Sociologia – 2º ano cultura....

582 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sociologia – 2º ano cultura....

  1. 1. SOCIOLOGIA – 2º ANO Introdução aos conceitos básicos da teoria antropológica sobre cultura PROFª MARCELA
  2. 2.  Somos uma espécie modelada pela cultura. Todo o conhecimento que temos hoje é fruto de um longo processo de aprendizagem, de tudo aquilo que herdamos culturalmente.
  3. 3. Tylor, um antropólogos inglês, define cultura como:  “um conjunto complexo que inclui os conhecimentos, as regras, a arte, a lei, a moral, os costumes e todas as outras capacidades e hábitos adquiridos pelo homem enquanto membro de uma sociedade” (1920) OBS: se os padrões de conhecimento não são herdados geneticamente, mas adquiridos e apreendidos é fundamental que isso se dê por meio do convívio social. Isso é chamado de socialização.
  4. 4. Em síntese...  O ser humano nasce com o corpo de Homo sapiens, com todo potencial para agir enquanto tal. Porém só vai realmente saber como se comportar, o que comer, como dormir, como sentar-se que língua falar e até como ficar na posição ereta depois de sofrer o processo de socialização.
  5. 5.  A cultura modela nosso jeito de ser. Como há muitas culturas diferentes no planeta, há muitos jeitos de ser humano. Somos uma só espécie, mas com inúmeros tipos de cultura, e cada uma oferece seus próprios modelos de comportamento aos indivíduos.  Vejamos algumas maneiras de se cumprimentar pelo mundo:
  6. 6. Observação:  Nenhuma cultura é pura e imutável. Toda cultura é fruto de um processo de criação, vivências e transformações ao longo do tempo. As culturas se misturam, se enriquecem e podem até desaparecer.  Exemplo: "Em um dia ensolarado, Leila Diniz vestiu um biquíni e foi à praia de Ipanema, como costumava fazer antes de ficar grávida. Sua fotografia foi estampada em inúmeros jornais e revistas por ser a primeira grávida a expor a barriga ao sol. Até então, as mulheres escondiam suas barrigas em batas escuras e largas, mesmo quando iam à praia. A barriga grávida de Leila Diniz ainda hoje é lembrada como símbolo da liberação da mulher brasileira. Fonte: http://www.revistadehistoria.com.br/secao/artigos- revista/barriga-libertaria

×