CURITIBA-GP01_2012-FGP-RECICLA_TUDO

1.348 visualizações

Publicada em

MARLON SANTOS DA VEIGA, ADRIANO AURÉLIO DE SOUZA, RAFAEL YUKIO HAMASAKI, DANILO GERALDO COIMBRA, LEANDRO ANESIO DA SILVA, JULIANA THEODORO DE CARVALHO LEITAO

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Introdução: ok;
    Objetivo: ok;
    Fonte do Projeto: ok;
    Produto do Projeto: ok;
    Stakeholders: ok;
    Restrições: ok;
    Requisitos: ok;
    Estrutura Organizacional: ok;
    Posição do PMO: ok;
    Função do PMO: ok;
    FAEs: ok;
    WBS: da maneira que a WBS diagrama foi elaborada existem apenas 6 pacotes de trabalho;
    Como: ok;
    Lista de Atividades: ok;
    Orçamento: sugere-se utilizar o template de orçamento;
    APO: ok;
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.348
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
294
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CURITIBA-GP01_2012-FGP-RECICLA_TUDO

  1. 1. Fundamentos deGerenciamento de Projetos Curitiba– Paraná FGV – ISAE Brasil MBA em Gerenciamento de Projetos 01/2012
  2. 2. Nome da equipeRecicla Tudo Projeto Recicla TI
  3. 3. Nome dos Consultores  Marlon Santos da Veiga  Rafael Yukio Hamasaki  Leandro Anésio da Silva  Danilo Geraldo Coimbra  Juliana Theodoro de Carvalho Leitão  Adriano Aurélio de Souza
  4. 4. Objetivo do TrabalhoTem o objetivo final de operacionalizar aconstrução de um centro de recuperação ereciclagem de computadores.
  5. 5. Nascimento do ProjetoO Projeto Recicla TI foi criado em 2012 como parte dapolítica de inclusão digital do Governo do Estado doParaná, Prefeitura Municipal de Curitiba bem como dointeresse de empresas privadas sediadas na região quevisam se adequar nas normas descarte de seus ativoseletrônicos defasados.Os equipamentos gerados neste processo serão destinadosa creches, apaes e ONG`s a preços acessiveis.Através deste business case o poder executivo estarádesenvolvendo seu papel social e ecológico, bem como asempresas privadas que atenderão as normas locais demeio ambiente e terão sua marca atrelada a este projeto.
  6. 6. Nome do Produto Centrode Recuperação e Reciclagem de Computadores
  7. 7. Alguns Stakeholders Governo do Estado do Paraná; Prefeitura Municipal de Curitiba; Grupo Boticário; Grupo Positivo; GVT; Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUC; Federação das Apaes do Estado do Paraná.
  8. 8. Restrições Utilizar somente mão-de-obra paranaense; Produto final deve atender entidades sem fins lucrativos; Computadores adquiridos não podem ultrapassar 30% do valor de mercado; Sistema operacional instalado deve ser open source; Produtos devem ser disponibilizados dentro do prazo de noventa dias a partir da data de compra; Produto deve ser submetido a testes de desempenho e validação final; Usina deve estar localizada no Parque Industrial de Curitiba
  9. 9. Requisitos Seguir regulamentações ambientais; Geração de 500 novos empregos diretos; Computadores adquiridos não podem ultrapassar 30% do valor de mercado; Dar o fim adequado para equipamentos em desuso, conforme normas ISO 14000; Obtenção de boa margem de lucro em equipamentos defasados; O projeto arquitetônico deve possibilitar futuras expansões; A aquisição de equipamentos deve levar em conta a eficiência energética; Fornecer informações aos clientes sobre os produtos e a destinação necessária ao final da utilização.
  10. 10. Estrutura organizacional Estrutura Projetizada:A Recicla Tudo é uma empresa orientada a projetos.Como os projetos são multidisciplinares e com grandecomplexidade, havendo a necessidade de integraçãohorizontal das atividades, o GP e sua equipe temdedicação exclusiva ao projeto. O GP possui grandeindependência e autoridade. Ao final de cada projeto aequipe é desmobilizada e os recursos realocados.
  11. 11. Estrutura organizacional Estrutura Projetizada:
  12. 12. PMO na estrutura organizacional da empresa: Na estrutura temos um PMO localizado junto aDiretoria de Projetos. Tem como função asupervisão do produto gerado ao final dosprocessos e a manutenção dos APOs.
  13. 13. Funções adotadas para o PMO: Coletar, analisar e disseminar informaçõessobre o desempenho dos projetos. Coleta eanálise de informações dos projetos daorganização com o intuito de identificardeficiências e melhores práticas, buscando asolução das imperfeições e a disseminação dasmelhores práticas.
  14. 14. FAEs mapeados para o projeto:O manuseio dos componentes e derivados deveestar sob licença ambiental expedida pelaSecretaria de Estado e Meio Ambiente; Série ISO 14000 de gestão ambiental; Selo de “Este produto foi fabricado pela ReciclaTudo” em cada computador.A empresa deve obrigatoriamente:Transparência nas informações com seusstakeholders;Manter uma política de harmonia entrecolaboradores;Sempre buscar novos clientes e honrar oscompromissos com os existentes.
  15. 15. WBS Completa
  16. 16. Dicionario da WBS:•Fase Localização
  17. 17. Dicionario da WBS:•Fase Licenças
  18. 18. Dicionario da WBS:•Fase Estruturação
  19. 19. Dicionario da WBS:•Fase Construção
  20. 20. Dicionario da WBS:•Fase Aquisições
  21. 21. Dicionario da WBS:•Fase Pessoas
  22. 22. Como: i.Iniciar Desenvolver o Termo de Abertura do Projeto Escolha do gerente de projetos Aprovar o Termo de Abertura do Projeto Identificar as partes interessadas Definir escopo do projeto
  23. 23. Como: ii.PlanejarAs informações iniciais serão detalhadas ao ponto de quepossa ser desenvolvido um plano factível e que cumpra osobjetivos do projeto. Este plano deverá ser aprovado paraque a execução do projeto possa iniciar e só poderá sermodificado através de mudanças aprovadas edocumentadas.O plano de projeto irá conter os seguintes itens: Linha de base do escopo: Neste item está inclusa a “Declaração do escopo”, a “WBS” e o “Dicionário da EAP”. Linha de base do cronograma: Cronograma aprovado do projeto. Linha de base dos custos: Orçamento dos custos por período.
  24. 24.  Plano de Gerenciamento de Riscos: Os riscos do projeto serão identificados através de análises previamente estabelecidas onde serão traçados planos de ação para mitigá-los. Plano de Gerenciamento da Qualidade: Desenvolver a política e os padrões de qualidade e aplicá-las em todas as fases do projeto, as quais periodicamente serão avaliadas através de auditorias. Plano de Gerenciamento de Recursos Humanos: Definir através de análises quais serão as responsabilidades, habilidades necessárias, relações hierárquicas do projeto e posteriormente descrevê-las na política de recursos humanos, onde nela constará o plano de gerenciamento de pessoas. Plano de Gerenciamento da Aquisição: Desenvolver a política da compras e aquisições definindo como serão as avaliações e justificativas para a aquisição do produto ou serviço e também analisando e identificando os fornecedores em potencial que melhor atendam as necessidades. Plano de Gerenciamento da Comunicação: Detalhar como ocorrerão as interações da comunicação com os skakeholders do projeto, forma e frequência das comunicações e quem será responsável por informar.
  25. 25. Todas as informações e planos descritos acima serão parte do“Plano de Gerenciamento do Projeto” e ajudarão a definircomo o projeto será executado, monitorado e controlado.
  26. 26. Como: iii.ExecutarDurante cada fase do projeto, serão executadosna prática os trabalhos definidos pelo plano degerenciamento com o objetivo de cumprir asespecificações do projeto.
  27. 27. iii.i. Especificação de cada faseiii.i.i. Localização: Receber e analisar o relatório de viabilidadeexecutado pela empresa de consultoria; Realizar a compra do terreno, de acordo com oorçamento esperado; Obter o registro de compra do terreno.
  28. 28. iii.i. Especificação de cada faseiii.i.ii. Licenças:Obter o alvará de licença da empresa junto aogoverno e/ou prefeitura.iii.i.iii. Estruturação: Validar e aprovar o projeto arquitetônico,verificando se o mesmo está de acordo com oplanejamento do projeto; Fornecer para a construtora todo o projetoarquitetônico para o ínicio das obras.
  29. 29. iii.i. Especificação de cada faseiii.i.iv. Construção: Mobilizar a equipe de obra;Contratar a empreiteira responsável pelaconstrução da estrutura; Orientar todos os trabalhos da construção(terraplanagem, marcação, fundação, alvenaria einstalações) para que sejam executados conformeprojeto; Garantir que a obra está sendo executadadentro do orçamento definido; Garantir que todas as etapas da construçãoestão sendo executadas com o nível de qualidadeestabelecido.
  30. 30. iii.i. Especificação de cada faseiii.i.v. Aquisições: Realizar a compra dos equipamentos, dentro doorçamento esperado; Contratar a empresa para montagem da linhade produção; Acompanhar a montagem da linha deprodução; Realizar testes dos equipamentos da linha deprodução.
  31. 31. iii.i. Especificação de cada faseiii.i.vi. Pessoas: Contratar a empresa de recursos humanos paraseleção dos colaboradores; Contratar a empresa responsável pelacapacitação e treinamento das equipes; Comunicar aos clientes/stakeholders o início dasoperações da empresa; Acompanhar o desempenho dos colaboradorese se todas as atividades na linha de produçãoestão sendo executadas conforme planejado;
  32. 32. Como: iv. Monitorar e ControlarDurante a execução de cada fase do projeto,será necessário acompanhar, revisar e regular oprocesso de execução e seu desempenho,identificando eventuais problemas no momentoadequado. Avaliar no plano de gerenciamentooriginal as mudanças necessárias paraimplementação de ações corretivas epreventivas.
  33. 33. iv.i. Especificação de cada faseiv.i.i. Localização: Avaliar o relatório de viabilidade executado pelaempresa de consultoria que será utilizando paraparametrizar a tomada de decisão e emitirparecer; Controle de verba destina a compra do terreno eemissão do registro de compra do terreno atravésbalancetes.
  34. 34. iv.i. Especificação de cada faseiv.i.ii. Licenças:Controlar os prazos e os custos da licenças através derelatórios periódicos definidos no PGP;Monitorar as datas de validades dos alvarás de licençada empresa junto ao governo e/ou prefeitura atravésda publicação de uma lista atualizadaperiodicamente, com data de emissão e data devalidade.iv.i.iii. Estruturação: Validar e aprovar o projeto arquitetônico e projetoscomplementares, verificando se todos estão de acordocom o PGP; Autorizar a execução da obra após a validação dosprojetos arquitetônico e complementares (estrutural,hidráulico e elétricos).
  35. 35. iv.i. Especificação de cada faseiv.i.iv. Construção: Fiscalizar se todos os trabalhos da construção(terraplanagem, marcação, fundação, alvenaria einstalações) estão sendo executados conforme projeto; Fiscalizar se a obra está sendo executada dentro doorçamento definido; Acompanhar se todas as etapas da construção estãosendo executadas com o nível de qualidadeestabelecido;Auditar periodicamente as execuções dos serviços,conforme definido no PGP;Auditar periodicamente as resultados apresentados.
  36. 36. iv.i. Especificação de cada faseiv.i.v. Aquisições: Controlar e validar a compra dos equipamentose contratação de serviços dentro do orçamentoesperado através de relatórios; Inspecionar a montagem da linha de produção; Inspecionar os testes dos equipamentos da linhade produção.
  37. 37. iv.i. Especificação de cada faseiv.i.vi. Pessoas: Controlar e validar a contratação da empresa derecursos humanos responsável pela seleção doscolaboradores; Controlar e validar a contratação da empresaresponsável pela capacitação e treinamento dasequipes; Reportar o desempenho para osclientes/stakeholders através de relatórios deandamento e desempenho; Implementar plano de respostas caso a equipeapresente baixo desempenho.
  38. 38. Como: v. EncerrarNo final de cada fase do projeto, arquivamos em nossosbancos de dados de APOs todos os dados relevantes,como informações históricas, documentos gerados e liçõesaprendidas. Caso seja percebida a necessidade dealteração ou adição de algum processo ou procedimentoorganizacional, isso também é feito neste momento. É feitauma revisão pós-fase, reavaliando o cronograma, riscos,custos e outros dados que possam necessitar demodificação. Aquisições encerradas são formalizadasatravés de um registro de conclusão de contrato.
  39. 39. v.i. Especificação de cada fasev.i.i. Localização: Pagamento da empresa de consultoria queprestou o serviço de análise de viabilidade; Encerramento do contrato com a empresaprestadora de serviço; Adição da empresa prestadora à nossa base deconhecimento, junto do custo e tempo deconsultoria; Arquivamento do contrato com a empresaprestadora de serviço; Arquivamento do registro de compra dalocalização.
  40. 40. v.i. Especificação de cada fasev.i.ii.Licenças: Arquivamento das licenças obtidas.v.i.iii.Estruturação: Pagamento da empresa geradora dos projetos deconstrução; Encerramento formal do contrato com a empresaprestadora de serviço; Adição da empresa à nossa base de conhecimento,junto do tempo e valores de criação dos projetos; Arquivamento do contrato com a empresaprestadora de serviço; Arquivamento dos projetos de construção gerados.
  41. 41. v.i. Especificação de cada fasev.i.iv. Contrução: Pagamento das empresas responsáveis pelaconstrução da estrutura; Encerramento formal do contrato com asempresa prestadoras de serviço; Empresas prestadoras de serviço são adicionadasà nossa base de conhecimento, junto dos valorescobrados e o tempo necessário para execuçãodas obras; Arquivamento dos contratos com as empresasprestadoras de serviço.
  42. 42. v.i. Especificação de cada fasev.i.v. Aquisições: Pagamento das fornecedoras de equipamentos; Pagamento da empresa responsável pela montagemda linha de produção; Encerramento formal dos contratos com as empresasprestadoras de serviços; Fornecedora é adicionada à nossa base deconhecimento, junto dos valores dos equipamentos etempo de entrega dos mesmos; Empresa montadora da linha de produção éadicionada à base de conhecimento, junto do custo etempo de execução de seu serviço; Arquivamento do contrato com a empresaprestadora de serviço.
  43. 43. v.i. Especificação de cada fasev.i.vi. Pessoas:Pagamento da empresa responsável pela seleção doscolaboradores;Pagamento da empresa responsável pelo treinamento doscolaboradores;Encerramento formal dos contratos com as empresas prestadorasde serviço;Adição das empresas à nossa base de conhecimento, junto dotempo de execução e valor cobrado pela prestação dos serviços;Adição dos colaboradores e candidatos a colaboradores à nossabase de conhecimento, junto de seus currículos e perfis psicológicos;Arquivamento do contrato com as empresas prestadoras deserviço;Arquivamento dos contratos de emprego dos colaboradoresselecionados;Arquivamento das certificações de treinamento doscolaboradores.
  44. 44. v.ii. Encerramento do projetoNo encerramento do projeto, a usina é transferidapara a fase de operação, e entregue ao cliente. Aentrega é registrada formalmente. Os documentosreferentes à entrega são arquivados em nossa basede conhecimento. Toda a documentação doprojeto é adicionada à nossa base.
  45. 45. Lista de atividades e orçamento:
  46. 46. Lista de atividades e orçamento:
  47. 47. Ativos de Processos Organizacionais (APO):Como você o Organizaria na empresa?:Na Recicla Tudo temos um PMO dedicado exclusivamente agerenciar os ativos de processos organizacionais da empresa.Nossos APOs estão organizados em dois bancos de dados, umpara processos e procedimentos e outro referente à base deconhecimento corporativa.Ambos têm níveis de acesso restritos de acordo com a função,responsabilidade, nível de influência e natureza dostakeholder. O nível de acesso pode restringir tanto permissõesde visualização quanto de adição e modificação deconteúdo.Geralmente, gerentes de projetos são autorizados a visualizar,alimentar e modificar a base de conhecimento corporativa.Cabe ao PMO guardião dos APOs, com auxílio do GP, definiros níveis de acesso dos demais stakeholders do projeto emcada fase do mesmo.

×