INTEGRAÇÃO DE PROJETOS    Natal/RN   - GP Turma 04
LOGOTIPO DA EMPRESA E DO PROJETO   Excelência em Construção Civil
EQUIPE  Jerusley Ferreira da Costa, José Aldo Gomes, Dayan Ferreira Dantas, Ramid Riserio                  Mendonça de Med...
APRESENTAÇÃO DA EMPRESA A Hunka Engenharia atua no mercado imobiliário da Grande Natal no Estado do Rio Grande do Norte, c...
APRESENTAÇÃO DO PROJETO Visando atender o grande crescimento da região metropolitana da Grande Natal, mais especificamente...
OBJETIVO Este trabalho consiste em apresentar a aplicação dos conhecimentos adquiridos em sala de aula sobre a integração ...
ESTRUTURA ANALÍTICA DO PROJETO
GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO                              Obs:                              Obs:                           ...
PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO Abaixo temos como a gerência de integração se relaciona com cada área:           ...
COMO INICIAR O PROJETO Iniciamos nossos projetos com o desenvolvimento do Termo de Abertura do Projeto (DTAP) e identifica...
COMO INICIAR O PROJETO No termo de abertura de projeto ficará definido o responsável por cada fase do projeto, com definiç...
COMO PLANEJAR O PROJETO O planejamento do projeto está presente em todas as áreas de conhecimento do gerenciamento de proj...
COMO PLANEJAR O PROJETO Os processos realizados para definir o escopo do projeto, refinar [e detalhar] os objetivos e dese...
COMO PLANEJAR O PROJETO Processos realizados para amadurecer o escopo do projeto, desenvolver o plano de gerenciamento do ...
COMO PLANEJAR O PROJETO
COMO EXECUTAR O PROJETO Os processos realizados para executar o trabalho definido no plano de gerenciamento do projeto par...
COMO EXECUTAR O PROJETO A equipe do projeto terá a missão de realizar a integração entre as áreas neste processo específic...
COMO MONITORAR O PROJETO Os processos necessários para acompanhar, revisar, e regular o progresso e o desempenho do projet...
COMO MONITORAR O PROJETO O GP será responsável por encaminhar e defender as alterações de escopo junto ao sponzor; Toda al...
COMO MONITORAR O PROJETO Como toda a parte de execução será feita por empresas contratadas, foram contratados fiscais espe...
COMO ENCERRAR O PROJETO  São os processos usados para finalizar formalmente todas as  atividades de um projeto ou de uma f...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Construção de um motel

5.230 visualizações

Publicada em

Titulo: Construção de um motel
Alunos:Dayan Ferreira Dantas,José Aldo,JERUSLEY FERREIRA,Ramid,Bruno de Carvalho Hunka,
Cidade: Natal
Disciplina: Integração
Turma: GP04
Data:18-12-2012
Hora:11:40
Comentarios:Segue trabalho de gerenciamento da integração
Publico até ápos a correção

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.230
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
68
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Construção de um motel

  1. 1. INTEGRAÇÃO DE PROJETOS Natal/RN - GP Turma 04
  2. 2. LOGOTIPO DA EMPRESA E DO PROJETO Excelência em Construção Civil
  3. 3. EQUIPE Jerusley Ferreira da Costa, José Aldo Gomes, Dayan Ferreira Dantas, Ramid Riserio Mendonça de Medeiros e Bruno de Carvalho Hunka.
  4. 4. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA A Hunka Engenharia atua no mercado imobiliário da Grande Natal no Estado do Rio Grande do Norte, com forte atuação na construção de empreendimentos residenciais e comerciais. Com experiência de 10 anos no setor, busca melhorias contínuas e excelência na prestação dos seus serviços, visando atender todas as expectativas dos clientes. Formada por profissionais capacitados e com experiência na implantação e gerenciamento em projetos de construção civil.
  5. 5. APRESENTAÇÃO DO PROJETO Visando atender o grande crescimento da região metropolitana da Grande Natal, mais especificamente em Nova Parnamirim, um grupo de empresários locais contratou a Hunka Engenharia para a construção de um Motel nesta localidade, tendo em vista a comprovada capacidade e qualidade nas obras realizadas por nossa empresa. O Motel será de alto padrão e visando atender ao público das classes A e B da Grande Natal.
  6. 6. OBJETIVO Este trabalho consiste em apresentar a aplicação dos conhecimentos adquiridos em sala de aula sobre a integração de todas as áreas de conhecimento no gerenciamento de projetos, aplicando-se a um caso prático de gestão de projetos.
  7. 7. ESTRUTURA ANALÍTICA DO PROJETO
  8. 8. GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO Obs: Obs: Realizando uma análise podemos verificar que os processos de integração, são PDCA. um ciclo PDCA.
  9. 9. PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO Abaixo temos como a gerência de integração se relaciona com cada área: INICIAÇÃO PLANEJAMENTO EXECUÇÃO MONITORAMENTO & CONTROLE ENCERRAMENTO Monitorar e Controlar o Trabalho do Desenvolver Termo de Abertura do Desenvolver Plano de Gerenciamento Orientar e Gerenciar a Execução do Projeto - MCTP INTEGRAÇÃO Encerrar Projeto/Fase - EPF Projeto - DTAP do Projeto - DPGP Projeto - OGEP Realizar o Controle Integrado de Mudanças - RCIM Coletar Requisitos - CR Verficar Escopo - VE ESCOPO Definir Escopo - DE Controlar Escopo - CE Criar WBS - WBS Definir Atividades - D Controlar Cronograma - CC Sequenciar Atividades - S TEMPO Estimar Recursos das Atividades - ER Estimar Duração das Atividades - ED Desenvolver Cronograma - DC Estimar Custos - EC Controlar Custos - CC CUSTO Determinar o Orçamento - DO QUALIDADE Planejar Qualidade - PQ Realizar Garantia da Qualidade - RCG Realizar Controle de Qualidade - RCQ Mobilizar Equipe do Projeto - MEP Desenvolver Plano de Recursos RH Desenvolver Equipe do Projeto - DEP Humanos - DPRH Gerenciar Equipe do Projeto - GEP Distribuir as Informações - DICOMUNICAÇÕES Identificar Stakeholders - ISH Planejar Comunicações - PC Gerenciar Expectativa dos Reportar Desempenho - RD Stakeholders - GESH Planejar o Gerenciamento de Riscos - Monitorar e Controlar Riscos - MCR PGR Identificar Riscos - IR RISCOS Análise Qualitativa dos Riscos - QL Análise Quantitativa dos Riscos - QT Planejar Resposta aos Riscos - PRR AQUISIÇÕES Planejar as Aquisições - PA Conduzir Aquisições - CA Administrar Aquisições - AA Encerrar Aquisições - EA
  10. 10. COMO INICIAR O PROJETO Iniciamos nossos projetos com o desenvolvimento do Termo de Abertura do Projeto (DTAP) e identificação dos Stakeholders; Principais stakeholders identificados para este projeto: Sponzor, Gerente do Projeto, Vizinhança, órgãos municipais, fornecedores, sindicato dos trabalhadores da construção civil, etc; Realizamos uma reunião de abertura do projeto, com o objetivo de alinhar todas as principais informações sobre o empreendimento com os principais stakeholders;
  11. 11. COMO INICIAR O PROJETO No termo de abertura de projeto ficará definido o responsável por cada fase do projeto, com definição de marcos e prazos de entrega por fase; O Gerente funcional que irá se responsabilizar pelas fases do projeto realizará o desdobramento dos objetivos dentro da sua equipe para o início de cada pacote de trabalho, alinhado com os objetivos das fases do projeto e consequentemente com a entrega do projeto.
  12. 12. COMO PLANEJAR O PROJETO O planejamento do projeto está presente em todas as áreas de conhecimento do gerenciamento de projetos; Nesta etapa temos que desenvolver o plano de gerenciamento do projeto (DPGP), fornecendo uma descrição de alto nível do escopo; Podemos avaliar na WBS do projeto que temos fases e pacotes de trabalho que terão um peso maior de cada área de conhecimento;
  13. 13. COMO PLANEJAR O PROJETO Os processos realizados para definir o escopo do projeto, refinar [e detalhar] os objetivos e desenvolver o curso de ação necessário para alcançar os objetivos para os quais o projeto foi criado (PMBOK, 2009). Nele são detalhadas suas estimativas de duração e sequenciamento lógico, identificação de recursos necessários, elaboração de cronograma e orçamento, e planos de atuação para monitoramento e controle da gestão do projeto, e de eventuais mudanças futuras (POSSI et al., 2006).
  14. 14. COMO PLANEJAR O PROJETO Processos realizados para amadurecer o escopo do projeto, desenvolver o plano de gerenciamento do projeto. A equipe do projeto deve usar as partes interessadas no planejamento do projeto, pois elas possuem habilidades e conhecimento que podem ser aproveitados no desenvolvimento do plano de gerenciamento do projeto e em quaisquer planos auxiliares. Visando identificar o processo de planejamento em cada fase, criamos uma matriz mostrando como será tratado o planejamento em cada fase, que podemos verificar no slide a seguir.
  15. 15. COMO PLANEJAR O PROJETO
  16. 16. COMO EXECUTAR O PROJETO Os processos realizados para executar o trabalho definido no plano de gerenciamento do projeto para satisfazer as especificações do mesmo (PMBOK, 2009). Têm como característica a integração de pessoas e utilização de recursos para a realização de tudo o que foi planejado e documentado em um plano de gerenciamento do projeto (POSSI, et al., 2006) São processos usados para terminar o trabalho definido no plano de gerenciamento do projeto a fim de cumprir os requisitos do projeto. A maior parte do orçamento geralmente é gasta nesse grupo de processos.
  17. 17. COMO EXECUTAR O PROJETO A equipe do projeto terá a missão de realizar a integração entre as áreas neste processo específicos; A equipe de projeto realizará o report das ações em andamentos para os responsáveis de cada fase assim como atuará como facilitador na comunicação entre áreas; Existirá um cronograma mensal de reuniões de resultados, com a participação de cada gerente de fase (funcional), para que se discuta status atual das fases e se defina planos de ação para itens fora da baseline; As áreas de suporte (RH e aquisições) também participarão das reuniões de resultado e terão metas atreladas ao projeto; O GP será o responsável pelo gerenciamento dos stakeholders.
  18. 18. COMO MONITORAR O PROJETO Os processos necessários para acompanhar, revisar, e regular o progresso e o desempenho do projeto, identificar todas as áreas nas quais são necessárias mudanças no plano e iniciar as mudanças correspondentes (PMBOK, 2009). São processos que visam assegurar que os trabalhos sigam o planejamento original, identificando ações preventivas e corretivas, eliminando anormalidades e desvios (POSSI et al., 2006)
  19. 19. COMO MONITORAR O PROJETO O GP será responsável por encaminhar e defender as alterações de escopo junto ao sponzor; Toda alteração de escopo, deve ter autorização do gerente funcional e do sponzor, com os seus devidos registros que formalizem tais autorizações; A área de comunicação se responsabilizará pelo envio de reports desempenho das fases do projeto e ações tomadas; A área de aquisição deve definir no processo de aquisições os requisitos de aprovação da obra;
  20. 20. COMO MONITORAR O PROJETO Como toda a parte de execução será feita por empresas contratadas, foram contratados fiscais especialistas nos processos de produção, para realizarem a aceitação das fases de execução, através da aplicação de checklists, definidos no escopo, no momento da aquisição com cada empresa contratada; A medição final da obra além da aprovação da fiscalização, terá mais duas alçadas de aprovação gerente funcional e sponzor, sendo liberado o faturamento na seguinte sequência: 30% - Início da obra; 50% - Validação Fiscalização; 20% - Medição Final ( aprovação sponzor).
  21. 21. COMO ENCERRAR O PROJETO São os processos usados para finalizar formalmente todas as atividades de um projeto ou de uma fase do projeto, entregar o produto terminado para outros ou encerrar um projeto cancelado, junto com o arquivo documental dos trabalhos e análise do aprendizado adquirido. No nosso caso específico após finalizado cada pacote de trabalho, fase e até mesmo o projeto existirá uma reunião de entrega, onde se mostrará que a etapa foi vencida dentro do escopo solicitado; A entrega terá como marco a assinatura do sponzor; Um grande cuidado neste momento é da área de aquisições encerrar os contratos com as empresas contratadas para execução de modo a não deixar nenhuma pendência.

×