PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho TAP - Termo de Abertura do Projeto
Nome
Programa bovino super pr...
- Mão de obra não qualificada para época de nascimentos do bezerros, fase crítica do processo.
- Manejo de pastagens de re...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho ISH - Registro de Stakeholder
Stakeholder Posição Papel no
Proje...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho ISH - Registro de Stakeholder
Classificação Outras Caracteristic...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho Dreq - Declaração de Requisitos
Requisitos do Projeto
Stakeholde...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho Dreq - Declaração de Requisitos
Requisitos do Produto
Stakeholde...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho DE - Definir Escopo
Escopo do Produto
Os bovinos do programa dev...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho WBS
C.C. Fase / Pacote de Trabalho Análise M/B
1 PROSPECÇÃO CLIE...
9.3 APARTAÇÃO MATRIZES Make
9.4 AQUISIÇÃO PROTOCOLOS IATF Buy
9.5 AQUISIÇÃO DOSE DE SÊMEM Buy
9.6 ANÁLISE TOUROS REPASSE M...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS
Fase 1
C.C. Pacote de Trabalho Descrição ...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS
Fase 2
C.C. Pacote de Trabalho Descrição ...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS
Fase 3
C.C. Pacote de Trabalho Descrição ...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS
Fase 4
C.C. Pacote de Trabalho Descrição ...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS
Fase 5
C.C. Pacote de Trabalho Descrição ...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS
Fase 6
C.C. Pacote de Trabalho Descrição ...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS
Fase 7
C.C. Pacote de Trabalho Descrição ...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS
Fase 8
C.C. Pacote de Trabalho Descrição ...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS
Fase 9
C.C. Pacote de Trabalho Descrição ...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS
Fase 10
C.C. Pacote de Trabalho Descrição...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS
Fase 11
C.C. Pacote de Trabalho Descrição...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS
Fase 12
C.C. Pacote de Trabalho Descrição...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS
Fase 13
C.C. Pacote de Trabalho Descrição...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade
Fase 1
C.C. Pacote de Tra...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade
Fase 2
C.C. Pacote de Tra...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade
Fase 3
C.C. Pacote de Tra...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade
Fase 4
C.C. Pacote de Tra...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade
Fase 5
C.C. Pacote de Tra...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade
Fase 6
C.C. Pacote de Tra...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade
Fase 7
C.C. Pacote de Tra...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade
Fase 8
C.C. Pacote de Tra...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade
Fase 9
C.C. Pacote de Tra...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade
Fase 10
C.C. Pacote de Tr...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade
Fase 11
C.C. Pacote de Tr...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade
Fase 12
C.C. Pacote de Tr...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade
Fase 13
C.C. Pacote de Tr...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho MA - Mapa de Aquisições
Concorrência Item(s) a ser contratado Re...
PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho Fluxograma de Planejamento
Bovino super precoce fazenda Pinalzinho
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Bovino super precoce fazenda Pinalzinho

603 visualizações

Publicada em

Titulo: Bovino super precoce fazenda Pinalzinho
Alunos:Jean Carlo Freitas De Carvalho,
Cidade: Cuiabá
Disciplina: G. Programas
Turma: GP07
Data:19-08-2014
Hora:11:23
Comentarios:Alexandre comoconversado pelo email, segue os nomes dos integrantes do Grupo:
Ana Paula, Silas Junior, Pablo Candido, Maria Meloto, Ednéia silva, Marcelo Amadeu e Jean Carlo
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
603
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bovino super precoce fazenda Pinalzinho

  1. 1. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho TAP - Termo de Abertura do Projeto Nome Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho Descrição O programa consiste na redução da idade de abate de bovinos de corte, através de programas de manejos específicos, para obtenção de maior qualidade de carne e rentabilidade da empresa agropecuária Pinhalzinho situada em Poços de Caldas - MG. Justificativa - Otimizar a produção de carne na propriedade. - Aumentar rentabilidade da fazenda. - Redução de custos na propriedade. - Diminuição da idade média de abate dos animais. Objetivo S.M.A.R.T. - Melhorar as qualidades organolépticas da carne para consumidor final como cor, firmeza, maciez, sabor, suculência, quantidade e distribuição de gordura, capacidade de retenção de água e PH. - Atendimento das normas do MAPA de produção de animais para abate. - Atendimento mercado de carne cota Hilton. Requisitos Para cumprimento do programa os seguintes requisitos obrigatoriamente devem ser seguidos: - Linhagem matriarcal Nelore ou mestiça 1/2 sangue Nelore x Angus - Linhagem patriarcal Aberdeen Angus ou Red Angus. - Manejo reprodutivo com IATF (Inseminação natural em tempo fixo) em 100% das matrizes e touros de repasse Red Angus e/ou Brangus 5/8. - Uso de ultrassom para confirmação de prenhez. - A propriedade de atender aos padrões do MAPA para exportação. Designação O Senhor Jean Carlo será designado com Gerente do projeto, sendo de sua responsibilidade coordenadar, orientar e atender as necessidades da equipe para que o programa seja cumprido dentro do tempo e custo previstos. Milestones Em 01/11/2014 - Início estaçãode monta. Em 30/01/2015 - Final estação de monta. Em 13/08/2015 - Começo nascimento. Em 11/11/2015 - Final nascimento. Em 09/04/2016 - Começo desmama. Em 10/04/2016 - Começo confinamento. Em 08/07/2016 - Final Desmama. Em 08/08/2016 - Começo abate. Em 05/11/2016 - Final abate. Em 10/11/2016 - Fechamento resultados. Orçamento O orçamento do projeto foi orçado em R$ 3.700.000,00 reais. Riscos - Atraso na estação de monta e início da IATF. - Falta de chuvas, no período chuvoso que consiste de outubro á maio na região.
  2. 2. - Mão de obra não qualificada para época de nascimentos do bezerros, fase crítica do processo. - Manejo de pastagens de recuperação e lotação incorretos. - Atraso dos fornecedores dos protocolos de IATF. - Atraso dos fornecedores para insumos empregados na nutrição dos animais. - Manejo sanitário negligenciado (vacinações e vermifugações). Data, Assinatura do Sponsor 30/11/-0001 - Aprovado OTMMA3 Jean Carlo Freitas De Carvalho - 15/08/2014 13:52:00
  3. 3. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho ISH - Registro de Stakeholder Stakeholder Posição Papel no Projeto Email Telefone Celular Ana Paula da Mata Costa Médica veterinária 4 anapaula@agendaassessoria.com.br 35 3722 2222 35 9222 2222 Ednéia A. Silva Agente técnico Membro da Equipe de Projeto aparea@terra.com.br 35 3721 8753 35 9118 8818 Jair Rabelo de Carvalho Dono da empresa Sponsor do Projeto jair.rabelo@pinhalzinho.com.br 35 3716-1066 35 9999-4440 Jean Carlo Freitas De Carvalho Gerente de Projeto Gerente do Projeto jeancarlo@zootecnista.com.br 35 9166-0446 11 9 4197-8374 Marcelo Cavenagui Amadeu Vaqueiro 4 marceloamadeu@hotmail.com 35 3766 6666 35 9765 6579 Maria Merces dos Anjos Meloto Supervisora pecuária 4 mariameloto@gmail.com 35 3535 3535 35 9935 3535 Pablo Ferreira Candido Vaqueiro 4 Pablo.candido@bunge.com 35 3713 3333 35 9333 3333 SILAS JUNIOR Vaqueiro 4 silas.junior27@uol.com.br 35 3777 7777 35 9777 7777
  4. 4. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho ISH - Registro de Stakeholder Classificação Outras Caracteristicas Requisitos Superficiais Estrátegia Manter informado Dedica e detalhista. Responsável pela IATF das matrizes, e prescrição de vacinas e medicamentos para os animais da empresa. Comunicar os resultados referente as atividades de reprodução e sanitária do programa. Manter informado Pessoa detalhista, metódica que cumpre prazos. Copila e analisa todos os dados do projeto. Manter informado, pois da empresa de assessoria é a colaboradora que fica full time no projeto, dando todo suporte ao gerente do projeto. Gerenciar com atenção Atuante e participativo na empresa. Focado em resultados e sempre visa o lucro. Manter sempre informado do custo e tempo com reuniões semanais, e fazer com que participe do projeto in loco. Isso pois possui conhecimento sobre a atividade e pela atividade agropecuária ser seu único ramo de negócio. Sua participação e motivaçãosão cruciais para sucesso do projeto. Gerenciar com atenção Gerente do projeto responsável pela assessoria técnica á empresa Pinhalzinho. Auxiliar a equipe da empresa Pinhalzinho e sua equipe da JCA Asessoria no desenvolvimento do projeto e responsável por coordenar as'todas as ações do projeto. Manter informado Atua diretamente nas atividades de campo do projeto. Atua no operacional da empresa. Manter informado. Gerenciar com atenção Coordenada as atividades de pecuária da empresa Pinhalzinho, muito influente, comunicativa e liderança. Coloca em Prática as atividades passada pela assessoria JCA. Manter informado de todos os detalhes do projeto, metas e atividades. Importante sempre estar participando de tudo. Mínimo esforço Dedicado e cuidadoso. Atua nas atividades do projeto. Manter informado. Mínimo esforço Relaxado e distraído. Atua na operação das atividades do projeto. Manter informado.
  5. 5. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho Dreq - Declaração de Requisitos Requisitos do Projeto Stakeholder Requisito Detalhado Classificação Prioridade Componente Relacionado Entrega onde se manifesta Rastreabilidade Jean Carlo Freitas De Carvalho Este projeto tem como requisito a entrega de animais jovens para abate, atendendo a cota hilton Brasil e melhoria dos resultados da empresa Pinhalzinho. Gerenciar com atenção 1 S,,,, Ana Paula da Mata Costa Manejo reprodutivo com IATF (Inseminação natural em tempo fixo) em 100% das matrizes e touros de repasse Red Angus e/ou Brangus 5/8, para obtenção domaior número possível de bezerros de qualidade comprovada, pois os sêmens adquiridos são de touros catalogados nas melhores centrais de sêmem do mundo. Manter informado 3 S,,,, Ana Paula da Mata Costa Uso de ultrassom para confirmação de prenhez, para separar as matrizes prenhes de IATF das de monta natural, e separar as matrizes em lotes com a mesma semana de idade de prenhez e consequentemente de parto. Manter informado 3 S,,,, Jean Carlo Freitas De Carvalho Fazenda tem que estar apta e cadastrada no MAPA para exportação, atendendo todas as normativas ambientais, sanitárias e trabalhistas para comercialização de sua produção. Gerenciar com atenção 1 S,,,,
  6. 6. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho Dreq - Declaração de Requisitos Requisitos do Produto Stakeholder Requisito Detalhado Classificação Prioridade Componente Relacionado Entrega onde se manifesta Rastreabilidade Maria Merces dos Anjos Meloto Os animais jovens para abate deverão atender o padrão Hilton de qualidade de carcaça. O padrão Hilton temcomo premissas o sistema de classificação de carcaças australiano e Norte americano, os mais avançados para qualidade de carne do mundo. Gerenciar com atenção 1 S,,,, Jean Carlo Freitas De Carvalho Linhagem matriarcal Nelore ou mestiça 1/2 sangue Nelore x Angus, pois alia habilidade materna, rendimento financeiro e zootécnico satisfatórios, atendendo o padrão de carcaça almejado no projeto. Gerenciar com atenção 2 S,,,, Jean Carlo Freitas De Carvalho Linhagem patriarcal Aberdeen Angus ou Red Angus, pois é o grupo genético de melhor produção de carne que atende cota hilton aliado ao desempenho zootécnico e financeiro superior. Gerenciar com atenção 2 S,,,,
  7. 7. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho DE - Definir Escopo Escopo do Produto Os bovinos do programa deverão ser abatidos com idade inferior á 15 meses, atender os padrões de qualidade pedidos pelo tipo de carne Hilton, e possuir no mínimo 50% de sua carga genética da raça Angus, seja Aberdeen Angus ou Red Angus, a critério do parceiro do programa. Escopo do Projeto O programa terá projetos de pastagem, nutricional, sanitário, reprodutivo e confinamento, a serem orientados e acompanhados pela JCA Assessoria, junto á equipe da propriedade. Entregas e critérios de aceitação As entregas serão feitas com final de cada pacote de trabalho por programa, com avaliaçoes periódicas dos técnicos para verificar se as atividades estão sendo cumpridas dentro das expectativas do projeto. Ao final de cada pacote ocorrerá a aceitação técnica pelo gerente do projeto, Jean Carlo, e posteriormente a aceitação final do sponsor, Jair Rabelo de Carvalho. Escopo não incluído no projeto - Não é de responsabilidade da empresa da JCA Assessoria a compra de qualquer insumo ou produto utilizado no programa, sendo responsabilidade da empresa Pinhalzinho os mesmos. - É de responsabilidade da JCA Assessoria toda indicação técnica e atividades a serem desenvolvidas no projeto. Premissas - Vacinas e remédios utilizados no manejo sanitário são idônias. - A equipe da JCA Assessoria terá acesso total a propriedade em tempo irrestrito. - Ocorrerrá chuvas normais no período chuvoso na região da fazenda. - Os insumos utilizados na nutrição complementar dos animais estarão livres de contaminantes e micotoxinas. Restrições - possuir certificado de exportação Europa registrado no MAPA. - As matrizes sendo da raça zebuína Nelore, e os reprodutores sendo da raça taurina Angus ssp. - As matrizes serão todas inseminadas em tempo fixo. - O projeto de nutrição deverá comtemplar creep - feeding. - Os bezerros após desmamados serão direcionados todos ao confinamento. OTMMA3 Jean Carlo Freitas De Carvalho - 15/08/2014 13:52:00
  8. 8. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho WBS C.C. Fase / Pacote de Trabalho Análise M/B 1 PROSPECÇÃO CLIENTES 1.1 MAPEAR PARCEIROS Make 1.2 LISTAR PARCEIROS Make 1.3 CADASTRAR PARCEIROS Make 2 COLETA DE DADOS PARCEIRO 2.1 DADOS PASTOS Make 2.2 DADOS CONFINAMENTO Make 2.3 DADOS CONSTRUÇÕES RURAIS GERAIS Make 2.4 DADOS AMBIENTAIS Make 2.5 DADOS LAVOURA Make 3 PLANEJAMENTO 3.1 PROJEÇÃO PRODUTIVA ZOOTÉCNICA Make 3.2 PROJEÇÃO CONSUMO INSUMOS, MEDICAMENTOS, ARTEFATOS REPRODUTIV Make 4 COMERCIAL 4.1 COMPRA MATERIAIS FAZENDA Buy 4.2 COMPRA INSUMOS Buy 4.3 COMPRA VACINAS E VERMÍFUGOS Make 5 RASTREABILIDADE 5.1 CONFERÊNCIA BASE MAPA Make 5.2 CONFERÊNCIA BASE BND Make 5.3 CONFERÊNCIA FÍSICA POR CATEGORIA FAZENDA Make 5.4 RELATÓRIOS NASCIMENTOS Make 5.5 RELATÓRIOS MORTES Make 5.6 COMUNICAÇÃO VACINAÇÕES E CAMPANHAS MAPA Make 6 PROJETO PASTAGEM 6.1 TRATOS CULTURAIS Buy 6.2 PROJETAR LOTAÇÃO POR PASTO Make 6.3 REVISAR COCHOS Make 6.4 REVISAR BEBEDOUROS Make 6.5 REVISAR CERCAS Make 6.6 PROJETAR ESTRUTURA CREEP - FEEDING Make 7 PROJETO SILAGEM CONFINAMENTO 7.1 ESCOLHER FORRAGEIRA PARA SILAGEM Make 7.2 PROJEÇÃO SILAGEM Make 7.3 DENOMINAR ÁREA PLANTIO Make 7.4 PLANTAR LAVOURA Make 7.5 TRATOS CULTURAIS LAVOURA Make 7.6 COLHER LAVOURA Make 7.7 CONFECCIONAR SILAGEM Make 7.8 FECHAR CUSTO SILAGEM Make 8 CRIA 8.1 NASCIMENTOS Make 8.2 CRIA PASTO Make 8.3 DESMAMA Make 8.4 FECHAMENTO CRIA PASTO Make 9 PROJETO REPRODUTIVO 9.1 ANÁLISE MATRIZES Make 9.2 CLASSIFICAÇÃO MATRIZES Make
  9. 9. 9.3 APARTAÇÃO MATRIZES Make 9.4 AQUISIÇÃO PROTOCOLOS IATF Buy 9.5 AQUISIÇÃO DOSE DE SÊMEM Buy 9.6 ANÁLISE TOUROS REPASSE Make 9.7 CLASSIFICAÇÃO TOUROS REPASSE Make 9.8 APARTAÇÃO TOUROS REPASSE Make 9.9 REPOSIÇÃO TOUROS REPASSE Buy 9.10 Realização IATF Buy 9.11 FECHAMENTO DADOS REPRODUTIVOS Make 10 PROJETO NUTRICIONAL 10.1 NUTRIÇÃO MATRIZES CHEIAS Make 10.2 NUTRIÇÃO TOUROS Make 10.3 NUTRIÇÃO CREEP - FEEDING Make 10.4 NUTRIÇÃO VACAS DESCARTE Make 10.5 NUTRIÇÃO TOUROS DESCARTE Make 10.6 NUTRIÇÃO NOVILHAS EM RECRIA Make 11 PROJETO SANITÁRIO 11.1 VERMIFUGAÇÕES Make 11.2 VACINAÇÕES Make 12 PROJETO CONFINAMEMTO 12.1 MANEJO SANITÁRIO ENTRADA CONFINAMENTO Make 12.2 APARTAÇÃO ANIMAIS Make 12.3 RASTREABILIDADE CONFINAMENTO Make 12.4 ENGORDA E TERMINAÇÃO Make 12.5 TRANSPORTE DOS ANIMAIS PARA ABATE Make 12.6 FECHAMENTO CONFINAMENTO Make 13 ENCERRAMENTO CICLO 13.1 FECHAMENTO ENGORDA TOUROS DESCARTE Make 13.2 FECHAMENTO ENGORDA MATRIZES DESCARTE Make 13.3 FECHAMENTO RECRIA NOVILHAS Make 13.4 CONCLUSÃO RESULTADOS PARCEIRO Make OTMMA3 Jean Carlo Freitas De Carvalho - 15/08/2014 13:52:00
  10. 10. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS Fase 1 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 1.1 MAPEAR PARCEIROS Conseguir lista com potenciais parceiros aptos a entrarno programa bovino super precoce. Ednéia Aguardando 1.2 LISTAR PARCEIROS Listar e classificar os potenciais parceiros cadastrados, fechando entrevistas para apresentação do programa bovino super precoce. Ednéia Aguardando 1.3 CADASTRAR PARCEIROS Cadastrar as empresas agropecuárias no programa e começar a desenvolver o programa em cada parceiro. Jean Carlo Aguardando
  11. 11. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS Fase 2 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 2.1 DADOS PASTOS Coletar detalhamente em ficha de verificação todos os dados de cada pastagem da propriedade parceira. Edneia Aguardando 2.2 DADOS CONFINAMENTO Coletar detalhamente em ficha de verificação todos os dados do confinamento e fábrica de ração da propriedade parceira. Jean Carlo Aguardando 2.3 DADOS CONSTRUÇÕES RURAIS GERAIS Coletar detalhamente em ficha de verificação todas as construções rurais da propriedade parceira. Ednéia Aguardando 2.4 DADOS AMBIENTAIS Coletar detalhamente em ficha de verificação todos os dados ambientais referente a reservas legais, AAPPs, rios e nascentes da propriedade parceira. Jean Carlo Aguardando 2.5 DADOS LAVOURA Coletar detalhamente em ficha de verificação todos os dados da área de lavoura da propriedade parceira. Ednéia Aguardando
  12. 12. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS Fase 3 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 3.1 PROJEÇÃO PRODUTIVA ZOOTÉCNICA Projetar produtividade dos animais e pasto para dimensionar suas necessidades de insumos, medicamentos e vacinas. Jean Carlo Aguardando 3.2 PROJEÇÃO CONSUMO INSUMOS, MEDICAMENTOS, ARTEFATOS REPRODUTIV Dimensionamento de consumo de matérias primas para produção do produto carne Hilton. Jean Carlo Aguardando
  13. 13. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS Fase 4 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 4.1 COMPRA MATERIAIS FAZENDA Compra de materias primas e materiais para propriedade Maria Meloto Aguardando 4.2 COMPRA INSUMOS Compra insumos para consumo animal Maria Meloto Aguardando 4.3 COMPRA VACINAS E VERMÍFUGOS Compra de vacinas, medicamentos e protocolos de IATF Maria Meloto Aguardando
  14. 14. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS Fase 5 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 5.1 CONFERÊNCIA BASE MAPA Conferência do saldo de animais seja ele positivo ou negativo no MAPA. Silas Aguardando 5.2 CONFERÊNCIA BASE BND Conferência do saldo de animais seja ele positivo ou negativo na BND. Silas Aguardando 5.3 CONFERÊNCIA FÍSICA POR CATEGORIA FAZENDA Contar os animais na propriedade um a um emdia de vacinação e ou vermifugação Pablo Aguardando 5.4 RELATÓRIOS NASCIMENTOS Contar números de nascimentos discriminando o sexo e grupo genético dos animais. Pablo Aguardando 5.5 RELATÓRIOS MORTES Contar números de mortes discriminando o sexo, idade, grupo genético e motivo aparente da morte do animal. Marcelo Aguardando 5.6 COMUNICAÇÃO VACINAÇÕES E CAMPANHAS MAPA Comunucar todas as atividades referentes as campanhas de vacinções, vermifugações e contaminações por enfermidades que podem comprometer a sanidade do rebanho nacional. Maria Meloto Aguardando
  15. 15. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS Fase 6 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 6.1 TRATOS CULTURAIS Fazer todos os manejos de recuperação e manutenção de pastagens, como adubações, herbicidas, inseticidas, correntão, roçadeiras entre outros, para ter sempre um pasto produtivo. Jean Carlo Aguardando 6.2 PROJETAR LOTAÇÃO POR PASTO Com base nos dados levantados da propriedade de produção de pastagem por pasto e área de cada pasto, denominar a lotação por unidade animal por hectare (UA/HA), lote e categoria. Ednéia Aguardando 6.3 REVISAR COCHOS Revisar altura, cobertura, linha de cocho por animal, acesso e localização dos cochos para cada pastagem. Marcelo Aguardando 6.4 REVISAR BEBEDOUROS Revisar altura, cobertura, linha de bebedouro por animal, acesso, localização e qualidade de água dos bebedouros para cada pastagem. Marcelo Aguardando 6.5 REVISAR CERCAS Revisar altura, número de fios, espaçamento entre fios, qualidade dos fios, qualidade dos mourões e balacins cada pastagem. Marcelo Aguardando 6.6 PROJETAR ESTRUTURA CREEP - FEEDING De acordo com a lotação de matrizes com bezerro por pasto projetar estrutura de creep - feeding e sua localização no pasto. Ednéia Aguardando
  16. 16. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS Fase 7 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 7.1 ESCOLHER FORRAGEIRA PARA SILAGEM Orientar qual será a melhor forrageira que satisfará as necessidades do animais no confinamento, tendo sempre como base melhor custo benefícios. Método é simulações de dietas de confinamento com várias silagens e compara - las zootecnicamente e financeiramente. Jean Carlo Aguardando 7.2 PROJEÇÃO SILAGEM Projetar quantidade de silagem para consumo dos animais em confinamento. Ednéia Aguardando 7.3 DENOMINAR ÁREA PLANTIO Verificar melhor área de plantio da forrageira para silagem Maria Meloto Aguardando 7.4 PLANTAR LAVOURA Fazer as operações de palntio da forrageira Maria Meloto Aguardando 7.5 TRATOS CULTURAIS LAVOURA Combater de maneira preventiva e ou corretiva pragas vegetais e ou animais com inseticidas e herbicidas. Maria Meloto Aguardando 7.6 COLHER LAVOURA Colher toda lavoura de forrageira para silagem Maria Meloto Aguardando 7.7 CONFECCIONAR SILAGEM Incorporar, compactar, vedar contra chuvas, sol e umidade e analisar após 21 dias a silagem para uso nas dietas de confinamento. Silas Aguardando 7.8 FECHAR CUSTO SILAGEM Fechar custo da operação silagem, para termos o custo da tonelada matéria natural e matéria seca, que serão utilizados para fechamento de resultado do confinamento Ednéia Aguardando
  17. 17. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS Fase 8 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 8.1 NASCIMENTOS Responsável pelo manejo de nascimento, sanidade dos bezerros e matrizes. Para análise após 1 semana de idade dos bezerros do lote de matrizes com bezerros. Silas Aguardando 8.2 CRIA PASTO Responsável pelo manejo de cria, ou seja lotes de matrizes com bezerros até a desmama. Pablo Aguardando 8.3 DESMAMA Aparte dos bezerros das matrizes, encaminhando os garrotes para confinamento e as matrizes apartando descarte e lotes para nova estação de monta. Marcelo Aguardando 8.4 FECHAMENTO CRIA PASTO Fechamento do resultado zootécnico e financeiro da cria em pasto. Edneía Aguardando
  18. 18. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS Fase 9 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 9.1 ANÁLISE MATRIZES Avaliação do escore corporal, aplumos e úbere e tetos para aptidão em entrar na estação de monta etraçar a estratégia nutricional e sanitária para as mesmas. Ana Paula Aguardando 9.2 CLASSIFICAÇÃO MATRIZES Classificação quanto á raça, peso e idade (número de prenhez) das matrizes. Ana Paula Aguardando 9.3 APARTAÇÃO MATRIZES Apartação das matrizes em lotes para aloca - las nos pastos destino de maternidade. Maria Meloto Aguardando 9.4 AQUISIÇÃO PROTOCOLOS IATF Compra dos protocolos de IATF. Maria Meloto Aguardando 9.5 AQUISIÇÃO DOSE DE SÊMEM Compra dos sêmens utilizados na IATF. Maria Meloto Aguardando 9.6 ANÁLISE TOUROS REPASSE Análise do escore corporal, capacidade de produção espermática, qualidade dos espermatozóides e esperma, análise dos aplumos. Ana Paula Aguardando 9.7 CLASSIFICAÇÃO TOUROS REPASSE Classificação quanto á raça, peso e idade dos touros Ana Paula Aguardando 9.8 APARTAÇÃO TOUROS REPASSE Apartação dos touros de acordo com sua classificação nos lotes de matrizes. Ana Paula Aguardando 9.9 REPOSIÇÃO TOUROS REPASSE Compra de novostouros para repasse na próxima estação de monta Jair Rabelo Aguardando 9.10 Realização IATF Realização do protocolo de IATF para sincronização de cio e inseminação das matrizes Ana Paula Aguardando 9.11 FECHAMENTO DADOS REPRODUTIVOS Fechamento dos resultados de IATF Ednéia Aguardando
  19. 19. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS Fase 10 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 10.1 NUTRIÇÃO MATRIZES CHEIAS Formulação nutricional para matrizes gestantes e fornecimento no cocho. Ednéia Aguardando 10.2 NUTRIÇÃO TOUROS Formulação nutricional para touros e fornecimento no cocho. Ednéia Aguardando 10.3 NUTRIÇÃO CREEP - FEEDING Formulação nutricional para bezerros em cria e fornecimento no cocho. Ednéia Aguardando 10.4 NUTRIÇÃO VACAS DESCARTE Formulação nutricional para matrizes descarte e fornecimento no cocho. Ednéia Aguardando 10.5 NUTRIÇÃO TOUROS DESCARTE Formulação nutricional para touros descarte e fornecimento no cocho. Ednéia Aguardando 10.6 NUTRIÇÃO NOVILHAS EM RECRIA Formulação nutricional para novilhas em recria, que serão novas matrizes e fornecimento no cocho. Ednéia Aguardando
  20. 20. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS Fase 11 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 11.1 VERMIFUGAÇÕES Vermifugações contra parasitas internos e externos aos animais Maria Meloto Aguardando 11.2 VACINAÇÕES Vacinacóes contra enfermidades que acomentem os animais, seguindo calendário e orientação do MAPA. Maria Meloto Aguardando
  21. 21. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS Fase 12 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 12.1 MANEJO SANITÁRIO ENTRADA CONFINAMENTO Vermifugação e vacinação específica para o confinamento Ana Paula Aguardando 12.2 APARTAÇÃO ANIMAIS Apartação dos animais nas baias do confinamento por sexo, peso, grupo genético e pelagem. Maria Meloto Aguardando 12.3 RASTREABILIDADE CONFINAMENTO Transferir animais registrados no sisbov do pasto para o confinamento Marcelo Aguardando 12.4 ENGORDA E TERMINAÇÃO Ministração de dietas de engorda e terminção nos horários e quantidade discriminada por lote/baia e água a vontade aos animais. Ednéia Aguardando 12.5 TRANSPORTE DOS ANIMAIS PARA ABATE Comunicação dos animais para abate e transporte aos frigoríficos cadastrados para operação de descarne no MAPA Maria Meloto Aguardando 12.6 FECHAMENTO CONFINAMENTO Fechamento do resultado zootécnico e financeiro da operação de confinamento Ednéia Aguardando
  22. 22. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho D-WBS - Dicionário WBS Fase 13 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK 13.1 FECHAMENTO ENGORDA TOUROS DESCARTE Fechamento do resultado zootécnico e financeiro da operação. Ednéia Aguardando 13.2 FECHAMENTO ENGORDA MATRIZES DESCARTE Fechamento do resultado zootécnico e financeiro da operação. Ednéia Aguardando 13.3 FECHAMENTO RECRIA NOVILHAS Fechamento do resultado zootécnico e financeiro da operação. Ednéia Aguardando 13.4 CONCLUSÃO RESULTADOS PARCEIRO Entrega dos resultados zootécnicos e financeiros do programa Jean Carlo Aguardando
  23. 23. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 1 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 1.1 MAPEAR PARCEIROS Conseguir lista com potenciais parceiros aptos a entrarno programa bovino super precoce. Ednéia prospectar mínimo de 30 clientes com perfil desejado Aguardando 1.2 LISTAR PARCEIROS Listar e classificar os potenciais parceiros cadastrados, fechando entrevistas para apresentação do programa bovino super precoce. Ednéia Fechar no mínimo 10% dos clientes mapeados para entrevista Aguardando 1.3 CADASTRAR PARCEIROS Cadastrar as empresas agropecuárias no programa e começar a desenvolver o programa em cada parceiro. Jean Carlo Concluir termo de abertura de projeto paracada cliente do pr Aguardando
  24. 24. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 2 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 2.1 DADOS PASTOS Coletar detalhamente em ficha de verificação todos os dados de cada pastagem da propriedade parceira. Edneia Verificação in loco do pacote de trabalho Aguardando 2.2 DADOS CONFINAMENTO Coletar detalhamente em ficha de verificação todos os dados do confinamento e fábrica de ração da propriedade parceira. Jean Carlo Verificação in loco do pacote de trabalho Aguardando 2.3 DADOS CONSTRUÇÕES RURAIS GERAIS Coletar detalhamente em ficha de verificação todas as construções rurais da propriedade parceira. Ednéia Verificar in loco o pacote de trabalho Aguardando 2.4 DADOS AMBIENTAIS Coletar detalhamente em ficha de verificação todos os dados ambientais referente a reservas legais, AAPPs, rios e nascentes da propriedade parceira. Jean Carlo Verificação escritório de direito ambiental Aguardando 2.5 DADOS LAVOURA Coletar detalhamente em ficha de verificação todos os dados da área de lavoura da propriedade parceira. Ednéia verificação in loco do pacote de trabalho Aguardando
  25. 25. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 3 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 3.1 PROJEÇÃO PRODUTIVA ZOOTÉCNICA Projetar produtividade dos animais e pasto para dimensionar suas necessidades de insumos, medicamentos e vacinas. Jean Carlo Verificação técnica JCA Assessoria Aguardando 3.2 PROJEÇÃO CONSUMO INSUMOS, MEDICAMENTOS, ARTEFATOS REPRODUTIV Dimensionamento de consumo de matérias primas para produção do produto carne Hilton. Jean Carlo Verificação técnica JCA Assessoria Aguardando
  26. 26. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 4 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 4.1 COMPRA MATERIAIS FAZENDA Compra de materias primas e materiais para propriedade Maria Meloto Verificar idonieidade do fornecedor e qualidade do produto Aguardando 4.2 COMPRA INSUMOS Compra insumos para consumo animal Maria Meloto Verificar fornecedores e ficha de verificação padrão para ca Aguardando 4.3 COMPRA VACINAS E VERMÍFUGOS Compra de vacinas, medicamentos e protocolos de IATF Maria Meloto Verificação dos fornecedores e data de validade dos produtos Aguardando
  27. 27. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 5 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 5.1 CONFERÊNCIA BASE MAPA Conferência do saldo de animais seja ele positivo ou negativo no MAPA. Silas Relatório MAPA Aguardando 5.2 CONFERÊNCIA BASE BND Conferência do saldo de animais seja ele positivo ou negativo na BND. Silas Relatório BND Aguardando 5.3 CONFERÊNCIA FÍSICA POR CATEGORIA FAZENDA Contar os animais na propriedade um a um emdia de vacinação e ou vermifugação Pablo Relatório rastreabilidade validado pelo gerente do projeto Aguardando 5.4 RELATÓRIOS NASCIMENTOS Contar números de nascimentos discriminando o sexo e grupo genético dos animais. Pablo Relatório rastreabilidade validado pelo gerente do projeto Aguardando 5.5 RELATÓRIOS MORTES Contar números de mortes discriminando o sexo, idade, grupo genético e motivo aparente da morte do animal. Marcelo Relatório rastreabilidade validado pelo gerente do projeto Aguardando 5.6 COMUNICAÇÃO VACINAÇÕES E CAMPANHAS MAPA Comunucar todas as atividades referentes as campanhas de vacinções, vermifugações e contaminações por enfermidades que podem comprometer a sanidade do rebanho nacional. Maria Meloto Comprovante recebimento dos dados pelo MAPA Aguardando
  28. 28. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 6 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 6.1 TRATOS CULTURAIS Fazer todos os manejos de recuperação e manutenção de pastagens, como adubações, herbicidas, inseticidas, correntão, roçadeiras entre outros, para ter sempre um pasto produtivo. Jean Carlo Verificação técnica JCA Assessoria Aguardando 6.2 PROJETAR LOTAÇÃO POR PASTO Com base nos dados levantados da propriedade de produção de pastagem por pasto e área de cada pasto, denominar a lotação por unidade animal por hectare (UA/HA), lote e categoria. Ednéia Verificação inloco técnica da JCA Assessoria Aguardando 6.3 REVISAR COCHOS Revisar altura, cobertura, linha de cocho por animal, acesso e localização dos cochos para cada pastagem. Marcelo Avaliação técnica JCA Assessoria Aguardando 6.4 REVISAR BEBEDOUROS Revisar altura, cobertura, linha de bebedouro por animal, acesso, localização e qualidade de água dos bebedouros para cada pastagem. Marcelo Avaliação técnica JCA Assessoria Aguardando 6.5 REVISAR CERCAS Revisar altura, número de fios, espaçamento entre fios, qualidade dos fios, qualidade dos mourões e balacins cada pastagem. Marcelo Avaliação técnica JCA Assessoria Aguardando 6.6 PROJETAR ESTRUTURA CREEP - FEEDING De acordo com a lotação de matrizes com bezerro por pasto projetar estrutura de creep - feeding e sua localização no pasto. Ednéia Verificação técnica JCA Assessoria Aguardando
  29. 29. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 7 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 7.1 ESCOLHER FORRAGEIRA PARA SILAGEM Orientar qual será a melhor forrageira que satisfará as necessidades do animais no confinamento, tendo sempre como base melhor custo benefícios. Método é simulações de dietas de confinamento com várias silagens e compara - las zootecnicamente e financeiramente. Jean Carlo Validação gerente do projeto Aguardando 7.2 PROJEÇÃO SILAGEM Projetar quantidade de silagem para consumo dos animais em confinamento. Ednéia Validação gerente do projeto Aguardando 7.3 DENOMINAR ÁREA PLANTIO Verificar melhor área de plantio da forrageira para silagem Maria Meloto Validação gerente do projeto Aguardando 7.4 PLANTAR LAVOURA Fazer as operações de palntio da forrageira Maria Meloto Avaliação técnica da área plantada JCA Assessoria Aguardando 7.5 TRATOS CULTURAIS LAVOURA Combater de maneira preventiva e ou corretiva pragas vegetais e ou animais com inseticidas e herbicidas. Maria Meloto Avaliação técnica JCA Assessoria Aguardando 7.6 COLHER LAVOURA Colher toda lavoura de forrageira para silagem Maria Meloto Colheita área plantada Aguardando 7.7 CONFECCIONAR SILAGEM Incorporar, compactar, vedar contra chuvas, sol e umidade e analisar após 21 dias a silagem para uso nas dietas de confinamento. Silas ValidaçÃo técnica JCA Assessoria Aguardando 7.8 FECHAR CUSTO SILAGEM Fechar custo da operação silagem, para termos o custo da tonelada matéria natural e matéria seca, que serão utilizados para fechamento de resultado do confinamento Ednéia Validação gerente do projeto Aguardando
  30. 30. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 8 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 8.1 NASCIMENTOS Responsável pelo manejo de nascimento, sanidade dos bezerros e matrizes. Para análise após 1 semana de idade dos bezerros do lote de matrizes com bezerros. Silas Validação supervisor pecuária Aguardando 8.2 CRIA PASTO Responsável pelo manejo de cria, ou seja lotes de matrizes com bezerros até a desmama. Pablo validação supervisor pecuária Aguardando 8.3 DESMAMA Aparte dos bezerros das matrizes, encaminhando os garrotes para confinamento e as matrizes apartando descarte e lotes para nova estação de monta. Marcelo Validação supervisor pecuária Aguardando 8.4 FECHAMENTO CRIA PASTO Fechamento do resultado zootécnico e financeiro da cria em pasto. Edneía Validação gerente do projeto Aguardando
  31. 31. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 9 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 9.1 ANÁLISE MATRIZES Avaliação do escore corporal, aplumos e úbere e tetos para aptidão em entrar na estação de monta etraçar a estratégia nutricional e sanitária para as mesmas. Ana Paula Análise in loco por animal Aguardando 9.2 CLASSIFICAÇÃO MATRIZES Classificação quanto á raça, peso e idade (número de prenhez) das matrizes. Ana Paula Avaliação in loco por animal Aguardando 9.3 APARTAÇÃO MATRIZES Apartação das matrizes em lotes para aloca - las nos pastos destino de maternidade. Maria Meloto Avaliação in loco por animal Aguardando 9.4 AQUISIÇÃO PROTOCOLOS IATF Compra dos protocolos de IATF. Maria Meloto Chegada dos produtos com NF Aguardando 9.5 AQUISIÇÃO DOSE DE SÊMEM Compra dos sêmens utilizados na IATF. Maria Meloto Chegada dos botijões de sêmen com NF Aguardando 9.6 ANÁLISE TOUROS REPASSE Análise do escore corporal, capacidade de produção espermática, qualidade dos espermatozóides e esperma, análise dos aplumos. Ana Paula Avaliação in loco por animal Aguardando 9.7 CLASSIFICAÇÃO TOUROS REPASSE Classificação quanto á raça, peso e idade dos touros Ana Paula Avaliação in loco por animal Aguardando 9.8 APARTAÇÃO TOUROS REPASSE Apartação dos touros de acordo com sua classificação nos lotes de matrizes. Ana Paula Avaliação in loco por animal Aguardando 9.9 REPOSIÇÃO TOUROS REPASSE Compra de novostouros para repasse na próxima estação de monta Jair Rabelo Análise dos animais no ato da compra Aguardando 9.10 Realização IATF Realização do protocolo de IATF para sincronização de cio e inseminação das matrizes Ana Paula Confirmação de prenhez com ultrassom Aguardando 9.11 FECHAMENTO DADOS REPRODUTIVOS Fechamento dos resultados de IATF Ednéia Validação gerente do projeto Aguardando
  32. 32. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 10 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 10.1 NUTRIÇÃO MATRIZES CHEIAS Formulação nutricional para matrizes gestantes e fornecimento no cocho. Ednéia Verificação formulação e cochos cheios Aguardando 10.2 NUTRIÇÃO TOUROS Formulação nutricional para touros e fornecimento no cocho. Ednéia Verificação formulação e cochos cheios Aguardando 10.3 NUTRIÇÃO CREEP - FEEDING Formulação nutricional para bezerros em cria e fornecimento no cocho. Ednéia Verificaçõ formulação e cochos cheios Aguardando 10.4 NUTRIÇÃO VACAS DESCARTE Formulação nutricional para matrizes descarte e fornecimento no cocho. Ednéia Verificação formulação e cochos cheios Aguardando 10.5 NUTRIÇÃO TOUROS DESCARTE Formulação nutricional para touros descarte e fornecimento no cocho. Ednéia Verificação formulação e cocho cheio Aguardando 10.6 NUTRIÇÃO NOVILHAS EM RECRIA Formulação nutricional para novilhas em recria, que serão novas matrizes e fornecimento no cocho. Ednéia Verificação formulação e cochos cheios Aguardando
  33. 33. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 11 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 11.1 VERMIFUGAÇÕES Vermifugações contra parasitas internos e externos aos animais Maria Meloto Ministração dos medicamentos por animal Aguardando 11.2 VACINAÇÕES Vacinacóes contra enfermidades que acomentem os animais, seguindo calendário e orientação do MAPA. Maria Meloto Ministração de vacinas por animal Aguardando
  34. 34. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 12 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 12.1 MANEJO SANITÁRIO ENTRADA CONFINAMENTO Vermifugação e vacinação específica para o confinamento Ana Paula Ministração medicamentos por animal Aguardando 12.2 APARTAÇÃO ANIMAIS Apartação dos animais nas baias do confinamento por sexo, peso, grupo genético e pelagem. Maria Meloto Avaliaçãodos animais nas baias Aguardando 12.3 RASTREABILIDADE CONFINAMENTO Transferir animais registrados no sisbov do pasto para o confinamento Marcelo Alteração ficha do animal Aguardando 12.4 ENGORDA E TERMINAÇÃO Ministração de dietas de engorda e terminção nos horários e quantidade discriminada por lote/baia e água a vontade aos animais. Ednéia Chegada ao peso final de abate Aguardando 12.5 TRANSPORTE DOS ANIMAIS PARA ABATE Comunicação dos animais para abate e transporte aos frigoríficos cadastrados para operação de descarne no MAPA Maria Meloto Ficha de saída dos animais preenchida Aguardando 12.6 FECHAMENTO CONFINAMENTO Fechamento do resultado zootécnico e financeiro da operação de confinamento Ednéia Validação gerente do projeto Aguardando
  35. 35. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho LVQ - Lista de Verifiação da Qualidade Fase 13 C.C. Pacote de Trabalho Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK 13.1 FECHAMENTO ENGORDA TOUROS DESCARTE Fechamento do resultado zootécnico e financeiro da operação. Ednéia Validação gerente do projeto Aguardando 13.2 FECHAMENTO ENGORDA MATRIZES DESCARTE Fechamento do resultado zootécnico e financeiro da operação. Ednéia Validação gerente do projeto Aguardando 13.3 FECHAMENTO RECRIA NOVILHAS Fechamento do resultado zootécnico e financeiro da operação. Ednéia Validação gerente do projeto Aguardando 13.4 CONCLUSÃO RESULTADOS PARCEIRO Entrega dos resultados zootécnicos e financeiros do programa Jean Carlo Validação Sponsor Aguardando
  36. 36. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho MA - Mapa de Aquisições Concorrência Item(s) a ser contratado Ref.WBS Fornecedores Orçamento Prazo Critérios MAKE OR BUY ultilizados Tipo de contrato
  37. 37. PROJETO Programa bovino super precoce Fazenda Pinhalzinho Fluxograma de Planejamento

×