Cervejaria Martins

682 visualizações

Publicada em

Titulo: Cervejaria Martins
Alunos:Marcel Rocha,Patricia R Hiramatsu,Vinicius Higuthi Fukuyama,Martin Mejia
Cidade: Paulista
Disciplina: Aquisições
Turma: GEEP 28
Data:05-04-2013
Hora:13:06
Comentarios:
Publico até ápos a correção

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Comentários
    Introdução: sugere-se identificar claramente no trabalho a disciplina, cidade e turma;
    Objetivo: sugere-se identificar o objetivo do trabalho;
    WBS: ok;
    Análise Make or Buy: ok;
    Mapa das Aquisições: ok;
    WBS revisada: sugere-se identificar os PT buy;
    Registro de Riscos: ok;
    Processo Escolhido: ok;
    Declaração de Trabalho: ok;
    Critérios Eliminatórios: ok;
    Critérios Classificatórios: ok;
    Explicitar critérios: ok;
    Sistema de Pontuação: sugere-se que o vendor list seja o mesmo do mapa das aquisições; sugere-se destacar o vencedor da concorrência;
    Documentos de Aquisições: ok;
    Meio: ok;
    Contrato: ok;
    Espécie do Contrato: ok;
    Tipo de Contrato: ok;
    Licitação ou Concorrência: item não contemplado claramente no trabalho;
    Fiscalização: ok;
    Relatórios: sugere-se apresentar os templates: ok;
    Passo a passo controlar contratos: ok;
    Passo a passo encerrar contratos: ok;
    PGA: sugere-se identificar os campos do PGA;
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
682
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
100
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cervejaria Martins

  1. 1. Cervejaria Martins CM
  2. 2. A EmpresaA Cervejaria Martins é uma empresa produtora de cervejas de altaqualidade com 10 anos de atuação no Brasil.Com uma planta instalada na cidade de Brusque no estado de SantaCatarina ela atende a todo o território nacional com a produção de 80milhões de litros de cerveja por ano. CM
  3. 3. Diretores Martin Mejia Bruno Marcel Patricia R. Vinicius H. R. Teixeira Hiramatsu Fukuyama CM
  4. 4. ObjetivoConstruir uma unidade fabril, no município de Diadema no estado deSão Paulo, para a produção das cervejas do grupo da Cervejaria Martins,com capacidade de produzir 100 milhões de litros de cerveja por ano, quecontribuirá para um aumento no faturamento da empresa a partir do anode 2015. CM
  5. 5. WBS Unidade de DiademaPlanejamento Estrutura Produção Comercialização Divulgação Plano do TV, Rádio, B Fundação B Matéria Prima B Expedição M B Projeto Jornal Plano de Fabricação M Estrutura Distribuição M Internet B aquisição de B B externa MP Embalagem B Plano de Estrutura Conferência M construção da B interna B planta Armazenagem M Faturamento M Maquinário B Controle de Qualidade M CM
  6. 6. Critérios Make or Buy da Empresa1. Capacidade (quantidade e qualidade) da equipe Não há pessoas suficientes que possam desempenhar determinadas atividades com a qualidade que é necessária2. Necessidade de fornecimento especializado Para alguns trabalho faz-se necessário um “know-how” que a Cervejaria Martins não possui3. Restrições de prazo Uma empresa especializada no trabalho requerido, pode contribuir para uma entrega mais rápida4. Core business da empresa O core business da empres é a produção de cervejas. Para outras atividades, é mais indicado a contratação de uma empresa especializada5. Restrições de Custo O custo da contratação de um trabalho pode ser menor do que a escolha por contratar alguém que entenda do trabalho em questão6. Existência de fornecedores confiáveis Há fornecdores que já trabalham com a nossa empresa, que são de procedência confiável7. Compartilhamento de Riscos Compartilhar os riscos com a empresa que estará fornecedo o serviço, reduz o prejuízo da empresa caso algo dê errado CM
  7. 7. Mapa das Aquisições Critério Item a serConcorrência Vendor List Prazo Orçamento Make or Contratado Buy Consultoria A Plano do 1 Consultoria B 2 meses R$ 300.000,00 1; 2; 3; 4 Projeto Consultoria C Construtora 1 2 Fundação Construtora 2 2 meses R$ 100.000,00 2; 4; 7 Construtora 3 Fornecedor 1 3 Matéria Prima Fornecedor 2 1 semana R$ 50.000,00 2; 4; 5; 6 Fornecedor 3 Fornecedor A 4 Embalagem Fornecedor B 2 semanas R$ 50.000,00 2; 4; 5; 6 Fornecedor C Agência 1 TV, Rádio, 5 Agência 2 2 meses R$ 100.000,00 1; 2; 3; 4 Jornal Agência 3 CM
  8. 8. WBS Revisada Unidade de DiademaPlanejamento Estrutura Produção Comercialização Divulgação Contratos Plano do Recebimento TV, Rádio, Geração de Fundação Expedição Projeto de MP Jornal Contratos Plano de Fabricação Adm de Estrutura Distribuição Internet aquisição de Contratos externa MP Embalagem Encerramento Plano de Estrutura Conferência de Contratos construção interna da planta Armazenage m Auditoria de Faturamento Maquinário Contratos Controle de Qualidade CM
  9. 9. RR - Registro de Riscos Evento Resposta Momento de Resposta Selecionar empresa com melhor SEL1. Atrasar o Plano do Projeto processo CONT2. Aumento do valor da Preço fixo por um determinado CONTMatéria Prima período • Selecionar fornecedores com3. Embalagens fora das qualidade no produto SELespecificações requeridas • Multa contratual CONT • Garantia de devolução • Selecionar fornecedores com4. Mal funcionamento no SEL qualidade no produtomáquinário adquirido CONT • Garantia de devolução CM
  10. 10. Concorrência Escolhida Critério Item a serConcorrência Vendor List Prazo Orçamento Make or Contratado Buy Consultoria A Plano do 1 Consultoria B 2 meses R$ 300.000,00 1; 2; 3; 4 Projeto Consultoria C Construtora 1 2 Fundação Construtora 2 2 meses R$ 100.000,00 2; 4; 7 Construtora 3 Fornecedor 1 3* Matéria Prima Fornecedor 2 1 semana R$ 50.000,00 2; 4; 5; 6 Fornecedor 3 Fornecedor A 4 Embalagem Fornecedor B 2 semanas R$ 50.000,00 2; 4; 5; 6 Fornecedor C Agência 1 TV, Rádio, 5 Agência 2 2 meses R$ 100.000,00 1; 2; 3; 4 Jornal Agência 3* Item escolhido para realizar concorrência CM
  11. 11. DT – Declaração de TrabalhoDT para fornecedores de Matéria Prima – Cevada Especificação Funcional: Cevada para fabricação de cervejas(germinação mínima de 95%, teor de proteína não excedendo 12%) Validade: 12 meses Procedência: Nacional Certificados: GMO-free (não transgênico) Embalagem: 25kg Prazos: 20 dias para entrega Pagamento: 30 dias pós recebimento Garantia: Garantia de devolução para a cevada que esteja fora dopadrão de qualidade requerido Local de Entrega: Diadema – SP CM
  12. 12. Critérios Eliminatórios para fornecedores 1 - Distância geográfica do local de entrega menor que 150km. 2 - Prazo de entrega menor que 20 dias. 3 - Prazo de pagamento maior ou igual a 30 dias. 4 - Tempo de mercado maior que 2 anos. 5 - Preço menor ou igual da média de mercado. 6 - Empresa com certificação aprovada pela Anvisa. 7 - Atendimento das características exigidas pela nossa empresa (sensoriais, físico-químicas e microbiológicas) CM
  13. 13. Critérios Classificatórios para fornecedores 1 - Preço 2 - Tempo de existência no mercado 3 - Distância geográfica do local de entrega 4 - Prazo de Pagamento 5 - Prazo de entrega CM
  14. 14. Divulgação dos critérios de avalição aos convidadosfornecedores Não será divulgado os critérios de avaliação dos fornecedores pois isso abre margem para fornecedores que adulteram pequenos detalhes para se adequarem a proposta sem contudo estarem preparados para atendê-la. CM
  15. 15. Avaliação dos fornecedores FORN. A FORN. B FORN. C Critério Peso (%) Nota Média Nota Média Nota MédiaPreço 30 10 3,00 8 2,40 8 2,40Tempo de existência no 20 6 1,20 8 1,60 10 2,00mercadoDistância geográfica do 10 5 0,50 10 1,00 7 0,70local de entregaPrazo de pagamento 20 3 0,60 8 1,60 10 2,00Prazo de entrega 20 9 1,80 10 2,00 7 1,40 Somatório 100 33 7,10 44 8,60 42 8,50 CM
  16. 16. Documentos de aquisição adotadosRFQ – Request for quotation: Será enviado o pedido de cotação incluindoas quantidades requisitadas dos produtos.Cotação – Deverá haver um documento formal de cotação contendopreço para a quantidade requisitada e prazo de entrega.OC – Ordem de Compra: Documento que estabelecerá formalmenteum pedido de acordo com a cotação requisitada.OD- Ordem de Devolução : Documento que pede a devolução formal doproduto caso esse não esteja de acordo com os parâmetros e qualidadesespecificadas em contrato.Contrato Formal : Documento que reune as regras de acordoestabelecidas entre fornecedor e comprador e que deve ser acordada eassinada por ambas as partes. CM
  17. 17. Meio para envio do conviteO meio de divulgação da RFQ aos possíveis fornecedores será efetuadoatravés de: E-mail;Efetuaremos através de e-mail para que se possa ter a resposta derecebimento, assim como facilitar a divulgação a todos os fornecedores.Uma ligação de confirmação pode ser utilizada, somente para confirmaros fornecedores que irão participar. CM
  18. 18. Contrato Formal ou Tácito?Irá ser utilizado o contrato de modo Formal.O mesmo foi escolhido para que acordos possam ser firmados através decláusulas, observando as formalidades previstas no Código Civil. E destemodo transferir neste ponto a responsabilidade ao fornecedor.Utilizando a Ordem de Compra e o Contrato de Acordo. CM
  19. 19. Espécie de ContratoEspécie a ser utilizada será de compra e venda;Visto que iremos efetuar aquisições de produtos dofornecedor selecionado após o processo. CM
  20. 20. Tipo de ContratoPara a formalização do contrato iremos utilizar contratos típicos: Tempo e Material;Visto que iremos adquirir produtos de tempos em tempos, sempre quenecessário, devemos utilizar este modo para que as variações não acabempor privilegiar nenhuma das partes. CM
  21. 21. Passo a Passo para Conduzir Proposta Preço Técnica Análise da Proposta Critérios Diferenciais Experiência Classificar Fornecedor Sistema de Pontuação Solicitar Contra Avaliação do Resultado Proposta Decidir Fornecedor Gerar Contrato CM
  22. 22. Atitudes e Fiscalizações a adotar para CONTROLARO contrato deverá ser respeitado por todas as partes envolvidas nomesmo.Haverá um departamento de ética, responsável pelas atitudes de ambasas partes.Fiscalizações: Ordens de serviços serão emitidas para cada pedido de suprimentos. Auditorias mensais serão realizadas no departamento de finanças e dequalidade. Semestralmente serão feitas medições de desempenho em cada umadas unidades Para fornecedores de medição devem ser tidos: • Experiência • Qualidade medições • Tempo de entrega • Tipo de embalagem • Preço CM
  23. 23. Relatórios adotados para Controlar a AquisiçãoSe levaram a cabo boletim de medição (BM) 1. Boletins de medição serão realizadas a cada dois meses na nova unidade 2. As seguintes atividades serão monitoradas: • Vendas 0-1000 • Renda (ingressos dia) • Despesas (dia) • Número de clientes(quantidade dia) • Clientes satisfeitos (0-100%) • Definição de best-sellers (produto) • Horário de maior movimento (14-24 horas) 3. Valor dos avancos medidos (100%) • vendas 25% • renda 20% • despessas 15% • numero de clientes 10% • Definição de best-sellers 10% • Horário de maior movimento 20%Realizar un kick-off antes da abertura da nova Unidade Diadema, na qual se realizará eanalisará o contrato e fazer o treinamento básico para os encarregados de gestão egerenciamento dentro do local. CM
  24. 24. Passo a Passo para Controlar 1. É preciso medir e controlar o desempenho da nova Unidade Diadema, elaborando relatórios de progressos mensalmente. 2. É necessário administrar o processo de faturamento e de pagamento para ter o controle eficaz de cada um dos processos da nova unidade. 3. É preciso implementar as novos tipos de medição na nova unidade, como são os best- sellers 4. É preciso fazer todo o acompanhamento no treinamento do pessoal encarregado da nova unidade. 5. É necessário realizar uma reunião a cada 15 dias para avaliar o andamento da nova unidade e os novos produtos implementados. 6. Documentar as lições aprendidas para assim tê-las como documento base na abertura das próximas unidades Vila Mariana e Paulista. 7. Levar a cabo uma medição dos horários de maior movimento dentro do local para assim melhorar a qualidade do atendimento nessa hora e diminuir nas outras de menor movimentação. CM
  25. 25. Passo a Passo para Encerrar O contrato será rescindido de comum acordo, uma vez que foram realizados com sucesso a condução de serviços e funcionamento da nova Unidade de Diadema. Além de: A conclusão de todos os pagamentos, prestação de servicos, aquisição de materiais e aluguel de veículos. A conclusão, será dada depois da avaliação por parte do contratante ( Cervejaria Martins ) de todos os boletins e informes de desempenho, construção e controle do projeto. CM
  26. 26. PGA Plano de GerenciamentoTrata-se de Gerência da aquisição de produtos e serviços de fora da organizaçãopara a realização do escopo do projeto.A dependência de terceiros oferece risco ao projeto, e por isso, deve ser bemgerenciado para garantir que os produtos e serviços requisitados atendam asnecessidades do projeto.Os servicos e bens adquiridos para o projeto da nova Unidade Diadema serãoformalizados e adquiridos por meio do contrato o UDM-1001 o qual aborda osprocessos de planejamento e de contratação que constam do padrão IEEE 1062[IEEE 2001], explicitamente na questão relacionada com a terceirização eaquisição de serviços pela Cervejaria Martins dirigida por contrato. CM

×