMPLEXIDADE DO AMBIENTE DE PROJETOS  NO CASO DA IMPLANTAÇÃO DO MODELO TORRE DE CONTROLE, A JUSTIFICATIVA É QUE PARA ATENDER AO PMO ESTRATÉGICO E TAMBÉM AOS BENEFÍCIOS PERSEGUIDOS NESTA PROPOSTA, O MODELO ATENDE MELHOR AS NECESSIDADES, PRINCIPALMENTE, PORQUE SUPORTA SUAS FUNÇÕES, PERMITINDO UMA ATUAÇÃO ABRANGENTE, PASSANDO INSTRUÇÕES DE VÔO, POUSO E DECOLAGEM PARA CADA PROJETO, GARANTINDO O ALCANCE DOS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS E TAMBÉM, REDUZINDO PROBLEMAS E RETRABALHO.
  16. 16. PMO – Scorecard – Ciclo Inicial 1. Número de Projetos Iniciados e Concluídos 2. Número de falhas nos Projetos (antes e depois do PMO) 3. Pesquisa de satisfação com Stakeholders 4. Número de projetos OTIFOC 5. Índice de utilização de recursos disponíveis 6. Índice de ociosidade de recursos 7. Número de treinamentos efetuados 8. Número de acessos a base de dados histórica 9. Índice de conformidade (% itens compliance) 10. Duração Média dos Projetos
  17. 17. PMO – Fatores Críticos de Sucesso  Sponsor com conhecimentos adequados e abrangentes sobre PMO  Sponsor com autoridade na Organização, atuando como facilitador  Ter os recursos necessários (Infraestrutura, ferramentas e recursos humanos)  Políticas e procedimentos claros e definidos  Segregação de funções
  18. 18. PMO – Fases da Implantação FASE ATIVIDADE 1 Definir Sponsor e aprovar Proposta 2 Preparar Plano de Comunicação 3 Aprovar Budget e criar Infraestrutura necessária 4 Motivar e treinar recursos humanos 5 Operacionalizar serviços do PMO - Procedimentos 6 Projeto Piloto 7 Refinamento de habilidades e ajustes 8 Colocar em operação 9 Realizar o acompanhamento (Scorecard) + Melhorias Contínuas
  19. 19. STUDENTS PARTNERS SEU OBJETIVO É O NOSSO NEGÓCIO GESTÃO DE PORTFÓLIO (LISARB)
  20. 20. MACRO AMBIENTE MICRO AMBIENTE AMBIENTE ORGANIZACIONAL ESTRATÉGIA COMPETITIVA INICIATIVAS ESTRATÉGICAS INICIATIVAS FUNCIONAIS VISÃO HOW NOW WOW Visão Estratégica - LISARB PROJETOS
  21. 21. Objetivos Estratégicos LISARB ALIANÇA POR UM LISARB MAIS JUSTO POLÍTICA CIDADÃ BASEADA EM PRINCÍPIOS E VALORES EDUCAÇÃO PARA A SOCIEDADE DO CONHECIMENTO COMBATE A CORRUPÇÃO PROTEÇÃO SOCIAL ECONOMIA PARA UMA SOCIEDADE SUSTENTÁVEL QUALIDADE DE VIDA E SEGURANÇA PARA TODOS OS LISARBEANOS CULTURA E FORTALECIMENTO DA DIVERSIDADE POLÍTICA EXTERNA PARA O SÉCULO 21
  22. 22. • Identificação de Projetos • Categorização de Projetos • Avaliação de Projetos • Seleção de Projetos • Priorização • Balanceamento do Portfólio • Aprovação Processo – Gerenciamento de Portfólio
  23. 23. O QUE É NECESSÁRIO PARA ALCANÇAR OS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS? O QUE NÓS JÁ TEMOS? O QUE TEMOS QUE FAZER? COMO FAREMOS E PARA QUANDO PRECISAMOS? Identificação de Projetos – Questões
  24. 24. PARA RESPONDER AS QUESTÕES ANTERIORES E IDENTIFICAR OS PROJETOS NECESSÁRIOS PARA ATENDER OS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS, UTILIZAMOS A FERRAMENTA 6W-4H  O QUE (WHAT?)  POR QUE (WHY?)  QUANDO (WHEN?)  ONDE (WHERE?)  QUEM (WHO?)  PARA QUEM (FOR WHOM?)  COMO (HOW?)  QUANTO CUSTA (HOW MUCH?)  QUANTO (HOW MANY?)  COM QUE FREQUÊNCIA (HOW OFTEN?) Identificação de Projetos
  25. 25. Categorização de Projetos Melhoria da Educação e da Cultura Crescimento Econômico e Sustentável Requerimentos de Política Interna e Externa Melhoria da Eficiência da Justiça Melhoria da Saúde e da Ação Social
  26. 26.  Justiça 10: O Objetivo deste projeto é implementar as ações necessárias que possibilitem que 100% de todos os processos (civis e criminais) no território nacional, sejam resolvidos em 2 anos.  Projuris LISARB: Este projeto inclui a criação de infraestrutura de serviços para o atendimento aos cidadãos em dúvidas e orientações jurídicas, através de centros avançados de justiça em cada estado/cidade com mais 2 milhões de habitantes  Câmaras do BEM: Projeto com a finalidade de desafogar os tribunais, através da criação de câmaras de conciliação para processos civis. O objetivo é solucionar 50% dos casos, sendo que serão criadas penalidades quando existir a possibilidade de acordo e não for aceito e também, de incentivos, para quem realizar os acordos.  Boca no trombone: Criar infraestrutura de atendimento por diferentes meios, para que as pessoas possam reclamar problemas de lentidão da justiça. Para a solução das reclamações, as pessoas serão orientadas em 48 horas, a como agir e a quem procurar para solucionar seus problemas ou agilizar seu caso. Categorização – Projetos Identificados Melhoria da Eficiência da Justiça – I
  27. 27.  Prisões do BEM: O Objetivo deste projeto é terceirizar todo o sistema carcerário, com metas e padrões para serem cumpridos. Estes centros terceirizados de prisão, deverão ser baseados na recuperação de seus internos através de educação, trabalho e religião. Bônus para cada prisioneiro recuperado e recolocado no mercado de trabalho, com tempo de serviço de 1 ano.  Lei do corrupto: Este projeto inclui a criação de lei que classifica corrupção como crime hediondo, com detenção mínima de 5 anos em regime fechado para qualquer ato de corrupção, sem direito a apelação.  Transparência LISARB: Projeto com a finalidade de gerar um programa com ações de seguimento e controle de gastos públicos, com prestação de contas mensais através dos meios de comunicação.  LISARB Ouve: Criação de canal direto de comunicação, que os cidadãos possam utilizar para denunciar irregularidades, fraudes, corrupção, em quaisquer setores da sociedade, com tempo de resposta de 48 horas, através de sistema informatizado de seguimento das denúncias. Categorização – Projetos Identificados Melhoria da Eficiência da Justiça – II
  28. 28.  LISARB Popular: Projeto para criação de ouvidoria popular, com o objetivo de reunir opiniões das entidades de classe, de cidadãos comuns, de entidades religiosas, etc., identificando as necessidades mais importantes para a população.  Programa Legal: Programa Institucional veiculado pela TV/Internet, com periodicidade mensal, onde o Governo apresenta as iniciativas que melhoram a maneira de fazer política no país.  Hora da Cidadania: Projeto com a finalidade de gerar um programa de educação para toda a população, esclarecendo os direitos do cidadão e também seus deveres dentro da sociedade, visando uma convivência mais harmônica e feliz.  Eleições Livre: Criação de lei para tornar o voto facultativo e estabelecer o voto distrital, tornando o financiamento de campanha público, limitado em valores preestabelecidos para todos os níveis, igualando os cidadãos que queiram disputar um cargo eletivo, eliminando o poder financeiro nas eleições. Categorização – Projetos Identificados Requerimentos de Política Int. e Ext. I
  29. 29.  Integra LISARB: Projeto visa a criação de Grupo Político responsável pelo acompanhamento e controle das relações internacionais para fomentar paz e justiça nas relações comerciais entre LISARB e outros países.  Paz Total: Criação de programa para tornar LISARB um agente mundial com participação em fóruns mundiais, com o objetivo de conquistar uma cadeira na ONU, para tanto, este programa visa definir toda a política externa de relacionamento com os outros países (comercial e politica), tornando-se um agente de classe mundial, respeitado e considerado. Categorização – Projetos Identificados Requerimentos de Política Int. e Ext. II
  30. 30.  A Volta dos Contos: Projeto implantado em todas as escolas, com o objetivo de estimular a criatividade, imaginação e o lúdico da criança a partir de contos de fadas tradicionais.  Sonhar comigo: Projeto para ser implantado em escolas fundamentais de todo o país, objetivando levar a criança a conhecer cantigas, brincadeiras, historias do nosso folclore. Adicionalmente, fomentando a leitura de parlendas, lendas, trava línguas e adivinhas.  Vamos Jogar: Projeto que visa inserir no programa de todas as escolas fundamentais do país, jogos infantis, visando o desenvolvimento do raciocínio logico, da criatividade, do relacionamento entre quantidades, etc..  Educa LISARB: Projeto para modernização de todas as escolas do país, com renovação da infraestrutura/equipamentos, reformulação de espaços e também de criação de novos espaços para crianças e adolescentes.  Escolas do BEM: Projeto prevê a criação de um programa de ações com a comunidade, com o objetivo de atrair e reter os alunos na escola, para que completem seus estudos, reduzindo em 100% o absenteísmo e mitigando a perda de talentos para as drogas e a violência. Categorização – Projetos Identificados Melhoria da Educação e da Cultura – I
  31. 31.  Professor do Ano: Projeto implantado em todas as escolas com o objetivo de estimular os professores. No fim de cada ano serão premiados os melhores professores pela criatividade, imaginação e performance. Este prêmio será entregue pela Secretaria de Educação & Cultura.  Escolas de Teatro: Projeto implantado em todas as escolas, com o objetivo de estimular os alunos do ensino médio através de aulas de teatro, descobrindo talentos ou preparando-os para o mercado de trabalho, desenvolvendo competências soft, estimulando a criatividade e a comunicação.  Esporte Total: Projeto visa implementar em cada escola, programa de desenvolvimento esportivo em várias áreas, com envolvimento de alunos e também, da comunidade. Os talentos descobertos, serão encaminhados a um Centro de Treinamento especializados em cada estado, ganharão bolsa de estudos para que possam somente estudar e treinar, para se tornarem competitivos.  Cultura Total: Projeto visa implementar eventos de 24 horas (totalmente gratuitos), para disseminação da cultura em todo o país.. Categorização – Projetos Identificados Melhoria da Educação e da Cultura – II
  32. 32.  Carro só para passear: Projeto visa desenvolver um programa de incentivo aos cidadãos trabalhadores que optarem por deixar o carro em casa e utilizarem os meios de transporte públicos, com o objetivo de diminuir a liberação de gases tóxicos na atmosfera, contribuir para diminuir o aquecimento do planeta e também, reduzir as internações por problemas respiratórios. Campanhas publicitárias também fazem parte desta iniciativa.  Blitz da Saúde: Projeto para a criação de campanha educativa em local público, com o intuito de esclarecer temas recentes no tocante à saúde da população em todas as cidades (aferição de pressão arterial, glicemia capilar, entre outras).  SensibilizArTe: Visitas periódicas à pacientes dos serviços de saúde de sua comunidade. O projeto conta com as seguintes frentes de atuação: palhaço, narração de histórias, artesanato, música etc.. Cada nova modalidade trará uma coleção de novos resultados positivos e um leque ainda maior de possibilidades de humanização.  Peer Education: Projeto de implantação da metodologia da "Educação pelos Pares“. Consagrada mundialmente para pedagogia, nas mais diversas áreas do conhecimento, vem sendo amplamente utilizada em saúde pela Organização das Nações Unidas / UNAIDS, como ferramenta fundamental no combate a AIDS em países subdesenvolvidos. Categorização – Projetos Identificados Melhoria da Saúde e da Ação Social – I
  33. 33.  Nazaré: Este projeto tem como objetivo maior, proporcionar aos idosos das Casas de Apoio, manhãs educativas e recreativas, sedimentando conhecimentos e experiências de vida entre profissionais que se transformam em educadores e idosos (que tanto têm para nos ensinar), em espectadores durante o processo. Outro objetivo é realizar a aproximação e a troca de ideias entre gerações.  Drogas NÃO: Projeto que cria um programa do Governo para criação de hospitais e clínicas especializadas para o tratamento e a prevenção de combate às drogas e ajuda aos dependentes químicos e seus familiares.  World Heart Day: Projeto visa estimular as pessoas a pensarem sobre o seu risco de desenvolver doenças cardíacas, mostrando à população a importância dos exercícios físicos e de uma alimentação saudável na prevenção destas doenças, explicando a forte relação entre Hipertensão Arterial e Hiperglicemia em ataques cardíacos, promovendo a discussão sobre qualidade de vida e a importância de hábitos saudáveis.  IPOD (International Program on Obesity and Diabetes): Projeto tem como missão promover um estilo de vida mais saudável entre as crianças. O objetivo é fornecer conhecimento sobre alimentação e estilo de vida saudável, apresentando novos tipos de alimentos às crianças, estimulando a prática de exercícios físicos e assim, reduzindo os fatores de risco da obesidade e do diabetes infantil. Categorização – Projetos Identificados Melhoria da Saúde e da Ação Social – II
  34. 34.  Doe vida!: Projeto que cria uma campanha com o objetivo de aumentar o número de doadores de sangue na população e aumentar o número de cadastros de medula óssea. Para isso é realizada uma abordagem a fim de tirar o medo do possível doador sobre o processo de doação de sangue e de medula óssea.  Combate a hepatites: Projeto de combate total ao Hepatites C. Segundo a OMS, 180 milhões de infectados (3% da população mundial). Sendo uma causa frequente de cirrose e falência do fígado e de indicação para o transplante hepático. A urgência é por causa da pouca evolução no seu tratamento em relação a hepatite B e a não existência de uma vacina para a sua prevenção.  Programa LISARB Sênior: O objetivo deste projeto é criar uma política especial para preparar a sociedade para a aposentadoria, através de um programa de orientação e planejamento da aposentadoria.  Doação de Órgãos: Projeto visa criar um programa para conscientizar a população sobre a importância da doação de órgãos. O objetivo é crescer em 30% as doações em relação a média dos últimos 10 anos. Categorização – Projetos Identificados Melhoria da Saúde e da Ação Social III
  35. 35.  Prêmio LISARB Sustentável: O Objetivo deste projeto é premiar as empresas que investirem em tecnologias limpas e conseguirem reduzir a emissão de carbono. Também, haverá neste projeto linhas de crédito para o financiamento de máquinas e equipamentos de tecnologias limpas e sustentáveis.  Economia 10: Este projeto criará um programa de incentivo a criação de empresas de geração de energia solar, onde linhas de crédito serão abertas para possibilitar a operacionalização. Estes pequenas empresas devem trazer inovação tecnológica e também nascerem com processos sustentáveis.  Reforma fiscal: Projeto com a finalidade de reformular o sistema fiscal do país, eliminando impostos e diminuindo a complexidade das operações das empresas com a parte fiscal. Avaliar a criação de imposto único IVA.  Linhas de Crédito: Este projeto cria linhas de crédito para desenvolvimento de agricultura familiar, dentro da propriedade da família e visa, manter as pessoas no campo com condições, produzindo alimentos.  Desenvolvimento tecnológico: Este projeto visa desenvolver um programa para criar centros tecnológicos no país, com incentivos para as empresas que queiram produzir no país. Categorização – Projetos Identificados Crescimento Econômico e Sustentável
  36. 36. Categorização X Projetos Identificados Quadro Resumo CATEGORIA OBJETIVOS ESTRATÉGICOS Nº DE PROJETOS Melhoria da eficiência da Justiça Aliança por um LISARB mais justo Combate a Corrupção 8 Requerimentos de Política Interna e Externa Política cidadã baseada em princípios e valores Política externa para o Século 21 6 Melhoria da Saúde e da Ação Social Proteção Social Qualidade de vida e segurança para todos os Lisarbeanos 12 Melhoria da Educação e da Cultura Educação para uma sociedade do conhecimento Cultura e fortalecimento da diversidade 9 Crescimento Econômico e Sustentável Economia para uma sociedade sustentável 5
  37. 37.  NA MAIORIA DAS ORGANIZAÇÕES EXISTEM MAIS PROJETOS QUE A SUA CAPACIDADE EM EXECUTÁ-LOS E IMPLEMENTÁ-LOS (FALTA DE RECURSOS, TEMPO, DINHEIRO, ETC.)  OS MÉTODOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS PODEM TANTO MEDIR OS BENEFÍCIOS ADICIONAIS PARA A ORGANIZAÇÃO, QUANTO OTIMIZAR SUAS RESTRIÇÕES. ABAIXO ALGUNS METÓDOS UTILIZADOS NO MERCADO:  MODELOS DE PONTUAÇÃO – SCORE MODELS  MODELOS ECONÔMICOS (PAYBACK, VPL, TIR)  ESTRATÉGIAS DE MARKETING  RECURSOS DISPONÍVEIS  ANÁLISE DE RISCOS  FUNNEL Avaliação de Projetos
  38. 38. Nº LISTA DE CRITÉRIOS – ESTRATÉGICOS PESO NOTA TOTAL 1 MELHORIA DA IMAGEM DO GOVERNO 20 2 CRESCIMENTO ECONÔMICO 10 3 IDH 10 4 SUSTENTABILIDADE 5 5 MELHORIA DE RELAÇÃO COM O CIDADÃO 15 6 REPRESENTA UMA OPORTUNIDADE 10 7 ELIMINAÇÃO DE UMA AMEAÇA EMINENTE 10 8 CUSTO BAIXO 5 9 RESULTADOS DE CURTO PRAZO 15 Avaliação de Projetos – Score Model
  39. 39. Nº PESO NOTA P1 TOTAL P1 NOTA P2 TOTAL P2 NOTA P3 TOTAL P3 NOTA P4 TOTAL P4 1 20 8 160 10 200 5 100 10 200 2 10 2 20 5 50 0 0 10 100 3 10 2 20 5 50 0 0 2 20 4 5 0 0 0 0 0 0 0 0 5 15 10 150 10 150 5 75 10 150 6 10 2 20 2 20 0 0 7 70 7 10 4 40 7 70 3 30 4 40 8 5 1 5 7 35 2 10 3 15 9 15 2 30 1 15 7 105 3 45 TOTAIS 100 445 590 320 640 Seleção de Projetos – Exemplo
  40. 40. Priorização de Projetos - I Prioridade NOME DO PROJETO SCORE TOTAL 1 REFORMA FISCAL 640 2 LEI DO CORRUPTO 590 3 LINHAS DE CRÉDITO 545 4 PEER EDUCATION 540 5 DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO 540 6 ESPORTE TOTAL 515 7 ESCOLAS DO BEM 485 8 INTEGRA LISARB 480 9 DOAÇÃO DE ÓRGÃOS 475 10 EDUCA LISARB 465 11 JUSTIÇA 10 445 12 PRISÕES DO BEM 445 13 CULTURA TOTAL 440 14 BLITZ DA SAÚDE 440 15 ECONOMIA 10 440 16 DROGAS NÃO 415 17 TRANSPARÊNCIA LISARB 410 18 IPOD 410 19 PAZ TOTAL 410 20 COMBATE À HEPATITES 400 21 CÂMARAS DO BEM 400 22 ELEIÇÕES LIVRE 390 23 BOCA NO TROMBONE 390 24 CARRO SÓ PARA PASSEAR 355
  41. 41. Priorização de Projetos - II Prioridade NOME DO PROJETO SCORE TOTAL 25 PROGRAMA LEGAL 355 26 ESCOLAS DE TEATRO 350 27 WORLD HEART DAY 340 28 PRÊMIO LISARB SUSTENTÁVEL 340 29 PROJURIS LISARB 340 30 LISARB OUVE 320 31 DOE VIDA! 320 32 SENSIBILIZARTE 320 33 HORA DA CIDADANIA 320 34 LISARB POPULAR 305 35 PROFESSOR DO ANO 260 36 PROGRAMA LISARB SÊNIOR 225 37 NAZARÉ 215 38 A VOLTA DOS CONTOS 210 39 SONHAR COMIGO 175 40 VAMOS JOGAR 175
  42. 42.  PARA ESTE PRIMEIRO CICLO, UTILIZAMOS O SCORE MODEL, BASEADO EM CRITÉRIOS ESTRATÉGICOS, PARA GARANTIR QUE O OS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS ESTEJAM ATENDIDOS.  ADICIONALMENTE, DOIS OUTROS CRITÉRIOS FORAM CONSIDERADOS, CUSTO BAIXO E RESULTADOS DE CURTO PRAZO, POIS EXISTE UMA LIMITAÇÃO DE ORÇAMENTO E DE RECURSOS.  EM OUTROS CICLOS DE COMPOSIÇÃO DO PORTFÓLIO, DEVERÃO SER TAMBÉM CONSIDERADOS OUTROS CRITÉRIOS. INCLUSIVE, O CONHECIMENTO DOS STAKEHOLDERS, O QUAL AUMENTA A PROBABILIDADE DE SUCESSO DO PROCESSO. Priorização de Projetos - Conclusão
  43. 43. Priorização de Projetos - Resultado PROJETOS CICLO II CICLO I 22 PROJETOS 18 PROJETOS – PRIORITÁRIOS
  44. 44. Balanceamento de Portfólio Categorias Obj. Estrat. Melhoria Educação e Cultura Requerimentos de Política Interna e Externa Crescimento Econômico e Sustentável Melhoria da eficiência da Justiça Melhoria da Saúde e da Ação Social Objetivo 1 Objetivo 2 Objetivo 3 Objetivo 4 Objetivo 5 Objetivo 6 Objetivo 7 Objetivo 8 Objetivo 9
  45. 45.  NESTE PRIMEIRO CICLO, FORAM SELECIONADOS 18 PROJETOS, SEGUNDO OS CRITÉRIOS ESTRATÉGICOS E TAMBÉM, PELA NECESSIDADE DE ATENDER TODOS OS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS E SUAS CATEGORIAS.  DESTES 18 PROJETOS, PARA HAVER UM BALANCEAMENTO ENTRE OS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS E AS CATEGORIAS, FOI EFETUADO UM “RANKING” POR CRITÉRIOS ESTRATÉGICOS, DENTRO DE CADA CATEGORIA PARA UMA MELHOR DISTRIBUIÇÃO.  TODOS OS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS E SUAS CATEGORIAS, ESTÃO SENDO ATENDIDOS.  OS DEMAIS PROJETOS SERÃO AINDA AVALIADOS EM OUTROS CICLOS “PDCA” E PODEM SUBSTITUIR OS PROJETOS DO PRIMEIRO CICLO, EM FUNÇÃO DE OUTROS CRITÉRIOS ESTABELECIDOS. Balanceamento de Portfólio Conclusão LEGENDA (ESFORÇO): BAIXOALTO MÉDIO LEGENDA (IMPACTO): BAIXOALTO MÉDIO
  46. 46.  Alyson Rodrigues  Felipe Cury  Fernando Kreidoro  Maria Giselle Cabrerizo  Ronaldi Carassini FGV - GESTÃO DE PROJETOS – T39 – SÃO PAULO MEMBROS DA EQUIPE
  47. 47. OBRIGADO!

×