SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 40
O sistema endócrino 
ou hormonal
 O sistema endócrino é composto por várias ggllâânndduullaass qquuee ssee 
ssiittuuaamm eemm ddiiffeerreenntteess ppoonnttooss ddoo ccoorrppoo.. 
 AAss ggllâânndduullaass ssããoo ccoonnjjuunnttooss ddee ccéélluullaass eeppiitteelliiaaiiss qquuee pprroodduuzzeemm 
ssuubbssttâânncciiaass ee aass llaannççaamm ppaarraa ffoorraa ddaa ccéélluullaa.. 
 AAss ggllâânndduullaass ppooddeemm sseerr ddee ttrrêêss ttiippooss:: eennddóóccrriinnaass,, eexxóóccrriinnaass oouu 
mmiissttaass..
HHoorrmmôônniiooss 
 São substâncias químicas produzidas pelas glândulas endócrinas que 
são lançadas na corrente sanguínea e atuam como mensageiros 
controlando o funcionamento de outros órgãos ou células do corpo. 
 Pelo sangue, os hormônios se espalham por todo o corpo, chegando a 
todas as células, mas só desencadeiam reações nas células sensíveis a 
eles, as células-alvo.
HHoorrmmôônniiooss 
Algumas funções: 
• Controlar o crescimento do corpo; 
• Controlar a taxa de açúcar no sangue; 
• Formação dos hormônios sexuais; 
• Controlar batimento cardíaco, etc.
Glândulas eennddóóccrriinnaass 
 Produzem e lançam hormônios na corrente sanguínea. 
 Exemplos: hipófise, hipotálamo, ovários e testículos, tireóide, 
paratireóides e suprarrenais (ou adrenais)
Glândula endócrina 
Produz mensageiros 
químicos (hormônios) 
Através do sangue 
Órgãos alvos 
FUNÇÃO
GLÂNDULAS ENDÓCRINAS 
Hipófise 
Tireóide e 
Paratireóide 
(atrás da 
tireóide) 
Suprarrenais 
ou adrenais 
Pâncreas 
Gônadas: 
Testículos 
ou Ovário
GGllâânndduullaass eexxóóccrriinnaass 
 LLaannççaamm sseeuuss pprroodduuttooss,, aass sseeccrreeççõõeess,, ppaarraa ffoorraa ddoo ccoorrppoo oouu ddeennttrroo ddee 
ccaavviiddaaddeess ddee óórrggããooss.. 
 EExxeemmppllooss:: ggllâânndduullaass ssuuddoorrííffeerraass,, sseebbáácceeaass,, llaaccrriimmaaiiss ee mmaammáárriiaass.. 
Glândulas lacrimais 
Glândulas sudoríparas Glândulas mamárias
Hipófise (ex-ggllâânndduullaa ppiittuuiittáárriiaa)) 
 ÉÉ ccoonnhheecciiddaa ccoommoo ggllâânndduullaa mmeessttrraa,, ppooiiss pprroodduuzz hhoorrmmôônniiooss qquuee aaggeemm 
eemm óórrggããooss ee eemm oouuttrraass ggllâânndduullaass eennddóóccrriinnaass.. 
 LLooccaalliizzaa--ssee nnoo ccéérreebbrroo,, éé lliiggaaddaa aaoo hhiippoottáállaammoo ee éé ddiivviiddiiddaa eemm dduuaass 
ppaarrtteess ((nneeuurroohhiippóóffiissee ee aaddeennoohhiippóóffiissee)) 
 AA nneeuurroohhiippóóffiissee pprroodduuzz ooss hhoorrmmôônniiooss 
AAnnttiiddiiuurrééttiiccoo ((AADDHH)) ee oocciittoocciinnaa.. 
 AA aaddeennoohhiippóóffiissee pprroodduuzz ooss hhoorrmmôônniiooss 
aaddrreennooccoorrttiiccoottrróóppiiccoo ((AACCTTHH)),, 
hhoorrmmôônniioo eessttiimmuullaaddoorr ddaa ttiirreeóóiiddee ((TTSSHH)),, 
hhoorrmmôônniioo ddoo ccrreesscciimmeennttoo ((GGHH)),, 
aa pprroollaaccttiinnaa ee hhoorrmmôônniiooss ffoollííccuulloo eessttiimmuullaannttee 
((FFSSHH)) ee lluutteeiinniizzaannttee ((LLHH))..
ADENO-HIPÓFISE 
Hormônio 
prolactina 
Glândula 
mamária 
Funções 
Desenvolvimento e 
produção de leite 
Hormônios 
Hormônio do crescimento(GH) 
Crescimento 
de ossos e 
músculos 
Nanismo ou 
Gigantismo
Hormônios ADENO-HIPÓFISE Funções 
Hormônios FSH e LH Produção de 
hormônios sexuais 
e gametas. 
Testículos e ovários 
Hormônio (ACTH) 
Estimula as 
suprarrenais a 
secretar os seus 
hormônios 
Suprarrenais 
Hormônio tireotrófico (TSH) 
Estimula a 
tireóide a 
secretar os seus 
hormônios
NEURO-HIPÓFISE Hormônios Funções 
Hormônio anti-diurético 
(ADH) 
Rins 
Diminui a 
perda de 
água na 
urina 
Hormônio ocitocina 
útero 
Contrações 
do útero no 
parto
TTiirreeóóiiddee 
 Glândula com formato ddee bboorrbboolleettaa 
 LLooccaalliizzaaddaa nnoo ppeessccooççoo,, nnaa ffrreennttee ddaa ttrraaqquueeiiaa 
 PPrroodduuzz ooss hhoorrmmôônniiooss TT33 ((ttrriiiiooddoottiirroonniinnaa)) ee TT44 ((ttiirrooxxiinnaa))
Tireóide 
Hormônios T3 e T4 = Aceleram o funcionamento das células 
(células consomem mais oxigênio e fabricam mais energia). 
Hipotereoidismo - Pouca produção dos hormônios da 
tireóide. 
Hipertireoidismo – Alta produção de dos hormônios da 
tireóide. 
Bócio
Paratireóides 
 São 4 pequenas glândulas que ficam atrás da tireóide, e fabricam o 
paratormônio. 
paratireóides 
tireóide
Paratireóides 
 O paratormônio é responsável pelo aumento do nível de cálcio no 
sangue. Ele retira cálcio dos ossos, aumentando o nível deste mineral 
na corrente sanguínea. 
 O cálcio é importante para o funcionamento dos músculos e dos 
neurônios. 
Cálcio 
Paratormônio
OO mmeeccaanniissmmoo ddee ffeeeeddbbaacckk 
 AA rreegguullaaççããoo ddooss hhoorrmmôônniiooss oobbeeddeeccee aa uumm eeqquuiillííbbrriioo ddiinnââmmiiccoo qquuee ssee 
eessttaabbeelleeccee ppoorr mmeeiioo ddaa rreettrrooaalliimmeennttaaççããoo oouu ffeeeeddbbaacckk,, oouu sseejjaa,, ddoo 
mmeeccaanniissmmoo aattrraavvééss ddoo qquuaall oo eeffeeiittoo ccoonnttrroollaa aa ccaauussaa.. 
 QQuuaannddoo aa qquuaannttiiddaaddee ddee uumm hhoorrmmôônniioo nnoo ssaanngguuee eessttáá aallttaa,, aa ggllâânndduullaa 
qquuee pprroodduuzz eessssee hhoorrmmôônniioo éé iinniibbiiddaa ee ppaarraa ddee pprroodduuzzii--lloo.. EE qquuaannddoo aa 
ttaaxxaa ddeessssee hhoorrmmôônniioo nnoo ssaanngguuee eessttáá bbaaiixxaa,, aa ggllâânndduullaa rreecceebbee eessttíímmuulloo 
ppaarraa pprroodduuzziirr oo hhoorrmmôônniioo.. 
 GGrraaççaass àà rreettrrooaalliimmeennttaaççããoo,, oo ffuunncciioonnaammeennttoo éé aajjuussttaaddoo ààss nneecceessssiiddaaddeess 
ddoo oorrggaanniissmmoo ee,, aassssiimm,, uumm hhoorrmmôônniioo nnããoo éé pprroodduuzziiddoo eemm qquuaannttiiddaaddee 
eexxcceessssiivvaa,, nnããoo hhaavveennddoo ddeessppeerrddíícciioo ddee eenneerrggiiaa..
FFeeeeddbbaacckk nneeggaattiivvoo 
 Mecanismo em que algum elemento produzido pela ação de um 
hormônio atua sobre a própria glândula produtora do hormônio, inibindo 
sua atividade de secreção.
FFeeeeddbbaacckk ppoossiittiivvoo 
 Mecanismo em que algum elemento produzido pela ação de um 
hormônio atua sobre a própria glândula produtora do hormônio, 
estimulando sua atividade de secreção. Isso permite que o efeito desse 
hormônio se intensifique, reforçando o efeito inicial.
Adrenais ou Suprarrenais 
 Duas glândulas que se localizam sobre os rins 
 Produzem o hormônio chamado adrenalina. 
Adrenais
Adrenais 
 O hormônio adrenalina prepara o corpo para enfrentar 
situações de perigo e medo. 
 Em situações de perigo, a adrenalina vai acelerar o 
batimento cardíaco, aumenta o açúcar no sangue.
Pâncreas 
 Esta glândula é chamada de mista, pois produz 
enzimas digestivas e dois hormônios, o glucagon e a 
insulina.
Pâncreas 
 Hormônio insulina: ajuda a glicose que está no sangue a 
entrar nas células onde é utilizada como fonte de energia.
Pâncreas 
 Hormônio glucagon: quando a glicose está baixa no sangue, 
ele transforma o açúcar armazenado no fígado em glicose, com 
isso, a situação se normaliza.
Pâncreas 
 Diabetes: Quando o pâncreas deixa de produzir ou produz 
uma quantidade pequena de insulina, a glicose vai se acumular 
no sangue.
Diabetes
Gônadas (testículos ou ovários) 
 São glândulas responsáveis pela produção dos hormônios 
sexuais e gametas. 
Ovários 
Testículos
Ovários 
 Progesterona e estrogênio: hormônios responsáveis pelo 
aparecimento de pelos no corpo, desenvolvimento dos seios e 
inicio do ciclo menstrual (prepara o útero para gravidez).
Testículos 
 Hormônio testosterona = Responsável pela transformação do 
corpo dos meninos, como o surgimento de pelos, engrossamento 
da voz e aumento dos músculos.
 Os anabolizantes são hormônios artificiais parecidos com a testosterona. 
Quando presentes no nosso organismos, levam ao crescimento da massa 
muscular em poucos meses, mas o seu consumo é muito prejudicial ao 
organismo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Genética
GenéticaGenética
Genética
 
Aulão a origem da vida
Aulão a origem da vidaAulão a origem da vida
Aulão a origem da vida
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Células
CélulasCélulas
Células
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Sistema circulatorio powerpoint
Sistema circulatorio powerpointSistema circulatorio powerpoint
Sistema circulatorio powerpoint
 
Tranformações fisicas e quimicas
Tranformações fisicas e quimicasTranformações fisicas e quimicas
Tranformações fisicas e quimicas
 
Células
CélulasCélulas
Células
 
Tecidos do corpo humano
Tecidos do corpo humanoTecidos do corpo humano
Tecidos do corpo humano
 
Ciclos Biogeoquímicos
Ciclos BiogeoquímicosCiclos Biogeoquímicos
Ciclos Biogeoquímicos
 
Sistema nervoso - 8º ANO
Sistema nervoso - 8º ANOSistema nervoso - 8º ANO
Sistema nervoso - 8º ANO
 
Heredogramas genetica
Heredogramas genetica Heredogramas genetica
Heredogramas genetica
 
7º ano cap 5 vírus
7º ano cap 5   vírus7º ano cap 5   vírus
7º ano cap 5 vírus
 
Genética: Noções de Hereditariedade
Genética: Noções de HereditariedadeGenética: Noções de Hereditariedade
Genética: Noções de Hereditariedade
 
Reprodução assexuada e sexuada
Reprodução assexuada  e sexuadaReprodução assexuada  e sexuada
Reprodução assexuada e sexuada
 
Herança ligada ao sexo
Herança ligada ao sexoHerança ligada ao sexo
Herança ligada ao sexo
 
Reino Monera
Reino MoneraReino Monera
Reino Monera
 
I. 2 Origem da vida
I. 2 Origem da vidaI. 2 Origem da vida
I. 2 Origem da vida
 
III.2 Da concepção ao nascimento
III.2 Da concepção ao nascimentoIII.2 Da concepção ao nascimento
III.2 Da concepção ao nascimento
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
 

Semelhante a O sistema endócrino e seus principais hormônios

Sistema Endocrino
Sistema EndocrinoSistema Endocrino
Sistema EndocrinoDigux
 
Hormônios trabalho de biologia
Hormônios   trabalho de biologiaHormônios   trabalho de biologia
Hormônios trabalho de biologiaIngrid Curcino
 
Sistema endócrino hormônios humanos
Sistema endócrino   hormônios humanosSistema endócrino   hormônios humanos
Sistema endócrino hormônios humanospaulober
 
Sistema endocrino-primeiro
Sistema endocrino-primeiroSistema endocrino-primeiro
Sistema endocrino-primeiroNatasha Muzyka
 
Sistema Endócrino - Prof. Arlei
Sistema Endócrino - Prof. ArleiSistema Endócrino - Prof. Arlei
Sistema Endócrino - Prof. ArleiCarmina Monteiro
 
Endócrino hormônios-interactive
Endócrino hormônios-interactiveEndócrino hormônios-interactive
Endócrino hormônios-interactiveedu.biologia
 
12 sistema endócrino
12 sistema endócrino12 sistema endócrino
12 sistema endócrinoErcio Novaes
 
CONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINO
CONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINOCONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINO
CONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINOPatrícia Trindade
 
Sistema EndóCrino
Sistema EndóCrinoSistema EndóCrino
Sistema EndóCrinoguestdb5b7a
 
Aula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppop
Aula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppopAula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppop
Aula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppopssuser385557
 
Lista exercicios sistema end+¦crino
Lista exercicios sistema end+¦crinoLista exercicios sistema end+¦crino
Lista exercicios sistema end+¦crinoeducafro
 

Semelhante a O sistema endócrino e seus principais hormônios (20)

Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
 
Obesidade abdominal
Obesidade abdominal Obesidade abdominal
Obesidade abdominal
 
Sistema Endocrino
Sistema EndocrinoSistema Endocrino
Sistema Endocrino
 
Hormônios trabalho de biologia
Hormônios   trabalho de biologiaHormônios   trabalho de biologia
Hormônios trabalho de biologia
 
Sistema Endócrino
Sistema EndócrinoSistema Endócrino
Sistema Endócrino
 
Sistema endócrino hormônios humanos
Sistema endócrino   hormônios humanosSistema endócrino   hormônios humanos
Sistema endócrino hormônios humanos
 
Sistema endocrino-primeiro
Sistema endocrino-primeiroSistema endocrino-primeiro
Sistema endocrino-primeiro
 
Sistema endócrino.pdf
Sistema endócrino.pdfSistema endócrino.pdf
Sistema endócrino.pdf
 
Sistema Endócrino - Prof. Arlei
Sistema Endócrino - Prof. ArleiSistema Endócrino - Prof. Arlei
Sistema Endócrino - Prof. Arlei
 
Sistema endócrino.pptx
Sistema endócrino.pptxSistema endócrino.pptx
Sistema endócrino.pptx
 
Endócrino hormônios-interactive
Endócrino hormônios-interactiveEndócrino hormônios-interactive
Endócrino hormônios-interactive
 
Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
 
12 sistema endócrino
12 sistema endócrino12 sistema endócrino
12 sistema endócrino
 
Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
 
CONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINO
CONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINOCONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINO
CONTROLE HORMONAL SISTEMA ENDÓCRINO
 
Sistema Endócrino
Sistema EndócrinoSistema Endócrino
Sistema Endócrino
 
Sistema EndóCrino
Sistema EndóCrinoSistema EndóCrino
Sistema EndóCrino
 
Aula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppop
Aula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppopAula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppop
Aula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppop
 
Lista exercicios sistema end+¦crino
Lista exercicios sistema end+¦crinoLista exercicios sistema end+¦crino
Lista exercicios sistema end+¦crino
 
Sistema Endócrino
Sistema EndócrinoSistema Endócrino
Sistema Endócrino
 

Mais de Leonardo Kaplan

Aula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médio
Aula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médioAula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médio
Aula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médioLeonardo Kaplan
 
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmasAula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmasLeonardo Kaplan
 
Aula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências SociaisAula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências SociaisLeonardo Kaplan
 
A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...
A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...
A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...Leonardo Kaplan
 
Aula a constituição da disciplina escolar ciências
Aula a constituição da disciplina escolar ciênciasAula a constituição da disciplina escolar ciências
Aula a constituição da disciplina escolar ciênciasLeonardo Kaplan
 
Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3
Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3
Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3Leonardo Kaplan
 
Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...
Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...
Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...Leonardo Kaplan
 
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2Leonardo Kaplan
 
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1Leonardo Kaplan
 
Ciência natural: os pressupostos filosóficos
Ciência natural: os pressupostos filosóficosCiência natural: os pressupostos filosóficos
Ciência natural: os pressupostos filosóficosLeonardo Kaplan
 
Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...
Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...
Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...Leonardo Kaplan
 
Aula 7º ano revisão do 6º ano-introdução ao 7º ano
Aula 7º ano   revisão do 6º ano-introdução ao 7º anoAula 7º ano   revisão do 6º ano-introdução ao 7º ano
Aula 7º ano revisão do 6º ano-introdução ao 7º anoLeonardo Kaplan
 
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileiraAs macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileiraLeonardo Kaplan
 
Aula 7º ano - Reino Monera
Aula 7º ano - Reino MoneraAula 7º ano - Reino Monera
Aula 7º ano - Reino MoneraLeonardo Kaplan
 
Aula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solos
Aula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solosAula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solos
Aula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solosLeonardo Kaplan
 
Aula 7º ano - Origem da vida na Terra
Aula 7º ano - Origem da vida na TerraAula 7º ano - Origem da vida na Terra
Aula 7º ano - Origem da vida na TerraLeonardo Kaplan
 
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema SolarAula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema SolarLeonardo Kaplan
 
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comumAula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comumLeonardo Kaplan
 
Aula 8º ano - O sistema nervoso
Aula 8º ano - O sistema nervosoAula 8º ano - O sistema nervoso
Aula 8º ano - O sistema nervosoLeonardo Kaplan
 
Aula 8º ano - Saúde mental e drogas
Aula 8º ano - Saúde mental e drogasAula 8º ano - Saúde mental e drogas
Aula 8º ano - Saúde mental e drogasLeonardo Kaplan
 

Mais de Leonardo Kaplan (20)

Aula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médio
Aula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médioAula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médio
Aula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médio
 
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmasAula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
 
Aula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências SociaisAula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências Sociais
 
A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...
A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...
A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...
 
Aula a constituição da disciplina escolar ciências
Aula a constituição da disciplina escolar ciênciasAula a constituição da disciplina escolar ciências
Aula a constituição da disciplina escolar ciências
 
Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3
Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3
Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3
 
Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...
Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...
Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...
 
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2
 
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1
 
Ciência natural: os pressupostos filosóficos
Ciência natural: os pressupostos filosóficosCiência natural: os pressupostos filosóficos
Ciência natural: os pressupostos filosóficos
 
Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...
Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...
Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...
 
Aula 7º ano revisão do 6º ano-introdução ao 7º ano
Aula 7º ano   revisão do 6º ano-introdução ao 7º anoAula 7º ano   revisão do 6º ano-introdução ao 7º ano
Aula 7º ano revisão do 6º ano-introdução ao 7º ano
 
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileiraAs macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
 
Aula 7º ano - Reino Monera
Aula 7º ano - Reino MoneraAula 7º ano - Reino Monera
Aula 7º ano - Reino Monera
 
Aula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solos
Aula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solosAula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solos
Aula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solos
 
Aula 7º ano - Origem da vida na Terra
Aula 7º ano - Origem da vida na TerraAula 7º ano - Origem da vida na Terra
Aula 7º ano - Origem da vida na Terra
 
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema SolarAula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
 
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comumAula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
 
Aula 8º ano - O sistema nervoso
Aula 8º ano - O sistema nervosoAula 8º ano - O sistema nervoso
Aula 8º ano - O sistema nervoso
 
Aula 8º ano - Saúde mental e drogas
Aula 8º ano - Saúde mental e drogasAula 8º ano - Saúde mental e drogas
Aula 8º ano - Saúde mental e drogas
 

O sistema endócrino e seus principais hormônios

  • 1. O sistema endócrino ou hormonal
  • 2.  O sistema endócrino é composto por várias ggllâânndduullaass qquuee ssee ssiittuuaamm eemm ddiiffeerreenntteess ppoonnttooss ddoo ccoorrppoo..  AAss ggllâânndduullaass ssããoo ccoonnjjuunnttooss ddee ccéélluullaass eeppiitteelliiaaiiss qquuee pprroodduuzzeemm ssuubbssttâânncciiaass ee aass llaannççaamm ppaarraa ffoorraa ddaa ccéélluullaa..  AAss ggllâânndduullaass ppooddeemm sseerr ddee ttrrêêss ttiippooss:: eennddóóccrriinnaass,, eexxóóccrriinnaass oouu mmiissttaass..
  • 3.
  • 4. HHoorrmmôônniiooss  São substâncias químicas produzidas pelas glândulas endócrinas que são lançadas na corrente sanguínea e atuam como mensageiros controlando o funcionamento de outros órgãos ou células do corpo.  Pelo sangue, os hormônios se espalham por todo o corpo, chegando a todas as células, mas só desencadeiam reações nas células sensíveis a eles, as células-alvo.
  • 5. HHoorrmmôônniiooss Algumas funções: • Controlar o crescimento do corpo; • Controlar a taxa de açúcar no sangue; • Formação dos hormônios sexuais; • Controlar batimento cardíaco, etc.
  • 6.
  • 7. Glândulas eennddóóccrriinnaass  Produzem e lançam hormônios na corrente sanguínea.  Exemplos: hipófise, hipotálamo, ovários e testículos, tireóide, paratireóides e suprarrenais (ou adrenais)
  • 8. Glândula endócrina Produz mensageiros químicos (hormônios) Através do sangue Órgãos alvos FUNÇÃO
  • 9.
  • 10. GLÂNDULAS ENDÓCRINAS Hipófise Tireóide e Paratireóide (atrás da tireóide) Suprarrenais ou adrenais Pâncreas Gônadas: Testículos ou Ovário
  • 11. GGllâânndduullaass eexxóóccrriinnaass  LLaannççaamm sseeuuss pprroodduuttooss,, aass sseeccrreeççõõeess,, ppaarraa ffoorraa ddoo ccoorrppoo oouu ddeennttrroo ddee ccaavviiddaaddeess ddee óórrggããooss..  EExxeemmppllooss:: ggllâânndduullaass ssuuddoorrííffeerraass,, sseebbáácceeaass,, llaaccrriimmaaiiss ee mmaammáárriiaass.. Glândulas lacrimais Glândulas sudoríparas Glândulas mamárias
  • 12.
  • 13.
  • 14. Hipófise (ex-ggllâânndduullaa ppiittuuiittáárriiaa))  ÉÉ ccoonnhheecciiddaa ccoommoo ggllâânndduullaa mmeessttrraa,, ppooiiss pprroodduuzz hhoorrmmôônniiooss qquuee aaggeemm eemm óórrggããooss ee eemm oouuttrraass ggllâânndduullaass eennddóóccrriinnaass..  LLooccaalliizzaa--ssee nnoo ccéérreebbrroo,, éé lliiggaaddaa aaoo hhiippoottáállaammoo ee éé ddiivviiddiiddaa eemm dduuaass ppaarrtteess ((nneeuurroohhiippóóffiissee ee aaddeennoohhiippóóffiissee))  AA nneeuurroohhiippóóffiissee pprroodduuzz ooss hhoorrmmôônniiooss AAnnttiiddiiuurrééttiiccoo ((AADDHH)) ee oocciittoocciinnaa..  AA aaddeennoohhiippóóffiissee pprroodduuzz ooss hhoorrmmôônniiooss aaddrreennooccoorrttiiccoottrróóppiiccoo ((AACCTTHH)),, hhoorrmmôônniioo eessttiimmuullaaddoorr ddaa ttiirreeóóiiddee ((TTSSHH)),, hhoorrmmôônniioo ddoo ccrreesscciimmeennttoo ((GGHH)),, aa pprroollaaccttiinnaa ee hhoorrmmôônniiooss ffoollííccuulloo eessttiimmuullaannttee ((FFSSHH)) ee lluutteeiinniizzaannttee ((LLHH))..
  • 15.
  • 16. ADENO-HIPÓFISE Hormônio prolactina Glândula mamária Funções Desenvolvimento e produção de leite Hormônios Hormônio do crescimento(GH) Crescimento de ossos e músculos Nanismo ou Gigantismo
  • 17. Hormônios ADENO-HIPÓFISE Funções Hormônios FSH e LH Produção de hormônios sexuais e gametas. Testículos e ovários Hormônio (ACTH) Estimula as suprarrenais a secretar os seus hormônios Suprarrenais Hormônio tireotrófico (TSH) Estimula a tireóide a secretar os seus hormônios
  • 18. NEURO-HIPÓFISE Hormônios Funções Hormônio anti-diurético (ADH) Rins Diminui a perda de água na urina Hormônio ocitocina útero Contrações do útero no parto
  • 19. TTiirreeóóiiddee  Glândula com formato ddee bboorrbboolleettaa  LLooccaalliizzaaddaa nnoo ppeessccooççoo,, nnaa ffrreennttee ddaa ttrraaqquueeiiaa  PPrroodduuzz ooss hhoorrmmôônniiooss TT33 ((ttrriiiiooddoottiirroonniinnaa)) ee TT44 ((ttiirrooxxiinnaa))
  • 20. Tireóide Hormônios T3 e T4 = Aceleram o funcionamento das células (células consomem mais oxigênio e fabricam mais energia). Hipotereoidismo - Pouca produção dos hormônios da tireóide. Hipertireoidismo – Alta produção de dos hormônios da tireóide. Bócio
  • 21. Paratireóides  São 4 pequenas glândulas que ficam atrás da tireóide, e fabricam o paratormônio. paratireóides tireóide
  • 22. Paratireóides  O paratormônio é responsável pelo aumento do nível de cálcio no sangue. Ele retira cálcio dos ossos, aumentando o nível deste mineral na corrente sanguínea.  O cálcio é importante para o funcionamento dos músculos e dos neurônios. Cálcio Paratormônio
  • 23.
  • 24. OO mmeeccaanniissmmoo ddee ffeeeeddbbaacckk  AA rreegguullaaççããoo ddooss hhoorrmmôônniiooss oobbeeddeeccee aa uumm eeqquuiillííbbrriioo ddiinnââmmiiccoo qquuee ssee eessttaabbeelleeccee ppoorr mmeeiioo ddaa rreettrrooaalliimmeennttaaççããoo oouu ffeeeeddbbaacckk,, oouu sseejjaa,, ddoo mmeeccaanniissmmoo aattrraavvééss ddoo qquuaall oo eeffeeiittoo ccoonnttrroollaa aa ccaauussaa..  QQuuaannddoo aa qquuaannttiiddaaddee ddee uumm hhoorrmmôônniioo nnoo ssaanngguuee eessttáá aallttaa,, aa ggllâânndduullaa qquuee pprroodduuzz eessssee hhoorrmmôônniioo éé iinniibbiiddaa ee ppaarraa ddee pprroodduuzzii--lloo.. EE qquuaannddoo aa ttaaxxaa ddeessssee hhoorrmmôônniioo nnoo ssaanngguuee eessttáá bbaaiixxaa,, aa ggllâânndduullaa rreecceebbee eessttíímmuulloo ppaarraa pprroodduuzziirr oo hhoorrmmôônniioo..  GGrraaççaass àà rreettrrooaalliimmeennttaaççããoo,, oo ffuunncciioonnaammeennttoo éé aajjuussttaaddoo ààss nneecceessssiiddaaddeess ddoo oorrggaanniissmmoo ee,, aassssiimm,, uumm hhoorrmmôônniioo nnããoo éé pprroodduuzziiddoo eemm qquuaannttiiddaaddee eexxcceessssiivvaa,, nnããoo hhaavveennddoo ddeessppeerrddíícciioo ddee eenneerrggiiaa..
  • 25. FFeeeeddbbaacckk nneeggaattiivvoo  Mecanismo em que algum elemento produzido pela ação de um hormônio atua sobre a própria glândula produtora do hormônio, inibindo sua atividade de secreção.
  • 26. FFeeeeddbbaacckk ppoossiittiivvoo  Mecanismo em que algum elemento produzido pela ação de um hormônio atua sobre a própria glândula produtora do hormônio, estimulando sua atividade de secreção. Isso permite que o efeito desse hormônio se intensifique, reforçando o efeito inicial.
  • 27. Adrenais ou Suprarrenais  Duas glândulas que se localizam sobre os rins  Produzem o hormônio chamado adrenalina. Adrenais
  • 28. Adrenais  O hormônio adrenalina prepara o corpo para enfrentar situações de perigo e medo.  Em situações de perigo, a adrenalina vai acelerar o batimento cardíaco, aumenta o açúcar no sangue.
  • 29. Pâncreas  Esta glândula é chamada de mista, pois produz enzimas digestivas e dois hormônios, o glucagon e a insulina.
  • 30. Pâncreas  Hormônio insulina: ajuda a glicose que está no sangue a entrar nas células onde é utilizada como fonte de energia.
  • 31. Pâncreas  Hormônio glucagon: quando a glicose está baixa no sangue, ele transforma o açúcar armazenado no fígado em glicose, com isso, a situação se normaliza.
  • 32. Pâncreas  Diabetes: Quando o pâncreas deixa de produzir ou produz uma quantidade pequena de insulina, a glicose vai se acumular no sangue.
  • 33.
  • 35.
  • 36.
  • 37. Gônadas (testículos ou ovários)  São glândulas responsáveis pela produção dos hormônios sexuais e gametas. Ovários Testículos
  • 38. Ovários  Progesterona e estrogênio: hormônios responsáveis pelo aparecimento de pelos no corpo, desenvolvimento dos seios e inicio do ciclo menstrual (prepara o útero para gravidez).
  • 39. Testículos  Hormônio testosterona = Responsável pela transformação do corpo dos meninos, como o surgimento de pelos, engrossamento da voz e aumento dos músculos.
  • 40.  Os anabolizantes são hormônios artificiais parecidos com a testosterona. Quando presentes no nosso organismos, levam ao crescimento da massa muscular em poucos meses, mas o seu consumo é muito prejudicial ao organismo.