Consultoria de implantação de PMO em LISARB - Inova Consultoria

271 visualizações

Publicada em

Titulo: Consultoria de implantação de PMO em LISARB - Inova Consultoria
Alunos:Arthur sartori augusto,BRAYTTNER LUIZ DE SOUZA,Geraldo Murinelli Junior,Mauricio de Sousa Lima,
Cidade: Ribeirão Preto
Disciplina: PMO
Turma: GP19
Data:10-07-2015
Hora:23:29
Comentarios:
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
271
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Consultoria de implantação de PMO em LISARB - Inova Consultoria

  1. 1. CONSULTORIA DE IMPLANTAÇÃO DE PMO LISARB Arthur Sartori Augusto Brayttner Luiz de Souza Geraldo Murinelli Junior Mauricio de Sousa Lima Sidney Menossi
  2. 2. A INOVA CONSULTORIA atua há mais de 10 anos no Gerenciamento de Projetos em diversos setores da economia nacional e também em 18 países. Possui quadro técnico formado por PMP´s certificados e com amplos conhecimentos, atuando diretamente no Gerenciamento e Consultorias em Projetos e Implantação de PMO.
  3. 3. País governado pelo Sr. Digníssimo Presidente, hora nomeado o representante da nação através de eleições com voto popular. Com o compromisso assumido perante milhões de eleitores durante a campanha eleitoral, de atender os anseios de mudanças e retribuir através de gestão o retorno em prestações de serviços de qualidade a população em atendimento a constituição federal.
  4. 4. OBJETIVOS ESTRATÉGICOS LISARB TEM COMO OBJETIVO: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Qualidade de vida e segurança para todos os Lisarbeanos Cultura e fortalecimento da diversidade Política externa para o século 21 Combate a corrupção LISARB - Objetivos do Planejamento Estratégico Aliança por um LISARB mais justo Política cidadã baseada em princípios e valores Educação para a sociedade do conhecimento Ecomonia para uma sociedade sustentável Proteção Social
  5. 5. PRINCIPAIS VANTAGENS DE IMPLANTAÇÃO DE UM PMO: “CONFORME PMI (2004) AS ORGANIZAÇÕES ENVOLVIDAS COM O GERENCIAMENTO SIMULTÂNEO DE VÁRIOS PROJETOS E/OU PROJETOS SEQUENCIAIS, OBTEM BENEFÍCIOS COM A IMPLANTAÇÃO DE UM PMO”. • Compartilhamento e coordenação de recursos em todos os projetos administrados; • Identificação e desenvolvimento de metodologia, melhores práticas e normas de gerenciamento de projetos; • Centralização e gerenciamento das informações para politicas, procedimento, modelos e outras documentações compartilhadas; • Gerenciamento de configuração centralizado em todos os projetos administrados; • Repositório e gerenciamento centralizado para riscos compartilhados e exclusivos para todos os projetos; • Escritório central para operação e gerenciamento de ferramentas do projeto, com software de gerenciamento de projetos para toda a empresa; • Coordenação central de gerenciamento das comunicações entre projetos; • Plataforma de aconselhamento para gerentes de projetos; • Monitoramento central de todos os prazos e orçamentos do projeto do PMO; • Coordenação dos padrões de qualidade globais do projeto entre os gerentes de projetos e qualquer pessoal interno ou externo de qualidade ou organização de normalização.
  6. 6. ANÁLISE DE MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS: CONFORME PESQUISA DE MATURIDADE APRESENTADA POR LISARB, REALIZADA POR ESCRITÓRIO EXTERNO ATRÁVES DE QUESTIONÁRIO ESPECÍFICO APLICADO AOS SEUS ADMNISTRADORES DO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, PODE-SE ANALISAR ATRAVÉS DO MODELO MMGP – MODELO DE MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS – PRADO, QUE: A maturidade de LISARB é Nível 2 entre os 5 níveis especificado e demonstrado no gráfico ao lado, onde: Nível 2: Conhecido • A organização fez investimentos constantes em treinamento e adquiriu softwares de gerenciamento de projetos; • Podem ocorrer a existência de iniciativas isoladas de padronização de procedimentos, mas seu uso é restrito; • Percebe-se melhor a necessidade de se efetuar planejamento e controle padronizados; • Os “fracassos” teimam em continuar acontecendo..
  7. 7. Nível Hierárquico – H2 • Analisando o nível de maturidade de LISARB, decidiu-se pela implementação de um PMO de nível H2, visando a melhoria e padronização dos processos e recursos para Planejamento e controle dos projetos
  8. 8. FUNÇÃO ADOTADA PARA IMPLANTAÇÃO DO PMO MÉTODOS E PROCEDIMENTOS: • Ao estruturar os Métodos e Procedimentos, busca-se atingir objetivos através de programas de processos ou técnicas regulamentadas previamente, aprimorando obtenção de resultados previamente estabelecidos em prazos, custos e qualidade no gerenciamento de projetos.
  9. 9. MODELO ADOTADO PARA IMPLANTAÇÃO DO PMO POOL DE RECURSOS • Permite o compartilhamento de recursos entre projetos, minimizando custos através de rateio, melhora o nível de qualidade e minimiza riscos de atrasos nos projetos. Ao utilizar os recursos o mais próximo de 100% de sua disponibilidade, minimiza perdas com ociosidades, justifica melhor os custos incorridos ou investimentos agregando valor ao projeto, melhora a performance por reter talentos sem a necessidade de contratações e treinamentos; mantém bancos de dados e aumenta a maturidade.
  10. 10. MÉTRICAS E INDICADORES • Índice de Entregáveis em atraso; • Índice de cumprimento de prazos; • Índice de cumprimento de custos; • Índice de conformidade no gerenciamento da qualidade; • Aderência do efetivo previsto em relação ao realizado; • Quantidade de problemas decorrentes de ruídos ou falta de comunicação; • Índice de HH terceirizado (número de HH de fornecedores previstos em relação ao número de HH utilizado; • Quantidade de riscos identificados por projeto; • Quantidade de projetos em execução As métricas e indicadores permitem ter ideia de eficácia de projetos em andamento; permitem acompanhar riscos potenciais e descobrir áreas-problemas antes que se tornem críticos. Os índices apontados acima, englobam nove áreas das boas práticas do PMBOK de maneira sistêmica e permite avaliações de todas áreas de um projeto.
  11. 11. ETAPAS DE IMPLANTAÇÃO 1. Preparar o terreno; 2. Começar com metas de curto prazo; 3. Caminhar com as soluções de longo prazo; 4. Manter e aprimorar; FASES: • O planejamento de etapas de implantação através de metas adequadas a maturidade em gerenciamento de projetos da companhia, espera-se evitar ou diminuir problemas durante a implantação do PMO.
  12. 12. DEFINIÇÃO DO PORTFÓLIO O Portfólio será definido no seguinte fluxo: IDENTIFICAÇÃO DOS PROJETOS CATEGORIZAÇÃO AVALIAÇÃO SELEÇÃO PRIORIZAÇÃO BALANCEAMENTO
  13. 13. IDENTIFICAÇÃO DOS PROJETOS 1 • TRANQUILIDADE 2 • POLÍTICA PARA QUEM PRECISA 3 • RESPEITO 4 • VELHO AMIGO 5 • FALA LISARB 6 • QUEM AMA CUIDA 7 • CUIDAR PARA TER 8 • PLANO NACIONAL PARA SEGURANÇA 9 • EDUCAÇÃO PARA TODOS 10 • VALORIZA CIDADÃO 11 • VASSOURA POLÍTICA
  14. 14. IDENTIFICAÇÃO DOS PROJETOS 12 • PLANO DE ÉTICA NACIONAL 13 • VIDA LIMPA 14 • EDUCA LISARB 15 • SAÚDE PARA TODOS 16 • VIVA BEM 17 • LIGA DA JUSTIÇA 18 • VIDA BOA 19 • EDUCAÇÃO DO FUTURO 20 • LIMPA GERAL 21 • DESENVOLVE LISARB 22 • POMBA BRANCA
  15. 15. CATEGORIZAÇÃO DOS PROJETOS CATEGORIAS CULTURA EDUCAÇÃO ÉTICA NA POLÍTICA POLITICA EXTERNA QUALIDADE DE VIDA SEGURANÇA SUSTENTABILIDADE ECONÔMICA
  16. 16. CATEGORIZAÇÃO DOS PROJETOS CULTURA RESPEITO VALORIZA CIDADÃO EDUCAÇÃO EDUCAÇÃO PARA TODOS EDUCA LISARB EDUCAÇÃO DO FUTURO ÉTICA NA POLITICA POLÍTICA PARA QUEM PRECISA FALA LISARB VASSOURA POLÍTICA PLANO DE ÉTICA NACIONAL LIMPA GERAL POLITICA EXTERNA VELHO AMIGO DESENVOLVE LISARB QUALIDADE DE VIDA TRANQUILIDADE QUEM AMA CUIDA VIDA LIMPA SAÚDE PARA TODOS VIVA BEM VIDA BOA SEGURANÇA PLANO NACIONAL PARA SEGURANÇA LIGA DA JUSTIÇA POMBA BRANCA SUSTENTABILIDADE ECONÔMICA CUIDAR PARA TER
  17. 17. AVALIAÇÃO DOS PROJETOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO • A fim de avaliar os projetos, adotou-se os critérios de avaliação classificatórios abaixo: 0 5 10 Quantidade de recursos alocados 1 1 2 3 Grau de Risco 2 1 2 3 Tempo de implantação (anos) 3 > 3 entre 2 a 3 < 2 Relação custo/benefício (custo/Retorno) 4 < 1 entre 1 a 1,3 > 1,3 Abrangência de benefício(% população) 5 < 30% entre 30 a 60% > 60% PesoCritério Legenda para nota
  18. 18. AVALIAÇÃO DOS PROJETOS RESULTADOS DOS PROJETOS • Aplicando os critérios aos projetos 0 5 10 NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA Quantidade de recursos alocados 1 1 2 3 5 5 10 10 10 10 5 5 5 5 5 5 10 10 5 5 10 10 5 5 5 5 Grau de Risco 2 1 2 3 5 10 5 10 5 10 5 10 5 10 0 0 5 10 5 10 5 10 5 10 0 0 Tempo de implantação (anos) 3 > 3 entre 2 a 3 < 2 5 15 5 15 5 15 10 30 5 15 0 0 10 30 5 15 10 30 10 30 5 15 Relação custo/benefício (custo/Retorno) 4 < 1 entre 1 a 1,3 > 1,3 5 20 10 40 0 0 10 40 5 20 0 0 0 0 0 0 0 0 10 40 5 20 Abrangência de benefício(% população) 5 < 30% entre 30 a 60% > 60% 10 50 5 25 5 25 0 0 5 25 10 50 10 50 10 50 10 50 0 0 10 50 TOTAL 100 TOTAL 100 TOTAL 60 TOTAL 85 TOTAL 75 TOTAL 55 TOTAL 100 TOTAL 80 TOTAL 100 TOTAL 85 TOTAL 90 0 5 10 NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA NOTA MÉDIA Quantidade de recursos alocados 1 1 2 3 0 0 10 10 5 5 5 5 5 5 5 5 5 5 10 10 5 5 5 5 5 5 Grau de Risco 2 1 2 3 10 20 10 20 0 0 0 0 0 0 10 20 5 10 0 0 5 10 5 10 0 0 Tempo de implantação (anos) 3 > 3 entre 2 a 3 < 2 10 30 10 30 5 15 0 0 0 0 10 30 10 30 0 0 10 30 5 15 10 30 Relação custo/benefício (custo/Retorno) 4 < 1 entre 1 a 1,3 > 1,3 0 0 0 0 5 20 0 0 0 0 5 20 5 20 0 0 0 0 5 20 10 40 Abrangência de benefício(% população) 5 < 30% entre 30 a 60% > 60% 10 50 10 50 5 25 0 0 10 50 10 50 10 50 10 50 10 50 5 25 10 50 TOTAL 100 TOTAL 110 TOTAL 65 TOTAL 5 TOTAL 55 TOTAL 125 TOTAL 115 TOTAL 60 TOTAL 95 TOTAL 75 TOTAL 125 Critério Peso Legenda para nota PROJETOS PROJETOS Plano de Ética Nacional Vida Limpa Educa LISARB Saúde Para Todos Viva Bem Liga da Justiça Vida Boa Educação do Futuro Limpa Geral Desenvolve LISARB Pomba Branca Cuidar Para Ter Plano Nacional Para Segurança Educação para todos Valoriza Cidadão Vasssoura Política Peso Tranquilidade Política Para quem precisa RespeitoCritério Velho Amigo Fala LISARB Quem Ama Cuida Legenda para nota
  19. 19. AVALIAÇÃO DOS PROJETOS RESULTADOS DOS PROJETOS • Aplicando os critérios aos projetos ÍTEM PROJETO CATEGORIA NOTA POSIÇÃO 17 LIGA DA JUSTIÇA Segurança 125 1 22 POMBA BRANCA Segurança 125 1 18 VIDA BOA Qualidade de vida 115 2 13 VIDA LIMPA Qualidade de vida 110 3 1 TRANQUILIDADE Qualidade de vida 100 4 2 POLÍTICA PARA QUEMPRECISA Ética na Política 100 4 7 CUIDAR PRA TER Sustentabilidade Econônica 100 4 9 EDUCAÇÃO PRA TODOS Educação 100 4 12 PLANO DE ÉTICA NACIONAL Ética na Política 100 4 20 LIMPA GERAL Ética na Política 95 5 11 VASSOURA POLÍTICA Ética na Política 90 6 4 VELHO AMIGO Política Externa 85 7 10 VAROLIZA CIDADÃO Cultura 85 7 8 PLANO NACIONAL PARA SEGURANÇA Segurança 80 8 5 FALA LISARB Ética na Política 75 9 21 DESENVOLVE LISARB Política Externa 75 9 14 EDUCA LISARB Educação 65 10 3 RESPEITO Cultura 60 11 19 EDUCAÇÃO DO FUTURO Educação 60 11 6 QUEMAMA CUIDA Qualidade de vida 55 12 16 VIVA BEM Qualidade de vida 55 12 15 SAÚDE PRA TODOS Qualidade de vida 5 13
  20. 20. SELEÇÃO DOS PROJETOS RESULTADOS DOS PROJETOS • Foi selecionado os projetos com notas acima de 80 ÍTEM PROJETO CATEGORIA NOTA POSIÇÃO 17 LIGA DA JUSTIÇA Segurança 125 1 22 POMBA BRANCA Segurança 125 1 18 VIDA BOA Qualidade de vida 115 2 13 VIDA LIMPA Qualidade de vida 110 3 1 TRANQUILIDADE Qualidade de vida 100 4 2 POLÍTICA PARA QUEMPRECISA Ética na Política 100 4 7 CUIDAR PRA TER Sustentabilidade Econônica 100 4 9 EDUCAÇÃO PRA TODOS Educação 100 4 12 PLANO DE ÉTICA NACIONAL Ética na Política 100 4 20 LIMPA GERAL Ética na Política 95 5 11 VASSOURA POLÍTICA Ética na Política 90 6 4 VELHO AMIGO Política Externa 85 7 10 VAROLIZA CIDADÃO Cultura 85 7 8 PLANO NACIONAL PARA SEGURANÇA Segurança 80 8 5 FALA LISARB Ética na Política 75 9 21 DESENVOLVE LISARB Política Externa 75 9 14 EDUCA LISARB Educação 65 10 3 RESPEITO Cultura 60 11 19 EDUCAÇÃO DO FUTURO Educação 60 11 6 QUEMAMA CUIDA Qualidade de vida 55 12 16 VIVA BEM Qualidade de vida 55 12 15 SAÚDE PRA TODOS Qualidade de vida 5 13
  21. 21. PRIORIZAÇÃO DOS PROJETOS Foram priorizados os projetos selecionados de maneira a atender todas as categorias e estratégias de LISARB, eliminou os projetos com duplicidade de estratégias e categorias, e foi selecionado os 9 melhores projetos que atendessem todas as categorias e estratégias de LISARB ÍTEM PROJETO CATEGORIA ESTRATÉGIA POSIÇÃO 17 LIGA DA JUSTIÇA Segurança 1 1 22 POMBA BRANCA Segurança 9 1 18 VIDA BOA Qualidade de vida 6 2 2 POLÍTICA PARA QUEMPRECISA Ética na Política 5 4 7 CUIDAR PRA TER Sustentabilidade Econônica 4 4 9 EDUCAÇÃO PRA TODOS Educação 3 4 12 PLANO DE ÉTICA NACIONAL Ética na Política 2 4 4 VELHO AMIGO Política Externa 8 7 10 VALORIZA CIDADÃO Cultura 7 7 13 VIDA LIMPA Qualidade de vida 6 3 1 TRANQUILIDADE Qualidade de vida 6 4 20 LIMPA GERAL Ética na Política 9 5 11 VASSOURA POLÍTICA Ética na Política 9 6
  22. 22. ANALISE E BALANCEAMENTO DOS PROJETOS Ao analisar o Balanceamento do Portfólio a partir do gráfico de bolhas, foi considerado como Portfólio Balanceado em relação aos objetivos estratégicos de LISARB e suas categorias, tanto para os recursos aplicados , quando para os prazos de implementação 9 Maior Maior custo 8 Menor Menor custo 7 6 5 verde Curto Prazo 4 vermelho Longo prazo 3 2 1 CULTURA EDUCAÇÃO ÉTICA NA POLÍTICA POLÍTICA EXTERNA QUALIDADE DE VIDA SEGURANÇA SUSTENTABILIDADE ECONÔMICA Tamanho Cor Categoria Objetivo estratégico

×